Posts Tagged ‘Interplast’

Synventive leva tecnologia para injeção de termoplásticos para a Euromold Brasil 2016

10/07/2016

SynventiveA Synventive é uma empresa multinacional americana que pertence à divisão Molding Solutions do Grupo Barnes,  com soluções de alta tecnologia e desempenho para injeção de termoplásticos. A empresa é pioneira em várias tecnologias como: controle dinâmico de injeção, atuadores elétricos, entre outros, e estará presente em mais uma edição da Euromold Brasil com diversos destaques.

Carlos Vieira, Diretor Geral da Synventive para a América Latina, conta que serão mostradas na feira as tecnologias de troca ultrarrápida de cor, a qual permite uma incomparável eficiência no setup de máquina e na estabilidade do processo.

Ainda sobre tecnologia, os visitantes poderão conferir a  tecnologia de injeção de peças com fibra longa orientada de alto desempenho, para peças de engenharia ultra leves, que substituirão componentes metálicos, com o desempenho necessário.

Vieira também destaca a nova linha de sistemas valvulados flexíveis SVG+, para controle de superfície e gestão de processo. “O cliente agora terá mais tecnologia a bordo, com o mesmo preço e além de poder definir a necessidade de uso de mais tecnologia para controle de superfície após o try out, quando terá certeza em quais bicos de injeção realmente necessitará desta tecnologia, gerando uma enorme vantagem técnica e comercial que só a Synventive pode oferecer”, explica.

A Interplast tem em média 550 marcas expositoras apresentando novidades dos mais variados setores como máquinas, equipamentos, transformadoras, ferramentarias, embalagens, matérias-primas, periféricos, design e serviços. Realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil, a 9ª edição tem o apoio da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Paralelamente ao evento acontecem a 3ª Euromold Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – o Cintec 2016 Plásticos – Congresso da Inovação Tecnológica e a Rodada de Negócios.

Serviço
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.euromoldbrasil.com.br
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Anúncios

Expositores da Interplast 2016 iniciam preparativos para a 9ª edição da feira

25/02/2016

Interplast_2012A cidade de Joinville, SC, receberá, de 16 a 19 de agosto, a 9ª Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico, a qual reunirá nos pavilhões da Expoville setores como máquinas, equipamentos, transformadoras, ferramentarias, embalagens, matérias-primas, periféricos, design, serviços, associações, bancos, entidades, publicações e serviços em geral.

De olho na expansão de mercado, especialmente na região Sul do país, a Afinko Soluções em Polímeros será um dos expositores. A empresa, de São Carlos (SP), oferece soluções e serviços laboratoriais e técnicos para o setor industrial na área de materiais poliméricos, sendo um dos poucos laboratórios do Brasil a realizar serviços de análises de falhas em produtos.

Em seu stand serão apresentados e divulgados o portfólio da empresa, que inclui: análises de falhas em produtos, ensaios laboratoriais, caracterização de matéria-prima e/ou produto, controle de qualidade, projetos de PD&I, cursos e consultorias.

Também do estado de São Paulo, a Freewal Plásticos atua na fabricação de resinas termoplásticas industriais (pós-indústria) e no desenvolvimento de cores e aditivação. A empresa aproveitará a feira para expandir e estreitar relacionamento com clientes e fornecedores da região Sul do país.

Com 25 anos de experiência, a Freewal apresentará sua linha de resinas termoplásticas industriais (pós-indústria): ABS, PC-Policarbonato, POM, PBT e outras resinas.

De Siderópolis, SC, a Roscan participa pela segunda vez da feira. “Com a nossa participação em 2014, concluímos que é uma ótima oportunidade para conversarmos com as pessoas do ramo. Já que a feira é uma das principais do setor no país, todos estarão no mesmo lugar”, destaca Cesar Tancredo, sócio-diretor.

A Roscan conta constantemente com novos produtos em seu portfólio. Em 2015, por exemplo, iniciou a venda de extrusoras e periféricos para PVC. Para 2016, destaca o lançamento que será exposto na Interplast: conjunto composto por roscas e cilindros bimetálicos com aplicação de liga especial na zona de maior desgaste. “Isso aumenta significativamente a durabilidade dos produtos e com um custo bem abaixo do praticado no mercado”, explica Cesar.

A recuperação de roscas paralelas, mono-roscas e cilindro de mono-roscas compõe o portfolio dos serviços prestados pela Roscan. Já a área de assistência técnica inclui levantamento de dados técnicos da máquina que receberá o equipamento, acompanhamento do desempenho do equipamento em relação ao desgaste, cálculo para determinar percentual de torque máximo admissível e regulagem de inversor para evitar cisalhamento de rosca e análise de taxa de compressão dos perfis de rosca.

Com clientes em toda a América Latina, a participação na feira busca a manutenção dos contatos, além da divulgação da marca para outros clientes potenciais.

A Interplast é realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil. A 9ª edição tem o apoio da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Mais informações, acesse http://www.interplast.com.br.

Serviço
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.brasilmold.de
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Assessoria de Imprensa – Messe Brasil

Curta nossa página no

Interplast e EuroMold Brasil 2016 têm data marcada

07/05/2015

As feiras ocorrerão em agosto do próximo ano e espaços estão abertos para renovação

Interplast_2016A 9ª Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – acaba de ser lançada pela organizadora de eventos Messe Brasil. A feira ocorrerá de 16 a 19 de agosto de 2016, em Joinville, SC. Paralelamente ao evento será realizada a 3ª EUROMOLD Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – originalmente realizada em Frankfurt, na Alemanha. Os expositores que participaram da última edição têm prioridade para garantir a mesma área, renovando a participação até 30 de junho de 2015. Após esse período, a comercialização será aberta para novas empresas.

A Interplast é realizada nos anos pares e em 2014 contou com 550 expositores distribuídos numa área de 27 mil m2. Passaram pelos quatro dias de feira 30 mil visitantes de 22 estados brasileiros e 19 países. Estima-se que o evento tenha gerado cerca de R$ 500 milhões em negócios durante sua realização e nos seis meses seguintes.

Para ampliar a divulgação das duas feiras e, a fim de superar os números de 2014, a equipe comercial da Messe Brasil visita, nesta semana, a Feiplastic, em São Paulo. Além de promover os eventos, a equipe está sendo aguardada por algumas empresas que já sinalizaram interesse na renovação de espaço na Interplast e na EUROMOLD Brasil.

Serviço
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Presidente do Simpesc destaca importância de Santa Catarina no setor de transformação de plásticos brasileiro

24/04/2014

 Estado tem mais de 900 empresas de transformação de resinas plásticas em produtos essenciais para a vida humana

simpescEm 2013 foram produzidas no Brasil 980 mil toneladas de produtos plásticos transformados, com um faturamento de R$ 12,2 bilhões, números que expressam a magnitude do mercado de plásticos no País.

E Santa Catarina tem um papel muito importante neste cenário, com mais de 900 empresas de transformação de resinas plásticas em produtos essenciais para a vida humana. O Estado é produtor de embalagens de alimentos, artigos de transporte, produtos para construção civil, autopeças, partes para produtos eletrônicos, eletrodomésticos, utilidades domésticas, produtos descartáveis etc..

“Em nossa mais recente medição chegamos a um número de 32 mil empregados diretamente nas fábricas. Certamente o setor emprega outro tanto indiretamente. Santa Catarina é o único estado em que o nível de produção per capita é equivalente ao de países desenvolvidos. A nossa diferença reside justamente no fato de termos grandes empresas em diversas sub-regiões, cada uma com sua especialidade: o Sul em descartáveis, o Norte em produtos para construção civil e peças técnicas e o Oeste em embalagens”, destaca o presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina (Simpesc) Albano Schmidt.

Santa Catarina também é apontada como celeiro de áreas promissoras para a indústria de transformação de plásticos. “Entendemos que ainda há espaço para crescimento em todas as áreas. Mas o que nos chama mais atenção são as autopeças, pois nosso Estado deve passar a ser em breve um pólo da indústria automobilística”, aponta Schmidt.

E é em Joinville, maior cidade do Estado que será realizada a oitava edição da Interplast, a principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares. Contará com mais de 500 marcas expositoras, abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços, distribuídos em 21 mil m² de área.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica -, organizado pela UniSociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas em 20 palestras e seis minicursos.

A Interplast tem promoção e realização do Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e apoio da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Confirmada Rodada de Negócios do Setor Plástico na Interplast

20/04/2014

Evento contará com 15 empresas âncoras e 200 vendedoras, nos dias 19 e 20 de agosto, em Joinville/SC

Interplast_2012_1Como segundo maior mercado de plásticos da América do Sul, a região Norte de Santa Catarina possui um número expressivo de marcas mundiais produzindo para as mais diversas aplicações. São produtos para as indústrias automobilística, de eletrodomésticos, construção civil, moveleira, de cosméticos e higiene pessoal, embalagens e farmacêutica. Neste cenário, será realizada a 1ª Rodada de Negócios do Setor Plástico, simultaneamente à Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico.

Na Rodada serão promovidas reuniões de negócios entre empresários que demandam e ofertam serviços e produtos, viabilizando negócios entre as partes. Para serem âncoras no evento foram convidadas 15 grandes empresas consumidoras de matérias-primas, máquinas, equipamentos  e serviços relacionados ao setor plástico. Do outro lado, a organização estima cerca de 200 empresas vendedoras, entre elas os expositores da feira Interplast.

“A Rodada complementa a feira e tem o objetivo de estimular os negócios para expositores, atendendo a demanda das empresas âncoras por soluções. A expectativa é que o encontro supere R$ 1 milhão em negócios”, adianta Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil, organizadora da Interplast.  A Rodada será organizada pela Bolsa de Subcontratação de Santa Catarina – BNS/SC com o apoio do Simpesc, da Fiesc/IEL (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina/ Instituto Euvaldo Lodi) e da Messe Brasil.

Em sua oitava edição, a Interplast é a principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares. Contará com mais de 500 marcas expositoras, abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços, distribuídos em 21 mil m² de área.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica -, organizado pela UniSociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas em 20 palestras e seis minicursos.

A EuroMold BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos -, ocorre pela segunda vez junto à Interplast, viabilizada por meio de joint venture entre a Messe Brasil e a Demat, uma das mais representativas empresas privadas de organização de feiras da Alemanha.

A estimativa é que as duas feiras gerem mais de R$ 500 milhões em negócios. “Estamos percebendo uma procura maior das empresas expositoras em função da criação de um pólo automotivo na região”, aponta Spirandelli.

A Interplast tem promoção e realização do Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e apoio da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Abiplast apóia Interplast e aponta os desafios da indústria de plásticos em 2014

11/02/2014

O desempenho da indústria de transformados plásticos em 2013, de maneira geral, foi positivo. Variáveis importantes como produção, exportação, emprego e investimento apresentaram aumento no ano. Contudo, o setor ainda revela desafios para 2014. A afirmação é da Abiplast, apoiadora da Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico (Interplast), que será realizada de 18 a 22 de agosto, em Joinville/SC.

Segundo a entidade, a região Sul é estratégica para um evento como a Interplast porque concentra 27,6% das 11,7 mil empresas transformadoras de plástico brasileiras. São 3.226 empresas, que empregam mais de 94 mil pessoas, o que representa quase 5% do total de emprego gerado pela indústria de transformação na região.

“O setor de transformados plásticos é um importante fornecedor de produtos e soluções para praticamente todos os segmentos da economia brasileira. O fortalecimento desse setor passa pela solução de problemas horizontais da indústria, associados ao “custo Brasil”, e pela criação de um ambiente competitivo, com matérias-primas a preços competitivos e redução de distorções tributárias que afetam especificamente o setor”, defende José Ricardo Roriz Coelho, presidente da Abiplast.

Para apoiar o setor, a associação desenvolve ações estruturantes visando melhorar as condições de mercado com programas para qualificação de mão de obra, melhoria da gestão empresarial, incentivo à inovação e ações voltadas ao meio ambiente com participação ativa na Política Nacional de Resíduos Sólidos, no Acordo Setorial de Logística Reversa e na melhoria e estruturação do setor de reciclagem de plástico. “São ações que demandam mais apoio do Governo na análise da estrutura tributária brasileira para resolver assimetrias. Por conta do momento político, essa é uma agenda de longo prazo e  versa sobre equalizações tributárias, com a isonomia entre IPI de matérias-primas e produtos finais; a revisão da lógica tributária da atividade de reciclagem e a manutenção de condições de acesso a matérias primas a preços competitivos”, explica Coelho. A Abiplast desenvolve ainda ações para eliminar entraves que limitam a competitividade do setor de transformados plásticos.

Segundo o executivo, o processo de desindustrialização é uma realidade do setor industrial brasileiro e o transformado plástico também é afetado nesse processo. “O fato é que o crescimento da demanda brasileira por transformados plásticos, que no último ano cresceu em 8%, está sendo sistematicamente absorvida por importações. O coeficiente de importação de transformados plásticos, ou seja, o percentual da demanda brasileira atendida por importações está em 12% e cresceu 20% desde 2007. Já o déficit da balança comercial de transformados plásticos, aumentou 20% em 2013 em comparação com o ano anterior e se observarmos desde 2007 o déficit da balança hoje está três vezes maior”, diz.

Os desafios para 2014 envolvem o fortalecimento da indústria para que ela consiga atender a demanda nacional, que cresceu 8% em 2013. A busca pela competitividade também se tornou um desafio em meio a tantos fatores desfavoráveis de cunho estrutural, que só devem ser solucionados no longo prazo.

“2014 apresenta dois fatores extras que podem postergar o desenvolvimento da indústria plástica: a Copa do Mundo de Futebol no Brasil, que diminuirá os dias úteis de trabalho e as eleições que inibem decisões importantes na política industrial. Entretanto, o setor espera que a balança comercial, a produção e o faturamento aumentem em 2014. O setor alimentício e a produção de embalagens para esse segmento sempre é o mais representativo da indústria de transformados plásticos e a expectativa é de crescimento de 2,5% a 3,5% no consumo por essa indústria. Outro segmento expressivo é o da construção civil, que consome diversos componentes de plástico e estima crescer de 3,5% a 4% em 2014. Além disso, está em discussão o Plano Nacional de Saneamento que prevê aportes de aproximadamente R$ 25 bilhões/ano. Por fim, o setor automotivo, que não espera repetir o crescimento de 2013, porém o Programa Inovar-Auto representa uma grande oportunidade para fornecedores de peças e componentes automotivos plásticos”, finaliza.

Sobre a feira

A Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – é a principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares. Em sua oitava edição, conta com cerca de 550 expositores abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica -, organizado pela UniSociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas a cada edição.

Simultaneamente à feira da indústria plástica ocorre a EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos -, viabilizada por meio de joint venture entre a Messe Brasil e a Demat, uma das mais representativas empresas privadas de organização de feiras da Alemanha. A estimativa é que as duas feiras gerem mais de R$ 500 milhões em negócios.

A Interplast tem promoção e realização do Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e apoio da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Fonte: Assessoria de Imprensa – Messe Brasil

Curta nossa página no

Presidente do Simpesc destaca a importância da Interplast para o setor de plásticos

29/01/2014

Feira será realizada de 18 a 22 de agosto de 2014 em Joinville/SC

O ano de 2013 começou com dificuldade e a partir do segundo semestre resultou em crescimento de 7% a 9% impulsionado, principalmente, pelo desenvolvimento da agricultura e da construção civil. “Para 2014 temos uma projeção de PIB de 2%, o que nos leva a trabalhar com as situações otimistas, reforçadas com os eventos já agendados para Copa do Mundo e eleições. Historicamente, os anos de eleições trazem bons resultados com investimentos no setor público”. Esta é a avaliação de Albano Schmidt, presidente do Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico de Santa Catarina), entidade apoiadora da Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico.

Principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares, a Interplast está em sua oitava edição e conta com uma média de 550 expositores abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços.

Na última edição, recebeu 28 mil visitas de 23 estados brasileiros e 24 países, em sua maioria profissionais da indústria plástica. “A Interplast é um importante canal de relacionamento e negócios e que propicia às empresas do segmento plástico uma excelente oportunidade de se aproximar de seus clientes, apresentando novidades, lançando produtos e divulgando soluções. A presença num evento desse porte consolida a marca e fortalece a empresa diante do seu público-alvo”, destaca Schmidt.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica -, organizado pela UniSociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas a cada edição.

A EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos -, ocorre pela segunda vez simultaneamente à Interplast, viabilizada por meio de joint venture entre a Messe Brasil e a Demat, uma das mais representativas empresas privadas de organização de feiras da Alemanha. A estimativa é que as duas feiras gerem mais de R$ 500 milhões em negócios.

A Interplast tem promoção e realização do Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e apoio da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Serviço

  • Interplast 2014 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico
  • EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos
  • Data: 18 a 22 de agosto de 2014
  • Horário: das 14 às 21 horas
  • Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
  • Organização: Messe Brasil

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Interplast 2014 já tem 70% dos espaços comercializados

13/01/2014

Interplast_2012Feira será realizada de 18 a 22 de agosto de 2014, em Joinville/SC

Há sete meses de sua realização, a Interplast 2014 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – já tem 70% dos espaços comercializados. Entre os expositores internacionais, destaque para Portugal, França, Alemanha, China e Taiwan.

Em sua oitava edição, a Interplast, que será realizada de 18 a 22 de agosto de 2014, em Joinville/SC, é a principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares. Tem uma média de 550 expositores, abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços, distribuídos em 21 mil m² de área.

Na última edição, recebeu 28 mil visitas de 23 estados brasileiros e 24 países, em sua maioria profissionais da indústria plástica, seguido dos segmentos automotivo, eletrônico, eletroeletrônico, eletrodomésticos, construção civil, energia, petroquímico, engenharia, transportes e logística, fundição, entre outros.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica -, organizado pela UniSociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas a cada edição.

A EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos -, ocorre pela segunda vez simultaneamente à Interplast, viabilizada por meio de joint venture entre a Messe Brasil e a Demat, uma das mais representativas empresas privadas de organização de feiras da Alemanha.

A estimativa é que as duas feiras gerem mais de R$ 500 milhões em negócios. “Estamos percebendo uma procura maior das empresas expositoras em função da criação de um pólo automotivo na região”, aponta Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil.

A Interplast tem promoção e realização do Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e apoio da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Interplast 2014 terá rodada de negócios do setor plástico

05/11/2013

A Interplast 2014 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – vai contar com uma rodada de negócios do setor plástico, simultaneamente à feira, de 18 a 22 de agosto de 2014, em Joinville/SC.

Interplast_2014Em sua oitava edição, a Interplast é a principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares. Tem uma média de 550 expositores, abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços, distribuídos em 21 mil m² de área.

Na última edição, recebeu 28 mil visitas de 23 estados brasileiros e 24 países, em sua maioria profissionais da indústria plástica, seguido dos segmentos automotivo, eletrônico, eletroeletrônico, eletrodomésticos, construção civil, energia, petroquímico, engenharia, transportes e logística, fundição, entre outros.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica -, organizado pela UniSociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas a cada edição.

A EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos -, ocorre pela segunda vez simultaneamente à Interplast, viabilizada por meio de joint venture entre a Messe Brasil e a Demat, uma das mais representativas empresas privadas de organização de feiras da Alemanha.

A estimativa é que as duas feiras gerem mais de R$ 500 milhões em negócios. “Estamos percebendo uma procura maior das empresas expositoras em função da criação de um pólo automotivo na região”, aponta Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil.

A Interplast tem promoção e realização do Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e apoio da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Serviço

  • Interplast 2014 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico
  • EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos
  • Data: 18 a 22 de agosto de 2014
  • Horário: das 14 às 21 horas
  • Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
  • Organização: Messe Brasil

Fonte: MesseBrasil

Curta nossa página no

Renovações da Interplast 2014 são intensificadas em São Paulo

22/05/2013

InterplastA equipe comercial da Messe Brasil visita a Feiplastic – Feira Internacional do Plástico, de 20 a 24 de maio, em São Paulo, e contata os expositores para renovação de espaços para a Interplast 2014 e contatar novas empresas interessadas no mercado da região sul do país. A Interplast é a principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares. Tem a expectativa de superar os 550 expositores da edição anterior, abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços, distribuídos em mais de 21 mil m² de área.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica, organizado pela Sociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas a cada edição. A EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos, originalmente realizada em Frankfurt, na Alemanha, ocorre pela segunda vez simultaneamente à Interplast.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Messe Brasil lança Interplast 2014 e prioriza renovação de espaços

16/04/2013

A Messe Brasil, organizadora da Interplast 2014 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – acaba de lançar o evento que acontece de 20 a 24 de agosto de 2014, em Joinville-SC. Expositores que participaram da edição de 2012 têm prioridade para garantir a mesma área, renovando a participação até 15 de maio de 2013. Após esse período, a comercialização será aberta para novas empresas que queiram participar do evento.

A Interplast 2014 é a principal feira do segmento plástico do Brasil realizada nos anos pares. Tem a expectativa de superar os 550 expositores da edição anterior, abrangendo soluções e tecnologias nos segmentos de máquinas e equipamentos, transformadores, ferramentarias, embalagens, matéria-prima, periféricos, design e serviços, distribuídos em mais de 21 mil m² de área. Recebeu 28 mil visitas de 23 estados brasileiros e 24 países, em sua maioria profissionais da indústria plástica, seguido dos segmentos automotivo, eletrônico, eletroeletrônico, eletrodomésticos, construção civil, energia, petroquímico, engenharia, transportes e logística, fundição, entre outros.

Em paralelo à feira acontece o Cintec 2014 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica, organizado pela Sociesc, e que reúne cerca de 400 congressistas a cada edição. A EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos, originalmente realizada em Frankfurt, na Alemanha, ocorre pela segunda vez simultaneamente à Interplast.

Fonte: Messe Brasil – Assessoria de Imprensa

Curta nossa página no

7ª Interplast e 1ª EuroMold Brasil confirmam sucesso de público com mais de 28 mil visitas e R$ 480 milhões em negócios

27/08/2012

As feiras reuniram as mais recentes tecnologias para as indústrias plásticas e de moldes e receberam visitantes de 23 estados brasileiros e de outros 23 países.

Os corredores cheios e o alto nível dos produtos e novas tecnologias apresentadas pelos expositores mostraram porque a Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – está consolidada como a mais importante feira do segmento na América Latina em 2012.  Em paralelo, aconteceu a 1ª edição latino-americana da EuroMold Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentas, Design e Desenvolvimento de Produtos – o mais importante evento de moldes do mundo, originalmente realizado em Frankfurt, na Alemanha. Realizadas de 20 a 24 de agosto, nos pavilhões da Expoville, em Joinville/SC, a estimativa é que as feiras gerem cerca de R$ 480 milhões em negócios durante seus cinco dias e nos seis meses seguintes, por conta dos contatos iniciados durante o evento.

Com visitantes vindos de 23 estados brasileiros e outros 23 países, em maior número da América do Sul, seguido de EUA e Europa, o público total ultrapassou as 28 mil visitas. Profissionais da indústria do plástico foram os de maior número entre os visitantes do evento, seguido dos segmentos automotivo, eletrônica, eletroeletrônicos, eletrodomésticos, construção civil, energia, petroquímico, engenharia, transporte e logística, fundição, entre outros.

Do público total das duas feiras, 43,23% são profissionais que ocupam cargos gerenciais nas organizações, de supervisores a presidentes de empresas. O principal interesse dos visitantes concentrou-se em máquinas e equipamentos (33,86%), seguido de matérias-primas (11,45%), automação e controles de processos (8,99%), embalagens (7,95%) e, os demais, divididos em outras atividades.

A Stäubli marcou presença na Interplast pela primeira vez com balanço positivo. “Contatamos clientes de alto nível, fechamos negócios e, ainda, nos relacionamos com os parceiros”, avalia Ricardo Braghittoni, gerente de vendas da Stäubli. Outra estreante na Interplast foi a Maqplas, que também fechou negócios na feira. “Estamos surpresos com o volume de visitantes, a qualidade do público e a prospecção de novos negócios”, conta Fernando Santos Juliani, diretor comercial da Maqplas.

Viabilizada por meio de uma parceria entre a organizadora alemã DEMAT e a Messe Brasil, a feira foi realizada em espaço novo, anexo a Expoville, construído provisoriamente em 3.200 m². “O Pavilhão EuroMold Brasil, diretamente conectado com os pavilhões da Interplast, permitiu que os visitantes circulassem entre as duas feiras, aproveitando ainda mais o intercâmbio que a simultaneidade dos eventos proporcionou”, destacou Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil.

Vizinhas de estande, a multinacional alemã Tebis estabeleceu parceria comercial com a Sycad para representação da marca no Brasil. “Contamos com clientes globais do mercado automotivo e precisamos estar cada vez mais perto dos clientes para manter o mesmo padrão de atendimento e assistência técnica”, comenta Manuel Marriço, gerente de canais da Tebis.

Outras duas empresas alemãs, OBO-Werke e Alwa, compartilharam o mesmo estande na EuroMold Brasil, estabeleceram negócios com uma empresa de Curitiba. “A Europa vive um momento de retração econômica e visualizamos no Brasil um país de oportunidades”, destaca Kurt Hüther, diretor de negócios da OBO-Werke.

W.S. Hazejager, gerente de exportação da Alwa, elogiou a qualidade do público visitante. “Saímos daqui com excelentes perspectivas de negócio e a certeza de retornar para a próxima EuroMold Brasil”, acrescenta.

Durante a EuroMold Brasil, aconteceu também o ciclo de palestras da Rede SENAI de Ferramentaria. Mais de 200 pessoas participaram dos encontros, que abordaram as tendências tecnológicas para o setor ferramenteiro. “Pudemos debater propostas de melhoria e criar maior interação entre representantes da cadeia produtiva e especialistas, buscando ressaltar a importância da atuação conjunta para o aumento da competitividade e defesa das ferramentarias brasileiras”, explica Luiz Eduardo Leão, analista de desenvolvimento industrial do Senai Nacional.

Central de Gerenciamento de Resíduos seleciona 6,5 toneladas de material na feira

A Central de Gerenciamento de Resíduos, uma das novidades da 7ª Interplast e 1ª EuroMold Brasil, totalizou a seleção de cerca de 6,5 toneladas de resíduos durante os períodos de montagem e realização dos eventos, abrangendo papéis, plásticos, vidros e metal. A iniciativa que já ocorreu em outras feiras da Messe Brasil, é realizada por meio de uma parceria entre a organizadora de feiras e a Elementus Engenharia Ambiental, responsável pela elaboração e execução do plano de gerenciamento de resíduos sólidos.

Quatro pessoas trabalharam na separação, pesagem e prensa dos materiais na estação de gerenciamento, anexo aos Pavilhões da Expoville, e os materiais selecionados são comercializados pela Associação Ecológica dos Catadores Recicladores de Joinville (Assecrejo). A entidade beneficia cerca de 40 famílias que geram a sua renda em função das atividades de reciclagem.

Profissionais marcam presença no Espaço Carreira

Foram 150 vagas disponibilizadas, 11 empresas de recrutamento e seleção, que representaram 100 empresas, especialmente ferramentarias e indústrias de plásticos e moldes, de Joinville e região. Foi assim que o Espaço Carreira se apresentou para os visitantes da Interplast e EuroMold Brasil, como iniciativa inédita em eventos técnicos de Joinville. O resultado, ao final das feiras, superou as expectativas para Pedro Luiz Pereira, presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos – Seccional Santa Catarina (ABRH-SC). “Foram cerca de 500 currículos e contatos”, afirma.

O projeto, realizado por meio de uma parceria entre a Messe Brasil e a ABRH-SC, tem como objetivo divulgar as vagas existentes no mercado e os profissionais que estão em busca de novos desafios. “Para uma primeira edição, alcançamos um número excelente de contatos. Acredito que vamos conseguir concretizar nosso principal objetivo, de aproximar os profissionais das oportunidades de trabalho”, afirma Pereira.

Inovação esteve presente nos debates do Cintec Plásticos

O Cintec 2012 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica encerrou nesta sexta-feira, 24 de agosto, o ciclo de palestras e minicursos, realizados em paralelo à Interplast. O congresso organizado pela Sociesc (Sociedade Educacional de Santa Catarina) contou com a participação de 550 pessoas.

Destaque para a palestra de abertura com José Ricardo Roriz Coelho, presidente da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria de Plástico) sobre “O Setor de transformados plásticos: principais desafios e busca pela competitividade”. Roriz disse, durante a palestra, que o cenário atual é positivo para o segmento, com o crescimento da demanda, motivado pelo aumento da renda da população brasileira. O segmento é composto por 11,5 mil empresas e um importante gerador de emprego e renda. “É o terceiro maior gerador da indústria e paga os melhores salários entre os cinco setores que mais empregam no Brasil”, apontou o dirigente.

Os grandes temas escolhidos pela comissão organizadora do evento foram Gestão, Meio Ambiente e Reciclagem, Matéria-prima, Máquinas e Processos, Moldes e Ferramentas. Os temas debatidos, divididos na programação, estiveram presentes na maioria das palestras pela sua importância e atualidade.

De acordo com Luiz Roberto Sniecikovski, coordenador do Cintec, os temas são atuais e buscam disseminar conhecimento, propiciar o desenvolvimento dos profissionais das empresas e academia, apresentar novos conceitos e inovação tecnológica, promover discussões técnicas e fomentar a geração de novos negócios e projetos. “A inovação, principalmente, permeou todos os debates e ficou muito evidente, pelos conhecimentos repassados pelos palestrantes, que o Brasil tem muito a evoluir e mercado para isso”, destaca Sniecikovski. Segundo ele, também foi importante a participação de representantes de empresas, de entidades governamentais e da academia.

Os participantes tiveram oportunidade de compartilhar conhecimento e experiência, requisitos essenciais na escolha dos temas e palestrantes. “Pelo nível das palestras, os congressistas saíram do evento cientes da necessidade da contínua busca pelo conhecimento”, ressalta Sniecikovski.

Eventos aprovados pelos expositores

O clima de satisfação tomou conta dos quase 25.000 m² dos pavilhões da Interplast e EuroMold Brasil. Os expositores comemoraram o bom público que prestigiou as feiras e os negócios e parcerias realizadas durante os eventos.

Para o presidente da Krauss Maffei, Klaus Jell, a Interplast é um evento muito importante para o setor plástico e a edição de 2012 estava excelente. “A feira estava muito organizada e trazendo muitas novidades para os visitantes. Temos muitos projetos e aproveitamos este espaço para divulgá-los e interagir com o nosso público”, afirma.

Para os estreantes da EuroMold Brasil, a credibilidade internacional do evento pesou bastante. E a edição brasileira correspondeu às expectativas. “Nos impressionamos com a estrutura e qualidade da primeira edição da feira. Sem dúvida, superou, e muito, nossas expectativas. Pudemos nos aproximar de nosso clientes, prestigiar o mercado e ainda prospectar novas parcerias”, comenta João Ricardo Nascimento, representante comercial da Polimold.

A israelense Objet, que já participa da EuroMold na Europa, também prestigiou a 1ª edição no Brasil. “Não poderíamos deixar de estar presentes na edição latino-americana da feira. Nossa expectativa em relação ao evento era positiva e, aqui, encontramos um público qualificado, que está buscando se renovar e saber quais são as novidades do setor, o que reforça a importância da nossa presença aqui”, destaca Renata Sollero, gerente regional da Objet na América do Sul.

Para o gerente comercial da Ecomaster, David Campos, a Interplast é uma ótima rede de relacionamentos. “Enxergamos o sul do Brasil como um mercado muito promissor, e por isso, queremos consolidar nossa marca junto aos clientes. A Interplast é uma excelente vitrine para divulgar nossos produtos e tecnologias”, comenta.

Principais números da Interplast e EuroMold Brasil 2012

Número de expositores: 550 empresas Interplast e 80 EuroMold Brasil

Área: 21.000 m² Interplast e 3.200 m² EuroMold Brasil

Número de visitantes: 18.000

Estimativa de negócios: R$ 480 milhões (durante e seis meses pós-feira)

Países visitantes: Alemanha, Argentina, Áustria, Bolívia, Chile, China, Colombia, Coreia do Sul, El Salvador, Espanha, EUA, França, Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, Itália, México, Peru, Portugal, Rússia, Saara Ocidental, Tailândia, Taiwan, Uruguai e Venezuela.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Último dia para visitar a Interplast e EuroMold Brasil 2012

24/08/2012

Eventos atraem governo de Alagoas de olho em novas empresas para seus parques fabris. Programação do Cintec foca Moldes e Ferramentas.

Esta sexta-feira, 24, é o último dia para os visitantes da Interplast e EuroMold Brasil conhecerem os lançamentos e tecnologias das indústrias plásticas e de moldes e estabelecer relações comerciais com grandes players do mercado. A feira abre das 14 às 21 horas, nos pavilhões Expoville, em Joinville/SC.

A Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), do Governo de Alagoas, está expondo na Interplast com o objetivo de atrair novos empreendimentos. Também participam representantes das demais entidades que compõem a Cadeia Produtiva da Química e do Plástico de Alagoas – Sebrae, Braskem, Federação das Indústrias do Estado (Fiea), Associação das Empresas do Polo Multissetorial Governador Luiz Cavalcante (Adedi) e Associação das Empresas do Polo Industrial de Marechal Deodoro (Assedi-MD). Elas estão em um espaço reservado para apresentar as potencialidades deste segmento no Estado.

“A Interplast é uma excelente oportunidade para mostramos o trabalho que vem sendo feito para o crescimento da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico de Alagoas. As principais empresas do País estão expondo seus produtos. É importante salientar que a feira também oferece a chance de trocarmos experiências com outros estados, como também tomar conhecimento de todas as inovações do segmento”, destacou o secretário do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otavio Gomes.

No decorrer da semana, o secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico, Keylle Lima, e o diretor de Relações com o Mercado da Seplande, Gilfson Magalhães, estiveram reunidos com executivos e representantes de empresas para esclarecer os principais questionamentos sobre a atuação da Cadeia, principalmente a respeito do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin).

Keylle Lima explica que essa é a principal ferramenta da política de desenvolvimento do Estado, contando com incentivos fiscais, creditícios e locacionais que o Governo oferece para novos empreendimentos. “Estamos mostrando quais as principais modalidades de incentivos, os trâmites iniciais a serem realizados; os prazos para a concessão dos benefícios, entre outras dúvidas para que os empresários possam entender o funcionamento da Cadeia e de todo o setor produtivo em Alagoas”, explica.

A Seplande elaborou um folder para os visitantes que traz um panorama geral da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico, apresentando toda a infraestrutura logística, os Polos Industriais mais avançados e números atualizados da produção de empresas do setor.

Moldes e Ferramentas são os temas das palestras no último dia do Cintec Plásticos

O Cintec Plásticos encerra nesta sexta-feira, 24 de agosto, seus ciclo de palestras abordando os temas Moldes e Ferramentas, simultaneamente à Interplast, na Exploville. Rafael Agnelli Mesquita, diretor de Novos Negócios da empresa Villares Metals e do Programa de Mestrado em Engenharia da Universidade Nove de Julho fará a palestra “Inovações em aços para moldes de plásticos”, levando sua experiência em desenvolvimento e aplicação de aços ferramenta. Entre os tópicos abordados estão propriedades dos aços para moldes, relação das propriedades com os processos de manufatura, aços para moldes e desenvolvidos no Brasil nos últimos 10 anos. Mesquita tem cerca de 120 artigos técnicos publicados e 8 patentes nesta área.

A palestra “Desenvolvimento de processos de nitretação sob plasma e revestimento PVD para componentes e moldes de injeção de polímeros” será apresentada no Cintec 2012 Plásticos por Carlos Eduardo Pinedo, diretor da Heat Tech. Entre os tópicos a serem abordados estão a melhoria de desempenho de moldes e endurecimento de elementos periféricos com dimensões e formas críticas.

O pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Carlos Henrique Ahrens falará no último dia do Cintec sobre “Moldagem por injeção em moldes híbridos: estudos de caso na UFSC. Com grande experiência na área de engenharia mecânica, Ahrens apresentará a definição de moldes híbridos no contexto da prototipagem rápida, efeito de parâmetros de moldagem no desempenho mecânico e térmico do molde e de parâmetros de moldagem na qualidade das peças injetadas.

“Câmara quente: tecnologia, técnica e mito” é tema que Antonio Carlos Pires Dias, diretor da Yudo debate com os congressistas do Cintec 2012 Plásticos. Entre os tópicos estão a câmara quente no contexto atual da indústria de moldes, tomada de decisão, aplicação e mito.

Fonte: MesseBrasil

Curta nossa página no

EuroMold Brasil traz novidades para toda a cadeia de moldes

23/08/2012

Primeira edição da feira apresenta inovações tecnológicas desde o design e engenharia de softwares até a prototipagem e produção em série

 Se o objetivo era mostrar toda a cadeia produtiva da fabricação de moldes e desenvolvimento de produtos, a 1ª EuroMold Brasil está conseguindo surpreender os visitantes. Do design, passando pela engenharia de softwares e prototipagem, até a produção em série, quem passa pelo evento confere as mais recentes novidades para esse mercado.

Na área de desenvolvimento de produtos, a feira conta com a participação da Univille (Universidade da Região de Joinville), que levou sua área de design, focada especialmente nesse segmento, para mostrar as tendências de mercado.

A israelense Objet, a Robtec, EOS e a Fast Parts são algumas das empresas que divulgam as novas tecnologias para a área de prototipagem. A Robtec destaca a impressora 3D Touch (Bites From Bytes), nome dado para enfatizar a nova interação entre equipamento e usuário, agora feita via touch, bem similar aos nossos iPhones e afins, que permite qualquer pessoa utilizar essa tecnologia dentro de casa. “Queremos divulgar amplamente nossos equipamentos, que ajudam as empresas do segmento a se adequar às novas tendências”, afirma Sergio Oberlander, sócio-fundador da Robtec.

Por fim, as ferramentarias, responsáveis por dar forma aos moldes e estampos, também marcam presença na feira. Herten, Belga e Btomec são algumas expositoras nesse segmento e divulgam seu maquinário e tecnologia de produção.

Interplast também apresenta novidades

Quem caminha pelos corredores da Interplast, evento que ocorre em paralelo à EuroMold Brasil, também fica surpreso com os produtos, equipamentos, serviços , periféricos e matérias-primas que os expositores trouxeram para a feira. São novidades que vão de encontro a um dos principais objetivos do evento, que é contribuir para a inovação tecnológica do setor plástico.

A Termocolor, especializada em masterbatches, trouxe para a feira o seu lançamento deste ano: os masterbatches biodegradáveis. Por serem formados de aditivo orgânico, os produtos atraem os fungos e bactérias que atuam em sua decomposição, transformando-os em húmus e biogás. “Os masterbatches biodegradáveis são ideais para aplicação em embalagens flexíveis, descartáveis, utilizadas no segmento de higiene e limpeza, entre outras”, explica Laércio Boracini, gerente técnico da Termocolor.

As soluções da Stäubli também podem ser vistas pelo público. Os visitantes podem conhecer e manipular engates rápidos e placas multiacoplamentos para conexão rápida das mais diversas energias, utilizadas na conexão de moldes: água e óleo para controle térmico, ar comprimido, óleo hidráulico, sinal e potência elétricos. Em exibição, a empresa tem ainda um dos principais sistemas de fixação de moldes, a placa magnética.

Além do exclusivo tinteiro selado ecológico e as tintas tampográficas, que são menos agressivas ao meio ambiente por serem compostas com 75% menos solvente, a Kent do Brasil lança máquinas com a estrutura de pedra de granito. Com isso, as máquinas se tornam mais estáveis, robustas e duráveis, garantindo ainda mais eficiência e desempenho. Com a utilização do granito para a produção das máquinas, a energia para converter o minério de ferro em aço diminui, reduzindo também a emissão de gás CO2, grande responsável pelo aquecimento global e as contaminações provenientes de usinas.

A Vertec destaca seus serviços de codificação em geral, desde treinamento, instalação e manutenção preventiva e corretiva, até aluguel de equipamentos e contratos print service e pay per print em codificadoras. Durante a feira, o público que visitar o estande da Vertec vai conhecer as impressoras industriais por jato contínuo de tinta (CIJ), fabricadas pela inglesa LINX. Da mesma fabricante, ainda serão divulgadas peças, tintas, solventes e os serviços de assistência técnica autorizada. Além destes, a Vertec apresenta também impressoras a laser para codificação industrial de fabricação própria, impressoras TIJ (thermal ink jet) e peças, tintas e solventes para outras marcas de impressoras CIJ.

Palestrantes do Cintec Plásticos enfocam matérias-primas utilizadas pelo setor

No segundo dia do Cintec Plásticos nesta quarta-feira, em paralelo à Interplast, na Expoville, o tema dos congressistas será matéria-prima. Antonio Rodolfo Jr, gerente de Engenharia de Aplicação e Desenvolvimento de Mercado da Unidade de Negócios Vinílicos da Braskem, abordará as “Propriedades de combustão de formulações de PVC”. Rodolfo falará sobre os mecanismos de degradação e combustão de plásticos e do PVC, aditivos retardantes de chama e supressores de fumaça, ensaios e normas brasileiras, além de apresentar estudo de casos.

“Plásticos de alto desempenho para aplicações na indústria aeroespacial e de petróleo e gás” é o tema de Paulo Roberto Barboza, gerente de indústria da Sabic, no Cintec Plásticos. A palestra terá foco estratégico no desenvolvimento do mercado de resinas para os segmentos de construção civil, aeroespacial, óleo & gás, além de equipamentos e acessórios para indústria médica e odontológica. Barboza abordará o cenário e necessidades da indústria de óleo & gás no Brasil, materiais de alto desempenho para a fabricação de cabos e redução de peso, conceitos e tendências na indústria aeroespacial e oportunidades e regulamentações.

Marcelo Delvaux, engenheiro da Ticona, faz palestra no Cintec para falar sobre “Plásticos de engenharia e alto desempenho no segmento de energia”. Vai abordar materiais poliméricos utilizados em aplicações nos segmentos de oil e gás, energia elétrica e solar.

“Plásticos de alto desempenho e ultrapolímeros em aplicações de atrito/abrasão nas indústrias automotiva, mecânica e petroquímica” é a palestra de Felipe Albuquerque Medeiros, engenheiro da Solvay no Cintec 2012 Plásticos. Entre os tópicos, Medeiros abordará o uso de ultrapolímeros e plásticos de alto desempenho em selos dinâmicos, anéis de vedação, compressores, bombas, sedes de válvula e canais hidráulicos. Também enfoca as aplicações em condições severas: tensão elevada e temperaturas até 260ºC e recursos para desenvolvimento e seleção de materiais.

Cesar Marelli, engenheiro da Sabic levará para o Cintec 2012 Plásticos sua experiência no exterior na área de injeção e desenvolvimento de projetos e produtos, sólida experiência na área de simulação via CAE e amplo conhecimento em elementos finitos e estruturação de componentes. Em sua palestra “Substituição de Metais por Plásticos de Engenharia na Indústria Automobilística” vai apresentar os conceitos sobre redução de peso e substituição de metais, principais plásticos de engenharia para fabricação de peças automotivas e tendências e casos de sucesso na indústria automotiva.

O congresso de inovação tecnológica é promovido pela Sociesc. A programação do Cintec também conta com seis minicursos com carga horária de 8 horas cada, realizados no período da manhã na Sociesc, campus Marquês de Olinda.

Fonte: Messe Brasil

Activas promove palestra sobre copoliéster da Eastman durante Interplast 2012

21/08/2012

Entre os dias 20 e 24 de agosto, a Activas Distribuição de Resinas Termoplásticas participa da 7ª edição da Interplast. Além de divulgar as linhas de produtos que compõem seu portfólio, a empresa está organizando uma palestra a ser realizada durante a feira. Rogério Dias, profissional de marketing da Eastman, apresenta o tema “O avanço do design através dos plásticos especiais”.

O foco da palestra é o produto Tritan, produzido pela Eastman e distribuído pela Activas. “Ele é um copoliéster de nova geração que oferece novas possibilidades de design e aplicação. Trata-se de uma alternativa inovadora em relação aos tradicionais polímeros”, destaca Roberta Duarte, gerente de marketing da Activas. O produto ainda alia a facilidade de processamento a uma mistura de propriedades únicas, incluindo transparência, tenacidade, resistência à temperatura e superior resistência química.

A palestra acontece no acontece no dia 23 de agosto, das 19h às 20h30. Clientes, parceiros da Activas e visitantes da feira estão convidados para participar do encontro. Os interessados podem entrar em contato com a equipe comercial da Activas Joinville e confirmar presença pelo telefone (47) 3437-5001.

Sobre a Activas

A Activas é distribuidora com de atuação nacional, líder de mercado e que há mais de 22 anos fornece resinas termoplásticas para micros, pequenas, médias e grandes empresas. Com grande experiência neste mercado, a Activas proporciona aos seus clientes um atendimento personalizado, sempre focado em buscar o que existe de melhor em relação às resinas termoplásticas e sempre se atualizando sobre os lançamentos da área, através de pesquisas em tendências mundiais. A matriz e o maior centro de distribuição estão localizados em São Paulo. Possui uma equipe de representantes comerciais atuantes em todos os estados brasileiros e cinco centros de distribuição, localizados, estrategicamente para atendimento nacional, em Pernambuco, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Entre os fornecedores da Activas, estão empresas qualificadas e reconhecidas pelo mercado, como a Braskem, Eastman, Basf, Unigel, Cromex, entre outras.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Feiras Interplast 2012 e Euromold Brasil são abertas em Joinville

20/08/2012

Muitas novidades marcam a 7ª edição da Interplast. Realização da primeira EuroMold Brasil, Ilha da Reciclagem e Projeto Carreira são alguns dos destaques.

A 7ª edição da Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico, consolidada como a mais importante feira do segmento na América Latina em 2012, apresenta aos visitantes as mais recentes novidades em máquinas, equipamentos, periféricos, design, matérias-primas, serviços e tecnologias. Realizada, a cada dois anos, pelo Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina (Simpesc) e organizada pela Messe Brasil, a feira, inaugurada nesta segunda-feira, dia 20, ocorrerá até a próxima sexta-feira, dia 24, nos pavilhões da Expoville, em Joinville/SC.

Em seus 21.000 m², o evento reúne cerca de 550 empresas, das quais, 144 são novos expositores. Vindas de todo o Brasil e de outros países, como Alemanha, China, Canadá, Áustria, Estados Unidos, Taiwan e Portugal, as empresas formam uma importante rede de relacionamento, compartilhando o que há de mais moderno para o setor e ampliando a possibilidade de novas parcerias e negócios.

Para Albano Schmidt, presidente do Simpesc (Sindicato das Indústrias de Material Plástico de Santa Catarina,  a Interplast é um evento esperado por todo o setor plástico, especialmente por propiciar às empresas uma excelente oportunidade de se aproximar de seus clientes. “A presença em um evento desse porte consolida a marca e fortalece a empresa diante de seu público-alvo”, afirma. Segundo ele, o segmento vive um momento econômico de crescimento e o caminho para consolidar esse processo requer investimentos e inovação. “Para fortalecer o setor é necessário promover o crescimento dos segmentos demandantes, desonerar o investimento, reduzir o custo de capital e melhorar a qualidade de como os tributos são cobrados. Com um apoio maior à pesquisa e inovação e criação de excelência para formação da mão de obra, o setor pode e vai crescer muito”, acrescenta.

Neste ano, o evento promete muitas novidades. Os visitantes vão poder observar o Projeto Ilha da Reciclagem do Plástico, promovido por meio de uma parceria entre a Messe Brasil, Simpesc, INP, Instituto do PVC e Plastivida. Quem passar pela feira vai poder visualizar o processo de reciclagem do plástico, explicado passo a passo, além de conhecer os equipamentos envolvidos e o trabalho das cooperativas. O projeto tem a coordenação do Simpesc. “A proposta é desmistificar e ressaltar que o processo de reciclagem do plástico é um dos mais econômicos e ambientalmente corretos, entre os diversos resíduos que são reciclados atualmente”, comenta Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil.

E falando em reciclagem, outro destaque é a Central de Gerenciamento de Resíduos. A iniciativa é da Messe Brasil e conta com o apoio da Elementus Engenharia Ambiental, responsável pela elaboração e execução do plano de gerenciamento de resíduos sólidos. O principal objetivo é dar um destino ambientalmente correto para os materiais descartados nos períodos de montagem e desmontagem e também durante a feira. Os resíduos, classificados como comuns e não perigosos, compreendem material orgânico, papel e papelão, madeira e vidro. “Com a central, será possível encaminhar os materiais a destinos adequados, evitando ampliar volumes nos lixões ou em locais impróprios para descarte”, explica Spirandelli.

Neste ano, o evento conta também com o apoio institucional da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que aposta na Interplast pela sua credibilidade e seriedade. “A ABNT tem mais de 170 Comitês Técnicos focados em variados setores e áreas de conhecimento. Ao apoiar a feira, a ABNT aproxima-se também de seu público, mostrando os benefícios das normas técnicas para as suas atividades”, explica Roberto Silva Santos, gerente de articulação nacional da ABNT.

Estrategicamente realizada em Joinville, região que é um dos maiores polos do plástico e corredor comercial da América Latina, a Interplast deve atrair cerca de 25 mil visitantes, com destaque para executivos e profissionais dos segmentos de embalagem, automotivo/autopeças, construção civil e linha branca, vindos de todo o Brasil e também do exterior.

Primeira EuroMold Brasil acontece em paralelo à Interplast

Outro evento importante vai atrair muitos visitantes à Expoville. A EuroMold Brasil chega pela primeira vez à America Latina e vai apresentar os avanços mais recentes e as mais novas tecnologias em fabricação de moldes e desenvolvimento de produtos. Viabilizada por meio de parceria entre a organizadora alemã DEMAT e a Messe Brasil, a feira reúne cerca de 80 expositores, vindos de todo o Brasil e de países como Alemanha, Estados Unidos, Coreia do Norte, China, Canadá, Japão, Taiwan, Argentina e Israel.

Para a EuroMold Brasil, a Messe Brasil montou um espaço totalmente novo, anexo a Expoville, com 3.200 m² de área. O Pavilhão EuroMold Brasil, diretamente conectado com os pavilhões da Interplast, permite que os visitantes circulem entre as duas feiras, aproveitando ainda mais o intercâmbio que a simultaneidade dos eventos proporciona. Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais (Abinfer), Christian Dihlmann, a feira tem muito a agregar ao setor, especialmente por ser realizada em Joinville. “O evento está situado na 3ª maior cidade da região sul do Brasil e um dos três maiores polos de ferramentarias do país, isso contribui para ampliarmos a base de fornecedores para o segmento, e com qualidade”, afirma.

Cintec 2012 Plásticos estimula o debate e a busca por novas tecnologias

Focado na disseminação do conhecimento e inovação, o Cintec 2012 Plásticos – Congresso de Inovação Tecnológica tem 20 palestras técnicas e seis minicursos em sua programação. O evento aborda linhas temáticas de gestão, meio ambiente, reciclagem, matéria-prima, máquinas e processos, e moldes e ferramentas, e deve reunir empresários, especialistas e estudantes para debater tendências, novas tecnologias e soluções para o setor plástico.

A palestra de abertura acontece no dia 20 de agosto e será ministrada por José Ricardo Roriz Coelho, presidente da Vitopel, empresa fabricante de filmes para embalagens flexíveis, e da Associação Brasileira da Indústria de Plástico (Abiplast). Com mais de 25 anos de atuação na indústria de transformação, Roriz Coelho abordará em sua apresentação o mercado do material plástico sob a ótica do conhecimento e da sustentabilidade.

Promovido pela Sociedade Educacional de Santa Catarina (Sociesc), o Cintec construiu uma história de sucesso ao longo dos 12 anos de sua realização. Os números acumulados pelo congresso nesse período demonstram a dimensão do evento. Até aqui, já são 7.900 congressistas, 600 palestrantes e 780 horas de conhecimento.

Neste ano, o Cintec Plásticos acontece entre os dias 20 e 24 de agosto, na Expoville, em Joinville/SC. Os minicursos são realizados na Sociesc, no Campus Marquês de Olinda. Mais informações e inscrições pelo www.sociesc.org.br/cintec.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Interplast 2012: Extrusoras da battenfeld-cincinnati garantem alta performance com baixo consumo de energia

19/08/2012

Neste ano, na Interplast, a battenfeld-cincinnati se apresentará diretamente para seus clientes pela primeira vez desde sua criação em abril de 2010. Em seu estande, a empresa irá apresentar suas novas linhas de extrusoras com mono e dupla roscas com alta produtividade como soluções na produção de tubos e perfis.

No passado, a battenfeld-cincinnati era representada na América Latina pela empresa Ferrostaal. Em 2011, em comum acordo, ambas as empresas decidiram encerrar a parceria. Desde o início de 2012, a battenfeld-cincinnati está presente no Brasil, agora como Battenfeld-cincinnati do Brasil, com sua sede sendo instalada na cidade de Jundiaí-SP, continuará atendendo todo o mercado com o suporte de todas as outras unidades battenfeld-cincinnati “Worldwide”.

A battenfeld-cincinnati é uma companhia atuante no mundo inteiro com cinco fábricas em três continentes e uma extensa estrutura de network para vendas e assistência técnica. A marca battenfeld-cincinnati foi fundada em abril de 2010, pela combinação do sucesso de duas companhias conhecidas mundialmente, Battenfeld Extrusionstechnik (Alemanha) e Cincinnati Extrusion (Áustria). A battenfeld-cincinnati atua em três segmentos diferentes de mercado com três divisões (infraestrutura, construção e embalagens), fornecendo soluções completas de acordo com as necessidades dos clientes nas áreas de extrusão de tubos, perfis, filmes de PVC, compósitos de fibras naturais (WPC) e embalagens packaging.

Com uma força global de mais de 750 colaboradores e fábricas em Bad Oeynhausen e Kempen (Alemanha), Viena (Áustria), McPherson (EUA), Shunde (China) e várias representações em todo o mundo, a battenfeld-cincinnati pode responder pelo aumento da necessidade de economia de energia, máquinas com alta performance, linhas conceituais e otimizadas para servir o crescimento da demanda dos mercados internacionais.

A divisão de infraestrutura é responsável pelas soluções nas áreas de tubos para diversas aplicações como água, gás, telecomunicações, linhas sanitárias e tubos para irrigação.

A divisão de construção é responsável pelos produtos da área de construção com larga utilização em obras públicas e privadas, fornecendo soluções para janelas, construção, pequenos perfis técnicos, lâmina de PVC, soluções em compósitos de fibra/madeira e plástico/madeira.

A divisão packaging fornece soluções completas para linhas de extrusão para a produção de filme plano e lâminas, granulação de polímeros/PVC, bem como soluções para alimentação de calandras.

Na Interplast, a battenfeld-cincinnati apresentará a série de extrusoras solEX de alta perfomance com mono roscas para extrusão de tubos de PP e PEAD e outputs até 2.200 kg/h. Outra série é a twinEX com dupla rosca paralela para a extrusão de perfis de PVC com outputs até 1.000 kg/h e para a produção de tubos de PVC com outputs até 1.700 kg/h. Ambas séries de extusoras já foram testadas e aprovadas em plena produção. Recentemente, a companhia também lançou a série de extrusoras uniEX com monorosca com o conceito an all-round para larga variedade de aplicações na extrusão de tubos e perfis.

A battenfeld-cincinnati também oferece o conceito greenpipe para a extrusão de tubos. Existem três opções disponíveis (EAC ou KryoS para cabeçotes e o conceito greenpipe para a linha de downstream), todos podem aumentar a produtividade em uma linha já existente ou diminuir o tamanho de toda a linha consideravelmente, com uma significante economia de material e energia.

Curta nossa página no
Fonte: Messe Brasil

Sulbras apresenta, na Interplast, nova unidade da empresa localizada em Joinville

19/08/2012

Em 2012, a Sulbras Moldes e Plásticos participa pela quarta vez da Interplast e apresenta para os visitantes a sua mais nova planta produtiva, localizada na cidade sede da feira, Joinville/SC. A unidade iniciou suas atividades em setembro de 2011 e já conta com todo o know how das demais fábricas da empresa. Além disso, a Sulbras ainda apresenta seus processos e competências para a fabricação de moldes e injeção de peças.

Especializada em soluções de peças técnicas e subconjuntos moldados por injeção, a empresa atua, especialmente, na fabricação de componentes plásticos. Com quase 30 anos de experiência no mercado, a Sulbras está capacitada para atuar em todo o ciclo de desenvolvimento de peças plásticas injetadas, desde a engenharia simultânea do produto, o projeto e ferramentaria, até as aprovações de capacidade de processo produtivo, injeção das peças plásticas e montagens de subconjuntos.

Com unidades também em Caixas do Sul/RS, Sapucaia do Sul/RS e Salto/SP, a empresa atende indústrias automotivas, de ônibus e caminhões, de informática, eletroeletrônica, entre outras. Capacitada também para prestar assessoria técnica, a Sulbras ainda disponibiliza serviços em alguns processos especiais, como sobreinjeção de componentes, injeção a gás, hot stamping, tampografia e linhas de montagens.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Interplast 2012: Lanxess leva para a feira sua linha de Poliamida 6 reforçada

19/08/2012

Em sua primeira participação na feira, multinacional da área química apresenta o alojamento de estepeproduzido com o plástico Durethan

A LANXESS, líder em especialidades químicas, participa pela primeira vez da feira Interplast 2012, evento que ocorrerá entre 20 e 24 de agosto, no Complexo Expoville, em Joinville/SC. A empresa apresentará a sua linha de plásticos de engenharia produzidos pela unidade HPM – High Performance Materials.

 A principal atração do stand será a apresentação de um Alojamento de Estepe (peça de carro) produzida com a poliamida 6 Durethan BKV 60 H2.0 EF (Easy Flow), altamente reforçada pela LANXESS com 60% de fibra de vidro.

Segundo Anderson Maróstica, especialista técnico da unidade HPM, um dos diferenciais da poliamida 6 é que o material permite uma moldagem por injeção precisa mesmo quando se trata de uma peça de geometria complexa, como é o caso do alojamento de estepe. Isso não ocorre, por exemplo, quando se utiliza na produção da peça uma chapa de metal, devido ao espaço disponível limitado e a complexidade do produto.

O Durethan também permite a integração direta de inúmeras funções. A produção da cavidade do estepe, por exemplo, é feita em um processo de moldagem por injeção de uma única fase. “Incorporar essas funções a um design de metal exigiria um grande número de etapas de produção e montagem separadas, com todos os custos associados”, completa Maróstica.

Entre as contribuições do uso da poliamida 6, o destaque fica para a alta rigidez do componente. Seu módulo de elasticidade de aproximadamente 19.000 MPa à temperatura ambiente (condicionado: 13.000 MPa) é o dobro do uma poliamida 6 padrão reforçada com 30% de fibras de vidro. Conforme exigido por algumas montadoras para componentes próximos do sistema de escapamento, a poliamida também mantém a sua rigidez a temperaturas elevadas. Esta rigidez e resistência são importantes porque o alojamento do estepe suporta vários acessórios e anexos com um peso total de cerca de 70 kg.

Outro benefício importante da poliamida 6 “EF – Easy Flow” é o fato de que seus resultados impressionantes de fluidez resultam em um desgaste de molde semelhante aos observados quando se utiliza uma poliamida 6 padrão com 30% de fibras de vidro.

Sobre a LANXESS

A LANXESS teve um volume de vendas de 8,8 bilhões de euros em 2011. Atualmente conta com cerca de 16.900 funcionários distribuídos em 31 países. A companhia possui 48 unidades de produção ao redor do mundo. O principal negócio da LANXESS é o desenvolvimento, produção e venda de especialidades químicas, plásticos, borracha e intermediários.

No Brasil, a LANXESS está representada por meio de suas 13 unidades de negócio, possui aproximadamente 1.100 funcionários, 5 unidades produtivas, laboratórios e escritórios, distribuídos pelas cidades de São Paulo e Porto Feliz (SP), São Leopoldo e Triunfo (RS), Duque de Caxias (RJ), Cabo de Santo Agostinho e Recife (PE).

Fonte: Lanxess

Curta nossa página no

Interplast 2012: AWS Brasil expõe central de alimentação

07/08/2012

Pela primeira vez, a AWS Brasil vai apresentar uma central de alimentação em uma feira e, para isso, escolheu a Interplast 2012. A atração diferenciada promete explicar para os visitantes como funciona o sistema que supervisiona e controla a alimentação de materiais em uma indústria. “Disponível em diversas configurações e de fácil instalação, a central é muito eficiente. Com um único controlador, é possível comandar todos os componentes de um sistema de transporte”, acrescenta Camila M. Sapage, Marketing da empresa. Além da central, quem passar pelo estande da empresa vai poder conferir também outros produtos, como dosadores, alimentadores e multsystem para as indústrias plásticas de extrusão, injeção e sopro.

Para a área de flexografia, a AWS vai apresentar o viscosímetro com tecnologia Norcross, dos Estados Unidos. Um aparelho que mede e controla automaticamente a viscosidade de tintas, vernizes e demais líquidos. As linhas BioSystem e EcoSystem, com as lavadoras de peças e recuperadoras de solventes também serão expostas na feira.

Além destas atrações, a AWS Brasil aproveita deste evento para apresentar as empresas do Grupo. Muito mais do que a união de empresas familiares, o Grupo Sapage surge para elevar o patamar de suas frentes de atuação e desenvolver os mercados aonde atua. A força do Grupo permite fazer com que as empresas especializadas em seus ramos possam atuar de maneira sinérgica, otimizando as experiências e conhecimento de cada um dos mercados de atuação. Estamos presentes nos mercados de Embalagens e peças técnicas em Plástico oferecendo as melhores soluções para a indústria de termoplástico. Nestas diretrizes, a Recypack, a Matriz Industrial, e também a AWF do Brasil, já confirmaram presença no estande da empresa e também vão levar seus produtos para a Interplast 2012.

Sobre a AWS Brasil

A AWS Brasil faz parte de um grupo familiar que atende, com qualidade e agilidade, indústrias plásticas com soluções nacionais e tecnologia mundial. Fundada em 1997, a empresa iniciou suas atividades atuando junto às indústrias de embalagens plásticas flexíveis. Hoje, estendeu seus serviços e produtos a todo o setor. Os segmentos que a empresa atende desdobram-se em periféricos e máquinas. Recentemente, a AWS entrou também no mercado de linhas de extrusão e coextrusão, com um centro tecnológico na Itália.

Fonte: Grupo Sapage

Curta nossa página no

Interplast 2012: Cromex leva especialidades para plásticos e produtos sustentáveis

07/08/2012

A Cromex, empresa brasileira líder no mercado nacional de masterbatches de cores e aditivos para plásticos, levará, entre os dias 20 e 24 de agosto, à Interplast 2012, produtos desenvolvidos com foco na performance e sustentabilidade. Entre os produtos voltados à performance, a Cromex vai mostrar sua linha de masterbatches brancos com antifibrilante e aditivo UV, desenvolvida para melhorar o processo de fabricação da ráfia. Vai expor, também, os novos concentrados de cores para fabricação de multifilamentos, filamentos contínuos e não-tecidos (PP e PET).

Com foco na melhoria do desempenho dos polímeros na transformação, a empresa apresentará a linha de cargas minerais, aditivos que proporcionam vantagens ao transformador, como melhoria de propriedades mecânicas, melhor estabilidade dimensional e melhor taxa de troca térmica.

De olho nos eventos esportivos que o Brasil sediará nos próximos anos, a Cromex, que atua neste segmento há mais de cinco anos com masterbatches especiais e se faz presente em diversos estádios brasileiros e arenas poliesportivas cobertas, vai mostrar seus produtos específicos para este mercado. A empresa desenvolveu, em parceria com a Braskem, compostos de cores a base de PE Verde (resina de fonte renovável proveniente do etanol da cana-de-açúcar) para assentos desportivos, atendendo à normativa ABNT NBR 15925/2011.

Ainda com foco na inovação e sustentabilidade, a Cromex também conta com uma série de masterbatches desenvolvidos em PLA (plásticos biodegradáveis), os quais já atendem a diversos segmentos.

Quem passar pelo estande da Cromex também vai conferir seus aditivos e cores com nano partículas de prata, que conferem aos plásticos ação bactericida (elimina as bactérias) e bacteriostática (impede sua proliferação) e podem ser aplicados em PE, PP, PS, ABS e PET, em todos os processos de transformação. Os visitantes da feira vão conhecer ainda a linha completa para BOPP, que inclui brancos puros e com carga, compostos para cavitados e aditivos de performance.

Todos os produtos tem fornecimento local, oferecendo além do suporte técnico de equipes especializadas, uma assessoria completa para suas diversas aplicações.

Sobre a Cromex

Líder no mercado brasileiro de masterbatches de cores e aditivos para plásticos, a Cromex conta com duas unidades (São Paulo e Bahia) com capacidade de produção de 132 mil toneladas/ano. Em suas fábricas, a empresa gera mais de 500 empregos diretos e conta com certificações ISO 9001, 14001 e OHSAS 18001. Seu portfólio conta com mais de 13 mil cores e aditivos, desenvolvidos em laboratórios próprios, para atender 18 segmentos diferentes no setor de transformados plásticos, como brinquedos, embalagens, tampas para diversos segmentos (alimentos, bebidas, cosméticos, higiene pessoal, limpeza), construção civil, automotivo e agrobusiness.

Fonte: MesseBrasil

Curta nossa página no

Interplast 2012: Himaco lança injetoras mais eficientes

07/08/2012

A Himaco já confirmou sua presença na Interplast 2012. Parceira da feira há muito tempo, para a 7ª edição do evento, a empresa preparou dois lançamentos. O primeiro deles é a injetora modelo ATIS 3000-1080 LHT. Com design diferenciado, a máquina é mais compacta e atende, especialmente, às fábricas que tem pouco espaço. Possui força de fechamento de 300 toneladas, bomba variável, distância entre colunas de 720 mm x 720 mm e até 2 kg de injeção. Também disponível na versão com servomotor.

A segunda novidade é a máquina APTA ECO 180, específica para PVC rígido. Esta injetora tem 180 toneladas de força de fechamento, conjunto de ventoinhas de acionamento elétrico para controle da temperatura, servomotor, alimentador e secador. O modelo já vem configurado com extrator de macho lateral e desrosqueamento.

Além de oferecer soluções eficazes em máquinas injetoras, a Himaco também disponibiliza para seus clientes peças de reposição, assistência técnica especializada, instalação e treinamento. “Procuramos atender a necessidade do mercado, sempre focando em um atendimento completo”, comenta Sandra Trennepohl, do setor de vendas da Himaco.

Sobre a Himaco

Fundada em janeiro de 1969, a Himaco firmou-se como uma das principais fabricantes de injetoras termoplásticas do país e da América Latina. Hoje, conta com mais de 6.200 equipamentos operando em cerca de 3.500 clientes cadastrados. A empresa atende diversos segmentos do mercado, como automobilístico, de brinquedos, utilidades domésticas, embalagens, eletroeletrônicos, de cosméticos, calçados e peças técnicas em geral. Desde 2011, conta também com uma unidade específica para venda de peças de reposição, agilizando o atendimento de assistência técnica.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Plastech Brasil 2013 estará presente na Interplast 2012 em Joinville

26/07/2012

A Plastech Brasil 2013 – Feira de Tecnologias para Termoplásticos e Termofixos, Moldes e Equipamentos, realizada pelo Simplás – Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho, estará presente, de 20 a 24 de agosto, na Interplast 2012. O evento acontece nos Pavilhões da Expoville, em Joinville – SC. O objetivo da participação é divulgar a quarta edição Feira, que acontece de 27 a 30 de agosto em Caxias do Sul – RS.

Na Interplast 2012, a Plastech Brasil 2013 contará com um stand institucional, resultado de uma parceria entre com a Messe Brasil, que promove o evento catarinense. Durante a Plastech 2013, a Messe irá participar também com estande, para divulgar a Interplast 2014.

Sobre a Plastech Brasil 2013

A cada edição, a Plastech Brasil – Feira de Tecnologias para Termoplásticos e Termofixos, Moldes e Equipamentos  se destaca no segmento plástico no Sul do país, visto que, está inserida no segundo maior pólo industrial do Brasil. Realizada na Serra gaúcha, região que conta com mais de 500 empresas de transformação num universo de apenas 8 municípios (num raio de apenas 50 km), que consomem mais de 450 mil toneladas/ano de resinas, com amplo parque fabril, e em constante evolução tecnológica, utilizando mais de 4 mil unidades de máquinas e equipamentos.

Para a quarta edição, o evento deverá contar com mais de 400 marcas nacionais e do exterior em exposição e uma expectativa de público visitante próximo a 30 mil pessoas, considerando que a Feira tem a participação de um público qualificado e direcionado para as novidades do mundo do plástico. É uma grande oportunidade de integrar a cadeia produtiva, com o objetivo de mostrar aos potenciais clientes e fornecedores o excelente nível tecnológico das empresas locais, nacionais e internacionais, pesquisas e aperfeiçoamento mercadológico.

A Feira abrange expositores dos segmentos de matérias primas e produtos básicos; máquinas, equipamentos e acessórios; moldes e ferramentas; transformadores de plástico; instrumentação, controle e automação; serviços e projetos técnicos; publicações técnicas e entidades e instituições do país e exterior.

Organizada e realizada pelo Simplás – Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho -, conta com especial apoio do Sinplast/RS – Sindicato das Indústrias de Material Plástico no Estado do Rio Grande do Sul-, e do Simplavi – Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Vale dos Vinhedos-, de Bento Gonçalves. A Plastech Brasil também tem o apoio das principais entidades representativas da cadeia petroquímica-plástica do país – Abiplast, Abief, Abmaco, Abimaq, Adirplast, Abimei, Abinfer, Siresp, INP e também da FIERGS, do Simecs, da CIC-Caxias e Prefeitura Municipal de Caxias do Sul.

Serviço:

Plastech Brasil 2013 – Feira de Tecnologias para Termoplásticos e Termofixos, Moldese Equipamentos.

Quando: de 27 a 30 de agosto

Local: Centro de Feiras e Eventos – Pavilhões da Festa da Uva – Caxias do Sul – RS – Brasil

Realização: Simplás -Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho

Informações: +55 54 3228 1251/ 8135 1182 – plastech@plastechbrasil.com.br

Fonte: Núcleo Comunicação / Plastech Brasil

Curta nossa página no

Interplast 2012: Arburg apresenta injetora com configurações econômicas, aplicáveis a diversos processos

19/07/2012

Expositora da Interplast desde 2004, a Arburg Brasil é uma das líderes mundiais na fabricação de injetoras para processamento de plástico. Para os visitantes da feira, a empresa vai apresentar a Allrounder Golden Edition 470 com sistemas integrados, como moinho, chiller, thermolift, termoregulador, robô, Koch e Single.

O modelo tem uma excelente relação custo x benefício e já vem equipado com duas bombas reguladoras e uma tecnologia de válvula de ligação rápida. Além disso, possui configurações econômicas com várias alternativas de aplicação, como utilização em processos especiais, peças de múltiplos componentes, processamento de termofixos, peças grandes ou automação.

Entre os seus principais diferenciais, estão a alta precisão de repetibilidade, tecnologia de ponta, longa vida útil, comando Selogica, sistema AES (Arburg Energy Saving), fácil manutenção, abertura superior que facilita a acessibilidade do molde, além de alguns opcionais que podem ser acoplados à máquina. “Todos esses benefícios oferecidos pela tecnologia Arburg visam sempre o melhor resultado e o sucesso dos nossos clientes”, afirma Sibile Rehder, da área de marketing e vendas da empresa.

Sobre a Arburg

A Arburg é uma empresa familiar, fundada em 1923 na Alemanha. Em todo o mundo, conta com 2.150 colaboradores. Está no mercado brasileiro há 12 anos, atuando com uma equipe com 10 representantes, 14 funcionários, showroom, treinamento técnico operacional, técnicos em aplicação, reposição de peças e assistência técnica.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Interplast 2012: Premiata apresenta novidades para o segmento de reciclagem e transformação de plásticos

13/07/2012

A Máquinas Premiata vai levar, para a Interplast 2012, suas novidades para o segmento de reciclagem e transformação de plásticos. Um dos lançamentos será o novo misturador secador vertical, modelo 2012, que ganhou melhorias em seu sistema de aquecimento e mancais.

O misturador compacto, desenvolvido para pequenas quantidades de material, e os modelos de funil misturador e funil misturador secador também estarão no estande da empresa.

Outro destaque será o porta big bag estacionário, com ou sem moega, para descarga de bags com mais de 1.000 kg. “Nossa filosofia é desenvolver projetos seguros, eficientes e de excelente qualidade, sempre buscando zelar pela segurança de operação das máquinas e equipamentos”, comenta Rafael Rosanelli, diretor da Máquinas Premiata.

Sobre a Máquinas Premiata

A Máquinas Premiata é uma empresa fabricante de máquinas, periféricos e acessórios para o setor de reciclagem e transformação de plásticos. Localizada em São Vendelino/RS, emprega, em seu processo produtivo, sistemas de corte a laser, corte plasma CNC, dobra CNC e solda Mig/Mag. A empresa aplica a sua tecnologia de ponta no desenvolvimento de equipamentos, resultando em projetos funcionais e com elevado padrão de qualidade.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no