Posts Tagged ‘Equipamento Auxiliar’

Piovan destaca modernos dosadores gravimétricos e a nova linha de chillers compactos da Aquatech

13/07/2018

O destaque no estande da Piovan na Interplast será a solução de dosagem e mistura Quantum, a nova geração de dosadores gravimétricos por batch de alta precisão. De acordo com a Piovan, o Quantum é uma linha compacta, flexível e fabricada em aço inox, tendo sido patenteado pela empresa. A solução diferencia-se pela homogeneidade, troca rápida de material e simplificação das operações de limpeza, afirma a empresa, destacando que o Quantum é imune a vibrações e foi fabricado para suportar as possíveis vibrações provenientes das máquinas transformadoras, garantindo precisão da mistura, mesmo sob condições extremas. Com capacidade de produção de 70 a 800 kg/h, o Quantum oferece a mais recente tecnologia, eficiência energética e operacional em dosagem e mistura, garante o fabricante.

Outro destaque no campo da refrigeração industrial é a Slim, a nova geração de chillers da Aquatech, que, segundo a Piovan, combina capacidade de refrigeração, tamanhos reduzidos e elevada eficiência energética. Condensados a ar ou água e capacidade de refrigeração até 85.000 kcal/h, a linha Slim possui dois circuitos frigoríficos independentes, condensadores micro canal e bombas de alto rendimento. De acordo com o fabricante, a construção robusta, 100% em aço galvanizado, permite instalação em ambiente externo e atende a todos os requisitos de aplicação industrial.

Além dessas linhas em destaque, outras soluções e sistemas para manuseio, transporte e desumidificação de materiais também serão expostos. A linha completa de produtos abrange soluções para alimentação e transporte, secagem e desumidificação, dosagem e mistura, granulação, controle de temperatura, refrigeração de processos industriais, softwares de supervisão para controle da planta e instrumentação de análise. As soluções são aplicáveis a diferentes indústrias como preformas e garrafas PET, embalagens rígidas, peças automotivas, peças técnicas, soluções médicas, termoformagem e chapas técnicas, filmes flexíveis, tubos, perfis e cabos, fibras e cintas, reciclagem e compostos.

O Grupo Piovan atua no mercado plástico desde 1964, e se estabeleceu no Brasil em 1982. Ao longo os anos especializou-se em tecnologia para equipamentos auxiliares para os mais diversos processos de transformação de polímeros. No campo da refrigeração industrial, a Aquatech é a empresa do grupo especializada em soluções e sistemas industriais de arrefecimento para a indústria do plástico, alimentos e bebidas. Oferece equipamentos como chillers, dry coolers, termochillers, soluções integradas, grupos de bombeamento, além de acessórios e softwares. Nos últimos anos, a empresa tornou-se uma organização multinacional com sete fábricas na Itália, Brasil, Estados Unidos, Alemanha e China, 26 filiais e representantes em mais de 70 países.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Anúncios

Piovan apresenta novo controlador gravimétrico para produção de filmes

10/04/2018

O novo dosador gravimétrico por batch com controle contínuo da extrusão, Quantum E, completa a nova geração de unidades dosadoras da Série Quantum que foram introduzidas no mercado pela Piovan em 2015. A empresa afirma que o seu novo dosador combina em um único sistema de alta precisão, a versatilidade da dosagem gravimétrica com a exatidão dos sistemas de perda de peso contínuo. Segundo a Piovan, o Quantum E apresenta as seguintes características:

• Modularidade: o controle do Quantum E pode gerenciar de 1 a 8 estações de dosagem.
• Precisão: pesagem precisa e rastreabilidade completa de cada componente da mistura.
• Fácil de usar, de limpar e de manter: o recipiente de pesagem e o eixo do misturador podem ser removidos sem a utilização de ferramentas e são completamente acessíveis, assim como a câmera misturadora. As células de carga são equipadas com um sistema de limpeza automatizado integrado (patente pendente) que entra em operação após cada ciclo.
• Sem desperdício de material: o novo design do sistema de descarga, permite esvaziamento total do funil, sem deixar resíduos; o material é transportado de maneira eficaz, sem estresse mecânico ou risco de esmagamento do grão.

Inovação e versatilidade

Segundo a Piovan, o Quantum E oferece uma grande versatilidade graças às 8 estações de dosagem: cada estação é adicionada ou substituída através de uma simples operação mecânica, sem a necessidade de manobras complexas e em total condição de segurança para o operador e para os equipamentos ao redor.

O sistema de dosagem gravimétrica por batch pesa cada ingrediente da mistura de forma precisa, enquanto a tecnologia por perda de peso oferece controle constante do peso por metro do filme.

Em comparação com sistemas similares, afirma a Piovan, o Quantum E apresenta como vantagens:
• Graças às duas células de carga com tecnologia por perda de peso, o consumo do material é medido continuamente e de forma gravimétrica;
•Pode se instalar estações de rosca em substituição às estações com guilhotina, para modular precisamente a micro dosagem dos ingredientes.

O Quantum E, segundo a Piovan, é um sistema ideal de dosagem gravimétrica para produção de filmes flexíveis para embalagem, visto que ele integra soluções tecnológicas que oferecem a melhor precisão de dosagem e máximo controle do peso por metro. Manter constante a proporção do peso/metro, é essencial para a extrusão de filmes balão e gera economia de material, otimização do uso de material e redução de desperdício.

O Quantum E pode ser controlado remotamente através de uma conexão com a internet e também está pronto para integração completa com o Winfactory 4.0, o novo software da Piovan para supervisão dos processos de produção adequado para Smart Factory. O Winfactory 4.0 permite gerenciamento total da planta e medições de uso de material e consumo de energia. Graças ao protocolo OPC-UA, o Winfactory estabelece comunicação entre a produção, a estrutura de informação e distribuição, permitindo permutabilidade de dados e gerenciamento dos equipamentos e processos via dispositivos móveis. Desta forma é possível controlar cada parâmetro de processo de forma virtual em tempo real.

A Piovan, com sede em Santa Maria di Sala, Veneza, foi fundada em 1934 como uma oficina metalúrgica; em 1964 entrou para a indústria do plástico e especializou-se na fabricação de equipamentos auxiliares. Hoje, a empresa possui 7 fábricas localizadas na Itália, Alemanha, Brasil, China e EUA, 26 subsidiárias, representantes em mais de 70 países e 950 colaboradores no mundo todo. As empresas do Grupo são: Piovan (Itália), Universal Dynamics (EUA), FDM (Alemanha), Energys (Itália), Aquatech (Itália), Penta (Itália).

Fonte: Piovan

Curta nossa página no

K 2016: Grupo Piovan destaca inovações e soluções para Indústria 4.0

20/10/2016

Ao longo dos últimos anos, o Grupo Piovan registrou um crescimento significativo, tanto em termos estruturais como produtivos, como resultado de um plano abrangente de aquisições e abertura de novas empresas. Em 2015, o grupo teve um faturamento de 195 milhões de euros, um aumento de mais de 25% em relação ao ano anterior. O crescimento tem sido consistente em todas as regiões do mundo: Europa, Ásia, África e Américas. As metas para 2016 são: consolidar os resultados alcançados, desenvolver a presença em mercados emergentes e ultrapassar 200 milhões de euros de faturamento.

Com esta abordagem positiva e com as marcas Piovan, Una-Dyn, Fdm, Penta e Aquatech, o Grupo Piovan está participando da K2016 (stand 9C59), onde cada empresa apresenta suas inovações mais significativas. As tecnologias Piovan em exposição são representadas por um sistema de transporte e dosagem em plena operação. Esta é uma configuração muito inovadora que abrange a estação de acoplamento automático Easylink, os receptores sem filtro PureFlo e os novos misturadores Quantum, junto com os novos sistemas de secagem Modula e Genesys, com configurações de funil simples e múltiplas. Tudo isso representa a evolução de soluções largamente adotadas pelos setores de embalagem, automotivo, moldagens médicas e técnicas.

Uma inovação líder é o Winfactory 4.0, o software de supervisão da Piovan para a Smart Factory (Fábrica Inteligente), lançado como uma estreia mundial na feira em Düsseldorf. O Winfactory 4.0 é totalmente compatível com “Indústria 4.0”, o conjunto de protocolos e tecnologias a serem implementadas industrialmente até o ano 2020, que constitui o núcleo da quarta revolução industrial: a fabricação digital.

Fdm, uma das empresas do Grupo Piovan com a base em Troisdorf, Alemanha, especializada na produção de soluções avançadas para aplicações de extrusão, está mostrando as suas mais recentes novidades em alimentação e dosagem de pós.

Penta, uma outra empresa do grupo que opera na concepção e produção de soluções de de grande capacidade para armazenamento, transporte e mistura de polímeros em pó e em grânulos, está mostrando as mais recentes inovações para a produção de tubos, perfis e cabos, juntamente com soluções para a alimentação e gerenciamento de aditivos para o sector da compostagem.

Inovações em soluções de refrigeração industrial de alta eficiência estão sendo apresentadas pela Aquatech, a empresa do Grupo Piovan especializada em tecnologias de refrigeração avançados, com as novas linhas de chillers Easycool + e termochillers DigitempEvo.

Fonte: Piovan

Curta nossa página no

Wortex promove linha de reciclagem de plásticos durante a Interplast 2016

21/07/2016

Wortex-Challenger-RecyclerDurante a Interplast 2016, que ocorrerá de 16 a 19 de agosto em Joinville/SC, a Wortex estará promovendo sua linha de máquinas recicladoras, além de moinhos e roscas / cilindros para injetoras, sopradoras e extrusoras.

Na área de reciclagem, a Wortex apresentará a sua Linha Challenger Recycler (foto). Segundo a empresa, a linha Challenger é capaz de processar com baixo custo operacional uma grande variedade de resíduos de filmes lisos, impressos e metalizados, tais como PELBD, PEBD, PEMD, PEAD, BOPP, PP, PVC, Ráfia, Não Tecidos, Nylon e Filmes de multicamadas. Materiais sólidos de injeção e sopro podem também ser dosados no filme. Os equipamentos da linha Challenger Recycler utilizam sistemas de alimentação forçada, o que permite o processamento do material sem a necessidade de aglutinação. Segundo a Wortex, o sistema de granulação da Challenger é adequado às matérias-primas a serem processadas, assegurando uma maior produtividade, uniformidade dos grãos e qualidade do produto final.

Os Moinhos da Wortex que serão divulgados na Interplast estão disponíveis com comprimentos de rotores de 600, 900 e 1200mm. Eles possuem corte em “V” com facas rotativas e fixas que são ajustadas fora do moinho através de dispositivo de alinhamento, evitando assim ajustes dentro do moinho.

Durante a feira, também serão apresentados cilindros e roscas (monos e duplos) bimetálicos e nitretados para máquinas de injeção, sopro e extrusão. São executados em equipamentos de precisão, com diâmetros de 25mm a 400mm e comprimentos de até 8.000mm. A Wortex afirma que os aços são submetidos a tratamentos especiais, adequados à matéria prima processada. Segundo a empresa, ligas bimetálicas incorporadas nas roscas e cilindros proporcionam longa durabilidade, precisão de alinhamento e de concentricidade e resistência à abrasão e corrosão.

Projetos especiais de cilindros e rosca (mono e dupla) também podem ser desenvolvidos pela Wortex, de acordo com a necessidade de cada cliente (produtividade, plastificação, homogeneização, mudanças de resinas, etc.). O uso de cilindros especiais oferece maior produtividade por Kg/h / ampere, maior capacidade de plastificação e homogeneização, maior controle da massa fundida, diminuição de ciclos e taxa de rejeição e melhor qualidade do material extrusado, entre outros benefícios.

Fundada em 1976, na cidade de Campinas (SP), a Wortex (www.wortex.com.br) é uma empresa 100% nacional e fabrica equipamentos para extrusão, reciclagem, acessórios, moinhos, roscas e cilindros.

Fonte: Wortex

Curta nossa página no

Sistema de peletização e cristalização da Nordson conserva energia e aumenta produtividade na produção de resinas PET

21/12/2015

Nordson_logoA Nordson Corporation publicou um novo vídeo que mostra como a filtragem de material fundido e as tecnologias de peletização da Nordson conservam energia e melhoram a produtividade de 600 toneladas diárias de resinas PET fabricadas na planta da Lotte Chemical UK Ltd, na Inglaterra.

Comissionada no final de 2014, a fábrica inglesa de escala mundial na Lotte Chemical’s Redcar inclui três unidades de peletização/cristalização com base no processo BKG® CrystallCut™ da Nordson, que economiza energia retendo calor do polímero fundido e usando-o para cristalização. A instalação também inclui um trocador de filtro Kreyenborg™ POLY da Nordson, cuja operação de troca rápida possibilita a substituição dos filtros sem interrupção da produção.

Convencionalmente, os pellets de PET são resfriados após a peletização e, em seguida, reaquecidos para a cristalização. O vídeo mostra como o processo CrystallCut elimina o resfriamento, transportando rapidamente os peletes da superfície da matriz por meio de água quente e diretamente até uma secadora centrífuga. Os peletes saem da secadora a uma temperatura de 140 a 150 °C e são uniformemente cristalizados.

“Para uma fábrica de PET moderna e de escala mundial, operando ininterruptamente 24 horas por dia, 7 dias por semana, estimamos que o sistema CrystallCut possa trazer uma economia de milhões de euros por ano em custos com energia, combinando peletização e cristalização em um único processo integrado, sem a fase de resfriamento.” afirmou Ralf Simon, Diretor executivo da Nordson BKG. “E, como o calor retido faz com que os pellets sejam cristalizados de dentro para fora, o resultado é uma estrutura cristalina aprimorada que exige menos energia para a nova fusão.”

O novo vídeo também inclui uma animação mostrando como os pacotes de filtros são substituídos no sistema de filtragem de material fundido Kreyenborg POLY. Há quatro pares de pacotes de filtros, montados em dois pistões móveis, com dois pares posicionados lado a lado em cada pistão. Quando um par é removido do processo para substituição dos filtros, a filtragem continua nos outros três.

“O trocador de filtros POLY é de fácil operação e permite substituir os pacotes de filtros sem interrupção do sistema,” afirmou Sven Conrad, diretor de negócios de filtragem de material fundido. “O sistema tem alta capacidade para fornecer filtragem eficiente em operações de polimerização de grande volume.”

O vídeo (em inglês) pode ser acessado neste link: http://www.nordson.com/en/divisions/polymer-processing-systems/products/pelletizers/crystallcut

A Nordson Polymer Processing Systems fornece aos clientes componentes projetados para fundir, homogeneizar, filtrar, medir e dar forma a plásticos e materiais de revestimento fluido. A Nordson fornece uma ampla gama de produtos de precisão de fluxo fundido — desde roscas e cilindros para extrusão e molde para injeção a sistemas de filtragem, bombas e válvulas — para as matrizes de extrusão e sistemas de peletização a fim de atender às necessidades em constante evolução da indústria de polímeros. Fundada em 1954 e com sede em Westlake, Ohio, EUA, a Nordson tem operações e escritórios de suporte em mais de 30 países.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Nordson / Martino Comm.

Curta nossa página no

Piovan exibe lançamentos na Plastech Brasil e apresenta nova empresa do grupo

06/07/2015

Com sede na Itália, Aquatech torna-se o braço do grupo no segmento de refrigeração industrial

Piovan_DigitempNa expectativa da participação na Plastech Brasil 2015, a Piovan  destacará o Pureflo, a nova geração de alimentadores para grânulos sem filtro, com design exclusivo pantenteado pela própria empresa, que elimina a necessidade da manutenção padrão do funil alimentador (limpeza do filtro) e melhora ainda mais a capacidade de transporte de todo o sistema. É ideal para instalação em locais de difícil acesso.

Mas a grande novidade fica por conta da Aquatech, a nova empresa do Grupo Piovan, que foi criada no início deste ano, focalizando-se totalmente em refrigeração industrial. A Aquatech apresentará o DigitempL (foto), um novo termochiller de alta performance que pode proporcionar redução de  ciclos em injetoras ou sopradoras. Conta com até duas saídas independentes e temperaturas de 6°a 90°C.

“Oferecendo mais opções que possam contribuir com a melhoria de processos dos nossos clientes, apresentamos também a linha de detectores e separadores de metal da alemã S+S, que a Piovan está distribuindo com exclusividade para todo o mercado de transformação de plástico”, revela o vice-presidente da Piovan para América do Sul, Ricardo Prado Santos.

Além das novidades, a exibição também conta com dosadores volumétricos, alimentadores e desumidificadores por ar comprimido.

A sede mundial da Piovan está sediada em Santa Maria di Sala, Veneza, Itália e foi fundada em 1934 como uma empresa metalúrgica. Em 1964 entrou para a indústria do plástico,  especializando-se na fabricação de equipamentos auxiliares. A gama de produtos fornecidos inclui: alimentadores, desumidificadores, cristalizadores, secadores, desumidificadores para moldes, dosadores volumétricos, misturadores gravimétricos por perda de peso, moinhos, termorreguladores, chillers e softwares de supervisão.

A evolução da expertise da Piovan permite operar em diversos setores, tais como pré-formas e garrafas PET, embalagens rígidas, autopeças, artigos técnicos, soluções médicas, chapas termoformadas, filmes flexíveis, cabos, perfis e cintas, reciclagem compostos.

Nos últimos dez anos, a empresa tornou-se uma organização multinacional com fábricas na Itália, Alemanha, Brasil, China e EUA, 23 filiais, representantes em mais de 70 países e 900 colaboradores em todo o mundo.

Fonte: Plastech Brasil

Curta nossa página no

Moretto apresentou sua linha de equipamentos auxiliares para processamento durante a Feiplastic

16/05/2015

Feiplastic_MorettoDurante a Feiplastic, a Moretto apresentou a sua ampla gama de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos, em vários segmentos como alimentação, secagem, desumidificação, granulação, microdosagem, dosagem volumétrica e gravimétrica, armazenagem, termoregulação e refrigeração.

A linha de alimentação de materiais da empresa compreende desde  alimentadores singulares monofásicos até os sistemas mais versáteis trifásicos que apresentam alta flexibilidade de rendimento, segundo a empresa. Na área de secagem, a ampla gama de desumidificadores satisfaz a exigência de fluxo de ar de até 20.000 m3/h. A gestão cautelosa do processo de desumidificação garante qualidade e constância de produção, além de grande contenção em termos de economia de energia, afirma a Moretto.

Os sistemas de dosagem Moretto compreendem microdosadores pulsados, dosadores volumétricos e gravimétricos.

A Moretto também fornece funis e recipientes de estocagem de várias capacidades, com características modulares e em condições de reduzir os impedimentos ao mínimo, afirma a empresa, que disponibiliza para seus clientes tecnologias inovadoras para o esvaziamento completo e automático de octabin e big bag.

Na linha de termorregulação do processo de transformação dos polímeros, a Moretto fornece termorreguladores a água, óleo ou pressurizados, de modo a satisfazer às exigências da produção. Para a refrigeração,  um dos elementos fundamentais no processo de transformação dos materiais plásticos e, ao mesmo tempo, um dos fatores mais importantes que incidem no consumo de energia, a Moretto desenvolveu soluções que permitem grande redução do consumo e limitação dos impedimentos, afirma a empresa. A ampla gama de modelos permite dispor de potência frigorífica de até 1000 kW.

A Moretto pesquisa, desenvolve e produz automação para transformação de material plástico, com uma linha especialmente dedicada à aplicação de PET. Através dos anos, a Moretto tornou-se especializada em projeto e manufatura de sistemas e instalações centralizadas de desumidificação, dosagem, transporte, estocagem, refrigeração e termorregulação. A Moretto fornece soluções flexíveis de acordo com as exigências do cliente, desde um produto único até os complexos sistemas centralizados, os quais representam a maioria dos projetos na produção Moretto.

Fonte: Moretto; Foto: Reed Exhibitions Alcântara Machado

Curta nossa página no

Moretto expõe o sistema Eureka durante NPE 2015

09/04/2015

Filial nos Estados Unidos comercializa equipamento auxiliar de processamento de plásticos

Moretto_NPE

A nova filial da Moretto em Columbus (Ohio), o seu departamento de vendas e os parceiros de serviços locais, além dos muitos anos de excelentes relações de negócios da Moretto com os clientes da América Central e América do Sul – esses três fatores estão convergindo para auxiliar na automação de plantas avançadas de processamento de plásticos no importante mercado americano, via instalação de equipamentos auxiliares de processamento.

Durante a NPE, em Orlando, EUA, de 23 a 27 de Março, a Moretto exibiu o sistema Eureka de condicionamento de materiais plásticos no seu stand. O sistema Eureka apresentado era composto por três elementos: o sistema de distribuição e gerenciamento do fluxo de de ar FLOWMATIK, o funil de secagem OTX e o desumidificador X Max.

O sistema Eureka da Moretto foi desenvolvido ao longo de um período de 13 anos de simulações, experimentos e testes, cujo resultado é descrito pelo CEO Renato Moretto como “o projeto mais ambicioso na história da desumidificação durante os meus 45 anos de carreira no mundo dos plásticos”. Ao escolher a palavra grega Eureka (achei), que foi pronunciada pelo físico e matemático grego Arquimedes quando descobriu o principio do Empuxo, Moretto afirma que esta palavra descreve apropriadamente como os três elementos do sistema finalmente “fecharam o circuito” para dar origem a um sistema de desumidificação extremamente eficiente.

Moretto afirma que o Eureka é “o sistema de desumidificação mais avançado para termoplásticos de engenharia” e é “o único sistema de desumidificação que consegue processar entre 10.000 a 12.000 kg/h de material na extrusão, produção de compostos e processamento de PET – com um consumo de energia 56% inferior aos sistemas tradicionais, conforme observado pelos consumidores. Todos os componentes indispensáveis à qualidade, economia e desempenho do processo e do produto final foram reformulados e calculados utiliando a capacidade de processamento e a Inteligência Artificial do potente e sofisticado computador Leonardo (um dos apenas três existentes na Europa).”

O núcleo do desumidificador X MAX é baseado na “tecnologia X” patenteada pela Moretto, e incorpora um único sistema dessecante, contendo vários leitos de peneiras moleculares que garantem um ponto de orvalho constante entre -65°C e -85°C. Apesar de possuir o dobro do tamanho dos leitos convencionais, o sistema não somente trabalha sem requerer água de resfriamento ou ar comprimido para a válvula de comutação, mas também consegue a recuperação total da energia por meio da rotação, sendo o calor recuperado do resfriamento do leito durante a regeneração das peneiras moleculares.

Uma melhoria significativa no mais recente desumidificador X MAX, como parte do sistema Eureka, é o soprador centrífugo multi-estágio, desenvolvido pela Moretto em colaboração com a Universidade de Pádua.

Devido a estas características combinadas, segunda a Moretto, o desumidificador X MAX é altamente eficiente, de modo que, por exemplo. o modelo X MAX 916 atinge uma capacidade de secagem de 1,600 m³/h a uma pressão de 300 mbar, com um consumo de eletricidade excepcionalmente baixo de apenas 13,2 kWh.

Pode se combinar de dois até dez unidades de desumidificação X MAX, alcançando-se uma capacidade de secagem muito alta, com uma vazão de ar de 20.000 m³/h, ao se empregar 10 unidades. Se não for necessária a utilização da capacidade total de secagem do sistema, a unidade de gestão do fluxo de ar FLOWMATIK, inicialmente lançada na feira Fakuma 2005, pode desligar um ou mais desumidificadores e distribuir a carga reduzida entre os desumidificadores restantes, bem como compartilhar o ar entre até 32 funis de desumidificação OTX (Original Thermal Exchanger – Trocador de Calor Original) truncados.

De acordo com a Moretto, os funis OTX estão disponível em 28 tamanhos diferentes e a sua geometria interna garante uma distribuição uniforme do material e do fluxo de ar através do funil para se obter a máxima eficiência de desumidificação, combinada com um menor consumo de energia em comparação com os funis convencionais – sendo também 40% mais rápido, afirma a empresa.

A Moretto S.p.A., pesquisa, desenvolve e fabrica sistemas automatizados que permitem a otimização de plantas de processamento de plásticos, em particular nos processos de injeção, extrusão e processamento de PET. Sediada em Massanzago, na região de Pádua na Itália, o grupo conta com filiais no Brasil, na Alemanha, Turquia e nos EUA, e também dispõe apoio às vendas em 57 países. A filial comercial dos Estados Unidos, recentemente estabelecida, fortalece a marca Moretto em um mercado particularmente maduro e exigente.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Moretto

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld lança nova geração de injetoras com eficiência energética durante Feiplastic 2015

01/04/2015

Battenfeld_FeiplasticA Wittmann Battenfeld lança a nova geração de injetoras SmartPower na feira, que ocorrerá no mês de maio, em São Paulo. Uma versão da máquina estará em funcionamento, demonstrando suas
vantagens.

A Wittmann Battenfeld apresenta ao mercado nacional novidades em injetoras e periféricos durante a Feiplastic – Feira Internacional do Plástico, que será realizada de 4 a 8 de maio, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP).

O destaque no seu estande – Rua F, número 300 – é a nova geração de injetoras SmartPower, que, segundo a empresa, se diferencia pela eficiência energética e operação inteligente. A empresa apresenta a versão SM 35/130, que estará em funcionamento no evento para que os visitantes conheçam suas vantagens e recursos, entre eles, precisão e facilidade de uso.

A apresentação ao mercado mundial da nova geração de injetoras SmartPower ocorreu em outubro último, na Fakuma  – uma das mais importantes feiras internacionais do setor de plásticos, realizada na Alemanha. A aceitação foi imediata: até janeiro de 2015, mais de 50 máquinas já tinham sido comercializadas pelo Grupo Wittmann.

“Esse lançamento chega ao mercado nacional num momento em que é fundamental a economia de energia. Investir em equipamentos que proporcionam melhor custo-benefício contribui para que as indústrias de todos os portes mantenham a competitividade e provenham o atendimento da demanda futura”, comenta Reinaldo Carmo Milito, Diretor Geral da Wittmann Battenfeld do Brasil.

Dinâmica e compacta
Segundo a Wittmann Battenfled, a empresa tinha como objetivo oferecer aos clientes o que há de mais eficiente em termos de eficiência energética, já na configuração padrão, quando decidiu projetar a SmartPower. A máquina utiliza o sistema KERS (Kinetic Energy Recovery System) que, na fase de redução da velocidade para a proteção do molde, transforma a energia cinética em energia elétrica, direcionando-a para outras funções e etapas do processo.

Como item opcional, conta com um sistema adicional de acionamento que, ao ser acionado, possibilita movimentos simultâneos entre abertura, extração e machos. Essa opção torna mais dinâmica os movimentos paralelos da máquina e amplia a eficiência energética.

Disponível com força de fechamento entre 25 e 120 toneladas, os novos modelos de injetoras contam com acionamento servo-hidráulico de baixo nível de ruído e dimensões compactas, que não limitam suas possibilidades. A série SmartPower está equipada com blocos hidráulicos integrados, posicionados ao lado dos cilindros de acionamento, que contribuem para a precisão dos controles. Os cilindros que se deslocam por intermédio de guias lineares garantem alto grau de precisão, movimentos mais dinâmicos e eficientes, o que reduz a necessidade de lubrificação. O aumento simultâneo da velocidade de injeção garante tempos de ciclo mais curtos.

A unidade injeção da SmartPower possui relação L/D de rosca padrão de 22. Segundo a empresa, seu design facilita a operação, desde o carregamento de material à etapa de secagem. O comando da máquina se dá pelo sistema de controle UNILOG B6P, que armazena todos os dados, possibilitando manuseio, integração das máquinas e periféricos e manutenção remota – por meio da interação em sistemas de PDA e controle on-line – e permitindo a programação e análise de todos os parâmetros do ciclo.

Para tornar mais fácil a definição de parâmetros, especialmente em ciclos mais complexos, o UNILOG B6P conta com a função SmartEdit. Ele complementa o sistema de programação UPS do usuário e torna as configurações da máquina mais fáceis e ágeis, de acordo com a Wittman Battenfeld.

Demais destaques

Outras máquinas também estarão no estande da Wittmann Battenfeld, com destaque para a injetora de fechamento hidráulico HM 240/1000 – segundo a empresa, ela possui alta precisão, custo-benefício e baixo índice de manutenção, alem de ser empregada em muitos processos especiais, tais injeção a gás, multimaterial, injeção de silicone, injeção compressão, injeção de pó metálico, entre outros -; e a injetora vertical de mesa rotativa VM R 110/350 – compacta, permite acesso para o operador e alta produtividade na fabricação de peças com inserto, com ou sem automação, de acordo coma Wittman-Battenfeld.

Na feira, a empresa também apresenta seus periféricos: robôs que, com movimentos sincronizados, reduzem o ciclo de operação e proporcionam alta eficiência; novos controladores de temperatura da série TEMPRO – disponíveis em diversos modelos e tamanhos; e desumidificadores da linha DRYMAX – que desumidificam a resina plástica e a distribui conforme a necessidade da injetora.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Conair destaca sistema de secagem / transporte móvel na Feiplastic 2013

15/05/2013

feiplastic

Logo-ConairUm dos maiores fornecedores  globais de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos, o grupo Conair apresentará na Feiplastic um sistema de secagem/transporte móvel, misturadores gravimétricos, equipamentos de transporte de resina, de transferência de calor e granuladores acoplados a máquinas.

Destaque para o sistema de secagem/transporte móvel MDCW-25, que pode ser utilizado por processadores de plásticos que desejam mudar a capacidade de secagem de polímeros de uma célula de fabricação para outra.

Imagem-ConairOs sistemas MDCW são compostos de um eficiente secador Carousel ® Plus e um transportador, coletor de pó e reservatório de vácuo para alimentação direta – transportando materiais secos para a zona de alimentação da máquina.

A montagem é feita de forma segura e conveniente – em um carrinho com rodas -, a fim de que a preparação, secagem do lote, limpeza e manutenção possam ocorrer remotamente sem gastar tempo valioso de máquina ou exigir a subida do operador na máquina.

O MDCW-25 a ser exposto na Feiplastic  é um entre sete modelos diferentes com capacidade nominal de saída variando entre 6 a 150 kg/h. Os secadores usam um dessecante à base de peneira molecular, em um disco que gira continuamente para gerar ar de secagem com ponto de orvalho de -40° C e temperatura até 90°C.

Outras novidades

Além dos sistemas de secagem MDCW, a Conair vai expor uma ampla variedade de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos:

Equipamento de transporte de resina – incluindo os modernos reservatórios e carregadores Access, que contém uma moega angulada exclusiva para facilitar a limpeza e manutenção e uma abertura de descarga superdimensionada para evitar a aglomeração de materiais.

Serão expostas duas unidades completas com seus motores a vácuo, além de um modelo de alimentação direta para uso em um sistema de transporte de vácuo central.

Misturadores gravimétricos TrueBlend™ – representados pelo TB-100-4, que oferece capacidade de produção de até 181 kg/h. Os misturadores TrueBlend estão disponíveis em diversos tamanhos, com capacidade máxima de saída até 5443 kg/h e precisão de ±0,5% do ponto de ajuste do peso de corantes e aditivos. Seus controles são intuitivos e fáceis de usar, com uma tela de LCD sensível ao toque, contendo gráficos coloridos. Todos os pontos de ajuste são exibidos simultaneamente. Os operadores simplesmente digitam as porcentagens da mistura na tela sensível ao toque e o sistema pesa automaticamente os ingredientes na sequência correta e mantém a proporção desejada da mistura.

Equipamentos de transferência de calor – serão expostas duas unidades de controle de temperatura de molde, montadas uma sobre a outra, o que minimiza a necessidade de espaço no piso. Dois níveis de controle diferentes serão exibidos: o mais simples – o controle TW-Plus – possui indicação de leitura alfanumérica de grande porte e a opção de controlar a temperatura tanto com base na temperatura da água para o processo, como na temperatura da água de retorno ou pela média das duas temperaturas. O controle TW-1 que oferece um display maior e um pacote opcional de comunicação de dados. As duas unidades possuem bombas de alta eficiência, aquecedores fabricados com Incoloy e garantia de 3 anos.

Granuladores acoplados a máquinas – possuem um motor de baixa rotação e alta eficiência energética, um projeto avançado de câmara de corte e facas em rotor escalonado. O modelo NCR 614S exposto foi projetado para operação silenciosa, máxima potência de corte e capacidade de saída de até 91 kg/h para alimentação de múltiplos canais, passagem e pequenas peças por robô ou via manual.

Sobre o Grupo Conair: O Grupo Conair ( http://www.conairgroup.com ) é um importante fornecedor global de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, incluindo sistemas de secagem de resina, misturadores, alimentadores e sistemas de transporte de materiais, equipamentos de controle de temperatura e granuladores. A Conair é uma companhia internacional, com operações de longa data na Europa, Ásia e América do Sul. Suas soluções para extrusão incluem sistemas de controle de linha, sistemas de reciclagem de filmes e rebarbas de extrusão de tubos e perfis.

Fonte: Interativa Comunicação

Curta nossa página no

Sepro apresentará novos robôs na Feiplastic 2013

30/04/2013
SEPRO_ROBOS_1

Os robôs da 5X Line reúneM um robô cartesiano Sepro 3-eixos e uma rotação 2-eixos Stäubli é adicionada para proporcionar um total de 5 eixos de movimentos CNC

A Sepro Robotique, atravês de sua filial brasileira, Sepro do Brasil, estará presente na Feiplastic, no estande J88, apresentando robôs 5-eixos e 6-eixos controlados por comando inteligente e  robôs para depósito simples (simple pick-and-place).

Os destaques ficam por conta de:

Robôs 5-eixos & 6-eixos

Duas novas linhas de robôs multi-eixos – o 5X e 6X Visual – foram desenvolvidos pela Sepro Robotique em colaboração com Stäubli Robotics especificamente para aplicações de moldagem por injeção.

Representando a 5X Line, o modelo 5X-25, robô de médio porte para máquinas injetoras de 120 a 450 T. Projetada para aplicações universais e complexas, a 5X Line de 5-eixos é baseada no robô Cartesiano Sepro 3-eixos para alta-precisão e alta-velocidade. Uma  rotação 2-eixos Stäubli é adicionada para fornecer um cabeçote compacto com servo-rotações (R1 = 0 – 180° e R2 = 0 – 270°) tornando-o fácil de se adaptar para aplicações difíceis como colocação de inserto, trajetórias complexas de extração no molde, acompanhamento de trajetórias para tratamento de chama ou rebarba, e semelhantes. Dois modelos adicionais estão disponíveis – o menor 5X-15 e o maior 5X-35, permitem que a gama atenda máquinas injetoras desde as menores de 30 Toneladas até as maiores de 800 Toneladas.

SEPRO_ROBOS_2


Os robôs da 6X Visual combinam um robô poliarticulado Stäubli 6-eixos com o controle Sepro Visual 3 para entregar uma solução multi-eixos especialmente projetada para moldagem por injeção.

Um robô 6X-90L estará no stand da Sepro como um exemplo da linha de robôs 6X Visual. Ele combina um robô poliarticulado de 6-eixos Stäubli com o controle Sepro Visual 3 para entregar uma solução de automação de uso geral com cinco tamanhos para atender máquinas injetoras desde 20 a 4000 Toneladas. O 6X-90 L, uma versão com braço extendido de alcance máximo de 1200 mm e uma carga útil máxima de 15 kg foi desenvolvido para injetoras de 80 a 200 Toneladas.

Novos robôs Success

Outro destaque é a nova gama Success de robôs generalistas servo-controlados Sepro, que apresenta cursos e carga útil maiores, especificamente projetados para trazer velocidades e precisão para os transformadores que possuem aplicações de depósito simples (simple pick-and-place) e automações periféricas simples. O focus da Sepro no design e fabricação permitiu a concepção de um robô acessível com recursos aprimorados com toda a qualidade e confiabilidade para quais Sepro é reconhecida. Três dos quatro modelos standards estarão expostos  no stand das Indústrias Romi S.A.

Success 11 é destinado a atender máquinas com até 180 T de fechamento e estará operando numa Romi 75 T. Ele tem um curso horizontal de 1500 a 3500 mm. O curso vertical é de 1000 mm ou 1200 mm com braço telescópico e o curso de extração é de 500 mm. Carga útil máxima de 5 kg.
Success 22 será apresentado numa Romi 380 T e pode automatizar máquinas entre 150 e 400 T de fechamento. Seu curso horizontal pode variar entre 1500 e 6000 mm. O curso vertical é de 1400 mm ou 1600 mm com braço telescópico e o curso de extração é de 700 mm. Carga útil máxima de 10 kg.
Success 33 é grande o suficiente para atender às necessidades de aplicações em máquinas injetoras entre 300 e 700 T e será apresentado numa Romi 450 T. O curso horizontal pode variar de 2000 a 6000 mm. O curso vertical é de 1600 mm ou 1800 mm com braço telescópico e o curso de extração é de 900 mm. Carga útil máxima de 15 kg.

Todos os modelos oferecem velocidades máximas instantâneas de 3 m/sec no eixo vertical e 2 m/sec no eixo horizontal. O controle Touch 2 é de série, enquanto o mais avançado controle Visual 2 é disponível como opcional.

Uma plataforma de controle universal

“Your Free Choice in Robots” estende-se ao controle dos robôs. Desde os mais avançados robôs de 5- e 6-eixos aos robôs de 3-eixos e sprue-pickers, os robôs Sepro são controlados por uma familia unificada de controles desenvolvidos por Sepro. O controle de robô Visual 3, o mais novo, rápido e poderoso controle da Sepro, é equipamento de série nos robôs 5X Line e 6X Visual, e é opcional nos robôs 3-eixos S5 Line de alto desempenho. Sua arquitetura com dupla-CPU dedica um processador para as funções de interface homem/máquina do monitor e outro processador para o controle em tempo-real do posicionamento e movimentos do robô, e do controle dos equipamentos periféricos. Como os controles Visual 2, que é standard nos robôs S5, e Touch 2 na gama generalista Success, Visual 3 possui uma interface utilizador com tela larga LCD Touch-screen de 10” fácil de ler e navegar tornando a operaçõe simples e intuitiva. Um joystick permite que os operadores realizem ajustes finos. Não importa o modelo de robô escolhido, a plataforma de controle será muito familiar para o utilizador.

Fundada em 1973 e com sede em La Roche-sur-Yon (França), a Sepro Robotique foi uma das primeiras empresas no mundo a desenvolver robôs cartesianos para máquinas injetoras, apresentando seu primeiro “manipulador” com controle CNC em 1981. Hoje, Sepro é um dos maiores vendedores independentes de robôs cartesianos. Clientes em todo o mundo são atendidos por suas filiais diretas na Alemanha, Espanha, Reino Unido, Estados Unidos, México e Brasil. Vendas diretas, escritórios de serviço, bem como representantes, distribuidores e hubs de serviço estendem a rede global da Sepro a mais de 40 outros paises. O faturamento global da empresa é de aproximadamente € 55 milhões, com 90% dos robôs exportados da França e 40% vendidos fora da Europa. Sepro é o maior fornecedor de robôs da indústria automotiva na Europa e América do Norte, e automatizou mais de 25.000 máquinas injetoras no mundo.

A Sepro atua há 12 anos no Brasil e foi um dos primeiros fornecedores de robôs cartesianos para máquinas injetoras em automatizar os sistemistas da indústria automotiva. Suas instalações brasileiras são localizadas em Jundiaí, SP – fornecendo suporte para o setor automotivo, de embalagem, eletrodoméstico e cosmético. No Brasil, a empresa conta com cerca de 65 clientes ativos, e automatizou mais de 500 máquinas injetoras.

Fonte – Interativa Comunicação & SEPRO

Curta nossa página no

Refrisat expõe linha de refrigeração industrial na Feiplastic

08/04/2013

feiplastic

A REFRISAT, empresa certificada pela ISO 9001-2008, atua na área de refrigeração Industrial e estará expondo seus produtos e soluções durante a Feiplastic 2013. Seus produtos e soluções padrão são desenvolvidos para operações em controle térmico.

Nesta edição da Feiplastic, a empresa trará novidades em relação à tecnologia, com seu constantemente renovado sistema CLP com painel IHM Touch. A empresa é a única no setor com um laboratório de desenvolvimento deste tipo de programa para a otimização de processos industriais.

Sendo uma empresa reconhecida por sempre investir em iniciativas sustentáveis, a REFRISAT agora segue uma tendência da Indústria e investe na linha com gases refrigerantes ecologicamente corretos em todas as suas linhas e equipamentos.

Estes utilizam fluídos refrigerantes ecologicamente corretos, tais como, R-410A, R-404A, R-134A, entre outros não agressivos à camada de ozônio. A tubulação de cobre com menor quantidade de solda evita o risco de vazamento do fluído, além de possuir maior espessura, permitindo operar com maiores pressões.

Durante a feira, serão expostos os seguintes produtos:

Unidade de Água Gelada – SAT-AR TOUCH (Condensação a Ar)
O modelo contém serpentina interna e ventiladores para gerar a condensação do fluído refrigerante. O modelo possui um duplo circuito de refrigeração e dois compressores que possibilitam o uso parcial em caso de falhas.
Aplicações: Injeção, Sopro, Extrusão, Laminação e Flexografia.

Um destaque tecnológico do produto SAT-AR TOUCH e toda a sua linha é interatividade que Controlador Lógico Programável (CLP) proporciona. A tela “touch screen” responde ao toque manual, reproduz slides e visualiza os componentes internos em atividade, indicando as temperaturas e oferecendo opções de atalhos para as principais funções além de indicar possíveis falhas. Outro fator do Controlador Lógico Programável (CLP) que é universal e oferece a versatilidade de ser personalizado em softwares exclusivos para o cliente, sendo produzidos pela equipe de engenharia da Refrisat.

Resfriador de Líquido – CHILLER TOUCH (Condensação a Ar/Água)
Modelo CHILLER TOUCH tem versatilidade e qualidade comprovada para resfriadores de líquidos, fluídos ou emulsões para aplicação em sistemas e processos com necessidade de controle térmico, pois possuem diversos modelos com condensação a ar ou à água, e são dotados de componentes com reconhecida qualidade mundial, podendo ser fornecidos com compressores scroll ou parafuso.
Aplicações: Injeção, Sopro, Extrusão, Laminação e Flexografia.

O modelo CHILLER TOUCH tem várias possibilidades de aplicações, tais como, indústrias, shoppings, edifícios comerciais, aeroportos, hipermercados, pavilhões de exposição, entre outros, fazem do Resfriador de Líquido Refrisat, um equipamento versátil para qualquer finalidade.

Possui ainda a interatividade que o Controlador Lógico Programável (CLP) proporciona. A tela “touch screen” responde ao toque manual, reproduz slides e visualiza os componentes internos em atividade, indicando as temperaturas e oferecendo opções de atalhos para as principais funções além de indicar possíveis falhas.

Redução do Consumo de Energia e Aumento da Vida Útil – A utilização é mediante a carga térmica requerida, tendo o seu consumo em conformidade com a necessidade real, economizando assim energia, além de prolongar a vida útil do equipamento.

Termoregulador – TMTI
O aparelho TMTI foi projetado para controlar a temperatura de processos industriais que utilizem água ou óleo como fluído. Para água, existem opções de temperatura para operação de 10°C ou até 140°C com água pressurizada.
Para o óleo térmico são fabricados para as mesmas temperaturas ou com alternativas de até 250°C, sob consulta.
Aplicações: Injeção, Sopro, Extrusão, Laminação e Flexografia.
O TMTI possui circuitos independentes em um único equipamento que podem ser fornecidos com dois, três ou mais circuitos em um único gabinete. O controle de cada circuito é independente e dispõe de conexões individuais para cada linha do processo a ser atendido. Cada sistema conta com controle único de temperatura do fluído, dosando o aquecimento e arrefecimento de forma precisa e estável.
Algumas Características:
• Controlador com indicador de operação e falha, incluindo alarme sonoro e visual
• Painel elétrico obedece às exigências da Norma Internacional IEC para montagem, disposição e identificação dos componentes, sendo isolado da unidade hidráulica
• Controle de nível para proteção das resistências
• Reservatório e resistências em aço inoxidável
• Resistências com baixa potência por cm²

Trocador de Calor – TC W/AR (Condensação à Ar / Água)
Modelo TC W/AR tem funcionalidade da temperatura de ar frio controlada para extrusoras e co-extrusoras.
Aplicações: Extrusão e Laminação.
O trocador foi projetado para resfriar o ar através da passagem por serpentina com circulação de água gelada. O ar frio assegura a qualidade nos processos industriais envolvendo o anel de extrusoras de filme soprado PE, corrugadores de mangueiras, moinhos de tinta pó, entre outros, que incidem no aumento produtivo em processos de extrusão de filme tubular.
Algumas Caracteríticas:
• Filtro de ar com gaveta removível
• Bandeja de condensador com dreno
• Capacidade de 22.000 a 150.000 kcal/h

Fonte: Assessoria de Imprensa – Feiplastic

Curta nossa página no

Interplast: Shini Brasil expõe sistemas de dosagem / mistura, secagem e desumificação

06/07/2012

A Shini Brasil preparou alguns destaques para o seu estande, na feira Interplast 2012, a exemplo do sistema de dosagem e mistura. Constituído por equipamentos como válvulas proporcionais, dosadores volumétricos e/ou gravimétricos, misturadores verticais, separadores de pó e magnéticos, possuem aplicabilidades diferentes, permitindo ao cliente escolher o modelo que melhor atende a sua necessidade. Outro sistema exposto no estande será o de secagem e desumidificação de matérias-primas, incluindo desumidificadores específicos para PET, ópticos e cristalização de PET. Entre os alimentadores, o destaque será o modelo SAL-300, o único monofásico do mercado com capacidade para 200 kg/h. Utilizado para o transporte de material virgem ou moído, entre suas vantagens estão o baixo nível de ruído e longa durabilidade.

Líder mundial na fabricação de plásticos da classe de equipamento auxiliar, o Grupo Shini, originário de Taiwan, está presente em mais de 50 países com bases produtivas, centros de tecnologia, equipe de vendas ou rede de serviços. Focada em oferecer soluções para empresas do ramo termoplástico, a Shini mantém alto padrão de qualidade, controlando passo a passo seus processos, desde a matéria-prima até o produto acabado. Por conta disso, está certificada com a ISO 9001:2000 e possui em seus equipamentos certificações internacionais, como CE, do instituto italiano Giordano.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no