Archive for the ‘Polifenilsulfona’ Category

BASF amplia produção de Poliarilsulfonas na Coréia

20/05/2018

A BASF anunciou o início de uma nova linha de produção do Ultrason®, termoplástico amorfo transparente de elevada resistência térmica baseado em poliarilsulfona, em sua fábrica de Yeosu, na Coreia. Com a nova linha produtiva, a capacidade anual global de Ultrason® vai aumentar de 6 mil para 24 mil toneladas, atendendo ao crescente consumo do mercado em todo o mundo.

“A ampliação da produção nos permite acompanhar o crescimento da demanda oferecendo um alto nível técnico e com um portfólio de produtos que atenda às necessidades específicas das indústrias”, afirma Mario Cerqueira, coordenador regional de Especialidades Plásticas da BASF para a América do Sul. “É um material de alta performance perfeito para aplicações técnicas, muito útil na indústria automotiva, de equipamentos médicos e de conexões para circuito de água quente devido à sua alta resistência térmica, estabilidade dimensional e elevadas propriedades mecânicas”, afirma.

Ultrason® é o nome comercial para a linha da BASF dos produtos com base de polietersulfona (Ultrason® E), polissulfona (Ultrason® S), e polifenilsulfona (Ultrason® P). As últimas inovações incluem o Ultrason® Dimension, uma polietersulfona conhecida por sua extrema estabilidade dimensional e excelentes propriedades de fluxo, afirma a Basf.

A empresa produz Ultrason® em Ludwigshafen, na Alemanha, e em Yeosu, na Coréia. Ambas as plantas estão projetadas para produzir toda a gama de Ultrason® S, E e P, proporcionando à BASF a flexibilidade de otimizar a sua capacidade de suprimento aos clientes no mundo todo.

O Ultrason® é amplamente utilizado nas indústrias eletrônica, automotiva e aeroespacial para a produção de componentes leves e resistentes ao calor. O termoplástico pode suportar temperaturas de até 220°C sem alterar suas propriedades e possui excelente estabilidade química, afirma a BASF. Sua resistência à temperatura permitiu, por exemplo, que o material fosse aplicado no design compacto do novo refletor de farol no carro Hyundai ix35. O material também tem grande aplicação em peças de contato com alimentos, incluindo máquinas de café expresso ou pratos resistentes para microondas, bem como em eletrodomésticos premium. Ele está em conformidade com a FDA americana (Food and Drug Administration) e as regulamentações europeias para aplicações de contato com alimentos. Também é usado na produção de materiais compósitos de fibra de carbono e em membranas para filtração de água, em peças em contato com água quente e dispositivos médicos.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

Anúncios

Solvay aumenta a produção mundial de polímeros de sulfona com nova unidade na Índia e expansão nos EUA

10/10/2017

Polímeros de sulfona são aplicados em diversos mercados de alto desempenho, principalmente de indústrias das áreas de Saúde e tratamento de água

A Solvay está expandindo sua capacidade de produção global de polímeros especiais de sulfona na Índia e nos Estados Unidos para atender ao crescimento significativo da demanda por este material termoplástico de alto desempenho, principalmente nas indústrias do setor de saúde/médico e de tratamento de água.

Como parte dos planos da Solvay, anunciado anteriormente, de aumentar a capacidade de polímeros de sulfona em mais de 35% nos próximos 5 anos, a empresa está construindo uma nova unidade de produção, exclusiva para polietersulfona (PESU), em Panoli, na Índia. Os aumentos de capacidade também estão ocorrendo nos EUA, nas unidades de polímeros e monômeros da Solvay em Marietta (Ohio) e Augusta (Geórgia), por meio de investimentos e otimização de processos.

“A expansão da Solvay reforça nossa posição de liderança em polímeros especiais de sulfona, beneficiando-se da crescente demanda em indústrias de rápido crescimento, como purificação de água e tratamentos de saúde”, disse Augusto Di Donfrancesco, presidente da Unidade Global de Negócios Specialty Polymers do Grupo Solvay. “Os clientes podem confiar em nós para o seu suprimento a longo prazo em todo o mundo”, disse Donfrancesco. A construção da nova unidade em Panoli está em andamento e a produção deverá atingir a capacidade total em meados de 2019.

Os polímeros de sulfona da Solvay, Radel® PPSU (polifenilsulfona), Veradel® PESU (polietersulfona) e Udel® PSU (polissulfona), são aplicados em uma variedade de indústrias altamente competitivas, como a aeroespacial/aeronáutica, automotiva, água e eletrônica, bem como mercados de consumo e construção.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no

Solvay lança nova geração de resinas pré-coloridas de PPSU para aplicações no interior de aeronaves

21/12/2015

Solvay_RadelA Solvay Specialty Polymers, fornecedora global de polímeros de alto desempenho, introduziu uma nova série de resinas pré-coloridas para moldagem por injeção da família Radel® PPSU, para aplicações no interior de aeronaves comerciais. Segundo a Solvay, as novas cores da série Radel® R-7159 aproveitam o desempenho dos seus polímeros de polifenilsulfonas Radel® PPSU, oferecendo uma solução competitiva compatível com os padrões de cores de interiores de aeronaves estabelecidos pelos principais OEM’s (fabricantes de equipamentos originais) da indústria aeronáutica.

“Os polímeros Radel® PPSU da Solvay oferecem soluções comprovadas em interiores de aeronaves comerciais há 25 anos”, diz Armin Klesing, Gerente Global de Desenvolvimento de Negócios para as Indústrias Aeroespacial e de Compósitos da Solvay Specialty Polymers. “Com o lançamento de nossos produtos Radel® R-7159 pré-coloridos, nós estendemos esse portfólio para incluir resinas moldáveis por injeção que podem atender de forma competitiva às exigentes especificações em vigor para interiores de cabine de aeronaves comerciais.”

A Solvay formulou seus grades pré-coloridos de Radel® R-7159 para corresponder aos padrões de cores de interiores de fabricantes importantes de aeronaves, como a Boeing, com cores que vão do branco brilhante a cores escuras, como azul e cinza. Os grades coloridos são baseados no Radel® R-7159 NT 50 PPSU produzido pela empresa, uma resina comercial de cor natural estabelecida no mercado, largamente utilizada na fabricação de componentes de interiores de aeronaves.

Como todos os produtos do portfólio Radel® PPSU da Solvay para interiores de aeronaves, as novas resinas, com padrões rigorosos de cor, oferecem excelente resistência ao impacto e resistência a produtos de limpeza e inseticidas comerciais, afirma a Solvay. Segundo a empresa, também cumprem os regulamentos de inflamabilidade da Federal Aviation Administration (FAA) dos EUA, para materiais utilizados no interior de cabines de aeronaves. Especificamente, atendem às exigências da Federal Aviation Regulation (FAR) 25.853 para baixa inflamabilidade e liberação de calor, baixa geração de fumaça e padrões de OEMs para baixas emissões de gases tóxicos.

As novas resinas Radel® R-7159 pré-coloridas podem ser adquiridas diretamente da Solvay ou através da RTP Company, que recentemente assinou um acordo de licenciamento que lhe permite fabricar e vender grades selecionados de PPSU’s da Solvay para o setor aeroespacial. O acordo oferece maior flexibilidade para os clientes que desejam encomendar resinas pré-coloridas Radel® R-7159 em lotes menores ou em cores personalizadas.

A série Radel® R-7159 ® já está disponível para fornecedores Tier 1 (nível 1) e para o mercado de reposição. A qualificação para grandes fabricantes da indústria aeroespacial está em curso e deverá ser concluída no início do próximo ano.

A Solvay Specialty Polymers fabrica mais de 1500 produtos agrupados em 35 marcas de polímeros de alto desempenho – fluoropolimeros, fluoroelastômeros, fluidos fluorados, poliamidas parcialmente aromáticas, polímeros sulfonados, polímeros aromáticos de ultra-alto desempenho, polímeros de alta barreira e compostos de alto desempenho reticulados – para uso nas indústrias Aeroespacial, de Energia Alternativa, Automotiva, de Saúde, de Membranas, de Petróleo e Gás, de Embalagens, de Tubos e Conexões, de Semicondutores, de Fios e Cabos, entre outras. O grupo Solvay, com sede em Bruxelas, emprega cerca de 26.000 pessoas em 52 países e obteve um faturamento de € 10,2 bilhões em 2014. No Brasil, o grupo também atua com a marca Rhodia, cujas atividades internacionais foram adquiridas em 2011.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no

Solvay e RTP ampliam a disponibilidade global de resinas PPSU para aplicações em aeronaves

04/09/2015

Novo acordo de licenciamento permite que a RTP Company produza e venda resinas PPSU, oferecendo prazos de entrega mais curtos e maior flexibilidade para atender aos pedidos dos clientes

A Solvay Specialty Polymers, um dos líderes globais na fabricação e fornecimento de termoplásticos de alto desempenho, anunciou um novo acordo de licenciamento que permite à RTP Company, produtora global de compostos termoplásticos avançados, produzir e vender a linha de resinas de polifenilsulfona (PPSU) Radel® R-7000 da Solvay para a indústria aeronáutica mundial. O acordo expandirá significativamente os canais de fornecimento em uma escala global para esta família de polímeros de alto desempenho amplamente reconhecida pela indústria, ajudando a encurtar os prazos de entrega e a ampliar as opções de resinas PPSU Radel® R-7000 em cores customizadas, em pequenos ou grandes volumes.

As resinas da família de produtos Radel® R-7000 PPSU são especialmente formuladas para aplicações no interior de cabines de aeronaves, como assentos, unidades de serviços aos passageiros, compartimentos para bagagens e grades de ventilação. Além de fornecer uma excelente estética, resistência ao impacto e resistência química superiores, segundo a Solvay, estas resinas também atendem aos rigorosos regulamentos da Federal Aviation Administration (FAA), dos Estados Unidos, que estabelecem padrões para inflamabilidade, liberação de calor, geração de fumaça e emissões de gases tóxicos.

“A família de polímeros Radel® R-7000 PPSU da Solvay tem desempenho comprovado em aplicações em interiores de aeronaves, onde vem sendo utilizado há mais de 25 anos, em uma ampla gama de aeronaves comerciais, incluindo o A320 da Airbus e os modelos 737, 747, 757, 767, 777 e 787 da Boeing”, disse Michael Finelli, vice-presidente sênior da unidade de negócios de Sulfonas da Solvay Specialty Polymers. “O alto desempenho e o amplo portfólio dessa linha de produtos os estabeleceu como os materiais preferidos  de OEMs (fabricantes de equipamentos originais) e de empresas de MRO (serviços de manutenção, reparo e revisão) globais do setor aeronáutico. Este acordo entre a RTP Company e a Solvay ocorre de forma natural, dadas as capacidades globais de produção e distribuição de compostos da RTP Company, largamente reconhecidas , e nosso relacionamento de longa data para a venda de uma ampla gama de polímeros em vários mercados, incluindo o aeronáutico”.

A Solvay continuará a fabricar, vender e distribuir seus polímeros da série Radel® R-7000 PPSU. Esse novo acordo de licenciamento dá à RTP Company acesso às formulações e tecnologia de produção de polímeros Radel® R-7000 PPSU da Solvay e permite que a RTP Company fabrique e venda produtos utilizando códigos e a reconhecida marca Radel® da Solvay. Além disso, o acordo  oferecerá maior flexibilidade para clientes que queiram encomendar lotes menores de cores customizadas em conformidade com as paletas de cores de fabricantes de aeronaves ou de determinadas companhias aéreas.

“Este acordo de licenciamento com a Solvay agora nos permite oferecer aos clientes uma gama ainda mais ampla de polímeros de alto desempenho que atendem os rígidos regulamentos da indústria aeronáutica”, disse Ben Wiltsie, gerente geral de produtos retardantes de chamas da RTP Company. “Este acordo cria uma cadeia de fornecimento global mais ágil, que faz uso otimizado de dois reconhecidos fornecedores de materiais para o mercado aeroespacial”.

Sobre a RTP Company:  Com sede em Winona, Minnesota, EUA, a RTP Company é uma produtora global de compostos termoplásticos customizados. A empresa tem 18 fábricas na América do Norte, Europa e Ásia, e representantes de vendas localizados em todo o mundo. Os engenheiros da RTP Company desenvolvem compostos termoplásticos customizados em mais de 60 diferentes sistemas de resinas para aplicações que requerem cores e propriedades específicas como condutividade elétrica, alta elasticidade, retardamento de chama, alta resistência térmica, elevada rigidez  e alta resistência ao desgaste.

Sobre a Solvay Specialty Polymers: A Solvay Specialty Polymers fabrica mais de 1500 produtos agrupados em 35 marcas de polímeros de alto desempenho – fluoropolímeros, fluoroelastômeros, fluidos fluorados, poliamidas semi-aromáticas, sulfonas, polímeros aromáticos de ultra-alto desempenho, polímeros de alta barreira e compostos reticulados de alto desempenho –  para uso nas indústrias Aeronáutica, de Energias Alternativas, Automotiva, de Saúde, de Membranas, de Petróleo e Gás, de Embalagens, de Construção Civil, de Semicondutores, de Fios e Cabos e outras.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no

Materiais da Solvay estimulam avanços inovadores no “Polimotor 2”, motor automotivo totalmente de plástico

19/05/2015

Solvay-_-motor A Solvay está assumindo um papel de liderança no desenvolvimento do motor automotivo totalmente de plástico Polimotor 2, que será testado em um carro de corrida no próximo ano para demonstrar as exclusivas e avançadas tecnologias de polímeros especiais da empresa, que ajudam a tornar mais leves os motores com a substituição de metais.

O projeto colaborativo vai abrir caminho para avanços inovadores em futuros veículos comerciais. Os motores automotivos são normalmente feitos inteiramente de metal e são a parte mais pesada em um carro. O projeto Polimotor 2 tem como objetivo desenvolver um motor que pesa cerca de 41 kg ou 40% menos do que o peso do motor padrão de produção atual, entre 63 a 67 kg.

A Solvay é a líder do setor em polímeros especiais para a indústria automotiva, que cada vez mais depende dos materiais ultraresistentes da empresa para substituir peças de metal em aplicações no exterior, interior e sob o capô do veículo e ao mesmo tempo atender as regulamentações mais rígidas em relação a combustíveis e emissões.

“O projeto Polimotor é uma oportunidade pioneira para a Solvay Specialty Polymers avançar com suas inovações e expandir sua oferta de materiais que ajudam a reduzir o peso dos veículos”, disse Augusto Di Donfrancesco, presidente da Unidade Global de Negócios Specialty Polymers do Grupo Solvay. “Através desta parceria, vamos desafiar ainda mais nossos limites, mostrando que os nossos polímeros de alto desempenho são soluções para a redução de peso e do consumo de combustível, além de um fator importante na diminuição das emissões de CO2”, disse.

No Polimotor 2, a Solvay irá substituir até dez componentes de metal do motor – incluindo bomba de água, bomba de óleo, válvula de entrada/saída de água, corpo da borboleta, galeria de combustível, engrenagens do eixo de comando de válvulas e outros – com peças feitas a partir de sete de seus polímeros especiais de alto desempenho.

O motor Polimotor 2 de quatro cilindros e duplo comando de válvulas será instalado em um carro conceito Norma M-20, para a corrida de competição na pista de Lime Rock Park, em Connecticut (Estados Unidos), em 2016.  A Solvay contribuiu com um papel importante para o sucesso do primeiro motor Polimotor, concebido pelo engenheiro americano Matti Holtzberg, no início de 1980.

As tecnologias Solvay empregadas no motor incluem, poliamida-imida (PAI) Torlon®, poliftalamida (PPA) Amodel®, polieteretercetona (PEEK) KetaSpire®, poliariletercetona (PAEK) AvaSpire®, polifenilsulfona (PPSU) Radel®, sulfeto de polifenileno (PPS ) Ryton® e fluoroelastômeros Tecnoflon® VPL.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no