Archive for the ‘Polissulfona’ Category

Indusbello lança grampo invisível para radiografia odontológica criado a partir de polímero especial da Solvay

13/03/2019

O polímero especial PSU (polisulfona) pode substituir outros materiais com vantagens de maior resistência mecânica, térmica e química, oferecendo flexibilidade no design e variedade de cores

A substituição de materiais na produção de equipamentos e dispositivos utilizados pela indústria de saúde já é uma realidade no Brasil. Vários polímeros especiais, com alto desempenho, além de apresentar propriedades mecânicas, térmicas e químicas diferenciadas, também são mais leves, oferecendo maior flexibilidade no design e tendo fácil fabricação, além de permitirem a diferenciação de produtos e marcas utilizando cores.

Um novo produto odontológico, exemplo de aplicação nessa área, está sendo lançado pela Indusbello Company, reconhecida produtora e fornecedora da área de saúde. Trata-se do grampo invisível, desenvolvido para minimizar as dificuldades no dia a dia do endodontista e facilitar as radiografias transoperatórias de tratamento de canal, possibilitando uma imagem total do dente. O produto foi elaborado a partir do polímero especial Udel® PSU (polisulfona) da Solvay Specialty Polymers.

Os grampos invisíveis da Indusbello são fabricados dentro de rigorosos padrões de qualidade, em material translúcido que não apresenta radio-opacidade. Por isso, além de manter o lençol de borracha em posição estável e promover o isolamento absoluto, ele permite a visualização da raiz do dente sem interferência na radiografia.

“Buscando sempre atender às demandas dos profissionais de odontologia e, com foco na inovação, decidimos introduzir em nossa produção a resina Udel® PSU, da Solvay, que oferece uma combinação superior de propriedades mecânicas, excelente resistência, e ao mesmo tempo é leve e com maior flexibilidade no design”, afirma Eduardo Rodrigues, Diretor de Logística da Indusbello Company.

Os grampos estão disponíveis em dois modelos, o GI-01 para molares inferiores e o GI-03 para pré-molares superiores e inferiores e, além de permitirem uma melhor visualização, não aparecendo nas radiografias, evitam o retrabalho, otimizam o tempo do dentista, são anatômicos e sem bordas cortantes, além de resistentes.

“Alguns dentes tem a inclinação para dentro da boca e, na radiografia feita com o grampo de isolamento convencional (grampo de metal), praticamente o dente inteiro fica encoberto, o que impede a visão de como está a câmara pulpar e as raízes.  Ao utilizar o grampo invisível, o dentista reduz o risco de não conseguir visualizar áreas importantes, sem contar que não haverá a necessidade de realizar uma nova radiografia, gerando economia”, explica Eduardo Rodrigues.

“O uso do Udel® PSU e outros polímeros de alta performance da Solvay vem crescendo continuamente em aplicações médico-hospitalares e odontológicas, principalmente na substituição de materiais tradicionais como metais, vidro e outros dispositivos de uso único ou reutilizáveis, e a escolha do Udel® pela Indusbello Company, com sua longa experiência neste mercado, sinaliza e reforça ainda mais esta tendência e a importância dos polímeros de alta performance”, diz Mônica Martins, Gerente do Mercado Healthcare para a América do Sul da Solvay Specialty Polymers.

Com um amplo portfólio de polímeros de alto desempenho, contemplando mais de 35 marcas em mais de 1.500 formulações, o Grupo Solvay está posicionado como um fornecedor estratégico no mercado global. Na área de saúde, esses polímeros são usados em ortopedia, instrumentos e dispositivos médicos, bandejas e caixas esterilizáveis, instrumentos dentários e cirúrgicos, dispositivos implantáveis, hemodiálise, entre outros.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no

Anúncios

BASF amplia produção de Poliarilsulfonas na Coréia

20/05/2018

A BASF anunciou o início de uma nova linha de produção do Ultrason®, termoplástico amorfo transparente de elevada resistência térmica baseado em poliarilsulfona, em sua fábrica de Yeosu, na Coreia. Com a nova linha produtiva, a capacidade anual global de Ultrason® vai aumentar de 6 mil para 24 mil toneladas, atendendo ao crescente consumo do mercado em todo o mundo.

“A ampliação da produção nos permite acompanhar o crescimento da demanda oferecendo um alto nível técnico e com um portfólio de produtos que atenda às necessidades específicas das indústrias”, afirma Mario Cerqueira, coordenador regional de Especialidades Plásticas da BASF para a América do Sul. “É um material de alta performance perfeito para aplicações técnicas, muito útil na indústria automotiva, de equipamentos médicos e de conexões para circuito de água quente devido à sua alta resistência térmica, estabilidade dimensional e elevadas propriedades mecânicas”, afirma.

Ultrason® é o nome comercial para a linha da BASF dos produtos com base de polietersulfona (Ultrason® E), polissulfona (Ultrason® S), e polifenilsulfona (Ultrason® P). As últimas inovações incluem o Ultrason® Dimension, uma polietersulfona conhecida por sua extrema estabilidade dimensional e excelentes propriedades de fluxo, afirma a Basf.

A empresa produz Ultrason® em Ludwigshafen, na Alemanha, e em Yeosu, na Coréia. Ambas as plantas estão projetadas para produzir toda a gama de Ultrason® S, E e P, proporcionando à BASF a flexibilidade de otimizar a sua capacidade de suprimento aos clientes no mundo todo.

O Ultrason® é amplamente utilizado nas indústrias eletrônica, automotiva e aeroespacial para a produção de componentes leves e resistentes ao calor. O termoplástico pode suportar temperaturas de até 220°C sem alterar suas propriedades e possui excelente estabilidade química, afirma a BASF. Sua resistência à temperatura permitiu, por exemplo, que o material fosse aplicado no design compacto do novo refletor de farol no carro Hyundai ix35. O material também tem grande aplicação em peças de contato com alimentos, incluindo máquinas de café expresso ou pratos resistentes para microondas, bem como em eletrodomésticos premium. Ele está em conformidade com a FDA americana (Food and Drug Administration) e as regulamentações europeias para aplicações de contato com alimentos. Também é usado na produção de materiais compósitos de fibra de carbono e em membranas para filtração de água, em peças em contato com água quente e dispositivos médicos.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

Solvay aumenta a produção mundial de polímeros de sulfona com nova unidade na Índia e expansão nos EUA

10/10/2017

Polímeros de sulfona são aplicados em diversos mercados de alto desempenho, principalmente de indústrias das áreas de Saúde e tratamento de água

A Solvay está expandindo sua capacidade de produção global de polímeros especiais de sulfona na Índia e nos Estados Unidos para atender ao crescimento significativo da demanda por este material termoplástico de alto desempenho, principalmente nas indústrias do setor de saúde/médico e de tratamento de água.

Como parte dos planos da Solvay, anunciado anteriormente, de aumentar a capacidade de polímeros de sulfona em mais de 35% nos próximos 5 anos, a empresa está construindo uma nova unidade de produção, exclusiva para polietersulfona (PESU), em Panoli, na Índia. Os aumentos de capacidade também estão ocorrendo nos EUA, nas unidades de polímeros e monômeros da Solvay em Marietta (Ohio) e Augusta (Geórgia), por meio de investimentos e otimização de processos.

“A expansão da Solvay reforça nossa posição de liderança em polímeros especiais de sulfona, beneficiando-se da crescente demanda em indústrias de rápido crescimento, como purificação de água e tratamentos de saúde”, disse Augusto Di Donfrancesco, presidente da Unidade Global de Negócios Specialty Polymers do Grupo Solvay. “Os clientes podem confiar em nós para o seu suprimento a longo prazo em todo o mundo”, disse Donfrancesco. A construção da nova unidade em Panoli está em andamento e a produção deverá atingir a capacidade total em meados de 2019.

Os polímeros de sulfona da Solvay, Radel® PPSU (polifenilsulfona), Veradel® PESU (polietersulfona) e Udel® PSU (polissulfona), são aplicados em uma variedade de indústrias altamente competitivas, como a aeroespacial/aeronáutica, automotiva, água e eletrônica, bem como mercados de consumo e construção.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no