Posts Tagged ‘Wittmann Battenfeld’

Wittmann Battenfeld lança versões de injetoras para injeção de produtos para área médica

08/12/2015

Wittmann-Sala-Limpa

Empresa investe em tecnologias para transformadores que produzem peças especiais fabricadas em salas limpas

Para atender às exigências técnicas do setor que produz componentes voltados para a área médica, a Wittmann Battenfeld anuncia a chegada ao mercado de versões especificas de injetoras das séries EcoPower e MicroPower.

Em 2015, a Wittmann Battenfeld investiu na instalação de uma célula de sala limpa em sua fábrica de Kottingbrunn (Áustria), para atender às exigências do segmento e qualificar suas máquinas em condições reais. Segundo a empresa, após inúmeros testes, a EcoPower e a MicroPower estão adequadas aos requisitos das “Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos” e atendem às salas limpas classe ISO 6 (de acordo com o número de partículas por pé cúbico de ar), conforme os padrões da ISO 14644-1.

Para Reinaldo Milito, diretor da empresa no Brasil, a especialização do portfólio e da equipe técnica da Wittmann Battenfeld permitem oferecer a solução mais adequada para cada cliente. “Know-how, precisão e qualidade são muito importantes no atendimento deste segmento. A possibilidade de ofertar células completas, com injetoras, periféricos e softwares, ampliam as possibilidades de aplicações e o alto grau de confiança e segurança”, comenta.

Espaço otimizado para molde

Totalmente elétrica, a nova EcoPower recebeu atenção especial ao espaço para o molde, que contém superfícies lisas, cobertura de aço inox e trilhos de guia fechados. A máquina possui baixo consumo de energia, utilizando um sistema para recuperação de energia cinética (KERS) – ao reduzir a velocidade para a proteção do molde, recupera a energia utilizada para frear a placa e a direciona para outras etapas do processo –

Segundo o fabricante, o sistema de água para refrigeração em circuito fechado minimiza as emissões de partículas para o interior do molde. Os condutores de ar e as válvulas de exaustão pneumáticas são cobertas e voltadas para fora da sala limpa. As placas retangulares, sem contato com os tirantes, e a lubrificação selada das articulações garantem a limpeza do sistema de fechamento, um benefício essencial para aplicações em salas limpas.

Com força de fechamento entre 55 e 300 toneladas, a EcoPower possui acionamento direto, sem correias, possibilita um conjunto limpo que, aliado às dimensões compactas, oferece maior produtividade aos transformadores, afirma a Wittmann Battenfeld.

Equipamentos de ponta

A série MicroPower, com força de fechamento de 5 ou 15 toneladas, reforça a capacidade da Wittmann Battenfeld em atender à área médica. De acordo com a empresa, a série possui uma boa relação custo-benefício, tem eficiência energética e responde aos critérios de ambiente controlado.

Com acionamento elétrico, trabalha com tempos de ciclo curtos e abrange um campo extenso de aplicações altamente técnicas, incluindo processos complexos, graças às variadas funções integradas, que incluem controle da qualidade e embalagem das peças totalmente automatizadas. .

Opcionalmente, o uso de uma mesa rotativa permite o funcionamento de uma segunda metade do molde, fazendo com que a extração das peças seja realizada em paralelo com a injeção, reduzindo consideravelmente o ciclo, afirma a empresa.  A injeção em dois estágios proporciona homogeneidade, estabilidade térmica e linhas de fluxo reduzidas, de acordo com informações da Wittmann Battenfeld.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Anúncios

Wittmann Battenfeld lança nova injetora da série SmartPower

26/10/2015

Battenfeld_smart-PowerWittmann Battenfeld anuncia o lançamento da SmartPower 350, que completa nova geração de injetoras com sistema de acionamento servo-hidráulico. A série foi projetada para proporcionar maior precisão e menor consumo de energia elétrica

A Wittmann Battenfeld acaba de lançar a SmartPower 350, que completa a série de injetoras da marca – agora disponível com força de fechamento entre 25 e 350 toneladas. A apresentação do equipamento ocorreu na feira Fakuma, realizada entre 13 e 17 de outubro, em Friedrichshafen, na Alemanha. Segundo a Wittmann Battenfeld, a série Smart Power, com acionamento servo-hidráulico, tem como principais características a eficiência energética, alta produtividade, precisão, tamanho compacto, baixo nível de ruído e facilidade de uso, além de permitir a associação de aplicativos para tablets e smartphones, que são de fácil operação e conexão e possibilitam maior gerenciamento de todo o sistema.

A SmartPower 350 possui distância entre colunas de 800 x 720 mm, em um chassi  compacto. Segundo a empresa, a máquina está equipada com blocos hidráulicos integrados, posicionados ao lado dos cilindros de acionamento, que contribuem para a rapidez e precisão dos controles. A placa móvel, que se desloca apoiada em guias lineares, garantem alto grau de precisão e movimentos mais dinâmicos e eficientes, o que reduz a necessidade de lubrificação, assegura a Wittmann Battenfeld.

Eficiência energética

As máquinas da série Smart Power utilizam o sistema KERS (Kinetic Energy Recovery System) que, na fase de redução da velocidade para a proteção do molde, transforma a energia cinética em energia elétrica, direcionando-a para outras funções e etapas do processo e otimizando o consumo, explica a Wittmann Battenfeld. Outra característica especial é a lista de cerca de 1.200 opcionais, que podem ser facilmente instalados na injetora, mesmo estando em operação no cliente, de acordo com a conveniência do transformador e sem a necessidade de adaptações na máquina.

Segundo a fabricante, a série SmartPower permite a instalação de uma servobomba (opcional) que, ao entrar em operação, possibilita movimentos simultâneos entre abertura, extração e machos. Afirma a empresa que essa opção reduz o tempo de ciclo e amplia a eficiência energética. Sua unidade de injeção possui relação L/D de rosca padrão de 22 e o design facilita a operação, desde a etapa de secagem, dosagem e alimentação de material.

O comando da máquina se dá por um sistema de controle que armazena todos os dados, possibilitando manuseio, integração das máquinas e periféricos e supervisão remota – por meio da interação em sistemas de PDA e controle on-line – e permitindo a programação e análise de todas as variáveis do ciclo, explica a Wittmann Battenfeld.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld desenvolve solução em controladores de temperatura para a Copé

19/08/2015

Com a adoção dos controladores de temperatura da Wittmann Battenfeld, a Copé reduziu problemas e ganhou agilidade

Wittmann_Battenfeld-CopeUm equipamento que tivesse custo acessível e desempenho compatível com a aplicação, que fosse padrão de mercado e que pudesse ser controlado automaticamente por outra máquina. E, mesmo sem nunca ter sido utilizado para tal finalidade, se encaixou perfeitamente àquela solicitação atípica. Assim, nasceu a parceria entre a Wittmann Battenfeld – um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos para a indústria de plásticos – e a Copé & Cia. Ltda. – fabricante de máquinas para as indústrias da borracha, plástico e recapagem de pneus.

Em março de 2014, a unidade brasileira da Wittmann Battenfeld aceitou o desafio e, em conjunto com sua engenharia na Áustria, iniciou os estudos técnicos para definir a melhor solução para a Copé, cuja necessidade era empregar controladores de temperatura em máquinas de preparação de produto de borracha. A solução adotada contemplou a utilização dos modelos TEMPRO basic C90 e TEMPRO basic C120 em linhas de calandragem e extrusoras.

Para se chegar ao objetivo proposto pela Copé, os engenheiros da Wittmann Battenfeld equiparam os periféricos da série TEMPRO com uma interface analógica. Com a ação, foi possível fazer com que o controle do dispositivo se comunicasse com o PLC do equipamento. O envolvimento da equipe de engenharia de aplicação e desenvolvimento de produto da matriz foi decisivo no momento de indicar qual seria a opção que apresentava o melhor custo-benefício em relação à comunicação entre os dispositivos.

Benefícios

Fernando Kusiak Pereira, da equipe de engenharia da Copé, conta que os benefícios obtidos com a parceria – além da questão prática de controle preciso e confiável da temperatura durante o processamento da borracha – foram garantia de suporte técnico capacitado e serviço de assistência técnica prestativo e ágil.

A parceria com a Copé reforça o conhecimento em automação da Wittmann Battenfeld. A empresa está apta a desenvolver sistemas completos e oferece o suporte necessário a cada aplicação, proporcionando vantagens produtivas, redução de custos e outros benefícios. “A Copé é uma das mais conceituadas fabricantes nacionais de máquinas para processamento de borracha, tendo clientes renomados desse setor. A partir deste contrato, a empresa sabe que poderá contar com nossas soluções com configurações especiais em seu processo”, comemora Reinaldo Carmo Milito, Diretor Geral da Wittmann Battenfeld do Brasil.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld apresenta novo alimentador de materiais ao mercado brasileiro

04/08/2015

Wittman-Battenfeld

A Wittmann Battenfeld – uma das principais fabricantes de equipamentos para injeção de plásticos do mundo – amplia a sua linha de alimentadores com o lançamento do FEEDMAX S3 net. Segundo a empresa, o equipamento caracteriza-se pela qualidade e desempenho superior aliados à facilidade de operação, com inúmeros recursos.

O novo alimentador de material – que pode ser utilizado com variados modelos de injetoras – possui um potente motor coletor e tem capacidade de movimentar, sem obstáculos, até 150 kg/h de grânulos sintéticos ou materiais reciclados para secadores, dosadores e máquinas de processamento.

Segundo a Wittmann Battenfeld, um dos diferenciais deste lançamento é a presença de um segundo filtro de segurança, que impede a entrada de poeiras e resíduos no motor em caso de falha de instalação do filtro principal após a limpeza.

O cilindro que reveste a unidade de transporte é feito de aço inoxidável e as chapas metálicas são usinadas in house – o processo de fabricação ocorre na fábrica da Wittmann Battenfeld. A área de entrada das matérias-primas é produzida no mesmo material e composta de duas partes, unidas por um anel de aperto e que serve como o conector para o tubo transmissor, afirma a empresa.

Quando o FEEDMAX S3 net é conectado à eletricidade ou a ar comprimido, o início da operação ocorre imediatamente após o acionamento do botão liga/desliga. Adequado a diversas necessidades, o tempo de transporte pode ser definido com uma escala de potenciômetro.
 
Operação simplificada

Um controle remoto autoexplicativo, com tela sensível ao toque, permite o comando de diversos alimentadores, bem como a configuração de parâmetros tais como o número de operações de transporte, proporções de dosagem e ciclos de despoeiramento para até seis unidades.

Uma característica especial do FEEDMAX S3 net é o novo status de total visibilidade, chamado ambiLED, que permite que o estado da unidade possa ser visualizado de qualquer ponto na sala de produção. O visor alerta, entre outras coisas, para a falta de material no processo, indicando que o alimentador precisa ser enchido novamente. Este aspecto favorece a redução do tempo de máquina parada e a consequente perda de produtividade, afirma o fabricante.

Outros benefícios do novo equipamento, segundo a Wittman Battenfeld, são a rapidez e a facilidade na limpeza do carregador, sem a necessidade de ferramentas especiais, da mesma forma que ocorre com a remoção e manutenção do filtro. “O FEEDMAX S3 net foi desenvolvido dentro do conceito adotado pela Wittmann Battenfeld de oferecer produtos que atendam às necessidades de transformadores de diferentes perfis, com desempenho superior, inúmeras configurações e facilidade de operação”, afirma Reinaldo Carmo Milito, diretor geral da Wittmann Battenfeld do Brasil.

Fundado em 1975, o Grupo Wittmann é considerado um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos utilizados no processo de fabricação das indústrias de plásticos.  Em 2008, o Grupo Wittmann , adquiriu a Battenfeld, marca fundada em 1876 e que compõe a história e a evolução do plástico. Com isto, passou a oferecer soluções tecnológicas completas para a indústria transformadora pelo processo de injeção, que combinam máquinas de processamento e equipamentos auxiliares, o que possibilitou a conquista de novas parcelas de mercado. A Wittmann Battenfeld reúne um portfólio de produtos que inclui injetoras, robôs, alimentadores individuais e centrais de alimentação a vácuo, dosadores gravimétricos e volumétricos, desumidificadores, moinhos, reguladores de fluxo (rotâmetros) e controladores de temperatura para moldes. Com a fusão, passou a contar com cerca de 1.800 colaboradores diretos, que atuam em mais de 60 países onde a empresa possui unidades de produção, subsidiárias e agências.

No Brasil, a história da Wittmann começou no ano 2000. Já a Battenfeld começou a atuar no país em 1950. A partir de 2014, a Wittmann Battenfeld iniciou suas atividades no mercado nacional como empresa unificada, com sede em Campinas (SP).

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld lança nova geração de injetoras com eficiência energética durante Feiplastic 2015

01/04/2015

Battenfeld_FeiplasticA Wittmann Battenfeld lança a nova geração de injetoras SmartPower na feira, que ocorrerá no mês de maio, em São Paulo. Uma versão da máquina estará em funcionamento, demonstrando suas
vantagens.

A Wittmann Battenfeld apresenta ao mercado nacional novidades em injetoras e periféricos durante a Feiplastic – Feira Internacional do Plástico, que será realizada de 4 a 8 de maio, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP).

O destaque no seu estande – Rua F, número 300 – é a nova geração de injetoras SmartPower, que, segundo a empresa, se diferencia pela eficiência energética e operação inteligente. A empresa apresenta a versão SM 35/130, que estará em funcionamento no evento para que os visitantes conheçam suas vantagens e recursos, entre eles, precisão e facilidade de uso.

A apresentação ao mercado mundial da nova geração de injetoras SmartPower ocorreu em outubro último, na Fakuma  – uma das mais importantes feiras internacionais do setor de plásticos, realizada na Alemanha. A aceitação foi imediata: até janeiro de 2015, mais de 50 máquinas já tinham sido comercializadas pelo Grupo Wittmann.

“Esse lançamento chega ao mercado nacional num momento em que é fundamental a economia de energia. Investir em equipamentos que proporcionam melhor custo-benefício contribui para que as indústrias de todos os portes mantenham a competitividade e provenham o atendimento da demanda futura”, comenta Reinaldo Carmo Milito, Diretor Geral da Wittmann Battenfeld do Brasil.

Dinâmica e compacta
Segundo a Wittmann Battenfled, a empresa tinha como objetivo oferecer aos clientes o que há de mais eficiente em termos de eficiência energética, já na configuração padrão, quando decidiu projetar a SmartPower. A máquina utiliza o sistema KERS (Kinetic Energy Recovery System) que, na fase de redução da velocidade para a proteção do molde, transforma a energia cinética em energia elétrica, direcionando-a para outras funções e etapas do processo.

Como item opcional, conta com um sistema adicional de acionamento que, ao ser acionado, possibilita movimentos simultâneos entre abertura, extração e machos. Essa opção torna mais dinâmica os movimentos paralelos da máquina e amplia a eficiência energética.

Disponível com força de fechamento entre 25 e 120 toneladas, os novos modelos de injetoras contam com acionamento servo-hidráulico de baixo nível de ruído e dimensões compactas, que não limitam suas possibilidades. A série SmartPower está equipada com blocos hidráulicos integrados, posicionados ao lado dos cilindros de acionamento, que contribuem para a precisão dos controles. Os cilindros que se deslocam por intermédio de guias lineares garantem alto grau de precisão, movimentos mais dinâmicos e eficientes, o que reduz a necessidade de lubrificação. O aumento simultâneo da velocidade de injeção garante tempos de ciclo mais curtos.

A unidade injeção da SmartPower possui relação L/D de rosca padrão de 22. Segundo a empresa, seu design facilita a operação, desde o carregamento de material à etapa de secagem. O comando da máquina se dá pelo sistema de controle UNILOG B6P, que armazena todos os dados, possibilitando manuseio, integração das máquinas e periféricos e manutenção remota – por meio da interação em sistemas de PDA e controle on-line – e permitindo a programação e análise de todos os parâmetros do ciclo.

Para tornar mais fácil a definição de parâmetros, especialmente em ciclos mais complexos, o UNILOG B6P conta com a função SmartEdit. Ele complementa o sistema de programação UPS do usuário e torna as configurações da máquina mais fáceis e ágeis, de acordo com a Wittman Battenfeld.

Demais destaques

Outras máquinas também estarão no estande da Wittmann Battenfeld, com destaque para a injetora de fechamento hidráulico HM 240/1000 – segundo a empresa, ela possui alta precisão, custo-benefício e baixo índice de manutenção, alem de ser empregada em muitos processos especiais, tais injeção a gás, multimaterial, injeção de silicone, injeção compressão, injeção de pó metálico, entre outros -; e a injetora vertical de mesa rotativa VM R 110/350 – compacta, permite acesso para o operador e alta produtividade na fabricação de peças com inserto, com ou sem automação, de acordo coma Wittman-Battenfeld.

Na feira, a empresa também apresenta seus periféricos: robôs que, com movimentos sincronizados, reduzem o ciclo de operação e proporcionam alta eficiência; novos controladores de temperatura da série TEMPRO – disponíveis em diversos modelos e tamanhos; e desumidificadores da linha DRYMAX – que desumidificam a resina plástica e a distribui conforme a necessidade da injetora.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld mostra lançamentos na NPE 2015

18/03/2015

Na feira, que ocorrerá nos EUA, a empresa terá células de injeção em funcionamento, integradas a robôs e outros periféricos, para mostrar possibilidades de automação e movimentação de materiais. Destacam-se ainda as máquinas e equipamentos específicos para extrusão

Witmman_NPE2015A Wittmann Battenfeld – um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos utilizados no processo de fabricação das indústrias de plásticos – apresenta seus lançamentos na NPE 2015, feira internacional do setor de plásticos, que ocorrerá entre os dias 23 e 27 de março, em Orlando, cidade do estado da Flórida (EUA).

A empresa afirma que mostrará no evento tecnologias que se diferenciam por tornar a moldagem e os processos de injeção de plástico ainda mais modernos. O estande – Rua W, nº 2743 – contará com seis células de injeção, integradas a robôs e outros periféricos, que estarão em funcionamento para mostrar as possibilidades de automação e de movimentação de materiais. Além disso, a empresa apresentará máquinas e equipamentos auxiliares específicos para extrusão.

Para melhor atender aos visitantes nacionais, durante o evento estará presente Marcos Cardenal, Engenheiro de Vendas da Wittmann Battenfeld do Brasil, que poderá explicar os principais recursos dos lançamentos. “As mais recentes inovações do Grupo para o setor de transformação de plástico estarão em funcionamento na NPE. As novas gerações de injetoras e periféricos possibilitam projetos de automação completos e trazem benefícios como redução de custos, melhoria da qualidade, aumento da produtividade e precisão “, informa o executivo.

Destaques

As células de produção que estarão em exibição incluem injetoras SmartPower, lançamento da Wittmann Battenfeld que se diferencia, segundo a empresa, pela eficiência energética e operação inteligente; EcoPower, também de reduzido consumo de energia e que une precisão e reprodutibilidade, conforme observa a Wittmann Battenfeld; MicroPower, para sistemas de microinjeção, podem ser usadas na fabricação de peças de alta complexidade; e MacroPower, que, segundo a fabricante, é uma das mais compactas injetoras de grande porte do mercado, possuindo funcionamento suave e preciso, acessibilidade e flexibilidade para várias aplicações.

Os novos robôs da série W8 pro integrarão as células de moldagem em funcionamento na NPE, incluindo a versão W843 pro – possui cursos verticais que variam de 1.600 a 2.600 mm e capacidade de cargas entre 15 e 35 kg, dependendo do modelo, e conta com lâmpadas de LED que sinalizam o status da unidade de produção – e WP80 sprue piker com sistema de controle Net8 – altamente preciso na remoção de peças pequenas e canais de injeção (galhos).

Outros equipamentos da Wittmann Battenfeld estarão em operação no evento: controladores de temperatura – destaque para TEMPRO basic C120, com resfriamento direto e design compacto; desumidificadores Aton plus da linha DRYMAX – reduzem até 48% do consumo de energia elétrica, otimizam a fase de regeneração e possuem seleção automática do método de secagem; e FC Plus, opcional introduzido nos DRYMAX Battery – regula o volume de ar fornecido aos silos por meio de um inversor de frequência, com ajuste automático e sem a intervenção de operador.

A Wittmann Battenfeld também possui soluções para serem empregadas nas indústrias que possuem os processos de extrusão. Na NPE 2015, a empresa mostrará alguns desses equipamentos, incluindo o novo dosador gravimétrico GRAVIMAX G56 permite a mistura de até seis aditivos diferentes, com capacidade de até 5 kg por ciclo, e cuja dosagem se dá por acionamento pneumático, com válvulas de medição resistentes ao desgaste, segundo a empresa.

Serviço:
NPE 2015 – The International Plastics Showcase
23 a 27 de março, na cidade de Orlando, Florida (EUA)
Estande da Wittmann Battenfeld: W, número 2743
http://www.npe.org/

Perfil Wittmann Battenfeld
Fundado em 1975, o Grupo Wittmann é considerado um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos utilizados no processo de fabricação das indústrias de plásticos. De origem austríaca, a empresa reúne um portfólio de produtos, que inclui injetoras, robôs, alimentadores individuais e centrais de alimentação a vácuo, dosadores gravimétricos e volumétricos, desumidificadores, moinhos, reguladores de fluxo (rotâmetros) e controladores de temperatura para moldes. Em 2008, adquiriu a Battenfeld, marca fundada em 1876. Com a fusão, passou a contar com cerca de 1.800 colaboradores diretos, que atuam em mais de 60 países onde a empresa possui unidades de produção, subsidiárias e agências. No Brasil, a história da Wittmann começou no ano 2000. Já a Battenfeld começou a atuar no país em 1950. A partir de 2014, a Wittmann Battenfeld iniciou suas atividades no mercado nacional como empresa unificada, com sede em Campinas (SP), dedicada a ofertar sistemas completos de automação, personalizando produtos e serviços aos seus clientes.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld unifica operações no Brasil

20/04/2014

Wittmann_BattenfeldA Wittmann Battenfeld – um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos utilizados no processo de fabricação das indústrias de plásticos – anunciou a unificação da companhia no Brasil e passa a oferecer um portfólio completo de máquinas injetoras e equipamentos periféricos para o setor de transformação de plásticos.

Segundo o Diretor Geral da Wittmann Battenfeld do Brasil, Reinaldo Milito, a unidade nacional segue o caminho de sucesso obtido nos demais países nos quais ocorreu a união das empresas, com total segurança nas negociações. “A nova formatação traz diversos benefícios aos clientes no que se refere a produtos e serviços. A sinergia comercial e força de vendas serão maiores, facilitando as transações, os negócios e a oferta de pacotes completos para diversos segmentos. E toda redução de custos alcançada com a junção das operações já está sendo repassada para os preços finais dos produtos”, afirma.

O Grupo Wittmann adquiriu a indústria de injetoras Battenfeld em 2008, como estratégia para atender às necessidades do mercado com produtos de alta tecnologia, dentre eles, máquinas injetoras, sistemas de automação e periféricos, o que permite estabelecer um canal de comunicação mais ágil entre a empresa e seus clientes, facilitando a busca por soluções, da comercialização dos sistemas ao pós-venda.

Até 2013, as indústrias mantiveram suas estruturas operacionais ativas em paralelo, buscando ampliar parcerias e o melhor atendimento aos clientes. Em janeiro deste ano, as companhias foram unificadas, criando a Wittmann Battenfeld do Brasil Ltda., com sede em Campinas (SP), sendo a última unidade do Grupo a fundir as operações das empresas – gestão administrativa e comercial, os estoques e a equipe de técnicos, vendedores, serviços e assistência técnica -, em função do grau de importância de suas atividades e negócios no mercado brasileiro.

O principal foco da nova organização é a excelência dos serviços oferecidos aos clientes. Para isso, a Wittmann Battenfeld investe no Núcleo Técnico, para o atendimento rápido, eficaz e com o menor custo, com uma equipe capacitada para oferecer suporte técnico em todo o território nacional, com garantia de estoque de peçaspara reposição. “Queremos, com isso, facilitar as soluções técnicas para os projetos dos clientes, com comprometimento total, flexibilidade comercial e agilidade nas ações de assistência técnica”, destaca Milito.

Sobre a Wittmann Battenfeld: Fundado em 1975, o Grupo Wittmann é considerado um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos utilizados no processo de fabricação das indústrias de plásticos. De origem austríaca, a empresa reúne um completo portfólio de produtos, que inclui injetoras, robôs, alimentadores individuais e centrais de alimentação a vácuo, dosadores gravimétricos e volumétricos, desumidificadores, moinhos, reguladores de fluxo (rotâmetros) e controladores de temperatura para moldes.

O Grupo Wittmann possui centros de excelência em diversos países e é responsável por inovações no segmento de robôs para automação. Em 2008, adquiriu a Battenfeld, marca fundada em 1876, que compõe a história e a evolução do plástico. Com isto, tornou-se a única companhia no mundo a oferecer soluções completas para a indústria transformadora pelo processo de injeção, que combinam máquinas de processamento e equipamentos auxiliares, o que possibilitou a conquista de novas parcelas de mercado. Com a fusão, passou a contar com cerca de 2.000 colaboradores diretos, que atuam em mais de 60 países onde a empresa possui unidades de produção, subsidiárias e agências.

No Brasil, a história da Wittmann começou no ano 2000. Já a Battenfeld começou a atuar no país em 1950. A partir de 2014, a Wittmann Battenfeld iniciou suas atividades no mercado nacional como empresa unificada, com sede em Campinas (SP), dedicada a ofertar sistemas completos de automação.

Fonte: Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Wittmann do Brasil estréia na Plastech Brasil com expectativa de 20% de crescimento

20/08/2013

Wittman_PlastechA Wittmann do Brasil, localizada em Campinas (SP), é filial comercial do Grupo Wittmann-Battenfeld, sediado em Viena, na Áustria. Contando com 10 colaboradores diretos e uma rede de representantes e assistência técnica em diversos estados brasileiros, a empresa estreia na Plastech Brasil com projeção de avanço em 2013.

Segundo o diretor Reinaldo Militto, a expectativa de crescimento em 2013, é de 20% em relação ao ano de 2012 e seus investimentos estão focados na expansão do mercado. Os principais produtos são: robôs, alimentadores, termorreguladores, dosadores volumétricos e gravimétricos, desumidificadores, medidores de fluxo e projetos de sistemas de alimentação, orientados ao segmento de transformação de plásticos.

“A Wittmann do Brasil está participando pela primeira vez da Plastech, pois acredita que a feira aproximará seus produtos do seu público-alvo, fortalecendo um contato direto com clientes, reforçando a marca no Rio Grande do Sul e  permitindo-lhe maior participação no mercado gaúcho”, avalia Militto.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Plastech Brasil

Curta nossa página no

Interplast 2012: Battenfeld lança injetora Macropower de 400 toneladas de força de fechamento durante a feira.

07/06/2012

Presente na Interplast desde a primeira edição, a Battenfeld do Brasil lançará na edição 2012 da feira a injetora Macropower 400/3400,  de 400 toneladas de força de fechamento. Ironi Fernandes, diretor geral da Battenfeld do Brasil, diz que o equipamento destina-se à produção de peças médias e maiores com diferenciais como a integração com periféricos e distâncias entre colunas, permitindo o uso de moldes de grandes dimensões. “A excelente aceitação no mercado leva em conta atributos como a economia de energia elétrica, precisão e repetibilidade”, acrescenta.

A empresa apresenta ainda na feira a máquina elétrica Ecopower, de 55/130 com acionamento servo-drive na bomba, o que reduz o consumo de energia durante o processo de injeção. “A máquina ECOPOWER apresenta sistema BFMOLD™, também conhecido com VARIOTHERM, que permite aquecer e resfriar o molde rapidamente durante o ciclo de injeção, resultando uma superfície com excelente acabamento e brilho”, explica o diretor.

A Battenfeld do Brasil leva ainda para a feira uma série de periféricos como alimentadores, dosadores e aquecedores de molde, todos voltados para a indústria de transformação de plásticos.

Sobre a Wittmann Battenfeld

A Wittmann Battenfeld é fabricante e fornecedora global de injetoras de plástico, robôs e periféricos destinados à indústria de transformação de plásticos, com sede na Áustria e unidade no Brasil.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld, Netstal e OMV usarão rótulos IML (in-mould labels) da Verstraete para injeção e termoformagem durante a Plast 2012 em Milão.

05/05/2012

Durante a Plast 2012, de 08 a 12 de maio próximos, a empresa belga Verstraete estará fornecendo rótulos IML (in-mould labels) em três stands. A Wittmann Battenfeld e a Netstal irão mostrar copinhos e potes moldados por injeção e a OMV irá distribuir tampas termoformadas. Estes produtos irão demonstrar como a tecnologia IML pode conferir às embalagens uma toque especial.

A Netstal irá produzir um recipiente retangular com rótulo do tipo “casca de laranja” (orange peel) em um tempo de ciclo de 3,6 segundos. A célula de moldagem inclui um molde da SCS com automação IML da Campetella. A Netstal estará exibindo no Hall 24, stands A17/B14.

A Wittmann Battenfeld irá mostrar um copinho de 300ml com aplicação de IML. Este copinho é decorado com um rótulo do tipo “casca de laranja” (orange peel) e mostrará também as possibilidades de IML metálica no Hall 22, stands B45/C46.

Além disso, a Verstraete Printing Company desenvolveu um filme – em estreita colaboração com o fornecedor do material – que atende aos requisitos específicos do processo de termoformagem. A tecnologia IML-T pode ser usada em recipientes retangulares, redondos e ovais, bem como em tampas. Durante a PLAST 2012, a OMV irá distribuir tampas termoformadas no Hall 13, stands C49/D46.

Fonte: Verstraete

Wittmann Battenfeld apresenta na Brasilplast 2011 lançamentos mundiais.

13/04/2011

A Wittmann Battenfeld apresentará na feira Brasilplast 2011 muitos lançamentos mundiais, entre eles 3 modelos de máquinas, uma máquina elétrica da nova linha ECOPOWER com força de fechamento de 110 toneladas, uma máquina hidráulica da linha HM com 240 toneladas e acionamento servo-drive na bomba o que reduz consideravelmente o consumo de energia durante o processo de injeção e a terceira máquina apresentada será da novíssima linha MACROPOWER com força de fechamento de 800 toneladas e sistema de travamento hidráulico com tecnologia de duas placas. Como novidade em processos, a máquina ECOPOWER apresentará o sistema BFMOLD™ , também conhecido com VARIOTHERM. Este processo permite aquecer e resfriar o molde rapidamente durante o ciclo de injeção, resultando uma superfície com excelente acabamento e brilho.

Todas as máquinas serão equipadas com os periféricos da Wittmann, com integração completa pelo comando da injetora, robôs, alimentadores, desumidificadores, termorreguladores e moinhos completarão todas as células em pleno funcionamento.

A linha de máquinas HM já é reconhecida no mercado brasileiro à mais de 10 anos e a grande sensação no momento será a linha ECOPOWER e MACROPOWER que foram lançadas recentemente no mercado mundial e agora serão apresentadas durante  a BRASILPLAST 2011.

Fonte: Battenfeld / Brasilplast