Posts Tagged ‘Wacker’

Wacker apresenta novos grades de borracha de silicone líquido e sólido durante a K 2019

05/11/2019

A Wacker, grupo químico com sede em Munique (Alemanha), apresentou várias inovações à base de silicone na K 2019, Feira Internacional de Plásticos e Borracha. Os principais produtos novos incluíram elastômeros de silicone resistentes ao fogo, grades de borracha de silicone autoadesivas com superfícies de baixo atrito e laminados de silicone ultrafinos para aplicações eletroativas. O foco também foi em grades de borracha de silicone líquido que, graças ao seu conteúdo volátil bastante reduzido, não exigem necessariamente pós-cura . Um novo aditivo à base de silicone também estreou, permitindo que os fabricantes de compostos de elastômeros termoplásticos produzam plásticos mais macios e mais repelentes à sujeira. Com impressão multimaterial, novo autocontrole e vários aprimoramentos técnicos em termos de liberdade de design e precisão, a última geração de impressoras de silicone em 3D da Wacker também foi um destaque na feira.

Na maior feira mundial de plásticos e borracha, o grupo químico de Munique apresentou suas inovações sob o lema “Thinking Beyond” (Pensando além). Em uma área de 300 metros quadrados, uma diversidade de novos produtos variava desde silicones condutores térmicos para resfriamento de baterias em veículos elétricos, borrachas de silicone retardantes de chama e silicones autoadesivos com superfícies de baixo atrito até laminados de silicone eletroativos para atuadores e sensores.

“Os silicones são extremamente versáteis e eficazes. Eles são essenciais para novas soluções de produtos e pertencem aos motores de inovação em setores-chave da indústria, como automotivo, médico e eletrônico ”, diz Robert Gnann, chefe da divisão de negócios da Wacker Silicones. “Os silicones são, portanto, cada vez mais procurados em muitos setores. As tecnologias futuras como mobilidade eletrônica e digitalização, os esforços globais para aumentar os padrões de vida e saúde e alcançar os objetivos de sustentabilidade da União Europeia e das Nações Unidas dificilmente serão viáveis ​​sem materiais de alto desempenho como os silicones. ”

O aumento de exigências nas especificações de produto e da indústria também apresenta um grande desafio para os fabricantes. “Alguns materiais padrão não conseguem mais acompanhar esse desenvolvimento”, disse Christian Gimber, vice-presidente de engenharia de silicones da Wacker Silicones. “É por isso que mais e mais empresas estão contando com elastômeros de silicone. Graças às suas excelentes propriedades mecânicas e químicas, os silicones tornaram-se indispensáveis ​​para solucionar problemas técnicos exigentes e desenvolver e implementar tecnologias inovadoras. ”

O Stand da Wacker na K 2019 abordou oito tópicos

Na feira deste ano, o estande da Wacker abordou oito tópicos. Um deles focalizou-se nas vantagens da borracha de silicone líquida, que contém muito poucos componentes voláteis. Desde o início de 2019, isso se aplica aos silicones Elastosil LR 3xxx, Elastosil LR 6xxx e Silpuran 6xxx fabricados na Europa. Graças às tecnologias de processo modernas, a Wacker diz que conseguiu reduzir o conteúdo de siloxanos voláteis Dx em sua borracha de silicone líquido em pelo menos 90%. Ao atualizar o portfólio de LSR dessa maneira, a empresa diz estar permitindo que os fabricantes de peças de silicone atendam aos requisitos regulatórios e à indústria, bem como às necessidades dos clientes de maneira mais rápida e confiável. Segundo a empresa, a sua iniciativa está estabelecendo novos padrões industriais em todo o mundo.

De acordo com a Wacker, a linha de produtos Elastosil LR 5040 cura para formar elastômeros que possuem as mesmas propriedades mecânicas sem tratamento térmico que um produto que foi pós-curado. Com isso, os usuários podem pular completamente a etapa longa e dispendiosa do processo de pós-cura, diz a Wacker. Devido à sua alta pureza, as peças feitas de Elastosil LR 5040 são adequadas para aplicações de contato com alimentos e podem ser usadas de acordo com as recomendações do Instituto Federal Alemão para Avaliação de Riscos (BfR) e da US Food and Drug Administration (FDA), garante a Wacker. Eles também atendem aos critérios dos testes de biocompatibilidade selecionados na ISO 10993 e na Farmacopeia dos EUA (Classe VI).

O Elastosil LR 5040 também esteve no centro da demonstração de moldagem por injeção deste ano no estande da Wacker.  Peças para contato com alimentos foram produzidas a partir da borracha de silicone líquido.

Borracha de silicone sólido para o novo padrão de segurança contra incêndio

A segurança contra incêndios em meios de transporte ferroviário é regida por normas nacionais. Com a norma EN 45545-2 em vigor na Europa, os requisitos de segurança que os fabricantes de componentes para trens devem atender se tornaram mais rígidos. A Wacker afirma que seu portfólio de produtos já inclui soluções de borracha de silicone sólido e líquido já certificadas para uma grande parte das aplicações mencionadas na EN 45545-2 – especialmente aquelas sujeitas aos conjuntos de requisitos R22 e R23 da norma.

Agora, para permitir que os fabricantes produzam articulações e perfis de grande formato para trens, em conformidade com os novos códigos de segurança contra incêndio, o grupo químico de Munique adicionou um novo grade de borracha de silicone sólida retardante de chamas ao portfólio de produtos. Segundo a Wacker, o Elastosil R 771 atende aos códigos de segurança contra incêndio atuais e permite a fabricação de componentes para trens de acordo com os requisitos R1 e R7. A Wacker afirma que isto a torna um dos primeiros produtores de silicone do mundo a oferecerem um composto de borracha de silicone certificado e aprovado para o novo padrão.

Silicones líquidos autoadesivos com menos atrito

A Wacker expandiu seu portfólio de borracha de silicone líquido auto-adesivo com mais duas linhas de produtos: Elastosil LR 3671 para aplicações em tecnologia de alimentos e Elastosil LR 3675 para a indústria automotiva. A empresa combinou nesses produtos duas tecnologias firmemente estabelecidas na indústria de compostos de silicone, com um histórico em inúmeras aplicações: silicones com propriedades autoadesivas e grades com superfícies intrinsicamente de baixo atrito.

A Wacker diz que os novos grades de borracha de silicone líquido aderem a metais e termoplásticos selecionados e curam para formar elastômeros com superfícies secas e de baixo atrito. Assim, eles tornam possível a produção econômica em larga escala de compósitos duros / macios moldados por injeção, afirma a empresa.

Laminado de silicone para sensores e atuadores

O Nexipal é um novo laminado de silicone com propriedades eletroativas. Segundo a Wacker, ele consiste de vários filmes de silicone de precisão ultrafinos, que são revestidos com material eletricamente condutor antes da laminação. O resultado é um atuador que cria movimento, assim que a tensão elétrica é aplicada.

Os laminados podem, além disso, ser utilizados para medir eletricamente a deformação mecânica. Assim, o Nexipal também pode servir como um sensor. A Wacker afirma que o produto é livre de desgaste, compacto e economiza energia, sendo ideal para uso em aplicações inovadoras. Os displays de tablets equipados com Nexipal são capazes de criar vibrações e feedback tátil que simulam o formato das teclas ou painéis de controle que podem ser operados às cegas pelo toque, afirma a empresa. Esse recurso pode ser especialmente útil em aplicações automotivas.

Genioplast Pellet 345

O Genioplast Pellet 345 complementa o portfólio de aditivos da Wacker à base de silicone para compostos de polímeros termoplásticos. O produto foi desenvolvido especificamente tendo em mente poliuretanos termoplásticos (TPUs), mas também pode ser usado para modificar outros elastômeros termoplásticos. Por exemplo, o produto, que é fornecido na forma de pellets, pode aumentar acentuadamente as propriedades dos elastômeros termoplásticos de copoliéster e poliamida, afirma a Wacker.

O Genioplast Pellet 345 é um copolímero de silicone e é processado como um termoplástico. O fabricante afirma que os segmentos de polímeros orgânicos contidos no Genioplast Pellet 345 o tornam tão compatível com poliuretanos termoplásticos que, ao contrário dos silicones convencionais, ele se dispersa de maneira muito fina e homogênea por toda a matriz de poliuretano. Ao fazer isso, torna-se fisicamente vinculado à matriz e, portanto, não pode migrar.

De acordo com a Wacker, a adição do Genioplast Pellet 345 aumenta a suavidade da superfície dos poliuretanos termoplásticos, aumentando assim sua resistência ao risco e à abrasão. Além disso, as superfícies se tornam mais resistentes à contaminação por alimentos e cosméticos, explica o fabricante. Na Europa, o produto também é autorizado para aplicações de contato com alimentos.

Impressão 3D com silicone

Na K deste ano, a Wacker apresentou sua mais recente inovação no campo da impressão 3D com silicone real: o ACEO® Imagine Series K2. Com seus múltiplos bicos de impressão, a nova impressora pode imprimir até quatro diferentes materiais de silicone simultaneamente, permitindo a realização de projetos totalmente novos, diz a Wacker. Os objetos 3D agora podem ser impressos em cores diferentes e com diferentes graus de dureza. A nova tecnologia também beneficia a impressão de objetos que requerem material de suporte. Para esses casos, estão disponíveis até três materiais ou cores diferentes.

Outro destaque é a nova tecnologia de controle automático da ACEO. Ele mede a camada de silicone aplicada a cada operação de impressão e a compara com o valor alvo especificado no modelo CAD. Se o programa detectar discrepâncias, elas serão corrigidas automaticamente nas próximas camadas. Dessa maneira, a nova impressora produz impressões 3D precisas e detalhadas, que são adequadas mesmo para aplicações industriais difíceis, garante a Wacker.

Curta nossa página no

Wacker apresentará novos grades de borrachas de silicone líquida e sólida durante a K 2019

06/08/2019

A Wacker, grupo químico com sede em Munique, anunciou numerosas inovações em silicone na conferência de imprensa Prévia da K 2019, em Düsseldorf, na Alemanha. A empresa apresentou novos produtos que serão divulgados durante a Feira K 2019, entre 16 a 23 de Outubro em Düsseldorf, incluindo elastômeros de silicone resistentes ao fogo, grades de borracha de silicone auto-adesivas com superfícies de baixíssimo atrito e laminados de silicone ultrafinos para aplicações eletroativas. Segundo a empresa, o foco também será nos grades de borracha de silicone líquida que, graças ao seu reduzido conteúdo de voláteis, não requerem necessariamente pós-cura e, portanto, introduzem várias vantagens. Um novo aditivo à base de silicone também será lançado, permitindo que os componedores de elastômeros termoplásticos produzam plásticos mais macios e repelentes à sujeira. Os visitantes da feira também poderão entrar em contato com a nova impressora 3D para silicone ACEO Imagine Series K2. A empresa afirma que ela apresentará impressão multimaterial, nova tecnologia de autocontrole e diversas melhorias técnicas em termos de liberdade de design e precisão.

Durante a K 2019, a Wacker mostrará suas inovações sob o lema “Pensando Além’ (“Thinking Beyond”) no seu local habitual – o estande A10 no Hall 6. Em uma área de 300 metros quadrados, uma variedade de novos produtos aguardarão visitantes, desde silicones termicamente condutivos para resfriamento de baterias em veículos elétricos, borrachas de silicone retardante de chamas para aplicações em material rolante até laminados de silicone eletroativos para atuadores e sensores.

“Os requisitos para produtos em plásticos e materiais de borracha aumentaram drasticamente nos últimos anos. Alguns materiais padrão não conseguem mais acompanhar esse desenvolvimento ”, disse Christian Gimber na coletiva de imprensa K 2019 Preview, em Düsseldorf. “É por isso que mais e mais empresas estão desenvolvimento aplicações com elastômeros de silicone. Graças às suas excelentes propriedades mecânicas e químicas, os silicones tornaram-se indispensáveis ​​para resolver problemas técnicos exigentes e desenvolver e implementar tecnologias inovadoras.”

O artigo completo em inglês pode ser lido no link a seguir:

http://www.brazilianplastics.com/edicao00/03_July2019.html

Curta nossa página no

Wacker apresenta novas linhas de borracha de silicone resistentes ao calor e sem necessidade de pós-cura na Expobor 2018

25/06/2018

A nova linha de silicone líquido foi desenvolvida para aplicações nos segmentos de cuidados com bebês, alimentos e médicos.

A Wacker, empresa química sediada em Munique (Alemanha), apresentará sua nova borracha sólida de silicone Elastosil® R plus 4350/55 na Expobor 2018. O material é uma borracha de silicone para a formulação de elastômeros de silicone resistentes ao calor. Segundo a empresa, a propriedade de destaque deste silicone extrudável com cura via adição é a sua alta resistência ao calor. Estabilizadores de calor permitem que esse silicone sólido resista a temperaturas de até 300°C por vários dias, sem modificações substanciais em sua elasticidade ou propriedades mecânicas, afirma a Wacker.

Segundo a empresa, as propriedades ótimas são obtidas em combinação com estabilizadores de calor da série Elastosil® Aux Stabilizer H, que são adicionados à borracha base. O tipo de estabilizador e a quantidade utilizada têm uma influência significativa nas propriedades térmicas da borracha curada.

Segundo a empresa, o Elastosil® R plus 4350/55 pode ser usado para fabricar tubos resistentes ao calor e perfis de vedação que resistem a temperaturas de até 300°C por vários dias, sem qualquer dano. A Wacker afirma que testes térmicos a 200°C e 300°C, respectivamente, mostraram que propriedades mecânicas importantes, como dureza e alongamento na ruptura, mudam muito pouco mesmo após 2.000 horas, ou seja, 80 dias. As especificações para produtos como perfis de vedação usados em fornos são claramente excedidos, garante a empresa.

Elastosil®LR 5040 para aplicações de cuidados com bebês, alimentos e segmento médico.

Também será apresentada a nova linha de borracha de silicone líquido Elastosil®LR 5040. Ela contém poucos componentes voláteis, o que torna a borracha de silicone líquido (LSR) compatível com as especificações regulamentares que regem as aplicações nos setores de cuidados com os bebês, alimentos e segmento médico, garante a empresa.

A Wacker afirma que o Elastosil®LR 5040 possui propriedades mecânicas muito boas após a cura, sem pós-tratamento térmico posterior. Portanto, em muitos casos, os processadores não precisam realizar pós-cura dos elastômeros de silicone após a vulcanização. Peças de borracha feitas de Elastosil® LR 5040 são translúcidas com uma ligeira tonalidade azul. Seu conteúdo volátil – sem pós-cura – é inferior a 0,5% em peso, afirma a empresa. Segundo a empresa, mesmo em seu estado não pós-curado, a borracha de silicone já exibe um alto nível de resistência ao rasgo, equivalente ao de um LSR de alta resistência com pós-cura. Como resultado, assegura a Wacker, ele pode suportar até mesmo altas tensões mecânicas, como pode ocorrer durante o uso de mamadeiras ou chupetas, por exemplo.

A Expobor será realizada em São Paulo, de 26 a 28 de junho. A Wacker estará expondo no Estande 2/3, corredores H/G.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wacker

Curta nossa página no