Posts Tagged ‘Vestenamer’

Evonik apresenta aditivo para produção de asfalto modificado com pó de borracha proveniente de pneus usados

13/10/2021

Aditivo permite produção de asfalto modificado com borracha, utilizando pneus descartados. Em sua primeira aplicação no país, produto demonstra como pode melhorar o processo produtivo, a aplicação e a qualidade do asfalto

Um dos grandes desafios urbanos, das administrações públicas e da engenharia é a manutenção da qualidade e da durabilidade da pavimentação de ruas e estradas. Disto decorrem a segurança do usuário, a demanda de recursos financeiros e materiais, custos com veículos e combustíveis, condições de tráfego e sustentabilidade. A cada ano aumenta a necessidade de asfaltos de melhor composição, que não só possuam maior vida útil, como também reduzam o impacto sobre o meio ambiente.

A Evonik afirma ter desenvolvido um processo patenteado para atender a essas demandas. Trata-se da mistura do aditivo poliolefínico Vestenamer ao pó da borracha proveniente de pneus descartados. Ao ser misturado à massa asfáltica, a solução elimina problemas do processo produtivo, facilita a aplicação e garante melhor qualidade do asfalto modificado com borracha, garante o fabricante.

Segundo a Evonik, a inovação beneficia gestores e usuários de vias públicas, bem como o meio ambiente, uma vez que estimula processos de reaproveitamento de materiais. Estima-se que, a cada ano, cerca de 19,3 milhões de toneladas de pneus são descartados no mundo, sendo que aproximadamente 450 mil toneladas somente no Brasil. O reaproveitamento do pneus contribui para o fechamento do ciclo de uma maneira mais sustentável, reduzindo resíduos, manutenções recorrentes e a emissão de carbono.

Aplicação no Brasil

Em julho último, o produto foi utilizado para a pavimentação de uma área de aproximadamente 2.500 m² localizada dentro do parque industrial da Evonik em Americana (SP).

O Vestenamer é produzido na planta da Evonik em Marl, na Alemanha, e esta foi a primeira aplicação no Brasil. O projeto foi desenvolvido em parceria entre o departamento Technology and Infraestructure e as unidades de negócios da Evonik, que têm o objetivo de promover as soluções e tecnologias da empresa em projetos internos, colaborando para o desenvolvimento de novas aplicações em diferentes regiões.

Participaram da obra a NTA Asfaltos, fabricante do ligante modificado com borracha e Vestenamer; a Galvani Engenharia, produtora do asfalto modificado com borracha, e a Teixeira Pavimentação Asfáltica, responsável pela aplicação do asfalto.

“Foram utilizados 160 kg do produto. A coordenação técnica com todas as empresas envolvidas exigiu reuniões dedicadas e planejamento para garantir a boa fluidez do asfalto modificado no processamento, bem como controle de temperatura no local de produção do asfalto e deslocamento até a planta da Evonik”, explica Rodrigo Marques, Coordenador de Negócios da área de High desempenho Polymers, da Evonik.

Desempenho

A Evonik explica que o Vestenamer é um aditivo poliolefínico semicristalino, fornecido pronto para o uso, que atua como plastificante reativo nos processos de mistura e produção de compostos de borracha e, devido à presença de ligações duplas na molécula, forma uma interface entre o pó de borracha e o betume, protegendo e garantindo a reatividade. Dadas as suas características, envolve de forma satisfatória os agregados do composto e não altera o material final. Entre as vantagens, segundo a empresa, estão:

· Gera menos odor e diminuição da emissão de gases voláteis provenientes do processamento com borracha;
· Facilita a fluidez no processo e no descarregamento dos tanques, sem que seja necessária a limpeza adicional dos mesmos;
· Melhora o comportamento do ligante asfáltico no armazenamento aquecido;
· Facilidade para compactar a massa asfáltica em temperaturas reduzidas;
· Ganho de produtividade com aplicação mais rápida;
· Melhor acabamento superficial do asfalto.

O vídeo do case de aplicação do Vestenamer pode ser acessado no link: https://www.youtube.com/watch?v=aleivHEbdhk.

A Evonik é uma das líderes mundiais em especialidades químicas. A empresa atua em mais de 100 países em todo o mundo, conta com 33 mil colaboradores e gerou vendas de 12,2 bilhões de euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de 1,91 bilhão de euros em 2020.

Curta nossa página no

Evonik apresenta aditivo de processo para a reciclagem de resíduos de borracha na K 2019

18/07/2019

O produto permite o processamento de resíduos de borracha em um material resistente usado em uma variedade de aplicações, como construção de estradas, setor esportivo ou playgrounds

Na feira K deste ano, em Düsseldorf, Alemanha, que acontece de 16 a 23 de outubro, a Evonik apresentará um aditivo de processo para a reciclagem de resíduos de borracha. Com o Vestenamer, a Evonik contribui para o fechamento do ciclo de materiais de borracha de uma maneira mais sustentável.

A cada ano, cerca de 19,3 milhões de toneladas de pneus são descartados no mundo inteiro – incluindo 3,6 milhões de toneladas só na Europa. Na Alemanha, por exemplo, há vinte anos, mais da metade dos pneus descartados era utilizada na recuperação energética, enquanto somente um em dez era destinado à reciclagem. Hoje, a reciclagem dos materiais está equiparada com a recuperação energética. Com o Vestenamer, a Evonik contribui para o fechamento do ciclo de materiais para a borracha de uma maneira mais sustentável.

Na reciclagem dos resíduos de borracha, a adição do Vestenamer é uma aplicação que, segundo a Evonik, já comprovou o seu valor na produção de artigos de borracha como pisos, colchões e bases para sistemas de sinalização de obras e barreiras nas estradas a partir de resíduos aproveitáveis.

“Como um aditivo de processo, o Vestenamer melhora a fluidez do composto de borracha, resultando em um material que pode ser processado com muito mais eficiência. A reatividade e a estrutura polimérica do Vestenamer também são fatores importantes: ambos dão origem uma boa densidade de ligações entre as partículas de borracha, o que, por sua vez, impacta positivamente as propriedades mecânicas do produto”, diz Dr. Peter Hannen, gerente de desenvolvimento de mercado do Vestenamer. “Em outras palavras, o aditivo de processo da Evonik melhora tanto a eficácia dos custos de processamento quanto a qualidade das peças de borracha quando se trata de borracha reciclada”.

Além do aspecto econômico de proporcionar uma matéria-prima eficiente em custos, a reciclagem do material dos pneus descartados também está ganhando mais destaque do ponto de vista ecológico. Por exemplo, o uso de pneus descartados em produtos novos contribui de modo significativo para a redução da emissão de carbono em até um terço em comparação com produtos que não usam um material reciclado. E a economia circular da borracha também atenua o problema global dos pneus descartados.

O Vestenamer da Evonik é usado como aditivo de processo na indústria da borracha já faz muitos anos. Fabricado no parque químico de Marl (Alemanha), o polioctenâmero resolve uma variedade de desafios no setor de compostos e processamento de borracha. O produto também é usado como auxiliar na reciclagem de resíduos de borracha.

Fonte: Evonik

Curta nossa página no

Evonik expõe portfolio para a indústria de transformação de borrachas na Expobor 2018

27/06/2018

No evento a empresa está destacando soluções inovadoras para a indústria, incluindo fabricantes de pneus, solados e artefatos técnicos

A Evonik está apresentando suas soluções para a indústria da borracha durante a Expobor – Feira Internacional de Tecnologia , Máquinas e Artefatos de Borracha. A 13ª edição do evento está ocorrendo de 28 a 30 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo.

“O mercado de borracha é muito importante globalmente para Evonik. No Brasil e na América Latina, caminhamos na mesma direção. Recentemente, inclusive, inauguramos uma planta de sílica precipitada em Americana (SP), com grande foco para este mercado”, destaca Felipe Rocha, Coordenador de Negócios da área de sílicas da Evonik.

Devido à importância do evento para o setor, as expectativas são muito positivas. “É uma ótima oportunidade para encontrar clientes do Brasil e da América do Sul e apresentar novidades, além do nosso amplo portfólio para a indústria de pneus, solados e artefatos técnicos”, observa Rocha.

Lançamento

A Evonik está aproveitando a Expobor para apresentar ao mercado uma nova sílica de alta dispersão: Ultrasil® 7800 GR. Segundo a empresa, o produto tem um design de partícula especial, que proporciona elevado desempenho em pneus, especialmente para SUV’s.

A Evonik afirma que o novo Ultrasil® 7800 GR atinge o equilíbrio de máxima aderência e mínima resistência à rolagem em pneus de superfície larga e em pneus com requisitos de alta quilometragem, como os pneus para todas as estações. Isso se deve à área superficial específica do Ultrasil® 7800 GR, que foi aumentada em comparação com o Ultrasil® 7000.

A melhora da resistência à abrasão também contribui para o aumento da vida útil, exercendo um efeito positivo sobre a avaliação do ciclo de vida. Dessa maneira, segundo a empresa, pode-se combinar um alto nível de segurança no trânsito com menor consumo de combustível e menos emissões de CO2, mesmo com pneus esportivos.

Outros destaques para a indústria da borracha

  • Linha Ultrasil®: para a indústria de pneus, os destaques são Ultrasil® 7000 GR; Ultrasil® 6000 GR; Ultrasil® VN 2/ Ultrasil® VN 2 GR e Ultrasil® VN 3/ Ultrasil® VN 3 GR. Segundo a Evonik, os produtos promovem dispersão e alto reforço, reduzem a resistência ao rolamento e aumentam a resistência à abrasão, melhorando a aderência em piso molhado.A Evonik afirma que, na fabricação de solados, a sua linha Ultrasil® VN 3/ Ultrasil® VN 3 GR, propicia alto poder reforçante (shore, resistência à tração e ao rasgo) e transparência. Para o setor de artefatos técnicos, garante a empresa, os benefícios se convertem em melhoria da moldagem por injeção, extrusão e calandragem; e redução da deformação residual, além de boas propriedades mecânicas. Os destaques para este mercado são: Ultrasil® 360; Ultrasil® 880; Ultrasil® AS 7; Ultrasil® VN 2/ Ultrasil® VN 2 GR e Ultrasil® VN 3/ Ultrasil® VN 3 GR.

    Na linha de sílicas, além da família Ultrasil®, com grande variedade de aplicações para reforço de compostos de borracha, a Evonik oferece ainda a marca AEROSIL® para fabricação de solado transparente.

  • Linha de Silanos – Si 69®; Si 266®; Si 75® e Dynasylano: silanos com enxofre, bifuncionais, também monômeros e oligômeros para compostos de sílica. De acordo com a Evonik, eles proporcionam alto desempenho aos produtos, como , por exemplo, as propriedades mecânicas nos pneus (mais estabilidade em piso molhado, baixa resistência ao rolamento e alta resistência à abrasão). Além de indicados para a fabricação de pneus, são recomendados para artefatos técnicos e solados. Usados em compostos de borracha de qualidade junto com cargas contendo grupos silanóis, são especialmente efetivos em combinação com sílicas precipitadas reforçantes, garante o fabricante.
  • Organosilano Si 363®, que ajuda no processo do composto de borracha. De acordo com a empresa, ele aumenta o “rolling resistance” e reduz consideravelmente a emissão de VOC.
  • X 50 S® e X 266 S®: misturas de organosilanos bifuncionais, contendo enxofre, com negro de fumo na proporção de 1:1 em peso, indicado para a indústria de pneus e artefatos técnicos.
  • Cofill®: resorcinol em combinação com sílica precipitada. O fabricante garante que o produto melhora a adesão de compostos de borracha em telas têxteis/metálicas. Suas principais aplicações são em cintas de aço em pneus radiais, partes de aço dos pneus de caminhão, correias transportadoras, sistemas de transmissão, mangueiras e tecidos emborrachados.
  • Coupsil®: sílica precipitada, modificada superficialmente por organosilano, que proporciona melhora a resistência à abrasão e as propriedades mecânicas. Segundo a Evonik, a combinação de diferentes silanos com sílicas de áreas superficiais específicas diferentes oferece uma grande variação e permite a fabricação de produtos de borracha sob encomenda. Indicado para a indústria de pneus, artefatos técnicos e solados.
  • Vestenamer® 8012: aditivo polimérico para processamento de borracha. A Evonik afirma que os seus benefícios são: otimização de processos através de melhorias no rendimento, compostos de baixa viscosidade, melhorias da estabilidade “green strength”, economia de energia e sistema livre de VOC.
  • Visiomer® Tmptma, Visiomer® Egdma, Visiomer® Trgdma: monômeros metacrílicos como coagentes de reticulação para elastômeros curados via peróxido. Monômeros multifuncionais, reativos na presença de radicais livres, que se inserem nas cadeias de elastômero formando uma rede complexa de ligações cruzadas, conferindo alta dureza, resistência química e resistência à abrasão, afirma a empresa. As aplicações típicas são: isolamento/ revestimento de fios e cabos; tubos e mangueiras para radiadores de automóveis, solados, revestimento de rolos, anéis de vedação.
  • Dióxido de Titânio Kronos®: pigmento branco para utilização em solados e artefatos técnicos de borracha.

Serviço:
Expobor
Data: 26 a 28 de junho de 2018
Horário: 13h às 20h
Local: Expo Center Norte
Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – SP
Estande da Evonik: entre as ruas E e F

A Evonik é uma das empresas líderes mundiais em especialidades químicas. Com mais de 36.000 colaboradores, a Evonik atua em mais de 100 países no mundo inteiro. No ano fiscal de 2017, a empresa gerou vendas da ordem de 14,4 bilhões de Euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de 2,36 bilhões de Euros.

Curta nossa página no