Posts Tagged ‘Unigel’

Unigel, Electrolux e Termotécnica fecham parceria para refrigerador sustentável

18/11/2021

Embalagens são reutilizadas na produção de peças para produtos da Electrolux

Em 2020, a Unigel anunciou a criação de uma nova marca de produtos sustentáveis para materiais reciclados chamada Ecogel. Agora, a Companhia firmou parceria com a Termotécnica e a Electrolux para utilização do Ecogel na fabricação de peças de refrigeradores da marca. “O Ecogel, marca que cobre poliestirenos com material reciclado pós-consumo em sua composição, apresenta grande potencial para garantir a circularidade do plástico na cadeia produtiva e incentiva empresas e consumidores a praticar o descarte adequado de materiais”, explica o diretor comercial da Unigel, Marcelo Natal.

A Unigel fornece à Termotécnica o monômero de estireno, matéria-prima para a produção de embalagens em EPS (poliestireno expandido, popularmente conhecido como Isopor, que é uma marca registrada) que são utilizadas pela Electrolux para garantir a integridade de seus eletrodomésticos durante o transporte. Além disso, a Unigel fornece o poliestireno para a Electrolux, empregado na fabricação de peças do interior de refrigeradores, como prateleiras e gavetas. A Termotécnica é detentora de um programa de coleta e reciclagem de EPS e poliestireno pós-consumo, gerando um novo material, o Repor, para ser reintroduzido no ciclo produtivo.

Agora, as três empresas estão juntas para fazer a circularidade de materiais acontecer na prática. “Na produção do Ecogel, o Repor é uma importante matéria-prima. Na prática, as embalagens em EPS de eletrodomésticos retornam para a cadeia produtiva após cumprirem com a sua função, sendo transformadas em novos componentes duráveis que serão incorporados aos refrigeradores Electrolux”, comenta Natal.

Segundo a Unigel, desde outubro de 2020, quando o Ecogel foi lançado, o material pós-consumo já reaproveitado equivale a embalagens de 3 mil refrigeradores da Electrolux ou 1,8 milhão de copos descartáveis. A Electrolux está realizando testes desde o ano passado para garantir a segurança e eficácia do produto. No momento, o produto ainda está em fase de implementação. A previsão é que os primeiros refrigeradores com componentes produzidos com Ecogel cheguem ao consumidor já no início de 2022.

O Diretor de Sustentabilidade da Electrolux América Latina, João Zeni, destaca a importância da parceria com a Unigel e ressalta que uma das principais frentes de atuação em sustentabilidade da Electrolux é tornar os produtos entregues aos consumidores cada vez mais eficientes e incorporados ao conceito de economia circular. “Os desafios e metas gerados pela Electrolux são de longo prazo e envolvem toda a sua cadeia de valor. Para isso acontecer, buscamos estabelecer parcerias que possam se tangibilizar como premissas e compromissos da empresa, tais como este com a Unigel. Entendemos que os grandes desafios ambientais e sociais demandam colaboração intrassetorial e de diferentes atores da sociedade, por isso estamos oferecendo este tipo de parcerias, para que assim possamos encontrar os melhores caminhos em colaboração “, explica Zeni.

João Zeni afirma que a Electrolux está comprometida a incentivar e fomentar a economia circular e a gestão de carbono no setor – com algumas metas globais, tal como atingir o uso de 50% de plástico reciclado em seus produtos globalmente até 2030.

“Nossa abordagem ambiental traz a circularidade na prática, incluindo uma visão integrada desde uma concepção de produtos, eficiência operacional, passando por logística reversa e reciclagem e indo até novas cadeias produtivas, fechando o ciclo da economia circular. Pensando na cadeia logística como um todo, dar uma nova vida como embalagens pós-consumo, transformando-as em produtos nobres, atende à demanda da sociedade por uma atuação responsável das empresas em termos de sustentabilidade “, declara Albano Schmidt, presidente da Termotécnica.

De acordo com o diretor comercial da Unigel, Marcelo Natal, a linha Ecogel está tendo boa aceitação no mercado. “Estamos otimistas com os primeiros resultados obtidos pelos clientes que estão testando nossas soluções. Esperamos poder reaproveitar aproximadamente 200 toneladas de material pós-consumo até o final de 2022, que darão origem a novos produtos indispensáveis no dia a dia das pessoas “, afirma Natal.

Curta nossa página no

Unigel lança linha de produtos desenvolvidos com plástico pós-consumo

08/10/2020

A Unigel – uma das maiores petroquímicas do país – anuncia a criação de uma nova marca de produtos sustentáveis chamada Ecogel️. Dentro deste novo conceito, foi desenvolvida uma linha de Poliestirenos com conteúdo de material reciclado (plástico pós- consumo). O produto foi lançado na segunda-feira (5) e tem como principal objetivo garantir a circularidade do poliestireno na cadeia, minimizando os impactos do descarte inadequado.

“Durante a pandemia, a população voltou a perceber a vantagem de utilizar materiais descartáveis – tais como embalagens alimentícias, copos, pratos e talheres – como importante medida sanitária para evitar a propagação de doenças transmissíveis como a COVID-19. Lançar um novo produto neste contexto é extremamente importante para a Unigel, para os clientes e, principalmente, para o meio ambiente e para a sociedade como um todo”, ressalta Wendel Souza, Diretor Geral de Operações Comerciais da Unigel.

De acordo com Souza, na composição do primeiro produto da marca Ecogel️ serão utilizados até 30% de material reciclado e todo o desenvolvimento da linha do Poliestireno Ecogel️ será realizado por meio de parcerias com clientes, recicladores, cooperativas e brand owners. “O consumidor final é o elo principal desta cadeia. Sem a correta destinação de materiais recicláveis para reaproveitamento não é possível ter eficiência na circularidade. Todos precisam estar caminhando juntos neste nosso novo desafio”, afirma.

Segundo a Unigel, a necessidade do descarte adequado e a reutilização precisam ser focalizadas como parte do processo normal de fabricação de novos produtos plásticos. “Queremos cada vez mais retirar este nobre material dos locais inadequados onde eles são erroneamente descartados”, explica.

Pela sua leveza, versatilidade e baixo custo, o plástico se popularizou muito rapidamente. Toda a população, consciente ou inconscientemente, usufrui dos benefícios deste material, utilizando-o no seu cotidiano, seja em embalagens, artigos médicos, utensílios domésticos, utensílios de higiene pessoal ou em componentes de eletrodomésticos, automóveis, artigos da construção civil e outras aplicações.

“O plástico demora 450 anos para se decompor. A pergunta que sempre nos fazemos é: isto é ruim? Um produto com esta durabilidade e com a propriedade de ser reciclado infinitas vezes sem perder suas propriedades deveria ser festejado por todas as pessoas. E qual é o problema envolvendo plástico, então? Bom, nem sempre descartamos este valioso material em locais corretos e por conta disto ele acaba sendo destinado em lugares onde ele jamais deveria estar”, explica Wendel Souza.

A demanda por soluções sustentáveis tem aumentado em praticamente todos os setores da economia. E pensando em evitar que este material nobre seja descartado como lixo comum, a Unigel vem desenvolvendo soluções em uma rede de sustentabilidade, envolvendo seus clientes, transportadores, cooperativas de recicladores e fornecedores, a fim de viabilizar o aproveitamento o potencial do material pós consumo.

Curta nossa página no

Unigel doa materiais e alimentos para auxiliar na mitigação da Covid-19

27/04/2020

A Unigel, uma das maiores indústrias químicas e petroquímicas do país, com presença nos estados da Bahia e de São Paulo, vem intensificando suas ações sociais para auxiliar a população a amenizar os impactos da pandemia de coronavírus – Covid-19, com a doação, até o momento, de 47 toneladas de materiais de seu portfólio, 13 toneladas de alimentos e 2 respiradores.

Essenciais para o setor médico e hospitalar, materiais que garantem descartabilidade e higiene são necessários em ambientes de risco durante situações de pandemia como a atual. Por isso, foram doadas 5 toneladas de poliestireno (PS) para, em conjunto com a indústria transformadora ligada à Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico), fornecer 2 milhões de copos descartáveis para hospitais da rede pública. Adicionalmente, a Unigel doou 2 toneladas de Poliestireno para produção, em conjunto com a Copobras, de 200 mil embalagens alimentícias em isopor (EPS) para atendimento da população vulnerável em Salvador/BA.

Em resposta às necessidades dos profissionais de saúde por equipamentos de proteção para combater a COVID-19, a Unigel realizou a doação de 30 toneladas de metil-metacrilato (MMA) para que, em parceria com os transformadores de chapas acrílicas (Cristal e Cor, Castcrill, Central do Acrílico, Dacril, Acrimax e Itacril), fossem fornecidas a hospitais 6 mil cúpulas de intubação para evitar contaminação dos médicos com COVID-19. A companhia ainda realizou a compra de dois respiradores importados para doação a hospitais públicos de Salvador/BA, em ação coordenada com a FIEB (Federação das Indústrias do Estado da Bahia).

Ainda dentro do portfólio de produtos químicos e petroquímicos que podem, neste momento, ajudar no combate à pandemia, a Unigel uniu-se a outro grande grupo industrial químico no projeto de fabricação de 500 mil litros de álcool em gel para distribuição à rede pública de saúde, doando, para isso, 10 toneladas de ácido metacrílico.

Os itens descartáveis têm se mostrado fundamentais no combate ao vírus e, neste sentido, eles são a base da iniciativa da Unigel que não se restringe, porém, a este segmento para apoiar o combate à COVID-19. Para auxiliar emergencialmente as famílias vulneráveis que podem estar temporariamente com a renda prejudicada em razão do isolamento social, a Unigel doou 13 toneladas de alimentos, sendo 750 cestas básicas, aos alunos da Escola Gisella Tygel e 550 cestas básicas aos alunos da Escola XIV de Agosto, ambas instituições de ensino mantidas pela companhia em Candeias/BA.

Foto: Bahianoticia.com.br

Curta nossa página no

Nona participação da Mais Polímeros na Interplast terá foco no desenvolvimento do Polietileno Verde, PS Cristal e PS Alto Impacto

31/03/2016

Mais-Polimeros

A Mais Polímeros (www2.maispolimeros.com.br) , distribuidor oficial de resinas termoplásticas da Braskem e Unigel, apresentará o portfólio disponível de seus fornecedores durante a Interplast 2016 e direcionará esforços no sentido de ampliar o desenvolvimento e a utilização do Polietileno Verde da Braskem, além do PS Cristal e PSAI da Unigel.

“Estamos oficialmente credenciados para fornecer o Polietileno Verde da Braskem para os clientes que atuam num segmento de mercado crescente e que se diferenciam por uma maior conscientização a respeito de inovações com desempenhos através dos conceitos de economia colaborativa, perenidade e evolução sustentável. A Braskem nos provoca a buscar clientes dispostos a investir nessa nova tecnologia/conceito cuja ‘pegada ecológica’ é um diferencial dos mais relevantes, além da mudança ‘zero’ em termos do processamento das resinas. Em termos comerciais, quem sai na frente consegue superar rapidamente os custos de entrada e colher resultados superiores em termos de margem, preferência das grandes empresas/clientes, imagem e reconhecimentos de mercado, tanto a nível nacional como internacional”, adianta Aparecido Camacho, Gerente Comercial.

A Mais Polímeros trabalha com a distribuição de todo o portfólio de seus fornecedores, Braskem e Unigel: PP’s Homopolímeros, PP’s Copolímeros Heterofásicos, PP’s Copolímeros Random, PEAD’s para Filmes, Injeção, Extrusão e Sopro, PEBD’s para Filmes e Injeção, PEBDL’s Buteno, Hexeno e Octeno, EVA’s para Filmes, Placas e aplicações em Hot Melt, PS’s Cristal e PS’s Alto Impacto; além das famílias de especialidades em PE Verde, Pluris, Symbios e Prisma da Braskem e SAN e Acrílico da Unigel.

“Além de entregarmos matérias-primas de qualidade reconhecida, a pronta entrega, oferecemos soluções ágeis para atender às mais diversas necessidades e garantir competitividade e confiabilidade aos nossos clientes e parceiros comercias”, ressalta Daniela Guerini, diretora.

As expectativas quanto à participação na 9ª Interplast são muito positivas. “Acreditamos que a conscientização dos consumidores está levando as empresas a repensarem seus processos, produtos e serviços associados. Um evento como esse é sempre uma oportunidade para estreitar e desenvolver novos relacionamentos, contatos, projetos e afins. Por isso, reforçamos o convite a todos os nossos clientes, fornecedores, parceiros e colegas a nos visitarem na Interplast”, destaca Camacho.

Em sua nona participação, a Mais Polímeros espera fortalecer sua presença no mercado e região; além de firmar novas parcerias e realizar bons negócios. “A Mais Polímeros participa da Interplast desde sua primeira edição. Somos parceiros nesse pioneirismo e crescimento. A cada edição a Feira nos surpreende de forma positiva em termos de organização e ampliação das janelas de oportunidades e negócios. Também destacamos a qualidade e diversidade dos visitantes, que nos permite sempre boas reflexões em termos de negócios e mercados”, afirma Camacho.

Serviço:
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.euromoldbrasil.com.br
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Assessoria de Imprensa – Interplast

Curta nossa página no

Unigel anuncia investimentos de R$ 40 milhões em Centro de Tecnologia e Inovação em Camaçari (BA).

22/08/2011

A Unigel apresentou no último dia 16/08 ,  no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia – FIEB, o projeto do seu novo Centro de Inovação e Tecnologia (CITU).  O Centro ocupará uma área de 2 mil metros quadrados nas instalações da empresa, em Camaçari,  e receberá investimentos  de aproximadamente R$ 40 milhões no decorrer dos próximos anos. O Centro de Pesquisas contará com laboratórios, equipamentos e plantas pilotos e um quadro técnico de aproximadamente 50 pesquisadores, engenheiros e técnicos.

“A inovação e a pesquisa fazem parte do DNA da Unigel; por isso a criação deste centro representa a frutificação de investimentos de longa data em tecnologia”,  afirma o presidente do grupo Unigel Henry Armand Slezynger, fazendo menção ao fato de que a origem da empresa, na década de 60, teve relação com pesquisas para o desenvolvimento de resinas acrílicas.

Segundo Luiz Pontes, diretor-presidente do Centro de Inovação e Tecnologia da Unigel, a Unigel irá formar parcerias com agências financiadoras de projetos como a FINEP e Fapesb para o lançamento de editais na área de ciência e tecnologia. “Também vamos apoiar teses de mestrado e doutorado e estimular pesquisadores da academia a estudar os problemas da indústria”, explicou Pontes,  que também professor é da UNIFACS.

UNIGEL anuncia, na Brasilplast, produção de resinas ABS no Brasil.

13/05/2011

A Unigel S.A., empresa controladora da CBE – Companhia Brasileira de Estireno, irá produzir 90.000 toneladas/ano de resina ABS (Acrilonitrila – Butadieno – Estireno) em sua unidade localizada em Guarujá, SP. A iniciativa permitirá ao país substituir importações por produção nacional, tendo em vista que o Brasil atualmente importa a totalidade de sua demanda por essa resina.

O investimento na unidade de produção será de R$ 70 milhões e permitirá à Unigel gerar um faturamento anual adicional de R$ 330 milhões. A nova fábrica entrará em operação até o final de 2012.

“As principais matérias-primas para produção do ABS, Estireno e Acrilonitrila, já são produzidas pelo Grupo Unigel no Brasil”, afirma Marcelo Calil Bianchi, diretor do Negócio de Estirênicos da Unigel. O ABS é utilizado principalmente na indústria automobilística, de eletrodomésticos e produtos eletrônicos.

Com atuação no Brasil há 45 anos, a Unigel está distribuída em 15 unidades industriais localizadas no Brasil e no México, que produzem matérias-primas utilizadas em diversas indústrias, tais como: automobilística, têxtil, de construção civil, de embalagens, agrícola, de mineração e de eletroeletrônicos. As exportações da Unigel são destinadas à Europa, aos Estados Unidos e a países da Ásia e da América Latina e os investimentos no Brasil nos últimos 10 anos ultrapassam R$ 1,5 bilhão.

Um dos grandes diferenciais da Unigel está na combinação da integração operacional com o domínio de tecnologia de processos e a inovação constante, criando novas oportunidades de negócios e possibilitando a obtenção de produtos de alta qualidade; fatores que garantem competitividade nos mercados nacional e internacional.

O faturamento estimado da Unigel para 2011 é de R$ 3 bilhões, gerando mais de 2000 empregos diretos globalmente.

Unigel na Brasilplast
A Unigel está anunciando, na Brasilplast, o seu novo conceito de comunicação, que vem acompanhado da assinatura: Unigel – Vocação para o Futuro. O conceito destacará ao mercado a vocação da Unigel de ser uma empresa pioneira, brasileira, integrada e líder.

“O slogan retrata o passado sólido da Unigel, a sua vocação, e a confiança da empresa no amanhã. Acompanha o logo e estará presente em todas as ações desenvolvidas”, afirma Bianchi.

O conceito envolve todas as frentes de negócio da Unigel, representadas por estirênicos, acrílicos e embalagens. A Unigel é pioneira no Brasil na produção de acrílicos e acrilonitrila, e também uma das primeiras na produção de PS.

Fonte:  Brasilplast / Printec Comunicação