Posts Tagged ‘Trēva’

Bioplástico da Eastman conquista o rótulo de produto certificado pelo Departamento de Agricultura dos EUA

26/09/2017

Os profissionais de sustentabilidade da marca e designers de engenharia podem conhecer mais sobre o produto no Bio-Based Live, em San Diego

A Eastman Chemical Company, produtora de classe mundial de materiais de celulose, apresentará o seu produto Eastman TRĒVA no Bio-Based Live, que será realizado em San Diego – Califórnia, nos dias 26 a 27 de setembro. O material, projetado para ajudar as empresas a avançar no trade-off entre sustentabilidade e desempenho, recebeu recentemente a etiqueta de produto biobaseado, certificado pelo programa BioPreferred® do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Segundo a Eastman, esta certificação verificou que o TRĒVA GC6011 tem um conteúdo de 45% de biobase e que o TRĒVA GC6021 tem um conteúdo de 42% de biobase.

A Eastman afirma que o TRĒVA oferece uma combinação de propriedades termoplásticas e desempenho, flexibilidade de design e preço – algo que outros bioplásticos não conseguem combinar. A celulose do TRĒVA é proveniente exclusivamente de florestas geridas de forma sustentável, que são certificadas pelo Forest Stewardship Council (FSC). Livre de BPA e ftalatos, o TRĒVA resiste melhor do que outros termoplásticos de engenharia a alguns dos produtos químicos mais severos, incluindo óleos de pele, protetores solares e produtos de limpeza domésticos, assegura a Eastman. Além disso, o TRĒVA não causa o efeito indesejado de arco-íris que alguns plásticos apresentam com luz polarizada, o que melhora a experiência do usuário com telas de dispositivos eletrônicos e displays de varejo, garante o fabricante do material.

Esses atributos, segundo a Eastman, tornam o TRĒVA uma escolha adequada para lentes de óculos, eletrônicos que entram em contato com a pele, fones de ouvido, displays eletrônicos, gabinetes de equipamentos eletrônicos e componentes automotivos interiores automotivos nos quais a resistência química e a estética são desejadas, além de outras aplicações que exigem sustentabilidade e requisitos de segurança.

Durante a Bio-Based Live, estão sendo apresentadas várias atividades da Eastman:

· Apresentação de produtos sustentáveis: Holli Alexander, Gerente de Iniciativas Estratégicas da Sustentabilidade Global na Eastman realizará uma apresentação na terça-feira, 26 de setembro, às 11h30 (PDT) sobre o tema de Sustentabilidade: o requisito mais importante, exceto por alguns outros.

· Painel de produtos sustentáveis: Também no dia 26 de setembro às 12h, Alexander participará de um painel de discussão sobre maneiras de incorporar a sustentabilidade no modelo de negócios, juntamente com representantes da Elk Packaging, TIPA Corp. e Totally Green Bottles and Caps.

Além do TRĒVA, estarão expostas outras soluções no stand da Eastman:

· Fio celulósico Eastman Naia ™: Com certificação pelo Programa BioPreferred do USDA, a Naia da Eastman permite que as marcas criem tecidos confortáveis, fáceis de cuidar e luxuosos, ao mesmo tempo que cumprem os requisitos de contato direto com a pele. Possui certificação da Classe II com o rótulo Oeko-Tex .

· Fibra celulósica Eastman Vestera ™: Segundo a Eastman, esta fibra celulósica também é certificada pelo Programa BioPreferred do USDA e proporciona suavidade, absorção, opacidade e padronização aprimoradas para ajudar as marcas a obter a estrutura ideal para toalhetes descartáveis, higiene pessoal, itens de serviço e outros produtos.

A Eastman é uma empresa global de materiais avançados e aditivos especiais que produz uma ampla gama de produtos e soluções inovadoras para mercados finais como transporte, construção civil e produtos de consumo. A Eastman atende clientes em mais de 100 países e, em 2016, obteve receitas de aproximadamente US $ 9,0 bilhões. A empresa está sediada em Kingsport, Tennessee, EUA e, emprega, aproximadamente, 14.000 pessoas em todo o mundo.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Eastman

Curta nossa página no

Anúncios

Eastman lança bioplástico de engenharia à base de celulose

04/07/2017

Segundo a empresa, o Eastman Trēva é um termoplástico versátil que combina alta performance e sustentabilidade

A Eastman Chemical Company, líder na produção de materiais à base de celulose, lançou recentmente o inovador bioplástico de engenharia Trēva. Segundo Burt Capel, vice-presidente e gerente geral da unidade de negócios de Plásticos Especiais da empresa, “A Eastman agrega como vantagem seus quase 100 anos de expertise em celulose para o design e a performance do Trēva, para chegar ao melhor perfil sustentável e ao desempenho desejados pelas marcas, fabricantes, moldadores e outras companhias em sua cadeia de valores”. Capel apresentou oficialmente o lançamento à imprensa durante a Feira Chinaplas, em Guangzhou, na China.

Segundo a Eastman, os benefícios de Trēva são o tripé: sustentabilidade, desempenho de uso final e flexibilidade de design e marca.

Benefícios de Sustentabilidade

A empresa não forneceu detalhes sobre a composição química do novo material, mas informou que metade da composição de Trēva ​​é celulose, material proveniente de florestas de manejo sustentável que são certificadas pelo Forest Stewardship Council (FSC). O novo material é livre de BPA (Bisfenol A) e de ftalatos.

Sua fluidez, durabilidade e estabilidade dimensional permitem menor uso de materiais, peças mais finas e de vida útil mais longa, o que melhora as avaliações do ciclo de vida (LCA), afirma a empresa.

Desempenho de uso final

A Eastman assegura que o Trēva ​​oferece excelente resistência química quando comparado a outros termoplásticos de engenharia, compreendendo a resistência a alguns dos produtos químicos mais agressivos e incluindo óleos para tratamento de pele, protetores solares e produtos de limpeza domésticos.

A baixa taxa de tensões internas residuais do material significa, na prática, a eliminação do efeito não desejado da arco-íris que alguns plásticos apresentam sob luz polarizada, o que melhora a experiência do usuário com telas de dispositivos eletrônicos e displays de varejo, afirma a empresa.

Design e flexibilidade da marca

As características de fluidez do Trēva ​​também possibilitam liberdade de design, o que permite que ele seja usado com peças de design complexo e em peças de paredes finas, relata a Eastman. Sob condições de processamento recomendadas, o recente teste de fluxo espiral de 30 mil de parede fina mostra que as taxas de fluxo de Trēva ​​são significativamente melhores do que as “blendas” de policarbonato, de policarbonato / ABS e são comparáveis ​​às resinas ABS, afirma a empresa.

De acordo com a Eastman, o Trēva ​​é projetado para permitir brilho superficial superior, transparência e toque sensorial térmico, potencializado por meio de uma combinação do material de base e a experiência tecnológica da empresa. O material também oferece grande possibilidade de incorporação de cores e processos secundários mais fáceis, além de capacidade de decoração, o que cria opções adicionais de design e de branding.

Aplicações

Segundo a Eastman, a combinação de benefícios de sustentabilidade e de segurança de Trēva, melhorias no desempenho do uso final e na flexibilidade de design e marca tornam a escolha de material ideal para as seguintes aplicações:

● Armações de óculos, eletrônicos que entram em contato com a pele, como fones de ouvido e muitos outros dispositivos de uso pessoal
● Telas de Aparelhos eletrônicos, como lentes, já que os consumidores precisam enxergar através delas
● Eletrônicos, gabinetes de equipamentos eletrônicos e outros produtos com alto design e especificações complexas
● Componentes interiores automotivos nos quais a resistência química e a estética são desejadas
● Outras aplicações que exigem alta sustentabilidade e requisitos de segurança

“A Eastman está empenhada em atender as necessidades almejadas de clientes atuais e potenciais”, disse Capel. “Há enorme interesse por parte de marcas de todo o mundo e estamos entusiasmados em trabalhar em estreita colaboração com eles, para criar a próxima geração de produtos de alto desempenho e sustentáveis”.

A Eastman é uma empresa global de materiais avançados e aditivos especiais que produz matérias primas para mercados finais, tais como transporte, construção civil e produtos de consumo. A Eastman atende clientes em mais de 100 países e, em 2016, obteve receitas de aproximadamente US $ 9,0 bilhões. A empresa está sediada em Kingsport, Tennessee, EUA e, emprega, aproximadamente, 14.000 pessoas em todo o mundo.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Eastman

Curta nossa página no