Posts Tagged ‘Sucos’

Solução da Sidel abre o caminho para criação de embalagens de nível “premium” na produção de bebidas envasadas a quente em PET

04/12/2018

Segundo a Sidel, BoostPRIME™ é uma solução exclusiva de embalagem PET, oferecendo uma alternativa para bebidas envasadas a quente em garrafas PET. A empresa afirma que a solução amplia as oportunidades para a “premiumização” do produto e aumento dos rendimentos sem comprometer o desempenho da embalagem nem a experiência de consumo. Essa solução patenteada é voltada para o mercado de porções individuais de JNSDIT (sigla em inglês para sucos, néctares, refrescos, isotônicos e chás) envasados em garrafas PET de até 1,2 L à temperatura de 85-88°C.

De acordo com a Sidel, a solução de embalagem BoostPRIME elimina a necessidade dos restritivos painéis de vácuo ou adição de gás nas garrafas PET, que normalmente são necessários para os recipientes resistirem às temperaturas de enchimento a quente. O formato final da garrafa é obtido com uma inversão ativa do fundo e conta com três características principais com pouco impacto no layout da linha de produção de embalagem:

  • O projeto da embalagem exige especificações precisas da geometria do fundo.
  • O Base OverStroke System (BOSS) possibilita a formação mecânica do fundo da garrafa durante o processo de sopro.
  • O inversor contribui para a inversão do fundo. Essa etapa ocorre depois do enchimento, fechamento, inclinação e resfriamento — e antes da rotulagem. Ela equilibra a pressão negativa decorrente do resfriamento da bebida na garrafa de 85°C para a temperatura ambiente.

“Premiumização”: maior atrativo da embalagem para destacar-se na prateleira

A retirada das restrições técnicas do vácuo nas garrafas oferece liberdade de forma para obter garrafas PET premium diferenciadas. Segundo a Sidel, a solução proporciona um aspecto uniforme às garrafas enchidas a quente e de forma asséptica, compatível com a imagem da marca. Outra vantagem mencionada pela empresa é que qualquer formato característico de garrafa com painéis pode ser facilmente adaptado sem afetar a visão que o consumidor tem do produto. Além disso, amplia o destaque à marca, visto que a superfície de rotulagem das garrafas sem painel de vácuo é mais lisa e contribui para uma identidade visual melhor e mais impactante, garante a Sidel. A qualidade da rotulagem tanto dos rótulos roll-fed como sleeve melhoram muito devido à pressão interna da garrafa durante a aplicação do rótulo.

Melhora nos rendimentos

Segundo a Sidel, a solução de embalagem BoostPRIME reduz bastante o consumo de resina PET: pode diminuir em até 30% o peso das garrafas resistentes ao calor (HR), em comparação com as garrafas PET HR normais. Também proporciona aos produtores uma economia no material de rotulagem, tornando possível mudar de uma aplicação de rótulo sleeve para roll-fed, assegura a empresa. Todos os parâmetros do processo — pressão do ar durante o sopro, resfriamento do ar — são otimizados ao nível máximo de velocidade mecânica. A fabricante afirma que, ao investir na solução BoostPRIME em uma nova linha PET de enchimento a quente para produção de garrafas de 1 L , os produtores de bebidas podem recuperar rapidamente o investimento em um ano, considerando o investimento adicional versus uma configuração tradicional de linha. Ao mudar das garrafas HR normais com painéis de vácuo decoradas com rótulos sleeve para as garrafas leves com rótulos roll-fed, o potencial de redução de peso das garrafas é estimado entre três e sete gramas, além de uma redução de dez vezes nos custos da rotulagem, garante a Sidel.

Qualidade superior da garrafa e desempenho de embalagem ampliado

A solução completa de embalagem gera um processo de sopro e um perfil final do fundo da garrafa uniformes. O resultado é uma garrafa de qualidade superior e excelente experiência de consumo, assegura a Sidel. Embora leve, a robustez da garrafa não muda quando resfriada porque a pressão interna da garrafa resultante da inversão do fundo reduz o risco de deformação. Visto que o recipiente é mais forte e a superfície da parede da garrafa é mais lisa, a qualidade da aplicação do rótulo é particularmente otimizada, afirma a empresa. Além disso, o amplo diâmetro de apoio do fundo aprimora a estabilidade da garrafa através da linha de embalagem e no palete, contribuindo assim para a eficiência da linha

As primeiras linhas BoostPRIME de PET enchido a quente  já operam no México

A solução de embalagem BoostPRIME da Sidel está sendo usada por um cliente importante no México, onde a produção industrial começou com sucesso no início deste ano. Com aproximadamente 50 SKUs em produção, esse fabricante de bebidas já alcançou enorme economia de até 32% no peso das garrafas, afirma a Sidel. Essas bebidas enchidas a quente, incluindo suco, chá e isotônicos são produzidas utilizando uma variedade de configurações de produção: produção off-line e in-line, equipamentos de sopro e enchimento já em uso e novos da Sidel, sopradora Sidel independente e a Combi integrada de sopro-enchimento-fechamento da Sidel, sopradoras SBO Universal e SBO Sidel Matrix™, enchimento com contato e enchimento por medidor de vazão, aplicação de rótulos sleeve e roll-fed. Todas as linhas configuradas para a BoostPRIME podem também produzir garrafas resistentes ao calor tradicionais com ou sem painéis, o que aumenta a versatilidade da solução de embalagem.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Sidel

Curta nossa página no </

Anúncios

Almarai instala duas linhas de PET completas da Sidel para atender ao aumento da demanda por sucos na Arábia Saudita

12/11/2018

A Almarai, produtora líder do mercado de bebidas lácteas e sucos no Oriente Médio, entrou em contato com o Sidel Group para ampliar sua capacidade de produção de suco de laranja distribuído através da cadeia de frio. As demandas da empresa priorizavam alta velocidade, confiabilidade da linha, bem como garantia de uma produção de alta qualidade.

Desde a fundação da empresa em 1977, o crescimento da Almarai se deve a investimentos estratégicos que a transformaram na maior produtora e distribuidora de alimentos e bebidas do Oriente Médio, com uma capitalização de mercado superior a 12,5 bilhões de dólares. A estrutura de produção, marketing e distribuição da Almarai permite distribuir diariamente produtos para mais de 110.000 pontos de venda situados nos seis países do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) , além de Egito e Jordânia.

Sucos disparam na preferência do consumidor

Quando a Almarai consultou a Sidel, precisava aumentar a capacidade de produção do formato de dose individual (200 ml) dos sucos de laranja envasados em PET e distribuídos através da cadeia de frio (refrigerados). A demanda era consequência direta da preferência manifestada de maneira expressiva pelos consumidores. Uma parte da linha de produtos oferecia vinte opções de sabores, refletindo as tendências mais marcantes do mercado de bebidas da Arábia Saudita. Segundo estudos, a busca de fórmulas mais saudáveis e naturais deverá influenciar consideravelmente as vendas de suco.

A Almarai decidiu instalar duas novas linhas PET completas da Sidel, cada uma delas com capacidade para produzir 54.000 garrafas por hora (gph), na planta central de processamento situada na cidade de Al Kharj.

Soluções de embalagem para maior eficiência

Como a Sidel é tem mais de 35 anos de experiência no setor de envase PET, reunia as qualidades para prestar apoio à Almarai na busca de soluções de fabricação e processamento. As duas novas linhas PET completas instaladas na unidade de produção de Al Kharj – as primeiras encomendadas pela Almarai junto à Sidel – empregam os equipamentos e recursos dos Sistemas de Processamento da Tetra Pak (TPPS, na sigla em inglês). O equipamento de processamento TPPS captura o sabor natural da bebida e garante que seu consumo é seguro, afirma a Sidel.

Anurag Sharma, gerente de vendas da Sidel na Arábia Saudita, explica: “Nosso desafio era encontrar uma solução para garantir maior eficiência e assim fortalecer a rentabilidade e otimizar o Custo Total de Propriedade (TCO, na sigla em inglês). Tudo isso sem abrir mão da alta qualidade dos produtos, que é essencial para a Almarai, tendo em vista o excelente desempenho das vendas de seu suco de laranja. Para alcançar esses resultados com as duas linhas completas, a Almarai optou pela Sidel Combi. Integrando os processos de sopro, enchimento e fechamento em um único sistema, a Combi reduz os custos operacionais e ocupa um espaço até 30% menor que os equipamentos individuais convencionais. Como a solução traz menos máquinas, oferece níveis de eficiência até 4% superiores aos das máquinas independentes, além de consumir menos energia e proporcionar troca de formato mais rápida. Em consequência, os custos operacionais são até 12% menores, economizando mão de obra, matérias primas e peças de reposição.”

As duas Combis instaladas na unidade de Al Kharj são equipadas com uma enchedora SF100 da Sidel, que, segundo a empresa, garante ótima operabilidade e alta produtividade. A Sidel afirma que a válvula de “dupla velocidade” permite obter um desempenho homogêneo e produtos de qualidade, especialmente na fabricação de bebidas com polpa. Além disso, tanto os medidores de vazão magnéticos como as válvulas de enchimento são equipados com êmbolos para garantir precisão, dando maior eficiência ao envase e à limpeza, sem esquecer que o sistema previne entupimentos e facilita a remoção dos resíduos de polpa, garante o fabricante das máquinas. Para assegurar uma proteção ainda maior do produto e facilitar as operações, o compartimento impermeável com filtro HEPA garante higiene, enquanto a limpeza “Cleaning In Place” (CIP) dispensa a intervenção de operadores, graças às garrafas falsas automáticas, complementa a Sidel.

A Combi é completada pela rotuladora RollQUATTRO Evo da Sidel. Utilizando principalmente a tecnologia Roll-Fed envolvente para aplicar rótulos de papel ou plástico com cola quente, a rotuladora proporciona a flexibilidade para atender às necessidades da Almarai em termos de processamento de frascos leves e rótulos finos em altíssima velocidade.

Sistema de final de linha para maior flexibilidade e melhor qualidade do pacote

Como parte das soluções completas disponibilizadas pela Sidel, a Almarai decidiu aplicar as soluções da Gebo Cermex para otimizar o desempenho do final de linha. Foram instalados dois sistemas de empacotamento com filme termoencolhível para controlar três configurações de pacotes: 6×4, 2×3 e 2×3 garrafas em clusters (agrupamentos). Para dar ainda mais flexibilidade em velocidades altíssimas (67.500 gph em sobrevelocidade), uma das empacotadoras de filme termoencolhível processa garrafas retangulares individuais em fluxo massivo, posicionando-as em bandejas e aplicando filme, enquanto a outra opera tanto com garrafas individuais como packs de garrafas agrupadas por meio de pinos de seleção especiais com rolos que identificam os agrupamentos conforme o agregado ou lote de produtos. Para garantir um resultado homogêneo e confiável para a produção de pacotes da mais alta qualidade – verdadeiro desafio devido ao diâmetro reduzido da garrafa –, a máquina foi equipada com uma câmera de inspeção 3D que detecta frascos faltantes na bandeja antes da aplicação do filme termoencolhível. Além disso, a mesa removível de injeção da empacotadora de filme termoencolhível facilita a manutenção e dá estabilidade ao manuseio do filme.

Para garantir maior economia de energia e redução do TCO, os sistemas de empacotamento com filme termoencolhível são combinados com duas paletizadoras EvoFlex® da Gebo Cermex. O sistema de paletização Evoflex tem alimentação de nível baixo capaz de operar com até 12 camadas por minuto e, segundo o fabricante, oferece vantagens significativas em termos de ergonomia, consumo de energia e segurança. A solução é equipada com o AxoSmart, sistema de preparação de camadas criado pela Gebo Cermex para atender às demandas de embalagens mais ecológicas (garrafas mais leves e menos embalagens secundárias) e portfólio de produtos mais variado.

Inteligência operacional

As duas linhas PET completas instaladas na fábrica de Al Kharj são equipadas com o EIT® (ferramenta de melhoria da eficiência) do Sidel Group, sistema de aquisição de dados e inteligência de fabricação. Segundo a empresa, a sua solução registra dados brutos de produção 24h por dia e 7 dias por semana, calcula um grande número de indicadores de desempenho (KPIs), analisa problemas de produção, detecta fontes de perda de eficiência e efetua análises de causa raiz. Atualmente instalado em mais de 70 países, o sistema foi criado para diminuir as paradas não planejadas, reduzir desperdícios e custos, além de aumentar o rendimento da fábrica, pois permite que funcionários de todos os níveis hierárquicos da empresa acessem dados relevantes e acionáveis sobre questões de produção em tempo real. A versão do EIT da Almarai apresenta uma funcionalidade adicional: o módulo ECO, que monitora e mede o consumo de energia, água e outros serviços essenciais no nível do equipamento e da linha. Segundo a Sidel, além de fornecer o custo da energia por unidade produzida, o sistema estabelece correlações entre as tendências de consumo (incluindo energia, água, vapor ou ar comprimido) e ocorrências na linha ou fases de produção a fim de melhorar o desempenho de maneira duradoura.

As duas linhas começaram a operar no último trimestre de 2017, tendo disponibilizado produtos para comercialização a partir desse mesmo período.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Sidel

Curta nossa página no