Posts Tagged ‘Styrolution’

Styrolution participou da Feiplastic 2015 com últimas inovações

11/05/2015
  • Empresa apresentou aplicações inovadoras para diversas indústrias, incluindo automotiva, saúde, construção civil, eletrônicos, utilidades domésticas e embalagem
  • Styrolution discutiu como a integração com a INEOS ABS irá beneficiar clientes na América Latina
  • A empresa lançou as novas grades de AMSAN e ASA para modificação de aplicações externas em PVC na Região

Feiplastic_StyrolutionA Styrolution, líder mundial em polímeros de estireno, participou pela primeira vez da Feiplastic 2015. A empresa apresentou uma gama de produtos inéditos e tendências mundiais de aplicações para diversos segmentos industriais, como automotivo, saúde, construção civil, eletrônico, utilidades domésticas e embalagem.

A empresa também apresentou para a América Latina novos materiais de estireno em pó para uso na modificação de compostos de PVC na construção civil. Representantes da empresa explicaram a recente integração da Styrolution’s com a INEOS ABS’ e falaram sobre as vantagens que essa integração promoverá para os clientes na América Latina.

Pontos principais da exposição na Feiplastic:

Inovação na indústria automotiva: a Styrolution apresentou suportes de para-choques e grades frontais feitos de Luran® S, marca registrada de ASA (acrilonitrila estireno acrilato de butila); peças decorativas automotivas para interiores e exteriores, como detalhes de painel, feitos de Novodur® HH (ABS high-heat). Outra aplicação inovadora apresentada foi o Luran® S com hot-stamped film overlay para aplicação em grades frontais no segmento premium automotivo.  Já para itens sem brilho de interior dos veículos, como peças do painel central e grelhas de auto-falantes, a empresa trouxe o Terblend N, material de alta resistência química e excelente absorção acústica, segundo a empresa. Uma chapa de extrusão para a guarnição interior de ônibus e caminhões que utilizam o INEOS ABS ‘Lustran® também esteve em exposição.

Valor para o setor de construção civil: Dentre as novidades que a Styrolution apresentou no segmento estão grades de Luran® S (ASA) específicos para uso em decks, cercas, trilhos e tapumes além de aplicações para irrigação e jardinagem usando o ABS standard Terluran®. Na Feiplastic 2015, a empresa lançou na América Latina grades de AMSAN em pó (alfa metil estireno acrilonitrila).

Soluções de polímeros versáteis para o segmento de saúde: foram apresentadas aplicações flexíveis para dispositivos médicos, incluindo câmaras de gotejamento feitos de Styrolux® e Styroflex®; tubos médicos flexíveis de Styroflex; seringas e micro seringas produzidas a partir NAS®, Zylar®, Clearblend® e INEOS ABS’ Lustran. Entre os exemplos de produtos estão mangueiras de soro e demais componentes médicos;

Estireno para a indústria eletrônica: Oferecendo inovação para a indústria eletrônica, a Styrolution apresentou baterias estacionárias feitas de Luran® (SAN) e impressoras que utilizam Terluran® (ABS). Essas aplicações garantem aos produtos excelente nível de resistência mecânica, transparência e de processabilidade, afirma a Styrolution.

A casa do futuro: A Styrolution mostrou utensílios domésticos e linha branca feitos com Luran® S, copos transparentes feitos de NAS®, além de  aparelhos eletrodomésticos portáteis produzidos com Terluran® e  Luran®, este último usado na fabricação de copos de liquidificador, material premium com um baixíssimo percentual de monômero residual, segundo a empresa.

Diversidade de embalagens: a empresa apresentou embalagens flexíveis feitas de Styrolux® e  Styrolution® PS, embalagens de cosméticos produzidas a partir de Terluran® e Luran®, bem como copos descartáveis feitos de NAS e Lustran SAN.

Integração dos negócios Styrolution e INEOS ABS: No mês passado, a INEOS anunciou sua intenção de integrar seu negócio INEOS ABS ao da Styrolution, a fim de promover seus produtos globalmente com uma única face ao mercado. Clientes nas Américas serão beneficiados com a força combinada dos portfolios ABS standard  e especiais, bem como outras especialidades de estireno. Além disso, os clientes vão continuar a se beneficiar com a expertise da Styrolution em polímeros e a oferta da INEOS ABS em setores-chave, como automotivo e de saúde. Este movimento não somente enriquece o padrão Styrolution e a especialidade na oferta de ABS para os clientes, mas também posiciona a Styrolution como o líder em ABS no mercado das Américas.

Avançando na estratégia global: A presença da Styrolution  na Feiplastic 2015 reflete o compromisso da empresa com a estratégia “Triple Shift”, que indica um crescimento em mercados emergentes, como a América Latina, além do foco em especialidades estirênicas, ABS standard e indústrias de alto crescimento.

Segundo Alexander Glück, Presidente das Américas da Styrolution, “O Brasil exerce um papel fundamental na implementação da estratégia e da visão Triple Shift.  Por isso, estamos apostando em um investimento de longo prazo no projeto de estabelecer um hub de produção regional para especialidades ABS e SAN nos próximos anos. Nossa participação na Feiplastic 2015 representa um marco para a Styrolution na América Latina e enfatiza o nosso compromisso com os clientes, tanto no Brasil quanto na Região.”

Paulo Motta, Diretor de Negócios para a América do Sul da Styrolution observou: “A Feiplastic é a plataforma ideal para demonstração da versatilidade dos estirênicos. Na feira, apresentamos nossos produtos mais inovadores, muitos deles inéditos no País. Além disso, clientes dos mais diversos segmentos, como automotivo, construção civil, saúde, eletrônicos, utilidades domésticas e embalagens são bem-vindos para conversar com nossos especialistas em estirênicos com conhecimento nas respectivas indústrias.”

A Styrolution é líder global em fornecimento de estirênicos, com foco em monômero de estireno, poliestireno, ABS standard e especialidades estirênicas. Com mais de 80 anos de experiência, a empresa fornece aplicações estirênicas para muitos produtos de uso diário em uma ampla gama de indústrias, incluindo automotiva, eletrônica, casa, construção, saúde, lazer, esportes, brinquedos e embalagem. Em 2014, as vendas foram de 5,4 bilhões de euros. A Styrolution emprega aproximadamente 3.100 pessoas e opera 15 fábricas em nove países.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Styroluton;  Foto: Reed Exhibitions Alcantara Machado

Curta nossa página no

Anúncios

Braskem e Styrolution planejam joint-venture para produção de ABS e SAN no Brasil

21/10/2013
  • A nova joint venture seria o único produtor de especialidades ABS e SAN na América do Sul.
  • A se confirmar o projeto, a fábrica, com capacidade para produzir 100 mil toneladas anuais, oferecerá aos clientes de vários segmentos em crescimento garantia de abastecimento e serviços locais.

A Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas nas Américas, e a Styrolution, líder global no segmento de estirênicos, anunciaram hoje a assinatura de  um memorando de entendimento (MOU) para avaliar a formação de uma joint venture no Brasil. Será analisada a viabilidade econômica de implementação de uma planta, com capacidade de produção de 100 mil toneladas por ano, capaz de fornecer especialidades estirênicas e copolímeros de acrilonitrila butadieno estireno (ABS) e estireno-acrilonitrila (SAN) para clientes no Brasil e em toda a América do Sul.

Nos últimos anos, o Brasil observou um forte crescimento dos setores de eletrodomésticos e automotivos, ambos clientes-chave para as especialidades estirênicas que a joint venture deverá produzir. Tradicionalmente, ABS e SAN têm sido importados para a região por fornecedoras de estirênicos, como a Styrolution. A nova empresa entre Braskem e Styrolution deve buscar aproveitar essa dinâmica de mercado favorável para criar um produtor local que deve oferecer aos clientes atendimento e maior segurança no fornecimento.

A Styrolution deve contribuir com sua expertise no desenvolvimento e produção de estirênicos, com o maior portfólio de produtos dessa indústria, com licenciamento de tecnologia e com os seus negócios já existentes na região. A Braskem, por sua vez, como uma das principais empresas petroquímicas da região, deverá prover infraestrutura da cadeia de fornecimento e o local para a planta.

A consumação da joint venture está sujeita a aprovações regulatórias e concorrenciais. Planeja-se que Styrolution seja o acionista majoritário com 70% da companhia e a Braskem deve deter os 30% remanescentes. Sujeita a conclusão de um acordo entre as partes e que as respectivas aprovações sejam obtidas, o início da construção da planta deve ser esperado para o começo de 2015 com a produção provavelmente em 2017.

“A Styrolution divulgou recentemente uma nova estratégia que requer mudanças em três áreas do negócio: expansão da presença em mercados em desenvolvimento, crescimento do negócio de estirênicos especiais e foco em setores de alto crescimento”, disse Roberto Gualdoni, CEO da Styrolution. “Para a Styrolution, a proposta da joint venture reúne as três iniciativas e estamos satisfeitos em realizar essa parceria com a Braskem para explorar as oportunidades que a associação poderá nos trazer”.

“Essa parceria representa um passo importante no fortalecimento da indústria petroquímica no Brasil. Ela contribuirá ainda para o desenvolvimento de oportunidades de negócios domésticos em áreas como ABS, na qual o país depende hoje de importações, atraindo novos investimentos para as cadeias de materiais derivadas”, afirma Carlos Fadigas, CEO da Braskem. “Com base na experiência da Styrolution em estirênicos especiais, esperamos chegar à melhor solução para viabilização deste importante projeto.”

Fonte: Braskem

Curta nossa página no

Interplast 2012: APTA Resinas Termoplásticas leva seu atendimento com marcas de renome à feira.

08/05/2012

A APTA Resinas Termoplásticas, especializada no desenvolvimento de aplicações e comercialização de resinas termoplásticas, levará à Interplast 2012 as novidades de seus parceiros: BASF Poliuretanos, Evonik, Laja, Radici Plastics e Styrolution. O objetivo é estar sempre presente nos eventos relevantes aos seus clientes, fazendo que a feira seja mais um canal de fortalecimento do relacionamento com os transformadores.

Com uma linha de produtos completa em Plásticos de Engenharia e Alta Performance, a APTA possui atuação consolidada do Sul ao Sudeste brasileiro, oferecendo segurança no fornecimento nos mercados calçadista, agronegócio, moveleiro, automobilístico, médico-hospitalar, eletro-eletrônicos, utilidades domésticas e peças técnicas.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Comissão Europeia aprova a formação da joint venture Styrolution entre a BASF e a INEOS, que atuará no setor de derivados estirênicos.

02/06/2011

A Comissão Europeia aprovou hoje a formação da joint venture Styrolution. A BASF SE, com sede em Ludwigshafen, na Alemanha, e a INEOS Industries Holdings Limited, com sede em Lyndhurst, no Reino Unido, têm agora a aprovação da Europa para unir globalmente na nova empresa Styrolution suas atividades relacionadas a monômeros de estireno (SM), poliestireno (PS), acrilonitrila butadieno estireno (ABS), copolímeros de estireno-butadieno (SBC) e outros copolímeros à base de estireno (SAN, AMSAN, ASA, MABS), bem como blendas de copolímeros.

As vendas pró-forma dos negócios combinados foram de 6,4 bilhões de Euros em 2010. As atividades de poliestireno expansível (EPS) não fazem parte desta transação; a BASF e a INEOS irão continuar com os respectivos negócios. Com a Styrolution, a BASF e a INEOS irão formar a empresa líder global no mercado de estirênicos. A Styrolution tem uma posição global excelente, com unidades na Europa, Ásia e América do Norte. A Comissão Europeia aprovou a formação da joint venture com a condição de que as partes vendam a unidade produtiva de ABS em Terragona, na Espanha. Esta unidade é responsável por menos de 3% do EBITDA pró-forma da Styrolution no ano de 2010.

A formação da joint venture já foi aprovada pela Comissão dos EUA sem nenhuma condição. A BASF e a INEOS vão continuar operando como empresas independentes até que o acordo se complete, o que é esperado para 2011, o que ainda depende das aprovações das autoridades antitruste de outros países. Estirênicos são usados principalmente em produtos para casa e escritório, para aparelhos elétricos e de comunicação, além de embalagens. Os copolímeros à base de estireno são resinas termoplásticas de monômero de estireno e acrilonitrila. Estes são usados principalmente nas indústrias automotiva e tecnológica, bem como em produtos utilizados no dia a dia.

Fonte: BASF

BASF cria nova empresa para o negócio de estirênicos

11/10/2010
    • Atividades de estirênicos existentes na BASF serão transferidas para empresas independentes
    • Foco da STYROLUTION será nos clientes do negócio de estirênicos

      A BASF continuará promovendo o desenvolvimento estratégico do seu negócio de estirênicos. A empresa STYROLUTION foi criada para tornar o negócio mais competitivo para o futuro. A BASF planeja separar seus negócios de monômeros estireno (SM), acrilonitrila-butadieno-estireno (ABS), copolímeros de estireno-butadieno (SBC) e outros copolímeros baseados em estireno e estabelecê-los em empresas separadas. A BASF vai manter seus negócios em espumas de poliestireno, bem como as capacidades de monômero e poliestireno necessárias para produzir a espuma.

      A separação dos negócios nas empresas independentes deve ser concluída até 1º de janeiro de 2011. A STYROLUTION irá desempenhar o papel de liderança na indústria de estirênicos.

      “O estabelecimento da STYROLUTION é mais um passo na implementação da estratégia da BASF para o seu negócio de estirênicos”, afirma Dr. Martin Brudermüller, membro da Junta Diretiva da BASF SE e responsável pelos negócios de plásticos da empresa. “Com essa ação, nós seremos capazes de sustentar e melhorar o nosso negócio global em um ambiente caracterizado por demanda volátil, alta pressão sobre as margens de lucro e forte concorrência. Assim, a STYROLUTION vai se tornar o fornecedor global mais indicado graças à sua tecnologia de ponta, excelente portifólio de produtos e foco claro. Ao mesmo tempo, continuamos abertos a outras opções estratégicas”.

      A BASF vai transferir as produções locais do seu negócio de estirênicos na Alemanha (Ludwigshafen e Schwarzheide), Bélgica (Antwerp), Coréia (Ulsan), Índia (Dahej) e México (Altamira) para a STYROLUTION. As companhias independentes também serão estabelecidas em outros países, por exemplo, nos Estados Unidos, Itália, Brasil ou China, onde a BASF tem outras atividades nesta área, como marketing e vendas. A BASF emprega cerca de 1.460 pessoas no negócio de estirênicos em nível mundial e as vendas foram de cerca de €2,5 bilhões em 2009.

      Durante a separação e transferência dos negócios, a BASF está empenhada em assegurar que os clientes recebam os mesmos padrões de alta qualidade nos produtos e serviços.

      Roberto Gualdoni, responsável mundial pela Divisão de Estirênicos da BASF declara: “Ao concentrarmos em estirênicos, estamos criando a flexibilidade para nos ajustarmos ainda melhor para os desafios no setor, focando ainda mais nas necessidades dos clientes. Eles vão lucrar com mais eficiência, serviços personalizados, suporte técnico mais rápido, mais competitividade e velocidade”.

      Aplicação dos produtos
      Os estirênicos são destinados principalmente para o uso na linha branca, eletroeletrônicos, indústria automotiva, e aplicações nos mais variados tipos de embalagem.

      Fonte: BASF