Posts Tagged ‘Santa Vitória’

Dow e Mitsui adiam implantação de unidade de polietileno derivado de cana-de-açúcar em Minas Gerais

16/01/2013

Citando aumento de custos de projeto, construção, operação e incertezas com a propriedade de terra no Brasil, a Dow Chemical Co. e a Mitsui & Co Ltd. adiaram seus planos para a implantação de uma unidade de produção de polietileno a partir do etanol, em Santa Vitória, Estado de Minas Gerais. O complexo, cuja entrada em operação originalmente estava prevista para o final de 2013, tem um investimento estimado da ordem de U$ 1,5 bilhões e prevê também a expansão das plantações de cana-de-acúcar e a construção de uma usina de etanol com capacidade para processar 2,7 milhões de toneladas de cana, cuja implementação continuará conforme o cronograma previsto.  A joint-venture Dow-Mitsui cultiva hoje uma área de 20 mil hectares de cana-de-acúcar e espera ter a sua primeira colheita completa em 2014.

No curto prazo, a Dow irá se focalizar em investimentos mais rentáveis, particularamente no desenvolvimento de unidades baseadas em gás de xisto nos Estados Unidos. A Dow está investindo 4 bilhões de dólares na Costa do Golfo do México para ampliar sua capacidade de produção de olefinas até 2017. A disponibilidade de amplas reservas de gás de xisto nos Estados Unidos reduz significativamente os custos de produção de poliolefinas.

Curta nossa página no

Anúncios

Dow e Mitsui concluem a formação de Joint Venture no Brasil para criar plataforma de produção de biopolímeros para atender aos mercados de produtos de higiene, médicos e de embalagens.

15/11/2011

Joint venture vem ao encontro da estratégia da Dow para crescer em mercados de produtos especiais de alto valor e em economias emergentes.

A  Dow Chemical Company  obteve, juntamente com a Mitsui & Co. Ltd., de Tóquio, Japão , todas as aprovações regulatórias governamentais necessárias para a conclusão da formação da joint venture previamente anunciada. Com isso, a Mitsui torna-se parceira com 50% de participação na operação da Dow em Santa Vitória, Minas Gerais, Brasil. O escopo inicial da joint venture inclui a produção de etanol derivado da cana-de-açúcar como matéria-prima e fonte de energia renovável, trazendo novas alternativas para a Dow com base em biomassa, substituindo, assim, os tradicionais recursos fósseis.

A conclusão dessa transação dá continuidade ao anúncio feito pela Dow, em 19 de julho deste ano, sobre os planos de formar a nova joint venture e a assinatura de um Memorando de Entendimento com a Mitsui visando fornecer soluções de produtos inovadores e sustentáveis para os mercados mundiais de produtos médicos, de higiene e de embalagens flexíveis de alta performance. Isso representa a maior aposta de biopolímeros do mundo e é o maior investimento da Dow no Brasil, onde a companhia atua com sucesso há mais de 50 anos.

“A formação da joint venture marca um passo histórico em nosso esforço para trazer a liderança tecnológica mundial e soluções sustentáveis para uma das regiões que mais rapidamente crescem em todo o mundo”, disse Andrew N.Liveris, presidente e CEO da Dow. “Este movimento reforça o firme compromisso da Dow de investir no crescimento em setores de grande inovação e de alto valor por meio de parcerias estratégicas”.

A engenharia e a produção de equipamentos para uma nova unidade de cana-de-açúcar em etanol foram aceleradas durante o terceiro trimestre de 2011 e estão prosseguindo de acordo com o cronograma, com o início das operações previsto para o segundo trimestre de 2013.

A Dow e a Mitsui possuem um histórico positivo de parcerias, tendo formado também uma joint-venture na Costa do Golfo americano para a construção de uma unidade de cloro-álcali em escala mundial, visando a vantagem de integração dos negócios da Dow e de seus clientes.

Fonte:  Dow