Posts Tagged ‘Sala Limpa’

Arburg realiza Conferência Virtual em tecnologias e aplicações médicas com participação de mais de 400 especialistas do setor

27/11/2020

Painel “Tecnologia médica – desafios e perspectivas para 2050” (da esquerda para a direita): Gerhard Böhm (Arburg), Niklas Kuczaty (VDMA), Dr. Andreas Herold (B. Braun), Prof. Ute Schäfer (University of Graz) e apresentador Guido Marschall.

  • Mais de 400 participantes de mais de 40 países participaram do Arburg Summit virtual: Medical
  • Doze palestras especializadas em Soluções, Inovações e Visões
  • Tendências da tecnologia médica: De seringas pré-cheias a Lab-on-a-Chip e implantes aditivos

Graças ao formato digital do Arburg Summit: Medical 2020, realizado em 19 de novembro, o número de participantes foi mais de duas vezes maior que o do evento presencial realizado no ano anterior. Mais de 400 participantes de mais de 40 países estiveram presentes (virtualmente) para se informar sobre os desenvolvimentos atuais, aplicações e visões inovadoras e para trocar pontos de vista, no mais alto nível, com muitos especialistas em tecnologia médica. A resposta interativa foi intensa e vibrante. As doze palestras com foco em “Soluções”, “Inovações” e “Visões” foram acompanhadas por um painel de discussão de alto calibre. Este evento especial foi aprimorado ainda mais por sessões interativas com discussões de especialistas e apresentações ao vivo de exposições no Centro do Cliente da Arburg, em Lossburg.

“Mesmo antes do início de nossa conferência virtual, recebemos um feedback muito positivo de nossos convidados e pudemos inscrever muito mais participantes do que seria possível em um evento presencial, baseado somente em capacidade”, destacou Gerhard Böhm, Diretor-gerente de Vendas da Arburg. “Este formato digital, excepcionalmente desafiador em termos de conteúdo e também de tecnologia, nos levou a novos caminhos. E o feedback confirmou isso: Nosso Arburg Summit: Medical 2020 foi “o lugar para estar” no campo da tecnologia médica.”

Discurso de abertura focalizado no futuro da tecnologia médica

Um ponto alto do evento veio com o discurso de abertura proferido pelo Prof. Dr-Ing. Marc Kraft, Chefe do Departamento de Tecnologia Médica da Technical University Berlin e presidente da associação “Technologies of Life Sciences” da VDI. Com base em alguns exemplos, ele destacou as tendências atuais em tecnologia médica que devem continuar nas próximas décadas, estabelecendo a base para o painel de discussão seguinte. Neste contexto, o Prof. Ute Schäfer (Universidade de Graz), o Dr. Andreas Herold (B. Braun), Niklas Kuczaty (VDMA Working Group Medical Technology) e Gerhard Böhm (Arburg) discutiram o tema “Tecnologia médica – desafios e perspectivas para 2050 “. Todos concordaram que, em 2050, as empresas orientadas para a tecnologia teriam uma vantagem clara. A essa altura, é claro, muitos produtos já não sairiam das fábricas, mas seriam, em vez disso, fabricados individualmente e perto do paciente – por exemplo, diretamente no hospital ou mesmo na sala de operações. No entanto, a qualidade continuaria sendo o mais importante. “Percebemos uma mega-tendência no campo da Manufatura Aditiva e também um aumento na importância da digitalização e da sustentabilidade”, reconheceu Gerhard Böhm. “Todos esses são tópicos com os quais também estamos intensamente preocupados. A Arburg está, portanto,  preparada para um futuro em que o plástico continuará sendo um material valioso e importante para a vida.”

Doze palestras informativas

No início da conferência, quatro sessões de painel simultâneas foram realizadas, cada qual contendo três palestras sobre “Soluções”, “Inovações” e “Visões”. Os tópicos variaram desde conceitos para a produção de peças injetadas em LSR (borracha de silicone líquido) e sistemas microfluídicos até os desafios enfrentados pelo setor de saúde, detalhes do Regulamento de Dispositivos Médicos (MDR) e métodos digitais para documentação de peças integradas, assim como exemplos de aplicações inovadoras de ferramentas de alto desempenho e fabricação aditiva de implantes customizados. Muitos participantes aproveitaram esta oportunidade para fazer suas perguntas durante o evento usando o recurso de chat.

Três discussões e apresentações interativas ao vivo

O Arburg Summit: Medical 2020 foi encerrado com três “Discussões interativas ao vivo”. Aqui, tópicos como sala limpa, processamento de LSR e produção de aditivos foram discutidos. Havia dois especialistas da Arburg presentes para cada tópico. Além disso, os especialistas foram acompanhados até os equipamentos em exposição por equipes de câmeras para apresentar as aplicações ao vivo.

Uma das aplicações incluía a produção de máscaras em LSR em uma injetora Allrounder elétrica 570 A. No início da pandemia do coronavírus, a Arburg e seus parceiros deram início a esse projeto em tempo recorde e desenvolveram conjuntamente os protetores faciais.

Uma versão em aço inoxidável da injetora Allrounder 370 A elétrica foi usada para mostrar como a tecnologia de sala limpa pode fabricar produtos em massa, tais como porta-agulhas para canetas de insulina.

Por último, um Freeformer 300-3X foi usado para demonstrar a fabricação aditiva de implantes reabsorvíveis.

Os participantes que desejavam se informar melhor puderam também marcar um encontro nos dias seguintes com os especialistas do Online Meeting Lounge.

Feedback positivo em geral

“Os palestrantes de prestígio oriundos do meio da ciência e da indústria, assim como nossos próprios especialistas no campo de tecnologia médica e aplicações, não apenas apresentaram tendências e inovações”, disse Gerhard Böhm, analisando o evento virtual. “Eles também responderam a questões pulsantes em sessões transmitidas ao vivo e criaram com muito sucesso uma experiência ‘tangível’.”

Juliane Hehl, Sócia-gerente e responsável por Marketing, também ficou extremamente impressionada com o Arburg Summit: Medical. “Nós nos aventuramos com sucesso em um novo território. O nosso interesse não era apresentar uma alternativa bem organizada para uma feira cancelada – as pessoas estão achando isso cada vez mais entendiante”, disse a sócia-gerente. “E esse fator de tédio vai crescer rapidamente no futuro. Mas, em contraste com isso, estaremos focalizando consistentemente no valor agregado para nossos clientes. E certamente continuaremos neste caminho com alguns formatos interessantes.”

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld lança versões de injetoras para injeção de produtos para área médica

08/12/2015

Wittmann-Sala-Limpa

Empresa investe em tecnologias para transformadores que produzem peças especiais fabricadas em salas limpas

Para atender às exigências técnicas do setor que produz componentes voltados para a área médica, a Wittmann Battenfeld anuncia a chegada ao mercado de versões especificas de injetoras das séries EcoPower e MicroPower.

Em 2015, a Wittmann Battenfeld investiu na instalação de uma célula de sala limpa em sua fábrica de Kottingbrunn (Áustria), para atender às exigências do segmento e qualificar suas máquinas em condições reais. Segundo a empresa, após inúmeros testes, a EcoPower e a MicroPower estão adequadas aos requisitos das “Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos” e atendem às salas limpas classe ISO 6 (de acordo com o número de partículas por pé cúbico de ar), conforme os padrões da ISO 14644-1.

Para Reinaldo Milito, diretor da empresa no Brasil, a especialização do portfólio e da equipe técnica da Wittmann Battenfeld permitem oferecer a solução mais adequada para cada cliente. “Know-how, precisão e qualidade são muito importantes no atendimento deste segmento. A possibilidade de ofertar células completas, com injetoras, periféricos e softwares, ampliam as possibilidades de aplicações e o alto grau de confiança e segurança”, comenta.

Espaço otimizado para molde

Totalmente elétrica, a nova EcoPower recebeu atenção especial ao espaço para o molde, que contém superfícies lisas, cobertura de aço inox e trilhos de guia fechados. A máquina possui baixo consumo de energia, utilizando um sistema para recuperação de energia cinética (KERS) – ao reduzir a velocidade para a proteção do molde, recupera a energia utilizada para frear a placa e a direciona para outras etapas do processo –

Segundo o fabricante, o sistema de água para refrigeração em circuito fechado minimiza as emissões de partículas para o interior do molde. Os condutores de ar e as válvulas de exaustão pneumáticas são cobertas e voltadas para fora da sala limpa. As placas retangulares, sem contato com os tirantes, e a lubrificação selada das articulações garantem a limpeza do sistema de fechamento, um benefício essencial para aplicações em salas limpas.

Com força de fechamento entre 55 e 300 toneladas, a EcoPower possui acionamento direto, sem correias, possibilita um conjunto limpo que, aliado às dimensões compactas, oferece maior produtividade aos transformadores, afirma a Wittmann Battenfeld.

Equipamentos de ponta

A série MicroPower, com força de fechamento de 5 ou 15 toneladas, reforça a capacidade da Wittmann Battenfeld em atender à área médica. De acordo com a empresa, a série possui uma boa relação custo-benefício, tem eficiência energética e responde aos critérios de ambiente controlado.

Com acionamento elétrico, trabalha com tempos de ciclo curtos e abrange um campo extenso de aplicações altamente técnicas, incluindo processos complexos, graças às variadas funções integradas, que incluem controle da qualidade e embalagem das peças totalmente automatizadas. .

Opcionalmente, o uso de uma mesa rotativa permite o funcionamento de uma segunda metade do molde, fazendo com que a extração das peças seja realizada em paralelo com a injeção, reduzindo consideravelmente o ciclo, afirma a empresa.  A injeção em dois estágios proporciona homogeneidade, estabilidade térmica e linhas de fluxo reduzidas, de acordo com informações da Wittmann Battenfeld.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Husky lança na América Latina o sistema H-MED AE de moldagem para a área médica em salas limpas.

30/05/2011

A Husky Injection Molding Systems exibiu durante a Brasilplast suas soluções completas para os mercados de tampas, PET e área médica . A Husky apresentou, pela primeira vez na América Latina, seu sistema H-MED AE™(totalmente elétrico) de moldagem para a área médica em salas limpas .

“A Husky tem a maior rede global de serviços e suporte da indústria, o que nos permite oferecer aos nossos clientes ao redor do mundo menores prazos de entrega, serviço local com resposta rápida e suporte inigualável”, afirmou Evandro Cazzaro, Diretor de Vendas da Husky para a América do Sul. “Abrimos nosso Centro Técnico do Brasil em abril de 1999 e estabelecemos uma presença forte na América Latina, o que nos ajudou a construir relacionamentos duradouros com nossos clientes. Nosso objetivo é continuar a investir nesse mercado crescente para oferecer o suporte de que nossos clientes precisam para ser competitivos e expandir seus negócios.”

Soluções completas para diversos mercados
Esteve em operação no estande da Husky, o H-MED AE, o sistema de moldagem por injeção totalmente elétrico da empresa, que é otimizado para as necessidades específicas da moldagem para área médica. O sistema esteve produzindo uma aplicação para área médica ao vivo no estande da Husky, e incluiu a câmara quente UltraSync™-E (elétrica), o controlador de temperatura Altanium® e o software de monitoramento de processo e produtividade Shotscope NX®. Todas as funções são gerenciadas pelo Controle Polaris™, que centraliza a operação de toda a célula de trabalho.

A Husky também exibiu sua solução completa para os mercados de tampas e de pré-formas PET. Isso incluiu as soluções para embalagens de bebidas em todas as aplicações e volumes, assim como soluções para ajudar os fabricantes de embalagens para bebidas a serem mais sustentáveis por meio de iniciativas de redução de peso e tecnologias para incorporar flocos reciclados em garrafas de plástico. A Husky também destacou a capacidade de seus sistemas completos para tampas, incluindo câmaras quentes e controladores de temperatura Altanium, assim como uma gama de soluções que permitem controle completo do canal de fluxo, troca rápida de cores, redução do peso da peça e aumento da produtividade.

Soluções de ferramentas para peças com qualidade a ciclos mais rápidos
A Husky é reconhecida como um fornecedor líder de sistemas completos de câmaras quentes, incluindo controladores de temperatura. Ao oferecer um sistema completo, a Husky consegue aumentar a eficiência, ao mesmo tempo em que diminui o refugo e o tempo de inatividade. Além da tecnologia de câmara quente UltraSync-E, a Husky também exibiu seus sistemas de câmara quente PRONTO® totalmente configuráveis para maior flexibilidade e desempenho, assim como seu amplo portfólio de tamanhos de bico e opções de pontos de injeção para uma variedade de pesos de peças e tipos de resina. Também em exposição estavam os controladores Altanium Neo2 da Husky para 2 a 48 zonas de controle. Com o uso do Active Reasoning Technology (ART), o Altanium Neo2 é capaz de atingir o controle de temperatura mais preciso para melhorar a qualidade e a consistência da peça, porém com preço razoável.

Fonte: Husky