Posts Tagged ‘Revestimentos’

Cipatex registrou alta de 8,6% nas exportações em 2016

17/04/2017

A Cipatex, líder em revestimentos sintéticos, registrou crescimento de 8,6% nas exportações em 2016, em relação ao ano anterior. Entre os principais destinos dos produtos da empresa estão os países da América Latina, Estados Unidos e Espanha. Com atuação em diversos segmentos, a maior expansão ocorreu nos setores de decoração e mineração.

Apesar do cenário econômico desfavorável, a companhia também cresceu no mercado interno e apresentou aumento de 6% no faturamento. Prestes a completar 53 anos de história, a Cipatex® comemora o bom desempenho ao longo de 2016 e projeta resultados ainda mais positivos para esse ano. “O aumento do índice de confiança do mercado, com consequente recuperação da economia e retomada de investimentos, tende a alavancar os negócios do grupo Cipatex”, comenta Fabiano Bianchi, diretor comercial da empresa.

Com forte presença nos mercados calçadista, que representa 35% dos negócios da empresa, e decoração, com 30%, a Cipatex® espera ampliar a participação no setor automotivo, que hoje corresponde a 10%. “Após alguns anos de queda, acreditamos na recuperação do setor, que ainda apresenta grande potencial para expansão dos nossos negócios”, afirma Bianchi.

Para o segmento automotivo, a companhia produz revestimentos para bancos e laterais, para-sol, painel, coifas, além de produtos para capotas, tapetes e adesivos para baterias. No setor de calçados, a empresa atua na produção de laminados de PU e PVC para cabedal e forro. Para decoração, a Cipatex® oferece revestimentos para sofás, cadeiras, poltronas, cabeceiras de cama e outros estofados. Já para mineração, um dos principais responsáveis pela alta no mercado externo, são fornecidas geomembranas de PVC (foto) utilizadas na impermeabilização de lagoas de evaporação e decantação, em pilhas de lixiviação e tanques de rejeitos minerais.

Nos últimos anos, a Cipatex® intensificou seu projeto de internacionalização e conta hoje com unidade de negócios na Espanha, na cidade de Valência, com escritório e depósito nos Estados Unidos, em Miami (Flórida) e na Argentina está presente em Buenos Aires, com a distribuidora Dinaplast. De acordo com o diretor-presidente da empresa, William Marcelo Nicolau, a Cipatex® deve investir na capacitação e melhoria das equipes presentes nos países onde há operações locais para alavancar ainda mais os negócios.

Há 52 anos o Grupo Cipatex® oferece ao mercado soluções em revestimentos sintéticos e não-tecidos. Ao todo, a Cipatex® conta com cerca de 1.400 colaboradores distribuídos em cinco plantas industriais.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Cipatex

Curta nossa página no

Anúncios

Faturamento da Lord cresce em 2016

19/02/2017

Empresa opera em Jundiaí (SP) uma fábrica de adesivos e coatings

Fabricante de adesivos estruturais e coatings, a Lord, subsidiária local da norte-americana Lord Corporation, registrou alta de 15% no faturamento de 2016, afirma a empresa.

“Apesar das condições de mercado muito difíceis, a Lord encerrou o ano passado numa posição muito mais eficiente e competitiva para atuar num cenário ainda repleto de desafios econômicos e estruturais”, comenta Danny Siekierski, gerente geral da empresa na América do Sul.

O bom resultado, a despeito da retração econômica generalizada, baseou-se na combinação entre o suporte aos clientes globais do setor de borracha que passaram a atuar no Brasil, ganho de fatia de mercado sustentado por novos projetos e melhora do nível de exportação para os países do Mercosul.

“Também foi importante a ampliação da nossa rede de distribuidores, com a introdução de mais um player voltado para o segmento de elastômeros”, ressalta. O mercado de borracha responde por 60% da operação da empresa no Brasil.

Na área industrial – que, para a Lord, também engloba as aplicações em transporte –, os destaques ficaram por conta principalmente da obtenção de homologações para o fornecimento a determinadas montadoras de ônibus e caminhões.

“Em paralelo, tivemos a consolidação da produção no Brasil e Argentina de veículos leves, como Jeep Renegade, Fiat Toro e GM Cruze, modelos que usam os nossos produtos no processo de grafagem do capô”, detalha o executivo.

Para 2017, Siekierski confia numa elevação de 6% da receita da Lord, movimento apoiado basicamente por lançamentos de produtos. “Parte do nosso plano de investimento será dedicada à otimização da planta que operamos em Jundiaí (SP) e à melhoria dos processos produtivos. Também teremos um programa bastante sólido de 5S, que demandará recursos em diversas áreas da empresa”, completa.

Com matriz em Cary (EUA), a Lord Corporation atua no Brasil desde 1972. Fundada em 1924, é uma companhia especializada no desenvolvimento de adesivos, coatings, sistemas de controle de vibração e ruído e tecnologias de sensoriamento para os mercados automotivo, aeroespacial e defesa, óleo/gás e industrial.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Lord

Curta nossa página no

Cipatex participa da maior feira da construção civil do Oriente Médio

21/11/2016

cipageo-big-5

A Cipatex participa pela segunda vez da feira Big 5, a maior do setor da construção civil do Oriente Médio, realizada todos anos em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A companhia marca presença no evento no estande organizado pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB), que contará ainda com a participação de outras sete empresas brasileiras.

Durante o evento, que ocorre entre os dias 21 e 25 de novembro, a Cipatex apresenta as geomembranas de PVC Cipageo®, que podem ser utilizadas na impermeabilização, seja na construção civil ou industrial. O material é indicado para obras que necessitam do solo com resistência e estabilidade e pode ser aplicado em lajes, reservatórios, muros de arrimo, caixas de água, projetos paisagísticos, revestimentos de lagos ornamentais e de lagoas de rejeitos de mineração, entre outros.

As geomembranas Cipageo® podem ser pré-soldadas em painéis, chegando a dimensões conforme cada necessidade, e apresentam como vantagens a facilidade e rapidez na instalação, resultando na queda de custo de mão de obra e equipamentos, afirma a Cipatex. Segundo a empresa, o material apresenta grande alongamento, maleabilidade e flexibilidade e podem ser empregadas em qualquer superfície, seja solo ou concreto.

A Big 5 é considerada uma excelente vitrine para apresentar produtos e prospectar novos negócios.  A edição de 2015 contou com a participação de mais de três mil expositores e quase 60 mil visitantes.

Há 52 anos o Grupo Cipatex oferece ao mercado soluções em revestimentos sintéticos e não-tecidos. Criada em 1964, a companhia se diversificou constantemente e hoje conta com uma linha de produtos que atende aos setores de calçados, piscinas, bolsas e acessórios, utilidades domésticas, construção, móveis, vestuário, automóveis, esporte e lazer, brindes, material escolar e comunicação visual. Ao todo, o grupo conta com cerca de 1.400 colaboradores distribuídos em cinco plantas industriais.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Cipatex

Curta nossa página no

Covestro lança o primeiro agente de cura com base de biomassa para mercado de poliuretanos

08/12/2015
  • Companhia substitui petróleo por amido de milho
  • Estudos da empresa já estão sendo feitos com celulose e materias orgânicos

covestroA Covestro, ex-Bayer MaterialScience, traz ao mercado brasileiro o pentametileno diisocianato – PDI, um poliisocianato alifático, livre de solvente, com nome comercial Desmodur® eco N 7300, introduzindo uma solução ecológica para polióis: é o primeiro agente reticulante no mercado de poliuretanos de base biológica – 70% de conteúdo de carbono derivado de biomassa. Segundo a Covestro, o Desmodur® eco N 7300 possui excelente performance nas propriedades finais e é indicado para aplicações em revestimentos e adesivos.

A solução é um complemento ideal para polióis feitos a partir de matérias-primas renováveis, que já estão sendo usados em revestimentos de poliuretano e adesivos. Estes revestimentos podem ser formulados inteiramente a partir de componentes de base biológica.

Segundo a Covestro, o Desmodur® eco N 7300 atinge o mesmo nível dos agentes de cura derivados petroquímicos convencionais em relação à resistência e compatibilidade com formulações de tintas e adesivos,.

A Covestro trabalha atualmente na criação de uma plataforma tecnológica abrangente para o uso de matérias-primas à base de PDI para tintas, adesivos e para outras aplicações. 2016 será o ano para a produção comercial do novo isocianato com uma capacidade de até 20 mil toneladas por ano. Está sendo empregada uma tecnologia em fase gasosa, eficiente em termos de energia.

O processo de produção do Desmodur® eco N 7300 inicialmente compreende a conversão do amido de milho em uma solução de açúcar industrial por meio da adição de vapor e enzimas.    Depois, adicionam-se amônia e um microorganismo que converte o açúcar e a amônia para PDI, por via fermentativa. O PDI bruto é então purificado para atingir as mesmas especificações de pureza do seu análogo derivado da petroqúimica – o HDI hexametileno diisocianato.

Os fornecedores de Covestro já estão também trabalhando na próxima geração de biomassa para o PDI. Em vez de amido de milho, a base será de celulose e materiais residuais orgânicos.

Com EUR 11,8 bilhões em vendas em 2014, a Covestro está entre as maiores empresas de polímeros do mundo. As atividades comerciais se concentram na fabricação de materiais poliméricos de alta tecnologia e no desenvolvimento de soluções inovadoras para produtos utilizados em muitas áreas da vida diária. Os principais setores atendidos são os setores automotivo, elétrico e eletrônico, construção e esporte e lazer.  A Covestro, antiga Bayer MaterialScience, possui 30 unidades de produção ao redor do mundo e, até o final de setembro de 2015, empregava aproximadamente 15.700 pessoas.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Covestro

Curta nossa página no

Nordson indica Scott Springer como Diretor de Vendas das Américas para Linha de Sistemas de Processamento de Polímeros

30/06/2015

Scott J. Springer juntou-se à Nordson Corporation como Diretor de Vendas da América para produtos de Sistemas de Processamento de Polímeros (PPS)

Scott Springer, novo diretor de Vendas da Nordson Polymer Processing para as Américas

Scott Springer, novo diretor de Vendas da Nordson Polymer Processing Systems para as Américas

Springer será responsável pelas vendas nas Américas de sistemas de peletização e secagem, matrizes para extrusão plana e revestimento, sistemas de filtragem para material fundido, bombas de engrenagem, válvulas de fusão, roscas e cilindros para extrusão e moldagem e outros componentes para processamento de material fundido. Esses itens são vendidos sob as marcas Nordson BKG, Nordson EDI, Nordson Kreyenborg e Nordson Xaloy. Além disso, Springer será responsável pelo suporte técnico e pelas equipes de serviço de atendimento ao cliente nas Américas para as linhas de produto Kreyenborg e Xaloy.

“Scott traz consigo mais de 25 anos de experiência em gerenciamento de vendas e marketing de equipamentos usinados, muitos dos quais com foco em componentes sofisticados para otimização e automação de processos”, afirmou Steve Purcell, Vice-presidente de produtos PPS para as Américas. “Ele trará valiosa liderança na missão da Nordson PPS, que é a de oferecer aos clientes soluções abrangentes para o aumento de produtividade, redução de custos e melhor de qualidade.”

Antes de se juntar à Nordson (http://www.nordsonpolymerprocessing.com), Scott Springer foi vice-presidente de vendas e marketing da Schwing Bioset Inc., fabricante de equipamentos para manuseio de materiais. Anteriormente, ocupou posições de liderança em vendas e marketing na Thermo Fisher Scientific, na Banner Engineering Corp. e em outros produtores de componentes para processamento.

Springer possui Licenciatura em engenharia elétrica pela North Dakota University.

Nordson_logoOs Sistemas de Processamento de Polímeros da Nordson fornecem aos clientes componentes customizados para fundir, homogeneizar, filtrar, medir e dar forma a plásticose material de revestimento fluído. A Nordson Corporation tira proveito da experiência da indústria de plásticos como um todo por meio de uma série de aquisições estratégicas para oferecer um portfólio amplo e único das principais tecnologias do setor. A Nordson fornece uma ampla gama de produtos de precisão de fluxo fundido — desde parafusos e cilindros para extrusão e molde para injeção a sistemas de filtragem, bombas e válvulas — para as matrizes de extrusão e sistemas de peletização a fim de atender às necessidades em constante evolução da indústria de polímeros.

A Nordson Corporation fornece aos clientes recursos para vendas técnicas, serviços e reforma locais por meio de organizações de venda e fábricas regionais em mais de 30 países.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Nordson

Curta nossa página no