Posts Tagged ‘PS’

Petrobras vai dobrar a produção de estireno da Innova.

21/11/2011

O governo do Estado do Rio Grande do Sul e a empresa Innova assinaram no Palácio Piratini nesta quinta-feira-feira (17/11/2011) um protocolo de intenções que garantirá a ampliação da planta da empresa no Polo Petroquímico de Triunfo (RS).

Com o investimento estimado em US$ 250 milhões, a empresa controlada pela Petrobrás vai duplicar a sua capacidade de produção anual de etilbenzeno e de estireno no Rio Grande do Sul, atualmente assim distribuída: 270 mil toneladas de etilbenzeno e 260 mil toneladas de estireno. O estireno é matéria prima para produção de várias resinas plásticas, entre as quais o poliestireno, assim como a borracha sintética SBR. “É um investimento fundamental para adensarmos a nossa cadeia produtiva da indústria petroquímica”, afirmou o governador Tarso Genro.

A estimativa é que a nova planta esteja em plena operação no segundo semestre de 2014. Como se trata de uma ampliação, ela vai gerar apenas 10 empregos diretos e 150 indiretos ligados à operação, mas o volume de novos postos de trabalho deve crescer à medida que os clientes ampliarem as compras de matéria-prima e também aumentarem a sua produção. “O apoio do governo do Estado nos assegura a realização deste investimento, que é um passo importante do processo de expansão da companhia. É um divisor de águas”, afirmou Margareth.

Também presente na reunião, a Petrobrás informou que a duplicação da Innova é o segundo maior investimento da estatal de petróleo no setor petroquímico. “Estamos fazendo uma corrida para o mercado. Esta duplicação é uma âncora para novos investimentos”, disse o gerente de Projetos Petroquímicos da Petrobrás, André Luís de Souza Alves Pinto.

O petroquímico é um dos setores estratégicos da atual política de desenvolvimento do Estado. “Trata-se de um setor já enraizado na economia gaúcha. Nós estamos apoiando a economia tradicional com a mesma intensidade com que estamos prospectando oportunidades na chamada nova economia”, explica Knijnik.

De acordo com o presidente da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), Marcus Coester, o investimento da Innova se integra à matriz produtiva do Estado. “Tem o poder de atrair novos investimentos e complementar a nossa cadeia produtiva”, disse Coester.

Fonte: Secretaria de Investimento e Promoção do Desenvolvimento do RS

Produção local da resina Flexible Noryl* da SABIC IP reduz os tempos de entrega para os clientes em 50 por cento

15/05/2011

Durante a BrasilPlast 2011, a SABIC Innovative Plastics anunciou que a partir de agora fornecerá a sua mundialmente renomada resina Flexible Noryl* para o essencial mercado sul-americano. Esta nova produção local reduzirá drasticamente os tempos de produção de resinas sustentáveis, não halogenadas e retardadoras de chamas em até 50 por cento, em média, e é um acréscimo bem vindo ao já amplo portfólio de produtos da empresa fabricados no Brasil. O anúncio da SABIC Innovative Plastics sublinha o compromisso da empresa em ajudar a assegurar o fornecimento local confiável de seus materiais sustentáveis termoplásticos para ajudar os clientes locais e regionais a destacarem seus produtos, crescerem e obterem êxito nos mercados em que se inserem.

A produção local da resina Flexible Noryl ainda poderá beneficiar os clientes sul-americanos de fios e cabos nas indústrias automotiva e elétrica/eletrônica (E/E) acelerando o tempo de colocação no mercado e apoiando a conformidade com as normas ambientais.

“Nossa nova capacidade de produção demonstra nosso sério compromisso com o mercado sul-americano, em que já oferecemos sólidos serviços e suportes técnicos locais incluindo o desenvolvimento de aplicação e a adequação às cores do cliente,” afirma Ricardo Knecht, gerente geral da SABIC Innovative Plastics na América do Sul. “Agora que fornecemos entregas muito mais rápidas de amostras e resinas, podemos facilitar significativamente o planejamento dos clientes e a utilização da tecnologia da resina Flexible Noryl em seus programas. Isto também abrirá possibilidades novas para este versátil material, tais como o uso expandido em cabos USB, audio e vídeo e de carregadores de celulares com opções esteticamente interessantes fornecidas pelos nossos novos tipos brancos resistentes a ultravioleta. Igualmente importante, o uso da resina Flexible Noryl apoia iniciativas de proteção ambiental em indústrias chave para beneficiar a região como um todo.”

Desempenho sustentável em fios e cabos

As resinas Flexible Noryl possibilitam desempenho ambientalmente responsável por evitarem o uso de retardadores de chama halogenados e fornecendo uma alternativa para o tradicional policloreto de vinila (PVC) em revestimento e isolamento de fios e cabos. Estes materiais apoiam a conformidade com normas tais como as diretrizes de restrição às substâncias perigosas (Restriction of Hazardous Substances – RoHS) da União Europeia e resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos (Waste Electrical and Electronic Equipment – WEEE) e o padrão de registro, avaliação e autorização de substâncias químicas (Registration, Evaluation and Authorization of Chemicals – REACH). Em contraste com os outros materiais , tais como polietileno reticulado, que são mais difíceis de reciclar, as resinas Flexible Noryl fornecem alto desempenho em calor dispensando o uso de reticulados.

Estes materiais possibilitam um excelente equilíbrio entre flexibilidade, propriedades mecânicas e facilidade de processamento. Eles também apresentam desempenho ultravioleta em ambientes internos para resistir ao desbotamento e à decomposição.

As resinas Flexible Noryl estão disponíveis em branco, preto ou ainda em grades coloridos
conforme a demanda.

Fonte: SABIC IP