Posts Tagged ‘Plastshow’

Cromex aborda a nanotecnologia na 7ª edição da PlastShow

04/04/2014

Plastshow_menorA Cromex, empresa líder no mercado brasileiro de masterbatches com atuação também no mercado de distribuição de resinas termoplásticas, está levando os conceitos e desenvolvimentos da nanotecnologia aplicada aos masterbatches e aos plásticos para a PlastShow 2014. O evento  está sendo realizado entre os dias 1 e 4 de abril, em São Paulo.

O gerente de Assistência Técnica, Claudio Marcondes, é especialista em nanotecnologia, ciência que estuda a manipulação da matéria numa escala atômica e molecular, para agregar a essa matéria propriedades específicas. A exemplo prático, um plástico que leva nanotecnologia em sua composição ganha propriedades como a ação bactericida e a capacidade de detectar se o produto embalado estragou, entre outras.

Marcondes vai levar à PlastShow um estudo das propriedades mecânicas do compósito com carbonato de cálcio nano e microparticulado em polipropileno e mostrar os benefícios dessa tecnologia de ponta para a indústria brasileira da transformação. “Cada vez mais a cadeia de transformação de plásticos tem acesso a novos produtos e novas tecnologias que estão ao alcance das empresas e que podem agregar o diferencial que elas precisam para ganhar destaque no mercado”, afirma Marcondes. O painel da Cromex será realizado no dia 4 de abril.

Os visitantes da PlastShow 2014 terão contato com mais de 120 empresas dos segmentos de máquinas, resinas, aditivos e compostos, moldes e matrizes, sistemas de câmara quente e software, entre outras soluções para transformação de plástico utilizadas nas indústrias de automóveis, autopeças, eletroeletrônicos, telecomunicações, construção civil, utilidades domésticas, embalagens e outros setores. A expectativa da organização do evento, que é realizado a cada dois anos, é que, em 2014, a feira alcance a marca de 10 mil visitantes, 15% a mais que o registrado na edição anterior.

Sobre a Cromex – Na produção dos masterbatches, a Cromex conta com unidades em São Paulo (SP) e em Simões Filho (BA). Na distribuição, conta com CDs em São José dos Pinhais (PR), São Paulo (SP) e Itajaí (SC) e opera em todo o Brasil. Possui em São Paulo, um moderno e bem equipado laboratório para masterbatches. A Cromex é certificada pela ISO 9001, 14001 e OHSAS 18001 e seus produtos obedecem as rigorosas normativas internacionais como REACH, FDA, entre outras. Entre as soluções que desenvolve estão as linhas de masterbatches brancos, pretos e coloridos, além das especialidades, soluções voltadas para plástico de engenharia, BOPP, e a linha sustentável para os biopolímeros de fontes renováveis (PE Verde) e para biodegradáveis. São produtos que atendem, desde as aplicações de critérios técnicos mais básicos, até as mais complexas e são desenvolvidos para 18 segmentos da economia.  A empresa atua fortemente no exterior e comercializa seus produtos para mais de 60 países, em trabalho constante de abertura de mercado e participação em eventos internacionais.

Fonte: Cromex

Curta nossa página no

Anúncios

Grupo Furnax apresenta injetora de 350 ton e sistema In Mold Label durante a Plastshow

04/04/2014

O Grupo Furnax está apresentando na PlastShow 2014, entre 01 a 04 de abril,  a injetora da série SM-TS de 350 toneladas produzida por um dos maiores fabricantes de máquinas injetoras de grandes tonelagens, a Asian Plastic.

Segundo a empresa, a série SM-TS traz máquinas com soluções adequadas a produtos de paredes finas e ciclos rápidos. Destaca a Furnax que o equipamento prima pela precisão, velocidade e economia de energia, aliados a uma alta velocidade de injeção. Neles é possível acrescentar acumulador de oxigênio, que proporciona um ganho de velocidade de 300 mm/s. Com seu fechamento mecânico, as articulações da unidade são lubrificadas utilizando buchas de bronze e grafite que promovem menos desgastes por fricção, garantindo grande precisão e prolongando a vida útil da injetora.

O Grupo Furnax também apresentará na feira um sistema In Mold Label, que combinado à injetora SM-TS 350 toneladas, possibilita a aplicação de rótulos ou ilustrações diretamente no molde, produzindo uma peça personalizada sem a necessidade de rótulos adesivos, gravação ou impressões silk. Os produtos produzidos com o auxílio do sistema In Mold Label são impressos sobre filmes plásticos, que permitem sua adesão nas embalagens durante o processo de injeção, fixando permanentemente na superfície sem produzir bolhas de ar ou enrugamento pelo calor do molde.

O sistema garante maior produtividade, rapidez e economia, pois elimina etapas como a adesivação e impressão dos rótulos, além de garantir uma maior qualidade na imagem, melhor resistência à corrosão e compressão. O sistema In Mold Label é indicado a todos os segmentos que utilizem qualquer tipo de rótulos, dentre eles o alimentício, brinquedos, produtos domésticos, embalagens e cosméticos.

Além de apresentar tecnologias e injetoras de diversas tonelagens à pronta entrega, o Grupo aproveita a oportunidade para atender e solucionar as dúvidas dos clientes, oferecendo conhecimento técnico junto a uma estruturada equipe de vendas. De acordo com Vivian Rodrigues, gerente da Divisão Plástica da Furnax, a PlastShow é uma ocasião única para consolidar a empresa aos segmentos de embalagens em geral. O Grupo está localizado no estande 21, no ExpoCenter Norte – Pavilhão Azul.

Fonte:  Grupo Furnax

Curta nossa página no

PLASTSHOW 2014: Competitividade, tecnologia e possibilidades de negócios para a cadeia da transformação de plásticos

31/03/2014

plastshow2014

A 7ª edição da PlastShow começa no dia 01/04, em São Paulo, e vai reunir o que há de novo no mercado de nanotecnologia, plásticos de engenharia, transformação e aplicações, eficiência energética, prototipagem rápida e impressão 3D.

Muito se fala sobre a competitividade da indústria brasileira e de seus pleitos para obter uma política fiscal mais transparente e um cenário que a estimule planejar a longo prazo, investir e crescer. O setor da transformação dos plásticos encerrou 2013 com crescimento de 9,1% (de R$ 60,8 bilhões, foi para R$ 66,3 bilhões de 2012 para 2013), porém a indústria nacional perde espaço para as importações.

Nesse cenário, a PlastShow 2014, feira voltada à transformação, que será realizada entre os dias 1 e 4 de abril, em São Paulo, será palco de importantes discussões sobre a competitividade da indústria, com vistas à possibilidades reais de negócios. “Pensamos em um evento que promova o debate de soluções com vistas às melhorias na produção, com menos gastos, em menor tempo e com mais tecnologia, o que se traduz em lucratividade e crescimento”, afirma Mônica Carpenter, diretora da Aranda Eventos, empresa organizadora da feira.

A PlastShow vai reunir o que há de mais moderno em tecnologia aplicada à transformação de plásticos, porém no sentido prático, para que o empresário, seja ele de pequena, média ou grande companhia, perceba oportunidades de negócios nas palestras, nos desenvolvimento e nos debates setoriais. Eficiência energética, automação, tecnologia de materiais e impressão 3D são alguns dos temas que serão abordados no evento.

Os visitantes da PlastShow 2014 terão contato com mais de 120 empresas dos segmentos de máquinas, resinas, aditivos e compostos, moldes e matrizes, sistemas de câmara quente e software, entre outras soluções para transformação de plástico utilizadas nas indústrias de automóveis, autopeças, eletroeletrônicos, telecomunicações, construção civil, utilidades domésticas, embalagens e outros setores.

A expectativa da organização do evento, que é realizado a cada dois anos, é que a visitação em 2014 alcance a marca de 10 mil visitantes, 15% a mais que o registrado na edição anterior.

  • Serviço: VII PlastShow
  • Data: de 1 a 4 de abril de 2014
  • Local: Expo Center Norte – Pavilhão Azul (R. José Bernardo Pinto, 333, Vl. Guilherme – São Paulo/SP)
  • Horários de funcionamento:
  • Congresso: 9 às 18h
  • Feira: 12 às 20h
  •  Informações: http://www.arandanet.com.br/eventos2014/plastshow/

Curta nossa página no

Cadeia produtiva dos plásticos discutirá inovação e tecnologia na 7ª edição da PlastShow

05/02/2014

O evento vai reunir, em abril, o que há de novo no mercado sobre nanotecnologia, plásticos de engenharia, transformação e aplicações, além de paineis especiais sobre prototipagem rápida e impressão 3D.

É constante e permanente a busca da indústria brasileira de transformação de plásticos por mais competitividade e destaque no mercado global. Essa competitividade virá com uma com política fiscal mais transparente, e a sinalização de um cenário definido e claro para o estímulo ao empreendedorismo e aos investimentos. Tais investimentos se traduzem em pesquisa e desenvolvimento, novas tecnologias, capacitação da mão de obra e melhorias dos processos produtivos.

Com foco nas necessidades técnicas e gerenciais dos transformadores de plásticos e de toda a cadeia produtiva envolvida com essa indústria, a PlastShow, feira que está em sua sétima edição, reunirá mais de 120 empresas, seus produtos e serviços, além de debates sobre o que há de mais atual para a transformação. A edição de 2014 será realizada no Expo Center Norte, em São Paulo, entre os dias 1 e 4 de abril.

Segundo Mônica Carpenter, diretora da PlastShow, empresa organizadora da feira, o evento reúne soluções tecnológicas de ponta para o setor e os profissionais mais qualificados nos diversos elos da cadeia dos plásticos. “O resultado é um ambiente propício ao relacionamento e à geração de negócios”, declarou Mônica.

Os visitantes da PlastShow 2014 terão contato com mais de 120 empresas dos segmentos de máquinas, resinas, aditivos e compostos, moldes e matrizes, sistemas de câmara quente e software, entre outras soluções para transformação de plástico utilizadas nas indústrias de automóveis, autopeças, eletroeletrônicos, telecomunicações, construção civil, utilidades domésticas, embalagens e outros setores.

A expectativa da organização do evento, que é realizado a cada dois anos, é que a visitação em 2014 alcance a marca de 10 mil visitantes, 15% a mais que o registrado na edição anterior.

Palestras e debates – A PlastShow 2014 também vai oferecer uma intensa agenda de palestras, debates e apresentação de trabalhos técnicos durante o Congresso que será realizado em paralelo à feira. Os maiores especialistas e técnicos do setor vão abordar temas como as novas tecnologias relacionadas a materiais (resinas petroquímicas e biodegradáveis), plásticos de engenharia, nanotecnologia, prototipagem, meio ambiente, processos de transformação e aplicações, reprocessamento, entre outros.

Serviço: VII PlastShow
Data: de 1 a 4 de abril de 2014
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Azul (R. José Bernardo Pinto, 333, Vl. Guilherme – São Paulo/SP)
Horários de funcionamento:
Congresso: 9 às 18h
Feira: 12 às 20h

Fonte: Plastshow – Assessoria de Imprensa

Curta nossa página no