Posts Tagged ‘Plásticos Reforçados’

Solvay assina contrato com a Boeing para o fornecimento de materiais ao programa de aeronaves 777X

16/01/2018

O Grupo Solvay assinou um acordo com a Boeing para o fornecimento de materiais compósitos e adesivos avançados destinados à produção de aviões 777X.

A Solvay fornecerá uma variedade de tecnologias de materiais, incluindo prepregs de fibra de carbono, prepregs fenólicos resistentes à chama para aplicações interiores, filme de revestimento para proteção contra raios e adesivo de ligação estrutural. Esses materiais serão aplicados nas aeronaves 777X, inclusive nos estabilizadores verticais e horizontais, na nacela, portas de trem de pouso, asas e estruturas interiores.

“A Boeing é um dos principais parceiros estratégicos da Solvay e a assinatura deste acordo demonstra nossa capacidade de desenvolver soluções em materiais que atendam aos desafios técnicos, de fornecimento e de custo da Boeing. Nossas equipes esperam continuar sua colaboração com a Boeing e apoiar a produção do 777X “, disse Carmelo Lo Faro, presidente da Unidade Global de Negócios Composite Materials da Solvay.

A Solvay tem sede em Bruxelas e emprega 27.000 pessoas em 58 países. As vendas líquidas pro forma foram de € 10,9 bilhões em 2016. A empresa tem clientes em diversos mercados finais globais, como o aeronáutico, automotivo, dispositivos inteligentes e médicos, baterias, na extração de minerais e petróleo, entre outros.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no

Anúncios

Polímero PEEK da Solvay será usado em duto de admissão de combustível no projeto do motor fabricado totalmente com plásticos

23/12/2015

Fabricados pela Arevo Labs, parceiro da  Solvay, o componente do Polimotor 2 é a primeira aplicação de impressão 3D com polímero PEEK

Solvay-Polimotor-2A Solvay Specialty Polymers, fornecedora global de polímeros de alto desempenho, anunciou que o projeto Polimotor 2, liderado pelo lendário inovador de automóveis Matti Holtzberg, contará com um duto de admissão de combustível impresso em 3D (foto), fabricado com um grade reforçado do polímero de polieteretercetona KetaSpire®(PEEK ) da Solvay. A Arevo Labs, líder em tecnologia de fabricação aditiva para peças de compósitos, produziu a peça usando sua inovadora tecnologia Reinforced Filament Fusion (fusão de filamento reforçado).

O Grupo Solvay é o principal patrocinador de material para este projeto técnico tão aguardado, que tem como objetivo projetar e fabricar uma nova geração de motores totalmente em plásticos para competições automobilísticas, em 2016. O projeto Polimotor 2 visa desenvolver um motor CAM, de quatro cilindros e com duplo cabeçote, totalmente de plástico, que pese entre 63 a 67 kg – cerca de 41 kg a menos do que os motores de produção padrão de hoje. Além da aplicação atual para os dutos de entrada de combustível, o programa inovador de Holtzberg irá aproveitar as tecnologias de polímeros da Solvay para desenvolver até dez peças do motor.

Entre essas peças estão a bomba de água, bomba de óleo, entrada/saída de água, corpo do acelerador e outros componentes de alto desempenho. Os materiais da Solvay pretendidos para uso são poliftalamida Amodel® (PPA), poliariletercetona AvaSpire® (PAEK), polifenilsulfona Radel® (PPSU), sulfeto de polifenileno Ryton® (PPS), poliamida-imida Torlon® (PAI), e fluoroelastômeros Tecnoflon® VPL.

Mais potência e desempenho – “Os dutos de admissão no motor Polimotor original foram feitos de alumínio, mas atualmente a indústria automotiva depende quase que inteiramente de poliamida moldada por injeção”, diz Matti Holtzberg, que também é presidente da Composite Castings, LLC, com sede em West Palm Beach, na Flórida. “Essa escolha de materiais está mudando agora também, pois as montadoras estão buscando novas alternativas inovadoras como o PEEK da Solvay, que pode suportar as altas temperaturas sob o capô resultantes do  crescente uso de turbocompressores e da redução do tamanho do motor, sendo que ambos estão resultando em um maior fornecimento de potência específica”, acrescenta.

Aparecendo tanto em peças de carros de corrida como nos de produção em escala, os dutos de admissão estão normalmente integrados a uma câmara pressurizada que distribui uniformemente o fluxo de ar entre a entrada de ar do motor e seus cilindros. Como é uma peça de transição entre o cabeçote do cilindro e a câmara pressurizada, uma função da admissão é injetar combustível no fluxo de ar quando este entra no motor e seu desempenho tem uma influência direta sobre a potência do motor.

A substituição do duto de alumínio original pelo PEEK reduziu o peso da peça em 50%. O material específico escolhido para o Polimotor 2 foi um grade formulado sob medida de KetaSpire® KT-820 PEEK reforçado com 10 por cento de fibra de carbono. Segundo a Solvay,  o KetaSpire® PEEK oferece resistência química excelente para combustíveis automotivos, bem como desempenho mecânico confiável a temperaturas de uso contínuo até 240 ° C. Estas qualidades fizeram com que ele fosse um candidato altamente adequado para o duto de entrada de combustível do Polimotor 2, que encontra temperaturas atingindo 150 ° C perto dos pistões, na porta de admissão.

A tecnologia da Arevo une os filamentos de polímero em cima ou ao lado do outro em estágios sucessivos, para finalmente formar formas complexas. Assim, pode rapidamente converter projetos digitais em peças funcionais sem o tempo e custos iniciais necessários para construir um molde e protótipo. A plataforma Reinforced Filament Fusion da Arevo oferece a capacidade única de fazer impressões com polímeros PEEK reforçados. Quando combinado com um software de controle de processo da Arevo, a plataforma pode ajudar a otimizar as propriedades mecânicas de peças impressas.

“A convergência de impressão 3D com a tecnologia de polímero PEEK da Solvay nesta aplicação ressalta como o projeto Polimotor 2 é verdadeiramente de vanguarda”, reforça Brian Baleno, gerente global de negócios automotivos da Solvay Specialty Polymers. “Nenhuma dessas tecnologias existia nos anos 80, quando Matti Holtzberg desenvolveu o primeiro motor Polimotor. Agora, com este duto, estamos vendo uma das primeiras peças de PEEK reforçado com fibra de carbono sendo produzidas com o processo de fabricação aditiva. Isso sinaliza uma nova gama de possibilidades para as montadoras que estão buscando alternativas ao metal, mais leves e de alto desempenho”.

A Arevo Labs, com sede no Vale do Silício, na Califórnia, desenvolve tecnologia para permitir a fabricação aditiva digital direta de peças em compósito (com alta resistência) para aplicações de uso final. A tecnologia do Arevo consiste em materiais compósitos avançados, tecnologia de deposição e algoritmos de software para otimizar as propriedades mecânicas das peças impressas. O Arevo oferece serviços de manufatura aditiva, software e materiais compósitos para fabricantes de peças OEM em todo o mundo.

A Solvay Specialty Polymers fabrica mais de 1500 produtos em 35 marcas de polímeros de alto desempenho – fluoropolimeros, fluoroelastômeros, fluidos fluorados, poliamidas semiaromáticas, polímeros de sulfona, polímeros aromáticos de altíssimo desempenho, polímeros de alta barreira e compostos de alto desempenho reticulados – para uso nas indústrias Aeroespacial, Energia Alternativa, Automotiva, Saúde, membranas, Petróleo e Gás, Embalagens, Encanamento, Semicondutores, Cabos e Fios e outras indústrias.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no

Almaco e JEC Group promovem o Seminário Internacional de Compósitos em São Paulo

20/10/2015

Almaco-Seminario-JEC

Inédito na América Latina, evento apresentará dezenas de trabalhos de renomados especialistas no material

A Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (Almaco) e o JEC Group, um líder mundial na divulgação dos compósitos, promovem entre os dias 04 e 06/11, em São Paulo, o Seminário Internacional de Compósitos.

Inédito na América Latina, o evento contará com a participação de renomados especialistas nacionais e internacionais no material. Também está confirmada a presença de representantes das demais bases da Almaco situadas na Argentina, Chile e Colômbia.

Ao todo, serão 24 palestras divididas em três temas principais: Transporte, Construção Civil e Indústria/Energia. “A apresentação de trabalhos a respeito do que há de mais avançado em termos de tecnologia ajudará o mercado como um todo a conhecer mais os compósitos, suas características e oportunidades. No momento de crise que vivemos e, em decorrência, de necessidade de inovação, diferenciação e competitividade, os compósitos são um caminho muito interessante a seguir”, afirma Gilmar Lima, presidente da Almaco.

Em paralelo às palestras, os participantes do seminário poderão conferir uma galeria de arte com peças de compósitos, espaço em que serão expostos desde objetos decorativos a mobiliários urbanos, veículos, aviões e componentes de turbinas eólicas. “A ideia é mostrar a versatilidade do material e a sua importância no dia a dia das pessoas”, comenta Lima.

Ao final do dia 05, a Almaco organizará a cerimônia de premiação do 6o. Top of Mind da Indústria de Compósitos. Principal prêmio desse setor, o Top of Mind de 2015 contemplará 24 categorias, entre matérias-primas, processos, distribuição e inovação.

Resultantes da combinação entre polímeros e reforços – por exemplo, fibras de vidro – os compósitos são conhecidos pelos elevados índices de resistência mecânica e química. Há mais de 50 mil aplicações catalogadas em todo o mundo, de caixas d’água, tubos e pás eólicas a peças de barcos, ônibus, trens e aviões.

Fundada em 1981, a Almaco tem como missão representar, promover e fortalecer o desenvolvimento sustentável do mercado de compósitos. Com administração central no Brasil e sedes regionais no Chile, Argentina e Colômbia, a Almaco tem cerca de 400 associados (empresas, entidades e estudantes) e mantém, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Centro de Tecnologia em Compósitos (CETECOM), o maior do gênero na América Latina.

Mais informações em http://www.almaco.org.br

Serviço:

Seminário Internacional de Compósitos
Quando: 04-06/11 – 13-18h
Onde: Transamérica Expo Center, Hall E, São Paulo, SP
Valor: R$ 150,00/dia

Top of Mind da Indústria de Compósitos
Quando: 05/11 – 20h
Onde: Transamérica Expo Center, Hall E, São Paulo, SP
Valor: R$ 200,00

Curta nossa página no

Seminário sobre Compósitos Avançados em São José dos Campos aborda tecnologias e materiais

19/10/2015

SAMPE_1

Para abrir a I Semana de Compósitos Avançados SAMPE Brasil, será realizado hoje o Seminário Fundamentos dos Compósitos Avançados

Os compósitos avançados (em inglês, ACM-advanced composite materials), materiais com alta resistência estrutural desenvolvidos para aplicações com elevada exigência tecnológica, caracterizam-se pelo uso de uma ou mais fibras de alta resistência e baixa densidade, com um sistema de resina termoplástica ou termofixa compatível. Apresentam propriedades físicas e químicas diferenciadas, que incluem baixo peso com alta rigidez, resistência no sentido da fibra de reforço, estabilidade dimensional, resistência à temperatura, fadiga aprimorada, grande resistência ao impacto, processabilidade relativamente fácil, ótima resistência à corrosão, e, em alguns casos especiais, propriedades elétricas.

Os compósitos avançados tem substituído o metal em diversas aplicações, com ênfase na aeroespacial, automotiva, transporte, defesa, petróleo e gás e esportes de alta performance.

Programação Preliminar

8h30  – Recepção
8h40 – A “Lei de Hooke” e a “Teoria da Elasticidade” de Thomas Young aplicada aos materiais Compósitos (Jorge Nasseh, Barracuda Composites)
9h30 – Novas tecnologias em agentes desmoldantes (Marcelo Bianchini, Chem-Trend)
10h00 – Pré-impregnação e manufatura de compósitos (Wilson Oricchio, Reliant-Inglaterra)
10h30 – Coffee-break
10h45 –Compósitos Termoplásticos I
11h15 – Compósitos Termoplásticos II
11h45 – Processos (AIP – Ascent Aerospace)
12h15 – Tecidos Especiais para Compósitos Avançados (Sinésio Osmar Baccan, Owens Corning)
12h45 – Ensaios Mecânicos em Materiais Compósitos (Carolina Stecca, Instron Emic)
13h15 – Almoço
14h00 – Fibra de Aramida e suas propriedades nos materiais compósitos (Ary Jean Veltmeyer, Teijin)
14h30 – Fundamentos sobre Compósitos Reforçados com fibra de carbono (Rodrigo Berardine, Toho Tenax)
15h00 – Fibra de carbono: Origem e Aplicações Práticas (Giorgio Solinas, Texiglass)
15h30 – Materiais de Núcleo avançados para estruturas sanduíches utilizadas na indústria aeroespacial: Passado, presente e futuro (Alexander Roth, Evonik)
16h00 –Encerramento e Coffee-break

Data: 19 de outubro de 2015
Local: Parque Tecnológico – São José dos Campos, SP – Brasil
Horário: das 8h30 às 18h45

Mais informações e inscrições – http://www.sampe.com.br ou consultoria@artsim.com.br
Diego Servulo – diego@artsim.com.br
Tel.: 55-11-2899-6385

Fonte: Artsim

Curta nossa página no

Fibermaq fornece os primeiros equipamentos da série Evolution para a Stringal-Hurner

19/10/2015

Fabricante de tanques e lavadores de gases adquiriu duas laminadoras e uma gelcoateadeira

Fibermaq-evolutionA Fibermaq forneceu as primeiras máquinas da nova série Evolution para a Stringal-Hurner, referência brasileira em equipamentos industriais fabricados com compósitos, a exemplo de tanques, tubos e lavadores de gases, entre outros. O contrato entre as duas empresas compreendeu a negociação de duas laminadoras (spray-up) e uma gelcoateadeira.

De acordo com Marcos Miotto, diretor da Stringal-Hurner, o desempenho das máquinas tem sido bastante satisfatório. “Em especial no caso das laminadoras, vale a pena destacar algumas importantes melhorias de projeto, como a proteção à área do pistão, que evita o acúmulo de poeira, e as presenças do manômetro e visor de passagem do catalisador, instrumentos que aumentam o controle da operação”, detalha Miotto.

A Stringal-Hurner também opera desde 2014 uma linha de enrolamento filamentar da Fibermaq. No momento, a máquina está sendo usada para produzir tubulações de até 1,20 m de diâmetro. “Temos aumentado a nossa participação no setor de álcool e açúcar com esses produtos”, conta Miotto.

Lançada este ano, a série Evolution contempla uma total reformulação no design das máquinas da Fibermaq – além das laminadoras e gelcoateadeiras, fazem parte da nova família as injetoras de RTM. “Os equipamentos Evolution privilegiam a robustez, a facilidade de operação e o elevado controle de todo o processo”, observa Christian de Andrade, diretor da Fibermaq.

Líder brasileira em equipamentos para a moldagem de compósitos, a Fibermaq foi fundada em 1978, na cidade de São Paulo. Ao longo desse período, mais de 5.000 laminadoras, gelcoateadeiras, injetoras de RTM e máquinas de enrolamento filamentar, entre outras, foram comercializadas pela empresa no Brasil e em toda a América Latina.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Fibermaq

Curta nossa página no

Solvay adquire a tecnologia e os negócios de termoplásticos com fibras longas da EPIC Polymers

14/10/2015

O acordo ampliará a oferta de materiais leves para aplicações automotivas e outras relacionadas ao mercado de transporte

EPIC-Polymers-243877A Solvay anunciou a aquisição da tecnologia de termoplásticos com fibras longas (LFT – Long fiber Thermoplastics) da EPIC Polymers para complementar a sua oferta de materiais leves de alto desempenho e obter acesso à substituição de metais de peças automotivas semi-estruturais e peças maiores.

De propriedade privada, a EPIC Polymers GmbH com sede em Kaiserslautern, Alemanha, desenvolveu uma tecnologia inovadora para reforçar os polímeros termoplásticos com fibras de vidro longas de alto desempenho. O crescimento da demanda por estes materiais adaptados e sofisticados que oferecem propriedades mecânicas e térmicas superiores, aliados à alta resistência a impactos e a temperaturas elevadas, é impulsionado pela necessidade de reduzir o consumo de combustível e diminuir as emissões de CO2.

“Ter esta tecnologia é um passo importante da Solvay Specialty Polymers na expansão da ampla oferta de materiais extremamente leves e de altíssimo desempenho. Nós seremos capazes de fornecer peças semi-estruturais maiores para o setor automotivo, que é o nosso principal mercado, e desenvolver competências para aplicar a tecnologia de LFT em polímeros básicos, incluindo KetaSpire® PEEK e AvaSpire® PAEK, proporcionando novas possibilidades de substituição de metais em outros mercados, como o de transporte”, disse Augusto Di Donfrancesco, Presidente da Unidade Global de Negócios Specialty Polymers do Grupo Solvay.

Os produtos da Solvay Specialty Polymers substituem o metal em uma série de componentes automotivos de alto desempenho localizados no corpo do motor, como dutos de ar quente, conjunto motopropulsor, unidades de controle do motor, condutos e módulos de óleo e de água, enquanto os LFTs são normalmente utilizados para fazer peças semi-estruturais interiores/exteriores.

Além dos polímeros PEEK e PAEK, a tecnologia LFT será aplicada ao portfólio de produtos Amodel® PPA e Ryton® PPS da Solvay e ao conjunto de poliamidas 6.6 (PA6.6) Technyl®.

Sobre a EPIC Polymers: A EPIC Polymers GmbH é uma fornecedora líder de termoplásticos de alta resistência, de termoplásticos tribologicamente otimizados e de termoplásticos condutores.

Sobre a Solvay: O grupo, com sede em Bruxelas, emprega cerca de 26.000 pessoas em 52 países e obteve um faturamento de € 10,2 bilhões em 2014.  No Brasil, o grupo também atua com a marca Rhodia, que foi adquirida em 2011.

Fonte: Solvay

Curta nossa página no

ALMACO promove encontro regional durante a Plastech Brasil

12/08/2015

Promovido pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), o Encontro Regional de Caxias do Sul (RS) acontecerá em paralelo à Plastech Brasil, feira do plástico, borracha, compósitos e reciclagem – de 25-28/08, no Parque de Eventos da Festa da Uva.

No dia 26, a partir das 14h, os visitantes da Plastech poderão conferir cinco palestras apresentadas por alguns dos maiores especialistas brasileiros em compósitos. Logística reversa, tendências e novas tecnologias – matérias-primas e processos – serão os temas dos trabalhos.

Confira, a seguir, a agenda do Encontro Regional ALMACO em Caxias do Sul.

14h – Credenciamento;
14h30 – “Os avanços do Brasil na reciclagem e logística reversa de compósitos”, Paulo Camatta (ALMACO);
15h – “Gestão, mercado e tendências do segmento dos compósitos”, Waldomiro Moreira (Global Composites);
15h30 – “RTM Skin: uma nova alternativa para os segmentos de transporte e eólico”, Renan Holzmann (MVC);
16h – Coffee break;
16h30 – “Soluções com resíduos de compósitos: realidade e revolução”;
17h – “Melhoria das propriedades mecânicas do SMC de baixa densidade”, Márcia Cardoso (Ashland).

No dia seguinte, entre 9h-12h, Paulo Camatta, gerente executivo da ALMACO, e Waldomiro Moreira, diretor da Global Composites, apresentarão um curso prático sobre RTM Light e Infusão Flex.

“A Região Sul concentra um grande número de moldadores de compósitos, daí porque a nossa expectativa é de um excelente público nos dois dias do encontro”, afirma Erika Bernardino, gerente de marketing da ALMACO.

Os interessados em participar do Encontro Regional ALMACO em Caxias do Sul devem se inscrever no site www.plastechbrasil.com.br (campo “programação paralela”).

Resultantes da combinação entre polímeros e reforços – por exemplo, fibras de vidro – os compósitos são conhecidos pelos elevados índices de resistência mecânica e química. Há mais de 50 mil aplicações catalogadas em todo o mundo, de caixas d’água, tubos e pás eólicas a peças de barcos, ônibus, trens e aviões.

Fundada em 1981, a ALMACO tem como missão representar, promover e fortalecer o desenvolvimento sustentável do mercado de compósitos. Com administração central no Brasil e sedes regionais no Chile, Argentina e Colômbia, a ALMACO tem cerca de 400 associados (empresas, entidades e estudantes) e mantém, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Centro de Tecnologia em Compósitos (CETECOM), o maior do gênero na América Latina.

Realizada pelo Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (SIMPLÁS), a Plastech Brasil é uma das mais completas plataformas de negócio do setor no país.

Fonte: Almaco

Curta nossa página no

Encontros técnicos lançam o II Desafio Acadêmico SAMPE Brasil

20/07/2015

sampeCom o objetivo de orientar universitários de toda a América do Sul sobre as vantagens de se utilizar os materiais compósitos em peças direcionadas a diversos lançamentos, a SAMPE BRASIL – Sociedade para o Avanço de Materiais e Engenharia de Processos realizará, neste ano, a segunda edição do Desafio Acadêmico em Compósitos. Este Desafio, realizado em diversos países, visa oferecer uma experiência prática de conhecimentos dos materiais compósitos aos universitários, que são motivados a desenvolver o projeto de uma ponte em perfis de composites (informações completas estão disponibilizadas nas Regras do Desafio). Para este desenvolvimento, a SAMPE Brasil oferece o seguinte suporte:

1)      Encontros técnicos para apresentar as opções de materiais composites e processos (dia 17 de agosto no Rio de Janeiro, RJ, e dia 24 de agosto em São Paulo, SP)
2)      Auxílio técnico para o desenvolvimento do projeto e realização do prótipo/teste
3)      Fornecimento dos materiais necessários (desde que estas matérias-primas sejam fornecidas pelos parceiros SAMPE Brasil)

No dia 19 de outubro, durante a I Semana de Compósitos Avançados SAMPE Brasil, os perfis das universidades inscritas serão ensaiados e os vencedores serão premiados. Neste ano, o Desafio acontecerá no LEL – Laboratório de Estruturas Leves do IPT/Parque Tecnológico (São José dos Campos, SP), e a SAMPE Brasil disponibilizará transporte gratuito para as universidades inscritas. Não há custo para as universidades participarem deste Desafio.

Equipes devem submeter a proposta de inscrição do projeto até 19 de setembro de 2015 pelo website http://www.sampe.com.br

As Regras do Desafio, assim como o vídeo do I Desafio Acadêmico em Compósitos podem ser acessados em  http://www.sampe.com.br – Outras informações Tel.: (11) 2899-6385 com Diego (diego@artsim.com.br).

Semana de Compósitos Avançados SAMPE Brasil 2015 ocorre em Outubro

26/05/2015

SAMPE_1

De 19 a 23 de outubro de 2015, em São José dos Campos (Parque Tecnológico), SP, Brasil, será realizada a I Semana de Compósitos Avançados SAMPE Brasil, com o objetivo de apresentar soluções inéditas em compositos avançados. Este encontro técnico, organizado pela SAMPE Brasil, ocorrerá em São José dos Campos (SP), um dos principais centros de tecnologia do país. Confira a programação do evento:

  • Dia 19 de outubro – Seminário Fundamentos dos Compósitos Avançados + II Desafio Acadêmico em Compósitos
  • Dia 20 de outubro – Curso Reparo de Estruturas em Materiais Compósitos – Abaris (1º dia)
  • Dia 21 de outubro – VIII Painel Aeroespacial + Mostra de Tecnologias (formato Table-top) (1º dia) + Curso Reparo de Estruturas em Materiais Compósitos – Abaris (2º dia)
  • Dia 22 de outubro – III Congresso Internacional SAMPE Brasil + Mostra de Tecnologias (formato Table-top) (2º dia)
  • Dia 23 de outubro – Curso sobre Processos Avançados: Automated Fiber Placement e Automated Tape Laying

Fonte: Artsim

Curta nossa página no

Feira FEIPLAR COMPOSITES & FEIPUR 2012 recebe a presença de cerca de 14.500 profissionais de toda a América Latina

10/11/2012

Em sua sétima edição, evento registra recorde de público na feira e nas palestras técnicas

De 6 a 8 de novembro, foi realizada a sétima edição da FEIPLAR COMPOSITES & FEIPUR – Feira e Congresso Internacionais de Composites, Poliuretano e Plásticos de Engenharia, no Pavilhão Verde do Expo Center Norte, em São Paulo, SP, que contou com a participação de mais de 280 empresas expositoras de 26 países e mais de 14.500 visitantes de toda a América Latina. As empresas expositoras apresentaram as mais avançadas soluções (matérias-primas, produtos auxiliares, processos e equipamentos) para a fabricação de peças em composites, poliuretano e plásticos de engenharia.

43% dos expositores vieram de outros países como China (31), Itália (19), EUA (17), Alemanha (8), América Latina (18, com grande destaque para Argentina), outros países europeus (24 com destaque para França e Inglaterra) e outros países da Ásia e Oceania (8).

Além de tecnologias para manufatura, tiveram destaques as empresas que expuseram seus produtos acabados em composites e/ou poliuretano como a MVC Plásticos, J.Procópio. Fastplas Automotive e Carbox, além as empresas presentes na II Exposição de Peças Técnicas como a Amecon, Blitz, O-tek, Travi, Holos, M.Molde, Carbogel, Tenaz, UFRJ, DemitryArt, Almar, Novapol, Ourofino, Ecoart, entre outras 53 empresas presentes nas três versões do Prêmio Excelência (composites, poliuretano e plásticos de engenharia) e várias outras presentes em estandes de fornecedores como a Tecnofibras, Stratus e ASW Brasil.

Importante destaque foi a Compocity, uma área que simulou uma cidade de composites, com a apresentação de diversos elementos presentes no dia a dia como escola, caixa eletrônico, lojas móveis, barcos, ônibus, caminhões, entre vários outros itens. A Compocity foi idealizada pela Almaco – Ass. Latino-Americana de Materiais Compósitos.

Algumas empresas também demonstraram os benefícios de seus produtos e processos, ao vivo, aplicando poliuretano para isolamento térmico (Amino), mostrando as etapas de montagem de uma peça pelo processo de infusão (Reichhold), injetando um pára-choque de caminhão pelo processo de RTM-light (Transtécnica), demonstrando a aplicação prática do processo filament winding (Reichhold), apresentando os processos de RTM light e infusão (Almaco), detalhando o processo RTM light (Reichhold), e fabricando travesseiros visco-elásticos moldados (M. Cassab). Foram realizadas 10 apresentações, com um público total de mais de 580 participantes.

Outro destaque do evento foram as 111 palestras técnicas, que abordaram o uso dos composites, poliuretano e plásticos de engenharia em diversos segmentos industriais como espumas flexíveis (moveleiro e aplicações industriais), automotivo, construção civil, ambientes agressivos, energia eólica, isolamento térmico, aeroespacial, náutico, norma para o setor petroquímico, sustentabilidade (reciclagem e matérias-primas com fontes renováveis), e mineração. Vários temas também focaram, especificamente, à fabricação de peças em composites, poliuretano ou plásticos de engenharia, e melhor gerenciamento e inovação das empresas do setor de composites. Nesta edição da FEIPLAR COMPOSITES & FEIPUR 2012, foi realizada a primeira conferência Sampe na América Latina. A Sampe – Sociedade para o Avanço de Materiais e Engenharia de Processos tem o objetivo de apresentar inovações em materiais avançados para a indústria brasileira. No geral, as palestras deste ano tiveram um aumento de público de 33% se comparado com a edição de 2010.

Outras informações sobre o evento ou as empresas patrocinadoras (Reichhold, Texiglass, Huntsman, Transtécnica, Elekeiroz, M.Cassab, Jushi, Owens Corning, Masterpol, CPIC, Bayer, Milliken, Ashland, UBE, Amino e Brandeirante Brazmo).

Fonte: Feiplar & Feipur

Curta nossa página no