Posts Tagged ‘Plástico na Construção’

Dow Epoxy lança nova linha de agentes de cura para o mercado de engenharia civil.

15/05/2012

Base água, os novos produtos têm baixa emissão de voláteis (VOC) e atendem aos requisitos de desempenho superior

A Dow Epoxy, unidade de negócio da The Dow Chemical Company (NYSE: DOW), acaba de anunciar um amplo portfólio de produtos epóxi desenvolvidos para o setor de engenharia civil, apresentando novos agentes de cura D.E.H.™ de alto desempenho. O anúncio foi feito durante o American Coatings Show 2012, realizado nesta semana em Indianapolis, Estados Unidos. A participação da Dow no evento contou com palestra técnica na qual a companhia apresentou um estudo sobre o Desenvolvimento de Novos Agentes de Cura de Epóxi de Baixa Emissão de Voláteis.

O novo portfólio inclui componentes de epóxi, resinas especiais e agentes de cura, assim como misturas de resinas e soluções de endurecedores formulados para atender aos requisitos específicos das aplicações da engenharia civil. A adição desses produtos no portfólio aumenta a oferta de soluções de epóxi para atender a necessidades específicas de formulação, aplicação e desempenho. “Os produtos, que vieram para Dow por meio da aquisição do produtor europeu de agentes de cura UPPC GmbH, têm um recorde de desempenho consagrado em toda a Europa.”, acrescenta Adriana Amelio, gerente de marketing e produto da Dow Epoxy para América Latina.

Com foco em aplicações na engenharia civil, a nova linha inclui primers para concreto, pisos autonivelantes, trabalháveis e industriais, grouts e argamassas, reparo de fissuras em concreto e revestimentos para contenção secundária.

Sustentabilidade – Tidos como especialidades no portfólio expandido de epóxi, os agentes de cura base água de baixa emissão de voláteis são soluções que não agridem o meio ambiente. Inovadores, os agentes facilitam as formulações de baixo teor de Compostos Orgânicos Voláteis (VOC, em inglês) e baixo odor. “Esses produtos são ideais para uso em espaços internos, como escolas e hospitais, onde os usuários passam por uma exposição prolongada às emissões do piso”, esclarece a gerente de marketing.

Já a próxima geração dos agentes de cura da série D.E.H. 800 base água são ideais para uso em pisos e locais internos, onde os solventes orgânicos precisam ser evitados. Os benefícios incluem baixo odor, secagem rápida para aplicações mais ágeis, e a capacidade de cura a baixas temperaturas para possibilitar a aplicação em variados climas e estações.

“Agora, nossos clientes encontram na Dow um fornecedor exclusivo e completo para soluções em epóxi”, afirma Adriana Amelio, gerente de marketing e produto da Dow Epoxy para a América Latina. “Pretendemos combinar nossa expertise em componentes de epóxi com a oferta de suporte técnico contínuo para ajudar os clientes a alcançarem seus objetivos”.

A expansão do portfólio de produtos da Dow representa o mais recente avanço dos mais de 50 anos de liderança da companhia na tecnologia de termofixos de epóxi. O sólido compromisso da Dow com os clientes é enfatizado por sua rede global de manufatura e integração vertical, que ajuda a garantir o suprimento consistente e confiável de produtos epóxi. Um amplo e contínuo pipeline de inovação – parte do investimento anual da Dow de US$1,6 bilhão em pesquisa e desenvolvimento – assegura que a oferta de produtos epóxi continuará a expandir-se com tecnologias e produtos novos e aprimorados para atender às necessidades futuras dos clientes.

Fonte: Dow

Curta nossa página no

Anúncios

Plástico reciclado é usado para construção de ponte na Escócia.

27/10/2011

O projeto da ponte foi criado pela empresa Vertech, do País de Gales, auxiliada por equipes das Universidades de Cardiff (Inglaterra) e Rutgers (EUA). Ela possui 27 metros e contém 50 toneladas de garrafas e embalagens plásticas recicladas.

Segundo a  Vertech,  o tempo necessário para a instalação da ponte sobre o Rio Tweed, em Peebleshire, foi de duas semanas,  incluindo a fabricação das várias seções em outro local e quatro dias adicionais para a montagem e acomplamento correto das seções.  Uma das vantagens da ponte é que ela não requer pintura e nem se corrói.

Outras informações podem ser obtidas nos sites a seguir:

Gizmodo Brasil

[Wired via World Architecture News via Gizmodo UK]