Posts Tagged ‘Peru’

Romi expande atuação na América Latina com participação na Expoplast Peru 2014

14/05/2014

Empresa participou pela primeira vez do evento, destacando equipamento inovador, de alta performance e com baixo nível de consumo energético

Com 84 anos de história e mais de 150 mil máquinas instaladas por todo o mundo, a Indústrias Romi participou da Expoplast Peru 2014,  entre os dias 7 e 10 de maio, no Centro de Exposições Jockey, em Lima.

A Expoplast é a principal feira do mercado peruano de plásticos,  cenário ideal para apresentar a injetora ROMI EN 150, a qual, segundo a empresa,  é um equipamento de alto padrão tecnológico, baixo consumo energético e de grande robustez e confiabilidade, além de trabalhar em alta velocidade e com repetitividade nos processos..

Para ter mais facilidade no serviço ao cliente, a Romi firmou uma parceria com a GH Trading, representante comercial da empresa em Lima.

“A economia peruana é uma das que mais se destacam na América Latina, com perspectivas de crescimento de 6,5% nos próximos anos. O país está investindo em um importante programa de desenvolvimento de infraestrutura, mineração e associações público-privadas. Nossa estratégia comercial contempla a expansão da marca Romi nesse país, com fornecimento de máquinas de alta performance e serviços de qualidade e confiabilidade, que possam contribuir para o desenvolvimento da indústria local e no crescimento econômico do país”, afirma Mônica Romi Zanatta, gerente de vendas internacionais da empresa.

Exportando bens de capital desde 1944, a Romi conta com experiência no fornecimento de máquinas para todo o mundo, e no gerenciamento de vendas e serviços por meio de suas subsidiárias localizadas no Reino Unido, Alemanha, Espanha, França, Estados Unidos e México.

Fonte:  Romi

Curta nossa página no

Anúncios

Braskem reforça sua presença internacional com novos escritórios no exterior.

06/10/2010

Escritório da Colômbia abre suas portas na próxima quinta-feira. Para 2010, estão previstos novos escritórios em Cingapura e Peru

Em reforço à estratégia de internacionalização, a Braskem inaugura na próxima quinta-feira, dia 7/10, o novo escritório da Colômbia que, juntamente com o de Cingapura, que deverá entrar em funcionamento ainda em 2010, serão os núcleos comerciais da companhia no Exterior. E também neste ano a empresa se prepara para inaugurar sua sucursal em Lima, no Peru, responsável pelo desenvolvimento de novos e importantes projetos petroquímicos na região.

A Braskem estuda desenvolver no Peru um projeto petroquímico para produção de polietileno, que será o maior complexo petroquímico integrado da Costa Oeste das Américas. O escritório de Lima, que será inaugurado até o final deste ano, vai facilitar os trâmites de desenvolvimento do futuro projeto. Além disto, o escritório também vai coordenar ações da Braskem em países vizinhos como Bolívia e Venezuela.

O escritório em Bogotá, na Colômbia, começará a operar no dia 7 de outubro deste ano e será responsável por negociar resinas com os mercados da América Central e Região Andina. A localização é estratégica, pois é onde há a maior concentração de mercados e zonas francas, que facilitam o negócio. Além disso, a economia estável na região contribui para um cenário favorável. A Braskem pretende ampliar sua participação naqueles mercados, trabalhando mais próximo dos Clientes através da oferta local de resinas e de serviços de desenvolvimento de aplicações e assistência técnica.

Cingapura foi escolhido por ser o maior e mais importante ponto logístico da Ásia. O escritório vai facilitar a comunicação da Braskem com o mercado asiático para a estruturação de futuras operações da empresa. Também vai permitir o atendimento mais próximo de Clientes da própria Cingapura, China, Índia, Indonésia, Coréia e Japão. Focado inicialmente em produtos petroquímicos básicos, o escritório proporcionará suporte comercial mais próximo e ágil.

O primeiro escritório comercial que a Braskem abriu fora do Brasil foi na Argentina, em 2002. Desde então, foram abertos também nos Estados Unidos, Holanda e Venezuela, entre outros. A proximidade com os Clientes permite conhecer melhor as suas necessidades e as peculiaridades dos mercados onde eles atuam.

Com base nesse conceito, a Braskem ampliou o escritório localizado em Roterdã, na Holanda, que comercializava resinas termoplásticas, e que passou a negociar também produtos petroquímicos básicos, como ETBE, olefinas e aromáticos. Dessa forma, ampliam-se a atuação local na Europa e a gama de produtos aos Clientes. O mesmo aconteceu com o escritório comercial localizado em Houston, nos Estados Unidos, dedicado a atender todo o mercado norte-americano.

Fonte: Braskem