Posts Tagged ‘Pack Studios’

Dow inaugura centro de inovação para a América Latina em Jundiaí

27/08/2021

Entre os inúmeros estudos realizados nos laboratórios, há também o foco nas tecnologias para embalagens de alimentos e bebidas, centralizadas no Pack Studios – centro de inovação para o desenvolvimento de soluções de embalagem

A Dow escolheu o Brasil para ser sede do centro de inovação para a América Latina, o Latin America Inspiration Center. Localizado em Jundiaí (SP), o Latin America Inspiration Center concentra em um único lugar uma estrutura de pesquisa e desenvolvimento que será o núcleo tecnológico de inovação sustentável e colaborativa da Dow para a América Latina. A empresa é uma das indústrias químicas que mais investe, globalmente, em Pesquisa e Desenvolvimento. De Jundiaí, atenderá a clientes e parceiros de todos os países em que a Dow atua na América Latina.

Com 9.291 metros quadrados, o Latin America Inspiration Center conta com laboratórios de alta tecnologia e equipamentos de última geração, além de laboratórios de avaliação sensorial e de análise de desempenho de materiais, espaços de colaboração para processos de design thinking, salas multiuso e espaços para treinamentos presenciais ou digitais.

Indústria da embalagem

Segundo a Dow, as instalações do novo centro estão preparadas para impulsionar a inovação sustentável da indústria da embalagem, com foco nas tecnologias do segmento de alimentos e bebidas.

Os laboratórios da área de Embalagem & Especialidades Plásticas (P&SP) possuem equipamentos para testes físicos de desempenho mecânico (impacto, perfuração, rasgamento, tração); medidas de propriedades físico-químicas e ópticas dos filmes; quantificação de aditivos via cromatografia (GC-MS e HPLC); caracterização de polímeros e embalagens (composição, degradação, contaminação) via Espectroscopia infravermelha, análise térmica (DSC e TGA) e reologia; e visualização e caracterização de multicamadas em embalagens via Microscopia de estágio quente.

O Innovation Center abriga o Pack Studios, espaço de pesquisa colaborativa e desenvolvimento de projetos com clientes e parceiros da área de Embalagem & Especialidades Plásticas (P&SP). De acordo com as Dow, a atuação colaborativa visa desenvolver melhorias e novas soluções para a indústria do plástico que impactem positivamente o mercado e o meio ambiente. Um dos destaques é a extrusora de nove camadas, que é capaz de fazer embalagens 100% preparadas para a reciclagem.

O ambiente conta com uma ferramenta de transmissão ao vivo, permitindo que clientes e colaboradores acompanhem a prototipagem, a produção e os testes de maneira remota. Criado na América Latina, o projeto se estendeu para outros Pack Studios no mundo.

A estrutura inclui, ainda, uma máquina de reciclagem mecânica, produção de filmes, moldagem por injeção e por sopro, túnel de encolhimento, termoformadora e ensacadora de forma, enchimento e selagem.

Nesse ambiente, a Dow irá fomentar parcerias colaborativas com seus clientes, donos de marcas e a comunidade científica para acelerar esforços em direção à inovação da indústria latino-americana. “Acreditamos que inovação começa com colaboração. Trabalhamos de perto com nossos clientes para ajudá-los a solucionar seus desafios e assim, contribuir para torná-los mais sustentáveis e para melhorar seu desempenho e produtividade”, enfatiza Ana Claudia Rueda, Diretora de Pesquisa e Desenvolvimento e Serviços Técnicos da Dow América Latina.

Integração e colaboração

A Dow afirma que pretende desenvolver inovações em ciência dos materiais por meio de três pilares estratégicos na América Latina: Inovação Sustentável, Aceleração Digital e Ecossistema Inovador. Na prática, isso significa ajudar seus clientes e a cadeia de valor dos segmentos em que atua a desenvolver soluções mais sustentáveis com foco na proteção do clima, em uma economia circular e no manuseio de materiais mais seguros para as pessoas e para o planeta; usar a conectividade e a digitalização para promover rápidas aprendizagens e respostas às mudanças no mercado; e dispor de um time diversificado de especialistas que garantam a inovação com segurança e agilidade.

Segundo a empresa, é por isso que, além da estrutura avançada, um dos grandes diferenciais do Latin America Inspiration Center é seu time multidisciplinar. Ao todo, cerca de 200 especialistas irão conectar as tecnologias, os laboratórios e as equipes de suporte técnico e pesquisa e desenvolvimento da Dow aos outros laboratórios que a Dow possui no México, Colômbia, Brasil e Argentina, bem como à rede global de especialistas, permitindo a replicação e adaptação de soluções desenvolvidas em outras geografias para a realidade dos mercados locais.

Curta nossa página no

Dow apresentou inovações para o mercado de embalagens e especialidades plásticas durante a Feiplastic 2017

19/04/2017

As novas famílias de resinas da empresa permitem a produção de embalagens e filmes de alto desempenho atendendo à demanda crescente do mercado por maior eficiência

A Dow apresentou na Feiplastic 2017 suas mais recentes tecnologias e aplicações para o mercado de embalagens e especialidades plásticas: Dowlex™GM, Innate™, Agility™ e Opulux™HGT. Segunda a empresa, essas inovações proporcionam embalagens e filmes com alto potencial para inovação, maior versatilidade e otimização dos recursos naturais, usadas de maneira combinada ou independente.

Ciente da relevância da embalagem como ferramenta de marketing, uma vez que influencia na percepção do consumidor, a Dow desenvolveu a família Dowlex™GM. De acordo com a Dow, essa tecnologia aprimora atributos como transparência e brilho, fazendo com que o produto tenha maior destaque no ponto de venda. Esse conjunto de resinas também proporciona maior resistência mecânica, garantindo a proteção do produto envasado até o consumidor final, e excelente capacidade de selagem.

Outra inovação da Dow é a família de resinas Innate™, que possui equilíbrio inédito entre tenacidade e rigidez, combinando excelente resistência ao rasgo e à perfuração e tendo como resultado é um filme mais fino, leve e resistente, que traz maior eficiência à embalagem e maior segurança ao produto, afirma a empresa.

Já o Opulux™ HGT é um verniz de alto brilho, que fomenta a produção de embalagens monomateriais e, portanto, de mais fácil reciclabilidade. Esta tecnologia possibilita a substituição do processo de laminação, incrementando as resistências térmica e mecânica de embalagens flexíveis, garante a Dow.

A quarta inovação que a Dow apresentou na Feiplastic foi a família Agility™ de resinas de polietileno de baixa densidade. De acordo com a empresa, tais resinas reduzem custos e aprimoram a eficiência ao viabilizar mais produtos por quilo de matéria-prima. Entre os principais diferenciais das resinas Agility™, em comparação com formulações convencionais, estão: redução de espessura, resistência à temperaturas, maior produtividade com desempenho uniforme, resistência à tração e excelente processabilidade, assegura a Dow.

“Com a introdução dessas novas tecnologias, a Dow possibilita o desenvolvimento de embalagens e filmes que contribuem tanto para aprimorar a eficiência quanto para a otimização do uso de recursos naturais. O resultado traz benefícios não apenas para nossos clientes, mas para a cadeia como um todo”, afirma Adriano Aun, gerente de Marketing de Embalagens de Alimentos & Especialidades da Dow para a América Latina. “Seguindo as tendências do consumo, esse mercado busca cada vez mais a diferenciação e isto só é possível com investimento constante em novas soluções que enderecem de forma colaborativa os principais desafios globais, como a produção de alimentos, mudanças climáticas, energia e água”, completa.

Inovação em rede – Pack Studios

Para atender às necessidades de inovação e tecnologia de seus clientes e da cadeia de valor, a Dow criou o Pack Studios, uma rede global de especialistas em embalagens. O desenvolvimento colaborativo no aprimoramento das embalagens é o foco principal desse time. O Pack Studios possui como objetivos: aumentar a cooperação entre a Dow e toda a cadeia de valor; entregar soluções inovadoras para melhores embalagens e acelerar o ciclo de desenvolvimento para levar embalagens mais eficientes ao mercado.

Atualmente, o Pack Studios está presente no Brasil, Estados Unidos, Itália, Suíça, China e Cingapura, sendo todos interconectados. Desta maneira, a Dow consegue fazer testes de novas embalagens em qualquer lugar do mundo. Assim, caso haja necessidade de testar uma solução em um equipamento que está em Singapura, é possível enviar as amostras e utilizar o recurso de vídeo conferência para conectar com os pesquisadores na Ásia e acompanhar os processos. A rede do Pack Studios ainda permite à Dow acompanhar os últimos desenvolvimentos e antecipar novas estruturas para seus clientes.

Fonte: Assesoria de Imprensa – Dow

Curta nossa página no

Dow lança conceito de Pack Studios Partner com embalagens termoformadas

18/06/2015

Com o objetivo de estender seus recursos, Dow firma parceria com a Saberpack para disponibilizar serviço de co-packing de embalagens termoformadas

packstudiodowPara a Dow a inovação é um processo colaborativo desenvolvido junto com seus clientes e toda a cadeia de valor. Com base nessa visão, a empresa lança o conceito de Pack Studios Partners e anuncia a parceria com a Saberpack para facilitar o lançamento de embalagens termoformadas flexíveis por meio do serviço de co-packing.

Lançado em 2011, o Pack Studios consiste em uma rede global de especialistas em embalagens e equipamentos que aceleram o desenvolvimento de soluções e tecnologias que atendem às crescentes demandas do mercado.

O conceito do Pack Studios Partner aproxima a Dow das referências da indústria multiplicando e agilizando a adoção de melhores soluções em embalagens pelo mercado.

A Saberpack é a primeira empresa a fazer parte do Pack Studios Partners. Com uma nova termoformadora cedida pela Dow, a Saberpack passa a oferecer serviço de co-packing para embalagens termoformadas flexíveis ricas em polietileno – tecnologia PhormantoTM – para as mais diversas categorias de produtos alimentícios, como pães, cereais, chocolates, snacks para viagem e alimentos em pó, como proteína ou leite em pó.

“A parceria com a Saberpack simboliza uma evolução para o Pack Studios que ganha a capacidade de produzir produtos para venda, acelerando muito o pre-marketing de inovações em embalagem flexível.”, destaca Bruno Pereira, gerente de sustentabilidade  e novos negócios da Dow para a América Latina.

A plataforma de embalagens termoformadas ricas em polietileno da marca Phormanto™ é um lançamento desenvolvido e patenteado pela Dow e, entre seus diferenciais, oferece alta resistência mecânica, brilho e transparência, com e sem poliamida, proporcionando alta produtividade, facilidade de reciclagem e custo competitivo, afirma a Dow.

PackStudios ao redor do mundo:

O Pack Studios atua como um centro de desenvolvimento e colaboração que possibilita a aproximação com toda a cadeia de valor da embalagem. O objetivo do Pack Studios é atuar como uma extensão dos laboratórios dos clientes transformadores no desenvolvimento de novos produtos e soluções.

Dentro de cada centro Pack Studios estão equipes de especialistas da Dow, bem como laboratórios e equipamentos de teste dedicados a acelerar o processo de prototipagem de aplicativos que ajudam os clientes a levar ao mercado novas tecnologias.

Além do laboratório na América Latina, localizado na cidade de Jundiaí (São Paulo / Brasil), a Companhia também conta com PackStudios em Freeport (EUA), Horgen (Suíça), Xangai (China) e Mozatte (Itália).

A Saberpack atua nos diversos setores da indústria alimentícia,  oferecendo filmes e bandejas plásticas, além de equipamentos de alta tecnologia. Para atender à atual demanda do mercado a Saberpack utiliza sua expertise para oferecer o serviço de terceirização “Co-Packer” para indústrias que precisam viabilizar suas necessidades de produção de envase e dosagem, selagem de bandejas, potes e pouches, blister e encaixotamento.

Fonte: Assessoria de Imprensa Dow

Curta nossa página no

Investimentos globais da Dow dão suporte ao crescimento na América Latina

19/05/2015

A Empresa está focada em desenvolver soluções e inovações para produzir embalagens flexíveis e rígidas para atender à crescente demanda local.

A Dow está comprometida com o crescimento da indústria de plásticos, por meio de investimentos globais como Sadara (Arábia Saudita), Costa do Golfo (EUA) e Bahia Blanca (Argentina). Esses projetos terão um impacto positivo sobre a capacidade de crescimento da Dow na América Latina, fornecendo volume adicional de resinas de alto desempenho para atender à crescente demanda local.

Sadara (Arábia Saudita)

A Sadara Chemical Company (Sadara) é uma joint venture entre a Dow e a Saudi Arabian Oil Company (Saudi Aramco). Sadara é um complexo de escala mundial para a produção e desenvolvimento de produtos químicos. Composta de 26 unidades de produção em Jubail Industrial City II, Arábia Saudita, a joint venture será a maior instalação química integrada do mundo e a maior já construída em uma única fase.

As primeiras unidades de produção de plásticos estão previstas para o segundo semestre de 2015, com produção completa em 2016. O complexo irá produzir plásticos de alto valor de performance e produtos químicos especiais para apoiar o crescimento dos clientes nos crescentes setores de energia, transporte, infraestrutura e produtos de consumo.

Costa do Golfo (EUA)

Em 2011, a Dow anunciou um plano de investimentos para aumentar a produção de etileno e propileno na Costa do Golfo, nos Estados Unidos, um dos planos mais abrangentes da indústria química americana nos últimos 30 anos. O projeto irá alavancar o baixo custo do gás de xisto como matéria prima e acordos de fornecimento de etano e propano de longo prazo. Vários mercados estratégicos da Dow irão se beneficiar dos derivados planejados desse projeto: embalagens de alimentos, higiene pessoal, elétrica e telecomunicações, transportes, bens de consumo duráveis, esportes e lazer.

Bahía Blanca (Argentina)

Recentemente, a Dow anunciou investimentos para expandir a capacidade e melhorar as tecnologias e equipamentos em suas quatro unidades de produção de polietileno (PE) – PEBD, chorume, fase de gás e solução – em Bahía Blanca, Argentina. Estas iniciativas vão permitir que a Dow desenvolva novas soluções e inovações para produzir resinas de alto desempenho para aplicações de embalagens flexíveis e rígidas para atender à crescente demanda na América Latina nos mercados de alimentos, higiene pessoal, embalagens, automotivo, infraestrutura, entre outros.

Pesquisa e Desenvolvimento

A Companhia investe aproximadamente US$1,6 bilhão por ano em Pesquisa & Desenvolvimento em uma base global. “A empresa tem um alinhamento estratégico com diversas áreas com o objetivo de identificar novas tendências e necessidades do mercado, fornecendo aos consumidores soluções para o seu dia a dia”, diz Fabian Gil, vice-presidente comercial do negócio de Embalagens e Especialidades Plásticas para a América Latina.

Cinco centros de Pack Studios permitem o desenvolvimento colaborativo de novas embalagens. Dentro de cada Pack Studio estão equipes de especialistas da Dow, além de laboratórios e equipamentos de teste para acelerar o processo de prototipagem de aplicativos e ajudar os clientes a levar ao mercado as novas tecnologias no menor tempo possível.

O Pack Studios ajuda a Companhia a estar mais perto da cadeia de valor de embalagem para promover a inovação e o crescimento, através da integração, testes de aplicação e uma nova ferramenta para a troca de informações.

Além de um laboratório na cidade de Jundiaí (SP), a Dow também possui Pack Studios em Freeport (EUA), Horgen (Suíça), Xangai (China), e Mozatte (Itália).

Fonte: Assessoria de Imprensa (Dow)

Curta nossa página no