Posts Tagged ‘PA6’

DSM e Fibrant reduzem emissões de Gases de Efeito Estufa na produção de Poliamida 6

22/07/2021

Tendo em vista o atual afunilamento das metas de emissões de gases de efeito estufa (GHG) na Europa, a DSM e a Fibrant anunciaram a obtenção de uma grande redução nas emissões de GHG na produção de Caprolactama e, portanto, subsequentemente, também da Poliamida 6 (PA6) produzida na Europa a partir de Julho de 2021. A redução nas emissões de GHG é estimada em cerca de 800 milhões de kg de CO2 por ano. Esta redução significativa foi alcançada com a implementação de várias melhorias de tecnologia, entre as quais um programa avançado de abatimento de N2O no processo de produção de caprolactama da Fibrant.

A partir de julho, a Fibrant comercializará a sua caprolactama com pegada de carbono reduzida sob o nome comercial EcoLactam.

Paul Habets, Diretor de Marketing e Vendas Fibrante disse: “Tenho o orgulho de anunciar que a Fibrant migrará para 100% EcoLactama, uma caprolactama de nova geração com uma pegada de carbono (CFP) muito baixa. Tudo isso foi alcançado por meio da melhoria contínua dos processos e de um foco claro na sustentabilidade. Com uma nova geração de produtos, reduziremos nosso CFP em mais de 50% através da redução significativa de N2O e aplicando nossa tecnologia proprietária HPO e Hydranone, mantendo o desempenho e qualidade no mesmo alto nível. ”

Com a introdução do EcoLactam pela Fibrant, a DSM Engineering Materials será capaz de oferecer seu portfólio de poliamida 6 Akulon produzido na Europa com a menor pegada de carbono de PA6 disponível no mercado, afirma a empresa. Isso permite que os clientes da DSM reduzam a pegada de carbono de seus próprios produtos e contribuam para a redução global das emissões de GHG nas cadeias de valor posteriores, em segmentos como o automotivo, elétrico, eletrodomésticos e embalagens de alimentos. Além disso, as duas empresas se uniram para reduzir ainda mais as emissões de GHG, visando atingir emissões Zero já em 2040.

Bert Havenith, Diretor de Sustentabilidade da DSM Engineering Materials acrescenta: “Temos uma longa história de fornecimento de provas tangíveis de nosso compromisso com a sustentabilidade. Como uma etapa adicional, somos capazes de reduzir ainda mais nossa pegada com uma abordagem de balanço de massa de matéria-prima de base biológica (Akulon B-MB) ou via abordagem reciclada (Akulon RePurposed, Akulon CRC-MB). Junto com nossos clientes, fornecedores e parceiros, estamos prontos para impulsionar nosso setor, aproveitar as oportunidades sustentáveis ​​à frente e cumprir nossos propósitos ”.

Curta nossa página no

Evonik adquire a startup americana Structured Polymers

17/03/2019

A Evonik adquiriu a Structured Polymers Inc., startup tecnológica americana para materiais de impressão 3D, sediada em Austin, Texas. O acordo e o plano de fusão correspondente foram executados e a operação foi concretizada recentemente. Com a aquisição, a Evonik ganha acesso a uma nova tecnologia patenteada que vai permitir a expansão de seu portfólio de pós poliméricos especiais no mercado de manufatura aditiva.

“A aquisição da tecnologia da Structured Polymers é um complemento excelente às nossas atividades existentes no segmento de polímeros de alto desempenho para a manufatura aditiva”, disse Dr. Ralph Marquardt, responsável por Strategy and Growth Businesses na Evonik Resource Efficiency GmbH. “Graças à nossa expertise de décadas em química de polímeros, essa operação nos permite expandir o nosso portfólio de materiais poliméricos customizados e prontos para uso para o mercado altamente atraente e de rápido crescimento da impressão 3D, o que fará com que possamos exercer um papel importante no desenvolvimento desse mercado”.

A Structured Polymers será plenamente integrada à organização norte-americana da Evonik, mas a sede da empresa será mantida em Austin, Texas.

“Estamos muito felizes por poder aproveitar o poder da Evonik para expandir ainda mais a nossa plataforma tecnológica inovadora. No futuro próximo, isso nos permitirá diversificar de maneira significativa o mercado de materiais para impressão 3D e trabalhar com os nossos clientes no desenvolvimento de novas oportunidades de negócios”, disse Vikram Devarajan, CEO da Structured Polymers Inc.

A Evonik já havia criado a base para uma aquisição da startup tecnológica no outono de 2017 por meio de um investimento de venture capital.

Nova tecnologia para materiais para impressão 3D

A tecnologia inovadora da Structured Polymers começa com um granulado polimérico que é convertido em um pó fino, através de um processo de diversas etapas. Desse modo, é possível produzir pós poliméricos com tamanhos controlados de partícula variando entre 0,1 e 400 µm, enquanto se obtêm excelentes propriedades de material.

“A nova tecnologia nos permite utilizar virtualmente todos os termoplásticos semicristalinos, como, por exemplo, polibutileno tereftalato, poliéter-cetona ou poliamida 6 ou pós poliméricos com propriedades especiais (como cor, condutividade ou proteção antichamas) para produção de pós para processos de impressão 3D comuns, tais como a sinterização seletiva a laser, sinterização de alta velocidade ou fusão multijatos”, disse Thomas Grosse-Puppendahl, responsável pela área Additive Manufacturing Innovation Growth Field na Evonik. “Além disso, nós esperamos que a tecnologia da Structured Polymers possa ser escalada de maneira fácil e econômica”.

O mercado de impressão 3D está em franca expansão e apresenta taxas de crescimento de dois dígitos. Nesse mercado, a Evonik é o maior fabricante mundial de pós de poliamida (PA) 12, produtos que são empregados em tecnologias de manufatura aditiva há mais de 20 anos. Além de seu filamento de PEEK e pó de PA 12, o portfólio de produtos da empresa também inclui os pós de PEBA flexíveis e uma variedade de aditivos tais como agentes de dispersão, melhoradores de fluxo e modificadores reativos.

A Structured Polymers Inc. foi fundada em 2012 em Austin, Texas, com o objetivo de inovar e comercializar novos pós poliméricos para processos de manufatura aditiva, incluindo a fusão multijato e a sinterização seletiva a laser. A equipe, chefiada por Dr. Vikram Devarajan, Dr. Jim Mikulak e Dr. Carl Deckard, juntamente com um time de engenheiros liderados por Dr. Abhimanyu Bhat, criou um processo escalável exclusivo para a comercialização de pós poliméricos de alto desempenho e está comprometido com a expansão da disponibilidade de materiais para o setor de impressão 3D.

Fonte: Assessoria de Imprensa -Evonik

Curta nossa página no