Posts Tagged ‘Nanocompósitos’

SENAI-SP inaugura Núcleo de Materiais Avançados e Nanocompósitos

03/11/2015
SENAI_Mario-Amato

O presidente da Fiesp e do SENAI-SP, Paulo Skaf, inaugurou no dia 23 de outubro o Núcleo de Materiais Avançados e Nanocompósitos da Escola SENAI Mario Amato, em São Bernardo do Campo

A nova área representa investimento de R$ 14,5 milhões e intensifica a estratégia da entidade de oferecer estruturas completas para a prestação de serviços técnicos e tecnológicos para as indústrias que investem no desenvolvimento e na pesquisa de materiais não metálicos, como polímeros, cerâmicas e compósitos. A nova área tem potencial para atender todo o país.

Sua criação vem ao encontro da necessidade de desenvolvimento de materiais leves e de alto desempenho, que demandem menores custos de produção, possibilidade de design diferenciado, segurança, conforto e diminuição de impactos ambientais.

A pesquisa e o desenvolvimento de materiais poliméricos compostos, como blendas, polímeros com aditivos diversos e compósitos, assim como materiais cerâmicos e modificações químicas em superfícies, são necessárias ao atendimento da indústria de transformação de materiais em diversos segmentos, como, por exemplo, o automotivo, da construção civil, de embalagens, de cosméticos, de alimentos, de informática e odonto-médico hospitalar.

O núcleo é composto por dois ambientes dotados com equipamentos de alta tecnologia: o laboratório de caracterização de materiais, que permitirá análises de caracterização química, caraterização física, caracterização microscópica e raio X; e o laboratório de processamento de materiais poliméricos e materiais cerâmicos, que produzirá amostras em escala laboratorial para a execução de testes.

Estiveram presentes à inauguração diversas autoridades políticas e representantes da indústria. Entre eles, o Secretário de Governo do Município de São Caetano do Sul, Nilson Bonome; Walter Vicioni Gonçalves, diretor regional do Senai-SP e superintendente do Sesi-SP; Ricardo Terra, diretor técnico do Senai-SP; Claudemir Facco de Oliveira, diretor da Escola Senai Mário Amato; o diretor superintendente da Abiplast e do Sindiplast, Paulo Teixeira e o presidente do Sistema Fiesp, Paulo Skaf.

Fonte: Assessoria de Imprensa -Abiplast / Agência Indusnet Fiesp

Curta nossa página no

Anúncios

Nanotecnologia é abordada em Palestra durante Conferência Brasilplast.

05/05/2011

A nanotecnologia aliada ao plástico. É isso que o público vai poder ver e entender durante a BRASILPLAST (13ª Feira Internacional da Indústria do Plástico).  Essa tecnologia consiste em manipular átomos e moléculas para modificar ou criar novos materiais, fazendo com que estes tenham características diferentes como maior resistência, maior durabilidade, resistência ao fogo, vedação mais eficiente, entre outros benefícios.

Usada em diversos segmentos, na indústria do plástico é possível encontrar a nanotecnologia em embalagens, materiais usados na indústria automotiva, entre outras. Os “Avanços da Nanotecnologia e sua Aplicação em Polímeros” é um dos temas que será apresentado pelo professor Dr. Henrique Toma, do Departamento de Química Fundamental do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), durante a Conferência BRASILPLAST 2011, no dia 11 de maio.

Segundo Henrique Toma, a Nanotecnologia já está em sua segunda fase. “Na primeira etapa, os pesquisadores desenvolveram os Nanocompósitos, que são plásticos mais resistentes, de fácil moldagem e com características sustentáveis. Estamos na segunda etapa, onde estão sendo desenvolvidos materiais funcionais, que podem virar condutores elétricos, extremamente resistentes, bloquear chamas, gases, ajudando até a aumentar o tempo de prateleira ou validade dos alimentos. A próxima etapa será o desenvolvimento de materiais inteligentes, capazes de se regenerar e reagir de acordo com funções determinadas. Na quarta e última etapa, esses materiais não serão mais polímeros, e sim materiais biológicos, próximos a outros encontrados na natureza”, explica o professor.

A Nanox, empresa que atua nos mercados de aditivos antimicrobianos, lançará com exclusividade na BRASILPLAST, um produto antimicrobiano o NANOXClean, um pó que é incorporado em qualquer tipo de plástico e torna o material antimicrobiano, bactericida, fungicida e acaricida. É o primeiro produto desenvolvido e fabricado no Brasil com a nanotecnologia e certificado pela ANVISA. O produto foi criado pela empresa com o financiamento da FAPESP, FINEP e CNPq, ou seja, tecnologia 100% nacional.

Além dos avanços da Nanotecnologia, a Conferência traz temas como Sustentabilidade na Cadeia do Plástico, tendências e novas tecnologias, como a Aplicação Estrutural de Materiais Compósitos; Desempenho e Eficiência em Injetoras; e Utilização e Aplicação de Injetores Híbridos e Elétricos. Também estará em pauta ampla análise do cenário econômico nacional com foco na competitividade para o mercado de plástico, importação de matérias primas, tendências de preços, investimentos e gestão de parques industriais de transformadores.

Fonte: Reed Alcântara Machado