Posts Tagged ‘Mogi Mirim’

Plástico biodegradável da BASF será usado em projeto de compostagem de resíduos orgânicos domésticos em Mogi Mirim-SP

17/09/2013
  • BASF, Prefeitura Municipal de Mogi Mirim, Construrban, Inambi, Romapack e Visafertil iniciam projeto piloto para coleta e compostagem de resíduos sólidos orgânicos no município
  • Matéria prima utilizada na confecção dos sacos para coleta seletiva será o ecovio® da BASF, polímero compostável certificado, com conteúdo parcialmente de fonte renovável
  • Cerca de 240 toneladas de resíduos orgânicos serão geradas durante o projeto e transformados em 120 toneladas de adubo para plantas

A BASF e a Prefeitura de Mogi Mirim, juntamente com seus parceiros, lançaram no dia 16/09 um projeto piloto de compostagem de resíduos sólidos orgânicos gerados no município, por meio da introdução da coleta seletiva domiciliar. A primeira coleta será iniciada na próxima quarta-feira (18.09).

É a primeira vez que um projeto desenvolvido na América do Sul vai demonstrar o uso de sacos plásticos produzidos com ecovio®, um polímero biodegradável, assim como a eficiência do processo de compostagem como contribuição para a gestão de resíduos sólidos urbanos.

Os sacos feitos com o ecovio® da BASF serão produzidos pela Romapack, indústria de embalagens. “Confeccionamos cerca de 200 mil sacos para serem distribuidos a uma amostragem de 1.770 unidades residenciais e mais duas escolas, o correspondente a cerca de 5.300 moradores”, afirma Gisele Barbin, Gerente Comercial da Romapack.

Os bairros selecionados para o desenvolvimento desse trabalho foram o Jardim Paulista e Jardim Silvânia, que possuem características representativas dos hábitos da comunidade no município. Para conscientizar os moradores envolvidos no projeto, a BASF, Fundação Espaço Eco e consultoria Inambi – responsável pelo monitoramento e elaboração do relatório final do projeto – desenvolveram um programa de treinamento sobre todo o processo de coleta seletiva de resíduos orgânicos para compostagem.

“Estamos desenvolvendo programas de educação ambiental para que os moradores possam, por si próprios, serem capazes de diferenciar cada tipo de resíduos e destinar os orgânicos de forma correta para a compostagem, participando de forma ativa e consciente no desenvolvimento desse modelo de reciclagem”, afirma Marcos Badra, diretor da consultoria Inambi.

“Ao darmos uma destinação mais adequada ao resíduo orgânico, também contribuímos para melhorar a qualidade da coleta seletiva de recicláveis em geral, eliminando a contaminação pelo resíduo orgânico“, complementa Ubiratan S. de Carvalho, Diretor da Construrban Logística Ambiental.

Os resíduos orgânicos domésticos serão coletados todas as segundas, quartas e sextas-feiras por um caminhão da Construrban. Esses resíduos serão destinados à Visafértil, que opera uma usina de compostagem em Mogi Mirim.

O projeto terá três meses de duração com estimativa de gerar cerca de 240 toneladas de resíduos orgânicos, os quais serão transformados em cerca de 120 toneladas de adubo rico em nutrientes essenciais para as plantas. Esse processo de transformação do resíduo junto com o saco produzido com ecovio compostável e certificado é estimado em cerca de 90 dias.

“A Visafértil se orgulha em participar desse projeto com técnicas inovadoras, transformando os resíduos orgânicos domésticos de Mogi Mirim em um composto nobre e sustentável, juntamente com os sacos de ecovio®, comenta Ulisses Giradi, diretor da Visafértil

“A BASF já conduziu outros projetos piloto de compostagem semelhantes na Alemanha, Canadá, Tailândia, Índia e Austrália, com resultados previstos alcançados. A coleta de resíduos orgânicos realizada de forma higiênica, com sacos plásticos compostáveis produzidos com ecovio® da BASF contribuiu para reduzir a quantidade de resíduos orgânicos destinada a aterros, para aumentar sua vida útil e diminuir a emissão de gases de efeito estufa”, afirma Karina Daruich, gerente de biopolímeros da BASF para América do Sul.

O projeto poderá se transformar num modelo de sucesso baseado nas premissas da Lei 12.305/2010 (PNRS – Política Nacional de Resíduos Sólidos) e ser seguido por outros municípios brasileiros.  “É uma enorme satisfação fazer parte dessa iniciativa pioneira e podermos ser os incentivadores de uma ampla conscientização da população quanto aos benefícios ao meio ambiente e de um futuro sustentável”, comentou o prefeito de Mogi Mirim, Luís Gustavo Antunes Stupp.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

Anúncios