Posts Tagged ‘Laboratório’

Novo centro de inovações da Evonik na Alemanha focaliza em desenvolvimentos para a indústria de poliuretano

19/11/2021

  • Investimento destaca a posição da Evonik na indústria do poliuretano (PU)
  • Nova unidade permite um foco estratégico em aplicações de alto crescimento, como a produção sustentável de material sintético e soluções para a mobilidade elétrica
  • Novo laboratório e central de testes vão reduzir os tempos de desenvolvimento de soluções aditivas especiais em PU

Com uma nova unidade contendo laboratório e central de inovação em seu parque químico de Essen Goldschmidt, Alemanha, a Evonik fortalece ainda mais a sua posição na indústria do Poliuretano (PU). O novo laboratório de 400 m2 inaugurado no final de outubro vai aumentar a capacidade da Evonik de desenvolver aditivos e auxiliares de processamento de alto desempenho para uma variedade de aplicações em PU.

Segundo a empresa, o foco se concentra em áreas de aplicação de alto crescimento como a produção de material sintético sustentável para substituição do couro, catalisadores de baixa emissão para revestimentos e adesivos, aditivos de desempenho para a fabricação de solados de PU mais duráveis e confortáveis, além de desmoldantes otimizados em termos de emissões para espumas e elastômeros moldados.

“Com esse novo laboratório e centro de inovação, enviamos um forte sinal ao mercado e destacamos a nossa estratégia de ser não só o maior, mas também o mais inovador provedor de soluções para a indústria do PU”, disse Ralph Marquardt, responsável pela unidade de aditivos de PU na Evonik. “Esse investimento nos permite desenvolver soluções aditivas inovadoras e mais sustentáveis para nossos clientes, ajudando-os a se manterem alinhados com as constantes mudanças da demanda e com os regulamentos ambientais cada vez mais restritivos”.

A Evonik afirma que o seus aditivos especiais e auxiliares de processamento permitem, por exemplo, a produção de materiais sintéticos mais sustentáveis mediante a substituição dos solventes orgânicos por água no processo de produção.

Outra área de aplicação na qual os especialistas em PU da Evonik estão atuando nas novas instalações é a dos catalisadores ambientalmente amigáveis para espumas de poliuretano e materiais com propriedades semelhantes às da borracha (elastômeros). Esses ingredientes são usados na produção de materiais de poliuretano de alto desempenho para, por exemplo, proteger os componentes eletrônicos de telefones celulares contra vibrações ou para prevenir falhas mecânicas em componentes de baterias de carros elétricos durante os processos de carga e descarga. Segundo a Evonik, os seus aditivos e auxiliares de processo também ampliam a durabilidade, a aparência e o conforto de uso de solados de PU.

“Os novos equipamentos de última geração da unidade capacitam a nossa equipe para trabalhar com eficiência e segurança ainda maior no desenvolvimento de novas soluções aditivas para o sucesso de nossos clientes”, afirma Matt Aldag, responsável pelo negócio Advanced PU na Evonik.

A Evonik é uma das líderes mundiais em especialidades químicas. Contando com cerca de 33.000 colaboradores, a empresa atua em mais de 100 países em todo o mundo e gerou vendas de 12,2 bilhões de euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de 1,91 bilhão de euros em 2020.

Curta nossa página no

Centro de Tecnologia e Inovação da Braskem investe R$ 1,7 milhão em novo laboratório para moldagem rotacional

09/02/2017

braskem-rotomoldagem

Espaço apoiará no atendimento aos clientes e na busca de soluções para o setor

O Centro de Tecnologia e Inovação (CTI) da Braskem em Triunfo investiu R$ 1,7 milhão em equipamentos para um completo laboratório de rotomoldagem, que será inaugurado em março deste ano com a presença de clientes. O laboratório será utilizado para desenvolver novas soluções para o mercado de rotomoldagem – segmento responsável por produção de peças grandes, como, por exemplo, caixas d’água, brinquedos e peças do setor agrícola.

Entre os testes que poderão ser realizados no novo espaço estão análises de produtividade, comparação técnica entre materiais e grades do portfólio, avaliação da resistência para cumprimento das normas vigentes e atendimento técnico às demandas de clientes. “O laboratório colocará em evidência o segmento da rotomoldagem, permitindo à Braskem posicionar-se como provedora de soluções técnicas para o mercado. Adicionalmente, estaremos capacitando as equipes em um novo processo de produção”, diz Eliomar Pimenta, engenheiro de aplicação da Braskem.

Fonte: Braskem

Curta nossa página no

Centro de Tecnologia e Inovação da Braskem investe em laboratório para EVA

08/08/2016

Braskem-eva-laboratorio

Novo espaço trabalhará com EVA, resina utilizada principalmente no setor calçadista

O Centro de Tecnologia e Inovação (CTI) da Braskem, localizado no polo petroquímico de Triunfo, investiu em junho R$ 500 mil em um novo laboratório. O local é específico para o processamento de EVA, voltado para desenvolvimento de novas aplicações e suporte para os clientes desenvolverem suas próprias formulações.

O novo laboratório passa a ser uma referência na área de EVA no país, pois conta com uma infraestrutura que permite realizar desde a formulação de um composto até a produção de protótipos. “Esse investimento permitirá uma maior interação com os clientes, acelerando o desenvolvimento de novas tecnologias para a indústria calçadista”, afirma Giancarlos Delevati, engenheiro de Aplicação PE Performance do CTI.

A Braskem produz anualmente 16 milhões de toneladas de resinas e outros produtos petroquímicos básicos e tem faturamento anual de R$ 54 bilhões, atuando em mais de 70 países, com 8 mil integrantes e 40 unidades industriais localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México (esta última em parceria com a mexicana Idesa).

Fonte: Braskem

Curta nossa página no

Dynisco lança medidor de índice de fluidez com um novo cortador automático de amostras

22/01/2016

Dynisco_autocutterA Dynisco lançou seu medidor de índice de fluidez LMI5000 Series com um novo cortador automático de amostras (Autocutter). Essa nova funcionalidade oferece meios mais precisos, automatizados e seguros para cortar amostras de polímeros. De acordo com a Dynisco, o novo equipamento possui as seguintes características:

Maior precisão:
• Ao executar um método de teste “A” ou “A / B”, o cálculo da taxa do índice de fluidez (MFR) é uma razão entre o peso da amostra ao longo do tempo
• A precisão tanto do peso como do tempo influenciam a precisão da medição
• O atraso a partir do qual o aparelho sinaliza para um corte manual e o tempo real no qual a amostra será cortada vai influenciar o valor do MFR
• As variações deste atraso irão adicionar variabilidade para o valor do MFR
• O Cortador automático irá remover esta não-repetibilidade e quase eliminar o atraso entre o tempo de corte programado e tempo real de corte

Aumento da Automação:
• O cortador automaticamente acionará o corte no tempo previsto tanto no método  “A” como no “A / B”
• O cortador automático pode ser desabilitado globalmente na tela de configurações
• O Cortador automático pode ser acionado a qualquer momento durante o teste

Maior segurança:
• O Cortador automático mantém o usuário longe de do cabeçote quente
• As amostras são depositados na base do aparelho para recuperação
• O usuário utilizador não necessita de usar uma espátula para remover a amostra, minimizando a exposição à amostra de plástico fundido
• A porta do cortador automático tem um intertravamento de segurança integrado
• Quando a porta está aberta ou removida, a funcionalidade de corte fica desabilitada

“O recurso do Cortador Automático fornece uma consistência de cortes de amostras que simplesmente não se pode alcançar manualmente”, afirma Kevin Craig, engenheiro electrotécnico líder. “Não se precisa mais executar múltiplos testes do Método A ou de Densidade do Material Fundido e tirar a média dos resultados para eliminar o fator “humano”. Uma maior taxa de fluxo de material que era quase impossível de se usar com o teste com corte manual se torna possível com o recurso Auto Cutter. ”

Outras características da nova funcionalidade incluem, segundo a Dynisco:
• Porta de segurança facilmente removível
• Permite fácil acesso para manutenção e limpeza do Cortador automático
• O Cortador automático fica desabilitada enquanto a porta de segurança é removida
• Roda de corte de aço inoxidável
• Métodos de teste “A” e “A / B” integrados

Mais informações sobre o Dynisco LMI500 Series de Fluidez Indexador com Cortador automático pode
ser encontradas em: http://www.dynisco.com/lmi

A Dynisco é provedora líder de soluções de medição e controle para extrusão e outros processos plásticos em que a pressão e a temperatura são críticos. O Segmento Dynisco Plastics é parte de uma organização global que fornece tecnologias de sensoriamento, equipamentos de controle e instrumentação analítica para uma ampla gama de aplicações industriais. A empresa tem fábricas em Massachusetts, Nova York, Ohio, e na Malásia. Dynisco serve um grupo diversificado de clientes em todo o mundo, incluindo OEMs, distribuidores e usuários finais.

Fonte: Dynisco

Curta nossa página no

Plastômetro de Extrusão da Dynisco simplifica o gerenciamento de dados de teste de índice de fluidez de polímeros

10/06/2013

O novo software, agora disponível com os plastômetros de extrusão LMI, oferece simplicidade na coleta, armazenagem e gerenciamento digital dos dados pelo sistema.

Dynisco_LMIDesde sua introdução no mercado, o plastômetro de extrusão LMI tem sido reconhecido pelos seus recursos avançados, adequados para os modernos laboratórios de testes. Segundo a Dynisco (www.dynisco.com), as inovações incluem um sistema ergonômico de manuseio de pesos, compactação automatizada de amostras de resina, medição digital melhorada do deslocamento do pistão e uma interface de usuário com tela de toque. Agora, um novo software de gerenciamento de dados completa o pacote.

“O LMI é a abordagem da Dynisco na reinvenção do equipamento mais comum em qualquer laboratório de polímeros,” observa Joe DiOrio, Gerente de Produtos. “Juntamente com seus recursos ergonômicos, o nosso novo software transforma um equipamento de laboratório padrão, no sonho de todo operador de testes do século 21.”

O software LaVA™ Suite é um desenvolvimento de propriedade da Dynisco. O nome “LaVA” significa Laboratory Viscosity Analysis (análise de viscosidade em laboratório). De acordo com a Dynisco, o software  é capaz de fornecer uma maior gama de dados, simplificando radicalmente a análise, o processamento e o arquivamento de relatórios. Ele captura não somente os valores de índices de fluidez, mas também a tensão e a taxa de cisalhamento e a densidade aparente do fundido ao mesmo tempo em que registra as condições de teste. O software LaVA Suite possui a aparência e o comportamento de aplicativos dos PCs ou dispositivos móveis mais modernos. O layout da tela e a navegação do menu são imediatamente intuitivos para o pessoal de laboratório de qualquer nível de habilidades.

Segundo a Dynisco, outros recursos importantes do LMI incluem:

  • Novo sistema de gerenciamento de pesos Inspirada na ergonomia de um aparelho de academia de ginástica, a Dynisco armazenou todos os pesos no próprio equipamento e o ato de mudar a carga do teste tornou-se algo tão simples quanto mover um pino de um local para o outro.
  • Fácil compactação de materiais. Para evitar a compactação inconsistente de amostras de resina, o que pode causar inconsistência de dados, a Dynisco desenvolveu um compactador de força ajustável que fornece uma força constante independente do operador.
  • Novo display com tela de toque… Substituindo o display vácuo-fluorescente, uma tela de toque colorida, maior e retro-iluminada permite a programação e a visualização mais fácil do status e dos resultados de testes.
  • Melhor encoder digital… Um encoder digital fornece uma medição precisa do deslocamento do pistão durante testes volumétricos.
  • Portas USB: 3 portas USB são padrão no LMI. Uma porta principal e duas portas secundárias fornecem toda a comunicação necessária para integrar o LMI, armazenar dados em um pendrive ou para comunicação com uma balança ou impressora.

Outros recursos importantes incluem o opcional de corte automático de amostras durante testes de Método A e A/B e a correlação dos dados para determinar a viscosidade intrínseca do PET.

A Dynisco é uma empresa líder global no fornecimento de soluções de medição e controle precisas, robustas e confiáveis para extrusão e outros processos da indústria de plásticos,  nos quais a pressão e a temperatura são críticas. A Dynisco Plastics Segment é parte de uma organização global que fornece tecnologias de medição, equipamentos de controle e instrumentação analítica para uma grande gama de aplicações industriais. A empresa possui instalações de fabricação em Massachusetts, Nova Iorque, Ohio e na Malásia. A Dynisco atende um amplo grupo de clientes em todo o mundo, incluindo OEMs, distribuidores e usuários finais.

Fonte: Dynisco

Curta nossa página no