Posts Tagged ‘K2013’

Feira K 2013 excede expectativas

31/10/2013
  • Muitas inovações pioneiras resultam em um número notável de negócios fechados durante a feira
  • Expositores prevêem um forte pós-feira em geração de negócios

k_2013Foi com grande expectativa que as empresas das indústrias de plásticos e borracha foram a Düsseldorf  para a K 2013, a feira mais importante do mundo em seu setor. A recuperação experimentada no setor, já há meses, juntamente com a confiança que as empresas do segmento tinham em poder mostrar inovações pioneiras de produtos para todos os setores da cadeia produtiva aumentaram as justificadas esperanças de uma boa exposição e de negócios ativos no pós-feira. E essas expectativas foram , na verdade, até mesmo excedidas ao longo dos oito dias da feira . Expositores relataram unanimemente que receberam inúmeras consultas de projetos concretos, que tiveram intensas negociações com visitantes vindos de todo o mundo e que conseguiram fechar um número notável de negócios , alguns dos quais foram concluídos instantaneamente – sendo que muitos deles estavam na casa dos milhões.

O Presidente do Conselho Consultivo de Expositores para a K 2013, Ulrich Reifenhäuser, ficou extremamente satisfeito com os resultados :”Nós não esperávamos que a disposição dos visitantes em investir fosse tão alta ! Os vários produtos e aplicações inovadoras que estrearam em Düsseldorf foram recebidos com grande interesse pelos visitantes.E as inovações não foram apenas admiradas, mas também foram realizadas muitas negociações concretas e contratos foram assinados . Muitos clientes estão ampliando suas capacidades e estão investindo em novas tecnologias para aprimorar a sua vantagem competitiva global. Nós temos bastante confiança em prever um forte pós- feira em termos de negócios e esperamos um crescimento contínuo em nosso setor . ”

Esta visão encontrou eco em todas as áreas da feira e foi compartilhado igualmente pelos mais de 3.200 expositores, desde produtores de matérias-primas, até processadores e fabricantes de máquinas. Os expositores destacaram particularmente a proporção agora ainda maior de visitantes internacionais e o seu alto grau de especialização, além do fato de que um número desproporcionalmente alto de gestores de alto escalão visitaram a K 2013.

Os cerca de 218.000 visitantes profissionais à K 2013 vieram de mais de 120 países. Werner Matthias Dornscheidt , Presidente e CEO da Messe Düsseldorf , encantado , juntamente com sua equipe, com a excelente resposta à feira, disse : “Mais uma vez, torna-se muito claro que a K é e continua sendo o evento mais importante na indústria de plásticos e borracha ! Este é o lugar onde as novas tecnologias são estreadas, ao lado de  novos desenvolvimentos de tecnologias maduras, e este também é o lugar onde os pedidos de compra são colocadas para essas inovações . Os visitantes estrangeiros à K 2013, em particular, mostraram uma vontade muito alta para investir e um em cada dois visitantes vieram para Düsseldorf com intenções de compra específicas em mente. Mesmo que o tamanho das delegações das empresas compradoras individuais tenha caído ligeiramente, nenhuma empresa que produza ou use produtos de plástico perdeu esta oportunidade para saber mais sobre as inovações de hoje e as tendências do futuro na K 2013 ” .

O evento anterior , em 2010, recebeu 222.486 visitantes e teve a participação de 3.094 expositores.

Os resultados da pesquisa feita com visitantes também sustentaram a visão mostrada pelos expositores de que a participação internacional dos visitantes subiu mais uma vez : 58%, ou seja, 126 mil visitantes profissionais, vieram do exterior . Pouco menos da metade dos visitantes estrangeiros vieram de outros continentes – viajaram para Düsseldorf de lugares tão distantes como Angola , Burkina Faso, Ilhas Malvinas , Iêmen, Malawi , Nepal, Nova Caledônia, Omã, Peru e Turcomenistão. Como esperado , a proporção de visitantes profissionais provenientes da Ásia representou o maior grupo de visitantes estrangeiros – cerca de 30.000 especialistas chegaram a Düsseldorf vindos do Sul e Leste Asiático, assim como da Ásia Central, Oriente Médio e Oriente Próximo. Visitantes da Índia foram mais uma vez o maior grupo, enquanto que o número de visitantes da China, Indonésia, Irã, Japão e Taiwan subiu consideravelmente.

Também apresentando um aumento significativo foi a proporção de visitantes da América do Norte: cerca de 8.100 visitantes foram registrados a partir dos EUA e Canadá – 1.300 a mais do que a K 2010. Em torno de 11.000 especialistas vieram da América Latina, correspondendo a aproximadamente o mesmo número que veio há três anos. Formando o maior contingente, estiveram especialistas do Brasil, México , Argentina e Colômbia.

Outro aumento  também foi observado no número de visitantes da África do Sul , com cerca de 2.000 profissionais.

Entre os visitantes de países europeus vizinhos, a Holanda dominou com 8.000 visitantes , seguida pela França , Bélgica, Grã-Bretanha e Itália. Houve também um aumento perceptível no interesse da Polônia, República Checa e Hungria.

Ao longo de todas as fronteiras nacionais, houve um número desproporcionalmente alto de gerentes entre os visitantes da feira : cerca de dois terços correspondiam a cargos da alta ou média administração. Bem mais da metade desses tem um papel decisivo ou co -determinante nas decisões de investimento de suas empresas. A proporção de visitantes dos setores de pesquisa, desenvolvimento e design também foi considerável.

Soluções para economia de recursos e eficiência energética dominaram muitos lançamentos de produtos e o setor mostrou-se marcado por um desejo de fabricar produtos de forma ambientalmente amigável, porém rentável. O setor de máquina e construção de plantas, o maior segmento em exibição na K 2013 com cerca de 1.900 expositores, também esteve no foco de interesse dos visitantes : pouco menos de dois terços de todos os visitantes entrevistados disseram que, particularmente, queriam reunir informações sobre as inovações nesse setor. Para 42% dos visitantes da feira, as apresentações dos produtores de matérias-primas e auxiliares eram de interesse primordial, enquanto que 22 % direcionaram a sua atenção principalmente para produtos semi-acabados e componentes técnicos feitos de borracha e plástico (várias respostas possíveis). Os visitantes vieram de todos os segmentos usuários principais – desde a construção civil, setor automotivo e embalagem, até o setor elétrico, de aplicações médicas e agrícola. Em geral , os visitantes da K 2013 deram suas melhores notas para a feira : 96% afirmaram ter plenamente alcançados os objetivos de sua visita.

Mostra especial” Kunststoff bewegt – Plásticos movimentam o mundo

Também reunindo grande interesse entre os visitantes de todo o mundo foi a mostra especial da K 2013 intitulada ” Kunststoff bewegt – Plásticos movimentam o mundo” . Esta mostra destacou a contribuição feita pelos plásticos para uma ” vida em movimento “. O objetivo foi abordar a contribuição direta de plásticos para as variadas facetas da mobilidade , bem como o movimento emocional – por exemplo , por meio da arte e design. Questões orientadas para o futuro, girando em torno dos principais temas do crescimento da população, as necessidades de energia e mudanças climáticas também foram discutidas. A abertura do evento, em 16 de outubro, teve a participação do ex- ministro das Relações Exteriores, Joschka Fischer, que discutiu a questão da sustentabilidade.

A próxima K Düsseldorf será realizada de 19 a 26 de outubro de 2016 .

Fonte: Messe Düsseldorf

Curta nossa página no

Anúncios

A indústria de Plásticos e Borracha demonstra o seu pleno escopo e poder de inovação na feira K 2013, em Duesseldorf, na Alemanha.

21/10/2013

Conservação de recursos e eficiência energética são temas centrais

k_2013Os plásticos e a borracha são exemplos de eficiência. Materiais isolantes feitos de polímeros protegem contra o frio e o calor. Seu uso poupa muito mais petróleo do que é necessário para fabricá-los . a substituição de metal por plástico torna carros e aviões mais leves . A fabricação de automóveis leves economiza combustível e preserva recursos . Pneus feitos com blendas avançadas de borracha reduzem a resistência ao rolamento e o consumo de combustível. Por mais de cem anos, os plásticos e borracha tem estado disponíveis para infinitas novas aplicações, com o poder de inspirar e fascinar. Apenas algumas décadas atrás, os destaques inovadores no setor eram os filmes para embalagem, o revestimento de cabos e as seringas de uso único. Hoje, os destaques são as micromooldagens de cateteres cardíacos ou próteses produzidas por impressão 3D. Além disso , os materiais desempenham um papel fundamental na expansão de fontes de energia renováveis.

A indústria de plásticos e borracha está apresentando o seu pleno escopo e o seu poder de inovação na seu principal feira de comércio global, a K 2013, de 16 a 23 de outubro, em Düsseldorf, na Alemanha. Como Ulrich Reifenhäuser, presidente do Conselho de espositores da K 2013, ressaltou na conferência de imprensa antes da feira : ” Durante meses, os fabricantes de máquinas, produtores de matérias-primas e processadores de todo o mundo estiveram se preparando intensamente para o maior evento no calendário da indústria . Departamentos de desenvolvimento têm trabalhado incansavelmente para ter certeza de que eles vão convencer os visitantes com novos recursos e inovações que atendam às exigências de conservação de recursos e eficiência energética em materiais , máquinas, tecnologias e aplicações . ”

Centro de exposições de Düsseldorf lotado

Mais de 3,2 mil expositores irão apresentar os seus mais recentes desenvolvimentos para todos os setores da indústria na K 2013. O espaço de exposição abrange cerca de 171 mil metros quadrados e o centro de exposições de Düsseldorf está com todas as suas 19 alas lotadas.

O espectro de fornecedores varia desde grandes players globais até pequenas start-ups , e a variedade de produtos vai desde matérias-primas commodities até moldes feitos sob medida ou micropeças . Werner M. Dornscheidt , presidente e CEO da Messe Düsseldorf : “Em nenhum outro lugar do mundo se pode experimentar a amplitude de matérias- primas e tecnologias de processamento e aplicação tão completamente quanto na K, em Düsseldorf. Este é o lugar onde todos os fornecedores de destaque mostram suas inovações revolucionárias, porque este é o lugar onde eles esperam encontrar um público de especialistas altamente internacional . Estou confiante de que haja novamente mais de 200 mil visitantes profissionais de todo o mundo que não vão perder esta oportunidade de estar na K 2013, para experimentar as tendências de hoje, desenvolvimentos para amanhã e visões para o futuro distante . ”

3.200 expositores de 59 países

Os expositores da K 2013 vêm de 59 países . Eles incluem fornecedores da Europa , com um grande número especialmente da Alemanha, Itália , Áustria, Suíça e França. O que é notável é que os países do Sul da Europa, os quais foram duramente atingidos pela crise do euro – como a Itália, Espanha e Grécia -, têm a mesma (ou até maior) presença na K 2013 do que em 2010 .

A indústria alemã de plásticos e borracha representa quase 40 por cento do espaço total, ou seja, 66.497 metros quadrados. Ao mesmo tempo, as mudanças no mercado mundial estão claramente refletidas no K: o número de empresas da Ásia e o espaço de apresentação reservado por elas aumentaram fortemente desde o evento de 2010. O espaço de exposição das cinco maiores países expositores asiáticos da Ásia – China , Taiwan, Índia, Japão e Coreia do Sul – é quase um terço maior ( um pouco menos de 18,8 mil metros quadrados em 2010; quase 25 mil metros quadrados em 2013).

Mostra especial “Plásticos movimentam o mundo “

A diversa gama de produtos e serviços dos próprios expositores será complementada por um programa de apoio abrangente . O show especial já tradicional no hall 6 , este ano intitulado ” Plásticos movimentam o mundo ” , merece uma menção especial . Ele deixa claro quais as contribuições que o plástico pode fazer para uma “vida em movimento”. Neste caso, o termo ” movimento” abrange uma gama muito ampla. Ela inclui não apenas as contribuições diretas que os plásticos fazem para as diferentes facetas de mobilidade, mas também as maneiras pelas quais eles podem “movimentar” no sentido emocional, por exemplo, na arte e design, ou como inspiração para soluções futuras para os grandes desafios do crescimento da população, demanda de energia e mudança climática.

Uma série de palestras de expositores proeminentes também estão explorando o tema do show especial a partir de ângulos diferentes . No dia da abertura, 16 de outubro , o ex- ministro alemão das Relações Exteriores, Joschka Fischer falouo sobre sustentabilidade. Ele foi seguido em 17 de outubro por Bertrand Piccard , a primeira pessoa a voar através dos EUA a partir de San Francisco para Nova York em uma aeronave solar, a sua ” Solar Impulse”, sem usar uma gota de combustível. Um dos destaques do mundo do esporte aconteceu no dia 18 de outubro, com o aparecimento dos campeões olímpicos e mundiais da associação de canoagem mais bem sucedido do mundo, o alemão “Team Kunststoff” .

Forte incentivo para a geração mais jovem

A K 2013 também dá grande ênfase a incentivar os jovens a entrar na profissão . Mais uma vez , houve um programa da kai, a iniciativa de educação em plásticos . Em painéis de discussões, shows com experimentos ao vivo e nos estandes de pesquisa, aprendizes, alunos escolares e universitários estão tendo a oportunidade de experimentar o que é trabalhar com plásticos . Além disso, a Associação Alemã de Engenheiros (VDI) esteve apresentando o Fórum de Estudantes VDI, no domingo, 20 de outubro. E na mostra especial “Plásticos movimentam o mundo”, houve também sessões em domingo, 20 de outubro , intituladas “Os jovens falando com …” para explicar para os jovens que tipos de empregos estão disponíveis na indústria de plásticos e discutir os aspectos ambientais e futuros temas com eles.

Outros destaques do programa de apoio são a estréia do Campus da Ciência, na qual as universidades e institutos de pesquisa estão agrupados em uma única área pela primeira vez para apresentar temas voltados para o futuro , e a conferência DesignChain@K . Também sendo apresentada pela primeira vez, a conferência se direciona a designers e desenvolvedores de diferentes ramos da indústria, oferecendo a oportunidade de aprender sobre os plásticos e as suas possibilidades de design. Outra novidade é a conferência “Eletrônica impressa – Oportunidades para a Indústria de Plásticos” e o PEPSO Pavilion (Produtos e Soluções de Eletrônica Impressa ), com informações sobre o status quo e as perspectivas do tema de inovação sobre eletrônicos impressos .

A K 2013 Düsseldorf está funcionando das 10 da manhã às 18:30 diariamente, de quarta-feira , outubro 16, a quarta-feira, 23 de outubro.

Fonte: Messe Duesseldorf

Curta nossa página no

Arburg entra no negócio de impressão 3D e apresenta novo equipamento durante a K’2013

21/10/2013

K_fair_ArburgA Arburg ampliou seu portfólio de produtos para incluir a fabricação aditiva (impressão 3D), abrindo as portas para novas possibilidades na produção de peças de plástico. Na K 2013, a fabricante de máquinas de moldagem por injeção alemã revelou seu segredo e apresentou seu equipamento de impressão 3D (freeformer) e o AKF ARBURG Plastic Freeforming ( AKF ) ao mercado de plásticos .

O Freeformer da Arburg produz peças de plástico totalmente funcionais usando a nova técnica de fabricação aditiva – ARBURG Plastic Freeforming ( AKF ) – a partir de arquivos de CAD em 3 dimensões, com grânulos de plásticos convencionais e sem um molde. Ela, portanto, oferece liberdade para a produção eficiente de peças individuais e lotes de pequeno volume de peças .

Com base em cerca de 60 anos de experiência no processamento de plásticos e construção de máquinas, a Arburg desenvolveu o Freeformer e a AKF internamente – para uma abrangente eficiência de produção. A solução inovadora oferece uma maior liberdade na escolha, combinação e processamento de plásticos, produção de componentes sem estruturas de apoio e um ambiente de produção livre de pó.

Ao contrário das técnicas de fabricação aditiva (impressão 3D) convencionais, com a técnica AKF da Arburg, granulados convencionais são fundidos, da mesma forma que no processo de moldagem por injecção. O Freeformer produz o componente sem estruturas de apoio, camada a camada, através de minúsculas gotículas, adicionadas por um bico. A unidade de descarga das gotículas e o bico permanecem estacionários, enquanto o porta-componente se move.

O processo AKF faz uso de arquivos de CAD 3D, que são lidos diretamente pelo Freeformer . Após a partida, tudo acontece automaticamente. Durante este processo, o produto sob construção é movimentado por um porta-componente com três ou cinco eixos.

Destaques da tecnologia:

  • Peças plenamente funcionais são criadas com gotas de plástico minúsculas , sem um molde
  • Versátil: grânulos de plásticos convencionais de baixo custo são usados, ao invés de materiais especiais caros
  • Não há estruturas de apoio : a unidade de descarga estacionária e porta-componente móvel para geometrias complexas em 3D
  • Combinável: a técnica AKF também é adequada para o processamento de dois componentes, por exemplo, em combinações móveis hard / soft
  • Sem esforço: as peças são automaticamente construídas, camada por camada, com base em arquivos de CAD 3D
  • Bico de fechamento cronometrado, com piezo-tecnologia, garante alta qualidade de parte
  • Porta-componente de 3 ou 5 eixos com motores lineares para geometrias complexas em 3D, sem estrutura de apoio
  • Operação intuitiva usando gestos com as mãos sobre a tela multi-touchscreen de alta qualidade
  • Ambiente de produção silencioso e livre de pós

Fonte: Arburg

 

Curta nossa página no

Romi consolida presença internacional e apresenta lançamentos na K 2013

21/10/2013

Principal encontro mundial de companhias do setor tem participação da Romi pela segunda edição consecutiva

K-fair_romi-primaxEmpresa líder brasileira de máquinas para plástico e tradicional exportadora, a Romi participa da edição 2013 do maior encontro de negócios para transformadores de plástico, a feira K. Realizada entre os dias 16 e 23 de outubro, em Dusseldorf, na Alemanha, a feira conta com os principais players do mercado.

A Romi tem um espaço de 400 metros quadrados, localizado no Hall 15, estande D40. A empresa está apresentado três máquinas lançadas este ano e destacadas em eventos nacionais. São elas: as injetoras ROMI EL 75, a ROMI EL 300 e a ROMI EN 450.

Para Cassiano Rosolen, diretor Financeiro e de Supply Chain, a Romi fortaleceu sua presença global na indústria de transformação de plástico e reforçou sua determinação de estar globalmente bem estruturada. “Desde 1944, a Indústrias Romi exporta e tem experiência para fornecer máquinas, suporte de vendas e serviços aos nossos clientes, por meio de subsidiarias Romi, localizadas na Alemanha, no Reino Unido, na França, na Espanha, no México e nos Estados Unidos”, afirma Rosolen.

O diretor da Unidade de Negócios de Máquinas para Plástico, William dos Reis, explica que as máquinas apresentadas pela Romi na K combinam alta tecnologia, precisão, eficiência energética e produtividade a um custo competitivo. “Estamos muito atentos ao mercado e nos empenhamos em antecipar as necessidades de nossos clientes, produzindo máquinas reconhecidas pela sua alta performance, confiabilidade e durabilidade.”

Linha de produtos Romi

Linha EN – Série de máquinas dedicada a aplicações de uso em geral e com força de fechamento de 70 a 450 toneladas. Os  equipamentos contam ainda com sistema de acionamento hidráulico por servomotor.

Linha EL – Série de máquinas totalmente elétricas e com força de fechamento de 75 a 300 toneladas. Esses equipamentos são voltados a aplicações técnicas.

Linha Primax – Série composta por máquinas hidráulicas e híbridas, com força de fechamento de 220 a 1.500 toneladas.

Máquinas Romi na K 2013

Injetora ROMI EL 75 e ROMI EL 300

As injetoras ROMI EL 75 e EL 300 são equipamentos voltados para aplicações técnicas e de engenharia, com força de fechamento de 75 e 300 toneladas. Usando tecnologia e experiência de máquinas CNC, toda a linha conta com fuso de esfera recirculante e movimentos por servomotor. O resultado é uma máquina silenciosa, rápida e precisa. Operando com níveis de ruído inferiores a 60 decibéis, as injetoras conseguem economia média de energia de até 60%, em comparação com máquinas hidráulicas atuais; e de até 80% quando comparadas   as máquinas mais antigas. A precisão é de centésimos de milímetro. Esses são os dois primeiros modelos a usar o novo controle CM15, de 15 polegadas, com controle touch-screen, conectividade via Internet, VNC Server e servidores FTP e PVI.

Injetora ROMI EN 450

A série EN é a mais recente linha de máquinas produzidas pela Romi, projetada para atender às necessidades de quem procura injetoras altamente eficientes, compactas e com baixo nível de ruído. Fáceis de operar, elas possuem acionamento hidráulico por servomotor, que proporciona alto desempenho e baixo consumo de energia. A economia de energia nesse caso é de até 40% se comparado a um equipamento de bomba de vazão variável. A redução pode chegar até 66% em relação ao modelo  de vazão fixa. Com boa aceitação pelo mercado, a Romi está expandindo a série EN para equipamentos de 450 toneladas de força de fechamento. Na K 2013, a empresa vai expor a injetora ROMI EN 450.

Fonte:  Romi

Curta nossa página no

Novo cartucho de filtro da Nordson Kreyenborg aumenta a produtividade operacional na filtragem de material fundido, melhora a qualidade da massa fundida e prolonga a vida útil do filtro

21/10/2013

Cartucho elimina a deformação da tela e outros problemas que são encontrados com frequência em sistemas padrão de disco para mídias de filtragem

K_2013_Kreyenborg_2Um inovador sistema de meio filtrante para trocadores de tela e filtros de material fundido resolve muitas das falhas dos discos padrão de filtros, conforme anunciou a Nordson KREYENBORG GmbH, que apresentou o sistema na K 2013 (sala 9, estante A44 – 48).

O novo cartucho de filtro evita a perda de pressão e a deformação da malha de aço do filtro, ou meio filtrante, apresentando uma estrutura estável e robusta que possibilita que o meio filtrante suporte os altos desgastes mecânicos que acontecem durante a partida da produção. A otimização reológica do projeto do cartucho elimina as zonas de estagnação e possibilita 100% de utilização da área aberta do filtro, prolongando sua vida útil. A estrutura simétrica do cartucho do filtro facilita o manuseio seguro e simples para o usuário e uma  fácil substituição do meio filtrante sem realizar uma limpeza.

O novo cartucho de filtro é uma alternativa para os discos padrão de filtros nos quais a área da superfície é aumentada dobrando a malha do filtro – ou seja, instalando a malha de modo a formar um padrão ondulado ou enrugado, em vez de plano. As dobras deixam a malha suscetível a desgastes mecânicos, que podem reduzir a eficiência da filtragem de material fundido ao fazer com que as camadas dobradas sejam imprensadas ou comprimidas durante o processamento. Isso reduz também a vida útil do filtro, aumentando o tempo de paralisação para trocas de filtro e elevando os custos com limpeza. A limpeza do meio filtrante por meio do contrafluxo nos discos não é possível , pois o fluxo reverso de polímeros pode danificar a mídia.

Fundado em 1953, o Kreyenborg Group é um fornecedor líder internacional de sistemas de processamento de polímeros. Em 2013, a Nordson Corporation adquiriu os negócios da KREYENBORG GmbH, que fabrica sistemas de filtragem para materiais fundidos, bombas de engrenagem e válvulas de fusão; e a BKG BRUCKMANN & KREYENBORG GRANULIERTECHNIK GmbH, que produz sistemas de peletização submersa. Agora, ambas fazem parte das ofertas de produtos de Sistemas de processamento de polímeros da Nordson.

Fonte: Martino Communications

Curta nossa página no

Simplás leva associados para aproximação com empresários na Alemanha durante feira K

21/10/2013

Missão técnica embarcou no dia 14 para a Feira K, maior evento do setor plástico do mundo

SimplasDirigentes e associados do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) são maioria na comitiva que o setor produtivo do plástico do Rio Grande do Sul enviou a Dusseldörf, na Alemanha, nesta segunda-feira (14). O grupo que participa da Feira K, maior evento mundial no segmento, é formado ainda por representantes do Sindicato das Indústrias de Material Plástico no Estado do Rio Grande do Sul (Sinplast) e do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Vale dos Vinhedos (Simplavi). A missão do Simplás embarcou no pátio da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul.

Entre 16 e 20 de outubro, além de visitar a feira, a representação busca a implementação de uma agenda positiva para as empresas gaúchas do segmento plástico junto a empreendedores de todo mercado europeu, em particular o alemão. Troca de tecnologias, abertura de novos negócios, formação de parcerias e relacionamentos são os possíveis frutos de uma inédita pauta de encontros de negócios e aproximações.

A petroquímica Braskem é a principal parceira na iniciativa – o próprio estande na exposição será utilizado para demonstrações e contatos. Também de maneira inédita, o trabalho conta com respaldo da Câmara de Indústria e Comércio Brasil-Alemanha, consultoria da empresa Maxiquim e apoio do Governo do Estado, por meio da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção dos Investimentos (AGDI).

“Da maneira como está organizado, este é um movimento sem precedentes. A ideia é que façamos da passagem pela Feira K o marco para um reposicionamento do setor industrial plástico do Rio Grande do Sul no mercado externo”, comenta o diretor executivo do Simplás, Zeca Martins.
O potencial gerador de negócios e inovação da Serra Gaúcha deve ser apresentado aos europeus incluindo a quinta edição da Plastech Brasil, em 2015, como uma das grandes oportunidades para aproveitá-lo.

“94% dos participantes em 2013 já manifestaram interesse de voltar daqui a dois anos. Quase 80% registraram abertura de novos mercados. A geração de negócios nos próximos 12 meses deve superar R$ 170 milhões. E estamos falando aqui da maior concentração de indústrias de transformação de plástico do Brasil, em um raio de 50 quilômetros”, destaca o presidente da Plastech Brasil, Orlando Marin, que também integra a delegação.
A comitiva conta ainda com as presenças do primeiro-secretário do Simplás, Ricardo Polo, e do diretor suplente Milton Panizzon.

Fonte: Simplas

Curta nossa página no

Ferramentas para planejamento de visitas à Feira K na Alemanha já estão disponíveis online

07/03/2013
  • Preparação eficaz para a K 2013
  • Banco de dados dos expositores disponível online
  • Venda de bilhetes online será iniciada em março
  • Aplicativos da K para Android e Apple

k_2013Embora a abertura oficial da K 2013, a mais importante feira internacional para Plásticos e Borracha, em Düsseldorf / Alemanha, esteja ainda a sete meses, o site oficial da feira já está a todo vapor no endereço k-online.de. Com um novo design, o site é uma plataforma útil para uma preparação fácil e eficaz e para planejamento de visitas à K. Durante a última K em 2010, o portal registrou mais de 11 milhões de cliques. Com uma estrutura mais clara, o novo portal da K novamente fornece uma ampla variedade de informações em torno dos tópicos da feira, notícias da indústria, pesquisa e ciência, assim como uma série de conselhos práticos para os visitantes. Só recentemente a peça central do portal da K foi colocada online: o banco de dados dos expositores – o catálogo virtual da feira K ! Desde então, o número de visitas disparou para cerca de 110.000 em janeiro e fevereiro. Na área do portal intitulada “Empresas e produtos” (“Companies and Products”), os visitantes podem procurar empresas individuais ou compilar uma lista de empresas que oferecem serviços específicos ou ainda procurar empresas de países selecionados. Esta compilação pode ser baixada por download. Inúmeros serviços personalizados, como “MyOrganizer”, “MyCalendar (para organizar datas online) e “MyCatalogue” (para compilar um catálogo da exposição personalizado) melhoram o pacote de serviços da plataforma.
Uma outra boa notícia: o novo Aplicativo da K agora oferece acesso móvel a todas as informações importantes – tanto para Android como para sistemas Apple.

Outro utilitário interessante é a nova função de “matchmaking” (identificação de interesses afins). Este serviço de “networking” pela Internet seleciona expositores e visitantes com os mesmos interesses: ambos os parceiros podem postar e acessar perguntas e ofertas online – por exemplo, a busca de um novo parceiro de cooperação. Este serviço oferece oportunidades para “networking” durante a preparação para a feira e ajuda parceiros potenciais a organizar reuniões durante a K.

Poupando dinheiro com eTicket

Os visitantes podem agora comprar bilhetes eletrônicos (eTicket) para acesso à K 2013 através da Internet e imprimi-los em casa – com duplo benefício: este método economiza tempo e dinheiro. O eTicket é significativamente mais barato do que bilhetes comprados na bilheteria oficial do recinto da feira: o eTicket para um dia custa 49 euros, enquanto que os bilhetes comprados na bilheteria da Feira custam 65 euros. O custo do eTicket para três dias é de 108 euros, enquanto os bilhetes adquiridos na bilheteira custam 135 euros. Tal como em 2010, o bilhete K inclui o uso de ônibus e trens do sistema de transporte público em Düsseldorf e na região vizinha. A loja de bilhetes on-line estará acessível no site www.k-online.de a partir do final de março de 2013.

Em cooperação com a Deutsche Bahn e a Düsseldorf Marketing & Tourismus (DMT), os organizadores da feira, a Messe Düsseldorf, apresenta uma outra oferta atrativa. Os visitantes da feira K podem agora viajar de todas as cidades alemãs para Düsseldorf  (incluindo a viagem de volta) por um preço especial: por exemplo, com este bilhete especial, uma viagem de ida e volta de trem de Hamburgo para Düsseldorf  custa apenas 109 (os viajantes economizarão mais de 30 euros) . Quem ainda estiver à procura de alojamento em Düsseldorf ou nas imediações pode encontrá-lo no site da DMT: http://business.duesseldorf-tourismus.de/messe/K/, o qual fornece uma lista de vários hotéis de diferentes categorias e acomodação em casas particulares.

Fonte: Messe Duesseldorf

Curta nossa página no

Ferramenta para orientar visitas à Feira K 2013 está disponível on-line

22/01/2013

k2013O “Innovation Compass”, a ferramenta eletrônica-guia da K 2013 está online. No endereço www.k-online.de, renomados cientistas e pesquisadores da área de polímeros estão publicando artigos relevantes sobre temas atuais do setor e destacando as tendências que impulsionarão o desenvolvimento do mercado nos próximos anos. A publicação destes artigos técnicos marca o primeiro passo para enfatizar a abundância de inovações na feira mundial mais importante para a indústria de plásticos. Ao longo deste ano, os expositores da K 2013 poderão alimentar dados sobre seus produtos e processos na ferramenta “Innovation Compass” e, assim, chamar a atenção para inovações específicas da sua empresa.

A feira K em Düsseldorf é famosa por suas inovações – nenhuma outra feira para o segmento de plásticos e borracha pode oferecer um espectro tão grande e diversificado de idéias e produtos. Na K 2013, que ocorrerá de 16 a 23 de outubro, cerca de 3.000 empresas de todo o mundo voltarão a apresentar ao público as suas ofertas nas áreas de máquinas e equipamentos para a indústria de plásticos e borracha, matérias-primas, auxiliares, produtos semi-acabados, peças técnicas e plásticos reforçados. Todas as empresas expositoras já estão trabalhando a todo vapor para apresentar as suas inovações  da melhor forma possível. Há um foco definido nos benefícios e adaptação às necessidades do comprador. O “Innovation Compass” oferece um guia para a classificação e rastreamento de inovações de acordo com os seus campos de aplicação.
Além de escrever seus artigos, os cientistas que orientaram a criação do “Innovation Compass” adaptaram a matriz de pesquisa da ferramenta aos desenvolvimentos atuais do setor, dividindo-os nos grupos Máquinas, Equipamentos e Processos e Materiais. Ao utilizar esta matriz de pesquisa a partir de setembro de 2013, os visitantes de K poderão identificar os expositores que estão apresentando produtos e processos significativamente melhorados ou radicalmente modificados. Os visitantes poderão, então, adaptar sua visita aos salões de exposição às suas necessidades pessoais e fazer o melhor uso possível de seu tempo na feira.

Fonte: Messe Düsseldorf

Curta nossa página no