Posts Tagged ‘Janelas’

Kömmerling lança sistema de janela de correr com vedação por borrachas

02/12/2018

Indicado para substituição de janelas em prédios que necessitam manter a arquitetura externa original

Segundo a Kömmerling, no sistema PremiSlide, a vedação de borrachas – que faz a janela correr – , garante único deslizamento, menor espaço de abertura e fácil utilização em ambientes de pouco acesso. O sistema oferece isolamento térmico, capacidade para vidros de até 50 mm de espessura e sistema de vedação dupla com 76 mm de profundidade, garante a empresa. “Ele é ideal para substituição de janelas em prédios que necessitam manter a arquitetura externa original”, informa Tonia Lima, diretora comercial da Kömmerling.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no </

Anúncios

Perfis Kommerling são homologados em Programa Setorial de Qualidade

21/08/2018

Empresa também é a primeira sistemista no país a ter um montador homologado no programa

A Kommerling acaba de obter a homologação para suas linhas de perfis PremiLine 80 e PrimeLine 58, no âmbito do Programa Setorial de Qualidade de Esquadrias de PVC (PSQ). A empresa também celebra o fato de ser a primeira sistemista no Brasil a ter um montador (Amplex) homologado no programa. Parceiras desde 2010, ambas as companhias somam a expertise em extrusão com o conhecimento em engenharia.

Segundo a Kömmerling, os sistemas de correr PremiLine 80 e PrimeLine 58 possuem qualidades técnicas que justificam esta qualificação do PSQ. Especialmente desenvolvido para pequenos e grandes vãos, o primeiro, por exemplo, tem grande capacidade de envidraçamento, alta performance de inércias e possibilidade de múltiplos trilhos, afirma a empresa. Por sua vez, o Primeline 58 foi projetado para o mercado nacional, visando atender a pequenos e médios vãos. Vale ressaltar que ambos os perfis, além de se destacarem pela estabilidade dimensional e longa vida útil, conservam-se sempre em perfeito estado, em face da estabilidade de cor e grande resistência a impacto, assegura a sistemista.

“Para a Kömmerling, a homologação atesta o nosso dever cumprindo perante a nossa própria filosofia, compromisso e contribuição com o mercado de maneira geral”, faz questão de ressaltar a diretora comercial, Tonia Lima. Ela informa que a companhia é uma forte apoiadora dos programas normativos vigentes no Brasil, como o PSQ. “Isto porque, por meio dele, conseguimos assegurar e comprovar ao mercado a qualidade de nossas janelas. Este setor está se desenvolvendo de uma maneira constante e nós pensamos diariamente sobre como uma janela e todos os seus níveis de desempenho serão importantes para o consumidor final”, salienta.

Importante ressaltar que o PSQ de Esquadrias de PVC foi implementado por meio de ação conjunta da Associação Brasileira dos Facricantes de Sistemas, Perfis e Componentes para Esquadrias de PVC (ASPEC) e de fabricantes de sistemas de esquadrias. Ele atende à busca crescente dos especificadores por esquadrias que atendam as normas de desempenho, a fim de gerar um resultado positivo e real na finalização da obra.

O programa conta com a coordenação da empresa TESIS – Tecnologia e Qualidade de Sistemas em Engenharia, entidade gestora técnica independente. credenciada pelo INMETRO.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Kömmerling inaugura Centro de Treinamento e disponibiliza o primeiro programa de capacitação comercial

12/07/2018

Empresa alemã do segmento de esquadrias de PVC destaca a importância do aperfeiçoamento para o fortalecimento do negócio

A grande velocidade na implementação de novas tecnologias e a necessidade de oferecer produtos e serviços diferenciados fazem com que as empresas necessitem de profissionais e parceiros cada vez mais qualificados para atender aos requisitos do mercado competitivo, da satisfação do cliente, bem como da disseminação do conhecimento e informação. É a partir desse cenário – que exige constante atualização – que o treinamento corporativo serve como uma ferramenta para elevar o grau de eficiência e para redefinir estratégias que potencializem ganhos.

Inserida neste contexto, a Kömmerling está inaugurando seu Centro de Treinamento na cidade de São José do Pinhais (PR), onde periodicamente serão ministrados treinamentos padronizados. “Pautados em uma metodologia, usaremos esse espaço para trabalhar o desenvolvimento dos parceiros”, ressalta Tonia Lima, diretora geral da empresa. Para a executiva, o treinamento deve ser uma atividade contínua: “Mesmo quando as pessoas apresentam excelente desempenho, alguma orientação e melhoria sempre deve ser introduzida ou incentivada”.

Seguindo essa diretriz, a empresa realizará nos dias 23 e 24 de agosto o primeiro programa neste formato: será o treinamento “Vendedor Qualität”, cujo objetivo é conscientizar o profissional de vendas sobre aspectos do seu papel, sobre os seus próprios rendimentos e despertar insights técnicos e argumentos determinantes na comercialização de esquadrias com perfis Kömmerling.

Esse inovador processo de desenvolvimento da força de vendas será periódico e contará com três módulos – inicial, intermediário e avançado – que se intercalarão a partir de 2019. “Trata-se de um projeto de capacitação comercial padronizado, no qual ensinaremos uma rotina de prospecção e vendas, geradora de resultados a curto, médio e longo prazo”, explica Tonia Lima.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Kömmerling leva parceiros à feira Fensterbau, na Alemanha

21/03/2018

Trata-se do principal evento mundial dedicado a soluções para janelas, portas e fachadas

Pertencente ao grupo alemão Profine, a Kömmerling, fabricante de sistemas e perfis de PVC, levará um grupo formado por 18 pessoas – entre parceiros fabricantes e profissionais da área comercial – para visitar a feira Fensterbau, que acontece de 21 a 24 de março, em Nuremberg, na Alemanha. Nela, será exibido o que há de mais inovador em termos de soluções para janelas, portas e fachadas. A exemplo de outras edições do evento, o stand do grupo Profine, com 1.512 metros quadrados, será o maior da feira, contemplando as marcas KBE, Trocal e a premium Kömmerling.

Além da cobertura do evento, a Kömmerling também programou uma visita às instalações da matriz, em Pirmasens. “Os parceiros terão a oportunidade de conhecer todo o processo de industrialização, bem como as novas tecnologias”, informa Tonia Lima, diretora da empresa.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Kömmerling apresenta alta de 15% nas vendas brasileiras em janeiro

20/02/2018

A sucursal brasileira da Kömmerling, empresa alemã que atua no segmento de perfis e sistemas para esquadrias de PVC, encerrou o mês de janeiro com um avanço de 15% das vendas, em comparação ao mesmo período do ano passado.

O resultado se deve a um ambiente econômico mais favorável no País.“Dedicamos todos os esforços para aprimorar nossas parcerias. Cerca de 70% dos nossos parceiros tiveram um crescimento superior a 60% em 2017”, afirma a diretora Tonia Lima,

A Kömmerling possui 30 parceiros fabricantes (sistemistas) e cinco pontos de vendas ativos (revendas) no País. A previsão, segundo Tonia Lima, é obter um incremento de 20% nos negócios em 2018. “Existe uma tendência de avanço do mercado para este ano, entretanto, o cenário político e econômico atual gera dúvidas quanto a esse suposto crescimento. O governo precisa voltar a investir na construção civil, através de medidas eficazes para que se tenha uma retomada do nosso setor”, avalia.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Kömmerling tem novo comando no Brasil

15/05/2017

Tonia Lima aposta no aperfeiçoamento e desenvolvimento para engajar clientes e parceiros

A executiva Tonia Lima (foto) está assumindo o posto de market manager da Kömmerling, tradicional fabricante alemão de sistemas de perfis e esquadrias de PVC. Ela substituirá Oliver Legge, que ficou à frente da companhia no Brasil durante 10 anos.

Em vez de grande mudanças, seu trabalho estará pautado na evolução, por meio de metologia voltada ao aperfeiçoamento e desenvolvimento. “Dentro desse conceito, meu principal desafio será dar continuidade ao trabalho que já vinha sendo executado pela gestão anterior e incorporar melhorias contínuas”, faz questão de ressaltar.

Com a expertise adquirida na gerência de vendas da companhia, Tonia Lima enfatiza que todos  os movimentos, ações  e decisões estarão voltados às necessidades dos clientes. “Paralelamente,  atuaremos lado a lado com todos nossos parceiros, visando implantar programas de melhoria específicos para desenvolvimento e crescimento contínuo de cada fábrica”.

No que se refere à  estratégia que será adotada com as revendas, Tonia Lima destaca que elas são, no Brasil, um excelente negócio para o empreendedor que quer trabalhar com esquadrias de PVC e  não deseja  um envolvimento com o processo produtivo. Por outro lado, para quem possui a fábrica, proporciona a não ociosidade de sua processo produtivo e um aumento do faturamento.

O fortalecimento do Departamento Financeiro, sob a responsabilidade do gerente Dércio Silva, também faz parte do programa de aprimoramento da estrutura.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Perfis de PVC de alto desempenho nos tons preto fosco e amadeirado são os destaques da Kömmerling na Fesqua

07/09/2016

kommerling_fesqua

A Kömmerling – do setor de perfis e sistemas de PVC  para janelas e portas –  apresenta na Fesqua 2016 produtos que obedecem à norma 15.575 – que institui nível de desempenho mínimo ao longo da vida útil para os elementos da edificação habitacional  – bem como à  NBR 10.821  que regula as esquadrias externas para edificações.

Um dos  destaques fica por conta do perfil de PVC na cor preto fosco, sendo a massa de perfil interna preta e a lâmina com proteção térmica Cool Colors Plus da Skai. “Apesar de o preto ser uma cor que absorve mais energia térmica, essa proteção faz uma barreira, proporcionando um desempenho muito semelhante ao branco”, explica Priscila Oliveira Andrade, gerente de vendas da Kommerling,

Outra atração é o PVC com acabamento amadeirado. Por meio de lâminas coladas nos perfis, é indicado para qualquer tipo de abertura. Está disponível com 5 tonalidades standard e 12  especiais, com cores que vão do azul ao vermelho e metálico O produto é destinado a um público que deseja um acabamento rústico da madeira sem os problemas de manutenção, como verniz e fungo, cupins, apodrecimento. Soma-se a estes benefício, o isolamento termoacústico estável.

Segundo Priscila Oliveira Andrade, a disponibilidade de perfis de PVC no padrão madeira é uma opção que avança em novas obras no Brasil, tendo em conta que a mão de obra de manutenção de esquadrias de madeira está cada vez mais escassa e cara.

A Fesqua, XI Feira Internacional de Esquadrias, Ferragens e Componenetes, ocorrerá de 21 a 24 de setembro de 2016 no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo – SP

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Nova poliamida reforçada da BASF contribui para isolamento térmico em sistemas de janelas

05/08/2016
  • Componente melhora desempenho, funcionalidade e design, em substituição ao metal
    Produto foi desenvolvido em cooperação com fabricante espanhol STAC Padrón

BASF_16_Transmission_coverUm novo componente promete melhorar o desempenho,  isolamento térmico, funcionalidade e design dos sistemas de janelas.  Segundo a BASF, O uso da poliamida Ultramid ® LFX, reforçada com fibras de vidro longas, proporciona benefícios significativos quando comparadas aos materiais convencionais, em virtude de apresentar uma melhor resistência e boas propriedades de isolamento. O componente também permite um design de janela inteligente, leveza, além de substituir o metal na moldura da janela, o que elimina a possibilidade de corrosão.

Bom isolamento está nos pequenos detalhes

Para que um novo edifício seja moderno e eficiente em termos energéticos, é necessário mais do que apenas o isolamento de uma grande área da fachada. Não menos importantes são os sistemas de janelas, o que significa pensar de forma criativa ou substituir materiais convencionais. Em cooperação com o fabricante de janelas espanhol, STAC Padrón, a BASF substituiu o componente feito de zamak (liga metálica), por Ultramid® reforçado com fibra de vidro longa, melhorando o sistema significativamente, afirma a empresa. Ao usar o material, um perfil de performance superior foi criado, apresentando propriedades mecânicas superiores, melhorando o isolamento da janela como um todo e contribuindo para uma construção sustentável, garante a BASF. O desenvolvimento foi fruto de um trabalho conjunto: o novo design do componente, integrado ao perfil da janela, foi proposto pelo cliente STAC. A BASF calculou otimizou o design com sua tecnologia de simulação Ultrasim®. Em seguida, uma ferramenta protótipo foi criada para produzir o novo componente. A utilização das fibras de vidro longas foi um fator determinante e produziu os resultados idealizados. Joaquim Perez Vidal, Gerente de Compras da Europa Ocidental na BASF resume a conquista: “A aplicação explora plenamente os atributos do Ultramid® LFX: excelente estabilidade em todas as temperaturas de aplicação, alta tenacidade, resistência à fadiga e boa separação térmica.”

Construções do futuro: Componentes pequenos – efeito surpreendente

Ser capaz de substituir o metal na moldura da janela é uma vantagem real. “É possível reduzir os pontos térmicos fracos no design da janela, com efeito positivo no conforto no interior do ambiente”, explica Javier Fernandez Cobian da STAC.

A BASF afirma que o seu produto Ultramid® atende às altas exigências mecânicas e ao mesmo tempo, é livre de corrosão e extra leve. Graças à sua superfície lisa, a janela pode ser aberta e fechada com maior facilidade e isso é conseguido sem a aplicação de revestimento adicional, garante a fabricante do material. Isto também é vantajoso para o perfil ambiental do componente de plástico, pois não há necessidade de pós-tratamentos como proteção contra corrosão, sendo particularmente eficiente no processo de produção. Além disso, é mais leve do que os produtos convencionais e, consequentemente, reduz a energia consumida durante o transporte, segundo a BASF.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

Modificação na regulamentação ECE para vidros automotivos oferece nova liberdade de design com o uso de PMMA

21/12/2015

Evonik_vidro-traseiro

Segundo a Evonik, as recentes alterações na normativa ECE R43 tornam o seu PMMA (polimetilmetacrilato ) Acrilyte® Resist AG 100 um material adequado para uso em pequenos vidros laterais traseiros.  Antes das alterações do regulamento, exigia-se aplicação de revestimentos que tornasse o material resistente a riscos. A ECE abrange um conjunto de regulamentos acordados internacionalmente para veículos automotores e adotados pela Comissão Econômica das Nações Unidas para a Europa.

Segundo a Evonik, o Acrilyte® Resist AG 100 oferece a melhor dureza superficial de todos os termoplásticos, mesmo sem revestimento, enquanto proporciona uma liberdade de design que não pode ser obtida com o vidro. “O Acrilyte® Resist AG 100 pode ser moldado por injeção em praticamente qualquer formato 3D”, diz Uwe Löffler, Diretor de Business Development Automotive na linha de negócios Acrylic Polymers do segmento Performance Materials da Evonik. “Os painéis podem ser produzidos com defletores de vento integrados e ângulos agudos. E os painéis podem ser curvados”, acrescenta Löffler.

Esses benefícios de design são acompanhados por custos favoráveis. De acordo com a Evonik, com base na nova normativa ECE, o seu Acrilyte® Resist AG 100 não requer nenhuma aplicação de revestimento adicional para a fabricação de um painel pequeno uma vez que, diferentemente de outros termoplásticos transparentes, a resistência à luz UV e à intempérie é algo inerente, permitindo que os painéis sejam fabricados em uma única etapa.

As novas modificações dizem respeito a todas as janelas que não afetam a visão do motorista. A janela automotiva deve ter um tamanho de modo que um círculo com 150 mm de diâmetro não possa ser encaixado nas janelas e, além disso, o tamanho total do painel não exceda a 200 cm2. Um número cada vez maior de fabricantes está usando a pequena janela traseira atrás da    coluna C como elemento de design, o que faz com que o Acrilyte® Resist AG 100 seja uma escolha ideal para essa aplicação, afirma a Evonik.

A Evonik comercializa seus polímeros acrílicos sob a marca registrada Acrilyte® nas Américas. Os mesmos produtos são fabricados e comercializados com a marca registrada Plexiglas® na Europa, na Ásia, na África e na Austrália.

A Evonik é um dos principais líderes mundiais em especialidades químicas, atuando em mais de 100 países no mundo inteiro. No ano fiscal de 2014, mais de 33.000 colaboradores geraram vendas em torno de 12,9 bilhões de Euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de cerca de 1,9 bilhão de Euros. No Brasil, a história da Evonik Industries, começou em 1953. A empresa conta hoje com cerca de 600 colaboradores no País.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Evonik

Curta nossa página no

Região Centro Oeste é estratégica para a expansão dos negócios da Kömmerling

09/09/2015

Por meio da parceria com a Vista Esquadrias, de Goiânia, empresa vê  boas possibilidades de vendas para o PVC em portas de correr e janelas com persianas integradas

A região Centro Oeste é conhecida nacionalmente pelas suas grandes obras residenciais, sejam em condomínios, sejam no meio rural, nas quais é priorizada a busca por ambientes com conforto para descanso.  Devido ao calor, o uso de ar condicionado  nestas instalações é quase indispensável, o que torna os itens  isolamento e conforto térmico preponderantes na hora de escolher uma esquadria.

Acompanhando de perto o potencial desse mercado, a  Kömmerling  antevê boas possibilidades de disseminação da vendas de perfis de PVC, não apenas no tradicional branco, para grandes vãos, mas, sobretudo,  para tons amadeirados e coloridos que estimulam a  criatividade dos arquitetos locais.

Para expandir seus negócios na região, a Kommerling mantém parceria com a Vista Esquadrias, de Goiânia,  desde novembro de 2014, incorporando-a a outras 27 em todo país.

“A Kömmerling está alçando novos horizontes, abrindo canais nas regiões do Brasil, onde o PVC ainda não é tão conhecido. Na região Centro Oeste, detectamos uma grande necessidade de produtos de alto padrão”,  informa Priscila Andrade, gerente de vendas da Kommerling.”Somente na capital goiana, há mais de 20 condomínios horizontais de alto padrão”, atesta Claudia Andrade Ferreira, sócia-proprietária  da Vista Esquadrias, que enxerga boas possibilidades de vendas para produtos como portas de correr e janelas com persianas integradas.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Kömmerling inova com perfis de janelas de PVC em preto fosco

31/07/2015

Kommerling-pretofosco

A Kömmerling  – empresa líder mundial no setor de sistemas de perfis em PVC –  quer acabar com a idéia que janela de PVC deve ser branca. A empresa disponibiliza, em seu estoque no Brasil, a cor preto fosco, sendo a massa de perfil interna preta e a lâmina com proteção térmica Cool Colors Plus da Skai.

Apesar do preto ser uma cor que absorve mais energia térmica, essa proteção faz uma barreira, o que dá um desempenho muito semelhante ao branco.Todos os parceiros fabricantes Kömmerling e as revendas Fenster estão capacitadas a fornecer essas janelas.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Kömmerling

Curta nossa página no

Claris lança nova linha de portas, janelas e acessórios fabricados em PVC para prédios comerciais e residenciais.

26/10/2011

Linha Residence reúne esquadrias com perfis de menor largura para aplicação em construções contemporâneas.

A busca por suprir o gargalo na infraestrutura brasileira e o aumento do poder aquisitivo da população vem aquecendo o mercado da Construção Civil. Atenta às demandas especialmente de obras verticais, a Claris lança a Linha Residence, composta por 20 novas opções de portas, janelas e acessórios para edifícios comerciais e residenciais.

Os novos produtos que farão parte do portfólio da empresa, líder nacional na fabricação de esquadrias de PVC, já estão disponíveis nas 70 revendas Claris distribuídas em 20 estados brasileiros. Diferenciam-se, entre outros aspectos, por serem perfis de menor largura, seguindo a tendência da arquitetura contemporânea, e por oferecer uma relação custo-benefício ideal para quem busca evitar desperdícios financeiros durante a obra.

“A Linha Residence tem relação custo-benefício sem comparação no mercado, especialmente para obras que primam pelo alto padrão em esquadrias, com funcionalidade, beleza e racionalidade de gastos”, destaca Gilnei Trelles, diretor-geral da Claris. Ainda de acordo com o executivo, os novos produtos prometem conquistar os profissionais de construtoras que procuram materiais resistentes e com funcionalidade, seja para imóveis destinados às classes B ou C.

Assim como outros produtos da Claris, os componentes da Linha Residence dispõem dos benefícios exclusivos do PVC 100% reciclável. Oferecem praticidade na limpeza, manutenção e instalação, uma vez que são aplicados apenas com o uso da espuma de poliuretano; não amarelam, não mancham e são resistentes à corrosão e impactos, pois contam com reforço metálico; contam com propriedades assépticas e não propagam chamas; além de oferecer conforto térmico e acústico e máxima vedação contra ventos e chuvas.

Sobre a Claris

A Claris está no Brasil desde 1999 oferecendo a montagem e comercialização de um conceito revolucionário em janelas e portas de PVC para arquitetura residencial e empresarial. A empresa faz parte do Grupo Tigre e está sediada em Indaiatuba (SP), onde produz cerca de seis mil peças por mês, que são distribuídas para todo o Brasil. A empresa conta com mais de 70 revendas em todo o país que oferecem soluções fabricadas de acordo com as indicações do arquiteto ou engenheiro da obra, o que assegura total personalização do projeto.

Fonte: Claris / Instituto do PVC

Relatório prevê que até 2015 o mercado de janelas de PVC vai superar 141 milhões de unidades

06/04/2011

Segundo uma recente pesquisa realizada pela Global Industry Analists, Inc., as janelas de PVC estão se tornando mais populares ao redor do mundo, tanto em novas construções como em reformas, devido a seu baixo custo, diversidade de estilo e formas, resistência, durabilidade, fácil manutenção e bom controle de qualidade.

Apesar da redução de demanda na indústria de produtos para construção, o mercado de janelas planeja uma retomada com o boom nas construções em países em desenvolvimento, e um momento de crescimento na substituição de produtos tradicionais por PVC em janelas por exemplo. Prevê-se que até 2015 o mercado global de janelas de PVC exceda a produção de 141 milhões de unidades.

O desempenho superior e o aumento da eficiência energética vão também fortalecer o mercado de portas e janelas de PVC, à medida que a preocupação com o meio ambiente aumenta ao redor do mundo, e governos continuam a sancionar leis que visam o uso da energia de forma mais eficiente.

O relatório ‘Vinyl Doors and Windows: A Global Strategic Business Report‘ fornece uma ampla revisão das tendências de mercado no auge da recente recessão econômica global, questões e desafios enfrentados pela indústria, atividades industriais recentes incluindo fusões e aquisições, lançamentos de produtos, e perfis dos principais fabricantes do mercado mundial.

O relatório mostra que os carregamentos mundiais de portas e janelas de PVC, que tiveram uma grande redução no período de 2008-2009, voltaram a crescer e continuam a penetrar no mercado. Em um futuro próximo, o PVC tende a ocupar uma maior participação de mercado em detrimento da madeira, do alumínio e do aço nos países em desenvolvimento.  Nestes, o crescimento do mercado de portas e janelas de PVC está sendo conduzido por maior variedade de produtos, importância que a arquitetura moderna dá para portas de pátios e janelas para jardins, e introdução de projetos inovadores, cores e estilos.

Espera-se que o novo mercado de construção venha a oferecer melhores oportunidades, especialmente nos países em desenvolvimento, com novos construtores solicitando produtos que sejam econômicos, resistentes, com eficiência térmica, que dispensem manutenção e com beleza arquitetônica.

O relatório mostra que a Europa representa o maior mercado regional de janelas de PVC. Dentro do continente existe uma grande disparidade no uso das janelas de PVC, com países tais como a Inglaterra com grande consumo, enquanto que o uso do PVC em países escandinavos não atinge 25%. O maior potencial de crescimento e o maior aumento de demanda de janelas de PVC é previsto para os países em desenvolvimento na Ásia ocidental, América Latina, Oriente Médio, com a China liderando o mercado da Ásia ocidental.

Fonte:  Instituto do PVC / www.vinylnewsservice.com