Posts Tagged ‘Injetoras Elétricas’

Exposição da Arburg na Plastimagen 2017 terá foco em embalagem e automação

14/09/2017

  • Allrounder Golden Electric totalmente elétrica produzirá tampas
  • Quatro potes produzidos em apenas quatro segundos em uma Allrounder híbrida na versão Embalagem
  • Montagem completa: célula de produção fabrica carrinhos de brinquedo prontos para uso (foto)

A Plastimagen, uma das mais importantes feiras de plásticos do México e de toda a América Latina, será realizada na Cidade do México de 7 a 10 de novembro de 2017. A Arburg apresentará a sua tecnologia no stand 730. O foco será sobre embalagem e automação. A série de máquinas de entrada na tecnologia de injeção elétrica, a Golden Electric totalmente elétrica, estará em exibição pela primeira vez no México. Outras mostras incluirão uma máquina híbrida de alto desempenho especialmente projetada para a indústria de embalagens, bem como um sistema turnkey construído em torno de uma Allrounder vertical, com um robô de seis eixos.

“Com nossas mostras de máquinas elétricas, híbridas e hidráulicas, estaremos cobrindo uma ampla gama de máquinas e aplicações na Plastimagen 2017. Na condição de fabricantes de máquinas inovadoras, oferecemos soluções abrangentes para tópicos atuais, tais como a Indústria 4.0, automação e eficiência de produção, bem como serviços e suporte técnico”, diz Guillermo Fasterling, diretor-gerente da filial mexicana da Arburg, em Querétaro. “A Allrounder Golden Electric é de particular interesse para o mercado mexicano, pois permite uma entrada econômica na produção de peças moldadas com tecnologia elétrica. Além disso, mostraremos uma aplicação de alta velocidade para artigos de embalagem na Plastimagen 2017. E nós estaremos também demonstrando nosso know-how no setor de projetos turnkey, com uma máquina injetora totalmente automatizada que produz carrinhos de brinquedo prontos para uso “.

Entrada rentável na produção de peças moldadas com tecnologia elétrica

A Arburg adicionou a série de máquinas “Golden Electric” com forças de fechamento de 600 a 2.000 kN à sua gama de produtos com o objetivo de facilitar a entrada econômica de clientes na produção de peças moldadas com tecnologia elétrica. Similarmente às suas equivalentes hidráulicas “Golden Edition”, afirma a Arburg, essas máquinas elétricas oferecem uma excelente relação preço / desempenho graças a uma padronização consistente, como por exemplo uma combinação fixa de distância entre as colunas, força de fechamento e tamanho da unidade de injeção.

Uma Allrounder 570 E Golden Electric com uma força de fechamento de 2.000 kN será usada na Plastimagen 2017 para demonstrar que essas máquinas também são adequadas para produção com alta precisão no setor de embalagens. A máquina em exibição usará um molde de câmara quente da Artis Matriz para produzir 12 tampas, pesando 3,5 gramas cada uma, em um ciclo de 12 segundos.

Aplicação de alta velocidade para embalagens

As prioridades mais altas para a produção em série, rápida e de alta qualidade na indústria de embalagens são a precisão e tempos de ciclo curtos. Segundo a Arburg, isto é exatamente o que é fornecido pelas versões “Embalagem (P)” das injetoras Alldrive e Hidrive de alta velocidade e alto desempenho, incluindo combinações otimizadas de distância entre as colunas, força de fechamento, curso de abertura e unidade de injeção. Além disso,  placas do molde otimizadas e acionamentos de dosagem servo-elétricos com roscas de barreira reguladas por posição para altas dinâmicas de preenchimento e tempos de injeção curtos são também oferecidos, afirma a fabricante de injetoras. Adicionalmente, existem unidades de fechamento servo-elétricas do tipo “toggle”, com recuperação de energia para freio rápido com pesos baixos.

Na Plastimagen 2017, uma Allrounder 630 H (P) híbrida com uma força de fechamento de 2.300 kN e um molde de 4 cavidades da Otto Hofstetter produzirá potes para macarrão. O tempo de ciclo para quatro desses potes de PP de 11,5 gramas é apenas quatro segundos.

Um carrinho de brinquedo totalmente montado em uma única etapa

Usando o exemplo familiar de carrinhos de brinquedo, a Arburg irá demonstrar a moldagem por injeção automatizada, incluindo a montagem de conjuntos completos de componentes. Para esse objetivo, uma célula de produção construída em torno de uma Allrounder 375 V vertical produzirá peças individuais de polipropileno  usando um molde-família de 1 + 1 + 2 cavidades, em um tempo de ciclo de 25 segundos. Um robô de seis eixos inserirá previamente os eixos metálicos que serão sobremoldados no molde e removerá os quatro componentes finais (chassis, corpo do carrinho e dois eixos junto com as rodas), antes de uni-los em uma estação de montagem para gerar o carrinho final.

A célula de produção para a Plastimagen 2017 foi concebida pela Arburg juntamente com um especialista mexicano em automação. Como contratante principal, a Arburg cobre todo o espectro “turnkey”: desde consultoria e planejamento de projeto, implementação e instalação, até o serviço para as células de produção completas. Segundo a Arburg, os clientes podem confiar em soluções personalizadas de moldagem por injeção vindas de uma única fonte, que contarão com suporte durante todo o período de operação funcional e o ciclo de vida do produto.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Anúncios

Arburg fornece décima máquina injetora para produção de Head Up Displays (HUDs) na Continental

08/01/2017

arburg-continental

• A Continental usa a tecnologia e a experiência de Arburg para produzir seus Head Up Displays (painéis informativos projetados no pára-brisa do veículo, no campo de visão do motorista)
• Espelhos esféricos de alta precisão produzidos exclusivamente em máquinas elétricas Alldrive
• Cooperação bem-sucedida no segmento HUD desde 2010

Em novembro de 2016, a Arburg entregou a décima Allrounder à Continental para a produção de espelhos esféricos para HUDs. A empresa tem colaborado desde 2010 com a Arburg de forma exclusiva neste segmento altamente exigente, no qual utiliza exclusivamente máquinas elétricas da série Alldrive especialmente equipadas. A demanda por Head Up displays está crescendo constantemente: a produção anual aumentou em 70% para cerca de 600 mil peças entre os anos de 2015 e 2016. Não há fim à vista para este crescimento.

Os Head Up displays da Continental são instalados em carros de várias marcas em todo o mundo. Eles utilizam espelhos esféricos para projetar no pára-brisas todas as informações relacionadas com a condução (como a velocidade atual da estrada), entrando assim diretamente no campo de visão do motorista – uma contribuição importante para uma maior segurança do condutor. A exibição sem distorções desta informação na tela requer moldes com contornos precisos e superfícies de alta precisão. Durante a produção dos espelhos, é essencial reproduzir com exatidão as diferentes curvaturas de uma grande variedade de pára-brisas de carros.

Cooperação tecnológica desde 2010

A Continental tem utilizado Allrounders no processamento de plásticos desde 1970. Em 2010, a cooperação se intensificou no campo dos Head Up displays, pois a produção de espelhos esféricos tem necessidades extremamente rigorosas em termos de precisão. No caso da parte injetada, o desvio permitido da geometria- alvo é inferior a cinco micra, ou seja, o diâmetro de um cabelo humano.

Por conseguinte, a cooperação tecnológica entre as duas empresas abrange não apenas o design da máquina, mas também a otimização conjunta de processos em termos de seqüenciamento e programação.

As oito primeiras máquinas Arburg, especialmente configuradas para a produção de HUD, foram injetoras Allrounder 720 A, com uma força de fechamento de 3.200 kN e unidades de injeção de tamanho 400 e 800. Duas máquinas Alldrive maiores vieram a seguir, em 2016: as máquinas Allrounder 920 A, com uma força de fechamento de 5.000 kN e unidade de injeção de tamanho 1300, também são usadas pela Continental para moldes de duas cavidades, permitindo que a capacidade de produção seja duplicada.

Allrounders especialmente equipadas

A fim de moldar os espelhos a partir de Copolímero-Cicloolefínico (COC), um termoplástico transparente especial, os Allrounders elétricos da série Alldrive dispõem do recurso de moldagem por injeção-compressão. Um sensor no molde detecta a folga de cunhagem (coining gap) e a pressão interna do molde durante a moldagem por injeção-compressão. O sistema Selogica de controle da máquina monitora esses sinais de medição. O controle de temperatura próxima ao contorno é implementado em até doze zonas individuais de controle de temperatura de molde. O canal da bucha é removido imediatamente no molde. Após o processo de moldagem por injeção, um robô de seis eixos com garra especialmente adaptada remove os espelhos sem dobrá-los e os transfere para uma estação de laser. Aqui, cada peça é marcada com seus próprios dados de produção individuais, de modo que possa ser identificada diretamente e rastreada através da linha de produção. Este passo está em conformidade com as exigências da Indústria 4.0. Em seguida, os espelhos são colocados em uma estação de resfriamento, onde são resfriados de baixo para cima com ar ionizado. Isto é seguido por medição 100% e deposição a vácuo de alumínio altamente refletivo no lado da frente. Todo o processo, incluindo o empacotamento, é totalmente automatizado e ocorre em uma sala limpa. Isto evita, de forma confiável, a contaminação com partículas de poeira.

Avanços contínuos no desenvolvimento

A Continental está agora produzindo sua terceira geração de Head up Displays. As peças moldadas na primeira geração ainda requeriam operações de montagem a posteriori, mas as funções óticas e mecânicas são agora diretamente integradas nas versões atuais. Eles podem ser instalados diretamente na estrutura, o que melhora a eficiência da produção. O desenvolvimento de HUD está se movendo na direção de espelhos maiores, melhor qualidade de imagem, integração de sistemas de assistência e aplicações de realidade aumentada.

Fonte – Arburg

Curta nossa página no