Posts Tagged ‘Injetora Elétrica’

Romi participa da Equiplast 2011, na Espanha.

22/11/2011

Através de sua marca Sandretto, a Romi busca liderança no competitivo mercado espanhol para as máquinas de injetoras de plástico

A Romi participou da Equiplast 2011, uma das mais importantes exposições da indústria de plásticos na Espanha. A feira se realizou entre os dias 14 e 18 de Novembro de 2011, em Barcelona.

Segundo Hermes Lago, diretor de vendas da Companhia, “a participação da Romi na Equiplast 2011 foi especialmente importante para a apresentação da subsidiária Romi para o mercado espanhol, a Italprensas Sandretto, que passa a contar com uma nova estrutura comercial, completamente renovada e que atende a todas as áreas da península. A subsidiária também apresenta uma nova gestão de vendas, bem como novas instalações em Barberà del Vallés, onde estão centralizados os serviços de assistência técnica e peças de reposição, bem como a coordenação dos técnicos residentes que atuam em áreas como Valencia, Levante e País Basco. “

“Esta reestruturação é importante para mantermos o contato e a estrutura de pós-venda mais próximos aos clientes, o que faz parte da estratégia de expansão e renovação da empresa, com o objetivo de oferecer um melhor serviço a nossos numerosos clientes na Espanha “, diz Romi Monica Zanatta, gerente de vendas internacionais.

Dentro do plano de ação desenvolvido para o mercado espanhol, a empresa expôs, na Equiplast 2011, uma injetora Sandretto EN 100, de aplicação geral, e que serve a muitos setores da produção industrial. Também estiveram em exposição  o centro de usinagem vertical Romi D 600, projetado para ambientes de alta produção e ferramentaria, e a Sandretto EL 100 máquina elétrica, mais direcionada ao setor técnico de processamento de plásticos por injecção. “Ambos os modelos de injetoras cumprem o objectivo de proporcionar maior economia de energia”, conclui o gerente da subsidiária espanhola, Adolfo Ibañez.

Fonte: Indústrias Romi

Anúncios

Arburg e BASF fazem exposição conjunta sobre eficiência energética em injeção durante a feira Fakuma 2011.

05/10/2011

Exemplo de aplicação: Combinação material / máquina que economiza energia. Em uma mostra especial na feira Fakuma 2011 (a ocorrer entre os dias 18 a 22/10/2011 em Friedrichshafen, na Alemanha), o produtor de materias-primas BASF e o fabricante de máquinas injetoras Arburg irão apresentar o tema multifacetado da eficiência energética. Os visitantes no Foyer Leste serão apresentados a medidas para aumentar a eficiência energética em injeção através de toda a cadeia de valor agregado – e além dela -, reduzindo, assim, custos unitários. Usando um plástico especialmente otimizado e a tecnologia de máquina apropriada, as duas empresas irão demonstrar como novos desenvolvimentos podem trabalhar conjuntamente para economizar energia.

Em uma área de exposição de 100 m2, o processo completo de moldagem por injeção será analisado em detalhes, em termos de eficiência energética: desde o projeto da peça até o planejamento de produção. Como um exemplo prático claro, a produção comparativa com dois plásticos diferentes irá mostrar como a eficiência energética pode ser aprimorada pela escolha correta do material. Para esta finalidade, uma injetora elétrica Arburg Allrounder 370 E irá produzir corpos de prova a partir de um plástico padrão e também de um material que foi especialmente melhorado em termos de suas características de fluxo. A função de “medida de energia” existente no sistema “Selogica” de controle da injetora registra o consumo energético do processo.

A comparação torna claro como uma máquina otimizada em termos energéticos, em conjunto com um plástico com características de fluxo melhoradas, podem contribuir para economias de energia significativas no processo de moldagem por injeção. Dependendo do tamanho das peças e das suas geometrias, temperaturas de processamento mais baixas e tempos de ciclo mais curtos resultam em maior eficiência energética, reduzindo assim os custos unitários de produção

Eficiência energética através de um material otimizado.

O novo material com características de fluxo melhoradas da BASF é o Ultramid B3WG6 High Speed (Poliamida 6 com 30% de fibras de vidro). As propriedades de fluxo melhoradas deste material termoplástico permitem uma temperatura de processamento mais baixa, resultando em vários benefícios em termos de economias de tempo, energia e custos.

Propriedades de fluxo melhoradas podem ser aproveitadas de várias maneiras. Estruturas delicadas e peças com paredes finas podem ser preenchidas mais facilmente e com mais confiabilidade, gerando uma queda na taxa de refugo, particularmente no caso de geometrias complexas. A redução significativa na pressão de injeção implica que os moldes serão submetidos a um desgaste muito menor. Isto aumenta o tempo de operação e reduz custos de manutenção. Um fluxo melhorado significa que menos pressão de injeção é requerida para peças grandes, em particular, de modo que a força de fechamento pode ser reduzida, permitindo que os transformadores possam fabricar os seus produtos em máquinas menores. Além disto, menos pontos de injeção ou bicos de sistemas de câmara quente são requeridos nos moldes. Mesmo com paredes finas, é ainda possível produzir peças com um conteúdo de fibra de vidro comparativamente alto.

A simulação de preenchimento no computador mostra a peça que será vista ao vivo durante a Fakuma 2011: um plástico com características de fluxo melhoradas (figura superior) é capaz de preencher adequadamente uma peça complexa, enquanto que um plástico convencional com o mesmo conteúdo de fibra de vidro não consegue realizar o preenchimento à mesma temperatura de processamento (figura inferior). A figura mostra a parte superior de um pião de aproximadamente 10 cm. com uma longa trajetória de fluxo. Com o plástico convencional, a frente de material fundido se solidifica prematuramente, de modo que a peça não é completamente preenchida.

Uma característica especial do Ultramid B3WG6 High Speed é a excelente qualidade da superfície da peça. As propriedades mecânicas do novo material, tais como rigidez e resistência mecânica, são comparáveis àquelas do plástico padrão.

Em termos de eficiência energética, o uso do novo material reduz o calor utilizado pela máquina injetora, que corresponde à maioria dos requerimentos globais de energia. Testes realizados pela BASF tem mostrado que o tempo de ciclo pode ser reduzido em até 30 % graças ao processamento a temperaturas aproximadamente 40°C mais baixas, ajudando a reduzir ainda mais o consumo de energia. Assim, nos testes – que são representativos de muitas aplicações-padrão – uma economia de energia global de 30 % pode ser alcançada, baseada no número de peças produzidas.

Tecnologia de máquina injetora energeticamente eficiente.

Além disso, como uma representante da série Edrive, a injetora elétrica Allrounder 370 E também contribui para a eficiência energética na produção de peças moldadas por injeção. As injetoras elétricas Allrounders são caracterizadas pela alta eficiência do acionamento servo-elétrico e das unidades de fechamento com joelhos mecânicos, por exemplo. A recuperação energética dos servo-motores durante a frenagem também tem um efeito benéfico na demanda energética da máquina. Juntos, estes fatores se combinam para reduzir o consumo energético de 25 a 50 %, em comparação com máquinas hidráulicas padrão, dependendo da aplicação. Como um indicativo da sua eficiência energética ótima em operação, todas as máquinas da série Edrive carregam o rótulo de eficiência energética “e2” da Arburg.

Fonte: Arburg

Steelmach obtém resultados positivos na Brasilplast 2011.

31/05/2011

Estreando como expositora na Brasilplast, a Steelmach vendeu dez máquinas durante a feira, incluindo as duas em exposição, resultando em negócios acima do esperado. Durante a feira foram expostas uma Rhino de 128t de força de fechamento e uma LG LS Mitron elétrica de 150t. Alguns dos diferenciais da injetora LG LS Mitron  são:

1. Consome até 70% menos energia, é 50% mais silenciosa e livre de contaminação por não utilizar óleo hidráulico.

2. Apresenta controlador HICOM-β com Loop Fechado completo:

* Sistema de fechamento toggle de 5 pontos;

* Microprocessador 32bits, base Windows;

* Auto diagnóstico, alarmes e monitoração.

3. Acionamentos via servomotor AC com resposta rápida.

4. Aumento da produtividade através da operação de movimentos simultâneos.

5. Projeto e design de acordo com os padrões de segurança.

6. Projeto da estrutura otimizado por análise de elementos finitos:

* Simples mas confiável e com placas rígidas;

* Ciclo de vida longo.

7. Expansão opcional.

8. Injetora de 2 cores de 110ton e 150ton (injeção paralela).

A série LGE oferece injetoras nas capacidades de 30 a 550 toneladas em três versões: standard, high speed e super high speed, podendo chegar até 800mm/s de velocidade de injeção.

Fonte: Steelmach

Husky lança na América Latina o sistema H-MED AE de moldagem para a área médica em salas limpas.

30/05/2011

A Husky Injection Molding Systems exibiu durante a Brasilplast suas soluções completas para os mercados de tampas, PET e área médica . A Husky apresentou, pela primeira vez na América Latina, seu sistema H-MED AE™(totalmente elétrico) de moldagem para a área médica em salas limpas .

“A Husky tem a maior rede global de serviços e suporte da indústria, o que nos permite oferecer aos nossos clientes ao redor do mundo menores prazos de entrega, serviço local com resposta rápida e suporte inigualável”, afirmou Evandro Cazzaro, Diretor de Vendas da Husky para a América do Sul. “Abrimos nosso Centro Técnico do Brasil em abril de 1999 e estabelecemos uma presença forte na América Latina, o que nos ajudou a construir relacionamentos duradouros com nossos clientes. Nosso objetivo é continuar a investir nesse mercado crescente para oferecer o suporte de que nossos clientes precisam para ser competitivos e expandir seus negócios.”

Soluções completas para diversos mercados
Esteve em operação no estande da Husky, o H-MED AE, o sistema de moldagem por injeção totalmente elétrico da empresa, que é otimizado para as necessidades específicas da moldagem para área médica. O sistema esteve produzindo uma aplicação para área médica ao vivo no estande da Husky, e incluiu a câmara quente UltraSync™-E (elétrica), o controlador de temperatura Altanium® e o software de monitoramento de processo e produtividade Shotscope NX®. Todas as funções são gerenciadas pelo Controle Polaris™, que centraliza a operação de toda a célula de trabalho.

A Husky também exibiu sua solução completa para os mercados de tampas e de pré-formas PET. Isso incluiu as soluções para embalagens de bebidas em todas as aplicações e volumes, assim como soluções para ajudar os fabricantes de embalagens para bebidas a serem mais sustentáveis por meio de iniciativas de redução de peso e tecnologias para incorporar flocos reciclados em garrafas de plástico. A Husky também destacou a capacidade de seus sistemas completos para tampas, incluindo câmaras quentes e controladores de temperatura Altanium, assim como uma gama de soluções que permitem controle completo do canal de fluxo, troca rápida de cores, redução do peso da peça e aumento da produtividade.

Soluções de ferramentas para peças com qualidade a ciclos mais rápidos
A Husky é reconhecida como um fornecedor líder de sistemas completos de câmaras quentes, incluindo controladores de temperatura. Ao oferecer um sistema completo, a Husky consegue aumentar a eficiência, ao mesmo tempo em que diminui o refugo e o tempo de inatividade. Além da tecnologia de câmara quente UltraSync-E, a Husky também exibiu seus sistemas de câmara quente PRONTO® totalmente configuráveis para maior flexibilidade e desempenho, assim como seu amplo portfólio de tamanhos de bico e opções de pontos de injeção para uma variedade de pesos de peças e tipos de resina. Também em exposição estavam os controladores Altanium Neo2 da Husky para 2 a 48 zonas de controle. Com o uso do Active Reasoning Technology (ART), o Altanium Neo2 é capaz de atingir o controle de temperatura mais preciso para melhorar a qualidade e a consistência da peça, porém com preço razoável.

Fonte: Husky

KraussMaffei, Netstal e KraussMaffei Berstorff unificam atuação no mercado brasileiro.

15/05/2011

Com efeitos a partir de 1 de outubro de 2011, a sociedade afiliada do Grupo KraussMaffei se apresentará no mercado brasileiro sob o nome “KraussMaffei Group do Brasil”.  Os produtos das três marcas KraussMaffei, KraussMaffei Berstorff e Netstal  serão distribuídos no futuro sob o mesmo teto empresarial unificado.

Consolidação dos portfólios das marcas e dos serviços a favor do cliente

“Com a fusão das unidades de negócio operativas da KraussMaffei e Netstal numa só empresa, pretendemos consolidar as nossas presenças neste mercado de crescimento. Assim concentramos as competências dos nossos colaboradores e consolidamos o portfólio das nossas marcas e dos nossos serviços a favor dos nossos clientes”, explica Dr. Dietmar Straub, presidente da administração da KraussMaffei AG, no âmbito da feira Brasilplast, em São Paulo. A partir de 1 de outubro de 2011, Klaus Jell, o atual diretor da sociedade afiliada da Netstal na Alemanha, vai assumir a direção da sociedade afiliada com sede em São Paulo. “Estou muito contente por termos conseguido para esta função Klaus Jell, um especialista em materiais sintéticos competente e experiente, da nossa própria casa, e que acumulou experiências tanto na KraussMaffei, como também na Netstal”, explica Straub.

“Fico muito satisfeito com a nova atividade. Com a nova estrutura vamos aproveitar as sinergias existentes para garantir um trabalho melhor no mercado, para benefício dos nossos clientes”, disse Jell.  Cada marca operará no mercado de forma independente. Vamos reforçar as atividades de assistência técnica, para servir melhor os requisitos crescentes no Brasil. “Através da concentração de todas as atividades, as vantagens para os clientes aumentam, uma vez que, mediante um controle coordenado, estes podem escolher os produtos do vasto portfólio de alta qualidade do grupo KraussMaffei. Da nossa parte, vamos ficar focados na solução dos seus requisitos e tarefas específicos, que vamos tentar satisfazer de forma competente, com o produto certo e com a marca certa” declarou Jell.

Procura crescente par máquinas de alta qualidade

Há mais de dez anos, o Grupo KraussMaffei está presente no Brasil e se posicionou durante este período como parceiro líder e competente, com produtos de alta qualidade. Os clientes sul americanos da indústria automotiva, de embalagem e de linha branca estão crescentemente interessados no expertise de soluções para aplicações específicas no setor de injeção pela junção das marcas KraussMaffei e Netstal . “Isto é confirmado atualmente pela procura cada vez maior“,disse Jell. Como consequência disso, a empresa vai introduzir agora no mercado as máquinas completamente elétricas das séries AX e EX, da marca KraussMaffei. Os clientes da indústria de tubos apostam nos produtos da marca KraussMaffei Berstorff, por exemplo, nas instalações de alta qualidade para a compostagem de plásticos (compounding), bem como nos sistemas para a fabricação de perfis de perfis, filmes e chapas.  As soluções da marca Netstal são direcionadas para as áreas de embalagem de paredes finas, tampas e pré-formas de PET, além de compoenentes plásticos para os setores de alicações médicas e técnicas.

Fonte: KraussMaffei

Steelmach estréia na Brasilplast expondo injetora elétrica.

01/04/2011

A Steelmach estará expondo pela primeira vez na Brasilplast e apresentará, durante o evento, uma injetora de plástico 100% elétrica da coreana LS Mtron (Grupo LG). Alguns dos diferenciais do equipamento mencionados pela empresa são:

1. Consome até 70% menos energia, é 50% mais silenciosa e livre de contaminação por não utilizar óleo hidráulico.

2. Apresenta controlador HICOM-β com Loop Fechado completo:

* Sistema de fechamento toggle de 5 pontos;

* Microprocessador 32bits, base Windows;

* Auto diagnóstico, alarmes e monitoração.

3. Acionamentos via servomotor AC com resposta rápida.

4. Aumento da produtividade através da operação de movimentos simultâneos.

5. Projeto e design de acordo com os padrões de segurança.

6. Projeto da estrutura otimizado por análise de elementos finitos:

* Simples mas confiável e com placas rígidas;

* Ciclo de vida longo.

7. Expansão opcional.

8. Injetora de 2 cores de 110ton e 150ton (injeção paralela).

A série LGE oferece injetoras nas capacidades de 30 a 550 toneladas em três versões: standard, high speed e super high speed, podendo chegar até 800mm/s de velocidade de injeção.

Fonte: Steelmach