Posts Tagged ‘Indústria Automobilística’

Fórum Feiplastic aborda inovações do plástico na Indústria Automobilística

31/03/2017


O vice-presidente de Especialidades da Ineos Styrolution, Tom Warren,faz palestra destacando a importância e as novas tendências no uso do plástico em automóveis leves, no dia 5 de abril

Com o tema “Inovação e a importância do plástico na indústria automobilística”, o vice-presidente para as Américas da Ineos Styrolution, divisão Especialidades, Tom Warren, será o palestrante do Fórum FEIPLASTIC 2107, na apresentação que acontece no dia 5 de abril, às 11h30.  O Fórum acorre em conjunto com a Feira Internacional do Plástico e é composto por uma série de palestras que visam promover o debate e a troca de conhecimentos entre profissionais ligados à cadeia de produção do plástico. A curadoria é da empresa Hiria e após a exposição de Warren, haverá debate com Sergio Weiss, da Braskem, e Jose Chirino, da Lanxess.

A FEIPLASTIC – Feira Internacional do Plástico acontece no Expo Center Norte, em São Paulo, de 3 a 7 de abril. São 15 países expositores, entre os quais: Áustria, China, EUA, França, Índia, Itália, Portugal, Reino Unido e Suíça, além de visitantes de mais de 30 países entre eles, Argentina, Chile, Bolívia, Itália, Colômbia, México, Peru, EUA, Paraguai, Portugal, Alemanha e Espanha.

Warren vai destacar o papel inovador que o plástico representou para os automóveis leves nas últimas décadas, tendência que deve continuar nos próximos anos, segundo ele.Ele lembra que o plástico serve ao duplo papel de contribuir tanto para a redução do uso de combustível e das emissões de gases poluentes, quanto para os aspectos estéticos aprimorados nos designs inovadores dos automóveis. As novas tecnologias, ainda de acordo com Warren, como os compósitos, continuarão a moldar o conteúdo embarcado dos veículos.

“Pretendemos aproveitar o Fórum Feiplastic para mostrar alguns exemplos de nossas capacidades e soluções aos participantes da indústria local”, adianta Warren.

O Fórum FEIPLASTIC terá sua palestra de abertura no dia 3 com o norte-americano George S. Everly, convidado pela Harvard Business Review Brasil, 11h. O tema será Resiliência e os desafios das organizações diante do inesperado.O Fórum prossegue com apresentações programadas nos dias 4, 5, 6 e 7, sempre a partir das 11h30. O tema central deste ano é “A Importância do Plástico na Sociedade e nas Cadeias Produtivas Brasileiras: Foco nas Soluções e nos Resultados Práticos”. Os temas específicos que serão tratados são os seguintes:

Dia 4 –  “Inovação e a importância do plástico na indústria da construção civil”.
Dia 5 –  “Inovação e a importância do plástico na indústria automobilística”.
Dia 6 – “Inovação do plástico na indústria das embalagens”.
Dia 7 – “Sustentabilidade e Tecnologia”.

Realizada desde 1987 como uma parceria entre a Abiplast – Associação Brasileira da Indústria do Plástico – e a Reed Exhibitions Alcantara Machado como BRASILPLAST, e desde 2013 como FEIPLASTIC, a FEIPLASTIC apresenta novas tecnologias das principais empresas que são referência no setor, em segmentos como plásticos, resinas, máquinas e reciclagem, proporcionando aos seus visitantes interação com as novidades do mercado, além de geração de negócios e networking qualificado.

Serviço
FEIPLASTIC 2017 – Feira Internacional do Plástico
Data: de 3 a 7 de abril de 2017
Horário: das 11h às 20h
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo
http://www.feiplastic.com.br

Fonte: Assessoria de Imprensa – Feiplastic; foto: arquivo

Curta nossa página no

Anúncios

Evonik introduz no mercado brasileiro acrílico de alto brilho para indústria automobilística

23/10/2013

Utilizado em larga escala  na Europa e nos Estados Unidos, o ACRYLITE® Hi-Gloss, o acrílico especial da Evonik desenvolvido para uso em aplicações automotivas não transparentes, começa a conquistar as montadoras brasileiras de veículos. Segundo a Evonik, a resina de PMMA é produzida na cor Black Piano e possui altíssimo brilho e excelente resistência a intempéries. A empresa afirma que o ACRYLITE® Hi-Gloss é ideal para revestir colunas A, B e C externas dos veículos, retrovisores, lanternas, molduras de rádio e peças do painel.

“O produto oferece excelente custo-benefício e alta durabilidade. Como principais vantagens estão alto brilho sem necessidade de pintura, design leve, economia na produção, altíssima resistência às condições adversas do tempo e possibilidade de polimento”, declara Carla Camilo, chefe de produtos da área de Polímeros Acrílicos da Evonik.

A Evonik destaca que a eficiência e qualidade da sua resina acrícilica são testadas durante todo ciclo de vida do automóvel, garantindo o mesmo padrão inicial, sem perda de brilho. Além disso, características como resistência química, abrasão e facilidade de moldagem o tornam o candidato ideal para substituição de peças plásticas pintadas para uso nas colunas externas, por exemplo, bem como em peças de acabamento no interior dos veículos.

Já é de conhecimento do mercado que peças de plástico pintadas têm maior custo de produção, porque requerem uma etapa adicional de trabalho. A vantagem da utilização do ACRYLITE® Hi-Gloss, segundo a Evonik, é que este passo é completamente eliminado, resultando em economia de até 40% no custo total da peça em comparação com sistemas de componentes pintados.

Os benefícios vão além da economia. Destaca a empresa que, com suas propriedades especiais, o ACRYLITE® Hi-Gloss oferece aparência particularmente luxuosa e superfície de alta qualidade aos componentes. Comparativamente, peças feitas com este material (polimetilmetacrilato – PMMA) também são mais leves do que as metálicas. Como resultado, o próprio veículo fica mais leve, tem menor consumo de combustível e produz menos CO2.

A indústria automotiva brasileira produziu mais de 3,3 milhões de veículos em 2012 e é nesse mercado que a Evonik pretende solidificar o ACRYLITE® Hi-Gloss.“Estamos apresentando o ACRYLITE® Hi-Gloss às montadoras instaladas no Brasil e elas têm demonstrado grande interesse, tanto que o material estará presente em um breve lançamento”, destaca Carla.

A Evonik é um dos principais líderes mundiais em especialidades químicas. Ela atua em mais de 100 países no mundo inteiro. No ano fiscal de 2012, mais de 33.000 colaboradores geraram vendas em torno de 13,4 bilhões de Euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de cerca de 2,4 bilhões de Euros. No Brasil, a empresa conta hoje com cerca de 500 colaboradores no País e seus produtos são utilizados como matéria-prima em importantes setores industriais, como: automotivo, agroquímico, biodiesel, borracha, construção civil, cosmético, farmacêutico, nutrição animal, papel e celulose, plástico, química e tintas.

Fonte: Evonik

Curta nossa página no

Novo motor do Peugeot 508 terá reservatório de óleo fabricado com poliamida da DSM

18/06/2013

 A Royal DSM redução de peso de veículos com a incorporação de reservatórios de óleo moldados por injeção com poliamida 6 fabricada pela empresa.

Dsm_Peugeot

Poliamida da DSM foi utilizada pela Steep no reservatório de óleo do novo motor do Peugeot 508.

O Peugeot 508 é o primeiro veículo a usar a nova solução da DSM e há previsão de que outros modelos o façam.  Segundo a DSM, a PSA e seus clientes estão se beneficiando de um produto que não somente pesa menos que a versão em metal, mas também custa menos em sua fabricação, além de ajudar a diminuir o consumo de combustível e as emissões de dióxido de carbono durante a vida útil do veículo.

Reservatórios de óleo são a oportunidade ideal para o uso de plásticos de engenharia em aplicações automotivas, pois eles podem gerar uma redução significativa no peso quando comparados a versões tradicionais de metal. Mas os reservatórios de óleo também oferecem um desafio considerável para os desenvolvedores: sua posição debaixo do motor faz com que eles precisem suportar impactos e uma fricção mecânica considerável causada por exemplo, por pedras voando da rua e choque com guias caso o veículo seja tirado da rua e posto na calçada.

A Steep Plastique, uma das fornecedoras francesas líderes de mercado, situada em Saint-Maurice-de-Beynost, desenvolveu, com sucesso, um reservatório 60% mais leve que a versão metálica. Além disso, graças ao uso de um software de simulação, o reservatório foi aprovado em testes na empresa e na Peugeot, incluindo um severo teste de impacto de guia, um teste de impacto em pedras e um teste de queda de motor. Além disso, a poliamida 6 utilizada é também resistente ao óleo.

A categoria utilizada para a aplicação foi o Akulon Ultraflow K-FHG7 da DSM, reforçado com 35% de fibra de vidro, e estabilizador térmico de poliamida 6 com ótimas propriedades de fluidez. Ela oferece vantagens significativas de processo comparada a produtos-padrão de poliamida 6, ao passo em que mantém as propriedades mecânicas necessárias. “Esse é um importante passo adiante”, diz Ralph Ramaekers, Gerente do Segmento Global de Powertrain, na DSM. “Transformar esse projeto em um produto bem-sucedido exigiu um esforço conjunto dos especialistas da DSM e da Steep, e uma compreensão aprofundada das exigências da aplicação. Estamos satisfeitos pelo fato de que partimos para a produção. A DSM segue focalizada na substituição do metal no compartimento de motor e na carroceria do carro”.

Eric Delachambre, Gerente da Steep Plastique, disse: “Essa importante inovação demonstra que a DSM está desenvolvendo os materiais corretos para atender aos desafios enfrentados pela indústria. Agora, graças às melhorias significativas que fizemos em testes de colisão, poderemos fazer ainda mais progressos em aplicações como estas, levando os veículos a obter um desempenho melhor e causar um impacto ambiental menor”.

A Royal DSM é uma empresa global voltada à ciência, ativa nas áreas de saúde, nutrição e materiais. A DSM atua em mercados globais como suplementos alimentícios, cuidados pessoais, alimentos, farmacêuticos, aparelhos médicos, automotivos, tintas, elétricos e eletrônicos, proteção à vida, energia alternativa e materiais biológicos. Possui 23.500 funcionários no mundo todo e vendas anuais de cerca de €9 bilhões.

A Steep Plastique é uma fornecedora global de módulos completos para o segmento automotivo,  “tier 1” , com unidades de produção na Europa e na Ásia.

Fonte: DSM

Curta nossa página no

Mitsubishi seleciona blenda de Poliamida/PPE da SABIC para fabricação de paralamas do Outlander Sport 2013

18/11/2012

A Mitsubishi Motors Corporation seleciona a resina NORYL GTX™ da SABIC para o Outlander Sport 2013, com os primeiros paralamas moldados por injeção em sistemas de duas cavidades da indústria

A unidade de negócios Innovative Plastics da SABIC anunciou  que a Mitsubishi Motors Corporation (MMC) escolheu a resina NORYL GTX™ 989 da SABIC para os paralamas dianteiros do seu crossover Outlander Sport 2013. Os paralamas do veículo são os primeiros a serem produzidos usando a moldagem por injeção em sistemas de duas cavidades com a resina NORYL GTX e permitiram que a MMC reduzisse o tempo de ciclo pela metade e os custos com ferramental. Outros benefícios importantes do material SABIC incluem redução de peso versus aço, promovendo ganhos de economia de combustível, sustentabilidade e flexibilidade para projetar os primeiros paralamas norte-americanos integrados com suportes de absorção de impactos para pedestre. A adoção da resina NORYL GTX 989 pela MMC para produzir em massa os paralamas demonstra o valor crescente da resina NORYL™ e da tecnologia da resina NORYL GTX para a indústria automotiva, bem como sua importância para os clientes como solução as diversas necessidades na área de fabricação e de sustentabilidade.

“Nossa estreita relação e a contínua colaboração com a SABIC foram fatores decisivos para a criação de um paralama dianteiro de alto nível para o Outlander Sport”, disse Masaki Tsugeno, vice-presidente executivo de aquisições e suprimentos da Mitsubishi Motors North America. “Estamos ansiosos para trabalhar com a SABIC no ciclo de vida de nosso veículo para garantir que o Outlander Sport continuará excedendo às expectativas de nossos clientes e para proporcionar-lhes satisfação em todos os sentidos”.

“A Mitsubishi Motors é o primeiro OEM automotivo a utilizar o novo grade da resina NORYL GTX que responde de forma progressiva a busca por novas estratégias que aumentem o desempenho e os benefícios de custo dos paralamas termoplásticos”, disse V. Umamaheswaran (UV), diretor de marketing de automotivo da Innovative Plastics. Ao combinar os aprimoramentos de desempenho da resina NORYL GTX 989 com a eficiência e a velocidade da moldagem em sistema de duas cavidades, a Mitsubishi Motors deu um grande passo em termos de inovação nos paralamas automotivos”.

Redução do tempo de ciclo e aumento do desempenho

Ao adotar a moldagem por injeção em sistemas de duas cavidades para a fabricação do paralama dianteiro do Sport Outlander, que permite que ambos componentes dos paralamas esquerdo e direito sejam produzidos de uma só vez, a MMC foi capaz de reduzir consideravelmente o tempo de ciclo. Além disso, esta abordagem reduz significativamente os custos de investimento em ferramental uma vez que apenas um molde foi necessário ao lugar de dois moldes diferentes para a produção das peças.

Nesta aplicação, o primeiro painel de carroçaria de automóvel utilizando a NORYL GTX 989 resina alavancou o aprimoramento do desempenho mecânico do material, que é uma mistura de poliamida (PA) com o poliéter de fenileno (PPE) modificado. Em comparação com o grade anterior, a resina NORYL GTX 989 proporciona aprimoramento na tolerância ao calor, o que a torna uma boa opção para utilização em processos de pintura em linha que exigem maior resistência térmica das peças. Os materiais da série NORYL GTX avançados também promovem a redução do coeficiente de dilatação térmica linear (coefficient of linear thermal expansion – CLTE) em 10 por cento quando comparado aos grades anteriores, dando maior estabilidade dimensional que permite aos projetistas automotivos maior liberdade para criar painéis de carroceria maiores e de alta precisão.

A MMC aproveitou totalmente a vantagem desta liberdade de projeto para integrar os suportes de absorção de energia no paralama e assim aumentar o nível de proteção aos pedestres. Os estudos de validação indicaram um valor de critério para lesão na cabeça (head injury criterion) 25 por cento menor para o paralama feito com a resina NORYL GTX quando comparado ao de um para-lama de aço.

O uso da resina NORYL GTX ao lugar do aço no paralama do Outlander Sport reduziu o peso do veículo em 3 kg. Esta redução de peso é particularmente importante tendo em vista as regras de economia de combustível dos EUA anunciadas recentemente, dobram as exigências de milhagem para frotas dos fabricantes.

De acordo com o cartão de pontuação de produtos sustentáveis da SABIC, verificado pela GreenOrder, empresa líder de consultoria em sustentabilidade, o uso da resina NORYL GTX 989 versus o aço em painéis de carroceria pode resultar em 45 por cento de redução no consumo de energia e em 47 por cento de redução na emissão de dióxido de carbono (CO2) para cada paralama em cada ciclo de vida do veículo.

A nova resina NORYL GTX 989 está disponível globalmente.

Fonte: SABIC-IP

Curta nossa página no

Autometal adquire participação majoritária na empresa americana Century Plastics

09/10/2012

A Autometal concluiu no dia 04 de outubro a aquisição de 65% da empresa americana Century Plastics. O valor da aquisição foi de aproximadamente US$ 23,5 milhões pelos 65% de participação.

A Century Plastics é uma empresa especializada na tecnologia de injeção de plástico, com produção no polo industrial e automobilístico de Detroit (Michigan) e conta com uma diversa gama de produtos e clientes.

Fonte: Autometal

Curta nossa página no