Posts Tagged ‘Freeformer’

Arburg lança novo Freeformer para impressão 3D de peças maiores durante Formnext 2018

30/09/2018

  • Estréia mundial: Freeformer maior com três unidades de descarga e mais espaço na câmara de fabricação.
  • Exclusivo: fabricação aditiva de peças funcionais complexas e resilientes em combinação dura / macia.
  • Arburg oferece mais tamanhos de máquina e mais peças.

Na Formnext, a ser realizada de 13 a 16 de novembro de 2018 em Frankfurt am Main, na Alemanha, a Arburg estará celebrando uma estréia mundial com o Freeformer 300-3X. A nova máquina de maior porte processará três componentes usando o processo APF (Arburg Plastic Freeforming), tornando possível a fabricação aditiva industrial de peças funcionais complexas em combinações resilientes duras/macias com estrutura de suporte. Além da nova “versão grande” do Freeformer, duas máquinas do já provado modelo Freeformer 200-3X estarão sendo expostas. No estande de exposição E70 da Arburg, no Hall 3.1, os visitantes da feira também poderão ver mais amostras de peças e testá-las em quatro estações interativas.

“Por vários anos, os usuários têm apreciado os benefícios do nosso Freeformer 200-3X e as possibilidades que o sistema e o processo Arburg Plastic Freeforming têm a oferecer”, diz Lukas Pawelczyk, responsável pelas vendas do Freeformer em todo o mundo desde julho de 2018. “Como um próximo passo revolucionário, estaremos celebrando a estréia mundial do Freeformer 300-3X na Formnext 2018, que expandirá a linha de produtos Arburg e abrirá novos campos de aplicação. Pela primeira vez em todo o mundo, peças funcionais complexas e resilientes podem ser produzidas a partir de três componentes, em combinação dura / macia com estrutura de suporte, usando esta máquina para fabricação aditiva industrial – isso é único na indústria. “

Espaço para peças maiores

Na denominação do Freeformer 300-3X,  “300” representa a área da superfície, em centímetros quadrados, disponível para o suporte da peça. Isso é quase 50% maior do que no Freeformer 200-3X. A câmara de fabricação agora oferece espaço para lotes maiores de pequeno volume e também peças 50% mais largas, com dimensões de até 234 x 134 x 200 milímetros. “3X” representa os eixos móveis do suporte da peça nas direções x, y e z.

Câmara de fabricação projetada para automação

Um novo recurso do Freeformer 300-3X é a porta da câmara de fabricação com duas partes. Isso permite que os funis de alimentação, por exemplo, sejam recarregados durante a operação em andamento ao se abrir a metade superior da porta. A câmara de fabricação aquecida agora só precisa ser aberta para inserir a plataforma da peça e remover as peças acabadas. A abertura e o fechamento automático da porta da câmara de fabricação, bem como as interfaces opcionais, também permite a automação do processo de manufatura aditiva e a integração do Freeformer em linhas completas de produção.

Ampla gama de aplicações

Com os dois Freeformers 200-3X e 300-3X, a Arburg irá no futuro cobrir uma gama significativamente mais ampla de aplicações. Os visitantes da feira poderão obter uma impressão delas durante a Formnext 2018 com base em três exposições e uma série de peças, incluindo uma seleção de itens de dois e três componentes. As partes funcionais exibidas incluem, por exemplo, uma pinça de dois componentes com uma combinação dura / macia, presilhas de cabos feitos de PP, discos de teste transparentes feitos de PMMA e sanfonas fabricadas de TPE-S para uso médico.

Sistema aberto oferece grande liberdade de uso de materiais

Os usuários podem processar seus próprios materiais originais e otimizar o tamanho das gotas, bem como controlar o processo com o sistema aberto do Freeformer. O banco de dados de materiais de Arburg inclui granulados padrão qualificados tais como ABS (Terluran GP 35), PA10 (Grilamid TR XE 4010), PC (Makrolon 2805), TPE-U (Elastollan C78 A15) e PP (Braskem CP 393). Outros exemplos incluem plásticos especiais para aplicações específicas, como o PLLA médico (Purasorb PL18, Resomer LR 708) e um PC (Lexan 940) aprovado para uso aeroespacial. A gama de materiais qualificados está sendo continuamente expandida.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Anúncios

Na Interplast 2018, Arburg expõe tecnologia com foco em produtividade e repetibilidade

13/07/2018

A Arburg (www.arburg.com.br), uma das fabricantes líderes mundiais de injetoras para processamento de plástico, destaca na Interplast tecnologias com foco em produtividade e repetibilidade. A empresa conta com máquinas para produção em alta escala e também peças individuais. A carteira de produtos modulares com máquinas injetoras Allrounder, sistemas turn key e Freeformer para a fabricação de manufatura aditiva, apresenta soluções de produção eficiente adaptada a cada requisito. Na Interplast, a empresa irá destacar uma máquina de 400 toneladas com uma aplicação em PVC, consolidando assim, a presença da Arburg no mercado de injeção desse segmento.

Os serviços oferecidos pela Arburg são padronizados em qualquer país para atendimento pré e pós-venda. A matriz na Alemanha mantém relação estreita com as filiais internacionais e parceiros comerciais para que a tecnologia e prestação de serviços chegue de forma objetiva aos cliente. Os especialistas oferecem suporte em vários campos, desde o assessoramento detalhado em tecnologia até o atendimento ao cliente no local.

Entre os equipamentos oferecidos pela Arburg destacam-se as soluções modulares com máquinas injetoras, elétricas, hidráulicas e híbridas com forças de fechamento de 125 até 6.500 kN. Através do Freeformer, a empresa oferece flexibilidade aos seus clientes para a fabricação via manufatura aditiva utilizando pellets standard disponíveis no mercado. Sistemas universais robóticos e robôs multieixos integrados no comando da máquina e otimização da produção com diferentes ferramentas de software são também disponibilizados pelo fabricante alemão.

A Arburg participa das mais importantes feiras mundiais para apresentar aos clientes os avanços e mais recentes inovações em tecnologia de moldagem por injeção. Os destaques mais recentes nos eventos são os lançamentos e tópicos relacionados à indústria 4.0, a digitalização e as inúmeras aplicações relacionadas a moldagem por injeção e fabricação de manufatura aditiva.

Fonte: Interplast

Curta nossa página no

Stand da Arburg na K 2016 atraiu milhares de visitantes

06/11/2016

arburg_111251-exhibition-stand-k2016

• Estréia mundial: Nova Allrounder com força de fechamento de 6.500 kN, novo sistema de controle e novo design
• Dez mil visitantes conheceram em primeira mão os destaques no stand da empresa
• Allrounder, Freeformer, Industry 4.0 e aplicações inovadoras

Aqueles que queriam conhecer mais sobre inovações e tendências em  injeção e impressão 3D na Feira Internacional K2016 em Düsseldorf (Alemanha) não tinham como deixar de ir ao stand da Arburg. De 19 a 26 de outubro de 2016, mais de 400 funcionários e parceiros comerciais da Arburg, vindos de 53 países, apresentaram 12 mostras inovadoras no próprio stand da empresa, enquanto outras quinze máquinas adicionais estavam sendo exibidas em stands de parceiros. A principal atração foi a nova máquina híbrida Allrounder 1120 H – com uma força de fechamento de 6.500 kN, a maior máquina injetora da linha de produtos da Arburg. Características pioneiras da nova máquina incluem seu sistema de controle Gestica, bem como um novo design estético e funcional com o qual esta estréia mundial foi apresentada. De acordo com o jornal diário da K 2016, o brinde mais popular durante a K 2016 foram os relógios de pulso da Arburg feitos com borracha de silicone.

“A nossa pioneira máquina de grande porte anuncia a próxima geração de Allrounders. A resposta foi impressionante. Nós estamos extremamente satisfeitos. Evidentemente, nós atendemos perfeitamente aos desejos de nossos clientes”, resume Michael Hehl, Sócio-Gerente e Porta-voz da Equipe de Gestão da Arburg: “Virtualmente, nenhum outro fabricante oferece uma gama tão ampla de soluções para a produção eficiente de peças plásticas. Desde itens produzidos em grandes quantidades até lotes pequenos (mesmo que de uma única unidade), nós mostramos aplicações e técnicas inovadoras, demonstrando uma vez mais a nossa força inovadora. “

Nova marca-compromisso: “Wir sind da.”

“No entanto, nossa oferta vai muito além desses serviços tecnológicos”, enfatiza a sócia-gerente Juliane Hehl: “Na K 2016, nós combinamos nossa marca-compromisso com um visual-chave especial -“Dare to Dream. Wir sind da” (Ouse sonhar. Nós estamos aí). Isto tem o objetivo de expressar o fato de que estaremos sempre lá onde o cliente possa estar – em termos geográficos, tecnológicos, mentais e físicos. Você pode confiar em nós, assim como em um confiável membro da família. Nós prometemos a nossos clientes e parceiros que nós nunca vamos transigir no nosso compromisso com eles. Esta é uma idéia que foi bastante tangível em Düsseldorf. O stand da Arburg teve milhares de visitantes internacionais e o clima no stand foi extremamente positivo. Não poderíamos querer mais”.

Arburg surpreende os especialistas da indústria

Após o lançamento do Freeformer na K 2013, este ano foi a vez da Allrounder híbrida 1120 H fazer sua estréia internacional. A Arburg ampliou assim o seu intervalo de Forças de fechamento em 30%, disponibilizando agora máquinas com até 6.500 kN. “Juntamente com o novo design da máquina e o sistema de controle Gestica, conseguimos genuinamente surpreender os especialistas da indústria novamente, dando-nos muito o que falar em nossas discussões”, acrescenta Gerhard Böhm, Diretor-Gerente de Vendas. “Nossas mostras cobriram uma ampla gama de indústrias e aplicações e foram muito bem recebidas pelos visitantes. Levando tudo em conta, raramente tivemos tantas discussões de alta qualidade em uma feira antes. O interesse internacional em alta tecnologia de injeção “Made in Germany” ainda é muito alto. Desde a máquina elétrica de nível básico até complexos sistemas turnkey e o Freeformer para aplicações de impressão 3D industriais, a Arburg mostrou soluções de produção eficientes para todas as indústrias e aplicações”.

Tendências da Indústria 4.0

Todo mundo estava falando sobre a Indústria 4.0 na K 2016. O Diretor-Gerente de Tecnologia e Engenharia, Heinz Gaub, explica a idéia por trás da mostra da Arburg no contexto dessa tendência da indústria: “Nós usamos o exemplo de uma etiqueta de bagagem “inteligente” para demonstrar o potencial da produção espacialmente distribuída e a possibilidade de individualizar peças produzidas em grandes quantidades em lotes tão pequenos quanto uma única unidade. Para este efeito, uma máquina injetora Allrounder foi combinada com um Freeformer (impressora 3D industrial) e o produto foi individualizado em uma base específica para cada cliente.  “Depois que duas peças foram moldadas usando uma Allrounder 375 V vertical e um chip NFC foi a elas integrado, os dados do pedido para o processo de produção subseqüente foram armazenados no chip e o produto tornou-se assim um portador de informação e dados, identificando-se nas várias estações e controlando seu próprio processo posterior de fabricação. Os processos subseqüentes incluíram a adição dos dados de endereço de um código QR por laser e a aplicação aditiva de um gráfico 3D usando o Freeformer. O computador central da Arburg armazenou todos os dados de processo e qualidade em um servidor central. O site individual do produto personalizado queria dizer que todos os dados de processo e qualidade poderiam ser rastreados na sua totalidade a qualquer momento.

No ponto de informação central “Indústria 4.0”, a última das cinco estações, a Arburg também ilustrou os benefícios da Indústria 4.0, bem como alguns modelos de negócios possíveis. Além da rastreabilidade,  também se incluem outras ações suportadas por dados usando o chip NFC integrado na etiqueta de bagagem, tais como a encomenda on-line de folhetos.

Como exemplo de “serviço inteligente”, uma Allrounder 270 S hidráulica foi usada para introduzir uma nova ferramenta de manutenção remota que permite um suporte on-line rápido, eficiente e confiável. A máquina injetora foi equipada com um roteador de serviço e firewall integrada para esta finalidade. Defeitos e sequências de processo podem ser analisadas e otimizadas eficientemente através do suporte on-line. Isso reduz tempos de espera desnecessários, máquinas paradas e,  portanto, custos.

Novas tecnologias de máquinas

Um Allrounder Cube 2900 foi apresentada pela primeira vez em Düsseldorf, usando um molde cubo de 32+32- cavidades do parceiro Foboha para produzir tampas bicolores de frascos de detergentes lava-louça Pril da Henkel, em um tempo de ciclo de 8,5 segundos . A produção para esta aplicação foi aumentada em dez por cento, apesar de uma exigência energética 25 por cento mais baixa. A Arburg adaptou a nova série, que está disponível com forças de fechamento de 2.900 e 4.600 kN, para aplicações de alta velocidade usando moldes-cubo pesando até 16 toneladas.

A série Golden Electric foi lançada na primavera de 2016 para facilitar uma entrada eficiente dos clientes no segmento de produção com injetoras elétricas. As novas máquinas elétricas com forças de fechamento de 600 a 2.000 kN ofereceram uma excelente relação preço / rendimento, afirma a Arburg, graças a uma padronização consistente. Na K 2016, uma Allrounder 470 Golden Electric com um molde de 32 cavidades produziu capas protetoras para uma aplicação na área de cuidados de saúde.

A nova máquina de mesa rotativa vertical Allrounder 2000 T, com diâmetro de mesa de 2.000 milímetros, também foi apresentada no stand do parceiro da Arburg, Lauffer Maschinenfabrik. O novo conceito de máquina tem uma área de instalação muito compacta, uma altura de mesa ergonomicamente eficiente de apenas 850 milímetros e espaço para moldes maiores.

Aplicações inovadoras

Um dos destaques do stand da Arburg foi um relógio de pulso “pronto para uso” em LSR/LSR, com design Arburg. O know-how integrado em injeção multi-componente,  automação e processamento de borracha de silicone líquida (LSR) foi demonstrado com um sistema turnkey. Uma Allrounder 570 A elétrica de dois componentes produziu duas pulseiras de duas cores com silicones líquidos (LSR) Silopren 2670 e 2620, de forma totalmente automática, com um ciclo de injeção de 75 segundos.

Não menos impressionante foi a produção de escadinhas dobráveis “prontas para uso”. Tanto a idéia, como o projeto e a implementação desta aplicação são originárias da Arburg. A peça central do sistema turnkey foi a nova máquina híbrida Allrounder 1120 H de alto desempenho, com uma força de fechamento de 6.500 kN, que produziu uma escadinha de 1.092 gramas em um tempo de ciclo de cerca de 60 segundos. O novo sistema robótico Multilift V 40 removeu as oito peças individuais do molde-família e colocou-as sobre uma mesa de transferência rotativa. Lá, as duas metades da escadinha foram pré-montadas e depois transferidas para um robô de seis eixos, onde os pés da escadinha foram adicionados;  as escadinhas acabadas foram então colocados numa correia transportadora. Neste conceito, o robô linear e o robô de seis eixos trabalham lado-a-lado, isto é, o robô de seis eixos se comunica diretamente com o Multilift V 40, que por sua vez é conectado ao sistema Gestica de controle da máquina.

A espumação física com Profoam foi uma aplicação inovadora para construção leve na qual os grânulos de plástico são misturados com um agente expansor gasoso antes da unidade de injeção. Uma Allrounder 630 S hidráulica produziu uma cobertura estruturada para interiores de carro a partir de PC (GF), em um ciclo tempo de cerca de 60 segundos. O controle dinâmico da temperatura do molde permitiu que uma superfície de alto brilho fosse produzida também com a técnica de espumação. A parte visível foi consistentemente projetada para espumação e, com uma espessura de parede de apenas 1,8 milímetros, atendeu às mesmas exigências que uma peça moldada com uma espessura de 2,5 milímetros, produzida com moldeagem por injeção compacta. Pesando cerca de 213 gramas, a cobertura estruturada era, portanto, cerca de 24% mais leve do que uma peça compacta equivalente.

Um exemplo de placas de Petri foi usado para demonstrar uma solução econômica, compacta e produtiva para a produção de itens de tecnologia médica de alto volume: uma Allrounder elétrica 470 A em uma versão de sala limpa produziu cerca de 4.500 bases e tampas por hora, correspondendo a uma produção de cerca de 16 milhões de peças por ano. As bases e tampas das placas de Petri foram feitas a partir de Poliestireno e foram produzidas utilizando-se um molde stack de 2 + 2 cavidades, em um tempo de ciclo de 3,2 segundos, sendo depois juntadas numa correia transportadora, montadas e empilhadas.

O estado atual da manufatura aditiva (impressão 3D)

Além do Freeformer que individualizou etiquetas de bagagem “inteligentes”, a Arburg também apresentou dois outros Freeformers.

Um deles foi usado para processar um novo material, a polieterimida (PEI), um plástico de alta temperatura. Uma das características notáveis desta aplicação foi a profundidade de camada de cerca de 0,14 milímetros e a qualidade associada à peça. 70 espaçadores usados em máquinas injetoras Allrounder, pesando apenas 0,09 gramas cada, foram produzidos em uma operação de pequenos lotes.

O terceiro Freeformer produziu um modelo para uma máquina Toggle (1:16). Consistindo de cerca de 100 milhões de gotas, o “bloco” resultante quase preencheu toda a câmara de construção. Depois que a estrutura de suporte foi dissolvida em um banho de água morna, o modelo de 738 gramas tinha cerca de 30 juntas móveis – assim como as “tesouras” de uma máquina injetora Toggle “real”.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Arburg levará injetora Golden Electric, lançamento mundial, para a Interplast 2016

08/08/2016

Arburg-golden_electric

A Arburg é uma multinacional alemã, líder mundial na fabricação de máquinas injetoras hidráulicas, elétrica, híbridas – horizontais e verticais – para injeção de mono ou multicomponentes, robôs e aparelhos de alimentação e desumidificação de material. Para a 9ª Interplast, o destaque da empresa será a apresentação do lançamento mundial, a máquina injetora elétrica Arburg Allrounder 570 E 2000 – 800 Golden Electric.

De acordo com a empresa, o equipamento possui alto desempenho, baixo consumo de energia elétrica e preço competitivo. Além da novidade, estará exposto no estande da Arburg o Freeformer, equipamento de manufatura aditiva para a produção peças em plástico sem molde.

Para mais informações sobre a empresa, acesse www.arburg.com/pt/br.

Realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil, a 9ª Interplast é patrocinada pelo PICPlast (Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico) e Enel, e conta com o apoio das instituições: ABIMAQ, FIESC, ABIMEI, INP, Instituto do PVC, Associação Brasileira de Polímeros, ABNT, ABIPET e Plastivida. Paralelamente ao evento acontecem a 3ª EUROMOLD Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – o CINTEC 2016 Plásticos – Congresso da Inovação Tecnológica e a Rodada de Negócios.

Serviço
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.euromoldbrasil.com.br
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Assessoria de Imprensa – Arburg

Curta nossa página no

Arburg na Plastimagen 2016: Redução de peso e manufatura aditiva

11/01/2016
As fibras vindas do rolo são cortadas nos tamanhos desejados durante o processo FDC, utilizando uma injetora Allrounder 720 S

A fibra é cortada nos tamanhos desejados durante o processo FDC, utilizando uma injetora Allrounder 720 S

  •  Apresentação da gama completa: produção de peças plásticas individuais e com alto volume
  • Manufatura aditiva: Freeformer produz componentes funcionais
  • Injeção: duas Allrounders produzem pedais leves e engrenagens

Durante a Plastimagen, na Cidade do México, entre 8 a 11 de março de 2016, a Arburg estará expondo, no estande 730, duas injetoras hidráulicas Allrounder para produzir pedais leves e rodas de engrenagem precisas, em altos volumes. Além disso, um Freeformer vai demonstrar a manufatura aditiva industrial de peças únicas e lotes multi-variantes de pequeno volume.

“Um destaque na Plastimagen 2016 é a incorporação direta de fibra, durante a qual as fibras de vidro são alimentadas a partir de feixes, cortados com o comprimento desejado por um dispositivo de corte e adicionadas diretamente à massa de material plástico fundido. Peças leves de alta resistência são produzidas desta forma. Além disso, a Arburg vai também demonstrar uma aplicação econômica na moldagem por injeção de peças técnicas, apresentando uma Allrounder hidráulica da série Golden Edition “, explica Guillermo Fasterling, Diretor-Geente da subsidiária Arburg no México. “Nossa Freeformer foi concebido, porém, para a manufatura aditiva industrial de peças únicas e lotes de pequenos volumes. Na Cidade do México, apresentaremos o estado atual do Freeformer da Arburg “.

Processo inovador de compostagem direta de fibra (FDC) para peças levas de alta resistência

A fabricação econõmica de componentes leves de alta resistência através do processo de compostagem direta de fibra (FDC) será demonstrada por uma Allrounder hidráulica 720 S, com 3.200 kN de força de fechamento / unidade de injeção de tamanho 2100, produzindo um pedal para a indústria automotiva, como exemplo. As vantagens deste processo inovador para produção de peças leves são um comprimento de fibra flexivelmente ajustável em até 50 milímetros, um mínimo de danos para as fibras no plástico fundido, bem como menos custos de materiais, em comparação com os granulados de fibras longas.

As fibras provenientes dos feixes são cortadas em comprimentos de até 50 milímetros por um alimentador lateral na unidade de injeção e são, em seguida, alimentadas diretamente para dentro do material fundido. Isto minimiza os danos às fibras durante a preparação do material.

O tempo de ciclo para a fabricação de um pedal é de cerca de 60 segundos, com um peso de peça de 335 gramas. O material utilizado é uma Poliamida 6. Um sistema robótico Multilift Select será usado para manusear o componente.

Golden Edition: modelo hidráulico no nível “iniciante”

Um segundo item da exposição de máquinas injetoras é uma Allrounder 320 C Golden Edition com uma força de fechamento de 500 kN e uma unidade de injeção de tamanho 170, o qual é particularmente interessante para injeção de peças técnicas. A máquina faz parte da série “de entrada” de injetoras hidráulicas, que apresenta combinações fixas de unidade força de fechamento/unidade injeção e oferece componentes de alta qualidade técnica com, segundo a Arburg, uma ótima relação preço / desempenho. Na Plastimagen 2016, serão produzidas rodas de engrenagem por um molde de 8 cavidades da empresa sul-americana Artis Matriz.

Freeformer: manufatura aditiva de peças funcionais

No Plastimagen 2016, um Freeformer demonstrará a manufatura aditiva de peças funcionais com base em dados de CAD 3D. O equipamento processa grânulos de plástico de baixo custo e está equipado com duas unidades de descarga estacionárias como padrão. Isto permite que o Freeformer possa processar um componente adicional, a fim, por exemplo, de fabricar uma peça em cores diferentes, com qualidades táteis especiais ou como uma combinação de materiais duro / macio. Alternativamente, ele pode ser usado para construir estruturas a partir de um material de suporte solúvel em água, permitindo que geometrias de peças complexas possam ser obtidas.

Por um lado, o Freeformer pode fabricar muito rapidamente protótipos e amostras de design para testes funcionais e de montagem no material original. Isto significa que não são necessários moldes caros de alumínio e um novo produto pode atingir a maturidade para produção em série muito mais rapidamente. Por outro lado, também é possível fabricar componentes funcionais e peças de reposição em um prazo curto, em pequenos lotes ou – quando combinados com moldagem por injeção – para individualizar as peças produzidas em massa.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Arburg define tendências da indústria na Fakuma 2015

21/10/2015

ARBURG_096015_stand_Fakuma_2015

  • Arburg movimenta a indústria: Eficiência de Produção, Indústria 4,0 e construção leve
  •  Produção eficiente de peças plásticas: desde grandes lotes até itens individualizados
  • Especialistas do setor se reúnem no stand da Arburg durante a feira

Uma excelente atmosfera, enorme interesse, inovações de longo alcance – o stand da Arburg na Fakuma 2015 foi um sucesso. Com o tema principal “eficiência produtiva” e um foco na “Industria 4.0 – energizada pela Arburg”, a fabricante de injetoras com sede em Lossburg (Alemanha) consolidou a sua posição como um definidor de tendências da indústria na feira de Friedrichshafen. O destaque foi a personalização de tesouras de escritório em uma linha de produção totalmente automatizada e integrada com tecnologias da Informação, que incluiu uma injetora Allrounder, um Freeformer para manufatura aditiva e robô de sete eixos.

“A Fakuma 2015 foi caracterizada por discussões intensivas com clientes existentes e potenciais da Alemanha, Europa e de outros continentes. Naturalmente, nós também apresentamos inúmeras inovações e novos desenvolvimentos”, disse Michael Hehl, Sócio Diretor da Arburg e porta-voz da Administração. “Foi muito importante para nós não apresentar meras visões, mas soluções inovadoras e específicas para aplicações práticas. E isso é exatamente o que fizemos este ano, com onze mostras no nosso próprio stand e dez mostras adicionais em stands de parceiros.”

Indústria 4.0  na prática

Os visitantes do stand da Arburg tiveram a oportunidade de experimentar a “Indústria 4.0” na prática e de ver como é que peças produzidas em série, que foram individualizadas para criar itens personalizados, podem ser rastreadas ao longo de todo o ciclo de vida do produto. Dois Freeformers personalizaram tesouras de escritório moldadas por injeção e interruptores de luz basculantes pré-fabricados com geometrias 3D individuais  A aplicação de um código DM através de laser transformou cada produto em um portador de informação. O computador de hospedagem da Arburg (ALS) registrou todos os dados do processo e arquivou os mesmos em um site específico do produto na “nuvem”. Qualquer visitante que estivesse interessado poderia usar seus telefones celulares ou outros dispositivos móveis para acessar este site e exibir todos os dados relevantes do processo referentes à peça individual que recebeu – podendo continuar a fazê-lo por muito tempo após o término da feira.

Estréias e novas aplicações

Uma das estréias apresentadas pela Arburg no contexto da mostra de fabricação de tesouras de escritório foi a conexão automática entre a injetora Allrounder e o Freeformer, usando um robô de sete eixos “iiwa”  (assistente de trabalho industrial inteligente) da Kuka – exclusivo no mundo da manufatura aditiva até o momento.

Os visitantes interessados em construção leve puderam ver em ação a nova técnica de formação de espuma física Profoam em uma injetora hidráulica Allrounder 630 S. Como exemplo de produto, foi demonstrado um compartimento cinético reforçado com fibra de vidro – um produto da indústria automobilística.

Uma aplicação complexa de dois componentes foi demonstrada usando-se uma injetora elétrica Allrounder 470 A com um molde de 32 + 32 cavidades, que usou borrachas de silicone líquido (LSR) para produzir botões para interiores de automóveis. Outros exemplos práticos, por exemplo, para as indústrias médica e de embalagem, bem como uma micro-célula de produção, completaram as demonstrações da Arburg na feira.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Na Fakuma 2015, Arburg posiciona-se com o conceito de fornecedora de sistemas para fabricação de peças plásticas

21/07/2015

• Manufatura aditiva: peças de produção em massa injetadas são personalizadas no Freeformer
• Indústria 4.0: produção para projetos pontuais automatizada e em rede
• Processos inovadores: Construção leve, processamento de borracha de silicone líquida, tecnologia de embalagem, etc.

 Juliane Hehl, sócia-administradora da Arburg

Juliane Hehl, sócia-administradora da Arburg

Durante a feira Fakuma, em Friedrichshafen (Alemanha), de 13 a 17 de Outubro de 2015, a Arburg vai se apresentar além da tecnologia de máquinas, posicionando-se como um fornecedor de sistemas de produção para manufatura de peças de plástico.

Oito máquinas Allrounders, três Freeformers, o sistema de computador host ALS da Arburg e automação integrada estarão em exibição no Salão A3, stand 3101, durante a feira.  Aplicativos eficientes em termos de produção indicam a tendência atual da indústria. Um dos destaques é a personalização de peças de produção em massa através da combinação de moldagem por injeção e manufatura aditiva, incluindo a integração com tecnologias Indústria 4.0. Processos inovadores de construção leve, moldagem por injeção multi-componente, processamento de borracha de silicone líquida, exemplos práticos para tecnologia médica e de embalagem e um micro-sistema de produção completam a apresentação da empresa alemã na feira. Outras oito injetoras AllRounder poderão ser encontradas nos estandes de parceiros da Arburg.

“Temos trabalhado sobre o tema da Indústria 4.0 há algum tempo. Com máquinas Allrounder automatizadas, o Freeformer para manufatura aditiva e soluções de Tecnologia da Informação, estamos cada vez mais nos desenvolvendo como um fornecedor de sistemas de produção para a produção integrada na fábrica digital”, salienta a Sócia Administradora da Arburg, Juliane Hehl. “Em Friedrichshafen, vamos mostrar na prática como peças de produção em massa podem ser personalizadas e rastreadas de uma maneira específica para a peça, usando a manufatura aditiva industrial com o Freeformer. As outras mostras no nosso stand de exposição, cada uma das quais também é um destaque, vão da mesma forma surpreender os visitantes “.

Combinação: Allrounder, Freeformer e Indústria 4.0

Arburg_FreeformerTrês Freeformers vão estar em exposição durante a Fakuma. Eles produzirão  componentes complexos a partir de grânulos de plástico comuns, sem o uso de moldes, através da fabricação aditiva industrial, a qual personaliza peças injetadas de produção em massa e ilustra também o tema da Indústria 4.0.

Os visitantes do stand poderão fazer versões exclusivas de várias tesouras de escritório, por exemplo. Em primeiro lugar, uma injetora elétrica Allrounder 370 E molda alças plásticas sobre lâminas de aço inoxidável, nas quais um código especial é então gravado a laser e, depois, nomes personalizados em 2D ou 3D são aplicados com laser ou com o Freeformer.

Um sistema robótico Multilift V insere a tesoura em um suporte e a transporta para fora da célula de produção, através de uma correia transportadora. Um scanner então verifica se a tesoura vai entregue diretamente ao visitante ou se a rotulação 3D feita com plástico será aplicada usando o Freeformer, em uma etapa posterior.

Durante a Fakuma 2015, a Arburg irá apresentar, pela primeira vez, uma solução de automação altamente flexível em combinação com o Freeformer: um robô de seis eixos montado em uma plataforma móvel da Kuka, batizada como ‘iiwa’ (assistente de trabalho industrial inteligente, na sigla em inglês), manuseia o carregamento e a descarga automática no Freeformer. Além da sua mobilidade e o alto grau de flexibilidade associada, a principal vantagem desta automação é a possibilidade da cooperação autônoma direta entre o ser humano e o robô. O robô vai entregar as tesouras personalizadas em 2D e 3D diretamente para os visitantes no Fakuma.

Um segundo exemplo prático de produção em rede vai ser apresentado por um Freeformer que faz o acabamento em interruptores de luz moldados por injeção com uma combinação de símbolos e nomes personalizados, em grandes volumes. Aqui também, o próprio produto se torna um veículo de informação através de um código aplicado por laser. Todos os componentes para esta produção em rede são supridos pelo fornecedor de sistemas Arburg.

O sistema de computador-host da Arburg (ALS) documenta continuamente todos os parâmetros relevantes do processo e os encaminha para um servidor web. Uma página web exibindo todos os dados relevantes do processo pode ser aberta por meio de um código individual, através de dispositivos móveis. Cada peça individual pode ser continuamente controlada desta forma.

Além das aplicações da “Indústria 4.0”, todas as exposições no stand da Arburg estarão conectadas através do ALS. Os visitantes poderão experimentar o desempenho do sistema de computador host – que é otimizado para operações de moldagem por injeção – conectando-se à máquina e aos dados operacionais “ao vivo” no estande, além de poderem também receber conselhos de especialistas.

O inovador processo de construção leve “Profoam”

Com uma aplicação inovadora para a indústria automotiva, a Arburg vai apresentar um processo físico de produção de espumas de termoplásticos. O processo de construção leve inovador Profoam vem sendo pesquisado e desenvolvido em conjunto com o instituto alemão IKV (Institute for Plastics Processing). Ele permite uma economia significativa de materiais em peças plásticas automotivas e, portanto, uma redução no consumo da frota de veículos e emissões de CO2. Devido à redução em volume e peso, o processo também reduz o tempo de resfriamento da  peça no molde, minimiza a ocorrência de rechupes, contração e empenamento e não exige quaisquer dispositivos periféricos adicionais. Máquinas injetoras convencionais podem ser empregadas com este processo e ser também utilizadas para outras aplicações.

O estágio atual de desenvolvimento do Profoam será apresentado na Fakuma 2015 em uma injetora Allrounder hidráulica 630 S. Uma unidade de injeção com rosca de geometria normal será usada. Os grânulos de plástico são inicialmente misturados com o fluido propulsor. Durante a plastificação, o propulsor é dissolvido na massa fundida e somente escapa novamente quando a pressão é reduzida durante o processo de injeção, sob a forma de “bolhas” microcelulares. O resultado é um componente leve, robusto e de baixa-distorção, com uma estrutura de espuma homogênea. Outras vantagens do Profoam são o controle de processos simples, uma temperatura da massa fundida que não agride o material e a conservação de fibras longas durante a preparação da massa fundida, já que o processo não requer nenhum elemento de cisalhamento ou mistura no material fundido.

Duplamente macios: botões de pressão de LSR / composto de LSR

Uma injetora elétrica Allrounder 470 A de dois componentes, com uma força de fechamento de 1000 kN, uma unidade de injeção de tamanho 170 e uma segunda unidade de injeção de tamanho 30, em uma configuração em “L”, fabricará botões de pressão para o interior de veículos a partir de borracha de silicone líquida (LSR). O diafragma da peça moldada é fabricado com LSR colorida com uma dureza Shore de 50; o disco interior, a partir de LSR transparente com uma dureza Shore de 80. Silicones, ao contrário dos termoplásticos, não se degradam ou amarelam; assim, permitem uma textura particularmente agradável e aparência invariável ao longo de todo o seu ciclo de vida. A mostra operará com um molde 32 + 32 cavidades da Trelleborg e uma unidade rotativa elétrica. Os pesos de material injetado são especialmente pequenos – apenas 2,04 e 0,98 gramas. Um sistema robótico Multilift V, operando verticalmente, remove as peças acabadas do molde, realiza uma inspeção visual utilizando uma câmara de imagem térmica e os posiciona de acordo com suas cavidades.

Fabricação refinada: alças, cesta de frutas e conectores em Y

O fato de que as máquinas injetoras Allrounder hidráulicas, híbridas e elétricas são adequadas para uma ampla gama de usos será demonstrado na Fakuma com aplicativos específicos da indústria.

Por exemplo, uma Alrounder 570 S hidráulica de dois componentes, com uma força de fechamento de 2000 kN e tamanho da unidade de injeção 400 e 170,  irá produzir alças de serras de jardim em polipropileno reforçado com 40 por cento de fibra de vidro e TPE amigável ao tato. A máquina é completada por uma célula robótica móvel. Um pequeno robô Agilus de seis eixos, que se move sobre um eixo linear adicional transversalmente à máquina, remove as alças acabadas, submete-as à tampografia e, em seguida, coloca-as sobre uma correia transportadora. A automação flexível é caracterizada por movimentos dinâmicos e pela entrada rápida no molde. Isto resulta em tempos de ciclo curtos e elevada produtividade.

Uma Allrounder 820 H híbrida foi especialmente configurada na versão “Packaging” para aplicações na indústria de embalagens. A máquina de alta velocidade, com uma força de fechamento de 3700 kN e uma unidade de injeção de tamanho 1300, irá produzir pequenos cestos dobráveis (175 x 175 x 85 mm) para frutas, a partir de polipropileno, em um tempo de ciclo de cerca de 5 segundos. Etiquetas IML (in-mould labeling) serão adicionadas, utilizando-se automação fornecida pela Campetella. Dependendo da exigência, as cestas de frutas são colocadas em diferentes correias transportadoras para serem dobradas em conjunto ou abertas para fora.

Uma Allrounder 470 A elétrica, com uma força de fechamento de 1.000 kN, demonstrará aplicação para o campo da tecnologia médica, produzindo conectores em Y para terapia de infusão com um molde de 8 cavidade da Männer. O tempo de ciclo é de cerca de 15 segundos. O destaque desta aplicação é a injeção lateral através de um bico shut-off do tipo agulha e a desmoldagem por três lados. As peças são moldadas em PMMA (acrílico), cada uma pesando 1,1 gramas. A mostra tem uma correia transportadora estendida com uma tampa-túnel para comunicação com uma sala limpa. Ao colocar a máquina e equipamentos periféricos do lado de fora da sala limpa e somente transportar as peças limpas produzidas para dentro, a sala limpa pode ser operada com um alto nível de custo-benefício. Um módulo de ar limpo com ionização, por cima da unidade de fechamento, garante a atmosfera limpa necessária (classe ISO 7) durante a produção em série.

Solução de sistema para microcomponentes

Também estará em exibição na Fakuma 2015 um micro sistema de produção baseado em uma Allrounder 270 A elétrica, equipada com uma nova micro unidade de injeção e um robô Multilift H 3 + 1 horizontal compacto para uma separação confiável do micro componente e do canal de entrada. Um módulo de ar limpo com ionização assegura um ambiente de produção controlado e constante e impede eficazmente a adesão de micro componentes na área de trabalho.

A microunidade de injeção é projetada especialmente para controle preciso sobre pequenos deslocamento da rosca, em conjunto com uma alta dinâmica de preenchimento. Ela combina a escolha de uma rosca de 18 ou 15 milímetros para a fusão do material com uma rosca de 8 milímetros para a injeção. Isso permite o uso de grânulos de tamanhos normais e, portanto, todos os materiais comuns podem ser processados sem problemas, de modo que menores pesos de material injetado podem ser alcançados de forma precisa, com pequenos deslocamentos da rosca.

O micro sistema de produção fabricará quatro micro rodas em um tempo de ciclo de doze segundos. Nove componentes pesam o mesmo que um único grânulo de material de PBT. O robô de dois braços especialmente projetado remove simultaneamente o canal de entrada e as delicadas micro-rodas de apenas 0,004 gramas e as posiciona separadamente, com cuidado, de acordo com a posição da sua cavidade.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Arburg entra no negócio de impressão 3D e apresenta novo equipamento durante a K’2013

21/10/2013

K_fair_ArburgA Arburg ampliou seu portfólio de produtos para incluir a fabricação aditiva (impressão 3D), abrindo as portas para novas possibilidades na produção de peças de plástico. Na K 2013, a fabricante de máquinas de moldagem por injeção alemã revelou seu segredo e apresentou seu equipamento de impressão 3D (freeformer) e o AKF ARBURG Plastic Freeforming ( AKF ) ao mercado de plásticos .

O Freeformer da Arburg produz peças de plástico totalmente funcionais usando a nova técnica de fabricação aditiva – ARBURG Plastic Freeforming ( AKF ) – a partir de arquivos de CAD em 3 dimensões, com grânulos de plásticos convencionais e sem um molde. Ela, portanto, oferece liberdade para a produção eficiente de peças individuais e lotes de pequeno volume de peças .

Com base em cerca de 60 anos de experiência no processamento de plásticos e construção de máquinas, a Arburg desenvolveu o Freeformer e a AKF internamente – para uma abrangente eficiência de produção. A solução inovadora oferece uma maior liberdade na escolha, combinação e processamento de plásticos, produção de componentes sem estruturas de apoio e um ambiente de produção livre de pó.

Ao contrário das técnicas de fabricação aditiva (impressão 3D) convencionais, com a técnica AKF da Arburg, granulados convencionais são fundidos, da mesma forma que no processo de moldagem por injecção. O Freeformer produz o componente sem estruturas de apoio, camada a camada, através de minúsculas gotículas, adicionadas por um bico. A unidade de descarga das gotículas e o bico permanecem estacionários, enquanto o porta-componente se move.

O processo AKF faz uso de arquivos de CAD 3D, que são lidos diretamente pelo Freeformer . Após a partida, tudo acontece automaticamente. Durante este processo, o produto sob construção é movimentado por um porta-componente com três ou cinco eixos.

Destaques da tecnologia:

  • Peças plenamente funcionais são criadas com gotas de plástico minúsculas , sem um molde
  • Versátil: grânulos de plásticos convencionais de baixo custo são usados, ao invés de materiais especiais caros
  • Não há estruturas de apoio : a unidade de descarga estacionária e porta-componente móvel para geometrias complexas em 3D
  • Combinável: a técnica AKF também é adequada para o processamento de dois componentes, por exemplo, em combinações móveis hard / soft
  • Sem esforço: as peças são automaticamente construídas, camada por camada, com base em arquivos de CAD 3D
  • Bico de fechamento cronometrado, com piezo-tecnologia, garante alta qualidade de parte
  • Porta-componente de 3 ou 5 eixos com motores lineares para geometrias complexas em 3D, sem estrutura de apoio
  • Operação intuitiva usando gestos com as mãos sobre a tela multi-touchscreen de alta qualidade
  • Ambiente de produção silencioso e livre de pós

Fonte: Arburg

 

Curta nossa página no