Posts Tagged ‘Filmes stretch’

Reifenhäuser apresenta linha de produção de filme de PE totalmente reciclável para embalagens pouch

04/12/2019

Solução 100% Monomaterial foi apresentada durante a K 2019

Possuir 100% de reciclagem e excelentes propriedades de barreira não precisam ser uma contradição. A máquina EVO Ultra Stretch patenteada pela Reifenhäuser produz filme monomaterial (100 % de polietileno). Segundo a empresa, é uma alternativa econômica ao uso do PET.

Filme Stretched de PE para aplicações complexas de embalagem

Em embalagens muiticamadas convencionais, o PET fornece propriedades de estabilidade e barreira. Por outro lado, sua reciclabilidade é muito restrita. A Reifenhäuser diz que o filme de PE “stretched” produzido com sua tecnologia pode substituir totalmente o PET, sem perda de qualidade.

Segundo a empresa, o processo EVO Ultra Stretch produz filmes de PE com propriedades mecânicas que atendem a todos os requisitos da indústria de embalagens em termos de embalagens de alto desempenho e sua conversão: propriedades de selagem térmica, alta rigidez na direção da máquina, boa planicidade e impressão de qualidade.

Eficiência energética e relação custo-benefício facilitam a entrada

O processo envolve o alongamento do filme até dez vezes sua área superficial inicial. Devido ao seu posicionamento na puxada, o EVO Ultra Stretch apresenta consumo de energia muito baixo e alta estabilidade do processo, afirma a Reifenhäuser. Uma grande vantagem é que o filme PE pode ser convertido em linhas de conversão existentes, sem necessidade de adaptação. O fabricante afirma que isso facilita consideravelmente a transição para embalagens monomaterial feitas de PE.

“Para ajudar nossos clientes a apresentarem o produto da maneira mais tranquila possível, nós fornecemos um pacote completo de know-how de uma única fonte, compreendendo tecnologia, receita de filme e parâmetros de processamento”, explica Eugen Friedel, Diretor de Vendas da Reifenhäuser Blown Film.

A aplicação já passou com sucesso em testes de campo em um cliente da Reifenhäuser e proprietário de marca. É um dos 15 exemplos de economia circular que foram exibidos no estande da Reifenhäuser durante a K 2019. “A embalagem monomaterial é a chave para uma economia circular em funcionamento”, diz Eugen Friedel.

Fonte: Reifenhäuser

Curta nossa página no

Dow apresenta vantagens das tecnologias de unitização em seminário de embalagens

03/09/2012

Filmes Stretch e Stretch Hood são os destaques para os mercados de petroquímica, material de construção, bebidas e linha branca

Os ganhos logísticos a partir das melhores práticas de unitização para o transporte de cargas são o escopo da participação de Eduardo Ruiz, especilista técnico da Dow, no Seminário Embalagem de Distribuição e a Cadeia de Suprimentos, promovido pelo Centro de Tecnologia em Embalagens (CETEA) no próximo dia 5 de setembro, em Campinas (SP). Com foco nas embalagens plásticas, Ruiz apresentará, sobretudo, as vantagens dos filmes Stretch, Stretch Hood e Shrink que atendem com precisão aos mercados de petroquímica, material de construção, bebidas, linha branca, entre outros.

No Brasil, segundo o instituto Akatu, 30% do que se produz na cadeia de alimentos é perdido, sendo parte disso no transporte. Outro dado relevante, apontado por um estudo da Carolina Supply Chain Service – LLC sobre as perdas na cadeia de transporte nos EUA (2006), afirma que cargas mal paletizadas podem custar à indústria mais de U$388 milhões por ano.

A evolução da tecnologia dos filmes para embalagem de unitização, portanto, amplia as oportunidades para reduzir perdas e melhorar a segurança e armazenagem, alguns dos principais desafios do transporte de carga. Além disso, investir em embalagens secundárias pode melhorar consideravelmente aspectos-chave do processo de unitização, como melhor estabilidade da carga, proteção do produto, minimização do risco de contaminação e redução de danos e avarias, entre outros.

O seminário visa promover uma visão holística do papel da embalagem na cadeia de suprimentos que vai além do atendimento aos requisitos de proteção do produto acondicionado. “A indústria necessita de soluções customizadas de embalagens, criando valor para a cadeia de produtos”, resume Ruiz.

Fonte: Dow

Curta nossa página no