Posts Tagged ‘EBITDA’

Covestro confirma previsão de aumento da lucratividade para o ano de 2015

17/11/2015

 

covestro

  • Aumento substancial no EBITDA ajustado esperado em 2015
  • Fluxo de caixa operacional livre no rumo de um novo recorde
  • Terceiro trimestre forte: lucro líquido aproximadamente 62% maior que o ano anterior

Após um terceiro trimestre bem-sucedido, a fabricante de polímeros Covestro recebe a confirmação do que esperava para todo o exercício de 2015. A empresa, que recentemente abriu o capital na bolsa de valores, prevê um aumento substancial na lucratividade em 2015. O fluxo de caixa operacional livre ruma para um novo recorde e o lucro líquido do terceiro trimestre melhorou aproximadamente 62%.

“2015 deve ser um ano muito bom para a Covestro”, afirmou o CEO Patrick Thomas. “Estamos demonstrando, acima de tudo, nossa capacidade de gerar receitas e nossa força financeira. É uma satisfação que os três segmentos e, especialmente os policarbonatos, possam participar do desenvolvimento positivo”.

Previsão de aumento considerável dos rendimentos

A Covestro prevê um aumento considerável no EBITDA ajustado em 2015, de 1,16 bilhão de euros acima do ano anterior. Este aumento foi favorecido sobretudo por uma situação de oferta e procura mais vantajosa. A empresa está presumindo um aumento no EBITDA ajustado do quarto trimestre em relação ao ano passado.

Em 2015, a Covestro espera que as vendas aumentem levemente (como divulgado) em relação ao valor do ano anterior de 11,76 bilhões de euros. Está previsto um aumento percentual de um dígito no crescimento geral de volume.

A Covestro também espera obter um novo recorde de fluxo de caixa operacional livre no ano corrente. Esse indicador constitui a base para a política de dividendos sustentáveis planejada pela empresa e permaneceu em 302 de euros milhões em 2014.

A Covestro está planejando reduzir a dívida financeira líquida, incluindo as obrigações com verbas rescisórias, para até 4 bilhões de euros.

Maiores rendimentos de segmentos esperados

No segmento de poliuretanos, está previsto um leve crescimento no volume geral em 2015. Está previsto que o EBITDA ajustado ultrapassará o valor do ano passado de 592 milhões de euros. Os poliuretanos são espumas de alto desempenho utilizadas, por exemplo, em bancos de automóveis, móveis estofados e materiais isolantes de prédios e aparelhos refrigerados.

A Covestro prevê um aumento percentual médio de um dígito no crescimento geral do volume no segmento de policarbonatos em 2015. Espera-se que o EBITDA ajustado seja mais que o triplo do valor do ano passado de 160 milhões de euros. O policarbonato é um plástico de alto desempenho utilizado em áreas chaves como os setores automotivo e de eletrônica.

No segmento de coberturas, adesivos e produtos especiais, a empresa planeja aumentar o EBITDA ajustado em relação ao valor do ano passado de 437 milhões de euros. Este segmento desenvolve e manufatura matérias-primas para coberturas, adesivos e materiais de vedação, além de produtos especiais para uso com artigos têxteis, cosméticos, médicos e esportivos.

Terceiro trimestre lucrativo

A Covestro já publicou aumentos no EBITDA ajustado em todos os três segmentos no terceiro trimestre de 2015. Com o pano de fundo de uma situação de oferta e procura mais favorável, esse valor aumentou quase 45% de forma geral ante o ano anterior, chegando a 471 milhões de euros. O lucro líquido aumentou aproximadamente 62% para 160 milhões de euros.

Por outro lado, o declínio nos preços de venda causou uma redução nas vendas da Covestro de 1,4% no terceiro trimestre, chegando a 3,02 bilhões de euros. No entanto, o crescimento no volume geral permaneceu estável. O fluxo de caixa operacional livre aumentou quase 13% ante o ano anterior, chegando a 251 milhões de euros.

Com vendas de 11,8 bilhões de euros em 2014, a Covestro é uma das maiores companhias de polímeros do mundo. Suas atividades estão focadas na produção de polímeros de alta tecnologia e no desenvolvimento de soluções inovadoras para produtos usados em diversas áreas. Os principais segmentos atendidos são o automotivo, eletroeletrônico, construção e as indústrias de esportes e lazer. A Covestro, anteriormente conhecida como Bayer MaterialScience, possui 30 sites de produção ao redor do mundo e emprega cerca de 15.700 colaboradores (até o final de setembro de 2015).

Fonte: Assessoria de Imprensa – Covestro

Curta nossa página no

Anúncios