Posts Tagged ‘Dispersões de Poliuretano’

Covestro irá adquirir negócio de resinas de revestimento sustentáveis da DSM

30/09/2020

  • Passo significativo na estratégia corporativa de longo prazo da Covestro
  • Covestro será uma das líderes globais no mercado de resinas de revestimento sustentáveis
  • Combinando capacidades de inovação para acelerar a transição para economia circular
  • Portfolio de produtos complementares e indústrias de aplicação posicionadas para atender necessidades dos clientes
  • A aquisição acrescenta 1 bilhão de euros em receitas e 141 milhões de euros em EBITDA
  • Preço de compra de 1,61 bilhão de euros reflete atrativa avaliação do negócio de 5,7x EV/EBITDA 2021, incluindo sinergias futuras
  • Sinergias substanciais de cerca de 120 milhões de euros por ano

30 de Setembro de 2020 – A Covestro assinou hoje um acordo para adquirir o negócio de Resinas e Materiais Funcionais (RFM, em inglês) da Royal DSM. Ao expandir seu portfólio no atrativo (e em crescimento) mercado de resinas de revestimento sustentáveis, a Covestro dá um passo significativo em sua estratégia corporativa de longo prazo para fortalecer seus negócios sustentáveis e impulsionados pela inovação.

Somando cerca de 1 bilhão de euros em receitas e um EBITDA de 141 milhões e euros (2019), a integração da RFM é uma oportunidade substancial de crescimento estratégico para expandir as receitas do segmento da Covestro de Revestimentos, Adesivos e Especialidades (CAS) em mais de 40% para cerca de 3,4 bilhões de euros (2019 proforma).

A aquisição cria uma das líderes globais no segmento de resinas de revestimento sustentáveis, com um dos portfólios de produtos mais abrangentes e inovadores na criação de valor aos clientes, afirma a empresa. A Covestro concordou com um preço de compra de 1,61 bilhão de euros, que será financiado por meio de uma combinação de instrumentos de capital e dívida.

Markus Steilemann, CEO da Covestro: “Esta aquisição é um passo importante para nossa estratégia corporativa. A RFM melhora a trajetória de crescimento de nossos negócios. Combinando nossas fortes capacidades de inovação, portfólios de produtos sustentáveis, bem como tecnologias complementares e indústrias de clientes, entregaremos mais valor. Ao mesmo tempo, é também um passo fundamental para impulsionar a inovação para a transição para uma economia circular”.

Tecnologias e indústrias complementares

Segundo a Covestro, a integração da RFM irá criar um negócio de escala e capacidade tecnológica avançada, beneficiando os atuais e futuros clientes, assim como seus colaboradores, por meio de uma plataforma de crescimento mais forte. A Covestro já é líder no fornecimento de dispersões de poliuretano base água. Com a aquisição da RFM, a empresa irá acrescentar uma completa variedade de resinas de poliacrilato base água e irá expandir seu portfólio tecnológico com a inclusão de tecnologias híbridas base água, resinas de revestimento em pó e resinas de cura por radiação, afirma a empresa. A RFM possui fortes marcas em termos de sustentabilidade como Niaga®, bem como manufatura industrial e um avançado negócio de revestimentos solares.

A aquisição diversifica a exposição da Covestro na indústria e também fortalece significativamente o posicionamento da empresa em atrativos mercados de alto crescimento. Entre outros, a Covestro será um dos fornecedores líderes no campo de revestimentos de fibra óptica – um segmento de mercado com enorme potencial futuro, incluindo a tecnologia futura de 5G – e no atrativo segmento de materiais de impressão em 3D, mostrando uma taxa média de crescimento de mais de 20%, afirma a empresa. Além disso, a ampliação da presença geográfica fortalece a proximidade da Covestro com clientes em todos os mercados-chave e expande sua rede de produção global em mais de 20 sites, assegura a Covestro.

Ambas as empresas estão comprometidas com metas ambiciosas de ESG (Meio Ambiente, Social, Governança) e possuem um excelente (e complementar) pipeline de pesquisa, especialmente na área de matérias-primas sustentáveis de alto desempenho para a indústria de revestimentos. Combiná-las permitirá à Covestro ser ainda mais inovadora no campo de resinas de revestimento e tornar-se um parceiro de Pesquisa e Desenvolvimento ainda mais atrativo para seus clientes. Assim, a Covestro será capaz de impulsionar a inovação e fazer avançar a sustentabilidade em todas as indústrias de clientes, além de impulsionar de forma mais rápida a transição para a economia circular, afirma a empresa.

Potencial para criação de valor

A integração da RFM no segmento CAS da Covestro cria oportunidades para maior geração de valor. A empresa espera que a sinergia permanente (“run-rate“) aumente para cerca de 120 milhões de euros por ano a partir da integração total até 2025. Estes consistem em aproximadamente dois terços das sinergias de custo e um terço da receita e são gerados, entre outros, através do alinhamento das estruturas de compras, vendas e administrativas no negócio integrado, bem como do cross-selling e do desenvolvimento conjunto de novos produtos de alto desempenho.

Avaliação atrativa e estrutura de financiamento

Considerando os equivalentes de caixa na RFM, o preço total de compra de 1,61 bilhão de euros corresponde a um valor de negócio líquido de aproximadamente 1,55 bilhão de euros, representando uma avaliação da RFM em cerca de 5,7x EV/EBITDA 2021, incluindo sinergias proforma de taxa de execução.

Excluindo as sinergias de taxa de execução, o múltiplo EV/EBITDA seria 10,3x. O financiamento é garantido através de um acordo de financiamento que a Covestro pretende refinanciar com uma combinação de capital próprio, instrumentos de dívida e geração própria de caixa, consistente com o compromisso da empresa de manter uma classificação sólida de grau de investimento. Para este fim, a Covestro está planejando utilizar seu capital social autorizado atualmente para uma emissão de ações, a fim de levantar aproximadamente 450 milhões de euros.

“A aquisição é estratégica e financeiramente é uma oportunidade perfeita para prosseguirmos com nossa estratégia de crescimento a longo prazo em condições altamente atraentes e sinergias tangíveis. Com a estrutura de financiamento escolhida, estamos atingindo o equilíbrio certo entre capital próprio e dívida”, completa Thomas Toepfer, CFO da Covestro. “Esperamos receber nossos novos colegas em breve. Juntos, trabalharemos para dar vida ao nosso potencial conjunto”.

O fechamento da transação está previsto para o primeiro trimestre de 2021 e está sujeito a aprovações regulatórias, incluindo a liberação antitruste.

Com 12,4 bilhões de euros em vendas em 2019, a Covestro é uma das maiores empresas mundiais de polímeros. Suas atividades comerciais concentram-se na produção de polímeros de alta tecnologia e no desenvolvimento de soluções inovadoras para produtos usados em muitas áreas da vida cotidiana. Os principais segmentos atendidos são o automotivo, de construção, processamento de madeira e móveis e as indústrias elétrica e eletrônica. Outros setores incluem esportes e lazer, cosméticos, saúde e a própria indústria química. A Covestro possui 30 unidades de produção no mundo todo e empregava cerca de 17,2 mil pessoas no fim de 2019.

Curta nossa página no

Covestro expande a capacidade de produção global de dispersões de poliuretano

22/11/2017

  • Investimentos em matérias-primas sustentáveis para adesivos e revestimentos
  • Novas instalações em Dormagen e Barcelona
  • Aumento significativo da capacidade na Europa
  • Expansão da produção na China e nos Estados Unidos
  • Ampla variedade de aplicações em automóveis, móveis, têxteis e calçados

A Covestro iniciou operações em uma nova instalação para produzir dispersões de poliuretano aquosas em seu site em Dormagen, na Alemanha. Juntamente com uma expansão da produção em curso na unidade de Barcelona, a empresa está, consequentemente, reforçando significativamente sua capacidade de produção na Europa. Para cumprir a demanda global, a Covestro também está construindo uma nova instalação na China, bem como planejando retomar a produção nos Estados Unidos e, ao mesmo tempo, modernizando e expandindo as instalações na Alemanha.

A nova capacidade é necessária primariamente para satisfazer à demanda crescente da indústria de revestimentos e adesivos: os fabricantes permanecem determinados a substituir produtos baseados em solvente por sistemas de base aquosa mais sustentáveis, que tenham propriedades similares. A tendência também está sendo impulsionada pelas regulamentações, que exigem emissões mais baixas de compostos orgânicos voláteis (VOC).

“Com estes investimentos, estamos nos preparando para a demanda continuamente crescente por dispersões de poliuretano, bem como expandindo nossa posição de liderança global”, diz Michael Friede, Líder Global da Unidade de Negócios de Revestimentos, Adesivos e Especialidades na Covestro. “Ao mesmo tempo, graças à nossa produção diversificada, temos a flexibilidade para cumprir diferentes exigências.”

Essa diversidade também é a chave para a abrangente linha de dispersões de poliuretano que a Covestro oferece. “Nossos produtos sob medida permitem muitas aplicações em indústrias bastante diferentes”, explica Michael Friede. “Dessa maneira, criamos oportunidades para crescer e reforçamos a competitividade de nossos clientes.”

Como o principal fornecedor global de Dispersões de Poliuretano (DUP), a Covestro também mantém uma posição de liderança em pesquisa e desenvolvimento e em tecnologia de processo. A empresa presta serviços técnicos e de suporte aos clientes mundialmente.

Muitas aplicações diferentes

As dispersões de poliuretano podem ser usadas em uma ampla variedade de aplicações. Por exemplo, os produtos das séries Bayhydrol® UH, U e UV e Baytherm® são componentes de revestimentos básicos para OEM automotivos e revestimentos de acabamento, bem como componentes de revestimentos de madeira e móveis e revestimentos de pisos de desgaste prolongado. Os adesivos formulados com Dispercoll® U são usados na produção de móveis e calçados, bem como na indústria automotiva.

Sob o nome de Impranil®, as matérias-primas com pouco solvente também exercem um papel importante na produção de sintéticos de poliuretano e têxteis revestidos. As dispersões da linha de produtos Baybond® são usadas na forma de colas de fibra de vidro para produzir plásticos reforçados com fibra de vidro. As substâncias formadoras de filme aderem muito bem às fibras, mas, em compostos com termoplásticos, ainda ficam suficientemente elásticas para assegurar a estabilidade necessária, afirma a empresa

Com vendas de 11,9 bilhões de euros em 2016, a Covestro está entre os maiores fabricantes mundiais de polímeros. As atividades de negócios estão focadas na fabricação de polímeros de alta tecnologia, para atender segmentos como o automotivo, eletroeletrônico, construção e também as indústrias de esportes e lazer. A Covestro possui 30 sites de produção em todo o mundo e, no final de 2016, empregava cerca de 15.600 pessoas.

Fonte: Covestro

Curta nossa página no