Posts Tagged ‘Construção Leve’

Cooperação entre Arburg e Dieffenbacher combina expertise das duas empresas para a produção de peças híbridas para aplicações leves

03/10/2019

• Potencial: um novo conceito para peças leves híbridas
• Sucesso: projeto MoPaHyb como centelha inicial

A Dieffenbacher e a Arburg, ambas empresas familiares do Estado de Baden-Württemberg, na Alemanha, irão cooperar no futuro para desenvolver novas soluções para a moldagem por transferência de componentes híbridos. A parceria permitirá que eles combinem seus conhecimentos nas áreas de sistemas de prensas e prensas automatizadas, assim como na tecnologia de moldagem por injeção, reunindo as vantagens de ambos os mundos.

Arburg e Dieffenbacher recentemente demonstraram a sua bem-sucedida cooperação como parte do projeto de pesquisa MoPaHyb intitulado “Planta de produção modular para componentes híbridos para serviços pesados”, financiado pelo Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF). Juntamente com o Instituto de Tecnologia Química Fraunhofer, de Pfinztal, e nove outros parceiros, um sistema modular de produção para componentes híbridos foi desenvolvido. Ele combina uma unidade de injeção modular de 4.600 para compostagem direta por fibra (FDC) da Arburg com uma prensa vertical Dieffenbacher de 3.600 toneladas, localizada no Fraunhofer ICT. O sistema possibilita a implementação de dimensões e complexidades nas peças que antes não podiam ser fabricadas.

“O assunto da construção leve é ​​importante na Arburg”, enfatiza Gerhard Böhm, diretor de vendas da Arburg. “Oferecemos vários processos e soluções, incluindo o processo FDC. Combiná-lo com moldagem por transferência é um conceito prospectivo que permite novas aplicações em construção leve.”

Manfred Reif, chefe da unidade de negócios de compósitos da Dieffenbacher, acrescenta: “Baseado nos resultados positivos alcançados no projeto MoPaHyb, no futuro também ofereceremos prensas de moldagem por transferência Dieffenbacher em combinação com uma unidade de injeção Arburg FDC. Juntamente com nosso sistema de aplicação de fita Fiberforge UD e a unidade de consolidação Fibercon, podemos oferecer a nossos clientes um pacote global forte.”

Abrindo novas áreas de aplicação

Especialmente para peças com espessuras de parede muito finas, a moldagem por injeção oferece um processo de fabricação eficiente e amigável ao material. Reforços geométricos na forma de estruturas nervuradas, bem como reforços locais ou de superfície total, usando-se fitas unidirecionais em combinação com laminação no molde reforçada com fibra, abrem inúmeras novas áreas de aplicação, especialmente para aplicações estruturais. A vantagem de usar uma prensa Dieffenbacher como unidade de fechamento é que os insertos de reforço podem ser simplesmente inseridos no molde horizontal.

O processo de injeção da Arburg de Compostagem Direta de Fibra (FDC) permite que as fibras sejam adicionadas diretamente ao material plástico fundido. O comprimento da fibra, o conteúdo de fibra e a combinação de materiais podem ser adaptados individualmente para influenciar as propriedades da peça de maneira direcionada.

Apresentação na K 2019

Ao combinar moldagem por transferência e moldagem por injeção FDC, os componentes híbridos podem ser produzidos de maneira econômica e flexível. A Dieffenbacher apresentará esse conceito na K 2019 em Düsseldorf, de 16 a 23 de outubro no Hall 14, Stand A02

Curta nossa página no

Arburg define tendências da indústria na Fakuma 2015

21/10/2015

ARBURG_096015_stand_Fakuma_2015

  • Arburg movimenta a indústria: Eficiência de Produção, Indústria 4,0 e construção leve
  •  Produção eficiente de peças plásticas: desde grandes lotes até itens individualizados
  • Especialistas do setor se reúnem no stand da Arburg durante a feira

Uma excelente atmosfera, enorme interesse, inovações de longo alcance – o stand da Arburg na Fakuma 2015 foi um sucesso. Com o tema principal “eficiência produtiva” e um foco na “Industria 4.0 – energizada pela Arburg”, a fabricante de injetoras com sede em Lossburg (Alemanha) consolidou a sua posição como um definidor de tendências da indústria na feira de Friedrichshafen. O destaque foi a personalização de tesouras de escritório em uma linha de produção totalmente automatizada e integrada com tecnologias da Informação, que incluiu uma injetora Allrounder, um Freeformer para manufatura aditiva e robô de sete eixos.

“A Fakuma 2015 foi caracterizada por discussões intensivas com clientes existentes e potenciais da Alemanha, Europa e de outros continentes. Naturalmente, nós também apresentamos inúmeras inovações e novos desenvolvimentos”, disse Michael Hehl, Sócio Diretor da Arburg e porta-voz da Administração. “Foi muito importante para nós não apresentar meras visões, mas soluções inovadoras e específicas para aplicações práticas. E isso é exatamente o que fizemos este ano, com onze mostras no nosso próprio stand e dez mostras adicionais em stands de parceiros.”

Indústria 4.0  na prática

Os visitantes do stand da Arburg tiveram a oportunidade de experimentar a “Indústria 4.0” na prática e de ver como é que peças produzidas em série, que foram individualizadas para criar itens personalizados, podem ser rastreadas ao longo de todo o ciclo de vida do produto. Dois Freeformers personalizaram tesouras de escritório moldadas por injeção e interruptores de luz basculantes pré-fabricados com geometrias 3D individuais  A aplicação de um código DM através de laser transformou cada produto em um portador de informação. O computador de hospedagem da Arburg (ALS) registrou todos os dados do processo e arquivou os mesmos em um site específico do produto na “nuvem”. Qualquer visitante que estivesse interessado poderia usar seus telefones celulares ou outros dispositivos móveis para acessar este site e exibir todos os dados relevantes do processo referentes à peça individual que recebeu – podendo continuar a fazê-lo por muito tempo após o término da feira.

Estréias e novas aplicações

Uma das estréias apresentadas pela Arburg no contexto da mostra de fabricação de tesouras de escritório foi a conexão automática entre a injetora Allrounder e o Freeformer, usando um robô de sete eixos “iiwa”  (assistente de trabalho industrial inteligente) da Kuka – exclusivo no mundo da manufatura aditiva até o momento.

Os visitantes interessados em construção leve puderam ver em ação a nova técnica de formação de espuma física Profoam em uma injetora hidráulica Allrounder 630 S. Como exemplo de produto, foi demonstrado um compartimento cinético reforçado com fibra de vidro – um produto da indústria automobilística.

Uma aplicação complexa de dois componentes foi demonstrada usando-se uma injetora elétrica Allrounder 470 A com um molde de 32 + 32 cavidades, que usou borrachas de silicone líquido (LSR) para produzir botões para interiores de automóveis. Outros exemplos práticos, por exemplo, para as indústrias médica e de embalagem, bem como uma micro-célula de produção, completaram as demonstrações da Arburg na feira.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no