Posts Tagged ‘Conair’

Inovações da Conair em Sistemas de Manipulação de Materiais reduzem potencial de erro do operador

16/05/2015
Sistema MVP

Sistema MVP

Algumas vezes, os desafios mais difíceis em processos de fabricação resultam da fragilidade humana. Falta de atenção, dificuldades de linguagem, inexperiência – tudo isso pode levar a erros de avaliação e execução. Durante a alimentação de material plástico, um erro do operador pode fazer com que a resina errada seja enviada para um local de processamento errado, o que por sua vez pode levar a paradas na unidade, geração de refugo e até mesmo comprometimento do produto fabricado.

O Grupo Conair apresentou recentemente três sistemas novos e melhorados que, segundo a empresa, podem reduzir significativamente as possibilidades de erro humano. Exemplos de equipamentos de manipulação de materiais desenvolvidos pela Conair para ajudar a evitar erros do operador em sistemas de transporte de material incluem o sistema “Material Vision Proofing (MVP)” e o sistema “AutoResin Proofing”.

Sem fiação visível

O novo sistema invisível da Conair para Proteção de linhas de alimentação de resinas é patenteado pela empresa e se baseia em uma estação de seleção de resina convencional, mas usa uma tecnologia própria de detecção não-elétrica para confirmar se a fonte de resina correta está conectada ao destino selecionado.

“A indústria tem usado muitas abordagens diferentes para a proteção de linhas”, afirma Doug Brewster, Gerente da Conair para Transporte de Produtos. “Existem sistemas que utilizam sensores de proximidade, chips RFID e outras abordagens, mas todos eles têm uma desvantagem – eles envolvem uma fiação que pode ficar no caminho ou, pior, os fios podem se desconectar e, como isso, todo o sistema vai falhar. O sistema invisível de proteção de linhas é sem fio e, por isso, ele é extremamente rápido e muito confiável.”

Segundo a Conair, suas estações de seleção de resina são de fácil uso. Basta que os operadores conectem a mangueira da linha de material na porta apropriada no topo da mesa de seleção. Agora, o sistema de Proteção Invisível de Linhas a torna à prova de erros. Se uma conexão errada for feita, o controle não permitirá que a bomba de vácuo comece a transportar material. O Sistema de Proteção Invisível de Linhas é totalmente compatível com os controles de alimentação FLX e ELS da Conair.

Ver para crer

Há três anos atrás, a Conair introduziu o primeiro sistema “Material Vision Proofing (MVP)“. É um sistema exclusivo que utiliza tecnologia avançada de visão mecânica para fornecer validação 100% automática de que o material correto está sendo transportado para o destino certo. Em 2015, a Conair lançou a “Próxima Geração do MVP”, com câmera e mecanismo de movimentação atualizados, além de controles avançados para permitir uma operação simples.

Apesar de sua aparência “high-tech“, esta inovação da Conair é, segundo a empresa, mais simples e mais barata do que outras abordagens para eliminar erros do operador e evitar a contaminação do material em sistemas automáticos de  manipulação. Uma câmera motorizada é instalada em um trilho atrás de um manifold da Estação de Seleção de Resina da Conair. Ao gerar um novo Job, o operador escolhe a origem e o destino no sistema de manipulação de material padrão do tipo FLX ou ELS. Em seguida, uma animação no visor touchscreen colorido de 4 polegadas mostra exatamente onde a conexão correta é para ser feita. Não é necessário digitar instruções de texto. A interface é 100% gráfica, a fim de beneficiar trabalhadores com linguagem ou habilidades de leitura limitadas.

Antes de qualquer resina ser transportada, no entanto, a câmara de visão mecânica se desloca por trás da mesa seletora e se posiciona entre as fileiras de portas apropriadas, confirmando para o controle do sistema de manipulação de material que as conexões corretas foram feitas. Só então, depois da câmara ter verificado as conexões, o controle vai permitir que o material comece a ser movimentado. Todo o processo de validação leva apenas alguns segundos para ser concluído. Enquanto o mesmo Job estiver sendo executado, a câmera periodicamente irá verificar se não foram feitas mudanças nas conexões.

Simples e automático

Sistema "AutoResin Selector"

Sistema “AutoResin Selector”

O novo Seletor automático “Conair AutoResin” é um sistema servo-dirigido que pode fazer conexões de dutos entre até 20 fontes de resina (silos, etc.) e 20 destinos (máquinas de processamento, secadores, etc.) e opera com os mais recentes sistemas de controle de manipulação de materiais.

Portas de conexão estão localizados em duas mesas giratórias, uma delas ligada às fontes de material e a outra ligada aos destinos. Quando o sistema de controle de manipulação pede material, os servo-motores movimentam as duas mesas giratórias até que a fonte de material especificada esteja alinhada com a sua porta de destino. Em seguida, é feita uma conexão via tubulação entre as duas e o deslocamento do material pode começar. As superfícies de contato com o material são em aço inoxidável; nenhuma mangueira flexível é necessária; e, segundo a Conair, é mais simples e mais confiável do que estações de válvulas.

O Seletor AutoResin também é expansível. As seções de válvulas são empilháveis, horizontalmente ou na vertical, de modo que duas ou mais podem ser agrupadas em conjunto para aumentar a capacidade.

Fonte: Conair

Curta nossa página no

Conair reforça estrutura comercial no Brasil e indica dois novos representantes no país

09/01/2014
Conair_Brasil

José Eduardo Poeta de Carvalho (à direita), Bill Hricsina, diretor administrativo da Conair para a América Latina (centro) e Ronis Sanchez (à esquerda).

O grupo Conair nomeou, para o mercado brasileiro, dois representantes independentes de vendas para comercializar sua linha de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos. Com mais de 30 anos de experiência no mercado, Luciano Giannasi estará à frente das oportunidades de negócios no segmento de injeção. Já as vendas para o setor de extrusão ficarão sob responsabilidade da Poeta Tecnologia Representações, comandada por José Eduardo Poeta de Carvalho e Ronis Sanchez, ambos com mais de 20 anos de vivência no mercado. A Conair está buscando um terceiro representante com conhecimentos e experiência para trabalhar no mercado de embalagens PET.

“Esperamos contribuir para o aumento da participação da Conair no mercado”, observa Luciano Giannasi. “A experiência e os conhecimentos são os diferenciais competitivos da Conair e estamos contentes em contribuir com nossa experiência no mercado brasileiro, para essa marca poderosa”, acrescenta José Eduardo Poeta.

A Conair reforça sua estrutura comercial, tendo como base a rápida expansão do mercado brasileiro de processamento de plásticos. O objetivo é  elevar o volume de vendas de equipamentos e atender a demanda por projetos de sistemas completos, bem como serviços de instalação. “Esses novos representantes nos ajudarão a criar uma base sólida para o futuro, quando começarmos a fabricar e abrirmos o escritório de vendas/serviços no Brasil”, justifica Bill Hricsina, diretor administrativo da companhia para a América Latina.

A Conair está presente no Brasil desde o início dos anos 70. Atualmente os equipamentos para os clientes brasileiros são fabricados nos EUA. As peças de reposição são fornecidas pelos EUA ou pela Conair mexicana, que é o centro de suporte para toda a América Latina. Os serviços técnicos continuarão a ser prestados por Analdo Monteiro, profissional da Conair que vêm atendendo os processadores brasileiros há quase 20 anos. O gerenciamento dos negócios, sob a direção de Bill Hricsina, será administrado pela Conair mexicana.

Planos futuros

Com a nomeação de dois representantes no Brasil, a Conair prepara as bases para aumentar seu crescimento no país. Mesmo sem dar detalhes sobre o assunto, Bill Hricsina confirma a existência de planos para estabelecer uma unidade fabril no país.

Estes planos demonstram a importância do Brasil para a expansão da Conair. Bill Hricsina explica que a estratégia da Conair é crescer globalmente para atender os clientes que mudam para novos mercados e, em seguida, desenvolver essa base. “Vemos muito potencial no país. Hoje não se trata de uma questão de se iremos expandir aqui, mas sim como iremos expandir.” Esperamos que o Brasil seja um dos principais mercados da Conair na próxima década.

O Grupo Conair (www.conairgroup.com) é um importante fornecedor global de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, incluindo sistemas de secagem de resina, misturadores, alimentadores e sistemas de transporte de materiais, equipamentos de controle de temperatura e granuladores. Soluções para extrusão incluem sistemas de controle de linha, sistemas de reciclagem de filmes e rebarbas de extrusão de tubos e perfis. Mais de 450 produtos individuais resolvem problemas, economizam energia elétrica, reduzem desperdícios e são fáceis de usar. A Conair é uma companhia internacional, com operações de longa data na Europa, Ásia e América Latina. A linha de produtos mais completa do setor, excelente engenharia e serviços insuperáveis, tudo combinado para dar aos processadores a confiança que precisam para serem bem sucedidos no mercado competitivo global atual.

Fonte: Interativa / Conair

Curta nossa página no

Desenvolvimento do setor de plásticos no Brasil faz a Conair considerar expansão

11/06/2013

Logo-ConairUm dos maiores fornecedores  globais de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, o grupo Conair está avaliando suas opções de crescimento, incluindo uma possível operação de fabricação no Brasil, em 2014, informa Bill Hricsina, diretor administrativo para América Latina.

¨A Conair é uma companhia internacional, com operações de longa data na Europa, Ásia e América do Sul e está ativiamente envolvida no Brasil, desde meados de 1970, pois já fabricamos aqui durante um determinado período, até que as condições do mercado e as regulamentações governamentais nos forçaram a parar nossas operações. Hoje, no entanto, vemos um grande potencial e a pergunta não é “se” vamos ampliar nossa participação no Brasil, mas sim, a questão é simplesmente “como vamos ampliar.”

Imagem-ConairUsuários de equipamentos da Conai são encontrados no setor automotivo, na fabricação de eletrodomésticos, em embalagens, tubos para irrigação e tubulação comercial. No momento, os negócios no Brasil são gerenciados pela sede latino-americana no México, porém a Conair tem pessoal de vendas e serviços há muito tempo em São Paulo.

O Grupo Conair (www.conairgroup.com) é um importante fornecedor global de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, incluindo sistemas de secagem de resina, misturadores, alimentadores e sistemas de transporte de materiais, equipamentos de controle de temperatura e granuladores.

Mais de 450 produtos individuais e soluções para extrusão incluem sistemas de controle de linha, sistemas de reciclagem de filmes e rebarbas de extrusão de tubos e perfis. O grupo Conair tem operações na Europa, Ásia e América do Sul.

Fonte: Interativa

Curta nossa página no

Conair destaca sistema de secagem / transporte móvel na Feiplastic 2013

15/05/2013

feiplastic

Logo-ConairUm dos maiores fornecedores  globais de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos, o grupo Conair apresentará na Feiplastic um sistema de secagem/transporte móvel, misturadores gravimétricos, equipamentos de transporte de resina, de transferência de calor e granuladores acoplados a máquinas.

Destaque para o sistema de secagem/transporte móvel MDCW-25, que pode ser utilizado por processadores de plásticos que desejam mudar a capacidade de secagem de polímeros de uma célula de fabricação para outra.

Imagem-ConairOs sistemas MDCW são compostos de um eficiente secador Carousel ® Plus e um transportador, coletor de pó e reservatório de vácuo para alimentação direta – transportando materiais secos para a zona de alimentação da máquina.

A montagem é feita de forma segura e conveniente – em um carrinho com rodas -, a fim de que a preparação, secagem do lote, limpeza e manutenção possam ocorrer remotamente sem gastar tempo valioso de máquina ou exigir a subida do operador na máquina.

O MDCW-25 a ser exposto na Feiplastic  é um entre sete modelos diferentes com capacidade nominal de saída variando entre 6 a 150 kg/h. Os secadores usam um dessecante à base de peneira molecular, em um disco que gira continuamente para gerar ar de secagem com ponto de orvalho de -40° C e temperatura até 90°C.

Outras novidades

Além dos sistemas de secagem MDCW, a Conair vai expor uma ampla variedade de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos:

Equipamento de transporte de resina – incluindo os modernos reservatórios e carregadores Access, que contém uma moega angulada exclusiva para facilitar a limpeza e manutenção e uma abertura de descarga superdimensionada para evitar a aglomeração de materiais.

Serão expostas duas unidades completas com seus motores a vácuo, além de um modelo de alimentação direta para uso em um sistema de transporte de vácuo central.

Misturadores gravimétricos TrueBlend™ – representados pelo TB-100-4, que oferece capacidade de produção de até 181 kg/h. Os misturadores TrueBlend estão disponíveis em diversos tamanhos, com capacidade máxima de saída até 5443 kg/h e precisão de ±0,5% do ponto de ajuste do peso de corantes e aditivos. Seus controles são intuitivos e fáceis de usar, com uma tela de LCD sensível ao toque, contendo gráficos coloridos. Todos os pontos de ajuste são exibidos simultaneamente. Os operadores simplesmente digitam as porcentagens da mistura na tela sensível ao toque e o sistema pesa automaticamente os ingredientes na sequência correta e mantém a proporção desejada da mistura.

Equipamentos de transferência de calor – serão expostas duas unidades de controle de temperatura de molde, montadas uma sobre a outra, o que minimiza a necessidade de espaço no piso. Dois níveis de controle diferentes serão exibidos: o mais simples – o controle TW-Plus – possui indicação de leitura alfanumérica de grande porte e a opção de controlar a temperatura tanto com base na temperatura da água para o processo, como na temperatura da água de retorno ou pela média das duas temperaturas. O controle TW-1 que oferece um display maior e um pacote opcional de comunicação de dados. As duas unidades possuem bombas de alta eficiência, aquecedores fabricados com Incoloy e garantia de 3 anos.

Granuladores acoplados a máquinas – possuem um motor de baixa rotação e alta eficiência energética, um projeto avançado de câmara de corte e facas em rotor escalonado. O modelo NCR 614S exposto foi projetado para operação silenciosa, máxima potência de corte e capacidade de saída de até 91 kg/h para alimentação de múltiplos canais, passagem e pequenas peças por robô ou via manual.

Sobre o Grupo Conair: O Grupo Conair ( http://www.conairgroup.com ) é um importante fornecedor global de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, incluindo sistemas de secagem de resina, misturadores, alimentadores e sistemas de transporte de materiais, equipamentos de controle de temperatura e granuladores. A Conair é uma companhia internacional, com operações de longa data na Europa, Ásia e América do Sul. Suas soluções para extrusão incluem sistemas de controle de linha, sistemas de reciclagem de filmes e rebarbas de extrusão de tubos e perfis.

Fonte: Interativa Comunicação

Curta nossa página no