Posts Tagged ‘CNPC’

Petrobras negocia conclusão do Comperj com petrolífera chinesa CNPC

04/07/2017

A Petrobras está negociando uma parceria com a gigante petrolífera chinesa CNPC (China National Petroleum Company) para a conclusão das obras do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro).

O acordo entre as duas empresas foi anunciado pela Petrobrás na manhã desta terça-feira, mas o comunicado afirma apenas que foi assinado um Memorando de Entendimentos para iniciar negociações para a realização de uma parceria estratégica.

No comunicado oficial, a Petrobrás limitou-se a informar que o Memorando prevê “avaliar, conjuntamente, oportunidades no Brasil e no exterior em áreas-chaves de interesse mútuo, beneficiando-se de suas capacidades e experiências em todos os segmentos da cadeia de óleo e gás, incluindo potencial estruturação de financiamento”.

Em virtude de restrições orçamentárias, a Petrobras havia retirado o Comperj de seu planejamento estratégico, limitando-se a investir em uma Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN), destinada a receber e processar o gás natural produzido no pré-sal. A construção da UPGN será feita com investimentos próprios da Petrobras, da ordem de US$ 2,5 bilhões a US$ 3 bilhões, em Itaboraí, na região metropolitana do Rio.

O projeto original, todavia, incluía a construção de uma refinaria e um complexo petroquímico. As negociações com a CNPC dizem respeito à conclusão da refinaria, que tem capacidade projetada para processar 165 mil barris de petróleo por dia em sua primeira fase. O Comperj foi um dos projetos-alvo das investigações da Operação Lava-Jato e teve suas obras paradas desde 2014. Com obras interrompidas desde 2015, as instalações do Comperj apresentam sinais de deterioração, com a corrosão dos equipamentos e tubulações já instaladas. A Petrobras já colocou US$ 13 bilhões no empreendimento. Segundo uma fonte, a expectativa é que a construção da refinaria no Comperj necessite de investimentos da ordem de US$ 3,5 bilhões a US$ 4 bilhões.

A CNPC é sócia da Petrobrás na exploração de petróleo da área de Libra, a maior descoberta de petróleo no pré-sal da Bacia de Santos. Libra começará a produzir em fase de testes este ano. O acordo assinado em Pequim prevê ainda a análise conjunta de outras áreas de exploração e produção de petróleo.

Segundo fonte citada por “O Globo”, a CNPC manifestou maior interesse em fazer acordos com a Petrobras no segmento de de exploração e produção, aceitando participar do projeto do Comperj com uma participação minoritária. A parceria com a CNPC vinha sendo negociada há cerca de seis meses pela Petrobras.

“As parcerias estratégicas têm como benefícios potenciais o compartilhamento de riscos, o aumento da capacidade de investimentos na cadeia de óleo e gás, o intercâmbio tecnológico e o fortalecimento da governança corporativa”, disse a Petrobras no comunicado de imprensa.

“Para a CNPC, a parceria com a Petrobras reforça seu interesse em investir e aumentar suas atividades no Brasil”, conclui o texto.

A CNPC é a maior empresa integrada no segmento de Petróleo e Gás da China, com atividades nos setores de upstream, midstream, downstream, marketing e comercialização, prestação de serviços petrolíferos, engenharia, construção e fabricação de equipamentos. A CNPC tem presença em mais de 70 países.

Fontes: Folha de São Paulo e O Globo

Curta nossa página no