Posts Tagged ‘Chem-Trend’

Chem-Trend apresentou novidades em diversos segmentos na Feiplar Composites & Feipur 2018

13/11/2018

A Chem-Trend, empresa do Grupo Freudenberg que atua no mercado de agentes desmoldantes, participou da edição 2018 da Feiplar Composites & Feipur apresentando novas linhas de produtos, com foco em sustentabilidade e desempenho para diversos segmentos de indústrias. E aproveitou a ocasião para lançar oficialmente seu mais recente Relatório de Sustentabilidade para seus parceiros e clientes.

Tecnologia em Compósitos

A Chem-Trend possui um sistema consolidado para o mercado de compósitos (limpadores, seladores, primers e desmoldantes). Entre os produtos que diminuem o tempo de preparação do molde, a linha Flex-Z®, fabricada localmente e composta por produtos com diferentes níveis de “slip” (alto, médio, baixo), é elaborada com solvente ambientalmente amigável.

Segundo a empresa, com o sistema “wipe on leave on”, é possível obter uma fácil aplicação, sem a necessidade de remover excessos, e ainda promover resultado com alto brilho e durabilidade para o ferramental retirando as imperfeições. A Chem Trend afirma que ele reduz o acúmulo de produto, fazendo com que o molde fique limpo por mais tempo, sendo indicado para moldagens de todos os tamanhos em processos abertos e fechados.

Fabricado no Brasil, o Chem-Trend® Flow Promoter possui função auxiliar, ou seja, não substitui o desmoldante, mas melhora o acabamento superficial de peças rotacionalmente moldadas devido à cobertura em áreas de difícil preenchimento e fluxo, rápida secagem e formação de filme protetor, garante a empresa.

Já a linha Zyvax®1070W, de agentes desmoldantes à base de água e não inflamável, é destinada para o segmento aeroespacial. Segundo a Chem-Trend, sua formulação reduz o tempo de aplicação e o aumento de calor. É livre de silicone, fazendo com que a limpeza das peças seja mais rápida e exija um menor esforço físico.

Tecnologia em Poliuretanos

Para o mercado de Poliuretanos (PU), a empresa desenvolveu várias novas linhas.

A série Chem-Trend® PU-21 é composta por produtos convencionais, com tecnologia híbrida e base aquosa, tendo como características o alto flash point e baixa emissão de VOCs – Compostos Orgânicos Voláteis -, elementos químicos potencialmente perigosos à saúde e ao meio ambiente. Essa linha é indicada para a aplicação de espuma flexível moldada de PU e, segundo a empresa, oferece benefícios como acabamento superficial de qualidade, poder de desmoldagem, baixo acúmulo na cavidade do molde e redução do nível de refugo e retrabalho, além de redução de riscos associados a flamabilidade e promoção de um abiente mais seguro.

Para solados e palmilhas em PU, foi desenvolvida uma linha especial à base de água, o Chem-Trend® PU-23W, que garante acabamento superficial, aplicação em uma ampla faixa de trabalho com diferentes temperaturas e durabilidade em processos que são submetidos à pintura posterior.

Para o segmento de pele integral (IMC e revestimento com couro) e indústria moveleira, a Chem-Trend também desenvolveu uma nova linha de produtos à base de água, o Chem-Trend® PU-25, que oferece itens compatíveis com diversos tipos de sistemas de poliuretano em uma ampla faixa de temperatura.

“Nossos clientes estão cada vez mais atentos às questões sustentáveis e acabam optando por parceiros que desenvolvem soluções mais amigáveis ao meio ambiente. Pensando nisso, a Chem-Trend reformulou seu portfólio de produtos, sem perder a qualidade já reconhecida pelo mercado”, comenta Patricia Ajeje, Diretora de Vendas da empresa no Brasil. “Os diversos desenvolvimentos só corroboram a ideia de que não fornecemos apenas especialidades químicas, e sim produtividade e qualidade de processo e produtos aos clientes. É a forma como adicionamos valor”, finaliza.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Chem-Trend

Curta nossa página no

Anúncios

Chem-Trend apresenta novidades em diversos segmentos com foco em inovação e sustentabilidade

27/08/2018

Executivos da empresa receberam a imprensa para expor tecnologias e aplicações

Em um evento exclusivo para a imprensa em São Paulo (SP), o VP Executivo Global de Marketing e Tecnologia da Chem-Trend, Miguel Psillakis; o CEO da empresa, Paulo Noce; a Diretora de Vendas, Patrícia Ajeje; e o Gerente Nacional de Vendas, Eduardo Colácio, apresentaram as mais recentes tecnologias e aplicações da Chem-Trend para os diversos segmentos industriais em que a empresa atua. Foram abordados os conceitos de inovação e sustentabilidade, que são temas muito discutidos no processo de compra e desenvolvimento de produtos. Os executivos aproveitaram a ocasião para lançar oficialmente o Relatório de Sustentabilidade 2018 para o mercado brasileiro.

A preocupação com a inovação e o investimento em tecnologias sustentáveis – e como elas impactam os negócios e a produção industrial – deu o tom da conversa. Nessa linha, a Chem-Trend vem investindo em aplicações que promovem a substituição de elementos químicos potencialmente perigosos à saúde e ao meio ambiente (HAPs – Poluentes Atmosféricos Perigosos e VOCs – Compostos Orgânicos Voláteis) e, ao mesmo tempo, aperfeiçoando a performance de seu abrangente portfólio.

Outro ponto de destaque comentado pelos executivos foi o foco no desenvolvimento de produtos com menor concentração e/ou livre de solventes, reduzindo a dependência desse material nos produtos fabricados pela empresa. Em 1963, a Chem-Trend lançou e promoveu um lubrificante de molde para o segmento de fundição sob alta pressão à base de água, comercialmente viável e com desempenho igual ou superior ao de base solvente, afirma a empresa. Recentemente, também investiu no desenvolvimento da tecnologia HERA (High Efficiency Release Agent), que, segundo a Chem-Tren, aumenta significativamente a eficiência do processo de fundição por meio de ganhos com produtividade, redução de consumo de água e energia elétrica, diminuição da quantidade de lubrificantes aplicados no processo e aumento da vida útil do ferramental.

Para Miguel Psillakis, “esses são exemplos de que a Chem-Trend não fornece apenas especialidades químicas, e sim produtividade e qualidade de processo e produtos a seus clientes. Isso está no DNA da empresa. É a forma como adicionamos valor. Maior produtividade e menos desperdício são os alicerces da sustentabilidade, levando a uma redução no consumo de energia e de recursos em toda a cadeia”.

Uma tendência bastante comentada entre os executivos e profissionais presentes foi a do aumento da utilização de materiais mais leves na indústria, como o alumínio, magnésio e compósitos. O mercado global tem se orientado para uma demanda crescente focada na redução de peso de seus produtos finais. No setor automotivo, por exemplo, inclui a aplicação em blocos de motor e, no eólico, pás cada vez maiores e mais leves. A Chem-Trend tem trabalhado ativamente em produtos com foco nessa área e também em materiais.

“Temos um cuidado constante com a sustentabilidade, tanto em relação ao footprint – devido ao impacto direto das nossas operações no meio ambiente -, como no que se refere ao handprint, de como as nossas soluções e serviços ajudam os clientes a serem ainda mais sustentáveis.”, completa Ajeje.

Mix de negócios dão suporte durante períodos de crise e oferecem novas oportunidades

A Chem-Trend não se limita apenas ao desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes especializados, mas também a uma linha de produtos auxiliares para diversos setores como: borrachas, pneus, poliuretanos, fundição, madeira, compósitos e termoplásticos. “A nova planta da empresa, inaugurada em 2016, fornece produtos para toda a América do Sul e África do Sul. Embora seus negócios estejam bastante relacionados com a cadeia do setor automobilístico (equipamentos originais + after market), o que permitiu crescimentos significativos nos últimos anos, a Chem-Trend conta com um mix de atuação amplo, que fornece alternativas e oportunidades em períodos de crise”, adiciona o CEO Paulo Noce.

Outro fator que contribui para o bom desempenho da empresa é o investimento em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e a constante renovação de portfólio. A cada ano, 500 produtos são lançados e, a cada cinco, a renovação é total.

“Somos uma empresa global, com atuação nos cinco continentes. A interação e troca de informações diárias entre as equipes permite o bom andamento e o sucesso da organização. Porém, buscamos atuar de forma mais regionalizada possível, visando o melhor atendimento e entendimento das necessidades e demandas específicas de cada mercado”, finaliza o VP Miguel Psillakis.

A Chem-Trend é uma organização global com foco no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes para uso nas indústrias de borracha, pneus, poliuretano, compósitos, termoplásticos e fundição sob alta pressão. No Brasil desde 1986, a Chem-Trend mantém em sua planta, em Valinhos (SP), a produção, venda, administração, atendimento e todo o suporte técnico aos seus clientes. A Chem-Trend do Brasil fornece agentes desmoldantes, lubrificantes e limpadores a todo mercado nacional, América do Sul e África do Sul.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Chem Trend

Curta nossa página no

Chem-Trend apresenta na Interplast 2018 portfólio de soluções em desmoldantes, agentes de purga e limpeza de moldes

25/07/2018

Líder em agentes desmoldantes e especialidades químicas traz ao evento da indústria de plásticos duas linhas exclusivas de produtos

A Chem-Trend, empresa do Grupo Freudenberg, anuncia sua participação na Feira Interplast 2018, apresentando suas linhas de produtos para o segmento de termoplásticos: Lusin® e Ultra PurgeTM. O evento ocorre de 14 a 17 de agosto, nos Pavilhões da Expoville em Joinville (SC).

Com o objetivo de consolidar as marcas e promover soluções personalizadas, a empresa traz um portfólio abrangente, que inclui agentes desmoldantes, agentes de purga, limpadores de molde, lubrificantes e protetivos de molde. O destaque fica por conta dos agentes de purga, que, segunda a empresa, apresentam eficiência para todos os tipos de polímeros, aplicações e segmentos industriais. Os produtos podem ser aplicados nos processos de limpeza de extrusoras, máquinas de moldagem por injeção e em processos por extrusão, sopro ou laminação.

Com aplicações especiais para o ramo automotivo, os produtos da Chem-Trend viabilizam soluções como mudanças de cores escuras e claras, são de fácil manuseio e eficazes em purga de roscas, cilindros e câmeras quentes, afirma a empresa.

No setor de embalagens, a empresa afirma que seus produtos customizados possuem alto poder de preenchimento nos moldes, permitindo mudanças com os equipamentos de produção em movimento.

Rodrigo Bombonatti, gerente de vendas da Chem-Trend, afirma: “queremos oferecer aos nossos clientes o que há de melhor para o setor de termoplásticos, e isso se torna possível com as linhas Lusin® e Ultra PurgeTM, que auxiliam a reduzir custos entre 50% e 70% em algumas etapas dos processos produtivos, devido à diminuição do consumo de material e tempo de parada das máquinas”.

Para Patrícia Ajeje, diretora de Vendas da Chem-Trend no Brasil, “a Interplast é uma feira de grande credibilidade e abrangência para toda a indústria do plástico. A presença da empresa é muito importante por ser uma oportunidade única de apresentar soluções que garantem os melhores resultados nas linhas de produção dos nossos clientes”, finaliza.

Serviço:
Interplast (Feira do Plástico)
Local: Pavilhões da Expoville – Joinville, SC
Data: de 14 a 17 de agosto
Horário: 14h às 21h
Localização na feira: Estande 512

Fonte: Assessoria de Imprensa – Chem Trend

Curta nossa página no

Chem-Trend apresenta na Feiplastic portfólio de soluções inovadoras

31/03/2017

Fabricante de agentes desmoldantes e especialidades químicas traz ao evento duas linhas de produtos exclusivas

Participando pela primeira vez como expositora individual, além do histórico de presença nas edições anteriores em parceria com outras empresas, a Chem-Trend, empresa do Grupo Freudenberg, apresenta na Feira Feiplastic 2017 suas linhas de produtos para termoplásticos Lusin® e UltrapurgeTM, adquirida no final de 2016. A feira ocorre de 3 a 7 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

Com o objetivo de consolidar as marcas e promover soluções inovadoras e personalizadas, a empresa traz um portfólio abrangente que inclui agentes desmoldantes, agentes de purga, limpadores de molde, lubrificantes e protetivos de molde. O destaque fica por conta dos agentes de purga, aplicados nos processos de limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção e em processamento por extrusão, sopro ou laminação.

Rodrigo Bombonatti, gerente de vendas da Chem-Trend, afirma: “queremos oferecer aos nossos clientes o que há de melhor para o setor de termoplásticos, e isso se torna possível com as linhas Lusin® e UltrapurgeTM, que auxiliam a reduzir custos entre 50% e 70% em algumas etapas dos processos produtivos, devido à diminuição do consumo de material e tempo de parada das máquinas”.

Para Ana Clara Cordeiro, diretora de Vendas da Chem-Trend no Brasil, “estar presente na Feiplastic é muito importante e estratégico para a empresa, por ser uma feira de grande credibilidade e abrangência para toda a indústria do plástico. Além de ser uma oportunidade única de mostrarmos soluções que garantem os melhores resultados nas linhas de produção dos nossos clientes”, finaliza.

Serviço:
Feiplastic (Feira Internacional do Plástico)
Local: Expo Center Norte, São Paulo
Data: de 3 a 7 de abril
Horário: 11h às 20h

Fonte: Assessoria de Imprensa – Chem Trend

Curta nossa página no

Chem-Trend e SurTec inauguram nova planta em Valinhos (SP)

03/05/2016

Freundenberg_Valinhos

Investimento de R$ 60 milhões visa promover a proximidade com o cliente

O Grupo Freudenberg anunciou em 29/04 a inauguração de uma nova planta na cidade de Valinhos (SP). As novas instalações serão operadas em conjunto pela Chem-Trend e SurTec, ambas pertencentes à Divisão de Especialidades Químicas do Grupo, e irão desenvolver, fabricar e comercializar agentes desmoldantes, especialidades químicas de processo e soluções de tratamento químico de superfície para atender clientes em vários segmentos. “A nova fábrica é um sinal visível do nosso compromisso de longo prazo com os nossos clientes brasileiros nas mais diversas indústrias“, afirma Juan Carlos Borchardt, Representante Regional do Grupo Freudenberg na América do Sul.

A nova fábrica substitui as duas antigas operações da SurTec e Chem-Trend que funcionam no Brasil há décadas. O investimento na nova unidade, que compreende as áreas administrativas e de vendas, logística, armazéns, laboratórios e produção irá melhorar significativamente o atendimento aos clientes e reduzir os tempos de resposta para atender às exigências de mercado. “A proximidade e atendimento ao cliente são a base para o nosso desenvolvimento no Brasil até hoje e continuam sendo fator de êxito para enfrentar o quadro econômico desafiador no país. A nova planta nos permitirá atender de forma ainda mais eficiente os nossos clientes locais, com produtos e serviços de ponta”, comenta Hanno D. Wentzler, Presidente e CEO da Divisão de Especialidades Químicas do Grupo Freudenberg. “Além disso, o investimento demonstra que a Freudenberg é séria sobre agir como empresa cidadã, não medindo esforços para garantir a plena conformidade com as questões regulatórias e atender todas as normas ambientais e de segurança relevantes”, completa Wentzler.

O tamanho total da planta é de 29 mil m², dos quais 11 mil m² são de área construída. A capacidade de produção anual máxima é de 13 mil toneladas, destinadas a agentes desmoldantes, auxiliares de processo e produtos de tratamento químico de superfície. A planta conta com mais de 100 colaboradores, incluindo os terceirizados. O Grupo Freundenberg fornece para clientes de várias indústrias, incluindo a automotiva, aeroespacial, calçados, energia eólica, construção civil, indústria em geral e de eletrodomésticos, entre outras.

“A nova fábrica fornece capacidade aumentada em relação a volumes de produção, serviços logísticos, apoio técnico, saúde e segurança no trabalho, condições de trabalho e de Pesquisa & Desenvolvimento”, comenta Paulo Noce, CEO da Chem-Trend e SurTec no Brasil. “Tanto a Chem-Trend quanto a SurTec são certificadas de acordo com a ISO 9001 e ISO 14001 (a Chem-Trend também possui a OHSAS 18001) e cumprem todas as normas internacionais em matéria de processos de gestão de qualidade, proteção ambiental, saúde ocupacional e segurança no ambiente de trabalho”, acrescenta.

Investimentos em infraestrutura favorecem a proximidade com o cliente

O investimento visa melhorar significativamente a proximidade e os serviços ao cliente, permitindo o atendimento às demandas específicas de maneira mais rápida, de acordo com as necessidades dos mercados do Brasil e de outros países da América do Sul. A nova planta possibilita melhorias na eficiência operacional, oferece áreas para testes de aplicações e engenharia e garante tempos de resposta mais curtos. Desta forma, apoia os clientes nos processos para aumentar a qualidade de peças e componentes, reduzir desperdício de matéria-prima e atender aos requisitos ambientais. Em longo prazo, a nova operação também será focada na produção de produtos inovadores, possibilitando o aproveitamento dos potenciais de sinergia entre as duas empresas.

Apoio da Investe São Paulo

O projeto tem recebido apoio da Investe São Paulo, agência de promoção de investimentos e exportação ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo. “O Estado de São Paulo continua crescendo, e a confiança da Chem-Trend e da SurTec mostra isso. Nossa equipe vai continuar dando todo o suporte para que o projeto seja um sucesso”, disse o presidente da Agência, Juan Quirós.

A Divisão de Especialidades Químicas é uma unidade de negócios do Grupo Freudenberg, que desenvolve, fabrica e comercializa especialidades químicas. Com suas cinco empresas de operação independente – Klüber Lubrication, Chem-Trend, OKS, SurTec e Capol -, é uma das fabricantes líderes globais em lubrificantes especiais, agentes desmoldantes, produtos de manutenção químico-técnicos, soluções para o tratamento químico de superfícies e condicionamento de superfície para confeitos.

A Divisão de Especialidades Químicas tem sede em Munique, Alemanha, com subsidiárias em 40 países em todo o mundo. Em 2015, empregou mais de 3.300 colaboradores e registrou vendas de cerca de € 960 milhões.

Em 2015, o Grupo Freundenberg – que tem 167 anos – , empregou mais de 40.000 pessoas em 57 países em todo o mundo e obteve um faturamento de mais de € 7,5 bilhões.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Grupo Freundenberg

Curta nossa página no

Chem-Trend expôs soluções para a indústria de termoplásticos na Plastech Brasil 2015

08/09/2015

Em uma parceria com a Activas, a companhia participou do evento no sul do País com sua linha de agentes de purga

A Chem-Trend, uma das líderes em agentes desmoldantes e especialidades químicas, esteve presente na Plastech Brasil 2015, realizada entre 25 e 28 de agosto, em Caxias do Sul (RS).

A empresa exibiu sua linha de agentes de purga Lusin® para as indústrias de termoplásticos no estande montado em parceria com a Activas,  empresa distribuidora de resinas plásticas no mercado brasileiro.

Para a Chem-Trend, participar da Plastech se revelou uma importante ocasião para estar diretamente em contato com empresas, fornecedores e mão de obra altamente especializados, em uma região responsável por 11,3% de toda capacidade instalada do setor de transformação de pláticos no Brasil, segundo dados da Abiplast.

Sobre os agentes de purga da linha Lusin®, a Chem-Trend destaca a alta eficiência para os processos de limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção e em processamento por extrusão, sopro ou laminação.

A Chem-Trend é uma organização global com foco no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes para uso nas indústrias de borracha, pneus, poliuretano, compósitos, termoplásticos e fundição sob alta pressão.  No Brasil desde 1986, a Chem-Trend mantém em sua planta, em Valinhos (SP), a produção, venda, administração, atendimento e todo o suporte técnico aos seus clientes. A Chem-Trend do Brasil fornece agentes desmoldantes, lubrificantes e limpadores a todo mercado nacional, América do Sul e África do Sul.

A Chem-Trend é uma empresa do Grupo Freudenberg que,  em 2014, empregou mais de 40 mil pessoas em cerca de 60 países do mundo e gerou vendas de mais de 7 bilhões de Euros.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Plastech

Curta nossa página no

Chem-Trend apresenta novos produtos para aplicações de tampas e fechos

06/08/2015

A mudaChem-Trendnça de cor ou de material durante o processo de fabricação de tampas e fechos para embalagens ou garrafas, muitas vezes, pode levar a altas taxas de descarte.

Com o lançamento dos produtos Lusin® Clean 1060, a Chem-Trend oferece  novas soluções para purga, desenvolvidas especificamente para a limpeza de roscas, cilindros, bicos e câmara quente de máquinas injetoras usadas na fabricação de peças feitas em resinas plásticas, principalmente PE (polietileno).

Pronto para uso, o novo produto é indicado para aplicações em máquinas injetoras e moldes com muitas cavidades. Segundo a Chem-Trend, o produto reduz o tempo de limpeza com elevado padrão de qualidade, respeito ao meio ambiente e eficiência de processos exigidos pelo competitivo mercado atual.

O Lusin® Clean 1060 gera em torno de 50% de economia quando comparado à troca de cor feita com resina virgem, afirma o fabricante. Pode ser usado em temperatura processual de até 290º. De acordo com a Chem-Trend, esse novo agente de purga age rápido e remove completamente resíduos de máquinas injetoras, sendo, portanto, particularmente adequado para processos que demandem muitas trocas de cores ou alterações frequentes de materiais. Além disso, o novo agente de purga também remove pontos pretos, resíduo de carbonização e de material degradado, de acordo com informações da empresa.

“A indústria de alimentos é sensível e tem necessidades muito específicas. A Chem-Trend, através da linha Lusin®, é o parceiro dos transformadores de termoplásticos na busca por produtos que sejam comprovadamente seguros para uso em aplicações onde ocorre contato com alimentos,  atendendo às rigorosas exigências ambientais, resultando em maior eficiência de processo industrial e menores custos para a operação como um todo”, diz Henrique Costa, gerente de termoplásticos da Chem-Trend.

Limpezas com paradas

Para casos nos quais há necessidade de desligamento de maquinário, a Chem-Trend desenvolveu Lusin® Clean 1061, específico para paradas prolongadas (por exemplo, em finais de semana), com o propósito de permitir um startup livre de desperdício.

Complemento do Lusin® Clean 1060, o Lusin® Clean 1061 limpa os componentes de máquinas injetoras, para prevenir formação de pontos pretos nas tampas e fechos. O produto é especificamente formulado para remover resinas de partes da máquina onde, se lá permanecerem por um período muito extenso, provocarão contaminação por pontos pretos.

A Chem-Trend é uma organização global com mais de 50 anos, focada no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes para uso nas indústrias de borracha, pneus, poliuretano, compósitos, termoplásticos e fundição sob alta pressão. No Brasil desde 1986, a Chem-Trend mantém em sua planta, em Valinhos (SP), a produção, venda, administração, atendimento e todo o suporte técnico aos seus clientes. A Chem-Trend do Brasil fornece agentes desmoldantes, lubrificantes e limpadores a todo mercado nacional, América do Sul e África do Sul. A Chem-Trend é uma empresa do Grupo Freudenberg, um grupo de tecnologia global que oferece soluções e serviços para mais de 30 segmentos do mercado. Em 2014, o Grupo Freudenberg empregou mais de 40 mil pessoas em cerca de 60 países do mundo e gerou vendas de mais de 7 bilhões de Euros .

Fonte: Assessoria de Imprensa – Chem-Trend

Curta nossa página no

Chem-Trend amplia linha de agentes de purga

17/06/2015

Lusin Clean G 301 é um agente de purga que reduz custos na operação de limpeza e tempo de set up de máquinas extrusoras

A Chem-Trend, empresa do grupo Freudenberg especializada no desenvolvimento, produção e fornecimento de agentes desmoldantes e especialidades químicas, apresenta novo agente de purga da linha Lusin, o Lusin Clean G301. Segundo a empresa, esta solução oferece alta eficiência para os processos de limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção e em processamento por extrusão, sopro ou laminação, principalmente as que processam resinas em polipropileno (PP) e polietileno (PE). Ressalta a Chem-Trend que entre seus benefícios está a alta capacidade para limpeza de material carbonizado ou degradado, sendo utilizado com sucesso por importantes fabricantes globais do segmento.

Segundo a empresa, o Lusin Clean G301 é um granulado, pronto para uso, adequado para uso a temperaturas até 301°C. Sua composição consiste de um material termoplástico com alto grau de limpeza, sem qualquer abrasivo. Quando aplicado corretamente, é capaz de acelerar a limpeza de roscas, cilindros de plastificação, matriz e cabeçote, com alta eficiência, proporcionando redução no custo de limpeza no processo de extrusão, afirma a Chem-Trend.

De acordo com a Chem-Trend, em processos de moldagem por injeção, os produtos da linha têm grande capacidade para auxiliar a solucionar problemas relacionados à troca de cores e de materiais, além de contribuírem para eliminar “pontos pretos”, um fenômeno associado à carbonização que pode surgir durante a degradação térmica do termoplástico.

Segundo a Chem-Trend, os agentes de purga da linha Lusin podem promover uma redução dos custos de limpeza entre 50% e 70%, devido à diminuição do consumo de resina na limpeza, menor tempo de parada das máquinas e redução das taxas de refugo. Esta economia, porém, varia de acordo com as condições e com o processo de fabricação utilizado pelas indústrias clientes.

Além das soluções para limpeza de máquinas que processam resina termoplástica, a Chem-Trend desenvolve e fornece diversas outras especialidades químicas de alta tecnologia, como agentes desmoldantes, agentes anticorrosão, limpadores de superfície e desengraxantes de superfície.

A Chem-Trend é uma empresa global com foco no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes para uso nas indústrias de borracha, pneus, poliuretano, compósitos, termoplásticos e fundição sob alta pressão. No Brasil desde 1986, a Chem-Trend mantém em sua planta, em Valinhos (SP), a produção, venda, administração, atendimento e todo o suporte técnico aos seus clientes. A Chem-Trend do Brasil fornece agentes desmoldantes, lubrificantes e limpadores a todo mercado nacional, América do Sul e África do Sul.

Fonte: Chem-Trend

Curta nossa página no

Empresas da Freudenberg expõem soluções inovadoras para o setor calçadista na FIMEC

18/03/2015

Chem-Trend e Freudenberg Performance Materials mostram agentes desmoldantes e não tecidos para aplicação na indústria calçadista de 17 a 20/3, em Novo Hamburgo (RS).

Duas empresas do Grupo Freudenberg mostram soluções inovadoras para a indústria calçadista durante a FIMEC 2015, principal evento do setor calçadista, em Novo Hamburgo (RS), de 17 a 23 de março. A Chem-Trend apresenta sua linha de agentes desmoldantes, produtos para limpeza e para preparação de moldes de materiais usados na produção de solados de calçados, como poliuretano, termoplásticos, EVA e borracha; a Freudenberg Performance Materials, resultante da fusão global entre a Freudenberg Não Tecidos e a Freudenberg Politex, mostra o seu portfólio de produtos não tecidos para o setor, com destaque para três lançamentos.

Como os estandes das duas empresas estão juntos, os visitantes podem conhecer de perto a variedade de soluções que elas desenvolvem e fornecem para a indústria de calçados. As equipes técnica e comercial das duas companhias da Freudenberg mostram os diferenciais técnicos de produtos químicos que tornam melhores e mais ágeis os processos produtivos e também soluções em não tecidos que tornam os calçados mais confortáveis.

Peças melhores e maior produtividade

O portfólio da Chem-Trend para os fabricantes de calçados esportivos e de segurança inclui agentes desmoldantes e de purga e produtos auxiliares de processo, como limpadores de cabeçote de injeção e limpadores de moldes. Segundo a empresa, entre os agentes desmoldantes, as soluções sem silicone para os calçados de segurança promovem acabamento fosco ou brilhante e têm tecnologia para atender as necessidades de adesão, características requisitadas pelos transformadores. Para a produção de palmilhas, os agentes desmoldantes base água tornam os processos mais ágeis ao demandarem menor quantidade na aplicação e, em comparação com as soluções tradicionais, têm a vantagem de serem menos agressivos para a saúde dos operadores e ao meio ambiente, afirma a Chem-Trend.

Outros destaques da empresa para o setor são os agentes de purga da linha Lusin® para solados em termoplásticos, com destaque para TPU. Trata-se, segundo a empresa, de um produto que promove maior agilidade no processo de produção com significativa redução de custos, pois permite aos moldadores uma rápida mudança de cor nas resinas sem qualquer tipo de abrasão nos componentes do sistema. “Nossos agentes de purga permitem gerar peças de melhor qualidade com redução de ciclos de máquinas e maior produtividade nas mais variadas condições de processos, a fim de manter as máquinas em perfeito estado de funcionamento”, explica o gerente de vendas, Joacilo Luz.

Freudenberg Performance Materials lança produtos não tecidos

A empresa lança três novos produtos para a indústria calçadista. Um deles é o SU 70, um não tecido com acabamento relax voltado para o mercado de calçados de segurança que, segundo a empresa, tem vários benefícios: produto leve, alta produtividade no corte, ausência de defeitos, acabamento e espessura uniformes.

Os outros dois produtos são o SU 300 e o SLC 1000. O primeiro é um não tecido com características antichama para aplicação em punhos e luvas de trabalho. De acordo com a Freudenberg Performance Materials, o SLC 1000 é um avesso para calçados masculinos, femininos e infantis que chega ao mercado tendo como principal diferencial a alta elongação, um fator que permite melhor acomodação no calcanhar do calçado durante a conformação.

Segundo a empresa, também terá destaque o não tecido SU 7 MF, lançado ao final do ano passado para substituir algumas matérias-primas naturais e gerar aos calçados vários benefícios, como leveza, tato superficial, espessura e um aspecto mais uniforme. “A FIMEC é uma excelente oportunidade para mostrarmos os novos produtos, que aliam a alta tecnologia ao uso de materiais totalmente isentos de substâncias restritas, que podem gerar danos à saúde dos profissionais envolvidos nos processos produtivos do setor, bem como do usuário final do calçado”, diz o gerente da Divisão Shoe Components da companhia, Danilo da Costa Paula.

Sobre o Grupo Freudenberg

O Grupo Freudenberg, de origem alemã, atua nos segmentos de vedação, controle de vibrações, não tecidos, lubrificantes especiais, agentes desmoldantes, filtração, dentre outros. Emprega cerca de 40 mil pessoas em 60 países, com um faturamento anual acima de € 6,62 bilhões. No Brasil, está presente com seis empresas: Freudenberg-NOK, Freudenberg Não Tecidos, Klüber Lubrication, EagleBurgmann, Chem-Trend e SurTec; desde julho de 2012, atua também por meio da joint venture TrelleborgVibracoustic.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Freudenberg

Curta nossa página no

Novos Agentes desmoldantes da Chem-Trend chegam à indústria brasileira de borracha

15/08/2013

A Chem-Trend, especializada no desenvolvimento e fornecimento de agentes desmoldantes, especialidades químicas e auxiliares de processos, anuncia a chegada de dois novos agentes desmoldantes ao mercado brasileiro, o Mono-Coat® 1892W e Mono-Coat® 1840W. Os produtos chegam para atender aos principais desafios em termos de desmoldagem das indústrias de borracha que utilizam todos os processos de moldagem. “São produtos que estreitam ainda mais a parceria com os nossos clientes à medida que contribuem para aperfeiçoar os seus processos industriais, para que eles tenham melhores condições para fabricar um maior volume de peças, com melhor qualidade e menor custo operacional”, comenta Eduardo Colácio, gerente de vendas técnicas para esse segmento.

Com objetivo de garantir os resultados positivos e o incremento da produtividade das indústrias clientes, Colácio chama a atenção para a aplicação dos agentes desmoldantes ou especialidades químicas em conjunto com dois fatores importantes. Um deles é o treinamento da equipe que lidará com os produtos e o outro é o uso de equipamentos adequados aos processos de desmoldagem empregados.

A diretora de vendas da empresa no Hemisfério Sul, Ana Clara Cordeiro, conta que a nova gama de produtos foi desenvolvida pela Chem-Trend para que os clientes alcancem melhores resultados produtivos. Ela ressalta que estas novas tecnologias seguem a filosofia da companhia de fornecer às indústrias soluções que auxiliam os processos produtivos a tornarem-se melhores, mais eficientes e ágeis. “A Chem-Trend oferece soluções inovadoras e adequadas a aplicações sob medida para os mais diversos processos”, observa Ana Clara.

Desmoldantes que contribuem para aumentar a produtividade

Segundo a Chem-Trend, o Mono-Coat® 1892W tem uma série de diferenciais para aplicação em processos de desmoldagem, principalmente de peças usadas na indústria automotiva para controle de vibração. O produto além de melhorar ainda mais a desmoldagem das peças, ainda oferece proteção aos moldes contra borrachas mais abrasivas.

Outras vantagens, de acordo com a empresa, são a maior durabilidade do efeito dos desmoldantes entre as aplicações do produto e um maior intervalo entre paradas para limpeza do molde, além de uma menor quantidade de transferência da peça moldada. “Os benefícios desta solução para a indústria de borracha contribuem, sobretudo, para o aumento da produtividade”, ressalta Cordeiro.

Afirma o fabricante que o Mono-Coat® 1840W, assim como o Mono-Coat® 1892W, tem diferenciais que contribuem para melhorar a produtividade dos processos de fabricação de peças de sistemas de tecnologia antivibração. O produto, segundo a Chem-Trend, tem excelente capacidade de desmoldagem, com pouca transferência, e apresenta resultados positivos para moldes mais complexos.

Sobre a Chem-Trend: A Chem-Trend é uma organização global de mais de 50 anos de existência com foco no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes para uso nas indústrias de borracha, pneus, poliuretano, compósitos, termoplásticos e fundição sob alta pressão.

No Brasil desde 1986, a Chem-Trend mantém em sua planta, em Valinhos (SP), a produção, venda, administração, atendimento e todo o suporte técnico aos seus clientes. Líder em seu segmento de atuação, a Chem-Trend do Brasil fornece agentes desmoldantes, lubrificantes e limpadores a todo mercado nacional, América do Sul e África do Sul.

Fonte: Chem-Trend

Curta nossa página no

Novo agente de purga da Chem-Trend reduz tempos e custos no processamento de Termoplásticos Elastômeros

19/03/2013

Lusin® Clean 1020 é utilizado na limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção

A Chem-Trend, especializada no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes e especialidades químicas, lança no Brasil o Lusin® Clean 1020, um agente de purga para limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção, usadas no processamento de elastômeros termoplásticos (TPE). Entre os diferenciais do produto, a empresa afirma que este novo agente de purga auxilia na solução de problemas relacionados ao processo de troca de cor e de material e ajuda a eliminar os “pontos pretos”, um fenômeno associado à carbonização que pode surgir durante a degradação térmica do termoplástico, além de atender as mais rígidas exigências de higiene e segurança do registro NSF H2.

Granulado e pronto para uso, o produto é usado com sucesso por fabricantes líderes globais da indústria de termoplásticos. Segundo a empresa, em comparação com a limpeza convencional de máquinas extrusoras e de moldagem, o uso de Lusin® Clean 1020 gera uma redução de custo que varia de 50 a 70%, reduzindo o consumo de material, tempo de parada das máquinas e taxas de refugos; a Chem-Trend esclarece que a economia varia de acordo com as condições e com o processo de fabricação. O Lusin® Clean 1020 pode ser utilizado em câmara quente, tendo sido bem-sucedido na produção de escovas de dentes ou solas de calçados, por exemplo.

“Com o desenvolvimento do Lusin® Clean 1020, a Chem-Trend, mais uma vez, oferece uma solução inovadora e adequada a uma aplicação muito especializada”, observa o especialista em termoplásticos da Chem-Trend, Marcelo Donegá. “A Chem-Trend tem sido um parceiro com o qual os fabricantes de termoplásticos podem contar. Junto com nossos clientes, atentemos às rigorosas exigências de qualidade e a os requisitos de eficiência ambiental dos processos da indústria”, completa.

Com o lançamento do Lusin® Clean 1020, a Chem-Trend expande seu portólio de agentes de purga. Mas, além de soluções para limpeza de moldes, a empresa oferece diversas especialidades químicas, como agentes desmoldantes, agentes anticorrosão, limpadores de moldes, limpadores de superfície e desengraxantes de superfície.

Sobre a Chem-Trend: A Chem-Trend é uma organização global com foco no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes para uso nas indústrias de borracha, pneus, poliuretano, compósitos, termoplásticos e fundição sob alta pressão. Ao longo de seus mais de 50 anos, a empresa construiu uma história rica em desenvolvimento de produtos destinados a fornecer aos fabricantes de peças moldadas e fundidas a maior qualidade possível, com o máximo de produtividade.

No Brasil desde 1986, a Chem-Trend mantém em sua planta, em Valinhos (SP), a produção, venda, administração, atendimento e todo o suporte técnico aos seus clientes. Líder em seu segmento de atuação, a Chem-Trend do Brasil fornece agentes desmoldantes, lubrificantes e limpadores a todo mercado nacional, América do Sul e África do Sul. A Chem-Trend é vinculada ao Grupo Freudenberg, de origem alemã, que emprega mais de 37 mil pessoas em 58 países, com um faturamento anual acima de € 6 bilhões.

Fonte: ADS Comunicação

Curta nossa página no

Petrofisa fabrica postes com resina reforçada com fibra de vidro.

26/08/2010

Qual é a demanda brasileira de postes para distribuição de energia elétrica? Ninguém sabe ao certo, mas estima-se que seja gigantesca.  A paranaense Petrofisa, fabricante de tubos de compósitos, concorda com essa análise. Tanto que adaptou o sistema produtivo das tubulações (filament winding) e lançou o primeiro poste de resina e fibra de vidro do Brasil., concorrendo com os tradicionais postes de madeira e concreto.  Por meio da sua controlada Ecofibra, a Petrofisa iniciou neste ano a produção de postes em Manaus (AM).

Para desmoldá-los, a transformadora decidiu abandonar o filme de poliéster – deve ser descartado após o uso – e usar um desmoldante  fabricado pela Chem-Trend e fornecido pela Redelease. “Testamos o produto em escala laboratorial e na linha de produção. Os resultados foram positivos, tanto sob o ponto de vista de desempenho como de custo.  Além disso, deixamos de gerar resíduos”, afirma Diego Dissenha, engenheiro do laboratório da Petrofisa. Além do desmoldante, a Petrofisa emprega na fabricação do poste um selador que corrige eventuais imperfeições no molde, aumentando a sua vida útil e ainda facilitando a desmoldagem da peça.

Cruzetas

Em maio, lembra Dissenha, a Petrofisa incorporou ao seu portfólio uma novidade que tem tudo a ver com os postes: cruzetas de compósitos. Fabricadas pelo processo de pultrusão, as cruzetas são desmoldadas com um desmoldante interno também fornecido pela Redelease. Segundo Rui Figueira, gerente de especialidades da Redelease, o desmoldante migra totalmente da resina para a superfície do molde assim que começa a reação exotérmica, a partir de 60 ºC –  ele é misturado numa proporção de 1,5% em relação à resina. “Diferente dos desmoldantes convencionais para pultrusão, não sobram resíduos do nosso desmoldante no produto final. Assim, não há qualquer perda de resistência mecânica ou problemas no acabamento”.

Fonte: SLEA Comunicação