Posts Tagged ‘Cabos Subterrâneos’

Polietileno reticulado da Dow alonga vida útil dos cabos de distribuição de energia subterrânea

19/08/2012

Especialista da companhia destacará os diferenciais do TR-XLPE durante seminário

Com o aumento da utilização de cabos de transmissão elétrica subterrânea, é cada vez maior o interesse de empresas que trabalham com esse segmento por informações sobre o tema, bem como por entender os benefícios em relação a outras soluções.

Para esclarecer essas questões e oferecer explicações técnicas sobre o assunto, a Dow participa, no dia 20 de agosto, de um seminário voltado para empresas que atuam no mercado de energia elétrica, desenvolvido pela Copel (Companhia Paranaense de Energia). Na ocasião, o engenheiro eletricista Marcio Alves, gerente de atendimento da Dow às concessionárias de energia elétrica para a América do Sul, explicará os diferentes isolantes para cabos de energia e as vantagens da utilização da linha Dow Endurance pelo setor.

Segundo a Dow, suas soluções para cabos subterrâneos de transmissão e distribuição minimizam as perdas de energia, conferem até duas vezes mais durabilidade e proporcionam melhor custo-benefício ao longo de toda a cadeia, reduzindo o impacto ao meio ambiente.

“As instalações subterrâneas devem apresentar um alto nível de proteção para evitar a penetração de umidade nos circuitos elétricos que têm os cabos de energia como um dos principais elementos. Além disso, durante o manuseio nos dutos e caixas, eles não devem sofrer nenhum dano e precisam ser muito bem preparados nas conexões, tanto para a instalação de terminações quanto para a de emendas”, destaca Alves.

A Dow desenvolveu a tecnologia de isolação de polietileno reticulado com retardante à arborescência (TR-XLPE). A empresa informa que a sua solução é capaz de reduzir consideravelmente o efeito da arborescência elétrica, duplicando a vida útil do cabo de energia. De acordo com estudos em campo, estes cabos podem operar por mais de 40 anos ininterruptamente.

O TR-XLPE possui em sua composição um aditivo capaz de confinar o efeito da arborescência, reduzindo a taxa de crescimento deste fenômeno e evitando que ele se aproxime da outra extremidade do material isolante. Desta forma, o cabo não fica enfraquecido devido à arborescência a ponto de sofrer o rompimento dielétrico.

A instalação elétrica subterrânea, já bastante utilizada na América do Norte e Europa, passa a ser cada vez mais comum no Brasil. O sistema, além de ser considerado mais seguro, uma vez que evita que os fios e cabos expostos possam ser rompidos ou atingidos causando danos à rede elétrica, é também esteticamente mais agradável.

Fonte: Dow

Curta nossa página no