Posts Tagged ‘Avião movido a energia solar’

Solvay embarca no Solar Impulse 2 para a última parte do voo de volta ao mundo utilizando somente energia solar

27/04/2016

Solvay_solar-impulse2

O Grupo Solvay está junto com os pilotos Bertrand Piccard e André Borschberg na segunda e última parte da volta ao mundo do Solar Impulse 2 (Si2), aeronave movida exclusivamente a energia solar, que retomou sua viagem nesta quinta-feira (21/04) com o voo entre Honolulu, no Havaí, e Mount View, na Califórnia, iniciando o percurso de 17.000 km até Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Primeiro parceiro do projeto Solar Impulse, desde 2004 a Solvay tem utilizado sua experiência e conhecimento no campo de materiais compósitos ultraleves e ultraresistentes para o desenvolvimento de inovações para tornar mais leve a aeronave e melhorar a coleta e o armazenamento de energia solar, que permitiram, por exemplo, os voos noturnos. O Si2, que no ano passado fez sua primeira parte da viagem ao redor do mundo, tem um envergadura de asas de 72 metros, mas com um peso equivalente a um jeep e potência de uma motocicleta.

“Boa sorte para os dois pilotos que iniciam a última etapa desta aventura audaciosa. Desejamos todo o sucesso para Bertrand Piccard, que pilota o avião nesta etapa com destino às Américas”, disse Jean-Pierre Clamadieu, CEO da Solvay. “Como parceiro histórico do Solar Impulse, fico particularmente orgulhoso de que, na sequência da recente aquisição da Cytec, mais da metade da estrutura da aeronave foi produzida a partir de materiais da Solvay. Mais uma vez, o nosso “laboratório voador”, que é o Si2, se mostra como uma oportunidade para tornar possível o impossível, através de soluções inovadoras de energia sustentável e redução de CO2″, acrescentou Clamadieu.

O Solar Impulse 2 utiliza 15 produtos da Solvay em cerca de 6000 peças, que facilitam a coleta e o armazenamento de energia, a otimização do consumo de combustível e a redução do peso da aeronave. Além disso, os produtos da Solvay estão nas estruturas de fibras impregnadas, nos adesivos para as longarinas e nos estabilizadores traseiros, já utilizados com sucesso na primeira versão do Solar Impulse. Do Brasil, desenvolvida pela Rhodia, empresa do Grupo Solvay, está a fibra têxtil inteligente Emana, empregada na confecção de malhas (utilizadas como segunda pele pelos pilotos) que ajudam a retardar o aparecimento de fadiga muscular.

Todos os produtos da Solvay integrados ao Solar Impulse 2 já estão à disposição dos consumidores em produtos para diversos mercados, tais como o automobilístico, aviação e aeronáutica, construção, vestuário e smartphones e outros dispositivos eletrônicos. Segundo a Solvay, por suas características especiais de melhorar a microcirculação sanguínea da área do corpo em contato com a roupa, a fibra Emana tem sido utilizada para a confecção de roupas para os segmentos esportivo, moda íntima, lingerie e jeans, entre outros.

O avião Si2 fará várias escalas nos Estados Unidos. Posteriormente, iniciará sua viagem à Europa ou Norte da África – dependendo das condições climáticas – antes de voltar a Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. A primeira parte desta volta ao mundo foi feita no ano passado, ocasião em que se registrou um feito inédito com esse tipo de avião: o piloto Andre Borschberg voou ininterruptamente por cinco dias e cinco noites, entre Nagóia, no Japão, e Honolulu, no Havaí, sem a utilização de uma gota sequer de combustível de origem fóssil.

A viagem pode ser acompanhada ao vivo em http://www.solarimpulse.com/leg-9-from-Hawaii-to-Mountain_View_CA

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no

Anúncios

Covestro mantém apoio ao projeto de volta ao mundo do avião movido à energia solar

27/11/2015
Richard Northcote (CSO da Covestro, meio), Bertrand Piccard, Iniciador, Chairman e Piloto do Solar Impulse (esquerda) e André Borschberg, Co-Fundador, CEO e Piloto do projeto (direita).

Richard Northcote (CSO da Covestro, meio), Bertrand Piccard, Iniciador, Chairman e Piloto do Solar Impulse (esquerda) e André Borschberg, Co-Fundador, CEO e Piloto do projeto (direita).

  • Acordo de patrocínio estendido até o final de 2018
  • Fabricante de polímeros também apoia a iniciativa “Future is Clean”

A Covestro, uma das principais fabricantes mundiais de polímeros, anunciou hoje a extensão do patrocínio ao projeto Solar Impulse; o avião deve completar a jornada ao redor do mundo em 2016.

A Covestro, antiga Bayer MaterialScience, tem sido parceira do Solar Impulse desde 2010 e também é parceira técnica oficial do projeto. A empresa foi responsável pelo projeto e construção do cockpit Si2 que utiliza avançados sistemas de poliuretano e policarbonato, reduzindo significativamente o peso do avião e garantindo proteção ao piloto.

“Para nossos colaboradores e clientes, o projeto Solar Impulse tornou-se um símbolo da inovação da Covestro assim como da nossa capacidade de fornecer uma série de soluções inovadoras”, afirma Patrick Thomas, CEO da Covestro. “Estamos felizes em manter o apoio a esta jornada inspiradora, pois ela simboliza nossos valores corporativos – Curiosidade, Coragem e Colorido”.

Compromisso com a sustentabilidade

“A sustentabilidade está no centro da nossa estratégica de negócios”, explica Richard Northcote, Chief Sustainability Officer da Covestro. “O compromisso com o Solar Impulse inclui o nosso papel como um dos principais patrocinadoras da jornada no trecho de voo que cruza a América, que será reiniciado em 2016. Conforme mais consumidores buscarem produtos eficientes do ponto de vista de energia e os governos começarem a implementar os objetivos do Pacto de Desenvolvimento Sustentável da ONU, este projeto terá um grande papel ao mostrar ao mundo como a tecnologia existente hoje pode contribuir para alcançar o que muitos consideravam impossível”.

As tecnologias desenvolvidas para o projeto já são utilizadas em vários produtos dos setores automotivo e de refrigeração. Além disso, os revestimentos usados no avião também estão sendo usados em muitos outros setores industriais.

Cooperação entre as equipes da Covestro e do Solar Impulse

Bertrand Piccard, criador, presidente e piloto do projeto Solar Impulse, comenta: “Graças ao adiamento em nossa aventura, a Covestro poderá voar conosco e demonstrar sua essencial contribuição ao Solar Impulse. Todos os parceiros do projeto compartilham a nossa visão de um futuro mais limpo e o envolvimento contínuo do Patrick Thomas e do time Covestro confirmam o compromisso da empresa a fim de alcançar este objetivo”.

Andre Borschberg, co-fundador, CEO e piloto do projeto, acrescentou: “Nós valorizamos a ajuda técnica, o compromisso e o espírito inovador da Covestro desde 2010 e queremos trabalhar ainda mais em parceria nos próximos três anos”. “Por experiência própria eu digo que o cockpit projetado pela Covestro para o Si2 fornece conforto para voarmos e trabalharmos. Queremos voltar para dentro do cockpit para o próximo trecho da viagem em 2016”, complementa.

A Covestro também apoia a iniciativa “Future is Clean”, parte do projeto Solar Impulse, que reúne apoio global para o uso da chamada energia limpa, seguindo a ratificação dos objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e antecipando a Conferência sobre Mudança Climática da ONU (COP21), agora em dezembro.

Com vendas de 11,8 bilhões de euros em 2014, a Covestro é uma das maiores companhias de polímeros do mundo. Os principais segmentos atendidos são o automotivo, eletroeletrônico, construção e as indústrias de esportes e lazer. A Covestro, anteriormente conhecida como Bayer MaterialScience, possui 30 sites de produção ao redor do mundo e emprega cerca de 15.700 colaboradores (até o final de setembro de 2015).

Fonte e foto: Covestro

Curta nossa página no

Solvay embarca sua inovação no Solar Impulse 2, o primeiro avião tripulado movido exclusivamente a energia solar, que realiza uma histórica volta ao mundo

13/03/2015

Solar ImpulseA Solvay está patrocinando a volta ao mundo que está sendo realizada pelos pilotos Bertrand Piccard e André Borschberg, que decolaram em 09/03 de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, para iniciar uma volta ao mundo a bordo do avião Solar Impulse 2 (Si2), o primeiro avião tripulado movido exclusivamente a energia solar e que pode voar dia e noite sem usar uma gota de combustível fóssil.

O objetivo desse projeto sustentável é demonstrar o desenvolvimento e utilização de energias renováveis e tecnologias de baixo carbono. O grupo Solvay, o primeiro patrocinador oficial do Solar Impulse, está engajado nesse projeto desde seu início – há 12 anos -, desenvolvendo tecnologias e materiais que ajudam a reduzir peso, armazenar energia e promovem eficiência energética. Com este “laboratório voador”, a Solvay tem posto à prova a sua especialização em materiais avançados e energia sustentável, que permitem ao Solar Impulse voar ao redor do mundo excluvisamente com a energia do Sol.

“A aventura Solar Impulse representa a inovação sem limites e a capacidade da Solvay de demonstrar sua força na busca de soluções para desenvolver e promover tecnologias de baixo carbono”, disse Jean-Pierre Clamadieu, presidente do Comitê Executivo e CEO da Solvay. “Desejamos aos pilotos Bertrand Piccard e André Borschberg um voo seguro e grande sucesso em sua volta ao mundo.”

Viajando a velocidades entre 50 e 100 quilômetros por hora, o Si2 voará 25 dias distribuídos por cinco meses, equipado com 15 produtos Solvay aplicados em mais de 6.000 componentes, incluindo os seus plásticos e polímeros de alto desempenho, fibras, filmes, lubrificantes e revestimentos.

A inovação brasileira também está a bordo com Emana, microfibra têxtil criada pela Rhodia, que faz parte do uniforme oficial de viagem dos pilotos. Espécie de segunda pele, usada por baixo do uniforme oficial dos pilotos,a roupa age para melhorar a microcirculação sanguínea, contribuindo para o retardamento da fadiga muscular dos pilotos durante o voo.

O Si2 tem previsão de parar em 12 locais, incluindo escalas na Índia, China, Estados Unidos e Europa ou na África do Norte, antes de retornar para Abu Dhabi. André Borschberg pilotou a primeira parte da viagem de 400 km, a partir de Abu Dhabi até Muscat, em Omã. Entre os principais desafios da jornada está o voo ininterrupto de cinco dias e noites da China para o Havaí.

Se quiser acompanhar em tempo real essa jornada, que teve início nesta madrugada em Abu Dhabi, nos Emirados Unidos, acesse o site http://www.solarimpulse.com

Fonte: Solvay / Rhodia Brasil

Curta nossa página no