Posts Tagged ‘Assocomaplast’

Empresas italianas apresentam suas máquinas e soluções para o mercado brasileiro na Plástico Brasil

11/03/2017

Numa iniciativa da ASSOCOMAPLAST – entidade que representa os fabricantes italianos de máquinas, equipamentos e moldes para a indústria de plásticos – a Plástico Brasil vai abrigar o Pavilhão Italiano. Neste espaço, um grupo de empresas italianas vai apresentar seus produtos e soluções com a expectativa de conquistar novos clientes e ampliar seus negócios no Brasil.

Inovação e tecnologia

A Bandera, por exemplo, destaca entre seus lançamentos uma inovadora tecnologia de embalagem isolante para preservação de alimentos, enquanto a Eletronic System, líder em sistemas de controle e automação, vai apresentar novas interfaces de seus softwares. A FB Balzanelli trará novidades em bobinas automáticas e sistemas de paletização e a Frigosystem vai mostrar as novas versões do seu dry cooler – que ganhou uma gama maior de controladores de temperatura de água e óleo – e do chiller de ar para filme plástico.

Presente na indústria brasileira de automóveis e lentes, a Helios Quartz vem à Plástico Brasil para demonstrar as inovações em tecnologia de raios infravermelho e ultravioleta e, com isso, estreitar o relacionamento com a indústria do plástico. Já a IPM destaca sua ampla gama de máquinas para extrusão, corte, fenda e dobra, transportadores, empilhadores, rosqueadores e outros equipamentos construídas sob demanda.

A ITIB tem uma grande oferta de aplicações com tubulações onduladas que podem ser usadas na construção civil, infraestrutura, agricultura, segmento médico, indústria automotiva e outras. A Macchi aposta no crescimento das embalagens tipo “stand-up-pouch” e oferece uma linha de extrusão projetada para trabalhar com filmes de diferentes espessuras e rigidez. Também na área de extrusão, a Maris destaca entre seus lançamentos as aplicações que utilizam sua tecnologia patenteada recentemente.

A Presma vem ao Pavilhão Italiano da Plástico Brasil para promover sua gama de máquinas e mostrar as facilidades que elas podem proporcionar aos transformadores, com destaque para a injetora para plásticos e borrachas para atender a produções não padronizadas. Com foco na automação, a Proximon oferece uma série de soluções, como turbomixers de alta velocidade (simples ou combinados com refrigeradores de alta eficiência) e misturadores. A empresa divulga também a Proximon Lab, uma sala de testes construída em suas instalações na Itália para realizar ensaios com seus misturadores e os produtos dos clientes.

A Feira Plástico Brasil é uma iniciativa da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos e da ABIQUIM – Associação Brasileira da Indústria Química, com organização e promoção da Informa Exhibitions, a Plástico Brasil será palco de avanços tecnológicos e tendências globais dos  segmentos que compõem a cadeia produtiva do plástico: instrumentação, controle e automação, máquinas, equipamentos e acessórios, moldes e ferramentas, produtos básicos e matérias-primas, reciclagem, resinas sintéticas, serviços e projetos técnicos e outros. O evento vai receber uma visitação de transformadores e profissionais da indústria do plástico, que atendem e atuam em diversos segmentos, como construção civil, automóveis e autopeças, agricultura, móveis, eletrônicos, instrumentos médicos, vestuário e calçados e eletrodomésticos, entre outros.

Serviço: PLÁSTICO BRASIL – Feira Internacional do Plástico e da Borracha
Data: 20 a 24 de março de 2017
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center
Realização: ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos e ABIQUIM – Associação Brasileira da Indústria Química.
Promoção e organização: Informa Exhibitions
Patrocínio Oficial: Romi

Fonte: Assessoria de Imprensa – Plástico Brasil

Curta nossa página no

Anúncios

Feiras IPACK-IMA E PLAST 2018 preparadas para exibir materiais inovadores em Milão, em 2018

22/02/2017

plast2015

As duas feiras, integradas na Aliança para a Inovação que irá ocorrer no Pavilhão da Fiera Milano, de 29 de Maio a 1 de Junho de 2018, criaram uma nova exposição satélite dedicada a materiais e embalagens inovadores, organizada em colaboração com a Material ConneXion Italia e apresentada em 7 de Fevereiro no Museu Triennale Design, em Milão

Materiais e produtos inovadores e funcionalizados para o segmento premium são o foco da Innovative Material Solutions 2018, a nova exibição satélite da IPACK-IMA e PLAST que fará sua estréia na Fiera Milano como parte do evento “Innovation Alliance”, a ser realizado de 29 de maio a 1 de junho de 2018. A nova exposição foi apresentado em 7 de fevereiro no Museu Triennale Design, em Milão.

Organizada em colaboração com a Material ConneXion Italia, a feira será totalmente dedicada a soluções de materiais inovadores, incluindo matérias-primas, produtos semi-acabados e componentes para produtos de alto valor agregado, embalagens e recipientes inovadores. Ele servirá como um caldeirão de idéias e inspirações criativas para áreas corporativas estratégicas, desde o P&D até o Marketing.

Para satisfazer às necessidades das empresas e dar a melhor cobertura possível aos vários setores de produtos, o evento será dividido em duas seções, localizadas nos pavilhões da PLAST e da IPACK-IMA no centro do recinto de exposições Rho-Pero: PLAST-MAT e IPACK-MAT.

A primeira (PLAST-MAT) será dedicado à inovação em materiais plásticos, com um forte enfoque na sustentabilidade ambiental e desempenho técnico avançado.

A segunda (IPACK-MAT) irá focalizar soluções de embalagens avançadas, com uma ênfase específica em anti-falsificação, embalagens inteligentes e embalagens de alto valor agregado e / ou de baixo impacto ambiental.

Além da área de exposição que abrange dois pavilhões, a Innovative Material Solutions 2018 também terá uma mostra que apresentará uma visão geral de todas as empresas que participam da iniciativa e demonstrará os produtos mais significativos. Serão também organizadas iniciativas para empresas que oferecem e procuram soluções e materiais avançados para o design, fabricação e embalagem de produtos.

A IPACK-IMA 2018 é a feira das tecnologias de processamento e embalagem para as indústrias alimentícias e não-alimentícias, organizada pela Ipack Ima srl, uma empresa criada em conjunto pela UCIMA (Associação Italiana dos Fabricantes de Máquinas Automáticas de Embalagem) e pela Fiera Milano.

A PLAST 2018 é a feira de tecnologias para a indústria de materiais plásticos e de borracha, organizada pela Promaplast srl, uma empresa de serviços da ASSOCOMAPLAST (Associação Italiana dos Fabricantes de Máquinas e Moldes para Plásticos e Borrachas).

A Material ConneXion é uma rede mundial de pesquisa e consultoria para materiais inovadores e sustentáveis. Fundada em 1997 em Nova York, a Material ConneXion é agora propriedade da editora americana Sandow Media Group e também tem filiais na Europa e na Ásia.

Fonte: Assessoria de Imprensa – PLAST 2018

Curta nossa página no

Associação italiana Assocomaplast assina protocolo OCS para redução de perdas acidentais de pellets de plástico

16/11/2016

Durante a feira K 2016 em Düsseldorf (19-26 de outubro de 2016), a ASSOCOMAPLAST (Associação Italiana dos Fabricantes de Máquinas para Processamento de Plásticos e Borracha) juntou-se à Operação Clean Sweep (OCS), um programa de proteção ambiental voltado para a indústria de plásticos criado pela associação americana SPI (Society for the Plastics Industry) e o American Chemistry Council. A OCS estabelece diretrizes para reduzir a perda acidental de pellets de plástico, pós e flocos gerados durante a produção de artigos de plástico.

É bem sabido que as embalagens de plástico descartadas (tampas, garrafas e vários frascos) freqüentemente acabam poluindo mares e oceanos. Isto pode ser atribuído principalmente aos “maus hábitos” dos consumidores, que muitas vezes não estão suficientemente comprometidos com a reciclagem.

Contudo, uma outra parte menor do problema é devida à liberação para o ambiente de grânulos de plástico do processo de produção, que também terminam se incorporando à corrente de resíduos. E é por isso que a indústria de plásticos está sendo chamada a tomar medidas para limitar, ou mesmo impedir totalmente essa perda de material, usando procedimentos codificados.

O programa Operation Clean Sweep apela à sensibilidade dos produtores de polímeros, transportadores, instalações de armazenamento e empresas de processamento para adotar um número de “melhores práticas” (frequentemente exigindo muito pouco esforço), cada uma em sua própria área de operações.

A indústria de fabricação de máquinas também está implicada, embora apenas marginalmente, uma vez que alguma quantidade mínima de grânulos pode ser perdida durante o teste de máquinas e certificação.

Naturalmente, além dos benefícios ambientais, as empresas também ganham inegáveis vantagens econômicas ao reduzir o desperdício de materiais.

Muitas empresas já aderiram ao protocolo OCS, o que requer a implementação dos seguintes passos:

1) Comprometer-se a tornar prioridade a “perda zero de pellets”, assinando uma compromisso escrito formal.

2) Avaliar a situação e necessidades da empresa (em conformidade com a legislação aplicável): auditoria das instalações e equipamentos operacionais, estabelecimento de procedimentos obrigatórios para os funcionários, identificação de áreas problemáticas, compartilhamento de experiências.

3) Atualizações adequadas nas instalações e equipamentos.

4) Aumentar a conscientização dos funcionários e criar responsabilidade: estabelecer procedimentos escritos para os funcionários, realizar treinamentos regulares, atribuir responsabilidades aos funcionários e solicitar feedback sobre o programa, usar lembretes no local de trabalho, como sinais, adesivos, cartazes etc.

5) Procedimentos de acompanhamento e reforço: inspeções de rotina das instalações; Compartilhamento de melhores práticas através do site da OSC.

Ao assinar o protocolo, a ASSOCOMAPLAST demonstrou o seu empenho em promover a iniciativa em Itália.

Para mais informações: http://www.opcleansweep.org.

Fonte: Assocomaplast

Curta nossa página no

Previsões para o ano completo de 2015 indicam melhoras na indústria italiana de máquinas para plásticos e borracha

11/01/2016

A análise estatísticas de dados de comércio exterior para os três primeiros trimestres de 2015 realizada pela Assocomaplast (Associação Comercial Italiano dos fabricantes de máquinas para plásticos e borracha, que conta com mais de 160 empresas associadas), em comparação com o mesmo período em 2014, confirma o desempenho positivo tanto nas importações e exportações observadas nos meses anteriores, particularmente com relação às importações, onde é visto um crescimento sustentado. Extrapolando esta tendência, o valor total das compras do exterior em dezembro deve cair em algum lugar entre 700 e 750 milhões de euros.

“O fator que traz maior satisfação para as empresas italianas neste setor”, ressalta Alessandro Grassi, presidente da Assocomaplast, “é a consolidação das exportações: nos primeiros nove meses de 2015, elas quase alcançaram o mesmo nível do ano inteiro de 2014. ” O escritório de pesquisa da associação estima que 2015 pode quebrar o recorde de todos os tempos, que foi, em 2007, de 2,8 bilhões de euros.

Esta tendência traria um novo impulso à produção italiana, talvez empurrando-o para além do limiar de 4,1 bilhões de euros.

A geografia das exportações mostra especial progresso (mais de 30 pontos percentuais) na zona do NAFTA, graças principalmente ao aumento de suprimentos para transformadores dos EUA. A América Central e do Sul, por outro lado, continuam numa trajetória de queda, com as  vendas caindo nos principais mercados, ou seja, Brasil, Argentina e Colômbia.

A tendência nas exportações para a Europa também é positivo – mantendo sua posição como o principal mercado para as vendas externas – mas aqui observamos uma divergência entre os países da União Européia, onde as vendas subiram 13%, e os países não pertencentes à União Européia, onde elas caíram globalmente em torno der 4%, ainda influenciadas pela evolução fortemente negativa nas vendas para a Rússia. “Este é um mercado importante”, continua Grassi, “para o qual os fabricantes italianos continuam a olhar com grande interesse e a esperança de que os valores observados antes da imposição de sanções e do colapso do rublo em breve estarão de volta.”

As exportações para a Alemanha têm mostrado uma clara recuperação em relação aos trimestres anteriores, o que confirma que este é, de longe, o principal mercado de destino das exportações italianas no setor.

As vendas de tecnologia italiana para os países asiáticos caíram ligeiramente, mas aqui também há distinções a serem feitas: enquanto os três primeiros trimestres deste ano fecharam positivamente no Extremo Oriente, com relação a janeiro-setembro de 2014 (liderado por vendas à Indonésia e Tailândia, enquanto a China manteve-se estável), o Oriente Médio registra uma contração de 16%, que pode ser atribuída à desaceleração da Arábia Saudita e ao duradouro impasse no Irã – também aqui resultado do embargo, que deve ser flexibilizado nas próximas semanas.

As exportações para o continente africano estão geralmente estagnadas como uma média entre a atividade substancialmente positiva nos mercados do Mediterrâneo (Marrocos em primeiro lugar) e fortes quedas nos outros, incluindo a África do Sul.

Fonte: Assocomaplast

Curta nossa página no

Prêmio de Tecnologias Plásticas 2015: os vencedores serão anunciados durante a feira PLAST 2015, em Milão (Itália)

23/04/2015

Plast_2015-Tech-Awards-2012Conceitos originais inovadores para consumo rápido ou produtos descartáveis ​​que exploram as potencialidades de tecnologias específicas de produção e transformação de plásticos: estes são os pilares da segunda edição do Prêmio de Tecnologias Plásticas, o concurso internacional lançado pela Promaplast, entidade organizadora da PLAST 2015, que ocorrerá de 05 a 09 maio de maio próximos no Pavilhão da Fiera Milano – Rho, em Milão, na Itália. ). O Prêmio tem a colaboração da POLI.design, um consórcio do Politécnico de Milão.

Os nomes dos projetos classificados para as finais foram anunciados há alguns dias:

  • EAT & PLAY – Embalagem de sorvete
  • PALINGENESI – Contâiner Reciclável
  • ASAP: Copo Compostável – Tão sustentável quanto possível
  • YIN & GNAM – Talheres descartáveis
  • Bione PACK – embalagem de açúcar e colher

O Prêmio de Tecnologias Plásticas 2015 tem como foco o descarte e reciclagem de produtos, componentes e embalagens caracterizados pela rápida obsolescência, uso ou descartabilidade temporária, tais como utensílios domésticos e embalagens de produtos de consumo de rápido.

O concurso aborda um tema de grande relevância atual, refletindo sobre os efeitos do crescimento ininterrupto de produtos de consumo rápido para uso diário nas culturas ocidentais. Muitos dos produtos, embalagens e componentes descartáveis ​​ou temporários que caracterizam os novos paradigmas de consumo são projetados sem considerar as questões relativas ao seu descarte – que também é inevitavelmente rápido – de materiais ou complexos de materiais que muitas vezes não podem ser separados ​​ou reciclados e, portanto, não se prestam a um descarte adequado.

Grandes empresas italianas e estrangeiras que irão expor na PLAST 2015 estão constantemente buscando desenvolver soluções concretas para os problemas de descarte e reciclagem. Um exemplo é a Novamont (Pavilhão 9, stand D82), que apresentou recentemente a primeiro cápsula de café espresso, fabricada na Itália, em colaboração com a Lavazza. A cápsula vai ser feita de Mater-Bi 3G, a terceira geração de Mater-Bi, que é caracterizada por uma elevada percentagem de matérias-primas renováveis. Após o uso, a cápsula pode ser descartada como resíduo compostável e enviada para os processos de compostagem industrial, da mesma forma que a borra de café. E a Novamont não está sozinha: em colaboração com seus parceiros, a API (Pavilhão 9, stand C41) criou uma nova cápsula 100% compostável e biodegradável, de mono-uso, para bebidas quentes. Ela utiliza uma tecnologia de compressão, a partir de uma formulação de compostos termoplásticos API Apinat Bio, que podem ser processados ​​usando as tecnologias de transformação mais comuns para atender a uma ampla gama de aplicações, desde calçados a embalagens.

“O novo desafio colocado pelo Prêmio de Tecnologias Plásticas 2015 para os designers de todo o mundo”, afirmou Mario Maggiani, Diretor da PROMAPLAST, organizador da PLAST 2015″, é o de conceber projetos que reduzam o impacto do descarte, explorando as potencialidades de tecnologias de materiais e de produção e introduzindo funcionalidades inteligentes no próprio produto que atendam às necessidades dos consumidores. São projetos que possam mudar todo o setor de produtos sujeitos a rápida obsolescência ou utilização temporária para uma forma mais sustentável”.

Os projetos vencedores serão julgados por um júri de especialistas:

  • Francesco Trabucco, Professor de Desenho Industrial na Escola de Design da Politécnica de Milão e diretor do curso de “Design for Plastics” (POLI.design);
  • Luciano Galimberti, presidente da ADI – Associazione per il Disegno Industriale;
  • Matteo Ingaramo, diretor do consórcio POLI.design;
  • Mario Maggiani, Diretor da PROMAPLAST;
  • Claudio Celata, Diretor da CESAP.

Após a conclusão da primeira fase do concurso, o júri avaliou os projetos tanto pelo seu conteúdo inovador como pelo seu sucesso em explorar as possibilidades e limitações das tecnologias fornecidas. Os finalistas selecionados para a segunda fase da competição continuarão a desenvolver os seus conceitos com base no feedback fornecido pelo júri.

A segunda fase vai ser finalizada com a seleção dos projetos vencedores, que irão dividir o prêmio total de 8.000 euros em dinheiro.

A iniciativa é patrocinada pelas empresas Amut (www.amut.it), fabricante de linhas de extrusão e termoformagem e sistemas de reciclagem, e Negri Bossi (www.negribossi.com), fabricante de sistemas de injeção de termoplásticos, termo-rígidos e elastômeros, ambos participantes da PLAST 2015, assim como pelas associações de comércio Plastics Europe Italia (plasticseuropeitalia.federchimica.it), uma associação italiana de produtores de plásticos e Assocomaplast (www.assocomaplast.org), Associação Italiana de Fabricantes de Máquinas de processamento e de Moldes para Plásticos e Borracha.

A cerimônia de premiação será realizada no dia 5 de maio, durante a abertura da PLAST 2015.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Plast 2015

Curta nossa página no

Organização da Feira PLAST 2015 em Milão dá o pontapé inicial

11/02/2014

Plast2015Com o envio de um link personalizado para inscrição on-line para mais de 7.000 potenciais expositores ( a primeira vez que este método foi utilizado) , a Promaplast srl (organizador da PLAST 2015) inaugurou oficialmente os preparativos para a 17 ª edição da Feira Internacional da Indústria de Plásticos e Borracha, que acontecerá no pavilhão de feiras de Milão, de 5 a 9 de maio de 2015.

O número de participantes inscritos (e certificados) na PLAST 2012 (1.514 expositores de 58 países e 50.593 visitantes de 121 nacionalidades diferentes) prefigura a PLAST 2015 como o mais importante evento do próximo ano para a indústria de plásticos e borracha na Europa.

Além de suas iniciativas junto aos expositores, a organização da feira também começou a desenvolver contatos com parceiros institucionais, organizadores de convenções, associações comerciais e outros players da indústria para tornar este evento especializado de Milão uma oportunidade ainda mais frutífera para que os profissionais do setor possam se reunir, trocar experiências e inovações e acompanhar os desenvolvimentos mais recentes, em um momento que promete trazer o ressurgimento muito aguardado da economia, tanto no segmento de plásticos e borracha como na indústria em geral.

Os expositores que confirmarem a sua inscrição até 15 de Maio de 2014 terão direito a um desconto de 15 % sobre as taxas de participação, bem como a tarifas especiais relativas ao espaço de exposição, à instalação gratuita de energia elétrica para aqueles que exibem máquinas em operação e a prioridade na alocação de espaço. Todos os expositores serão listados gratuitamente no portal Fiera Milano Expopage e, naturalmente , no catálogo oficial da PLAST 2015.

Ocorrendo durante a semana inaugural da EXPO 2015 (evento de seis meses que vai de 1 maio – 31 outubro) , a PLAST 2015 conta com o patrocínio do Ministério do Desenvolvimento Económico e do apoio da EUROMAP ( Federação Europeia de Máquinas e Equipamentos para Plásticos e Borracha) e da UFI ( Associação da Indústria de Exposições) .

Para obter informações adicionais : www.plastonline.org .

Fonte: Assocomaplast

Curta nossa página no

Com número recorde de 43 empresas, a Itália se apresenta na BRASILPLAST 2011

04/05/2011

Reconhecida mundialmente na área de tecnologia em maquinário e moldes para materiais plásticos e borracha, a Itália vem reforçar sua presença no país e apresentar seu potencial para o setor durante a BRASILPLAST 2011, de 09 a 13 de maio, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

 Com o objetivo de firmar novas parcerias estratégicas, bem como consolidar a presença das empresas italianas no país, a iniciativa conta com a organização do ICE – Instituto Italiano para o Comércio Exterior, entidade ligada ao Ministério do Desenvolvimento Econômico da Itália, em parceria com a ASSOCOMAPLAST – Associação Italiana dos Fabricantes de Máquinas para Matéria Plástica e Borracha.

 O Pavilhão Italiano reúne 43 empresas líderes em seus setores de atuação, apresentando crescimento de 40% em sua área expositiva e 38% em relação ao número de participantes, comparado à edição anterior, em área expositiva de quase mil metros quadrados.

 Comércio Bilateral

O Brasil é o 5º maior mercado mundial de exportação italiana no segmento. Além disso, a Itália ocupa atualmente o 3º lugar entre os principais fornecedores de instalações para o mercado brasileiro, tendo quase duplicado, em 2010, o valor de suas vendas para o setor, chegando a quase 100 milhões de euros (versus 2009).

O setor na Itália

Em termos de faturamento e exportação, os fabricantes italianos de máquinas para matéria plástica e borracha, ocupam o segundo lugar, a nível mundial, com mais de 11% sobre o total, atrás da Alemanha. Equiparado tecnologicamente com o país europeu, a Itália apresenta a vantagem de oferecer uma melhor relação qualidade/preço, o que a torna mais competitiva, sobretudo em relação aos países mais orientados à produção de alta qualidade e valor agregado.

Em mais de 50 anos de atividade, o setor italiano passou por um constante processo de evolução, que lhe permitiu desenvolver uma indústria completa, com ampla gama de produtos: extrusoras mono e duplo parafuso, máquinas à injeção, máquinas para extrusão-injeção/sopro, máquinas para estampagem rotacional e linhas diversificadas de máquinas para espumas poliuretânicas rígidas e flexíveis, entre outros.

Destaque especial para o segmento de reciclagem (mecânica) de termoplásticos e borracha, com soluções que englobam a inclusão de matérias-primas de segunda-mão, que podem ser valorizadas e recolocadas no ciclo produtivo e instalações, máquinas e equipamentos que ofereçam soluções tecnológicas voltadas a processos de transformação sustentável e com menor impacto ambiental, como máquinas com reduzido consumo de energia, que também permitem a produção de artigos de plástico cada vez mais leves e com as mesmas características técnicas.

 O desenvolvimento da indústria italiana nos últimos anos

Os principais indicadores do setor mostram avanços positivos. Para a indústria italiana o balanço de 2010, em relação ao ano anterior, apresenta uma substancial retomada, superior às estimativas dos meses anteriores. O bom momento da indústria italiana é confirmado pelo incremento da produção de máquinas para a indústria do plástico e da borracha (+ 9,1%) em relação a 2009, com um valor de 3,6 bilhões de euros. Quanto às exportações, estas somaram, no mesmo período, 2,01 bilhões de euros (+ 9,7%)  e um saldo positivo na balança comercial de 1,4 bilhões, tendo como principais destinos Alemanha e China (dados ICE/ ASSOCOMAPLAST).

Entidades

 ICE – Instituto Italiano para o Comércio Exterior

(www.ice.gov.itwww.italtrade.com)

Instituição do Governo Italiano que, com uma rede de 117 escritórios espalhados por 87 países e outros 17 na Itália, promove os produtos, as tecnologias e os serviços italianos no mundo, dando particular atenção aos interesses e às necessidades das pequenas e médias empresas. Também trabalha para estimular o investimento direto no país e no exterior, bem como atrair investimentos estrangeiros à Itália.

 ASSOCOMAPLAST – Associação Italiana dos Fabricantes de Máquinas para Matéria Plástica e Borracha

(www.assocomaplast.org.it)

Associação que atua desde 1960, reunindo cerca de 170 importantes empresas italianas fabricantes de máquinas, equipamentos auxiliares e moldes para trabalhar matéria plástica e borracha, com o objetivo de promover, mundialmente, o conhecimento e a difusão da tecnologia italiana para a transformação da matéria plástica e da borracha.

Fonte:  RM Press