Posts Tagged ‘Aplicações em Transporte’

Plásticos Novel amplia portfólio e lança embalagens com proteção antimicrobiana

11/12/2020

As soluções são dirigidas aos setores alimentício, hospitalar e farmacêutico

Fabricante de soluções plásticas para os segmentos de transporte e logística de produtos, a Plásticos Novel investe em uma nova linha de soluções com proteção antimicrobiana. Segundo a empresa, o lançamento busca agregar mais segurança para os produtos e as respectivas cadeias de consumo nos setores alimentício, hospitalar e farmacêutico. De acordo com a fabricante, ensaios por ela realizados indicaram que as embalagens com a proteção antimicrobiana tiveram uma redução de até 99% na atividade de microrganismos.

A tecnologia utilizada é um produto contendo prata, fabricado por uma empresa brasileira, que é aplicado no momento da transformação do polímero, seja por extrusão, injeção, sopro etc. Segundo a Novel, o produto atua contra uma vasta gama de bactérias (gram positivas/ negativas), fungos e vírus.

“A pandemia da Covid-19 acentuou a necessidade de atenção à biossegurança, visando proteger a vida humana e o entorno dela. A decisão de lançar essa nova solução busca atender à necessidade dos clientes por embalagens mais seguras desde a origem do produto, como é o caso dos alimentos, favorecendo a qualidade de toda a cadeia produtiva”, explica a Coordenadora de Vendas e Marketing, Camila Chaves. Segundo a empresa, os segmentos hospitalares e farmacêuticos também são beneficiados com os lançamentos da Plásticos Novel, tornando a intralogística e a logística de medicamentos, vacinas e insumos mais seguros.

No transporte de animais vivos, a executiva detalha o exemplo das gaiolas plásticas (foto) para movimentação de aves. Mesmo com o processo de higienização nos abatedouros, as gaiolas sem proteção do produto à base de prata continuam com elevadas concentrações de microrganismos. Ao serem reutilizadas, acaba-se criando um ciclo de contaminação, oferecendo riscos na saída do produtor até a chegada ao abatedouro. “É importante observar que a gaiola e os demais lançamentos da Novel evitam que as embalagens disseminem a contaminação, levando-a para animais saudáveis. Caso um animal já venha contaminado, ele levará esses microrganismos consigo. Nós enfatizamos isso para que os clientes tenham clareza da segurança dos nossos produtos, no transporte de animais saudáveis, reduzindo os riscos de contaminação cruzada”, ressalta Camila Chaves.

De acordo com a Novel, a tecnologia foi homologado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Food and Drug Administration (FDA) e agrega mais segurança ao ciclo de vida das embalagens plásticas e retornáveis, sem comprometer a duração da vida útil ou os seus processos de reciclagem. Inicialmente, a Plásticos Novel disponibiliza mais de 10 soluções com a proteção antimicrobiana.

O produto atua nas superfícies e tem como base o metal prata. A principal vantagem, segundo a Novel, é que não há risco de tornar os contaminantes mais resistentes, como acontece com o uso dos antibióticos, por exemplo. A empresa explica que o mecanismo de ação do produto à base de prata nas células bacterianas ocorre em três frentes: causa a ruptura da membrana celular, a inativação enzimática e a não replicação do DNA (em inglês, Ácido Desoxirribonucleico – interrompendo os processos de alimentação e a reprodução dos microrganismos.

O fabricante afiram que as novas embalagens mitigam os riscos de contaminação no processo de logística e não fazem a remediação de um animal que saiu contaminado do produtor. Análises contratadas em laboratório pela Novel estimam que mais 600 microrganismos sejam banidos das superfícies com o uso desse ativo.

Com 40 anos de mercado, a Plásticos Novel fabrica soluções plásticas relacionadas ao transporte e logística de produtos. Com produtos destinados à movimentação e armazenagem de materiais, produz os mais diversos tipos de garrafeiras, caixas, paletes e contêineres que atendem empresas do segmento automotivo, agro alimentício, farmacêutico, de bebidas e indústrias em geral. A empresa conta com mais de 200 colaboradores nas suas três unidades fabris, localizadas nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul.

Curta nossa página no

Engcom lança tanque de transporte de vinhaça em compósitos durante a Fenasucro

02/08/2018

Especializada no desenvolvimento de projetos que envolvem o uso de materiais compósitos, a Engcom (Rio Claro, SP) escolheu a Fenasucro como plataforma de lançamento do seu tanque de transporte de vinhaça. Entre os dias 21-24/08, em Sertãozinho (SP), os profissionais do setor sucroalcooleiro conhecerão o tanque que promete tornar mais rápida, segura e eficiente a movimentação de vinhaça nas usinas.

O design limpo e moderno é um dos destaques do tanque desenvolvido – e patenteado – pela Engcom. Segundo a Engcom, seu formato de gota aumenta a estabilidade do transporte, pois o centro de gravidade é 235 mm mais baixo do que outros tanques do mercado. “Tal característica reduz consideravelmente os riscos de tombamento do veículo. Assim, as viagens podem ser feitas em tempo menor, evitando que a usina tenha que adquirir vários tanques para transportar a mesma quantidade de vinhaça”, explica Arnaldo Gatto, diretor da Engcom.

De acordo com a empresa, outra melhoria frente ao produto hoje disponível no mercado é o peso: o tanque da Engcom tem 500 kg a menos. “Isso se reflete diretamente no consumo de combustível e no desgaste dos pneus”. Com capacidade de 18 m³ até 36 m³, os tanques da Engcom podem ser acoplados a “cavalos” já utilizados pelas usinas para o transporte de vinhaça.

A Engcom afirma que, a despeito do peso menor, o tanque apresenta dimensionamento estrutural superior, ou seja, maior resistência mecânica. “Selecionamos matérias-primas de ponta, como tecidos multiaxiais, que melhoram a absorção dos esforços em diversas direções, e adesivos estruturais para a união de peças internas, que combinam maior robustez e redução de peso”, detalha. Por conta desse perfil, o tanque da Engcom está apto a transportar vinhaça concentrada, com densidade de 1,4 kg/m³, ultrapassando a capacidade de 1,05 kg/m³ do produto atualmente comercializado no Brasil.

Quanto aos aspectos comerciais do projeto, a Engcom irá licenciar empresas que têm capacidade técnica comprovada para a fabricação de equipamentos especiais de compósitos. “Uma vez licenciado, o transformador passará a usufruir de assistência técnica e, caso necessário, de consultoria da Engcom”. O primeiro a fechar negócio com a empresa chama-se UPR. Situado também em Rio Claro, está concluindo a fabricação do tanque que será exposto na Fenasucro.

A propósito da feira, Gatto trabalha com uma estimativa de negociar licenciamentos para a fabricação de, aproximadamente, 50 tanques de transporte de vinhaça. “Nossa expectativa é bem animadora, sobretudo porque o mercado de álcool e açúcar tem se mostrado bastante receptivo às características desse novo produto”, ele observa.

Além de lançar o tanque, a Engcom apresentará na Fenasucro os detalhes acerca do seu recém-inaugurado Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDTec). Trata-se de uma estrutura apoiada por softwares de modelagem, cálculos e ensaios que a empresa colocou à disposição dos transformadores de compósitos. “Começa como uma consultoria para terceiros. Uma vez que haja alguma interface com os objetivos da Engcom, podemos nos tornar parceiros dos projetos apresentados por meio da execução de memória de cálculo e protótipos, por exemplo”, conclui.

Fundada em 2014 na cidade de Rio Claro (SP), a Engcom é uma empresa especializada no desenvolvimento, avaliação, inspeção e gestão de projetos que envolvem o uso de materiais compósitos. Seus profissionais – engenheiros, economistas e administradores – somam décadas de experiência nos setores químico e petroquímico, cloro-soda, óleo e gás e sucroalcooleiro, entre outros.

SERVIÇO
26ª Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética (Fenasucro & Agrocana)
Quando: 21-24/08
Onde: Centro de Eventos Zanini (Sertãozinho, SP)
Engcom: estandes AC48 e C30

Fonte: Assessoria de Imprensa – Engcom

Curta nossa página no