Posts Tagged ‘Aparas de Plásticos’

UBE lança grades de poliamidas recicladas a partir de aparas industriais

13/10/2021

A UBE anunciou estar disponibilizando para o mercado brasileiro uma linha de poliamidas (PA) feitas a partir da reciclagem de aparas industriais (filmes). Os grades disponibilizados são:

  • r-UBE 01, obtido da delaminação de filmes coextrudados (100% PA6);
  • r-UBE 19, obtido da reciclagem mecânica de filmes, sendo uma mistura de PA6+ CoPA 6/6.6 e apresentado nas cores natural e colorido.

Segundo a empresa, os grades são ideais para a aplicação em monofilamentos para a produção de redes de pesca, tênis e sacolas. “Este lançamento está alinhado à estratégia de sustentabilidade da UBE que tem como pilares a criação da cultura da reciclagem do nylon (aparas industriais e pós consumo) e, agora, o uso de conteúdo reciclado em novos materiais, dentro do conceito de circularidade”, pontua Carolina Villela, executiva de Vendas da UBE.

O lançamento vai ao encontro da crescente demanda por materiais recicláveis e/ou com conteúdo reciclado, alavancada pela pressão do consumidor final. “Por isso mesmo, esperamos estender este conceito de conteúdo reciclado a outras linhas da UBE”, completa Carolina. Segundo a especialista, na área de filmes stretch e shrink, muito usados em embalagens secundárias, o conceito já está consolidado.

Esta mesma consolidação é vista na área de garrafas sopradas multicamadas, afirma a empresa. Neste caso, o nylon produzido com aparas industriais é usado para compor a camada de material reciclado, substituindo o PE (polietileno) na estrutura. Segundo a UBE, outra potencial aplicação é em filmes multicamadas para contenção de defensivos agrícolas, por oferecer menor permeabilidade a gases e melhorar a integridade dos filmes.

Especificamente na área de filmes para embalagem, recentemente a UBE anunciou que foi certificada pelo protocolo Recyclass, o qual atesta que filmes multicamadas, com até 15% de PA (poliamida) em sua estrutura, são recicláveis. “Na outra ponta, trabalhamos para disseminar a cultura da reciclagem do nylon, desmistificando preconceitos e provando que esta reciclagem é viável”, finaliza Carolina.

Fundada na cidade de Ube, província de Yamaguchi, no Japão, em 1897, a UBE mantém 11 mil colaboradores em todo o mundo e um portfólio global de produtos que se divide em: químicos, cimento e materiais de construção, máquinas, meio ambiente e energia, e farmacêuticos. Ao todo são três plantas de nylon – Japão, Tailândia e Espanha – que abastecem o mercado global. Cada planta possui o seu próprio centro de Pesquisa & Desenvolvimento. No Brasil, a operação da UBE existe desde 2010 e as vendas de Plásticos de Engenharia representam cerca de 20% da produção de Castellón – Espanha. O escritório brasileiro atende a toda América Latina, com ênfase a Brasil, Argentina, Chile, Peru, Colômbia e Equador.

Curta nossa página no