Posts Tagged ‘Alimentação’

Piovan destaca modernos dosadores gravimétricos e a nova linha de chillers compactos da Aquatech

13/07/2018

O destaque no estande da Piovan na Interplast será a solução de dosagem e mistura Quantum, a nova geração de dosadores gravimétricos por batch de alta precisão. De acordo com a Piovan, o Quantum é uma linha compacta, flexível e fabricada em aço inox, tendo sido patenteado pela empresa. A solução diferencia-se pela homogeneidade, troca rápida de material e simplificação das operações de limpeza, afirma a empresa, destacando que o Quantum é imune a vibrações e foi fabricado para suportar as possíveis vibrações provenientes das máquinas transformadoras, garantindo precisão da mistura, mesmo sob condições extremas. Com capacidade de produção de 70 a 800 kg/h, o Quantum oferece a mais recente tecnologia, eficiência energética e operacional em dosagem e mistura, garante o fabricante.

Outro destaque no campo da refrigeração industrial é a Slim, a nova geração de chillers da Aquatech, que, segundo a Piovan, combina capacidade de refrigeração, tamanhos reduzidos e elevada eficiência energética. Condensados a ar ou água e capacidade de refrigeração até 85.000 kcal/h, a linha Slim possui dois circuitos frigoríficos independentes, condensadores micro canal e bombas de alto rendimento. De acordo com o fabricante, a construção robusta, 100% em aço galvanizado, permite instalação em ambiente externo e atende a todos os requisitos de aplicação industrial.

Além dessas linhas em destaque, outras soluções e sistemas para manuseio, transporte e desumidificação de materiais também serão expostos. A linha completa de produtos abrange soluções para alimentação e transporte, secagem e desumidificação, dosagem e mistura, granulação, controle de temperatura, refrigeração de processos industriais, softwares de supervisão para controle da planta e instrumentação de análise. As soluções são aplicáveis a diferentes indústrias como preformas e garrafas PET, embalagens rígidas, peças automotivas, peças técnicas, soluções médicas, termoformagem e chapas técnicas, filmes flexíveis, tubos, perfis e cabos, fibras e cintas, reciclagem e compostos.

O Grupo Piovan atua no mercado plástico desde 1964, e se estabeleceu no Brasil em 1982. Ao longo os anos especializou-se em tecnologia para equipamentos auxiliares para os mais diversos processos de transformação de polímeros. No campo da refrigeração industrial, a Aquatech é a empresa do grupo especializada em soluções e sistemas industriais de arrefecimento para a indústria do plástico, alimentos e bebidas. Oferece equipamentos como chillers, dry coolers, termochillers, soluções integradas, grupos de bombeamento, além de acessórios e softwares. Nos últimos anos, a empresa tornou-se uma organização multinacional com sete fábricas na Itália, Brasil, Estados Unidos, Alemanha e China, 26 filiais e representantes em mais de 70 países.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Anúncios

Piovan apresenta novidades na Plastico Brasil

23/03/2017

A Piovan participa da Feira Plástico Brasil apresentando uma série de novidades. Entre elas o Easylink, a nova linha de estações de acoplamento automático para alimentação centralizada. O equipamento  oferece transporte automático da matéria prima plástica de forma eficiente e econômica, afirma a empresa.  As estações automáticas de acoplamento Easylink são totalmente construídas com tubos rígidos e componentes revestidos de cerâmica que garantem melhor desempenho, resistência ao desgaste e ausência de contaminação, assegura a Piovan. São projetadas para pequenas ou grandes capacidades de transporte. Com design vertical compacto, ocupa uma área bem pequena mesmo para o maior range (60 posições de entrada e saída).

No campo de dosagem a empresa está apresentando o Quantum, da nova geração de dosadores gravimétricos de precisão. Quantum é um misturador gravimétrico por batch, compacto e flexível. A fabricação é em aço inoxidável e, segundo a Piovan, oferece dosagem precisa, boa homogeneidade, troca rápida de material e operações de limpeza  simplificadas. Imune às vibrações, o Quantum foi projetado para suportar possíveis vibrações provenientes das máquinas transformadores, garantindo precisão da mistura, mesmo sob condições extremas, afirma a empresa. Com capacidade de produção entre 70 e 800 kg/h e projeto patenteado, representa um passo adiante em termos de tecnologia, eficiência energética e operacional em dosagem e mistura.

Umas das principais inovações, lançada na feira K em Outubro passado, será apresentada em primeira mão ao mercado Brasileiro: o Winfactory 4.0, um software de supervisão da Piovan para “smart factory”. Trata-se de um novo aplicativo preparado para a “Indústria 4.0”; um conjunto de procedimentos e tecnologias que faz a integração digital entre as estruturas de produção, distribuição e informação. A Piovan implantou este conceito com a evolução de seu software de controle e gestão de processos, criando redes de comunicação com capacidade de troca que permitem conexões entre as diversas partes do ecossistema tecnológico. Winfactory 4.0 é a solução da Piovan para evolução da indústria de transformação de plásticos.

No campo de refrigeração, Aquatech, empresa do Grupo Piovan dedicada à refrigeração de processos industriais, apresenta seus mais recentes desenvolvimentos e soluções de alta eficiência energética. Em destaque, a solução Flexcool, que oferece redução dos ciclos da máquina transformadora, composta pelo Aryacool, um dry cooler que é uma alternativa eficaz para as torres de refrigeração.  O Aryacool oferece inúmeras vantagens para o processo de resfriamento de água industrial. Com um processo inteligente através do resfriamento da água em circuito fechado, mantêm a limpeza da água de processo, sem desperdícios e reduz os custos operacionais, afirma a empresa; o termorefrigerador Digitempl integra funções de aquecimento, resfriamento e free-cooling. Com duas saídas independentes e temperaturas entre 6°C a 90°C, com condensação por água, estão disponíveis na versão mono e duplo circuito.

Outro destaque é a Slim, a nova linha de chillers compactos adequados para aplicações ao lado da máquina. Os chillers da série Slim combinam alta capacidade de refrigeração e tamanhos reduzidos com alta eficiência energética, afirma a empresa.

Fonte: Piovan

Curta nossa página no

Inovações da Conair em Sistemas de Manipulação de Materiais reduzem potencial de erro do operador

16/05/2015
Sistema MVP

Sistema MVP

Algumas vezes, os desafios mais difíceis em processos de fabricação resultam da fragilidade humana. Falta de atenção, dificuldades de linguagem, inexperiência – tudo isso pode levar a erros de avaliação e execução. Durante a alimentação de material plástico, um erro do operador pode fazer com que a resina errada seja enviada para um local de processamento errado, o que por sua vez pode levar a paradas na unidade, geração de refugo e até mesmo comprometimento do produto fabricado.

O Grupo Conair apresentou recentemente três sistemas novos e melhorados que, segundo a empresa, podem reduzir significativamente as possibilidades de erro humano. Exemplos de equipamentos de manipulação de materiais desenvolvidos pela Conair para ajudar a evitar erros do operador em sistemas de transporte de material incluem o sistema “Material Vision Proofing (MVP)” e o sistema “AutoResin Proofing”.

Sem fiação visível

O novo sistema invisível da Conair para Proteção de linhas de alimentação de resinas é patenteado pela empresa e se baseia em uma estação de seleção de resina convencional, mas usa uma tecnologia própria de detecção não-elétrica para confirmar se a fonte de resina correta está conectada ao destino selecionado.

“A indústria tem usado muitas abordagens diferentes para a proteção de linhas”, afirma Doug Brewster, Gerente da Conair para Transporte de Produtos. “Existem sistemas que utilizam sensores de proximidade, chips RFID e outras abordagens, mas todos eles têm uma desvantagem – eles envolvem uma fiação que pode ficar no caminho ou, pior, os fios podem se desconectar e, como isso, todo o sistema vai falhar. O sistema invisível de proteção de linhas é sem fio e, por isso, ele é extremamente rápido e muito confiável.”

Segundo a Conair, suas estações de seleção de resina são de fácil uso. Basta que os operadores conectem a mangueira da linha de material na porta apropriada no topo da mesa de seleção. Agora, o sistema de Proteção Invisível de Linhas a torna à prova de erros. Se uma conexão errada for feita, o controle não permitirá que a bomba de vácuo comece a transportar material. O Sistema de Proteção Invisível de Linhas é totalmente compatível com os controles de alimentação FLX e ELS da Conair.

Ver para crer

Há três anos atrás, a Conair introduziu o primeiro sistema “Material Vision Proofing (MVP)“. É um sistema exclusivo que utiliza tecnologia avançada de visão mecânica para fornecer validação 100% automática de que o material correto está sendo transportado para o destino certo. Em 2015, a Conair lançou a “Próxima Geração do MVP”, com câmera e mecanismo de movimentação atualizados, além de controles avançados para permitir uma operação simples.

Apesar de sua aparência “high-tech“, esta inovação da Conair é, segundo a empresa, mais simples e mais barata do que outras abordagens para eliminar erros do operador e evitar a contaminação do material em sistemas automáticos de  manipulação. Uma câmera motorizada é instalada em um trilho atrás de um manifold da Estação de Seleção de Resina da Conair. Ao gerar um novo Job, o operador escolhe a origem e o destino no sistema de manipulação de material padrão do tipo FLX ou ELS. Em seguida, uma animação no visor touchscreen colorido de 4 polegadas mostra exatamente onde a conexão correta é para ser feita. Não é necessário digitar instruções de texto. A interface é 100% gráfica, a fim de beneficiar trabalhadores com linguagem ou habilidades de leitura limitadas.

Antes de qualquer resina ser transportada, no entanto, a câmara de visão mecânica se desloca por trás da mesa seletora e se posiciona entre as fileiras de portas apropriadas, confirmando para o controle do sistema de manipulação de material que as conexões corretas foram feitas. Só então, depois da câmara ter verificado as conexões, o controle vai permitir que o material comece a ser movimentado. Todo o processo de validação leva apenas alguns segundos para ser concluído. Enquanto o mesmo Job estiver sendo executado, a câmera periodicamente irá verificar se não foram feitas mudanças nas conexões.

Simples e automático

Sistema "AutoResin Selector"

Sistema “AutoResin Selector”

O novo Seletor automático “Conair AutoResin” é um sistema servo-dirigido que pode fazer conexões de dutos entre até 20 fontes de resina (silos, etc.) e 20 destinos (máquinas de processamento, secadores, etc.) e opera com os mais recentes sistemas de controle de manipulação de materiais.

Portas de conexão estão localizados em duas mesas giratórias, uma delas ligada às fontes de material e a outra ligada aos destinos. Quando o sistema de controle de manipulação pede material, os servo-motores movimentam as duas mesas giratórias até que a fonte de material especificada esteja alinhada com a sua porta de destino. Em seguida, é feita uma conexão via tubulação entre as duas e o deslocamento do material pode começar. As superfícies de contato com o material são em aço inoxidável; nenhuma mangueira flexível é necessária; e, segundo a Conair, é mais simples e mais confiável do que estações de válvulas.

O Seletor AutoResin também é expansível. As seções de válvulas são empilháveis, horizontalmente ou na vertical, de modo que duas ou mais podem ser agrupadas em conjunto para aumentar a capacidade.

Fonte: Conair

Curta nossa página no

Durante a Feiplastic, Piovan apresentou inovações na dosagem de líquidos e transporte de pós

16/05/2015

Feiplastic_PiovanCom nova identidade corporativa desde Outubro de 2014, a Piovan trouxe para a Feiplastic novidades no campo de dosagem para líquidos e transporte de pós. Na área de dosagem volumétrica, foi apresentada a nova linha de Dosadores da Série LDV, desenvolvida exclusivamente para dosagem de masterbatch líquido. A tecnologia de dosagem líquida atinge altos níveis de concentração de masterbatch, gerando excelentes resultados tanto em homogeneização como em economia do processo fabril. Com capacidade entre 0.04kg/h a 2.9kg/h, os dosadores líquidos da Piovan oferecem um processo limpo, sem desperdícios, de fácil operação e compatível com todos os polímeros, segundo a empresa.

Na área de alimentação e transporte para resinas em pó, a Piovan destaca os Alimentadores da Linha FG Series, ideal para compostos de PVC. Com capacidade para até 2.000 kg/h, são extremamente flexíveis devido à sua construção modular e podem operar de maneira individual ou fazer parte de uma sistema centralizado de alimentação e transporte à vácuo.

No campo de alimentação para grânulos, o Pureflo, uma nova geração de alimentadores sem filtro, com design exclusivo e pantenteado pela Piovan, elimina a necessidade da manutenção padrão do funil alimentador (limpeza do filtro) e melhora ainda mais a capacidade de transporte de todo o sistema, afirma a empresa.

Oferecendo mais opções que possam contribuir com a melhoria de processos dos clientes, a empresa apresentou também a linha de Detectores e Separadores de Metal da Alemã S+S, que está distribuindo com exclusividade para todo o mercado de Transformação de Plástico pela Piovan.

A grande novidade ficou por conta da Aquatech, a nova empresa do Grupo, que foi estabelecida no início deste ano, focalizando-se totalmente em Refrigeração Industrial. A Aquatech apresentou sua linha de Chillers de alta eficiência energética, a nova Série SCA que tem capacidade de refrigeração de 49.000 kcal/h e utiliza gás refrigerante eco-compatível R410a, além da linha de Chillers compactos e os Dry Coolers adiabáticos de alto rendimento.

Durante a Feiplastic, os produtos Piovan puderam ser vistos em funcionamento em stands de empresas parceiras como Romi, Haitian, Engel, Pavan Zanetti, Nissei ASB, TSong Cherng, BMB, Multipack e Robel.

Fonte: Piovan; Foto: Reed Exhibitions Alcântara Machado

Curta nossa página no

Motan apresenta Sistemas de Automação e Manipulação de Resinas durante Feiplastic

16/05/2015

Durante a feira, a MOTAN-Colortronic expôs toda a sua gama de soluções para aplicações de processamento de plásticos. A linha de produtos apresentada compreende toda a linha de Automação e Manipulação de Materiais Plásticos e Pós, desde os equipamentos para Compounding das resinas, passando pela Armazenagem, Distribuição, Desumidificação e Dosagem dos materiais.

Melhorando a dosagem com o MINIBLEND V

Feiplastic_motan_ChinaplasRecentemente lançada, a unidade volumétrica de dosagem e mistura MINIBLEND V oferece, segundo a MOTAN, uma excelente qualidade de mistura e dosagem exata de forma consistente. Montada entre o funil da da máquina e a garganta de alimentação da máquina de processamento de plásticos, a unidade necessita de muito pouco espaço. Segundo a motan, a dosagem por disco com o MINIBLEND V oferece uma medida real do volume que garante uma precisão de dosagem muito alta – até mesmo para quantidades de dosagem muito pequenas. Estão disponíveis três discos de tamanhos diferentes, bem como módulos de dosagem feitos de materiais como aço inoxidável ou vidro, além de discos especiais resistentes ao desgaste para materiais duros e abrasivos. A troca de módulo é rápida e fácil e, portanto, permite mudanças de cor rápidas. O MINIBLEND V é projetado para dosar materiais de fluxo livre e normal, além de micro-lotes. A unidade pode ser operada pelos controles volumétricas MOTAN VOLU MC ou VOLUnet MC, que estão equipados com uma interface Ethernet.

O grupo MOTAN é um provedor líder global de unidades e sistemas periféricos para o manuseio de materiais plásticos. É uma empresa multinacional conhecida com mais de 60 anos de história e sua sede localizada na Alemanha. A empresa tem uma rede de vendas e serviços em todo o mundo. No Brasil, a motan possui fábrica própria em Piracicaba (SP).

Fonte: Assessoria de Imprensa – Motan

Curta nossa página no

Conair destaca sistema de secagem / transporte móvel na Feiplastic 2013

15/05/2013

feiplastic

Logo-ConairUm dos maiores fornecedores  globais de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos, o grupo Conair apresentará na Feiplastic um sistema de secagem/transporte móvel, misturadores gravimétricos, equipamentos de transporte de resina, de transferência de calor e granuladores acoplados a máquinas.

Destaque para o sistema de secagem/transporte móvel MDCW-25, que pode ser utilizado por processadores de plásticos que desejam mudar a capacidade de secagem de polímeros de uma célula de fabricação para outra.

Imagem-ConairOs sistemas MDCW são compostos de um eficiente secador Carousel ® Plus e um transportador, coletor de pó e reservatório de vácuo para alimentação direta – transportando materiais secos para a zona de alimentação da máquina.

A montagem é feita de forma segura e conveniente – em um carrinho com rodas -, a fim de que a preparação, secagem do lote, limpeza e manutenção possam ocorrer remotamente sem gastar tempo valioso de máquina ou exigir a subida do operador na máquina.

O MDCW-25 a ser exposto na Feiplastic  é um entre sete modelos diferentes com capacidade nominal de saída variando entre 6 a 150 kg/h. Os secadores usam um dessecante à base de peneira molecular, em um disco que gira continuamente para gerar ar de secagem com ponto de orvalho de -40° C e temperatura até 90°C.

Outras novidades

Além dos sistemas de secagem MDCW, a Conair vai expor uma ampla variedade de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos:

Equipamento de transporte de resina – incluindo os modernos reservatórios e carregadores Access, que contém uma moega angulada exclusiva para facilitar a limpeza e manutenção e uma abertura de descarga superdimensionada para evitar a aglomeração de materiais.

Serão expostas duas unidades completas com seus motores a vácuo, além de um modelo de alimentação direta para uso em um sistema de transporte de vácuo central.

Misturadores gravimétricos TrueBlend™ – representados pelo TB-100-4, que oferece capacidade de produção de até 181 kg/h. Os misturadores TrueBlend estão disponíveis em diversos tamanhos, com capacidade máxima de saída até 5443 kg/h e precisão de ±0,5% do ponto de ajuste do peso de corantes e aditivos. Seus controles são intuitivos e fáceis de usar, com uma tela de LCD sensível ao toque, contendo gráficos coloridos. Todos os pontos de ajuste são exibidos simultaneamente. Os operadores simplesmente digitam as porcentagens da mistura na tela sensível ao toque e o sistema pesa automaticamente os ingredientes na sequência correta e mantém a proporção desejada da mistura.

Equipamentos de transferência de calor – serão expostas duas unidades de controle de temperatura de molde, montadas uma sobre a outra, o que minimiza a necessidade de espaço no piso. Dois níveis de controle diferentes serão exibidos: o mais simples – o controle TW-Plus – possui indicação de leitura alfanumérica de grande porte e a opção de controlar a temperatura tanto com base na temperatura da água para o processo, como na temperatura da água de retorno ou pela média das duas temperaturas. O controle TW-1 que oferece um display maior e um pacote opcional de comunicação de dados. As duas unidades possuem bombas de alta eficiência, aquecedores fabricados com Incoloy e garantia de 3 anos.

Granuladores acoplados a máquinas – possuem um motor de baixa rotação e alta eficiência energética, um projeto avançado de câmara de corte e facas em rotor escalonado. O modelo NCR 614S exposto foi projetado para operação silenciosa, máxima potência de corte e capacidade de saída de até 91 kg/h para alimentação de múltiplos canais, passagem e pequenas peças por robô ou via manual.

Sobre o Grupo Conair: O Grupo Conair ( http://www.conairgroup.com ) é um importante fornecedor global de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, incluindo sistemas de secagem de resina, misturadores, alimentadores e sistemas de transporte de materiais, equipamentos de controle de temperatura e granuladores. A Conair é uma companhia internacional, com operações de longa data na Europa, Ásia e América do Sul. Suas soluções para extrusão incluem sistemas de controle de linha, sistemas de reciclagem de filmes e rebarbas de extrusão de tubos e perfis.

Fonte: Interativa Comunicação

Curta nossa página no