Posts Tagged ‘Álcool Gel’

BASF inicia produção de espessante para álcool em gel em Guaratinguetá

08/05/2020

  • A solução, que confere viscosidade ao álcool em gel era produzida e importada da Alemanha e agora passa a contar também com a produção local
  • A companhia tem apoiado ações de empresas parceiras para doação a instituições de saúde e comunidades

A BASF já está produzindo, no Complexo Químico de Guaratinguetá, o Luviset 360, matéria-prima que atua como espessante na fabricação de álcool em gel e até então era produzida e importada da Alemanha. Isso decorre de um aumento expressivo no consumo do produto para assepsia, que tem sido um importante aliado no combate ao novo coronavírus. O espessante produzido pela companhia é uma dispersão aquosa de copolímero acrílico que confere viscosidade à formulação.

“O aumento repentino de demanda por álcool em gel, por conta da emergência sanitária, causou escassez de espessantes no mercado. Por isso, buscamos em nosso portfólio a melhor alternativa que entregasse viscosidade a formulações de álcool em gel e que pudesse ter disponibilidade imediata”, explica Tatiana Kalman, vice-presidente de Care Chemicals da BASF para a América do Sul. “Acreditamos que a indústria química tem um papel essencial nesse momento de crise, pois temos produtos, soluções, tecnologias e serviços que atendem indústrias de extrema relevância no combate ao Covid-19, incluindo o setor de produtos de cuidados pessoais, higiene e limpeza”, considera.

O Luviset já fazia parte do portfólio para cuidados pessoais, usado para diferentes finalidades cosméticas, e atende aos requisitos previstos nas Listas de Substâncias estabelecidas pela ANVISA para a Regularização de Produtos Cosméticos, assim como a avaliação toxicológica garantindo o perfil de segurança do produto. Para apoiar os fabricantes, junto a alternativa da matéria-prima, a equipe técnica da BASF desenvolveu uma proposta de formulação para o produto acabado.

Recentemente a empresa também lançou a plataforma We Care (https://we-care.basf.com.br/wecare-home), para compartilhar informações sobre formulações e produtos que auxiliam no combate ao coronavírus, direcionado a diferentes indústrias.

Engajamento social

O momento de crise que o mundo inteiro compartilha vem gerando exemplos de solidariedade e cooperação entre as pessoas e empresas. As ações preventivas de higiene estão entre as principais frentes para impedir a disseminação do vírus. A BASF aderiu às ações humanitárias de clientes e parceiros, doando insumos para produção de álcool em gel, além de produtos de higiene e limpeza para hospitais, serviços de saúde e comunidades. “O último mês demonstra que somente juntos podemos vencer a crise”, considera Tatiana.

Com a doação do espessante para a produção de álcool gel a empresas parceiras, já foram produzidas toneladas do antisséptico que estão sendo destinados por essas companhias a pessoas em vulnerabilidade social, governo e às redes públicas de saúde. “Ficamos satisfeitos em poder contribuir com nossos clientes em ações tão importantes. Mais do que nunca, é fundamental estar junto de nossos clientes e parceiros para conseguir atender as atuais demandas com agilidade e segurança”, explica Renata Oki, diretora de Personal Care da BASF para a América do Sul.

Curta nossa página no

Clariant inicia produção mensal de 2 milhões de litros de desinfetante à base de álcool na Alemanha para apoiar instituições vitais durante o surto de Covid-19

28/04/2020

  • O estado da Baviera pretende fornecer um total de 10 milhões de litros nos próximos três meses a hospitais regionais e outras instituições vitais
  • A Clariant produzirá 2 milhões de litros de desinfetante mensalmente, representando quase dois terços do total mensal
  • Produção a ser realizada em cooperação com a CropEnergies, outros parceiros e o Estado da Baviera

A Clariant anunciou no início do mês a produção mensal de 2 milhões de litros de desinfetante em suas instalações em Gendorf, na Alemanha. Esse desinfetante é então repassado, diretamente ou via parceiros de reembalagem, para hospitais regionais e outras instituições vitais da Baviera, que atualmente enfrentam disponibilidade limitada deste produto crítico durante o surto de COVID-19.

Em suas instalações em Gendorf, a Clariant pode usar sua infraestrutura disponível para misturar os ingredientes necessários para a produção do desinfetante em larga escala. Isso permite que a empresa atenda a cerca de dois terços da demanda-alvo mensal do Estado da Baviera, que necessita da produção de um total de 10 milhões de litros de desinfetantes a serem produzidos nos próximos três meses. Os custos associados a este programa são financiados por um fundo de crise criado pelo Estado da Baviera. A Clariant ofereceu sua contribuição a preço de custo.

“Em momentos como este, é vital que todos, sejam indivíduos ou empresas, contribuam de todas as formas possíveis para reduzir a propagação do vírus. Nós da Clariant temos a capacidade de oferecer suporte àqueles que trabalham duro para proteger a todos nós. Portanto, nossos funcionários agiram de forma decisiva para garantir que isso fosse feito ”, afirmou Hans Bohnen, diretor de operações da Clariant.

Para realizar a produção de tais volumes grandes de desinfetante, a Clariant cooperou com várias outras empresas. O ingrediente principal, etanol de fontes renováveis, foi fornecido pela CropEnergies AG. Suas instalações em Zeitz, na Saxônia-Anhalt, uma dos maiores unidades de produção de etanol renovável da Europa, produz o etanol e o envia para a Clariant em Gendorf. Para esse processo, o apoio foi fornecido por vários parceiros de logística e infraestrutura. Após a inspeção e aprovação, o etanol é então misturado com outros ingredientes nas instalações de produção da Clariant para produzir o desinfetante, em conformidade com um padrão oficial da Organização Mundial da Saúde (OMS). Após a conclusão, o desinfetante é colocado em grandes containeres. Outras empresas parceiras fazem o retalhamento do desinfetante e o acondicionamento em embalagens menores de tamanhos adequados, variando de 1 a 1.000 litros, após o que o produto é distribuído para hospitais regionais e outras instituições vitais.

Graças a todas essas contribuições, foi possível dar suporte às autoridades da Baviera e estabelecer, em um curto prazo, uma cadeia de suprimentos de grandes proporções e estável para a produção de desinfetantes. O total de 10 milhões de litros representa aproximadamente 750 ml. desinfetante para todos os residentes da Baviera.

Stephan Trautschold, chefe de operações dos negócios de especialidades industriais e de consumo da Clariant, acrescentou: “Ser capaz de estabelecer a produção de quantidades tão grandes de desinfetante tão rapidamente é uma grande conquista. Juntos, podemos fazer a diferença, apoiando os necessitados. ”

Curta nossa página no

Greif e Campo Limpo se unem à Dow para viabilizar envasamento de álcool em gel para doação em São Paulo

27/04/2020

Dow irá doar mais de 25 toneladas de álcool em gel a cinco cidades paulistas

Com o objetivo de auxiliar a população no combate à proliferação da Covid-19, a Dow readequou as linhas de produção de sua unidade em Hortolândia (SP) para a fabricação de álcool em gel, que será doado a hospitais públicos e unidades de saúde do estado de São Paulo. Para esta iniciativa, a empresa trabalhou em conjunto com parceiros engajados na luta contra o novo coronavírus.

Para a conservação do produto, ou seja, para as embalagens, a Dow contou com dois parceiros estratégicos: a Greif, fornecedora de embalagens industriais, e a Campo Limpo, fornecedora de tampas fabricadas com material reciclado.

A Greif, cliente e fornecedora global da Dow, teve um papel importante nesse projeto ao doar para o envasamento do álcool em gel 3,4 mil embalagens que inicialmente teriam uma destinação diferente, mas que foram aprovadas pelos órgãos reguladores,

O trabalho de aprovação das embalagens foi intenso, pois elas normalmente são utilizadas para outras finalidades, como a armazenagem ou transporte de produtos químicos e lubrificantes, por exemplo. Mas, devido à sua versatilidade e resistência, as embalagens conseguiram ser aprovadas em tempo recorde, para o uso emergencial. O produto será disponibilizado em bombonas plásticas, produzidas com polietileno de alta densidade (PEAD), seguindo as exigências e recomendações do INMETRO.

“Mais do que nunca, numa crise, foi possível ver que as grandes colaborações mostram os valores que unem parceiros. A Dow só consegue atingir suas ambições graças a esses parceiros, clientes, fornecedores e órgãos reguladores, que caminham juntos por um bem maior. Isso nos mostra que, quando há união, os resultados são ainda melhores”, afirma Sabine Rossi, Gerente de Desenvolvimento de Mercado da Dow no Brasil.

Já a Campo Limpo, localizada em Taubaté (SP), irá fornecer todas as tampas das embalagens seguindo as especificações de desempenho necessárias. As tampas produzidas pela companhia são feitas com RPC (resina pós-consumo) 100% reciclado e garante a segurança contra vazamentos no manuseio e no transporte.

União em prol de um único objetivo

Como o álcool em gel não faz parte do portfólio da Dow, foi necessário ainda que a companhia readaptasse sua fábrica de Hortolândia (SP), a qual originalmente fabrica silicones, e contasse com o esforço conjunto de diversas unidades de negócio da companhia, além da colaboração de clientes e fornecedores, para viabilizar a produção na unidade.

O objetivo da Dow é distribuir 25 toneladas de álcool em gel (30 mil litros na conversão do produto), para as cidades paulistas de Campinas, Guarujá, Hortolândia, Jacareí e Jundiaí. O material será destinado para nove hospitais públicos, 18 unidades de Pronto Atendimento (UPAs), 185 Unidades de Saúde (UBS) e quatro Centros de Atenção Psicossociais (CAPS), o que vai abastecê-los por três meses. A doação será feita por meio do Governo do Estado de São Paulo.

A companhia conta ainda com a colaboração de outras empresas. O Grupo Cesari fornecerá o transporte do etanol para a fábrica de Hortolândia e fará a limpeza do tanque que realizará o transporte. A Intertank, especializada em tanques de pequeno e médio portes, emprestará os contêineres metálicos para fracionar o etanol que ficará armazenado na fábrica de Hortolândia. O transporte para os locais indicados pelas secretarias de Saúde das cidades contará com apoio do Grupo Toniato.

A empresa de logística EBMAC, com sede em Cambé, no Paraná, se encarregará do transporte das embalagens para a fábrica de Hortolândia; e a Transbueno, do Grupo Bueno, localizada em Jacareí, São Paulo, fará a retirada e entrega das tampas da embalagem em Hortolândia, local da fabricação do álcool em gel. A distribuição será viabilizada via secretarias de Saúde de cada localidade.

A Greif conta com mais de 140 anos de existência e produz embalagens industriais de aço, plástico, fibra, flexíveis, corrugadas, recondicionadas, IBCs e acessórios para embalagens

A Campo Limpo é pioneira na produção de embalagens que usam plástico reciclado oriundo de logística reversa das embalagens vazias de defensivos agrícolas (Sistema Campo Limpo) e produz também um sistema de vedação de alta desempenho.

Curta nossa página no

Na França, Sidel fornece garrafas para álcool em gel a estabelecimentos de saúde locais

27/04/2020

Na luta contra a Covid-19, a Sidel transformou seu centro para desenvolvimento de embalagens PET e soluções de sopro na França em um centro de produção para a fabricação excepcional de garrafas para gel hidroalcoólico. Um primeiro lote de 5.000 garrafas plásticas de PET para o produto antisséptico já foi fornecido ao Hospital de Dijon, e um segundo foi distribuído para farmácias e hospitais da cidade de Le Havre, Normandia.

Na França, assim como em qualquer outro lugar no momento, há grande demanda por gel hidroalcoólico para desinfecção. Assim, o governo francês fez um apelo geral pedindo auxílio quanto à produção desse artigo atualmente em escassez. Várias indústrias bem como hospitais têm atendido ao apelo e estão produzindo o gel. Mas os estabelecimentos de saúde têm enfrentado dificuldades para distribuí-lo aos funcionários, visto que ele tem sido produzido em frascos grandes.

“Com habilidades colaborativas e trabalho ágil e criativo, nossos funcionários engajados conseguiram transformar nosso centro de excelência em um pequeno centro de produção em apenas dois dias”, revela Vincent Le Guen, Vice President Packaging da Sidel. Um primeiro pedido foi recebido do Hospital de Dijon em meados de março, solicitando frascos de tamanho menor para acondicionamento do gel hidroalcoólico. A empresa respondeu rapidamente e encontrou as matérias-primas e parceiras certas para produzir as garrafas, que são fabricadas usando um molde de 500 ml que a Sidel já tinha, preformas fornecidas por uma importante empresa de bebidas e tampas esportivas fornecidas por uma fabricante de tampas. A tampa esportiva permite controlar o fluxo do gel e mantê-lo seguro. Em uma semana, as primeiras 5.000 garrafas PET já foram enviadas ao Hospital de Dijon.

Enquanto isso, outras iniciativas similares foram instauradas. “Entramos em contato com um deputado na Normandia e conversamos sobre como a Sidel poderia dar apoio às instituições de cuidado à saúde locais nessa época desafiadora. O deputado nos informou que farmácias também estão tendo dificuldades na distribuição do gel. Assim, além da garrafa de 500 ml para os hospitais, projetamos rapidamente um formato menor, de 200 ml, que é mais prático para o uso individual e distribuição nas farmácias locais. Ao todo, mais de 1.000 garrafas foram entregues às farmácias locais em 1º. de abril, todas 100% recicláveis e potencialmente recarregáveis após esterilização”, prossegue Vincent.

A Sidel tem priorizado suas atividades e tomado posição no sentido de usar os recursos disponíveis para apoiar a comunidade. Normalmente, o laboratório em Octeville-sur-Mer é um centro de desenvolvimento de embalagens dedicado a auxiliar os clientes da Sidel com suas consultas em relação a opções e viabilidade de design de embalagens PET. A unidade geralmente não é reservada para produção industrial.

“Essa iniciativa é um gesto de solidariedade aos nossos profissionais da saúde. Vai nos ajudar a fazer a diferença em vencer a escassez de suprimentos que surgiu devido à situação atual”, acrescenta Vincent. “A flexibilidade sempre foi destaque em nossas soluções e serviços. Ao trabalhar nesse modo, nossa capacidade de produção semanal é de até 20.000 garrafas, e podemos atender a mais solicitações desse tipo. A Sidel faz um apelo à generosidade de qualquer parceiro comercial em fornecer mais preformas e tampas para manter a continuidade da atividade. Além disso, também estamos preparados para apoiar outras empresas que precisariam de moldes para produzir garrafas em suas linhas de envase, desejando assumir responsabilidade adicional na luta que todos temos contra o vírus”, conclui.

Os funcionários da Sidel estão prontos para produzir várias dezenas de milhares de garrafas para álcool em gel a fim de atender às necessidades locais nas próximas semanas tanto quanto for preciso.

Curta nossa página no