Posts Tagged ‘2o. Trimestre’

Piovan exibe novidades em equipamentos para transformação de polímeros na Interplast 2016

10/07/2016

Piovan_Interplast

Durante a feira,  a Piovan dará destaque aos equipamentos da linha de Refrigeração da Aquatech e novidades na linha de alimentação e transportes.

A Aquatech – nova empresa do Grupo estabelecida no ano passado, focalizada totalmente na Refrigeração Industrial – apresentará o SLIM, da nova linha de Chillers. Segundo a Piovan, o equipamento possui alta eficiência energética, com capacidade de refrigeração até 49.900 kcal/h e gás refrigerante eco-compatível R410a.

Outro destaque será o DigitempL, o novo Termochiller de alto desempenho. De acordo com a empresa, o DigitempL é projetado para oferecer redução de ciclos da injetora ou sopradora e conta com até duas saídas independentes e temperaturas de 6°a 90°C.

Já na área de alimentação e transporte de grãos a novidade é o Pureflo, nova geração de alimentadores sem filtro, com design exclusivo patenteado pela Piovan. O produto elimina a necessidade da manutenção padrão do funil alimentador (limpeza do filtro) e melhora ainda mais a capacidade de transporte de todo o sistema, afirma a Piovan. É ideal para instalação em locais de difícil acesso.

Além dos alimentadores para grãos, a Piovan mostrará o Alimentador da Série FG para resinas em pó, indicado para compostos de PVC com capacidade para até 2.000 kg/h. Os visitantes verão também uma exibição de dosadores volumétricos e gravimétricos, desumidificadores e controladores de temperatura.

O Grupo Piovan atua no mercado plástico desde 1964. No Brasil, estabeleceu-se em 1982, especializando-se ao longo dos anos em tecnologia para equipamentos auxiliares para os mais diversos processos de transformação de polímeros.

A Interplast tem em média 550 marcas expositoras apresentando novidades dos mais variados setores como máquinas, equipamentos, transformadoras, ferramentarias, embalagens, matérias-primas, periféricos, design e serviços. Realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil, a 9ª edição tem o apoio da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Paralelamente ao evento acontecem a 3ª Euromold Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – o Cintec 2016 Plásticos – Congresso da Inovação Tecnológica e a Rodada de Negócios.

Serviço
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.euromoldbrasil.com.br
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Anúncios

Solvay divulga resultados do segundo trimestre de 2015

06/08/2015

Lucro líquido ajustado do grupo foi de 143 milhões de euros no trimestre

O Grupo Solvay obteve um faturamento de 2,675 bilhões de euros no segundo trimestre de 2015, registrando um crescimento de 4,2 % em relação ao mesmo período do ano passado, segundo anúncio feito  me 29/07 pela companhia. O REBITDA – lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização – subiu 8,1% no período, alcançando 500 milhões de euros. O lucro líquido ajustado no segundo trimestre de 2015 foi de 143 milhões de euros.

No primeiro semestre de 2015, as vendas do Grupo Solvay alcançaram 5,322 bilhões de euros, com um crescimento de 5,3% em relação ao primeiro semestre de 2014. O REBITDA subiu para 1,002 bilhão de euros— elevação de 10% em relação ao mesmo período do ano passado. O lucro líquido ajustado dentro das normas IFRS foi de 265 milhões de euros.

Segundo Jean-Pierre Clamadieu, CEO do Grupo Solvay, a amplitude do portfólio da empresa e as iniciativas de excelência operacional contribuiram para o crescimento dos resultados, apesar da fraca demanda persistente nos mercados de petróleo e gás e de cabo de acetato de celulose. “Muitas das nossas unidades globais de negócios entregaram um desempenho robusto, impulsionado pela inovação, particularmente na área de Materiais Avançados, bem como tivemos no período um pricing power em todo o nosso portfólio”, acrescentou Clamadieu.

O Grupo Solvay continua confiante de que gerará um crescimento sólido do seu REBITDA em 2015, a despeito das incertezas que permanecem em diversos mercados.

Fonte: Assesoria de Imprensa – Solvay

Curta nossa página no