Archive for the ‘Utilidades Domésticas’ Category

Dart do Brasil reduz consumo energético com uso de resina Maxio da Braskem

24/08/2017

Solução da Braskem oferece maior eficiência e competitividade ao mercado transformador

A Braskem avança em mais uma parceria com clientes ao homologar e fornecer nova resina de Polipropileno (PP) para a Dart do Brasil, fabricante da marca Tupperware®. Segundo a Braskem, o polímero RP 340R faz parte da linha Maxio® e oferece maior índice de fluidez e eficiência, além de ganhos ambientais, gerando resultados, como aumento de produtividade e redução nos custos energéticos.

Com o acompanhamento técnico e o foco nas demandas do cliente, a Braskem busca oportunidades para oferecer resinas mais eficientes. “A mudança possibilitou um aumento de mais de 10% no ciclo de produção e uma redução no consumo energético que superou os 7%, ampliando de forma significativa a competitividade do cliente, sem a necessidade de um investimento em novos equipamentos de injeção”, afirma Arinaldo Zanotta, Engenheiro de Aplicação da Braskem.

O uso da resina Maxio® foi aplicado à aproximadamente 80% da linha de produtos da Dart, que conta mais de 40 injetoras em seu parque fabril no Rio de Janeiro. A empresa aprovou a resina em testes no Centro de Tecnologia da Tupperware na Bélgica, o que permitiu a sua homologação no Brasil e também na Europa, viabilizando seu uso global. “Esse é um grande passo. Com essa aprovação, podemos comercializar a resina para todas as unidades da Tupperware no mundo”, destaca Jefferson Bravo, Gerente de Contas da Braskem.

Linha Maxio®

Segundo a empresa, o selo Maxio® indica as resinas ecoeficientes do portfólio da Braskem que proporcionam aos clientes redução do consumo de energia, maior produtividade no processo produtivo e redução de peso do produto final, o que garante mais eficiência e, consequentemente, ganhos ambientais. Os benefícios são obtidos graças à evolução contínua das resinas, preservando ou melhorando propriedades mecânicas, químicas e óticas de produtos acabados.

Fonte: Braskem

Curta nossa página no

Anúncios

Plasvale espera fechar o ano com capacidade produtiva de cinco mil toneladas

14/07/2017

Com projeções positivas, o setor de plásticos espera bons resultados como aumento de vendas e de produção para este ano, segundo pesquisa divulgada pela Associação Brasileira da Indústria do Plástico. Seguindo esse caminho, a Plasvale, uma das maiores empresas de utilidades domésticas do país e que completa 40 anos de fundação em setembro, planeja produzir cinco mil toneladas de produtos até dezembro. “Investir no cliente é nossa estratégia para estes tempos difíceis, onde a personalização de produtos e apostas seguindo as tendências da moda internacional são nossas diretrizes para aquecer as vendas e acelerar a produção”, revela o diretor presidente, Jonas Miranda.

Dentre os mais de 500 produtos, as lixeiras, os potes decorados e os produtos de utilidade para mesa e cozinha estão entre os carros-chefes da marca. Os destaques estão com a família Biovita, produzido há mais de 30 anos pela empresa, e a linha Cristal, tendência que imita vidro e que caiu nas graças dos consumidores. “A linha Cristal é uma linha única e diferenciada no mercado. Foi lançada em 2015 e é um grande sucesso pela imitação do vidro. Este ano, a novidade desta linha é a edição candy, com novas cores. É uma das nossas apostas de mercado”, comenta.

O parque fabril  fica na cidade de Gaspar (SC) com (foto)mais de 16 mil metros quadrados e cerca de 500 colaboradores, mas a empresa atua em todo o território brasileiro e em mais de 25 países, localizados na América do Sul, América Central, Caribe e América do Norte. Dentre os principais países compradores estão Cuba, Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Panamá.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Plasvale

Curta nossa página no

Eastman apresentou casos de sucesso em plásticos especiais e plastificantes na Feiplastic 2015

16/05/2015

Philips, Walita e Martiplast são os cases em copoliéster apresentados durante o evento

Feiplastic_EastmanA Eastman Chemical Company – empresa global de especialidades químicas – apresentou dois importantes segmentos de seu portfólio na Feiplastic 2015: Plásticos Especiais, com os casos de sucesso da Philips Walita e da Martiplast; e toda a sua linha de plastificantes, destinados a diversas aplicações.

O Eastman Tritan esteve entre os produtos apresentados durante o evento. Os copoliésteres, livres de bisfenol-A,  se destacam por sua durabilidade, transparência, resistência e segurança, afirma a empresa. Na Europa, o uso de Bisfenol-A é proibido em mamadeiras para bebês e alguns países proibiram ainda seu uso em plásticos utilizados em contato com alimentos.

Por isso, diversos fabricantes têm escolhido o copoliéster para produzir artigos domésticos. A OU, empresa do Grupo Martiplast, foi pioneira ao adotar o Tritan, em sua linha Alta Resistência para fins profissionais no Brasil. Composto por 19 itens, o portfólio conta com copos, saladeiras, cremeiras e travessas, para uso em hotéis, bares, restaurantes, buffets, etc. Além de possuir a transparência do vidro, o material é bem versátil e pode ser utilizado em freezer, micro-ondas e máquina de lava-louças, sem perder a cor e o brilho originais, mesmo após diversas lavagens, ressalta a Eastman.

Outro caso de sucesso que exemplifica esta aplicação é o da Philips Walita, que recentemente lançou a jarra para liquidificador Duravita desenvolvida com o Eastman Tritan. A escolha foi resultado do conjunto de propriedades do Tritan, como ultrarresistência contra quebras, altas temperaturas e choques térmicos, segundo a empresa. Além disso, não absorve o cheiro ou o sabor dos alimentos.

Ainda pensando no consumidor final, a companhia lançou o site TritanFromEastman.com. Como é reconhecida pelos fabricantes, designers, moldadores e varejistas, a Eastman considerou ser importante se comunicar com este público e mostrar a preocupação que devem ter com a qualidade dos materiais utilizados em suas casas. Ao acessar o site, além das informações sobre o Tritan, é possível encontrar as empresas e seus produtos fabricados com este item.

Durante evento também foram comemorados os 50 anos da Scandiflex, que foi fundada em 1965 e se tornou subsidiária da Eastman em 2011. Outra celebração foram os 40 anos do plastificante 168™, aditivo usado na produção de materiais plásticos que não contém ftalato – substância classificada pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC) como carcinogênica para humanos. Por isso, o 168 é indicado para a fabricação de equipamentos médico-hospitalares, calçados, bolsas, brinquedos, laminados plásticos, entre diversos produtos utilizados no dia a dia.

Outro destaque da Eastman na Feiplastic foi a sua linha de plastificantes poliméricos, monoméricos e a recente ampliação do portfolio de plastificantes não ftalatos, o Eastman VersaMax, lançado durante o PVC Formulation Conference em Colônia (Alemanha), em março de 2015. Segundo a Eastman, VersaMax é uma solução inovadora que proporciona melhor tempo de processo, eficiência, e maior flexibilidade em formulações, quando comparado aos tradicionais orto-ftalatos e outros não ftalatos. A empresa fabrica plastificantes ligados principalmente ao PVC, borracha e seus compostos; polióis-poliésteres e sistema de poliuretano para solados e outras aplicações; diésteres para lubrificantes e outras especialidades. Todos destinados ao mercado local e à exportação.

Versátil e com peso molecular variado, o poliol-poliéster Scandiflex SC oferece boa resistência à abrasão e à substâncias químicas, afirma a Eastman. É destinado à fabricação de poliuretano com aplicações em espumas flexíveis, revestimentos, elastômeros “casting”, adesivos, tintas e termoplásticos. Já o Thermollan é um poliuretano termoplástico (TPU) de base poliéster e poliéter com resistência à abrasão, tração, alongamento, óleo, graxa e hidrolise, segundo o fabricante. Pode ser aplicado nos mercados calçadista, automobilístico e odontológico, entre outros.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Eastman; ; Foto: Reed Exhibitions Alcantara Machado

Curta nossa página no

Copoliéster é nova tendência do setor de utensílios em plástico

09/04/2015

Líder em seu segmento no Brasil e presente em mais de 20 países, a <OU> lança linha Alta Resistência para uso profissional – bares, hotéis, restaurantes e buffets. Já a britânica Robert Welch desenvolve itens com design premiado

Eastman_ouDesde o início deste ano, na Europa, utensílios que têm contato com alimentos não podem conter bisfenol-A (BPA) em sua composição, pois alguns estudos publicados internacionalmente indicam que esta substância pode ser nociva à saúde. No Brasil, ainda não existe regulamentação específica quanto ao uso de utensílios contendo BPA, mas a <OU>, referência na produção de utilidades em plástico com design, reforça a sua preocupação com seus clientes e é pioneira ao adotar o copoliéster Eastman Tritan™ em sua linha Alta Resistência para uso profissional. A empresa faz parte do Grupo Martiplast e é uma das líderes do segmento, estando presente em mais de 5 mil pontos de venda e em cerca de 20 países.

“Além da ausência do BPA, o Tritan possui uma transparência e um brilho superior, é resistente a riscos, quedas e impactos e acima de tudo suporta máquina lava-louças, freezer e micro-ondas. Por isso, escolhemos esta matéria-prima para ser utilizada em nossa nova linha, que é voltada principalmente para o ramo profissional”, explica o diretor industrial da <OU>, Nelson Martini.

O Eastman Tritan™ é um copoliéster que pode substituir os itens de plástico ou de vidro em produtos de utilidade doméstica. Isso porque oferece transparência e é resistente ao calor e a diversas substâncias químicas, o que garante a manutenção das cores e do brilho dos utensílios mesmo após diversas lavagens. Além disso, é ecofriendly, ou seja, reduz os impactos negativos e danos ao meio-ambiente, devido à sua maior durabilidade.

A linha Alta Resistência criada pela <OU> é composta por 19 itens, entre eles copos, saladeiras, cremeiras e travessas, para uso em hotéis, bares, restaurantes, buffets etc. O lançamento acontece durante a Gift Fair, realizada de 23 a 26/02, em São Paulo. E a empresa já planeja utilizar o copoliéster da Eastman em outras linhas de produtos. “A matéria-prima é nobre e impressiona o consumidor que tem contato com ela”, destaca Martini.
​​
Mercado Internacional

Na Europa, o Eastman Tritan™ também é usado na fabricação de utensílios domésticos. A Robert Welch, empresa britânica familiar com cerca de 60 anos de experiência e uma extensa gama de produtos para a casa, utilizou o copoliéster em sua nova linha de potes de armazenamento. O material foi selecionado em razão de sua transparência cristalina, resistência à lava-louças e também por ser livre de BPA.

A linha de produtos possui três tamanhos – variando de 660ml a 2,5 litros -, cada um com um formato elíptico que permite que sejam empilhadas ordenadamente uma sobre a outra para economizar espaço. A tampa em silicone e aço inoxidável foi desenhada para uma vedação hermética para proteger e ajudar a manter a comida fresca. O design foi recentemente reconhecido pelo The Chicago Athenaeum Museum of Architecture and Design com a premiação 2014 Good Design Award.

“Em razão do valor central de nossa empresa ser beleza e design acessível, nossa prioridade quando buscamos um novo material é como ele vai aparentar e trabalhar com nosso conceito. Chegamos em cada novo projeto com uma lista rigorosa de necessidades”, disse o designer sênior na Robert Welch, Kit deBretton Gordon. “Nós achamos o copoliéster Tritan™ da Eastman atrativo e parecido com vidro, sem quebrar com facilidade ou ser pesado. Ele nos permite executar nosso design elíptico sem costura, com uma base espessa e toques de aço inoxidável, o que não conseguiríamos com outros materiais.”

O Tritan™ ainda adiciona funcionalidade e resistência à linha. Como são usados para armazenar comida, os potes precisavam ser seguros para os alimentos e fáceis de limpar, características oferecidas pelo copoliéster da Eastman. Com o sucesso da linha, Robert Welch está buscando novas oportunidades de usar o material, incluindo a possibilidade de itens coloridos ou matizados para serem desenvolvidos no futuro.

A Eastman (www.eastman.com) é uma companhia global de especialidades químicas que produz uma ampla gama de produtos encontrados em itens utilizados no dia a dia. Como uma empresa globalmente diversificada, a Eastman atende clientes em cerca de 100 países e teve uma receita combinada em 2014 de cerca de US$ 9,5 bilhões. A empresa tem sua sede em Kingsport, no Tennessee, EUA, e emprega aproximadamente 15 mil pessoas em todo o mundo.

Fonte:  Assessoria de Imprensa – Eastman