Archive for the ‘Granuladores’ Category

Produtor de Polímero PET Neo Group Adiciona uma Terceira Linha de Produção com Peletizadores BKG Comprados e Armazenados Há Doze Anos

06/08/2019

Segundo maior fornecedor de PET da Europa, o Grupo NEO instalou 4 peletizadores BKG, bombas de engrenagens e outros componentes diretamente de suas caixas originais, estocadas por 12 anos.

Doze anos atrás, o NEO Group comprou peletizadores subaquáticos BKG e componentes para três linhas de polimerização PET, mas instalou apenas dois conjuntos, armazenando o terceiro pacote BKG não utilizado em suas caixas de embarque originais. Hoje, a empresa conta com uma terceira e nova linha de PET, tornando-se o segundo maior produtor de PET na Europa, e aqueles peletizadores da BKG armazenados há 12 anos de idade estão trabalhando da mesma maneira como se tivessem sido entregues ontem.

O NEO Group havia comprado as linhas de produção de PET da Zimmer AG, incluindo doze peletizadores subaquáticos BKG – quatro para cada linha de polimerização – além de válvulas desviadoras de polímero, bombas de engrenagens, sistemas de água, secadores de pelets e controles.

“Nós simplesmente abrimos as caixas de remessa, montamos os componentes da BKG e os conectamos”, disse Ruslanas Radajevas, gerente geral. “Depois de doze anos armazenados, tudo correu muito bem – sem problemas.”

O início de operação sem percalços dos sistemas de peletização reflete a qualidade inerente aos produtos da BKG, observou Godfrey Sandham, vice-presidente da Nordson Polymer Processing Systems, na Europa. “Foi a excelente reputação dos peletizadores da BKG e componentes de entrega de material fundido que levaram a Nordson a adquirir o negócio da BKG”, disse Sandham. “Desde então, temos investido fortemente em processos para melhoria contínua de nossos produtos e acabamos de concluir a construção de um centro global para a marca BKG em Münster, na Alemanha.”

A terceira linha de PET do NEO Group acrescenta 160.000 toneladas de capacidade anual, elevando o total da empresa para 480.000 toneladas/ano. O complexo de produção de resina e poliol do Grupo NEO Group (foto) está localizado na Zona Econômica Livre de Klaipeda, na Lituânia.

A unidade de Sistemas de Processamento de Polímeros da Nordson (Polymer Processing Systems) fornece aos clientes componentes projetados para fundir, homogeneizar, filtrar, medir e dar forma a materiais plásticos e de revestimento  fluido. A Nordson fornece uma gama de produtos de precisão para o trabalho com material fundido – desde roscas e cilindros para extrusão e moldagem por injeção até sistemas de filtragem, bombas e válvulas e sistemas de extrusão e peletização para atender às necessidades da indústria de polímeros.

A Nordson Corporation fornece aos clientes capacidades técnicas locais de vendas, serviços e remanufatura através de organizações de vendas e fábricas regionais em mais de 30 países. Para saber mais, visite http://www.nordsonpolymerprocessing.com ou www.facebook.com/NordsonPPS.

Curta nossa página no

Anúncios

Sistema de peletização e cristalização da Nordson conserva energia e aumenta produtividade na produção de resinas PET

21/12/2015

Nordson_logoA Nordson Corporation publicou um novo vídeo que mostra como a filtragem de material fundido e as tecnologias de peletização da Nordson conservam energia e melhoram a produtividade de 600 toneladas diárias de resinas PET fabricadas na planta da Lotte Chemical UK Ltd, na Inglaterra.

Comissionada no final de 2014, a fábrica inglesa de escala mundial na Lotte Chemical’s Redcar inclui três unidades de peletização/cristalização com base no processo BKG® CrystallCut™ da Nordson, que economiza energia retendo calor do polímero fundido e usando-o para cristalização. A instalação também inclui um trocador de filtro Kreyenborg™ POLY da Nordson, cuja operação de troca rápida possibilita a substituição dos filtros sem interrupção da produção.

Convencionalmente, os pellets de PET são resfriados após a peletização e, em seguida, reaquecidos para a cristalização. O vídeo mostra como o processo CrystallCut elimina o resfriamento, transportando rapidamente os peletes da superfície da matriz por meio de água quente e diretamente até uma secadora centrífuga. Os peletes saem da secadora a uma temperatura de 140 a 150 °C e são uniformemente cristalizados.

“Para uma fábrica de PET moderna e de escala mundial, operando ininterruptamente 24 horas por dia, 7 dias por semana, estimamos que o sistema CrystallCut possa trazer uma economia de milhões de euros por ano em custos com energia, combinando peletização e cristalização em um único processo integrado, sem a fase de resfriamento.” afirmou Ralf Simon, Diretor executivo da Nordson BKG. “E, como o calor retido faz com que os pellets sejam cristalizados de dentro para fora, o resultado é uma estrutura cristalina aprimorada que exige menos energia para a nova fusão.”

O novo vídeo também inclui uma animação mostrando como os pacotes de filtros são substituídos no sistema de filtragem de material fundido Kreyenborg POLY. Há quatro pares de pacotes de filtros, montados em dois pistões móveis, com dois pares posicionados lado a lado em cada pistão. Quando um par é removido do processo para substituição dos filtros, a filtragem continua nos outros três.

“O trocador de filtros POLY é de fácil operação e permite substituir os pacotes de filtros sem interrupção do sistema,” afirmou Sven Conrad, diretor de negócios de filtragem de material fundido. “O sistema tem alta capacidade para fornecer filtragem eficiente em operações de polimerização de grande volume.”

O vídeo (em inglês) pode ser acessado neste link: http://www.nordson.com/en/divisions/polymer-processing-systems/products/pelletizers/crystallcut

A Nordson Polymer Processing Systems fornece aos clientes componentes projetados para fundir, homogeneizar, filtrar, medir e dar forma a plásticos e materiais de revestimento fluido. A Nordson fornece uma ampla gama de produtos de precisão de fluxo fundido — desde roscas e cilindros para extrusão e molde para injeção a sistemas de filtragem, bombas e válvulas — para as matrizes de extrusão e sistemas de peletização a fim de atender às necessidades em constante evolução da indústria de polímeros. Fundada em 1954 e com sede em Westlake, Ohio, EUA, a Nordson tem operações e escritórios de suporte em mais de 30 países.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Nordson / Martino Comm.

Curta nossa página no

Moretto apresentou sua linha de equipamentos auxiliares para processamento durante a Feiplastic

16/05/2015

Feiplastic_MorettoDurante a Feiplastic, a Moretto apresentou a sua ampla gama de equipamentos auxiliares para processamento de plásticos, em vários segmentos como alimentação, secagem, desumidificação, granulação, microdosagem, dosagem volumétrica e gravimétrica, armazenagem, termoregulação e refrigeração.

A linha de alimentação de materiais da empresa compreende desde  alimentadores singulares monofásicos até os sistemas mais versáteis trifásicos que apresentam alta flexibilidade de rendimento, segundo a empresa. Na área de secagem, a ampla gama de desumidificadores satisfaz a exigência de fluxo de ar de até 20.000 m3/h. A gestão cautelosa do processo de desumidificação garante qualidade e constância de produção, além de grande contenção em termos de economia de energia, afirma a Moretto.

Os sistemas de dosagem Moretto compreendem microdosadores pulsados, dosadores volumétricos e gravimétricos.

A Moretto também fornece funis e recipientes de estocagem de várias capacidades, com características modulares e em condições de reduzir os impedimentos ao mínimo, afirma a empresa, que disponibiliza para seus clientes tecnologias inovadoras para o esvaziamento completo e automático de octabin e big bag.

Na linha de termorregulação do processo de transformação dos polímeros, a Moretto fornece termorreguladores a água, óleo ou pressurizados, de modo a satisfazer às exigências da produção. Para a refrigeração,  um dos elementos fundamentais no processo de transformação dos materiais plásticos e, ao mesmo tempo, um dos fatores mais importantes que incidem no consumo de energia, a Moretto desenvolveu soluções que permitem grande redução do consumo e limitação dos impedimentos, afirma a empresa. A ampla gama de modelos permite dispor de potência frigorífica de até 1000 kW.

A Moretto pesquisa, desenvolve e produz automação para transformação de material plástico, com uma linha especialmente dedicada à aplicação de PET. Através dos anos, a Moretto tornou-se especializada em projeto e manufatura de sistemas e instalações centralizadas de desumidificação, dosagem, transporte, estocagem, refrigeração e termorregulação. A Moretto fornece soluções flexíveis de acordo com as exigências do cliente, desde um produto único até os complexos sistemas centralizados, os quais representam a maioria dos projetos na produção Moretto.

Fonte: Moretto; Foto: Reed Exhibitions Alcântara Machado

Curta nossa página no

Wittmann Battenfeld mostra lançamentos na NPE 2015

18/03/2015

Na feira, que ocorrerá nos EUA, a empresa terá células de injeção em funcionamento, integradas a robôs e outros periféricos, para mostrar possibilidades de automação e movimentação de materiais. Destacam-se ainda as máquinas e equipamentos específicos para extrusão

Witmman_NPE2015A Wittmann Battenfeld – um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos utilizados no processo de fabricação das indústrias de plásticos – apresenta seus lançamentos na NPE 2015, feira internacional do setor de plásticos, que ocorrerá entre os dias 23 e 27 de março, em Orlando, cidade do estado da Flórida (EUA).

A empresa afirma que mostrará no evento tecnologias que se diferenciam por tornar a moldagem e os processos de injeção de plástico ainda mais modernos. O estande – Rua W, nº 2743 – contará com seis células de injeção, integradas a robôs e outros periféricos, que estarão em funcionamento para mostrar as possibilidades de automação e de movimentação de materiais. Além disso, a empresa apresentará máquinas e equipamentos auxiliares específicos para extrusão.

Para melhor atender aos visitantes nacionais, durante o evento estará presente Marcos Cardenal, Engenheiro de Vendas da Wittmann Battenfeld do Brasil, que poderá explicar os principais recursos dos lançamentos. “As mais recentes inovações do Grupo para o setor de transformação de plástico estarão em funcionamento na NPE. As novas gerações de injetoras e periféricos possibilitam projetos de automação completos e trazem benefícios como redução de custos, melhoria da qualidade, aumento da produtividade e precisão “, informa o executivo.

Destaques

As células de produção que estarão em exibição incluem injetoras SmartPower, lançamento da Wittmann Battenfeld que se diferencia, segundo a empresa, pela eficiência energética e operação inteligente; EcoPower, também de reduzido consumo de energia e que une precisão e reprodutibilidade, conforme observa a Wittmann Battenfeld; MicroPower, para sistemas de microinjeção, podem ser usadas na fabricação de peças de alta complexidade; e MacroPower, que, segundo a fabricante, é uma das mais compactas injetoras de grande porte do mercado, possuindo funcionamento suave e preciso, acessibilidade e flexibilidade para várias aplicações.

Os novos robôs da série W8 pro integrarão as células de moldagem em funcionamento na NPE, incluindo a versão W843 pro – possui cursos verticais que variam de 1.600 a 2.600 mm e capacidade de cargas entre 15 e 35 kg, dependendo do modelo, e conta com lâmpadas de LED que sinalizam o status da unidade de produção – e WP80 sprue piker com sistema de controle Net8 – altamente preciso na remoção de peças pequenas e canais de injeção (galhos).

Outros equipamentos da Wittmann Battenfeld estarão em operação no evento: controladores de temperatura – destaque para TEMPRO basic C120, com resfriamento direto e design compacto; desumidificadores Aton plus da linha DRYMAX – reduzem até 48% do consumo de energia elétrica, otimizam a fase de regeneração e possuem seleção automática do método de secagem; e FC Plus, opcional introduzido nos DRYMAX Battery – regula o volume de ar fornecido aos silos por meio de um inversor de frequência, com ajuste automático e sem a intervenção de operador.

A Wittmann Battenfeld também possui soluções para serem empregadas nas indústrias que possuem os processos de extrusão. Na NPE 2015, a empresa mostrará alguns desses equipamentos, incluindo o novo dosador gravimétrico GRAVIMAX G56 permite a mistura de até seis aditivos diferentes, com capacidade de até 5 kg por ciclo, e cuja dosagem se dá por acionamento pneumático, com válvulas de medição resistentes ao desgaste, segundo a empresa.

Serviço:
NPE 2015 – The International Plastics Showcase
23 a 27 de março, na cidade de Orlando, Florida (EUA)
Estande da Wittmann Battenfeld: W, número 2743
http://www.npe.org/

Perfil Wittmann Battenfeld
Fundado em 1975, o Grupo Wittmann é considerado um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos utilizados no processo de fabricação das indústrias de plásticos. De origem austríaca, a empresa reúne um portfólio de produtos, que inclui injetoras, robôs, alimentadores individuais e centrais de alimentação a vácuo, dosadores gravimétricos e volumétricos, desumidificadores, moinhos, reguladores de fluxo (rotâmetros) e controladores de temperatura para moldes. Em 2008, adquiriu a Battenfeld, marca fundada em 1876. Com a fusão, passou a contar com cerca de 1.800 colaboradores diretos, que atuam em mais de 60 países onde a empresa possui unidades de produção, subsidiárias e agências. No Brasil, a história da Wittmann começou no ano 2000. Já a Battenfeld começou a atuar no país em 1950. A partir de 2014, a Wittmann Battenfeld iniciou suas atividades no mercado nacional como empresa unificada, com sede em Campinas (SP), dedicada a ofertar sistemas completos de automação, personalizando produtos e serviços aos seus clientes.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Wittmann Battenfeld

Curta nossa página no

Conair reforça estrutura comercial no Brasil e indica dois novos representantes no país

09/01/2014
Conair_Brasil

José Eduardo Poeta de Carvalho (à direita), Bill Hricsina, diretor administrativo da Conair para a América Latina (centro) e Ronis Sanchez (à esquerda).

O grupo Conair nomeou, para o mercado brasileiro, dois representantes independentes de vendas para comercializar sua linha de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos. Com mais de 30 anos de experiência no mercado, Luciano Giannasi estará à frente das oportunidades de negócios no segmento de injeção. Já as vendas para o setor de extrusão ficarão sob responsabilidade da Poeta Tecnologia Representações, comandada por José Eduardo Poeta de Carvalho e Ronis Sanchez, ambos com mais de 20 anos de vivência no mercado. A Conair está buscando um terceiro representante com conhecimentos e experiência para trabalhar no mercado de embalagens PET.

“Esperamos contribuir para o aumento da participação da Conair no mercado”, observa Luciano Giannasi. “A experiência e os conhecimentos são os diferenciais competitivos da Conair e estamos contentes em contribuir com nossa experiência no mercado brasileiro, para essa marca poderosa”, acrescenta José Eduardo Poeta.

A Conair reforça sua estrutura comercial, tendo como base a rápida expansão do mercado brasileiro de processamento de plásticos. O objetivo é  elevar o volume de vendas de equipamentos e atender a demanda por projetos de sistemas completos, bem como serviços de instalação. “Esses novos representantes nos ajudarão a criar uma base sólida para o futuro, quando começarmos a fabricar e abrirmos o escritório de vendas/serviços no Brasil”, justifica Bill Hricsina, diretor administrativo da companhia para a América Latina.

A Conair está presente no Brasil desde o início dos anos 70. Atualmente os equipamentos para os clientes brasileiros são fabricados nos EUA. As peças de reposição são fornecidas pelos EUA ou pela Conair mexicana, que é o centro de suporte para toda a América Latina. Os serviços técnicos continuarão a ser prestados por Analdo Monteiro, profissional da Conair que vêm atendendo os processadores brasileiros há quase 20 anos. O gerenciamento dos negócios, sob a direção de Bill Hricsina, será administrado pela Conair mexicana.

Planos futuros

Com a nomeação de dois representantes no Brasil, a Conair prepara as bases para aumentar seu crescimento no país. Mesmo sem dar detalhes sobre o assunto, Bill Hricsina confirma a existência de planos para estabelecer uma unidade fabril no país.

Estes planos demonstram a importância do Brasil para a expansão da Conair. Bill Hricsina explica que a estratégia da Conair é crescer globalmente para atender os clientes que mudam para novos mercados e, em seguida, desenvolver essa base. “Vemos muito potencial no país. Hoje não se trata de uma questão de se iremos expandir aqui, mas sim como iremos expandir.” Esperamos que o Brasil seja um dos principais mercados da Conair na próxima década.

O Grupo Conair (www.conairgroup.com) é um importante fornecedor global de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, incluindo sistemas de secagem de resina, misturadores, alimentadores e sistemas de transporte de materiais, equipamentos de controle de temperatura e granuladores. Soluções para extrusão incluem sistemas de controle de linha, sistemas de reciclagem de filmes e rebarbas de extrusão de tubos e perfis. Mais de 450 produtos individuais resolvem problemas, economizam energia elétrica, reduzem desperdícios e são fáceis de usar. A Conair é uma companhia internacional, com operações de longa data na Europa, Ásia e América Latina. A linha de produtos mais completa do setor, excelente engenharia e serviços insuperáveis, tudo combinado para dar aos processadores a confiança que precisam para serem bem sucedidos no mercado competitivo global atual.

Fonte: Interativa / Conair

Curta nossa página no

Desenvolvimento do setor de plásticos no Brasil faz a Conair considerar expansão

11/06/2013

Logo-ConairUm dos maiores fornecedores  globais de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, o grupo Conair está avaliando suas opções de crescimento, incluindo uma possível operação de fabricação no Brasil, em 2014, informa Bill Hricsina, diretor administrativo para América Latina.

¨A Conair é uma companhia internacional, com operações de longa data na Europa, Ásia e América do Sul e está ativiamente envolvida no Brasil, desde meados de 1970, pois já fabricamos aqui durante um determinado período, até que as condições do mercado e as regulamentações governamentais nos forçaram a parar nossas operações. Hoje, no entanto, vemos um grande potencial e a pergunta não é “se” vamos ampliar nossa participação no Brasil, mas sim, a questão é simplesmente “como vamos ampliar.”

Imagem-ConairUsuários de equipamentos da Conai são encontrados no setor automotivo, na fabricação de eletrodomésticos, em embalagens, tubos para irrigação e tubulação comercial. No momento, os negócios no Brasil são gerenciados pela sede latino-americana no México, porém a Conair tem pessoal de vendas e serviços há muito tempo em São Paulo.

O Grupo Conair (www.conairgroup.com) é um importante fornecedor global de equipamentos auxiliares para processadores de plásticos, incluindo sistemas de secagem de resina, misturadores, alimentadores e sistemas de transporte de materiais, equipamentos de controle de temperatura e granuladores.

Mais de 450 produtos individuais e soluções para extrusão incluem sistemas de controle de linha, sistemas de reciclagem de filmes e rebarbas de extrusão de tubos e perfis. O grupo Conair tem operações na Europa, Ásia e América do Sul.

Fonte: Interativa

Curta nossa página no