Archive for the ‘Aditivo’ Category

Clariant apresenta soluções inovadoras e sustentáveis para megatendências globais durante a Feiplastic 2017

07/04/2017

  • Foco em Saúde e Nutrição, Estilo de Vida, Mobilidade e Urbanização
  • Aditivos, masterbatches e pigmentos inovadores e sustentáveis criando valor para as pessoas
  • Clariant na Feiplastic 2017, Estande B68, entre os 03 e 07 de abril de 2017, no Pavilhão Expo Center Norte, São Paulo

A Clariant, uma das empresas líderes mundiais em especialidades químicas, destaca, em seu estande na Feiplastic 2017, as megatendências globais que influenciam a indústria de plástico e demonstra como a empresa está criando valor para esse setor com base nas necessidades que essas tendências geram para as pessoas.

“A Clariant está comprometida com o desenvolvimento de soluções que atendam às demandas atuais e futuras do mercado, especialmente influenciadas pelas megatendências globais. Apoiando os clientes a encontrar alternativas inovadoras e sustentáveis, estamos fortalecendo nossa entrega de valor para a sociedade”, destaca Mônica Ferreira Vassimon, Presidente da Clariant na América Latina, reforçando o lema da empresa na Feiplastic 2017: “Criando Valor para as Pessoas”.

Os serviços e soluções da Clariant para aplicações plásticas englobam aspectos como segurança e conforto, produção mais eficiente e compatível com o meio ambiente. Dentre os destaques apresentados no evento a partir das megatendências globais estão:

Saúde e Nutrição:

  •  Pigmentos orgânicos PV Sólido para embalagens em contato com alimentos e bens de consumo. Segundo a empresa, garantem intenso efeito de cor, assim como características Low Warping, crucial para a produção de embalagens em moldes grandes.
  • Filmes agrícolas resistentes: solução de aditivos para polímeros AddWorks® AGC 104 para filmes de estufa de poliolefinas com maior duração, que ajudam a aumentar a proteção de cultivos e a reduzir o descarte de materiais, afirma a Clariant
  • Masterbatches de aditivos: CESA®-LASER para gravação a laser em polímeros termoplásticos, em cores ou nos tradicionais tons de cinza; CESA®-antimicro para proteção antimicrobial de produtos plásticos.

Estilo de vida:

  • Pigmentos para plásticos utilizando matérias-primas renováveis: a Clariant é a primeira produtora de pigmentos de quinacridona à base de bioácido succínico. O PV Sólido Pink E /E01 oferece cores brilhantes para produtos do dia a dia, desde brinquedos até embalagens de alimentos e produtos têxteis.
  • Aditivos para polímeros AddWorks® série LXR3 que oferecem alto nível de proteção durante a fabricação e a utilização dos artigos plásticos. Segundo a empresa, aditivos mantém aspecto de alta qualidade, cores radiantes de longa duração, transparência brilhante e estável.
  • “Boom” de aparelhos eletrônicos: investimento mundial da Clariant na fabricação de masterbatches e compostos pré-coloridos em pequenos lotes para resinas de engenharia e plásticos de alta resistência à temperatura, apoiando a indústria de eletroeletrônicos com soluções personalizadas.

Mobilidade:

  • Pigmentos orgânicos PV Sólido de alto desempenho que atendem aos requisitos e às mais rígidas condições de teste da indústria automotiva, com aplicação em acabamentos têxteis internos sujeitos a rigorosas condições de uso, afirma a empresa.
  • Proteção mais segura para plásticos automotivos contra incêndio: segundo a Clariant, o retardante de chamas de fosfinato não halogenado Exolit® OP 1400 oferece excelente estabilidade de processamento e proteção mais segura contra incêndio em baixa dosagem para poliamidas, usadas em peças automotivas elétricas e estruturais.
  • Aditivos de cor e desempenho para compostos resistentes a altíssimo calor: a Clariant lança novas linhas de masterbatches e compostos coloridos para plásticos de engenharia e resinas de alta resistência à temperatura, a fim de atender às tendências de leveza e miniaturização.

Urbanização:

  • Pigmentos orgânicos PV Sólido de alto desempenho. Segundo a Clariant, apresenta excelente solidez à luz e às intempéries, cor itensa e alta resistência térmica, com aplicação em fios e cabos, tuberias, perfis de PVC para construção civil, entre outros.
  • Ceras montânicas. De acordo com a fabricante, o material apresenta excelente desempenho, gerando benefícios para plásticos de engenharia, como maior janela de processamento devido aos efeitos multifuncionais de lubrificação, excelente estabilidade, alta eficácia e baixa migração na matriz plástica. Adicionalmente, o fornecimento de ceras montânicas é estável e confiável.
  • Agentes químicos espumantes Hydrocerol® para redução do peso dos componentes plásticos em até 20% sem impactar a estabilidade das peças, além de atuar como isolante térmico e de ruído, garante a empresa.

Fonte: Clariant

Curta nossa página no

Anúncios

Chem-Trend apresenta na Feiplastic portfólio de soluções inovadoras

31/03/2017

Fabricante de agentes desmoldantes e especialidades químicas traz ao evento duas linhas de produtos exclusivas

Participando pela primeira vez como expositora individual, além do histórico de presença nas edições anteriores em parceria com outras empresas, a Chem-Trend, empresa do Grupo Freudenberg, apresenta na Feira Feiplastic 2017 suas linhas de produtos para termoplásticos Lusin® e UltrapurgeTM, adquirida no final de 2016. A feira ocorre de 3 a 7 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

Com o objetivo de consolidar as marcas e promover soluções inovadoras e personalizadas, a empresa traz um portfólio abrangente que inclui agentes desmoldantes, agentes de purga, limpadores de molde, lubrificantes e protetivos de molde. O destaque fica por conta dos agentes de purga, aplicados nos processos de limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção e em processamento por extrusão, sopro ou laminação.

Rodrigo Bombonatti, gerente de vendas da Chem-Trend, afirma: “queremos oferecer aos nossos clientes o que há de melhor para o setor de termoplásticos, e isso se torna possível com as linhas Lusin® e UltrapurgeTM, que auxiliam a reduzir custos entre 50% e 70% em algumas etapas dos processos produtivos, devido à diminuição do consumo de material e tempo de parada das máquinas”.

Para Ana Clara Cordeiro, diretora de Vendas da Chem-Trend no Brasil, “estar presente na Feiplastic é muito importante e estratégico para a empresa, por ser uma feira de grande credibilidade e abrangência para toda a indústria do plástico. Além de ser uma oportunidade única de mostrarmos soluções que garantem os melhores resultados nas linhas de produção dos nossos clientes”, finaliza.

Serviço:
Feiplastic (Feira Internacional do Plástico)
Local: Expo Center Norte, São Paulo
Data: de 3 a 7 de abril
Horário: 11h às 20h

Fonte: Assessoria de Imprensa – Chem Trend

Curta nossa página no

Dow traz para a Feiplastic resina plástica que compatibiliza PE e PP

30/03/2017

Intune™ Propylene OBC, com inovadora estrutura molecular, permite que produtos produzidos com materiais reciclados a partir desses dois componentes tenham a mesma qualidade daqueles elaborados com matéria-prima virgem

Uma das grandes dificuldades em se obter um material de qualidade oriundo da reciclagem de polietileno e polipropileno é causada pela impossibilidade de separação total destes materiais que são, originalmente, incompatíveis. Com isto, o resultado da reciclagem é um produto final de menor qualidade. Solucionar esta questão era algo que o mercado há muito vinha demandando para permitir uma reciclagem mais eficiente e a produção de produtos melhores e mais sustentáveis.

Assim, a área de Elastômeros da Dow investiu no desenvolvimento da resina Intune™ Propylene OBC. Este material, ao ser adicionado à formulação do produto, torna o polietileno e o polipropileno compatíveis, assegurando melhor qualidade ao produto final, comparável à matéria-prima virgem, afirma a Dow.

“Muitas vezes a indústria precisa unir duas soluções para obter características que não são encontradas em apenas um produto. E é justamente nisso que a tecnologia Intune™ Propylene OBC, da Dow, se destaca. O material combina propriedades dos polímeros polietileno e polipropileno, como resistência, flexibilidade e transparência, aumentando as possibilidades de aplicação desses polímeros e facilitando o processo de reciclagem. Intune™ Propylene OBC é um material inovador no mercado em função de sua arquitetura molecular diferenciada em bloco”, explica Marcello Mori, diretor Comercial da Dow para Elastômeros na América Latina.

Segundo a Dow, ao permitir possibilidades de combinações de propriedades dos dois materiais, a resina amplia o leque de aplicações de suas blendas e reúne seus benefícios em um único produto. Entre os objetos que podem ser reciclados e voltar ao mercado com qualidade similar estão caixas de utilidades domésticas, engradados de bebidas, móveis para jardim, entre outros. Além das aplicações destinadas ao mercado de reciclagem, Intune™ Propylene OBC também pode ser utilizado em blendas de polímeros virgens para melhorar ainda mais suas propriedades. Alguns exemplos são tambores moldados por sopro, tanques e caiaques produzidos por rotomoldagem, caixas transparentes de utilidades domésticas, além de embalagens flexíveis obtidas por extrusão de estruturas multicamadas.

Serviço
FEIPLASTIC 2017 – Feira Internacional do Plástico
Data: de 3 a 7 de abril de 2017
Horário: das 11h às 20h
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo
http://www.feiplastic.com.br

Curta nossa página no

Lanxess apresenta sua gama de soluções para diversos setores da indústria na Feiplastic 2017

30/03/2017

Em um stand com 210 m², empresa exibirá aplicações e lançamentos desenvolvidos pelas unidades de High Performance Material (HPM), Rhein Chemie Additives (ADD) e Inorganic Pigments (IPG)

A Lanxess Brasil participa mais um ano da Feiplastic – Feira Internacional do Plástico, importante evento de negócios e de inovações em plástico de alta tecnologia, na América Latina. Realizada neste ano de 03 a 07 de abril, das 11h às 20h, no Expo Center Norte, a feira integra os principais tomadores de decisão da cadeia do plástico às tecnologias do futuro.

E como um dos principais players desse mercado, a Lanxess traz ao evento suas soluções e aplicações voltadas para diversos setores da indústria.

Nessa edição, a unidade de High Performance Materials (HPM) apresenta diferentes aplicações produzidas com materiais da linha Durethan (Poliamidas) e Pocan (PBT´s e blendas de PBT). “A maior parte das soluções foi desenvolvida com tecnologia Lanxess, em parceria com nossos clientes, com a utilização de análises computacionais de CAE/CAD para verificar os requisitos das aplicações e, com isso, desenvolvê-las no menor peso possível, sem comprometer os requisitos”, explica Anderson Maróstica, gerente da área técnica da unidade.

Entre os produtos da área, serão expostas algumas aplicações trazidas da matriz da Alemanha, como o Bumber Beam da Honda, uma peça desenvolvida em parceria com a montadora. Trata-se de uma travessa do parachoque traseiro de veículos, que substitui as peças atuais produzidas em metal, mantendo as mesmas propriedades, porém com uma redução de 50% do peso. Outro destaque é o pedal de freio fabricado com 100% de plástico, desenvolvido para o modelo Porsche Panamera.

Entre as aplicações produzidas no Brasil, estão o primeiro pedal de embreagem e suporte de pedais desenvolvido em parceria com a Boge para caminhões, utilizando 100% de plástico, além de front ends de plásticos injetados, tecnologia bastante difundida na Europa e que passa a ser uma tendência para o mercado local, além de diferentes tipos de coletores de admissão.

Outra unidade de negócios que vai participar da Feiplastic é a Rhein Chemie Additives (ADD), que produz aditivos para plásticos e plastificantes livre de ftalatos. Tais aditivos são utilizados na fabricação de artigos plásticos para os setores automotivos, de construção, de brinquedos, têxtil, alimentício, entre outros. Os principais produtos da Lanxess para esta unidade são Mesamoll®, Unimoll® AGF e Adimoll® DO, Disflamoll® e Levagard®.

Já no segmento de Pigmentos Inorgânicos (IPG), a Lanxess apresenta as linhas Bayferrox® e Colortherm®, que são pigmentos à base de óxido de ferro e cromo. Segundo a Lanxess, os produtos são sustentáveis, estáveis a altas temperaturas, resistentes à luz e intempéries e apresentam boa dispersabilidade, mesmo em processos de tempos curtos de permanência e baixa força de cisalhamento. Os pigmentos inorgânicos podem oferecer várias possibilidades de cores.

Fonte: Lanxess

Curta nossa página no

Aditive Plásticos leva masterbatches funcionais de aditivos para Plástico Brasil

22/03/2017

A Aditive Plásticos, empresa nacional localizada na região central de São Paulo, que atua no mercado de concentrados de aditivos há cerca de 20 anos, está apresentando soluções para o mercado na Feira Plásticos Brasil, entre as quais:

Masterfil Anticolapsante – é um aditivo de ação migratória que lubrifica e tem função tensoativa, melhorando a distribuição das células de gás em PEBD, mantendo a formação estrutural dos núcleos e evitando o colapso das mantas de EPE após sua expansão. Segundo a Aditive, isso oferece grande vantagem sobre os concorrentes devido à redução da densidade das mantas em relação aos grades do mercado, além de melhorar a distribuição das células devido à sinergia da resina e ao teor ativo.

Em paralelo, a Aditive desenvolveu um Anti UV Agroespecífico para aplicação em Bale Wrap (utilizados na agroindústria para armazenar fardos de feno ao ar livre, mantendo as propriedade do alimento). Esse aditivo Anti-UV Agro é um fotoestabilizante especial que mantém as propriedades do filme polimérico mesmo quando há a ação fertilizantes e/ou outros agentes químicos, afirma a Aditive.

A linha de Condutivos da Aditive abrange todos os tipos de aplicações, tais como, injeção, filme ou sopro. Os materiais condutivos alteram a resistência elétrica superficial do produto, alcançando valores de resistividade como 10E3 e 10E4 ohm de maneira permanente, o que evita riscos de geração de faíscas, descargas elétricas e explosões nas mais diferentes aplicações, afirma a empresa.

A linha Antichama foi desenvolvida para filmes e peças; além disso, atende às novas exigências e normatizações reguladoras mundiais desenvolvida para diversos tipos de resinas termoplásticas, tais como, poliolefinas em geral, poliamidas, poliestireno, ABS, PBT e PC.

Fonte: Aditive

Curta nossa página no

Trecora expõe ceras de polietileno na Feiplastic 2017

11/03/2017

Durante a Feiplastic, a empresa texana Trecora, fabricante de ceras de polietileno, oxidantes e alfa-olefinas, estará expondo seus produtos em um stand no Expo Center Norte, de 03 a 07 de abril de 2017.

A Trecora está presente no Brasil na Indústria do Plástico especialmente nos segmentos de PVC, HMA (adesivos de fusão a quente) e Masterbatches / Revestimentos.

Os produtos da Trecora Chemical são ceras de polietileno de ponto de fusão elevado e de baixa a média viscosidade derivados da fabricação de resinas de PEAD.

Estes produtos podem ser utilizados numa variedade de aplicações, incluindo como aditivoS de desempenho para adesivos de fusão a quente (HMA) ; Como modificador de penetração e ponto de fusão para parafina e ceras microcristalinas; como lubrificante e auxiliar de transformação de plásticos, PVC e borracha; e como um aditivo de agitação seco para tintas. Em formas oxidadas, as aplicações para cera de polietileno incluem utilização em emulsões têxteis, como a porção de cera de formulações de polimento e como lubrificante em extrusão de PVC.

A Trecora Resources possui e opera uma planta localizada no Texas, especializada em hidrocarbonetos de alta pureza e outros petroquímicos. A Trecora também possui e opera uma unidade produtora de ceras especiais de polietileno e provê serviços de processamento sob medida no complexo Petroquímico de Pasadena, também no Texas.

Fonte: Trecora

Curta nossa página no

Evonik apresenta aditivo para a produção de pneus durante feira Tire Technology Expo 2017, na Alemanha

05/03/2017

evonik-vestenamer

Na feira, em Hannover, a Evonik expôs um aditivo de processo que melhora a processabilidade de compostos de borracha

Segundo a Evonik, o seu aditivo de processo Vestenamer® simplifica a mistura e produção de vários componentes de pneus. O produto também melhora a dispersão de misturas difíceis de polímeros e reduz a viscosidade do composto, enquanto mantém as propriedades dinâmicas positivas do vulcanizado inalteradas em geral ou aumenta essas propriedades ainda mais em alguns casos, afirma a empresa.

Melhor processabilidade de componentes de borracha

Os modernos pneus de alto desempenho precisam ter baixa resistência ao rolamento e excelente tração em pistas molhadas, além de alta resistência à abrasão. Isso só é possível com o uso de cargas altamente ativas como o negro de fumo e, particularmente, as sílicas precipitadas. Especialmente as misturas com altas concentrações de carga demandam processos de mistura de múltiplos estágios para garantir uma boa dispersão. Como auxiliar de dispersão, o aditivo Vestenamer® pode reduzir de modo considerável os ciclos de mistura e, ao mesmo tempo, otimizar a consistência dos lotes na produção, diz a Evonik. Em decorrência disso, a quantidade de etapas de mistura no processo pode ser reduzida e o processo projetado com mais eficiência.

Alta dureza e resistência à abrasão, além de uma deformação por compressão muito baixa são os requisitos importantes quando se trata de compostos para diversas faixas de aros. A Evonik assegura que o Vestenamer® melhora a processabilidade do composto de borracha por meio da redução da viscosidade na temperatura da mistura e, desse modo, evita o “bagging” no laminador.

O Vestenamer® é um aditivo semicristalino também denominado “Trans-Octenamer Rubber” (TOR). Como auxiliar de processamento de polímeros, ele atua como plastificante em compostos de borracha durante a mistura e o processamento. No entanto, durante a vulcanização do componente de borracha, ele é reticulado (crosslinked) juntamente com a borracha e, como elastômero, é plenamente integrado à rede do polímero. Desse modo, as propriedades da mistura se mantêm estáveis na aplicação final.

Fonte: Evonik

Curta nossa página no

Acionistas da Chemtura aprovam aquisição feita pela Lanxess

19/02/2017

lanxesschemtura

A Lanxess, empresa alemã do segmento de especialidades químicas, deu um passo significativo na aquisição da companhia norte-americana Chemtura. Os acionistas da Chemtura aprovaram a fusão em uma reunião especial na Filadélfia, Estados Unidos. 99,88% dos votos foram favoráveis à fusão, representando 81,77% das ações ordinárias da empresa. Nos termos do acordo de fusão, os acionistas da Chemtura receberão 33,50 dólares por cada ação em circulação no fechamento da transação.

Matthias Zachert, Presidente da Lanxess, comentou a aprovação da incorporação por parte dos acionistas. “Estamos satisfeitos com o apoio dos acionistas da Chemtura. Essa aprovação é um marco importante no caminho da Lanxess para se tornar um dos principais players no campo da química de aditivos”.

No final de dezembro de 2016, as autoridades antitrust dos Estados Unidos já haviam liberado a aquisição. A Lanxess espera fechar a transação em meados de 2017, depois que todas as aprovações regulamentares restantes forem recebidas.

Aditivos, retardantes de chamas e lubrificantes são os principais produtos da Chemtura e complementam o atual portfólio da Lanxess. Após o fechamento da transação, essas atividades serão integradas à unidade de negócios Rhein Chemie Additives (ADD) da Lanxess para formar um novo segmento. Hoje, a unidade já fornece uma ampla gama de aditivos especiais e produtos de serviço para a fabricação de plásticos, borrachas, lubrificantes e revestimentos e emprega cerca de 1.600 pessoas, em mais de 20 locais em todo o mundo.

Além dos aditivos, o portfólio da Chemtura também inclui uretanos e organometálicos, que também serão integrados à Lanxess. A Chemtura tem cerca de 2.500 funcionários em todo o mundo e opera em 20 locais em 11 países.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Lanxess

Curta nossa página no

Evonik seleciona Carolina do Sul (EUA) para nova planta de sílicas precipitadas

13/02/2017

evonik-silicas

  • Tendência para pneus eficientes em termos energéticos gera demanda por sílica precipitada na América do Norte.
  •  O investimento é de cerca de US$ 120 milhões

A Evonik Industries está construindo uma fábrica de sílica precipitada no estado da Carolina do Sul (EUA) para abastecer a indústria de pneus. Tal indústria necessita de sílica precipitada de alta qualidade para produzir pneus com eficiente consumo de combustível e boas propriedades de aderência em pistas molhadas. Esses pneus podem economizar até 8% de combustível em comparação aos pneus convencionais para automóveis. Na América do Norte, a demanda por pneus com baixa resistência ao rolamento e maior eficiência energética está crescendo a taxas acima da média. A nova fábrica da Evonik está em construção em local próximo a Charleston, Carolina do Sul, perto das unidades de produção de grandes fabricantes de pneus. A instalação em escala mundial, com volume de investimento próximo de US$ 120 milhões, deve ser concluída em 2018. Com esse investimento, a Evonik executa um novo projeto no âmbito do seu orçamento global de investimento pré-definido.

Klaus Engel, Presidente da Diretoria Executiva da Evonik Industries AG, disse: “O investimento é parte importante da nossa estratégia para expandir nossa posição como um parceiro global para a indústria de fornecedores automotivos. Com a construção da planta no sudeste dos Estados Unidos e a planejada aquisição da divisão de sílica da Huber, estamos fortalecendo o nosso segmento Resource Efficiency e expandindo a nossa posição de liderança como fornecedor de sílica”. Há alguns dias, a Evonik anunciou a aquisição das atividades de sílica da Huber por US$ 630 milhões.

“A proximidade aos principais clientes da indústria de pneus foi algo decisivo para a escolha da Carolina do Sul. Nós queremos garantir aos fabricantes globais de pneus a segurança de fornecimento e a flexibilidade que eles esperam de nós na produção local. É por isso que investimos em locais que estão próximos aos nossos clientes”, disse Johannes Ohmer, membro da Diretoria Executiva da Evonik Resource Efficiency GmbH. A nova fábrica estará localizada na área industrial de Bushy Park, perto de Charleston.

O uso de sílica em combinação com silanos permite a fabricação de pneus com resistência ao rolamento significativamente reduzida que economizam combustível (em comparação com os pneus convencionais para automóveis). Desse modo, os “pneus verdes” contribuem para a proteção climática. A Evonik afirma ser a única empresa que fabrica ambos os componentes, tornando-se parceira dos clientes das indústrias de pneus e borracha quando se trata de formulações de alto desempenho.

Evonik é uma das fabricantes de sílica líderes do mundo. Além da sílica precipitada ULTRASIL® e SIPERNAT®, o grupo também fabrica a sílica pirogênica AEROSIL® e agentes fosqueantes à base de sílica sob a marca ACEMATT®. A Evonik dispõe de uma capacidade de produção anual global para sílica precipitada e pirogênica, bem como agentes fosqueantes, de cerca de 600.000 toneladas métricas.

A Evonik é um dos principais líderes mundiais em especialidades químicas e atua em mais de 100 países no mundo inteiro. No ano fiscal de 2015, mais de 33.500 colaboradores geraram vendas em torno de 13,5 bilhões de Euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de cerca de 2,47 bilhões de Euros. No Brasil, a empresa conta hoje com cerca de 600 colaboradores.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Evonik

Curta nossa página no

Milliken apresentará clarificante para embalagens termoformadas em PP durante a Feiplastic 2017

11/02/2017

milliken-feiplastic

Produto confere ao polipropileno (PP) alta transparência, aliando aspectos ideais para embalagens alimentícias a vantagens ambientais e comerciais do material

A Milliken, empresa global de especialidades químicas, revestimento e materiais de alto desempenho, participa da FEIPLASTIC 2017 – Feira Internacional do Plástico, que acontece de 3 a 7 de abril, em São Paulo, com um produto inovador. Trata-se do clarificante concentrado NX UltraClear®, que, segundo a empresa, proporciona ao polipropileno (PP) alta transparência, ideal para a confecção de embalagens e recipientes cujo conteúdo precisa estar protegido e à vista. A Milliken afirma que a ação do clarificante é capaz de superar o tradicional aspecto translúcido do PP em embalagens termoformadas (moldadas a altas temperaturas), criando uma transparência similar àquela do PET e PS (poliestireno), mas com os benefícios ambientais e de desempenho do Polipropileno.

Edmar Nogueira, Gerente Técnico da Milliken, explica que o uso do PP apresenta vantagens tais como a baixa pegada de carbono durante a produção da resina, a baixa densidade do material e altos valores de recuperação de energia. “O PP consome uma menor quantidade de energia durante sua produção, quando comparado com outros plásticos, e sua baixa densidade resulta em menor volume de resíduos. É um plástico ideal para a economia circular”. A diferença de peso entre embalagens de PP e outros materiais está normalmente entre 15% e 20% a menos para o polipropileno. A resistência ao calor do PP permite o uso em micro-ondas, agregando conveniência à embalagem, afirma a empresa

Além do uso em termoformagem o clarificante Millad NX8000®, presente no concentrado, também é utilizado em outras aplicações como frascos, utensílios domésticos e outros recipientes.

O segmento de embalagens é o que tem maior presença na FEIPLASTIC 2017. Pesquisa realizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento, ouviu pessoas que já visitaram outras edições da feira, além de profissionais que atuam em toda a cadeia produtiva do setor plástico, e aponta que o segmento de “embalagens” é o que leva mais profissionais a visitar a feira, a fim de procurar novos produtos e lançamentos, entre outras razões.

De acordo com essas sondagens, chama a atenção o fato de que 96% dos pesquisados disseram que vão visitar a FEIPLASTIC 2107. Desses, 15% trabalham diretamente com embalagens. Outro segmento representativo, o de transformadores de plásticos, responde por 11% dos profissionais que visitam a feira, seguido por “produtos de borracha e plástico” (10%) e “matérias-primas e insumos” (7%).

Sobre a Milliken: A Milliken atua no setor de revestimentos, especialidades químicas e aditivos e tecnologias de coloração para uma variedade de aplicações desde plásticos automotivos até itens para crianças.

Com um expertise multidisciplinar, que inclui revestimentos de piso e materiais de performance, a equipe da Milliken compreende mais de 100 PhDs e acumula mais de 2.200 patentes nos EUA e mais de 5 mil patentes no mundo todo, desde sua fundação em 1865.

Sobre a FEIPLASTIC: Realizada desde 1987 como uma parceria entre a Abiplast – Associação Brasileira da Indústria do Plástico e a Reed Exhibitions Alcantara Machado como BRASILPLAST, e desde 2013 como FEIPLASTIC, é o mais importante e tradicional evento da América Latina. A FEIPLASTIC apresenta novas tecnologias das principais empresas que são referência no setor, em segmentos como plásticos, resinas, máquinas e reciclagem, proporcionando aos seus visitantes interação com o que há de mais moderno no mercado, além de geração de negócios e networking qualificado.

Serviço
FEIPLASTIC 2017 – Feira Internacional do Plástico
Data: de 3 a 7 de abril de 2017
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo
http://www.feiplastic.com.br

Fonte: Assessoria de Imprensa – Milliken

Curta nossa página no

Evonik conclui com sucesso a aquisição do negócio de aditivos especiais da Air Products

05/01/2017

EvonikPainel

  • A operação foi aprovada pelas autoridades antitruste
  • Processo de integração está em andamento
  • Sinergias de US$80 milhões e benefícios fiscais de valor líquido atual superior a US$500 milhões são esperados durante os próximos anos
  • A expectativa é a de aumentar o lucro ajustado por ação no ano fiscal de 2017

A Evonik Industries AG concluiu as atividades em torno da aquisição do negócio de aditivos especiais (Performance Materials Division) da empresa norte-americana Air Products, Inc. pelo valor de US$3,8 bilhões (cerca de €3,5 bilhões) no final do ano passado, conforme inicialmente previsto. O fechamento está previsto para 3 de janeiro de 2017. Todas as autoridades antitruste relevantes aprovaram a operação, e a integração do negócio adquirido está em andamento. O financiamento da operação foi concluído de modo satisfatório em setembro e consistirá em fundos próprios da empresa no valor de €1,6 bilhão, e títulos com valor nominal de €1,9 bilhão.

A Divisão de Materiais de Performance (Performance Materials Division – PMD) engloba agentes de cura para epóxi (40 % do faturamento), aditivos para poliuretanos (32 %) e negócios de especialidades de aditivos (28 %. A PMD tem aproximadamente 1.100 funcionários e inclui unidades de produção relevantes nos Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, China e Japão. Aplicações dos produtos da PMD são encontradas nos setores de construção civil, automotivo, limpeza industrial, aplicações marinhas e outros mercados.

“A conclusão bem-sucedida da aquisição constitui a base para a rápida fusão das atividades da Evonik com as unidades adquiridas do negócio de Performance Materials da Air Products, afirmou Klaus Engel, Presidente da Diretoria Executiva da Evonik Industries AG. “Com isso, ficaremos em uma excelente posição para um crescimento rentável ainda maior no futuro, no atraente mercado de aditivos especiais”.

“Estamos devidamente preparados para assegurar uma transição comercial tranquila e uma integração de sucesso. Trabalhamos intensamente com a Air Products ao longo dos últimos meses a fim de desenvolver planos de integração”, confirmou Ralf Sven Kaufmann, Diretor de Operações e integrante da Diretoria Executiva da Evonik responsável pela integração do negócio.

Lucro por ação positivo no exercício fiscal de 2017

Os efeitos da sinergia anual no valor de US$80 milhões podem ser confirmados nesta ocasião e devem estar plenamente realizadas até, no máximo, 2020. A Evonik espera alavancar sinergias no valor de €10 a 20 milhões no ano de 2017.

A aquisição deve aumentar o lucro ajustado por ação (EPS) da Evonik no ano fiscal de 2017.

Como a operação foi parcialmente estruturada como cessão de ativos, ela ocasionará benefícios fiscais em consequência de amortizações, algo típico em negócios dessa natureza. Esses benefícios correspondem a um valor atual líquido superior a US$ 500 milhões, que pode ser usado em uma base pro rata no ano fiscal de 2017.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Evonik

Curta nossa página no

BASF aumenta a capacidade de sua rede global de produção de aditivos para plásticos

08/12/2016
Planta de TDI da BASF em Ludwigshafen, na Alemanha

Planta de TDI da BASF em Ludwigshafen, na Alemanha

Investimentos acima de € 200 milhões planejados para vários sites nos Estados Unidos, Europa e Ásia-Pacífico

Nos próximos cinco anos a BASF planeja investir mais de 200 milhões de euros mundialmente em seu negócio de aditivos para plásticos, sendo que aproximadamente metade do investimento será na Ásia, com foco na expansão de capacidade e excelência operacional. Os aditivos para plásticos melhoram as propriedades dos produtos, tais como a resistência, estabilidade , além de otimizam os processos de fabricação dos plásticos.

Como principal fornecedor global de aditivos para plásticos, com ativos industriais em todas as regiões, a BASF é uma grande fornecedora das indústrias desse setor.

“A BASF irá fortalecer o seu negócio de aditivos para plásticos através de investimentos em capacidades adicionais, visando atender à crescente demanda global por antioxidantes, bem como estabilizadores de luz. Além disso, iremos investir em processos digitais e tecnologia para dar suporte aos nossos clientes, atuando como um fornecedor confiável em todas as regiões”, disse Christian Fischer, Presidente da divisão de Químicos de Performance da BASF.

Os investimentos concentram-se em expansões de capacidade em sites na América do Norte e Europa, bem como em automação, tecnologias digitais e modelagem. A BASF também planeja melhorar sua pegada ecológica na produção de aditivos para plásticos na Ásia.

Inovação baseada em química moderna

Além dos investimentos, a inovação continua a ser parte integrante da estratégia de negócios da BASF. Na feira K em Düsseldorf, na Alemanha, o negócio de aditivos para plásticos lançou recentemente dois novos estabilizadores de luz:

O Tinuvin® 880 é um estabilizador de luz de peso molecular médio, que proporciona uma melhoria significativa, especialmente em aplicações para interiores de automóveis com o benefício adicional de oferecer maior estabilidade térmica, segundo a BASF.

O Tinuvin® XT 55 fornece aos formuladores durabilidade e propriedades secundárias, tais como estabilidade de cor, descoloração de gás e resistência à extração. Com esta nova solução, o custo benefício alcançado será excelente através do ajuste de dosagem e de outros componentes da formulação no final das condições de aplicação, afirma a empresa.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

K 2016 Düsseldorf – A maior plataforma global para as indústrias de plásticos e borracha começa em duas semanas

05/10/2016

Cerca de 3.100 empresas das indústrias de plásticos e borracha estarão novamente apresentando produtos, processos e soluções práticas que estabelecerão a tendência do setor nos próximos anos

Crescimento demográfico, urbanização, consumo de energia em ascensão, redução de recursos e mudanças climáticas – há uma série de desafios para dominar. A situação mundial pede mentes criativas, tecnologia inovadora e materiais de alto desempenho. De 19 a 26 de outubro, a indústria internacional de plásticos e borracha estará reunida na feira K2016, em Düsseldorf (Alemanha), apresentando as suas soluções. Na qualidade de feira âncora mundial para o segmento e para aplicações industriais, a K2016 une as tendências centrais da indústria e tendências para o futuro em um único local. É consenso no setor que a feira K é a plataforma de negócios e inovações não só para os produtores de matérias-primas, fabricantes de máquinas para plásticos e borracha e transformadores, mas também para clientes das indústrias-chave que usam peças e produtos de plásticos e borracha.

A disponibilidade de espaço de exposição na K 2016 se esgotou há muitos meses. Em torno de 3.100 expositores de quase 60 países estarão participando do evento e mostrando os seus produtos e serviços em mais de 170.000 metros quadrados de espaço de exposição. Werner M. Dornscheidt, Presidente e CEO da Messe Düsseldorf, não tem dúvidas: “Em nenhum lugar do mundo se pode ter acesso a uma gama tão completa de matérias-primas, processos e equipamentos quanto na K, em Düsseldorf. Esta é a principal plataforma global para a indústria de plásticos e borracha e cada empresa tem como objetivo apresentar-se aqui com inovações voltadas para o futuro. Outra característica única é a alta internacionalização de expositores e visitantes. Isso garante, em primeiro lugar, que os visitantes do setor podem esperar uma oferta de padrão mundial de mercado. E, em segundo lugar, os expositores aqui têm acesso a especialistas da indústria de mais de 100 países e se reúnem com clientes que eles não iriam se encontrar de outram maneira”.

Mais uma vez, o contingente mais forte de expositores vem da Europa, especialmente da Alemanha, Itália, Áustria, Suíça, França e Turquia, mas há também um número impressionante de participantes provenientes dos EUA. Ao mesmo tempo, a feira K é uma clara indicadora de mudanças no mercado global: ao longo dos últimos anos, o número de empresas asiáticas e o espaço de exposição reservado por eles tem aumentado de forma consistente. Este ano, particularmente, a China, Taiwan, Índia, Japão e Coreia do Sul estarão impressionando os visitantes com a sua forte presença. Em virtude da K receber empresas altamente diversificadas de todo o mundo, o foco não é colocado apenas nos principais pontos de discussão da indústria – como a eficiência no uso de energia, recursos e materiais -, mas também em segmentos de nicho.

Como sempre, a K 2016 irá ocupar todo o espaço de exposição da Messe Düsseldorf, com produtos e serviços em exposição em todos os 19 pavilhões do recinto. As áreas de negócio centrais da indústria (a seguir) foram agrupados convenientemente nos vários pavilhões:

  • máquinas e equipamentos,
  • matérias-primas e produtos auxiliares,
  • produtos semi-acabados, peças técnicas e plásticos reforçados e
  • Serviços

Máquinas e equipamentos – estréias mundiais

Neste ano, os fabricantes internacionais de máquinas e equipamentos, que constituem o maior grupo de expositores da feira K, vão apresentar uma abundância de estreias mundiais. Ocupando cerca de dois terços do recinto de exposições, os expositores deste grupo particular estarão mostrando seus produtos nos pavilhões de 1 a 4 e de 9 a 17. Engenheiros e fabricantes de máquinas de todo o mundo estão trabalhando a todo vapor para poder apresentar demonstrações ao vivo de novas unidades complexas de produção em outubro. A K 2016 oferece uma oportunidade única para atrair a atenção mundial para inovações, já que nenhum outro evento no mundo todo atrai tal audiência internacional especializada. Ulrich Reifenhäuser, Chairman do Conselho de Expositores da K 2016, está muito confiante de que a feira vai dar um grande impulso à indústria. “Uma abundância de inovações que prometem benefícios genuínos para os clientes já foram anunciados nos preparativos para a feira. Estou particularmente animado com as novidades que podemos esperar em relação à Indústria 4.0. A possibilidade de prover suporte à produção com a digitalização e a interligação de máquinas no processo de produção oferece aos transformadores de plásticos novas oportunidades para acelerar a partida da produção e para tornar a produção mais flexível, bem como para incrementar a garantia de qualidade e manutenção. Estou certo de que haverá muito interesse nesta área na K 2016. “

Matérias – primas e materiais auxiliares – materiais do futuro

Especialistas em matérias-primas e materiais auxiliares estarão apresentando a vanguarda da ciência de polímeros: materiais com uma eficiência de recursos superior e que ajudam a alcançar um melhor equilíbrio entre o desempenho econômico e ecológico. Além da otimização dos polímeros convencionais, os principais tópicos deste ano vão se centrar em aditivos, cargas, biopolímeros e polímeros funcionais, bem como em polímeros de auto-reforçados.

Produtos semi-acabados, peças técnicas e plásticos reforçados- um mercado em crescimento

Esta indústria é conhecida pela sua forte capacidade de inovação e uma ampla diversidade de produtos. Há uma ênfase maior do que nunca em produtos eficientes em termos de consumo de energia e recursos, à medida que eles são capazes de satisfazer os requisitos mais exigentes. Fornecedores de matérias-primas, produtos semi-acabados e peças técnicas estarão expondo nos pavilhões de 5 a 8-B.

Sentindo o pulso do avanço da tecnologia

A K 2016 representa a cadeia de valor completa da indústria em uma amplitude e profundidade sem paralelos. A borracha também desempenha um papel importante aqui. Embora seja pequena em comparação com a indústria de plásticos, o segmento da borracha é de grande importância para as indústrias-chave de usuários, além de ser altamente inovadora. A “Rubber Road” (Estrada da Borracha) no Pavilhão 6 é um elemento permanente na feira K. 12 empresas vão participar dessa “vitrine” do setor de borracha. Para todos os visitantes interessados em tecnologia de elastômeros, haverá novamente um Guia para o setor na K 2016 intitulado “Rubber & TPE Pocket Guide (Guia de bolso da K 2016 para Borracha e TPE).

A feira K sempre teve o seu dedo no pulso do desenvolvimento tecnológico. Isto é confirmado não só pelas apresentações em stands de expositores, mas também pelo programa de apoio, o qual proporciona um valor agregado real para os visitantes. A mostra especial “The Science Campus” (Campus da Ciência), os “Bioplastics Business Breakfasts” (Cafés da Manhã de negócios sobre Bioplásticos), a “Design Chain Conference” (Conferência da Cadeia de Design), a “3Dfab+print” e a “Plastics Training Initiative” (iniciativa de treinamento em plásticos) focalizam-se em aspectos específicos e tópicos relacionadas com a indústria: a oportunidade perfeita para reunir informações estratégicas.

Mostra especial “Plastics shape the future”

A mostra especial “Plastics shape the future” (Os Plásticos moldam o futuro) vai destacar como os materiais poliméricos moldaram o nosso mundo moderno não apenas funcionalmente, mas também em termos de estética e sustentabilidade. Este evento trata de questões ligadas ao desempenho econômico e ambiental e também focaliza o problema do lixo marinho.

Apresentações e um design inovador do stand serão características proeminentes da mostra – a qual ocorrerá no Pavilhão 6 e compreenderá apresentações de pessoas de destaque na indústria, palestras introdutórias, eventos e painél de discussão. Durante toda a feira, estudantes de todos os níveis também serão bem-vindos para expressar as suas idéias sobre a “moldagem do futuro”. A mostra “Plastics shape the future” terá dias temáticos pela primeira vez, ou seja, a cada dia será atribuído um determinado tema, oferecendo uma variedade de palestras e uma rodada central de discussões sobre o tema em questão:

  • Quarta-feira, 19.10. Indústria de Plásticos 4.0
  • Quinta-feira, 20.10. Novos Materiais
  • Sexta-feira, 21.10. Construção leve
  • Sábado, 22.10. Lixo Marinho
  • Domingo, 23h10. Jovens e treinamento
  • Segunda-feira, 24.10. Plástico se reúne com o Design
  • Terça-feira, 25.10. Eficiência de recursos

Essa mostra especial, um projeto da indústria de plásticos alemã encabeçada pela PlasticsEuropeDeutschland e.V. e Messe Düsseldorf, estará enriquecendo a oferta de exposição da feira K pela nona vez seguida.

“Science Campus”: o diálogo entre a ciência e as empresas

O Science Campus (Campus da Ciência), um fórum onde as empresas e as universidades podem trocar informações, também fornece aos expositores e visitantes da K2016 uma visão abrangente das atividades científicas e descobertas em pesquisas sobre plásticos e borracha. Desde o seu lançamento em 2013, o Science Campus cresceu em tamanho e registrou um número crescente de universidades participantes, institutos e agências de financiamento. No coração do próximo Science Campus estarão quatro tópicos centrais que deverão afetar dramaticamente o desenvolvimento dos mercados da indústria para os próximos anos. Esses tópicos são:

  • eficiência de recursos
  • digitalização da cadeia de valor / Indústria 4.0
  • novos materiais, e
  • construção leve

A esses quatro tópicos acima, acrescenta-se também a educação científica. Cientistas do “K 2016 Innovation Circle” (Círculo de Inovação da K 2016) e as equipes dos seus institutos irão preparar e apresentar informações sobre os tópicos centrais. Além do Science Campus, esses tópicos também serão refletido em outros lugares na feira como nas demonstrações nos stands dos expositores, na mostra especial “Plastics shape the future” e no Innovation Compass (Bússola da Inovação).

3D fab + print

Poucas tecnologias estão dando origem a tanta discussão quanto a impressão 3D. Em todo o mundo, métodos de fabricação aditiva estão inspirando usuários na indústria de design e embalagens, engenharia automotiva e aeroespacial, tecnológica médica e dentária e fabricação de máquinas e plantas. Naturalmente, a K 2016 também estará lançando luz sobre esta tecnologia especial. Três anos atrás, a Messe Düsseldorf lançou a marca 3D fab + print, a fim de destacar este assunto importante – não só na feira K, mas também em outras feiras, como por exemplo, na drupa (do setor de impressão e mídias cruzadas); na MEDICA – Feira Mundial de Medicina; e na COMPAMED – Soluções de alta tecnologia para a tecnologia médica. Em cooperação com a KCI Publishing BV, o portal http://www.3dfabprint.com apresenta tecnologias estado-da-arte, bem como visões e melhores práticas. Na K 2016, todos os expositores que mostrarem soluções para o segmento de fabricação aditiva serão apresentados em um caderno especial.

Bioplásticos: potenciais e oportunidades

Ao longo dos últimos anos, os bioplásticos vem atraindo uma imensa atenção como um complemento e uma alternativa aos plásticos convencionais. Olhando para o futuro, a indústria está atualmente debatendo os prós e contras, o papel futuro e o mercado potenciplásticos – tanto os de base biológica como os plásticos biodegradáveis. Qualquer pessoa que queira saber mais sobre as potencialidades e possibilidades dos bioplásticos terá muitas oportunidades para fazê-lo nos stands de expositores da K 2016. Além disso, a revista “bioplastics Magazine”, em cooperação com a Messe Düsseldorf, estará organizando três eventos sobre esse tema específico: todas as manhãs, de 20 a 22 de outubro, as informações mais recentes serão apresentadas no evento “Bioplastics Business Breakfasts”, onde os participantes também poderão compartilhar suas experiências no assunto.

Design Chain Conference

Lançado na K 2013, a “Design Chain Conference” (Conferência da cadeia de Design) teve um feedback muito positivo. Desta vez, a Design Chain@K conference, organizada pela Crain Communications, voltará a fornecer informações sobre aspectos práticos e técnicos das inovações na cadeia de design. O evento dá aos designers e produtores de materiais uma oportunidade para mostrar como os polímeros são utilizados em diferentes aplicações de produtos. O programa inclui exemplos das indústrias automotiva, médica, eletrônicos de consumo e de embalagem.

Avaliação dos visitantes

A importância da K para a indústria é demonstrada não só pelo número de expositores e a qualidade da oferta, mas também e especialmente pelos visitantes profissionais. Em outubro de 2013, um total de 218.000 visitantes de mais de 100 países vieram a Düsseldorf. Os organizadores da K 2016 esperam um número semelhante este ano. Mais de metade (59 por cento) vieram do exterior, sendo que os maiores grupos de visitantes internacionais vieram da Holanda, Índia, França, Bélgica, EUA, Itália e Reino Unido. O veredito dos especialistas foi claro: mais de 90 por cento deles ficaram muito impressionados com a abundância de informações, inovações e soluções técnicas. Os visitantes deram altas notas de avaliação para a densidade de produtos inovadores e a presença de líderes de mercado. E isso se aplica não só para os fabricantes de produtos de plástico e borracha. A K é bem conhecida e apreciada entre os compradores finais das várias indústrias usuárias finais de plásticos e borracha, as quais consideram o evento como uma importante fonte de novas ideias para o seu setor e os seus produtos.

Serviços on-line inteligentes

O portal web http://www.k-online.com, em particular, estará mantendo todos os visitantes e expositores autalizados antes, durante e depois da feira. Os expositores da K 2016 estão apresentando as suas empresas e portfolio de produtos no banco de dados de expositores. Este serviço. Este serviço fornece aos visitantes uma ferramenta valiosa para a busca de empresas, produtos e informações.

Dispondo de serviços personalizados, tais como “MyOrganizer” e “MyCalendar” para o agendamento de reuniões e compromissos e MyCatalogue para a compilação de catálogo individual da feira, o portal da K ajuda os visitantes a se prepararem para a feira.

Muito conveniente também é a oportunidade que os visitantes tem para comprar os seus tickets online, baixar os códigos associados ou imprimi-los em casa. O principal benefício do eTickets é que eles custam menos. Tickets para um dia estarão disponíveis on-line por 49 euros, em comparação com 65 euros na bilheteria da feira. Tickets para três dias custam 108 euros online e 135 euros na bilheteria da feira. Para deslocamento até o centro de exposições, o ticket on-line também servem como um bilhete para o transporte público local.

Com o aplicativo K app, os visitantes em deslocamento também têm acesso a informações importantes.

Olhando para o futuro – a partir de 19 de outubro de 2016

Com a maior densidade de informações no mundo, a K é uma plataforma de negócios e informações que olha para o futuro. As empresas e os especialistas do segmento de Pesquisa e Desenvolvimento estão trabalhando lado a lado para fornecer aps visitantes uma visão sobre as perspectivas e cenários que irão moldar o futuro da indústria de plásticos e borracha. Tudo isso espera por você a partir de 19 de Outubro.

Fonte: Messe Düsseldorf

Curta nossa página no

Cromex apresentará linha de serviços e produtos para a transformação de plásticos na Feira K 2016

05/10/2016

A empresa vai levar para a Alemanha os últimos lançamentos em cores e aditivos para plásticos, isentos de metais pesados

A Cromex, empresa brasileira do segmento de masterbatches de cores e aditivos para plásticos, estará presente na Feira K – a principal feira mundial da indústria de plásticos e borracha, que apresentará novamente um panorama completo de ofertas para o mercado, entre os dias 19 e 26 de outubro de 2016, em Düsseldorf, na Alemanha.

Com mais de 3.000 expositores, a Feira K é a maior feira do mundo para a indústria de plástico e borracha, máquinas, matérias-primas, e produtos semi-acabados. Além disso, a Feira K reúne os mais importantes fornecedores do setor e apresenta as tendências e inovações do mercado. Os grupos de visitantes da K são os fabricantes de produtos plásticos e de borracha, além de desenvolvedores, construtores e técnicos de produção das indústrias utilizadoras, como, por exemplo, a indústria automotiva, de bens de consumo, elétrica e eletrônica, aeroespacial e de construção.

A empresa apresentará toda a sua gama de soluções para 18 diferentes setores da economia em que os plásticos estão inseridos (agricultura, construção civil, embalagens, automotivo, cosmético, higiene e limpeza, brinquedos, linha branca, etc). Essas linhas de produtos abrangem aplicações que atendem dos mais básicos aos mais complexos critérios técnicos, com as linhas de masterbatches brancos, pretos, aditivos, especialidades e de cores. Além das cores tradicionais, a empresa também oferece aquelas com efeitos especiais como pigmentos perolados, metalizados, policromáticos e fluorescentes.

Para a Cromex, a participação na Feira K é de grande importância para a empresa, para estreitar o relacionamento com clientes e parceiros locais, assim como conquistar novas oportunidades. Dona de uma cultura exportadora, a empresa comercializa seus produtos para mais de 60 países. Atualmente 25% dos negócios da empresa são voltadas aos mercados externos e a tendência é ampliar esse número.

Inovação e Sustentabilidade – Sempre preocupada de promover boas práticas sustentáveis, a Cromex afirma que todos os concentrados coloridos são isentos de metais pesados. Os masterbatches isento de metais pesados foram desenvolvidos para agregar ainda mais valor ao produto final dos transformadores plásticos. Além de contribuir para o meio ambiente no momento do descarte do mesmo, devido ao fato de não possuir substâncias consideradas perigosas e não contaminar solo ou água com metais pesados.

Soluções Cromex – Outro destaque na exposição da Cromex será a linha para BOPP (brancos, aditivos e cargas minerais), de alta desempenho técnico, desenvolvidos de acordo com as necessidades da indústria, proporcionando o melhor desempenho nas máquinas. A linha de produtos BOPP atendem a produção de filmes em geral, na aplicação de rótulos para refrigerantes, embalagens de sorvetes de palito, chocolates, snacks, bolachas, biscoitos, café, entre outros.

Para fabricação de filmes, na linha de BOPP há produtos com efeitos opaco perolado, opaco branco e opaco branco de baixa densidade. A Cromex dispõe de uma tecnologia de aditivação com um ativo mineral inorgânico de características especiais, que, agregada à biorientação, confere efeito perolado às embalagens de BOPP, afirma a empresa.

Os produtores de BOPP ainda contam com uma ampla família de concentrados de aditivos migratórios e não-migratórios que, segundo a Cromex, atribuem ao filme uma diversidade de propriedades, tais como redução do coeficiente de atrito, redução do efeito de bloqueio, dissipação de cargas estáticas, entre outras.

Além da linha para BOPP, destacam-se os aditivos de cargas minerais utilizados no processamento do tipo injeção, extrusão para termoformagem e moldagem por sopro, com o objetivo de conferir melhorar de propriedades mecânicas, estabilidade dimensional, rugosidade de superfície e promover redução de custos.

Desenvolvimentos para o Agronegócio – A Cromex também oferece produtos voltados para melhorar o processo de fabricação de ráfia, tais como: coloridos, compostos de cargas minerais que funcionam como antifibrilantes e aditivos funcionais para aumentar a vida útil dos tecidos, sacarias e melhorar a processabilidade das fitas.

Fonte – Cromex

Curta nossa página no

BASF lança nova marca global de pigmentos

08/09/2016

A marca Colors & Effects alinha o expertise global na área de pigmentos em cinco indústrias

basf-colors-effectsA BASF anuncia o lançamento da marca Colors & Effects, que vai unificar seu negócio global de pigmentos. A nova marca reúne corantes distintos e o portfólio de pigmentos de efeito da BASF e atende clientes de cinco indústrias-chave: tintas, plásticos, impressão, cosméticos e agricultura. “Para continuar a crescer e desenvolver seus negócios, nossos clientes precisam de uma seleção variada de pigmentos e expertise global”, considera Alexander Haunschild, vice-presidente sênior global do negócio de Pigmentos. “Neste mercado competitivo, criamos uma marca focada inteiramente em pigmentos para fornecer aos nossos clientes produtos e soluções de uma única fonte”. A BASF organizou o seu negócio global de pigmentos com uma abordagem voltada para as indústrias e criou equipes que atendem exclusivamente cada área.

Esta é a primeira vez que a empresa cria equipes de pigmento globais dedicadas às indústrias de agricultura e cosméticos. “Nossa prioridade número um é continuar sendo um fornecedor global confiável para nossos clientes. Esta marca se baseia nos principais pontos fortes que trazemos para o mercado: expertise químico e um amplo portfólio de corantes e pigmentos de efeito de alta performance”, afirma Haunschild. “A BASF continua investindo recursos para essa mudança e estamos confiantes que temos os especialistas certos e o portfólio para ajudar nossos clientes a continuar inovando.” A BASF opera 13 sites de produção de pigmentos localizados na China, França, Alemanha, Coréia, Holanda, Suíça e Estados Unidos. Para saber mais sobre a marca Colors & Effects, visite http://www.colors-effects.basf.com.

A divisão de Dispersões e Pigmentos da BASF desenvolve, produz e comercializa uma gama de pigmentos de alta qualidade, resinas, aditivos e dispersões de polímeros em todo o mundo. Essas matérias-primas são usadas em formulações para revestimentos e tintas, impressão e embalagem de produtos, produtos químicos para construção, adesivos, colagem de fibras, plásticos, papel, bem como em aplicações eletrônicas, tais como monitores.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

Retilox realiza evento em Joinville

11/08/2016

Especializada na fabricação de peróxidos orgânicos modificados, coagentes e aditivos exclusivos para cura/modificação dos mais diversos tipos de polímeros, a Retilox Soluções Tecnológicas promoverá, no próximo dia 17 de agosto, importante evento para o setor de transformação de plásticos. No encontro, que será realizado em café da manhã no Hotel Mercure Prinz, em Joinville (SC), o Consultor Técnico da empresa e Especialista em Poliolefinas, Domingos Antonio Jafelice, irá dissertar sobre a “Alteração reológica de poliolefinas com ganho de propriedades físicas sem perda da reciclabilidade” em produtos transformados por Rotomoldagem, Sopro, Injeção e processos de reciclagem de PP.

“No Evento, a RETILOX apresentará todas as  suas novidades para o setor, mas principalmente  os Aditivos /Iniciadores que promovem a  alteração reológica  das poliolefinas”, afirma Antonio D’angelo, diretor geral da Retilox.   O encontro é paralelo à Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plásticos, evento estratégico para fomentar os negócios do setor. “A Interplast 2016,  acontece em um momento muito conturbado, econômica e politicamente, para o  Brasil. Por outro lado, as dificuldades trazem  enormes possibilidades ao setor plástico,  com o advento de novas especificações e exigências, produtos, tecnologias, máquinas, equipamentos,  processos e produtos,  permitindo dessa maneira a realização de novos negócios e a visão de forte recuperação do mercado, para os próximos anos” explica D’Angelo. O empresário destaca a importância da região sul no segmento de plásticos enfatizando que a Interplast se consolida como uma das mais importantes feiras do setor no mundo.

O encontro da Retilox contará ainda com palestra da Maxiquim Assessoria de Mercado, ministrada pela sócia- executiva Solange Stumpf. A palestrante realizará uma análise das Tendências e Perspectivas para a Indústria de Plásticos no Brasil. O objetivo é apresentar o contexto em que se encontra a indústria de transformação de plásticos no Brasil, a fim de analisar as perspectivas de retomada do crescimento deste setor, com uma visão do negócio até 2017.

Fonte: Revista Plástico Sul

Curta nossa página no

Huntsman lança novo pigmento de dióxido de titânio para aplicações em plásticos durante Prévia da Feira K em Düsseldorf

22/07/2016

Um novo pigmento de dióxido de titânio (TiO2) está disponível para os formuladores da indústria de plásticos. Segundo a Huntsman, fabricante do pigmento, o Tioxide® TR48 é um grade novo de TiO2 com ótimas propriedades colorísticas, que foi concebido para um bom processamento mesmo a temperaturas elevadas. O produto foi projetado como parte da família Tioxide® TR28, que tem uma longa história de desempenho de processamento numa ampla gama de sistemas de plásticos.

Projetado para utilização na produção de masterbatches de poliolefinas, de filmes de BOPP e de compostos de engenharia, o Tioxide® TR48 é fácil de dispersar, tem ótimas capacidades de redução de matiz e foi desenvolvido com formulações de baixo teor de compostos orgânicos voláteis (VOC), afirma a Hunstsman.

As aplicações típicas para o Tioxide® TR48 incluem sistemas de embalagens convencionais e premium e a produção de peças de plástico para dispositivos eletrônicos de consumo e para a indústria automotiva.

O Tioxide® TR48 é um de uma série de novos produtos inovadores nos quais a Huntsman está trabalhando para melhorar a sua gama de pigmentos de TiO2 para a indústria de plásticos. Sob suas marcas Tioxide® e Sachtleben®, a Huntsman oferece uma gama de pigmentos brancos para uso em diferentes indústrias. Desenvolvidos ao longo de muitos anos, os pigmentos Tioxide® e Sachtleben® são conhecidos por seu desempenho em uma ampla gama de sistemas de masterbatches, compostos e processamento de plásticos.

O Tioxide® TR48 foi apresentado na prévia da feira K, em Düsseldorf, Alemanha, na terça-feira 28 de junho e estará disponível comercialmente em 2017.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Huntsman

Curta nossa página no

Cromex apresentará linha completa de serviços e produtos para a transformação de plásticos na Interplast 2016

21/07/2016

A empresa vai levar para a região Sul os últimos lançamentos em cores e aditivos para plásticos isentos de metais pesados

Cromex-InterplastA Cromex, empresa brasileira do segmento de masterbatches de cores e aditivos para plásticos, participará da Interplast 2016 (Rua F, Stand 248), a ser realizada entre os dias 16 e 19 de agosto em Joinville, SC. A feira reúne paralelamente um congresso técnico, uma rodada de negócios e a feira EuroMold para a América Latina.

Em sua 9ª participação na Interplast, a empresa vai apresentar toda a sua gama de soluções para 18 diferentes setores da economia em que os plásticos estão inseridos (agricultura, construção civil, embalagens, automotivo, cosmético, higiene e limpeza, brinquedos, linha branca, etc). Essas linhas de produtos abrangem aplicações que atendem variados critérios técnicos, com as linhas de masterbatches brancos, pretos, aditivos, especialidades e de cores. Além das cores tradicionais, existem as com efeitos especiais como pigmentos perolados, metalizados, policromáticos e fluorescentes.

Com uma equipe de vendedores distribuidores e assistência técnica regionais, o foco da companhia é estreitar o relacionamento com clientes e parceiros locais, assim como conquistar novas oportunidades. Dona de uma cultura exportadora, a Cromex afirma comercializar seus produtos para mais de 60 países. Atualmente 25% dos negócios da empresa são voltadas aos mercados externos.

Inovação e Sustentabilidade – Segundo a Cromex, todos os seus concentrados coloridos são isentos de metais pesados. Os masterbatches isentos de metais pesados foram desenvolvidos para agregar ainda mais valor ao produto final dos transformadores plásticos, sem agredir o meio ambiente no momento do descarte do mesmo, devido ao fato de não possuir substâncias consideradas perigosas e não contaminar solo ou água com metais pesados.

Soluções Cromex – Outro destaque na exposição da Cromex será a linha para BOPP (brancos, aditivos e cargas minerais), de alto desempenho técnico, desenvolvidos de acordo com as necessidades da indústria.

A linha de produtos BOPP atende à produção de filmes em geral, na aplicação de rótulos para refrigerantes, embalagens de sorvetes de palito, chocolates, snacks, bolachas, biscoitos, café, entre outros.

Para fabricação de filmes de BOPP, a Cromex apresentará produtos com efeitos opaco perolado, opaco branco e opaco branco de baixa densidade. Segundo a Cromex, a empresa dispõe de uma tecnologia de aditivação com um ativo mineral inorgânico de características especiais, que, agregada à biorientação, confere efeito perolado às embalagens de BOPP.

Os produtores de BOPP ainda contam com uma família de concentrados de aditivos migratórios e não-migratórios que, segundo a Cromex, atribuem ao filme uma diversidade de propriedades, tais como redutor do coeficiente de atrito, redução do efeito de bloqueio, dissipação de cargas estáticas, entre outras. Há possibilidade de desenvolvimentos personalizados, de acordo com a necessidade do cliente.

Além de linha para BOPP, a empresa destacará aditivos de cargas minerais utilizados no processamento por injeção, extrusão para termoformagem e moldagem por sopro, com o objetivo de conferir melhorar propriedades mecânicas, estabilidade dimensional, rugosidade de superfície e promover redução de custos, afirma a Cromex.

Desenvolvimentos para o Agronegócio – Todas as linhas de produtos Cromex atendem ao agronegócio, desde o plantio, colheita, armazenamento até o transporte. Em linha com este portfolio, a Cromex afirma possuir produtos voltados à melhoria do processo de fabricação de ráfia, tais como: coloridos, compostos de cargas minerais que funcionam como antifibrilantes e aditivos funcionais para aumentar a vida útil dos tecidos, sacarias e melhorar a processabilidade das fitas.

Interplast – A Interplast tem em média 550 marcas expositoras apresentando novidades dos mais variados setores como máquinas, equipamentos, transformadoras, ferramentarias, embalagens, matérias-primas, periféricos, design e serviços. Realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil, a 9ª edição tem o apoio da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Paralelamente ao evento acontecem a 3ª EUROMOLD Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – o CINTEC 2016 Plásticos – Congresso da Inovação Tecnológica e a Rodada de Negócios.

Serviço
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.euromoldbrasil.com.br
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Assessoria de Imprensa – Cromex / Messe Brasil

Curta nossa página no

Chemson apresenta estabilizantes para PVC na Interplast 2016

21/07/2016

Chemson-additivesO Grupo Chemson atua no segmento de Aditivos para Polímeros, atendendo ao mercado de Estabilizantes para PVC com as linhas de Estabilizantes Orgânicos e Base Cálcio-Zinco, de Estabilizantes Coprecipitados de Chumbo, com Sais de Chumbo, além de lubrificantes e Estearatos e Blendas para Poliolefinas.

A empresa levará sua linha de produtos para a Interplast, que ocorrerá de 16 a 19 de agosto em Joinville. Segundo Luis Fernando Wust Stein, Representante Comercial, o portfolio da empresa é composto por produtos ambientalmente corretos e que agregam valor a Compostos de PVC, Tubos e Conexões, Perfis Rígidos, Telhas, Fios e Cabos entre outros.

Além dos estabilizantes de cálcio, zinco e orgânico e lubrificantes, a empresa também apresentará auxiliares de fluxo e modificadores de impacto para compostos de PVC. A Chemson estará na Interplast com todo o corpo técnico para assistência e desenvolvimento junto aos clientes.

O Grupo possui sede na cidade de Arnoldstein, na Áustria, e fábricas na Inglaterra, Áustria, Alemanha, EUA, Austrália, Brasil e China. A fábrica da empresa em Rio Claro (SP) é responsável pelo mercado Brasileiro e Sul-Americano.

Interplast – A Interplast tem em média 550 marcas expositoras apresentando novidades dos mais variados setores como máquinas, equipamentos, transformadoras, ferramentarias, embalagens, matérias-primas, periféricos, design e serviços. Realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil, a 9ª edição tem o apoio da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Paralelamente ao evento acontecem a 3ª EUROMOLD Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – o CINTEC 2016 Plásticos – Congresso da Inovação Tecnológica e a Rodada de Negócios.

Fonte: Interplast

Curta nossa página no

Cristal Master leva produtos para aditivação e pigmentação termoplástica para a Interplast 2016

21/07/2016

Cristalmaster-logoA Cristal Master (www.cristalmaster.com.br), fornecedora de soluções em aditivação e pigmentação termoplástica, estará expondo na Interplast, ocaisão vista como uma oportunidade para fortalecer as relações com os clientes e ampliar os negócios.

Os visitantes verão em seu estande a linha completa de concentrados colorantes e de efeito, aditivos funcionais e compostos, tingimentos, dentre outras especialidades, com ênfase para os lançamentos.

Sobre as novidades na Interplast, Ana Luiza Dal Comuni, Coordenadora de Vendas, conta alguns dos destaques que estarão no ambiente de 90 m2 preparado para receber o público.

“Apresentaremos o Agente Interfacial, que atua como compatibilizante em sistemas incompatíveis, melhorando a resistência mecânica dos materiais. Também levaremos a Resina Expansiva, que é o PEBDL micronizado aditivado para promover a expansão de camadas internas no processo de rotomoldagem, o Viscopet, que aumenta a viscosidade do PET com baixa aplicação e nosso Agente Antimicrobiano, um produto atóxico que atua diretamente na eliminação de bactérias e fungos por contato”, detalha.

A Cristal Master possui mais de 300 itens para pronta entrega e uma frota com 11 veículos. Sua sede está localizada em Joinville, SC. “Nosso estande é sempre muito bem frequentado, e pela proximidade com nossa matriz muitos clientes aproveitam para visitar nossa fábrica”, conta Dal Comuni.

A Interplast tem em média 550 marcas expositoras apresentando novidades dos mais variados setores como máquinas, equipamentos, transformadoras, ferramentarias, embalagens, matérias-primas, periféricos, design e serviços. Realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil, a 9ª edição tem o apoio da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Paralelamente ao evento acontecem a 3ª EUROMOLD Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – o CINTEC 2016 Plásticos – Congresso da Inovação Tecnológica e a Rodada de Negócios.

Serviço

Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.euromoldbrasil.com.br
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Assessoria de Imprensa – Messe Brasil

Curta nossa página no

Retilox lança novo produto para EVA durante Expobor

15/07/2016
Entresola mesclada com 3 cores

Entresola mesclada com 3 cores

A Retilox lançou na última edição da feira Expobor o Pro EVA Revolution, uma nova tecnologia para ser aplicada tanto em EVA injetado como no derramado (despejado).

A novidade consiste em um master, denominado Retimaster INJ, que elimina o brilho do EVA, potencializa a pigmentação e emborracha o produto, afirma a Retilox.

Segundo a empresa, o Retimaster INJ, também melhora o encolhimento, o grip, a resiliência, copia melhor o desenho do molde e aumenta a produtividade, reduzindo o ciclo de cura e os custos globais.

Fundada em 1992, a Retilox Química é uma empresa 100% brasileira, especialista na fabricação de peróxidos orgânicos modificados, coagentes e aditivos exclusivos para cura/modificação de diversos tipos de polímeros. Líder em tecnologias para crosslinking, a Retilox possui know-how no desenvolvimento de soluções para transformadores de plastômeros e elastômeros, fornecendo atualmente para clientes de mais de 10 países da América Latina.

Fonte – Retilox

Curta nossa página no

Colorfix apresentará novos produtos e realizará treinamentos em seu stand na Interplast

10/07/2016

ColorfixA Colorfix  (http://colorfix.com.br), fornecedora de masterbatches e aditivos com sede em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná,  apresentará novidades durante a feira Interplast, de 13 a 16 de agosto, em Joinville (SC).

Em relação às cores, a Colorfix lançará o Rose Quartz (rosa pastel) e a Serenity (azul calmo) para o seu Catálogo de Tendências 2016/2017. O lançamento segue a tendência da Pantone 2016 (empresa norte-americana famosa por seu sistema numérico de escala de cores).

Outra inovação no quesito cores será o lançamento de sua linha de cores metálicas – rosa e dourado para o segmento de cosméticos; e o alumínio, em substituição ao processo de pintura, desenvolvido, especificamente, para eletroeletrônicos e móveis.

Sobre os aditivos, o destaque ficará por conta da linha de alta performance e sustentabilidade, que, segundo a Colorfix é focalizada na redução custos nos processos dos clientes.

A Colorfix também exibirá durante a Interplast outros produtos do seu portfolio:

  • Selofix (Selante): com ação preventiva e aplicação para paradas de máquina e vedação da rosca. Segundo a Colorfix, o produto evita problemas como carbonização e amarelamento da resina, agilizando o reinício de produção e diminuindo perdas por contaminação de carbonização.
  • Purgfix: Agente de purga, com ação corretiva. Combinação de produtos que permite uma limpeza eficiente e rápida dos equipamentos, eliminando pontos de carbonização e facilitando a troca de materiais e cores, afirma a Colorfix.
  • Processfix HP (high performance) (Aditivo nucleante). Específico para polipropileno (PP). Ao utilizar o Processfix HP, o ciclo de produção pode ser reduzido em até 15% o que gera, consequentemente, uma aumento da produtividade, além de melhorar o desempenho do produto final, garante o fabricante.
  • Processfix (Auxiliar de processo). Segundo a Colorfix, atua diminuindo o atrito entre o polímero e os componentes da máquina durante o processamento, promovendo um melhor fluxo do material e melhor acabamento na superfície da peça.

Além das novidades, a empresa oferecerá mini-palestras aos seus visitantes, com duração de 15 minutos cada. Entre os assuntos abordados, estão: “Calorimetria: avaliação visual e instrumental”, “Aditivos para ganho de alta performance e sustentabilidade”, e “Como dimensionar o produto para atender às necessidades e custos do cliente”.

“A Interplast é uma vitrine para os nossos produtos, além de ser um ambiente de oportunidades técnicas e comerciais. Eventos como este fortalecem não somente a marca da companhia, mas também o setor como um todo”, afirma Francielo Fardo, diretor superintendente da Colorfix. “Além disso, a feira também é um espaço para o reforço e fixação da marca; estreitamento de relação com clientes tradicionais; e prospecção de novas parcerias, clientes e novos projetos”, finaliza.

A Colorfix Masterbatches atua desde 1990 no desenvolvimento de concentrados de cor. Hoje, são mais de 50 mil produtos, entre cores e aditivos, visando a melhoria tanto de produtos quanto de processos dos clientes. A matriz está localizada em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, mas a companhia conta ainda com unidades em São Paulo (São Caetano) e Pernambuco (Distrito Industrial de Recife).

A Interplast tem em média 550 marcas expositoras apresentando novidades dos mais variados setores como máquinas, equipamentos, transformadoras, ferramentarias, embalagens, matérias-primas, periféricos, design e serviços. Realizada pelo Simpesc (Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina) e organizada pela Messe Brasil, a 9ª edição tem o apoio da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina).
Paralelamente ao evento acontecem a 3ª EUROMOLD Brasil – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – o CINTEC 2016 Plásticos – Congresso da Inovação Tecnológica e a Rodada de Negócios.

Serviço
Interplast 2016 – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – http://www.interplast.com.br
EUROMOLD BRASIL – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos – http://www.euromoldbrasil.com.br
Data: 16 a 19 de agosto de 2016
Horário: 14 às 21 horas
Local: Expoville – Joinville-SC – Brasil
Organização: Messe Brasil

Fonte: Assessoria de Imprensa – Interplast

Curta nossa página no

Rhodia começa a fabricar no Brasil sílica precipitada para uso em “pneus verdes”

05/07/2016

Rhodia_silica

  • Sílica precipitada de alto desempenho promove a economia de combustível e redução de emissões dos veículos
  • Empresa investiu em torno de U$$ 10 milhões em projetos de modernização, implantação de tecnologias e melhoria de processos na fábrica de sílica precipitada em Paulínia (SP)

A Rhodia, empresa do Grupo Solvay, deu início à produção no Brasil da sílica precipitada de alto desempenho (HDS, na sigla em inglês) para atender principalmente a expansão da fabricação dos chamados ‘pneus verdes’, que economizam energia (combustível) e ao mesmo tempo reduzem as emissões de carbono na atmosfera.

Estudos realizados pela empresa e por organismos do setor automotivo internacional indicam que o uso da sílica HDS permite a economia de até 7% no consumo de combustível do automóvel e reduz na mesma proporção as emissões de carbono na atmosfera. Além disso, o uso da sílica da Rhodia melhora em 10% a aderência do pneu ao piso molhado.

“Nossa sílica HDS pode ser um fator fundamental para a indústria automotiva alcançar mais rapidamente as metas de redução de emissões de carbono previstas pelo programa brasileiro Inovar-Auto”, diz François Pontais, Diretor para a América Latina da Unidade Global de Negócios Sílica, do Grupo Solvay.

Segundo Pontais, a migração da produção das montadoras de pneus para os chamados pneus verdes é uma tendência global do mercado, tendo em vista as exigências ambientais mais rigorosas para o controle de emissões dos veículos, visando incrementar a mobilidade sustentável. “A sílica HDS se tornou líder mundial no seu segmento por justamente atender a essas necessidades”, acrescenta.

O conceito do pneu verde nasceu na Europa no início dos anos 90 no segmento de veículos de passeio, a partir da invenção da sílica HDS pela Rhodia (que pertence ao Grupo Solvay desde 2011). Logo tomou corpo e se expandiu por conta da legislação ambiental europeia para o setor automotivo, que continua desafiando o setor para produção de veículos mais sustentáveis e, portanto, menos poluentes.

A expansão do uso de sílica HDS teve um impulso importante com a recente adoção de programas de etiquetagem de pneus, um modo de assegurar ao consumidor a melhor compra desse produto, alinhada à demanda por produtos mais sustentáveis. O programa de etiquetagem foi implementado inicialmente na Europa em 2012 e logo expandiu-se para outras regiões do planeta, como a Ásia (Japão e Coréia do Sul). Agora, a partir de outubro de 2016 passa a valer no Brasil. “A sílica HDS contribuirá para que a indústria de pneus ofereça o melhor produto aos consumidores”, afirma François Pontais.

Investimentos em tecnologia e inovação – O início da produção da sílica de alto desempenho no Brasil é um dos resultados de uma série de projetos voltados ao aumento da eficiência e da competitividade do negócio Sílica na América Latina, abrangendo a unidade de produção e o laboratório de desenvolvimento de aplicações, instalados no conjunto industrial do Grupo Solvay em Paulínia (SP), além das equipes de gestão administrativa e comercial.

“Nosso esforço está direcionado para reforçar a nossa liderança na região da América Latina, através da melhoria dos nossos processos e produtos, para atender as necessidades dos clientes dos diversos mercados em que nossas sílicas são utilizadas”, observa François Pontais, Diretor para a América Latina da unidade global de negócios Sílica, do Grupo Solvay.

O portfólio de projetos de melhoria abrange todas as áreas do negócio Sílica na América Latina. Por exemplo, há investimentos em “BAT” (Best Available Technology) para processos de produção (sílica de alto desempenho, eficiência energética, rendimentos da produção), em excelência operacional e em supply chain (embalagem, armazenagem e logística) na planta de industrial de Paulínia (SP).

Todas essas tecnologias e desenvolvimentos de produtos comercializados no setor de borracha e pneus – Zeosil® e Efficium® – foram destaques da empresa na Expobor 2016 – 12ª Feira Internacional de Tecnologia em Borrachas, Termoplásticos e Máquinas, que ocorreu de 28 a 30 de junho, no Expocenter Norte, em São Paulo.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Solvay/Rhodia

Curta nossa página no

Milliken lança clarificante para embalagens termoformadas em polipropileno durante a innovapack South America 2016

23/06/2016

Milliken

Segundo a empresa, o novo produto confere ao polipropileno altíssima transparência, aliando aspectos ideais para embalagens alimentícias a vantagens ambientais e comerciais do material

A Milliken, empresa global de especialidades químicas, revestimento e materiais de alto desempenho, participa da innovapack South America (stand 915), nova feira com foco em design e inovação para embalagens, que vai de 23 a 25 de agosto, em São Paulo. A empresa apresentará no evento o clarificante concentrado NX UltraClear®,que, segundo a empresa, confere ao polipropileno (PP) altíssima transparência, superando o tradicional aspecto translúcido do PP em embalagens termoformadas e criando uma transparência similar àquela do PET e PS (poliestireno), mas com os benefícios ambientais e de desempenho próprios do PP.

Edmar Nogueira, Gerente Técnico da Milliken, explica algumas das vantagens de se usar o PP compreendem a baixa pegada de carbono durante a produção da resina, baixa densidade do material e altos valores de recuperação de energia. “O PP consome uma menor quantidade de energia durante sua produção, quando comparado com outros plásticos, e sua baixa densidade resulta em menor volume de resíduos. É um plástico ideal para a economia circular”. A diferença de peso entre embalagens de PP e outros materiais está normalmente entre 15% e 20% a menos para o polipropileno. A resistência ao calor do PP permite o uso em micro-ondas, agregando conveniência à embalagem.

Além do uso em termoformagem o clarificante Millad NX8000®, presente no concentrado, também é utilizado em outras aplicações como frascos, utensílios domésticos e outros.

Em sua primeira edição, a Innovapack, único evento da América Latina focalizado em design, tendências e inovação para a embalagem final da indústria alimentícia, vai reunir líderes de mercado com modernas inovações e lançamentos para o mercado.

A Milliken é uma empresa de inovação que explora, descobre e cria formas de melhorar a vida das pessoas desde 1865. Com um expertise multidisciplinar, que inclui revestimentos de piso e materiais de performance, a empresa acumulao mais de 2.200 patentes nos EUA e mais de 5 mil patentes no mundo todo, desde sua fundação em 1865.

Serviço:
innovapack South America
De 23 a 25 de agosto de 2016, das 13h às 20h
Local: Transamérica Expo Center
Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro – São Paulo (SP)
Site:  fi-events.com.br/pt/innova

Fonte: Assessoria de Imprensa – Milliken

Curta nossa página no

Chem-Trend e SurTec inauguram nova planta em Valinhos (SP)

03/05/2016

Freundenberg_Valinhos

Investimento de R$ 60 milhões visa promover a proximidade com o cliente

O Grupo Freudenberg anunciou em 29/04 a inauguração de uma nova planta na cidade de Valinhos (SP). As novas instalações serão operadas em conjunto pela Chem-Trend e SurTec, ambas pertencentes à Divisão de Especialidades Químicas do Grupo, e irão desenvolver, fabricar e comercializar agentes desmoldantes, especialidades químicas de processo e soluções de tratamento químico de superfície para atender clientes em vários segmentos. “A nova fábrica é um sinal visível do nosso compromisso de longo prazo com os nossos clientes brasileiros nas mais diversas indústrias“, afirma Juan Carlos Borchardt, Representante Regional do Grupo Freudenberg na América do Sul.

A nova fábrica substitui as duas antigas operações da SurTec e Chem-Trend que funcionam no Brasil há décadas. O investimento na nova unidade, que compreende as áreas administrativas e de vendas, logística, armazéns, laboratórios e produção irá melhorar significativamente o atendimento aos clientes e reduzir os tempos de resposta para atender às exigências de mercado. “A proximidade e atendimento ao cliente são a base para o nosso desenvolvimento no Brasil até hoje e continuam sendo fator de êxito para enfrentar o quadro econômico desafiador no país. A nova planta nos permitirá atender de forma ainda mais eficiente os nossos clientes locais, com produtos e serviços de ponta”, comenta Hanno D. Wentzler, Presidente e CEO da Divisão de Especialidades Químicas do Grupo Freudenberg. “Além disso, o investimento demonstra que a Freudenberg é séria sobre agir como empresa cidadã, não medindo esforços para garantir a plena conformidade com as questões regulatórias e atender todas as normas ambientais e de segurança relevantes”, completa Wentzler.

O tamanho total da planta é de 29 mil m², dos quais 11 mil m² são de área construída. A capacidade de produção anual máxima é de 13 mil toneladas, destinadas a agentes desmoldantes, auxiliares de processo e produtos de tratamento químico de superfície. A planta conta com mais de 100 colaboradores, incluindo os terceirizados. O Grupo Freundenberg fornece para clientes de várias indústrias, incluindo a automotiva, aeroespacial, calçados, energia eólica, construção civil, indústria em geral e de eletrodomésticos, entre outras.

“A nova fábrica fornece capacidade aumentada em relação a volumes de produção, serviços logísticos, apoio técnico, saúde e segurança no trabalho, condições de trabalho e de Pesquisa & Desenvolvimento”, comenta Paulo Noce, CEO da Chem-Trend e SurTec no Brasil. “Tanto a Chem-Trend quanto a SurTec são certificadas de acordo com a ISO 9001 e ISO 14001 (a Chem-Trend também possui a OHSAS 18001) e cumprem todas as normas internacionais em matéria de processos de gestão de qualidade, proteção ambiental, saúde ocupacional e segurança no ambiente de trabalho”, acrescenta.

Investimentos em infraestrutura favorecem a proximidade com o cliente

O investimento visa melhorar significativamente a proximidade e os serviços ao cliente, permitindo o atendimento às demandas específicas de maneira mais rápida, de acordo com as necessidades dos mercados do Brasil e de outros países da América do Sul. A nova planta possibilita melhorias na eficiência operacional, oferece áreas para testes de aplicações e engenharia e garante tempos de resposta mais curtos. Desta forma, apoia os clientes nos processos para aumentar a qualidade de peças e componentes, reduzir desperdício de matéria-prima e atender aos requisitos ambientais. Em longo prazo, a nova operação também será focada na produção de produtos inovadores, possibilitando o aproveitamento dos potenciais de sinergia entre as duas empresas.

Apoio da Investe São Paulo

O projeto tem recebido apoio da Investe São Paulo, agência de promoção de investimentos e exportação ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo. “O Estado de São Paulo continua crescendo, e a confiança da Chem-Trend e da SurTec mostra isso. Nossa equipe vai continuar dando todo o suporte para que o projeto seja um sucesso”, disse o presidente da Agência, Juan Quirós.

A Divisão de Especialidades Químicas é uma unidade de negócios do Grupo Freudenberg, que desenvolve, fabrica e comercializa especialidades químicas. Com suas cinco empresas de operação independente – Klüber Lubrication, Chem-Trend, OKS, SurTec e Capol -, é uma das fabricantes líderes globais em lubrificantes especiais, agentes desmoldantes, produtos de manutenção químico-técnicos, soluções para o tratamento químico de superfícies e condicionamento de superfície para confeitos.

A Divisão de Especialidades Químicas tem sede em Munique, Alemanha, com subsidiárias em 40 países em todo o mundo. Em 2015, empregou mais de 3.300 colaboradores e registrou vendas de cerca de € 960 milhões.

Em 2015, o Grupo Freundenberg – que tem 167 anos – , empregou mais de 40.000 pessoas em 57 países em todo o mundo e obteve um faturamento de mais de € 7,5 bilhões.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Grupo Freundenberg

Curta nossa página no