Archive for the ‘Hot Melt’ Category

Braskem aprimora portfólio de resinas hidrocarbônicas com baixo odor para mercado de adesivos

15/09/2019

Novo grade atende à demanda do mercado de tintas e adesivos e será lançado durante a Feica, maior evento europeu do setor de Adesivos e Selantes

A Braskem divulgará durante a Feica , maior feira do mercado europeu de adesivos e selantes, a evolução do portfólio de resinas hidrocarbônicas Unilene, que passa a contar com uma linha ‘LN’ – resinas C9 com baixo odor. A feira será realizada de 11 a 13 de setembro, na Croácia.

Com capacidade de produção de 5 mil toneladas anuais, a linha Unilene LN alcança um teor de naftaleno menor do que 100 partículas por milhão, afirma a Braskem. Este desenvolvimento atende à demanda dos mercados de tintas e adesivos, além de garantir a redução de odor tanto na fabricação quanto no produto final, assegura a empresa.

Amplamente aplicada no mercado de adesivos em tecnologias de hotmelt, PSA e base solvente, as resinas hidrocarbônicas Unilene, disponíveis em diferentes pontos de amolecimento, tem alta fixação e aderência, melhora o tempo de aplicação, além de ser compatível com diversos polímeros, como borracha natural, SBR e policloropreno, garante a Braskem.

A fabricante afirma que o novo grade conta também alta velocidade de secagem e adesão da tinta à diferentes substratos, além de aumentar o brilho e o teor de sólidos, sendo também considerada como um agente repelente de água. Sua estabilidade química, facilita o manuseio e a compatibilidade com diversos polímeros e a elevada pureza conferem às resinas elevado desempenho para a aplicação industrial, afirma a empresa.

Annik Varela, responsável Comercial pelo Negócio de Especialidades Químicas da Braskem, explica que a Unilene já é uma linha consolidada em seu mercado de atuação, mas que a evolução do portfólio amplia suas possibilidades. “Como líderes na produção de resinas hidrocarbônicas na América Latina, buscamos ouvir as necessidades de nossos clientes para, juntos, encontrarmos as melhores soluções. Estamos muito satisfeitos com essa evolução em nosso portfólio, garantindo especialidades químicas que melhorem a produtividade e aumentem a competitividade do setor”, afirma.

Desenvolvida pela equipe de especialidades e engenheiros químicos da planta da Braskem localizada no Polo Petroquímico do ABC, a solução Unilene LN já está disponível para venda no Brasil, América Latina, Estados Unidos, Ásia e Europa.

Fonte: Braskem

Curta nossa página no

Anúncios

Nordson introduz nova gama de bombas de engrenagem durante Feira K 2016

06/11/2016

nordson-k2016

Nova gama BKG® BlueFlow ™ harmoniza tecnologias desenvolvidas inicialmente na Alemanha e nos EUA e incorpora aprimoramentos para todos os processos de polímero e Hot Melt

Harmonizando as tecnologias de duas linhas de produto renomadas mundialmente, a Nordson Corporation criou uma nova geração de bombas de engrenagens que proporcionam um rendimento até 15% maior sem um aumento na RPM, proporcionando um material fundido mais consistente e estável para melhorar a qualidade do produto.

A Nordson introduziu o design optimizado da bomba na K 2016, onde ela também destacou a disponibilidade de uma gama abrangente desses componentes, com opções que satisfazem as necessidades virtualmente de todas as aplicações de processamento de material fundido em todas as regiões geográficas.

As bombas de engrenagens BKG® BlueFlow ™ são uma gama de produtos de nova geração que melhora tecnologias já bem conhecidas, desenvolvidas separadamente pela Kreyenborg na Alemanha e pela empresa norte-americana Xaloy Corporation, ambos adquiridas pela Nordson em 2013 e 2012, respectivamente. As principais melhorias são:

● Produção mais eficiente do material fundido, o que permite alcançar até 15% de maior rendimento sem aumentar as RPMs da bomba; Ou reduzir as rpm para diminuir a tensão de cisalhamento sobre o polímero sem sacrificar o volume de material fundido.

● Maior desempenho na vedação e mais opções de vedação. A gama completa de tipos de vedação já está disponível em todo o mundo. Além de sistemas refrigerados a ar e água, também estão disponíveis projetos alternativos com aletas de resfriamento.

● Controle aprimorado sobre os parâmetros do material fundido. As novas bombas de engrenagens incluem sensores de pressão e temperatura nos lados de entrada e de saída, contribuindo para propriedades mais consistentes do material fundido e qualidade melhorada.

“As bombas de engrenagens BKG BlueFlow proporcionam um melhor desempenho no fornecimento de material fundido em todos os processos e são particularmente valiosas em operações envolvendo polímeros técnicos, produtos óticamente claros ou outras aplicações de alta desempenho onde é importante minimizar a tensão de cisalhamento”, disse Sven Conrad, diretor da unidade de negócios para produtos de material fundido. “Ao projetar essas novas bombas, temos uma combinação única de know-how americano e alemão que vem se estendendo por muitas décadas”.

Ampla gama de bombas de engrenagens para uma gama completa de aplicações em todas as regiões geográficas

nordson_k2016Além de fornecer um desempenho melhorado, o novo design BKG BlueFlow harmoniza as opções anteriormente disponíveis separadamente em diferentes partes do mundo. A gama de produtos inclui agora três séries: “EP” para extrusão padrão; “MP” para processos que envolvem mudanças frequentes de cor ou polímeros sensíveis ao calor; e “RP”, para descarga de vasos e reatores onde não é aplicado vácuo. As bombas estão disponíveis para todo o espectro de contingências, incluindo capacidades de bombeamento, pressões e métodos de aquecimento. Embora as bombas sejam designadas como “EU” e “EA” (para a Europa e Ásia) devido a diferenças regionais nas conexões e vedação, todas elas têm os mesmos componentes-núcleo, tais como rolamentos, eixos e opções de vedação. A disponibilidade de versões “US” e “EA”(foto) possibilita a instalação de bombas de engrenagens BKG BlueFlow como equipamentos de reposição para bombas existentes.

Em conjunto, a gama BKG BlueFlow inclui bombas de engrenagem para aplicações de filmes, chapas, tubos, perfis, fibras, compostagem, reciclagem, polimerização e hot melt. Uma ampla gama de capacidades de bombeamento ou volumes específicos estão disponíveis, variando de 33 a 3.201 cc / revolução, para faixas de produção de até 12.000 kg / h. Cada tamanho da bomba vem ou com aquecimento elétrico ou por fluido e com conexões EUA ou EA. As bombas de engrenagens são para uso com viscosidades de polímero de 2 a 20.000 Pas e a temperaturas de até 350 ° C. Todas as especificações estão em unidades métricas.

“O portfólio da BKG BlueFlow é verdadeiramente abrangente, proporcionando um grande grau de flexibilidade para aplicações que vão desde o uso geral até o altamente especializado”, disse Christian Schroeder, gerente global de produtos para material fundido. “A nossa gama de produtos inclui vários tipos de bombas que estavam disponíveis em uma ou outra das gamas anteriores, mas não em ambas. Por exemplo, existe agora um design global consistente para a nossa série MP. “

As bombas de engrenagens da série MP da gama BKG BlueFlow são projetadas para processos que envolvem várias mudanças de produto por dia e para polímeros sensíveis ou críticos ao cisalhamento, como PC ou PMMA para aplicações ópticas. A série inclui um procedimento de autolimpeza com pistão que facilita a purga, eliminando a necessidade de desmontar a bomba e evitando a degradação do polímero.

As bombas de engrenagens BKG BlueFlow tem suporte pela rede mundial de vendas e serviços da Nordson.

Fonte: Nordson

Curta nossa página no

Dow e Adecol apresentaram resultados de adesivo premium na Feira K, na Alemanha

27/10/2016

adecol-dow-k2016

A Dow, empresa do setor químico, e a Adecol, empresa paulista fabricante de adesivos industriais, se uniram para trazer ao mercado de embalagens de supercongelados, bebidas e cartuchos plastificados uma inovação em adesivos: o Performelt CQ-4135.  Segundo a Dow, a solução, baseada na tecnologia AFFINITY™ da empresa, é capaz de reduzir em 30% os custos de desenvolvimento quando comparado às opções disponíveis no mercado já que proporciona maior velocidade de empacotamento e menor desperdício. Este caso de sucesso de colaboração entre Dow e Adecol foi apresentado durante a Feira K, o maior evento de plásticos do mundo e que acontece na Alemanha.

Para viabilizar a inovação e possibilitar à Adecol o fornecimento de um adesivo com desempenho técnico aprimorado, a Dow empregou uma tecnologia inovadora no mercado de adesivos utilizada no Performelt CQ-4135, o AFFINITY™ GA. A nova resina oferece melhor estabilidade térmica e menor oxidação da formulação adesiva. Entre os benefícios associados estão o menor desgaste e temperatura de aplicação mais baixa, além de demandar manutenções menos frequentes, o que também colabora para a redução final de custos de até 30%, afirma a Dow.

Os adesivos Hot Melt possuem um potencial de crescimento no mercado global e a Dow está sempre em contato com os clientes para entender suas necessidades. Assim, o desenvolvimento do Performelt CQ-4135, busca oferecer a este mercado crescente uma solução que atenda às demandas por maior segurança alimentar, melhor destaque na gôndola, redução de custo e sustentabilidade, ao diminuir o consumo energético, de água e de matérias-primas. Assim, o adesivo Performelt CQ-4135 é resultado do conhecimento científico da Dow e sua tecnologia, aliado à interpretação que a Adecol realizou das necessidades do mercado, considerando o clima e as principais características das indústrias nacionais.

“O resultado positivo obtido pela Adecol com o uso na nossa tecnologia AFFINITY™GA, é mais um exemplo do modelo de trabalho em colaboração adotado pela Dow com seus clientes com o objetivo de acelerar a inovação para o mercado”, diz Carlos Echague, gerente de Marketing de Elastômeros para a América Latina. “Acreditamos que, por meio destas parcerias, possamos expandir nossa atuação no mercado de adesivos fomentando o desenvolvimento do setor”.

Segundo a Dow, a nova tecnologia permite elaborar embalagens de cartuchos com diversas características de tratamento e propiciando melhor acabamento e fixação. Com isso, a Adecol busca ampliar o alcance da sua linha de adesivos e trazer aos clientes um diferencial de alta qualidade em Hot Melt. “Nós dividimos nossas expectativas com a Dow que aceitou o desafio. Trabalhando em conjunto para atingir o objetivo de desenvolver um adesivo com o melhor desempenho possível para uma ampla gama de aplicações em embalagens”, afirma Ana Julia Kiss, diretora Industrial da Adecol.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Dow

Curta nossa página no