Archive for the ‘Conferencias’ Category

PETtalk, conferência do setor de embalagens de PET, acontecerá durante a Interplast 2018 em Joinville

12/07/2018

Mais uma vez a cadeia produtiva das embalagens de PET se reunirá para o maior encontro do setor: o PETtalk. Com o apoio da Interplast – Feira e Congresso de Integração da Tecnologia do Plástico – o evento acontecerá nos dias 15 e 16 de agosto, em Joinville, Santa Catarina, reunindo os principais executivos e profissionais do setor.

O PETtalk é uma conferência que reúne a cadeia produtiva das Embalagens de PET, seus clientes e parceiros – além dos interessados em conhecer mais sobre o setor. Atrai quem está diretamente ligado à produção ou reciclagem das embalagens de PET, mas a amplitude de informações é relevante também para os Brand Owners que utilizam as embalagens, fornecedores de insumos e equipamentos e todos os interessados e envolvidos, direta ou indiretamente, com o setor do PET.

O encontro entre os profissionais é um dos pontos altos do evento. Na edição anterior, mais de 75% da assistência foi formada por diretores e gerentes. Os profissionais têm a oportunidade de trocar cartões, rever amigos e antigos parceiros de trabalho, renovar contatos, debater sobre as oportunidades.

A programação do PETtalk 2018 vai apresentar novidades tecnológicas, tendências e a evolução do mercado, casos de sucesso e novas aplicações do PET para embalagens. A reciclagem do material, novos usos para o reciclado e as legislações que atingem o setor, como a Política Nacional de Resíduos Sólidos, ou as novas exigências para obtenção de licença de funcionamento, por exemplo, também estão entre os temas tratados.

Inscrições podem ser feitas pelo site http://www.pettalk.org.br, onde também serão publicadas e atualizadas periodicamente as informações sobre o PETtalk 2018, programações e investimentos. O PETtalk é organizado e realizado pela Abipet – Associação Brasileira da Indústria do PET. A entidade, fundada em 1995, tem como associados os Fabricantes da resina PET, os Fabricantes de Preformas e Embalagens de PET, Recicladores do material e as principais empresas de Tecnologia do setor.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Interplast

Curta nossa página no

Anúncios

Braskem lança novo conceito de resina reciclada no evento Sustainable Brands

06/06/2018

Edição de Vancouver do evento está sendo realizada até 7 de junho

A Braskem está presente, nesta primeira semana de junho (dias 4 a 7), na edição de Vancouver (Canadá) do Sustainable Brands – um dos mais importantes eventos do calendário de sustentabilidade -, como patrocinadora, principal apresentadora e expositora no pavilhão Good Materials & Packaging. A empresa aproveitará a feira para apresentar um novo conceito de resina plástica reciclada.

Por meio de sua plataforma Wecycle, a Braskem apresenta resultados promissores na criação de uma resina reciclada com melhor qualidade e alto teor de conteúdo reciclado, oriundo de embalagem rígida pós-consumo doméstico de polietileno. Dentre as características principais, destacam-se as propriedades de resistência ao stress craking semelhantes à resina virgem e propriedades mecânicas de impacto na tração S 70% melhores do que a resina reciclada utilizada no mercado. O próximo passo é identificar parceiros para testar esta solução em produtos finais (embalagens rígidas de pequeno volume), que utilizarão a resina reciclada como matéria-prima.

No espaço para debates, cujo foco é “Como as marcas estão desenvolvendo novas soluções para embalagens e incorporando práticas de economia circular em seus produtos”, executivos da Braskem discutirão projetos e tecnologias que estão sendo estudados em laboratórios de inovação da companhia. Joe Jankowski, responsável comercial de Polietileno Verde da Braskem na América do Norte, abordará os benefícios e aplicações do Plástico Verde I’m greenT. Luiz Gustavo Ortega, gerente de Desenvolvimento Sustentável da companhia, comentará sobre a plataforma de conteúdo Bluevision, que trata de temas relacionados a sustentabilidade, desenvolvimento humano e utilização inteligente de recursos. Já Fabiana Quiroga, diretora de área de Reciclagem & Plataforma Wecycle, falará sobre a iniciativa que visa fomentar novos negócios para a valorização de resíduos plásticos pós-consumo e desenvolvimento da cadeia de reciclagem.

Além disso, Fabio Lamon, Líder de Manufatura Digital da Braskem, apresentará paleastra no palco principal do evento sobre a atuação da companhia em escala global na busca da sustentabilidade e do envolvimento das pessoas nesse processo.

Na área de exposição, a Braskem está presente em dois stands. Em um deles está expondo o Plástico Verde I’m greenT, produzido a partir de cana-de-açúcar, e suas principais aplicações nos segmentos de embalagens para o setor alimentício, produtos para higiene e beleza e cuidados para casa. No outro stand, estão sendo abordadas as plataformas Bluevision e Wecycle. Desta última, serão exibidos alguns produtos, já resultados de parcerias da Braskem por meio da plataforma, tais como: a caixa organizadora da linha <OU> da Martiplast, a embalagem do tira-manchas Qualitá, do Grupo Pão de Açúcar, e os sacos para lixo, da Embalixo.

“O desenvolvimento sustentável é um dos principais pilares de atuação da Braskem e, para nós, é de grande importância participar e fomentar discussões sobre o tema com outras empresas do setor, reforçando nossas iniciativas e conhecendo o que outros grandes players estão fazendo”, informa Fabiana Quiroga. “Trouxemos para o evento nossos principais produtos, conceitos e programas com viés sustentáveis, buscando impactar toda a cadeia a pensar desta maneira”.

Bluevision

Para contribuir com o debate e o desenvolvimento de soluções sustentáveis, a Braskem lançou em março de 2018, durante o Fórum Mundial da Água, em Brasília, a plataforma global de conteúdo Bluevision (www.bluevisionbraskem.com). O objetivo é produzir um conteúdo relevante que leve as pessoas à reflexão e também a uma nova forma de interação com o meio em que vivem.

Wecycle: plástico reciclado com valor

Por meio da plataforma Wecycle, criada em 2015, a Braskem busca fomentar negócios que valorizem os resíduos plásticos ao longo de toda a cadeia produtiva, contribuindo com ações a favor da reciclagem, do pós-consumo e do meio ambiente. A iniciativa já resultou na parceria com diversas organizações para o desenvolvimento de produtos, soluções e processos ligados ao reaproveitamento do plástico. Os produtos abaixo são provenientes desta plataforma. Saiba mais em: www.braskem.com.br/wecycle

Sobre a Sustainable Brands: A Sustainable Brands é a principal comunidade global de marcas inovadoras que estão moldando o futuro do comércio mundial. Desde 2006, sua missão tem sido inspirar, engajar e dar suporte aos líderes de negócios e de marcas, visando um futuro melhor. A comunidade atua em diversos formatos, como: publicações de artigos digitais, rodadas de conversas, conferências internacionalmente conhecidas e eventos regionais, além de uma robusta biblioteca online, tudo com viés de engajar as comunidades, dentro e fora deste grupo, durante o ano todo.

Fonte: Braskem

Curta nossa página no

ENAFER tem início com workshops técnicos

17/05/2018

Encontro Nacional de Ferramentarias ocorre em Caxias do Sul, RS, com expectativa de 350 participantes

Com a realização de oito workshops sobre novas tecnologias e serviços, teve início na manhã desta quinta (17), em Caxias do Sul, RS, o 11º Encontro Nacional de Ferramentarias (ENAFER). Os workshops constituem novidade no encontro, que nas 10 edições anteriores concentrava toda a sua programação em um único dia.

A realização dos encontros, em salas do Bloco M da Universidade de Caxias do Sul (UCS), a partir das 8h desta quinta (17), visa ampliar a oferta de informações estratégicas para os empresários e atender demanda de patrocinadores – aproximadamente 70 marcas nesta edição – que reivindicavam espaço para expor produtos e serviços, além de tratar de temas técnicos. Cada encontro, com duração de duas horas, tem a participação máxima de 70 inscritos.

A abertura oficial está programada para 9h da sexta (18), com manifestações dos presidentes Christian Dihlmann, da Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais (ABINFER), e Jaime Lorandi, do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás), entidades promotoras do ENAFER. A expectativa dos organizadores é reunir em torno de 350 participantes, de diferentes estados do Brasil. A programação da sexta contempla quatro palestras, duas mesas redondas e a assembleia geral da ABINFER. Todas as atividades serão concentradas no Bloco M da UCS.

Ações para preparar o futuro das empresas nortearão palestras de gestores de indústrias automotivas. O Diretor de Ferramentaria da General Motors do Brasil, José Antônio Zara, discorrerá sobre como os empresários devem preparar seus negócios para atender ao futuro da ferramentaria nacional, em termos de competência humana e tecnologia. Já Bruno Luís Ferrari Salmeron, diretor da Schulz Automotive, de Joinville (SC), centrará atenções na importância da governança como fator de sucesso da empresa. Ainda haverá palestra motivacional de Márcio Mancio sobre o tema Tropa de elite: A força da sua empresa.

Ao final da programação será realizada mesa redonda sobre a história da ferramentaria no Brasil com a participação dos empresários ferramenteiros mais experientes de Caxias do Sul. Também será prestada homenagem, com a entrega da medalha Herói Ferramenteiro, aos empresários Renato Henrique Leonardelli, Alcides Jerônimo Bonezi e Salustiano Lino Machado.

Rota 2030: sustentabilidade para o setor

O eixo central dos debates do ENAFER é o Programa Rota 2030, novo regime para o sistema automotivo em substituição ao Inovar-Auto, que teve sua vigência encerrada em dezembro de 2017. O formato do novo regime e suas condições interessa diretamente à indústria de ferramentais, que tem no segmento automotivo um de seus maiores clientes.

O Programa Rota 2030, que deve ser anunciado pelo governo ainda em maio, é considerado vital para dar sustentabilidade a todos os participantes da cadeia automotiva, pois demandará aumento no uso de conteúdos nacionais, criando mais e novas oportunidades de negócios. Os ajustes finais em discussão entre áreas do governo federal e setores empresariais diretamente envolvidos serão expostos por Igor Calvet, titular da Secretaria de Desenvolvimento e Competitividade Industrial do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, durante palestra no início da tarde desta sexta (18).

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Ferramentais (ABINFER), Christian Dihlmann, o setor tem consciência de que dificilmente se repetirão as diretrizes de funcionamento do Inovar-Auto. Porém, há um anseio claro por isonomia frente às condições de disputa verificadas no mercado externo.“Não queremos agir sem regras, mas quando se permite que outros países o façam e ainda se comprem moldes de lá, a luta fica injusta. O Brasil precisa gerar emprego, mas coloca regras demais, que inviabilizam a competitividade. Concorremos com países que não têm o mínimo respeito pelo meio ambiente, onde as indústrias não têm sequer que atender às normas de um conselho de engenharia e arquitetura. Deste jeito, as empresas brasileiras vão fechando, gerando desemprego e acabando com o poder aquisitivo da população. Se continuar assim, não haverá mercado consumidor interno nem para adquirir os produtos que vêm da China”, adverte.

Gelson de Oliveira, vice-presidente técnico da ABINFER, acrescenta que as regras do jogo devem ser claras para que o empresário possa definir a sua estratégia de negócio, direcionando ações para o mercado interno ou apostando no externo. Segundo ele, o Inovar-Auto garantiu que as ferramentarias se mantivessem ativas, mesmo com as dificuldades decorrentes da crise. “Teria sido muito pior sem o Inovar-Auto. Por isso, a necessidade urgente da aprovação do Rota 2030”, sustentou.

Oliveira, empresário do setor em Caxias do Sul, lembrou que, atualmente, a capacidade instalada nas ferramentarias atende em torno de 30% das demandas da indústria automotiva. Atualmente, o índice médio de atendimento é de 15%. “No momento, quem determina como e onde serão feitos os moldes é a matriz das montadoras. Por isso, a saída para resolver esta equação é uma política governamental, que é importante, inclusive, para as montadoras”, assinala.

A definição das regras é fundamental para que as empresas possam se preparar diante da perspectiva de retomada mais intensa da atividade econômica nos próximos anos. De acordo com José Alceu Lorandi, integrante do Conselho Fiscal da ABINFER, o ano de 2018 ainda será de instabilidade em razão do processo eleitoral de outubro, mas os seguintes, de 2019 a 2021, apontam para um desempenho mais consistente. “Já temos indicações de novos projetos no setor automotivo, o que nos impõe a adoção de medidas para atender às demandas futuras com capacidade tecnológica e de produção ”, alertou.

Para o 1º tesoureiro da entidade, Antônio Gaviraghi, este ano tem se apresentado como um dos melhores para sua empresa, a Gama Matrizes, que já investiu perto de R$ 6 milhões na compra de novos equipamentos, que ainda não instalados. A demanda, segundo o empresário, visa suprir moldes para produção de modelos automotivos já em linha de produção. “Menos de 20% dos pedidos é para projetos futuros. A maioria é para atender a necessidades atuais”, comentou.

Fortalecimento do associativismo

O ENAFER é o maior fórum nacional de discussões na área de moldes e ferramentais, realizado anualmente, de modo itinerante, em São Paulo (SP), Joinville (SC) e Caxias do Sul (RS), os principais polos brasileiros de produção destes itens para diferentes segmentos industriais. A última passagem por solo gaúcho foi em 2014, também em Caxias do Sul. O objetivo é traçar um panorama atual e futuro do setor, além de propor e articular ações de fortalecimento para empresas, fornecedores e parceiros.

De acordo com o empresário José Alceu Lorandi, o ENAFER é fundamental na defesa dos interesses de todo o setor, independentemente do porte da empresa. Assinala que reduzir ao mínimo possível as importações de moldes representa aumentar a geração de empregos, renda e impostos internamente. “Ao longo destes anos, evoluímos muito, inclusive no fortalecimento do associativismo para empregar forças na direção de interesses comuns”, destacou.

O tesoureiro da ABINFER, Antônio Darci Gaviraghi, acrescenta que os encontros têm gerado a oportunidade de que os participantes se vejam como parceiros e não como concorrentes, estabelecendo novas relações comerciais. “É o caso da minha empresa, que tem terceirizado alguns serviços com outras ferramentarias”, exemplifica. Também destaca ser importante o engajamento de mais empresários à entidade visando fortalecer a sua representatividade.

Fonte: Assessoria de Imprensa – ENAFER

Curta nossa página no

Summit de Embalagens discute competitividade e inovação do setor

16/05/2018

Encontro de especialistas em embalagens é parte da programação de conteúdo da Food ingredients South America (FiSA) 2018, que acontece de 21 a 23 de agosto, em São Paulo

Além de uma ampla exposição que deve atrair cerca de 12 mil visitantes e 700 marcas nos estandes, a Food ingredients South America (FiSA) reforça cada vez mais a sua programação de conteúdo. Um dos destaques deste ano é o Summit de Embalagens, que reunirá de 21 a 23 de agosto os principais temas dos segmentos de design e concepção de embalagens para alimentos e bebidas, com especialistas de diversos campos.

“As embalagens são itens fundamentais para atrair o consumidor no ponto de venda. O Summit traz a oportunidade para profissionais de criação, empresários, pesquisadores e entidades de classe discutirem as tendências para a indústria nacional”, explica Márcia Gonçalves, gerente da FiSA. “Esta é também a chance de fortalecer marcas e fechar negócios com um público qualificado. Acreditamos que 80% dos profissionais preferem esse networking pessoal”.

Novos hábitos de consumo, competitividade, sustentabilidade, indústria 4.0 e digitalização são alguns dos temas que devem ser apresentados no encontro deste ano. Além disso, as conferências abordam também gerenciamento de cores, crescimento do Food Service, novos modelos de negócio, transformação do segmento de papel-cartão, entre outros temas fundamentais.

Serão três módulos. No primeiro dia, 21, o evento terá Competitividade e Produtividade na Indústria de Embalagem; na quarta-feira, dia 22 de agosto, Tendências de Mercado, Design e Inovação de Embalagem; e no dia 23 de agosto, Inovação e Diferenciação Tecnológica de Embalagem. As palestras serão ministradas por renomadas entidades e empresas, como Abiplast, Klabin, Ibema, Euromonitor, CETEA/ITAL, entre outras.

A Food ingredients South America chega a sua 22ª edição reforçando sua posição como principal encontro da indústria de ingredientes para alimentos e bebidas em toda América Latina. A feira reúne, a cada ano, cerca de 9 mil profissionais qualificados, nacionais e internacionais, de 45 países, que se reúnem para entender quais são as melhores soluções disponíveis em aditivos, ingredientes saudáveis, orgânicos e naturais. A feira acontece no Transamerica Expo Center.

Paralelamente ao Summit de Embalagens, acontece mais uma edição das Conferências Food ingredients South America, encontro técnico que recebe palestrantes de institutos, entidades e empresas de renome nacional e internacional, como ABIA, ABIAD, EAS Strategies, Euromonitor Internacional, Embrapa, Kantar World Panel, Mintel, SBCTA, Vigna, entre outros. Na programação das conferências, haverá também um workshop promovido pela Associação Brasileira de Ingredientes e Aditivos para Alimentos (Abiam) com foco em temas regulatórios

Serviço:

Summit de Embalagens
22ª Food ingredients South America
De 21 a 23 de agosto de 2018, das 13h às 20h
Local: Transamerica Expo Center
Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro – São Paulo (SP)
Site: http://www.fi-events.com.br

Fonte: FiSA

Curta nossa página no

Solvay lança tecnologia inovadora de colagem de compósitos para a indústria aeroespacial/aeronáutica

15/05/2018

A Solvay está lançando o FusePlyTM, uma tecnologia inovadora de colagem de compósitos para aplicação na construção de aeronaves. Segundo a Solvay, com essa nova tecnologia é possível a construção de peças de compósitos confiáveis e coladas usando processos de fabricação convencionais, por meio da criação de estruturas coladas por covalência, eliminando assim a necessidade de vários rebites e fixadores.

A Solvay afirma que a tecnologia FusePlyTM atende às necessidades dos fabricantes de aeronaves que buscam desempenho, taxas de construção melhores e redução de peso. De acordo com a empresa, a nova tecnologia oferece diversos benefícios, entre os quais maior confiabilidade, maior desempenho das peças, mais leveza, pela substituição de fixadores mecânicos por colagem FusePlyTM, e liberdade de design, uma vez que os adesivos oferecem maior flexibilidade de projeto durante a fabricação e montagem a um custo menor.

A tecnologia FusePlyTM pode ser facilmente integrada aos processos de fabricação existentes como uma atualização para os métodos tradicionais de preparação de superfície.

A Solvay apresentará a nova tecnologia de colagem FusePlyTM na SAMPE Long Beach 2018, nos Estados Unidos, exibindo amostras no seu estande (M25) e apresentando-se no programa da conferência SAMPE, no dia 23 de maio, às 10h30.

A nova Unidade Global de Negócios Composite Materials da Solvay é uma fornecedora global de soluções de materiais leves tecnologicamente avançados, que permitem aos clientes dos setores aeroespacial/aeronáutico, automotivo e em outros segmentos exigentes conceberem, desenvolverem e usarem estruturas de qualidade, alto desempenho e complexas. A Composite Materials possui um amplo portfólio de produtos, incluindo pré-impregnados, sistemas de resinas, adesivos e películas, fibra de carbono, têxteis, ferramentas e consumíveis de embalagem a vácuo. A Solvay Composite Materials combina os antigos negócios da Cytec Aerospace Materials e Industrial Materials.

Fonte: Solvay

Curta nossa página no